Translator

quarta-feira, 18 de março de 2009

CASOS DO DIA: NACIONAL E INTERNACIONAL


No "Prós e contras" de Fátima Santos Ferreira, ontem, foi discutido as vantagens e desvantagens em relação à "febre" de emigrar para Angola. Nem tudo que reluz é ouro! A a senhora do lado esquerdo informa a plateia que todos os emigrantes se concentram em Luanda e a capital angolana absolutamente congestionada. O senhor do lado direito diz que Angola ainda não está estruturada. Por cada mil nascimento de crianças morrem 180, enquanto a média em Portugal situa-se em quatro.

Basílio Horta (presidente do AICEP) continua a ser um excelente veículo de propaganda, junto ao Governo de José Sócrates, ajudando aumentar o entusiasmo de que o caminho certo, para a recuperação da economia portuguesa, é Angola. Entretanto, claramente, se verificou que a Fátima Santos Ferreira estava a "fazer" um frete ao Governo. O "cabeça rapada" Mário Machado foi preso sob a acusação de ter disparado um tiro numa perna de membro de clube de motares. Correm rumores que teria sido pela facto de ter publicado uns documentos no blog http://forumnacional.net uns documentos referentes a dinheiro (sujos) de membros da família do PM Sócrates, canalizados para paraísos fiscais.

Em Buenos Aires, Argentina, a população vem para para a rua devido à inseguridade existente. Em Múrcia, Espanha, milhares de pessoas vêm para a rua protestar por falta de trabalho


Em Barcelona Espanha os estudantes protestam pelo não cumprimento do "Tratado de Bolonha". Balanço 60 feridos com algumas detenções.
Fotos de várias fontes

SUA SANTIDADE E A ALERGIA AOS PRESERVATIVOS

Caiu na opinião mundial, como o estoiro de uma bomba, a declaração de sua Santida Bento XVI: "Que os preservativos agravam a Sida".
-
Com esta afirmação, no aviã0 a caminho de África, o papa pretende que a prática do coito seja livre e que o flagelo da Sida continue a dizimar milhões de pessoas no continente africano onde de momento se encontra, em visita pastoral, em Angola.
-
O mundo já se habituou às bombásticas "bocas" de Sua Santidade desde que assumiu o pontificado de chefe máximo da Igreja do Vaticano.
-
Em África a Igreja Católica tem um papel preponderante na educação dos povos e com isto incentivá-los ao uso do preservativo onde a doença da Sida se tornou uma pandemia.
-
Em África ainda há um longo caminho a percorrer e este será, além do ensinar a ler e a escrever, será a educação sexual, onde pouca população está esclarecida, para que seja travada a dissiminação da Sida que não tem cura e possivelmente nunca será encontrado o remédio que a irradique como a malária ou a doença da mosca do sono.
-
Poderei aqui citar um exemplo de contaminação que irá infectar dezenas de pessoas. Um motorista saiu de uma cidade do litoral com o camião carregado de mercadorias para o interior do país.
-
Durante o percurso que poderá demorar dois,três ou mais dias; nas paragens junto a lojas do mato, praticou o coito com várias mulheres. Outros motoristas lhe seguirão e se não estavam já contaminados ficam desde logo infectados.
-
Outras vítimas se seguirão que será a mãe de seus filhos e os que nascerem no futuro saiem do ventre da mãe cuja a curta esperança de vida já lhes está traçada logo à nascença.
-
Qualquer Governo de país não está preparado, financeiramente, para suportar o tratamento que é oneroso. Acabam os infectados de ter uma morte lenta, esqueléticos, finando-se, deitados no pó, à porta das palhotas.
-
Porém, depois da infeliz afirmação de Sua Santidade, bem mais teria valido à Igreja Católica, ter investido em fábricas de produção de preservativos, em vez de fábricas de carteiras de senhora e de bolso, bonecas e de produtos alimentares.
-
Seria um investimento de caridade e com a ajuda dos milhares de missionários e leigos católicos que vivem em Africa, distribuirem os preservativos gratís aos africanos.
-
Estou por certo que os Governos desses países contribuiriam com uma verba para que o mal, embora não de todo, podesse ser minimizado.
José Martins

SORTUDO O VARA E "PIRAMPLOS" POLÍTICOS


OS "PIRILAMPOS" DE TERÇA-FEIRA