Translator

quarta-feira, 29 de abril de 2009

NÓS OS AMANTES DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO QUEREM-NOS METER A ROLHA NA BOCA!



URGENTE: VOTAÇAO NO PARLAMENTO EUROPEU NO DIA 5 DE MAIO DE 2009
-
Não deixe que o parlamento europeu lhe feche a internet... não haverá volta atrás!
-
E já agora!
-
O acesso à internet não é condicional Todos os que têm um site, blog bem como todos aqueles que usam o Google ou o Skype, todos aqueles que gostam de expressar as suas opiniões livremente, investigarem do modo que entendem seja para questões pessoais, profissionais ou académicas, todos os que fazem compras online, fazem amigos online, ouvem música ou vêm videos...
-
Milhões de europeus dependem da internet quer seja directa ou indirectamente no seu estilo de vida.
-
Tirá-la, limitá-la, restringi-la ou condicioná-la, terá um impacto directo naquilo que fazemos. E se um pequeno negócio depender da internet para sobreviver, torná-la inacessível num período de crise como o que vivemos não pode ser bom.
-
Pois a internet que conhecemos está em vias de extinção através das novas regras que a União Europeia quer propôr no final de Abril. Segundo estas leis, os provedores de serviço, ou seja as empresas que nos fornecem a internet, PT, Zon, Clix entre muitas outras, vão poder legalmente limitar o número de websites que visitamos, além de nos poderem limitar o uso ou subscrição de quaisquer serviços que queiramos de algum site.
-
As pessoas passarão a ter uma espécie pacotes de internet parecidos com os da actual televisão. Será publicitada com muitos "novos serviços" mas estes serão exclusivamente controlados pelo fornecedor de internet, e com opções de acesso a sites altamente restringidas. Isto significa que a internet sera empacotada e a sua capacidade de aceder e colocar conteúdo será severamente restringida.
-
Criará pacotes de acessibilidade na internet, que não se adequam ao uso actual que damos à internet hoje. A razão é simples...
-
Hoje a internet permite trocas entre pessoas que não são controladas ou promovidas pelo intermediário (o estado ou uma grande empresa), e esta situação melhora de facto a vida das pessoas mas força as grandes corporações a perderem poder, controle e lucros. E é por isso que estas empresas forçam os políticos "amigos" a agirem perante esta situação.A desculpa é a pirataria de filmes e música, mas as verdadeiras vítimas seremos todos nós, a democracia e a independência cultural e informativa do cidadão.
-
Recentemente, vieram com a ideia que a pirataria de vídeos e música promove o terrorismo (
http://diario.iol.pt/tecnologia/mapinet-internet-pirataria-terrorismo-crime-tvi24/1058509-4069.html ) para que seja impensável ao cidadão comum não estar de acordo com as novas regras... Pense no modo como usa a internet!
-
Que significaria caso a sua liberdade de escolha lhe fosse retirada? Hoje em dia, a internet é sobre a vida e liberdade.
-
É sobre fazer compras online, reservar bilhetes de cinema, férias, aprendermos coisas novas, procurar emprego, acedermos ao nosso banco e fazermos comércio.Mas é também sobre coisas divertidas como namorar, conversar, convidar amigos, ouvir música, ver humor, ou mesmo ter uma segunda vida.
-
Ela ajuda-nos a expressarmo-nos, inovarmos, colaborarmos, partilharmos, ajuda-nos a ter novas ideias e a prosperar... tudo sem a ajuda de intermediários. Mas com estas novas regras, os fornecedores de internet escolherão onde faremos tudo isso, se é que nos deixarão fazer.
-
Caso os sites que visitamos, ou que nós criámos não estejam incluídos nesses pacotes oferecidos por estas empresas, ninguém os poderá encontrar.
-
Se somos donos de um site ou de um blog e não formos ricos ou tivermos amigos poderosos, teremos de fechar. Só os grandes prevalecerão, com a desculpa de que os pequenos não geram tráfego suficiente para justificar serem incluídos no pacote.
-
Continuaremos a ter a Amazon, a Fnac ou o site das finanças, mas poucos mais. Os telefonemas gratuitos pela internet decerto que acabarão ( como já se passa nalguns países da Europa) e os pequenos negócios e grupos de discussão desaparecerão, sobretudo aqueles que mais interessam, os que podem e querem partilhar a sua sabedoria gratuitamente com o mundo.
-
Se nada fizermos perderemos quase de certeza a nossa liberdade e uso livre da internet. A proposta no Parlamento Europeu arrisca o nosso futuro porque está prestes a tornar-se lei, uma lei quase impossível de reverter.
-
Muitas pessoas, incluíndo deputados do Parlamento Europeu que a vão votar positivamente, não fazem a menor ideia do que isto pode querer dizer, nem se apercebem das implicações brutais que estas regras terão na economia, sociedade e liberdade.
-
Estas medidas vêm embrulhadas numa coisa chamada "Pacote das Telecom´s" disfarçando estas leis de algo que apenas é relativo à indústria das telecomunicações. Mas na verdade, tudo não passa de regras sobre o uso futuro da internet.
-
A liberdade está a ser riscada do mapa. Nestas leis propostas, estão incluídas regras que obrigam as Telecoms a informaram os cidadãos das condições em que o acesso à internet é fornecido. Parece ser uma coisa boa, em nome da transparência, mas não passa de uma diversão para poderem afirmar que podem limitar o nosso acesso à liberdade na internet, apenas terão é que informar-nos disso.
-
O futuro da internet está em jogo e precisamos de agir já para o salvar.Diga ao Parlamento Europeu que não quer que estas alterações sejam votadas.Lembre-os que as eleições europeias são em Junho e que a internet ainda nos dá alguma liberdade para que possamos observar e julgar os seus actos no Parlamento.Saiba que não está sozinho(a) nesta luta...
-
Enquanto lê isto, centenas e centenas de outras organizações estão a trabalhar para que esta mensagem chegue a quem de direito.
-
Milhares de pessoas estão também a contactar os seus deputados neste sentido. Ajude-se a si mesmo, colabore e faça o que pode por esta causa... A internet é tão sua como deles... Divulgue esta mensagem o mais que possa...
-
Faça Copy/Paste do texto em baixo e envie aos Deputados do Parlamento Europeu! Aqui vão alguns endereços:
-
carlos.coelho@europarl.europa.eu
-
vasco.gracamoura@europarl.europa.eu
-
joao.pinheiro@europarl.europa.eu
-
jose.ribeiroecastro@europarl.europa.eu
-
francisco.assis@europarl.europa.eu
-
luismanuel.capoulassantos@europarl.europa.eu
-
edite.estrela@europarl.europa.eu
-
elisa.ferreira@europarl.europa.eu
-
anamaria.gomes@europarl.europa.eu
-
ilda.figueiredo@europarl.europa.eu
-
miguel.portas@europarl.europa.eu


