Translator

terça-feira, 17 de novembro de 2009

OS SERVIDORES DO AL CAPONE

.



-
Não vou aqui falar nos advogados portugueses, nos bons, nos famosos, nos pelintras e nos falsos.
-
Vou referir-me aos defensores do patrão e chefe da quadrilha.
-
Todos os ladrões defendem o chefe porque chefe é chefe e está tudo dito e ponto final!
-
Em Portugal quando surge na Comunicação Social, casos sujos atirados para a praça pública pelos pelintras dos jornalistas, levantam-se os limpa sapatos do seu chefe a pretenderem defendê-lo, porque a sobrevivência deles depende do “padrinho”, ou melhor o chefe da quadrilha.
.
Em Portugal e tristemente dize-lo nestes últimos anos nasceu a cidade dos “Quadrazais”, que embora, que nela não resida, uma máfia perigosa como a siciliana, dos anos 30, em Chicago, vai fazendo os seus assaltos, sem fazer “massacre”, característicos, no estilo do Al capone, que fazia num crivo todos aqueles que procurassem barrar-lhe o caminho de suas “malandragens” .
-
Conseguia o Al capone, colocar a seu lado os governantes, e toda a máquina da Justiça.
-
Ai deles que não alinhassem!
-
As balas das metralhadoras dos seus “capangas” varavam-nos...
-
Claro que em Portugal as quadrilhas de ladrões não são, assim,assim, tão violentas que fazem dos seus oponentes uma peneira.
-
Em vez das balas usam a infuência e se os que que lhe querem barrar o caminho saberão que não caminharão no caminho do sucesso, mas ficam no principio dele e coxos que não poderão caminhar no carreiro das suas ambições.

-
José Martins

http://pt.wikipedia.org/wiki/Al_Capone

Sem comentários:

Enviar um comentário