Translator

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

AFEGANISTÃO: UMA GUERRA SEM VENCEDORES


Um pai transporta seu filho depois de ferido durante um ataque dos talibãs em Pul-i-Alam, capital do Afeganistão FRANCE PRESS
Os Talibãs continuam a ganhar terreno em vésperas das eleições no Afeganistão.
-
Os terroristas encontram-se, em alguns prédios do governo em PUL-i-Alam, capital da província.
-
A guerra no Afeganistão é difícil, dura e firme com curtos períodos de calma causada pela neve e o frio extremo que são confundidos com uma esperança de paz.
-
Não há nenhum inimigo visível que deia a cara para lutar, mas, apenas, uma espécie de sombra que desvanece a esperança de se baterem os soldados com os talibãs.
-
Foguetes, frequentemenete são disparados em direcção à base espanhola em Herat (Afeganistão).
-
A nove dias de uma eleição presidencial, os optimistas acreditam que irá mudar o rumo de uma guerra que o Ocidente não está a ganhar.
-
Os talibãs estão cada vez mais agressivo e atacam no norte e oeste e afastando-se para as províncias limítrofes ao Paquistão e ao Sul do Helmand e Kandahar, onde se sentem fortes. Travaram combates sangrentos durante dois meses com tropas do Reino Unido e os E.U.... "
RAMÓN LOBO Kabul 10/08/2009 /El País

Sem comentários:

Enviar um comentário