Texto:

Dear Deputy
I’d like to draw your attention to the Telecoms Package which I believe will be voted on by the European Parliament committees at the end of March and again on 21 April by all MEPs. I have serious concerns that the changes that the European Parliament is proposing will adversely affect business in the European Union.I understand that the European Parliament is proposing to include changes to the law which will affect my access to the Internet, and which may limit, restrict or place conditions on my ability to access websites and services.I use the Internet every to work, shop, socialise, bank, research, listen to music, enjoy cultural activities, talk to friends and family, order tickets, choose my holidays, pursue my interests and hobbies...and much more. The changes in the law that the European Parliament is proposing will permit my broadband provider to offer me a limited, restricted or conditional service. My concern is that such changes will kill the life of the Internet as we know it, and could have serious, detrimental economic impact on Europe’s economy. I am writing to ask you, as my representative in the European Parliament, to vote to protect our right to trade and do business using the Internet. As we live in a democratic society, we need to openly debate these issues and establish the principles for the Internet as society.Please support amendments which safeguard my rights to access and distribute content, services and applications and reject any text which talks about ‘lawful content’ or about placing limitations, restrictions or conditions on my Internet access. In particular, I would like you to guarantee my rights to freely use the Internet, and ensure that all websites and services are accessible to all users. Yours sincerely ,
-
Para mais informações sobre a lei:
http://www.laquadrature.net/en/telecoms-package-towards-a-bad-compromise-on-net-discrimination
http://www.laquadrature.net/wiki/Telecoms_Package
http://en.wikipedia.org/wiki/Telecoms_Package
http://www.blackouteurope.eu/
-
Porque esperam?
Toca a enviar!

