Translator

segunda-feira, 18 de maio de 2009

VITAL MOREIRA SÓ SABE FALTAR

Como professor em Coimbra Vital Moreira falta e acumula
-
O Parlamento Europeu é conhecido por frequentemente ser palco de cenas pouco edificantes com deputados a faltar às sessões ou que abandonam o hemiciclo às sextas-feiras antes dos trabalhos terminarem, a fim de partirem para o fim-de-semana.
-
Neste sentido, tudo leva a crer que o Partido Socialista, longe de querer acabar com esse estado de coisas, queira manter a tradição: é que o seu cabeça de lista às eleições europeias, Vital Moreira, já tem fortes antecedentes no que respeita a faltar às suas obrigações.
-
Na qualidade de professor da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, Vital Moreira está identificado como um docente que falta inúmeras vezes sem justificar as ausências.
-
Sendo encarregado da regência de várias disciplinas da área do Direito Público, o exprotegido do “ultra” do anterior regime Afonso Rodrigues Queiró,ex-militante comunista inscrito só depois do 25 de Abril e actual fervoroso apoiante do secretáriogeral do Partido Socialista, José Sócrates, é conhecido na comunidade académica coimbrã mais pelas aulas que não dá do que pelo seu serviço docente.
-
Os anos lectivos sucedem-se mas o absentismo do candidato principal do PS à eleições europeias teima em manter-se.
-
Por vezes, chega a usar um assistente em sua substituição.
Contudo, “tristemente memoráveis”, segundo um seu aluno de Coimbra, “são mesmo os dias em que os poucos alunos resistentes ficam pendurados à espera, em vão, e certamente que o livro de ponto não é assinado…”
-
A mesma fonte adiantou a O DIABO que “há vários anos que não apresenta os sumários das lições que a lei impõe que elabore e que disponibilize aos alunos, embora até seja compreensível, pois se assim não fosse teria que mostrar quão pouco nos ensina”.
-
O DIABO soube ainda que Vital Moreira como membro do Conselho Científico da Faculdade, no período 2006-2009 nunca se dignou a comparecer numa única reunião desse órgão, apesar de já se terem realizado largas dezenas.
-
As convocatórias que lhe são enviadas com a ordem de trabalhos são sempre recebidas com a mesma atitude: a indiferença.
-
Possivelmente, e apesar de continuar a receber pontualmente a totalidade do vencimento, o candidato socialista terá outras tarefas que o impedem de trabalhar na Faculdade, como por exemplo, dedicar-se aos lugares que vai coleccionando, nomeadamente de presidente do Conselho Consultivo do Centro Hospitalar de Coimbra (nomeado pelo Governo de José Sócrates), de membro do Conselho Geral e de Supervisão da EDP e de presidente do CEDIPRE – Centro de Estudos de Direito Público e Regulação, instituição privada alojada na Faculdade de Direito de Coimbra.
-
Segundo um responsável do CEDIPRE a “dedicação” de Vital Moreira “a este centro chega a ser comovente”, porque “já tem estado presente no centro enquanto falta ao serviço na Faculdade”.
-
Por seu turno, o Conselho Directivo da Faculdade está ao corrente de tudo, tanto mais que o seu presidente, José Faria Costa, conhecido apoiante de Manuel Alegre nas presidenciais, tem assento no Conselho Científico, mas continua a fechar os olhos às “gazetas” do seu colega e amigo.
-
Será que Vital Moreira, que se intitula a face mais visível do PS a seguir a Sócrates, pretende manter esta mesma conduta relativamente
In "O Diabo"

Sem comentários:

Enviar um comentário