Translator

quarta-feira, 22 de abril de 2009

ÁFRICA DO SUL O RETORNO ÀS RAÍZES


Um interessante artigo escrito pelo Miguel Castelo Branco e publicado no seu blogue http://combustoes.blogspot.com O previsível retorno às raízes da Africa do Sul e à lei da selva. O drama da emigração portuguesa vai continuar, os emigrantes fugindo ou sendo assassinados em países que ajudaram economicamente, a desenvolver.
José Martins
-
A África do Sul prepara-se para regar com gasolina o que restara da longa transição iniciada com Mandela e Frederik de Klerk . Aquele país, comparativamente tão rico como a Noruega o é na Europa, ameaça agora lançar-se no processo de africanização.
-
O candidato Zuma, acusado por violação, fraude e corrupção, auto-proclama-se "socialista", é amigo e admirador ajuramentado de Mugabe e milita numa seita adventista messiânica. Em suma, tudo boas notícias para os portugueses residentes na África Austral.
-
Os sempre ufanos analistas (de quê ?) nele detectam traços de "populismo" e declarados propósitos de terminar os vestígios do apartheid. Sabemos o que isso quer dizer, Se o tal imaginário apartheid sobrevive nas Forças Armadas, na polícia, no aparelho do Estado e na classe empresarial, destruí-los será sinónimo de pretorianização dos militares (leia-se tribalização), desagregação da autoridade nas ruas, nacionalização de empresas viáveis e, quem sabe, proibição do africaans.
-
A coisa promete.
-
Quando é que a África ganha juízo ?
-
Publicada por Combustões em 23.4.09 0 comentários

SENHOR ENGENHEIRO O PROMETIDO É DEVIDO


Canção dedicada ao PM José Sócrates por Rui Veloso
Clicar em baixo

"O REPORTER DO CACO"

O "CACO" EM BANGUECOQUE
Todos os dias dou uma vista de olhos ao que o "Reporter do Caco"(Nuno Caldeira da Silva) insere no seu blogue http://frombangkok.blogspot.com .
-
O "Caco" vai longe para "caraças" pois já frequenta o "Foreign Correspondent Club of Thailand" (FCCT) do qual sou sócio há uns 19 anos. Raramente lá vou, mas pago as quotas.
-
O "Caco" tem andado armar-se em "carapau de competição", a escrever merdas que até nem dentro delas está nem percebe nadinha que seja da cultura e política tailandesa.
-
Anda por aí, na "manguelice", a chupar uns dinheiros da "Comissão da União Europeia"; a beber uns copos; a beijar-mãos a damas e a enfiar-se entre a gente de truz-truz.
-
Em verdade o "Caco" mete-me pena porque conheço dele mais misérias do que grandezas. Em fim é o que aparece na Tailândia onde os "Cacos" podem viver sob a tolerância deste Reino e onde eu já vivo (o disse muitas vezes) há 30 anos.
-
O "Reporter do "Caco" é um daqueles gajos que gosta de conflitos sociais, de os reportar (pelos leitura dos jornais), fazer as suas opiniões de estrume e muito dado a publicar fotos onde exista sangue.
-
Do tanto que o "Caco" tem teclado em cima deste país, nunca falou na assistência médica (noutras coisas boas); de bem abastecido de hospitais, privados e do Estado.
-
Hoje tive a visita de um cunhado meu, irmão de minha mulher, o "morgado" da família sob as tradições chineses. Ora o velho do meu cunhado, mais a mulher e um filho vieram a Banguecoque, para uma consulta médica no Hospital Siraj e depois passaran por minha casa.
-
Depois de partirem para a província de Prachinburi, onde ali vivem sob os rendimentos de uma pequena fábrica, de família, de descasque de arroz perguntei a minha mulher de que se queixava o irmão e respondeu-me vai ser operado ao coração no dia 10 de Maio no Hospital Siraj. Andou a tratar-se num hospital de Prachimburi, lá não havia condições e mandaram-no para Banguecoque..
-
Porém pasme-se por aí!
-
O meu cunhado paga pela operação 30 bates (30 cêntimos de um euro) que é o regime de consulta, tratamentos ou operação que os tailandeses pagam nos hospitais do Estado!
-
O meu cunhado está na lista de espera há cerca de um mês para ser operado.
-
No país do "Caco" procede-se assim com os portugueses?
-
Gente como o "Reporter do Caco" que se enfronha em políticas, em opiniões num país que não é dele e o acolhe, esta terra não necessita de "merda de gente" igual ao "Caco".
-
Eu sei aquilo que o "Caco" desejava mas ainda é cedo para o revelar. Vou dar tempo ao tempo, porque nunca mais o largarei (nem tenhamos de andar à bengalada) enquanto por aí andar a "babosar" e a meter o nariz, em "cus" que não deve cheirar.
José Martins

Parte d texo do último artigo teclado pelo "Caco"

".....Confesso que fiquei perplexo e descrente. Há vários dias escrevi sobre a possibilidade única que Abhisit teria de poder dar um novo rumo ao país após o bom desempenho que lhe era dado durante a crise durante o Songkran. Sempre vi em Abhisit alguém diferente do tradicional político tailandês e alguém capaz de ser o inovador de um sistema político caduco e corrupto como todos referem. Ontem fiquei desiludido para dizer somente um pouco daquilo que senti..."

UM MOMENTO RELEVANTE DA NOSSA HISTÓRIA CONTEMPORÂNEA

Nós não poderíamos deixar passar em branco, três dias antes da efeméride que marca o dia 25 de Abril de 1974, a tomada de posse do Presidente da República Professor Aníbal Cavaco Silva; o seu discurso na Assembleia da República e a recepção que ofereceu às entidades de Estado e outras de relevo da vida pública da nossa pátria querida.

Devem abrir o video e desde já os avisos que o conteúdo dá para rir até ao mijar nas cuecas!

Mijem antes e, divirtam-se com o rir dos "palhaços" políticos que os portugueses, por mal dos seus pecados, lhe sairam na rifa!

Abraços à rapaziada e beijos às meninas

José Martins

video