GRIPE SUÍNA- A PRIMEIRA CRIANÇA AFECTADA



Edgar a primeira criança afectada pela gripe suína no México
AFP - 30-04-2009

GRIPE SUINA - DADOS OFICIAIS

Oficial da crise
Espanha registou oito novos casos confirmados (10 no total).
-
Há 70 outros suspeitos.
-
Entre os confirmados, um homem de Barcelona, que não foi no México.
-
É a primeira transmissão do H1N1 do vírus fora do México.
-
- Um bebê de 23 meses morreu em Houston (Texas). A criança, de origem mexicana, é o primeiro caso de morte fora de um país da América Latina.
-
- E.U.A. tem 91 casos confirmados.
-
O Centro de Controle de Doenças acredita que o vírus pode estar a voltar mais perigoso do que antes previsto.
-
Obama: "A situação é grave."
-
- A OMS tem aumentado o nível de alerta a fase de 4 a 5.
-
Este é o último passo antes de declarar, oficialmente, a pandemia.
-
Nos seus registros há 141 casos confirmados de nove países. Os últimos, na Alemanha (3) e Áustria (1).
Fonte diversas

GRIPE SUINA - ÚLTIMAS



'Pandemia global da gripe suína eminente'

OMS diz que 'toda a humanidade está ameaçada'
A Organização Mundial de Saúde aumentou o nível de alerta devido à crise suína para 5, o segundo mais alto, indicando que está iminente uma pandemia a nível global.
Isto significa que há risco de contágio humano em pelo menos dois países e surge depois de uma criança mexicana de 23 meses ter morrido no estado americano do Texas, a primeira morte fora do México desde o início do surto.
Após uma reunião de emergência em Genebra, a directora da OMS, disse que todos os paises devem preparar os planos de contigência da pandemia.
“Esta mudança para um nível de alerta mais elevado, é um sinal para governos, ministérios da saúde, para a indústria farmacêutica e para as empresas para adoptarem medidas urgentes”, disse.
Em Espanha as autoridades confirmaram o primeiro caso de gripe suína numa pessoa que não viajou para o México.
As estimativas oficiais dão conta de 159 vítimas mortais no México, apesar de estarem confirmadas apenas sete mortes, com 26 infecções confirmadas.
Prevenção
Desde que o surto teve início na semana passada, alastrou-se ao Canadá, Europa, Israel e Nova Zelândia.
Vários países restringiram as viagens para o México e a França vai apelar à União Europeia que cancele todos os voos para aquele país, apesar da OMS referir que tal medida é ineficaz.
A directora daquela organização adianta que apesar da gravidade da situação, a experiência em lidar com a gripe das aves pode ser benéfica.
“Pelo lado positivo, o mundo está melhor preparado que nunca para enfrentar uma pandemia.
“As medidas preventivas adoptadas aquando da gripe das aves foi um investimento que agora pode ser benéfico”, referiu.
Mais pessimista é a visão do representante oficial da Comissão Europeia para questões de saúde, que avisou que milhares de pessoas podem morrer no velho contiente devido á gripe suína.
O director-geral das políticas de saúde e dos consumidores, Robert Madelin, adianta que não se trata de saber se vão ou não morrer pessoas, mas sim quantas é que vão morrer.
Ele alerta que podem ser milhares, dezenas de milhares ou até mesmo centenas de milhares as vítimas mortais no continente europeu devido a este surto.
No entanto, Madelin revela confiança que a Europa está bem preparada para combater a pandemia.
BBC Notícias

NÃO É UM PROBLEMA MORAL...MAS DE CADEIA!


SÓCRATES E O PROBLEMA MORAL,OU O CULTO DO PORREIRISMO EM PORTUGAL?

Nunca se deve dar poder a um tipo porreiro o porreirismo de Sócrates, pela natureza do cargo que ocupa, criou umproblema moral ao país.No início, ninguém dá nada por eles.
-
Mas, pouco a pouco, vão conseguindo afirmar o seu espaço. Não se lhes conhece nada de significativo, mas começa a dizer-se deles que são porreiros.
-
Geralmente estes tipos porreiros interessam-se por assuntos também eles porreiros e que dão notícias porreiras. Note-se que, na política, os tipos porreiros muito frequentemente não têm qualquer opinião sobre as matérias em causa mas porreiramente percebem o que está a dar e por aí vão com vista à consolidação da sua imagem como os mais porreiros entre os porreiros.
-
Ser considerado porreiro é uma espécie de plebiscito de popularidade. Por isso não há coisa mais perigosa que um tipo porreiro com poder. E Portugal tem o azar de ter neste momento como primeiro-ministro um tipo porreiro. Ou seja,alguém que não vê diferença institucional entre si mesmo e o cargo queocupa.
-
Alguém que não percebe que a defesa da sua honra não pode ser feita à custa do desprestígio das instituições do Estado e do próprio partido que lidera. O PS é neste momento um partido cujas melhores cabeças tentam explicar ao povo português por palavras politicamente correctas e polidas o que Avelino Ferreira Torres assume com boçalidade: quem não é condenado está inocente e quem acusa conspira.
-
Nesta forma de estar não há diferença entre responsabilidade política e responsabilidade criminal. Logo, se os processos forem arquivados, o assunto é dado por encerrado. Isto é oporreirismo em todo o seu esplendor.Acontece, porém, que o porreirismo de Sócrates, pela natureza do cargo que ocupa, criou um problema moral ao país.
-
Fomos porreiros e fizemos de conta que a sua licenciatura era tipo porreira, exames por fax, notas ao domingo.Enfim tudo "profes" porreiros. A seguir, fomos ainda mais porreiros e rimos por existir gente com tão mau gosto para querer umas casas daquelas como se o que estivesse em causa fosse o padrão dos azulejos e não o funcionamentodaquele esquema de licenciamento.
-
E depois fomos porreiríssimos quando pensámos que só um gajo nada porreiro é que estranha as movimentações profissionais de todos aqueles gajos porreiros que trataram do licenciamento do aterro sanitário da Cova da Beira e do Freeport. E como ficámos com cara de genuínos porreiros quando percebemos que o procurador Lopes da Mota representava Portugal no Eurojust, uma agência europeia de cooperação judicial?
-
É preciso um procurador ter uma sorte porreira para acabar em tal instância após ter sido investigado pela PGR por ter fornecido informações a Fátima Felgueiras. Pouco a pouco, o porreirismo tornou-se a nossa ideologia. Só quem não é porreiro é que não vê que os tempos agora são assim: o primeiro-ministro faz pantomina a vender computadores numa cimeira ibero-americana? Porreiro.
-
Teve graça não teve? Vendeu ou não vendeu? Mais graça do que isso e mais porreiro ainda foi o processo de escolha da empresa que faz o computador Magalhães. É tão porreiro que ninguém o percebeu mas a vantagem do porreirismo é que é um estado de espírito: és cá dos nossos, logo, és porreiro.
-
E foi assim que, de porreirismo em porreirismo, caímos neste atoleiro cheio de gajos porreiros.O primeiro-ministro faz comunicações ao país para dizer que é vítima de uma campanha negra não se percebe se organizada pelo ministério público, pela polícia inglesa e pela comunicação social cujos directores e patrões não são porreiros. Os investigadores do ministério público dizem-se pressionados.
-
O procurador-geral da República, as procuradoras Cândida Almeida e Maria José Morgado falam com displicência como se só por falta de discernimento alguém pudesse pensar que a investigação não está no melhor dos mundos...
-
Toda esta gente é paga com o nosso dinheiro. Não lhes pedimos que façam muito. Nem sequer lhes pedimos que façam bem. Mas acho que temos o direito de lhes exigir que se portem com o mínimo de dignidade. Um titular de cargos políticos ou públicos pode ter cometido actos menos transparentes. Pode ser incompetente.
-
Pode até ser ignorante e parcial. Detudo isto já tivemos. Aquilo para que não estávamos preparados era para esta espécie de falta de escala. Como se esta gente não conseguisse perceber que o país é muito mais importante que o seu e gozinho.Infelizmente para nós, os gajos porreiros nunca despegam.
Jornalista

PRÓS E CONTRAS SEM PENSAMENTO NENHUM!

A Leonor Beleza exibiu-se muito bem, sempre o mesmo "animal político". Mário Soares o mesmo... Referiu-se mais uma vez a Salazar. Uns contadores de mentiras e menos pensamentos. A Fátima Campos Ferreira continua a ser uma infeliz sem imaginação, nenhuma, na realização dos debates políticos, do seu "Prós e Desencontros"


P.S. Falaram, como não poderia deixar de acontecer, no 25 de Abril de 1974. Horror dos horrores.

GOVERNO DO EGIPTO MANDA ABATER OS PORCOS


O Governo egipcío ordenou o abate de suínos em todo o país
-
O Governo egipcío ordenou o abate de toda a população de suínos do país (cerca de 300.000 cabeças, segundo estimativas oficiais) como precaução antes que a crise, desencadeada, presentemente em vários países do mundo, da epidemia da gripe suina, surja no Egipto.
-
A decisão e a primeiro deste tipo em todo o mundo.
-
O ministro da Saúde, Hatem el-Gabali em declaração oficial e distribuída pela agência de notícias estatal, MENA, que a medida foi aplicada a partir de quarta-feira (28.04.09).
-
O abate da população de porcos, em massa no Egipto, é com a finalidade de precaver a propagação da gripe suina. entre as populações, no país.
Fonte: El País - Tradução livre

O PAIS DO FUMEIRO DE CHOURIÇOS

SILVA LOPES, 77 ANOS, NOMEADO ADMINISTRADOR DA EDP RENOVAVEIS .... e FERNANDO GOMES...ganha 4 milhões Caixa de entrada
-
SILVA LOPES, com 77 (setenta e sete) anos de i
dade, ex-Administrador do Montepio Geral, onde saiu com uma indemnização de mais de 400.000 euros, acrescidos de varias reformas que tem, uma das quai do Banco de Portugal como ex-governador, logo que saiu do Montepio foi nomeado Administrador da EDP RENOVAVEIS, empresa do Grupo EDP. Com mais este tacho dourado, lá vai sacar mais umas centenas de milhar de euros num emprego dado pela escumalha política do governo, que continua a distribuir milhões pela camabada afecta aos partidos do centrão. Entretanto o zé vai empobrecendo cada vez mais, num país com 20% de pobres, onde o desemprego caminha para niveis assustadores, onde os salários da maioria dos portugueses estão cada vez mais ao nivel da subsistencia. Silva Lopes foi o tal que afirmou ser necessário o congelamento de salários e o não aumento do salário minimo nacional, por causa da competividade da economia portuguesa. Claro que para este senhor, o congelamento dos salários deve ser uma atitude a tomar, (desde que não congelem o dele, claro). Quanto a FERNANDO GOMES, mais um comissário político do PS, recebeu em 2008, como administrador da GALP, mais de 4 milhões de euros de remunerações. Acresce a isto um PPR de 90.000 euros anuais, para quando o " comissário PS " for para a reforma. Claro que isto não vai acontecer pois, tal como Silva Lopes, este senhor vai andar de tacho em tacho, tal como esta cambada de ex-politicos que perante a crise " assobia para o ar ", sempre com os bolsos cheios com os milhões de euros que vão recebendo anualmente. Estes senhores não têm vergonha na cara?

FANTASMAS DO PASSADO




Passei de relance pelo prós e contras desta semana, e lá estava ela, a Leonor Beleza. Fez-me lembrar do seu tempo de Ministra da saúde e senti um arrepio na espinha. Há fantasmas que nunca poderemos exorcisar, não há?
Publicada por Kaos em
12:31 2 Pastagens Link
Da nossa avença:KAOS

BLOCOS E ALIANÇAS






Questionada sobre o cenário em que se sentiria mais confortável para as eleições, se numa aliança do PSD com o CDS-PP ou num novo bloco central com o PS, Manuela Ferreira Leite colocou como condição para qualquer entendimento acreditar «que a conjugação de esforços e de interesses - interesses no sentido do país - são coincidentes».Entretanto, em declarações à agência Lusa feitas na sequência da entrevista à SIC, Manuela Ferreira Leite considerou que a hipótese de admitir um Bloco Central é «É uma interpretação abusiva porque como é sabido sempre recusei a hipótese de um governo de Bloco Central».Se é abusiva então eu abuso.
Publicada por Kaos em
00:01 1 Pastagens Link
Da nossa avença:KAOS

RUPTURA




A partir de hoje e até à véspera das próximas eleições este blog, ou seja eu, deixará de ser desalinhado e vai apoiar a campanha do POUS às Europeias. Revejo-me na ideia da proibição dos despedimentos. Acredito que o Estado deve assumir a nacionalização e a viabilização das empresas em defesa do emprego. Quantos despedimentos poderiam ter sido evitados se os milhares de milhões enterrados na Banca, nos BPN, no BPB, estivessem a ser utilizados na defesa do emprego? Utilizados, para evitar o desespero da pobreza para mais de meio milhão de Portugueses, para evitar o desmantelamento do que ainda resta do sistema produtivo do país.Revejo-me também no darem voz a um grupo de cidadãos (a RUE), que defende a Ruptura com a União Europeia. Mais de 70% da nossa legislação já se apoia em directivas comunitárias. É a instituição política em que menos os cidadãos têm direito de escolha e é aquela que define a ideologia pela qual nos regemos. Que nos diz que temos de viver num estado com uma política económica capitalista e liberal. Por tornar impossível a um partido que não defenda essas políticas aplicar as suas idéias económicas e sociais. Não nos é possibilitado o direito de escolhermos o nosso caminho. Só a ruptura com esta UE nos devolverá a liberdade de escolha. Apoio o POUS nestas eleições porque propõe uma efectiva ruptura com o sistema.Quanto ao dia das eleições ainda me balanço sobre o voto no POUS, ou apostar na abstenção. Em nenhum caso farei grande dano ao poder, mas algum fará certamente. Com que legitimidade ética, poderiam defender a legitimidade representativa de um parlamento europeu, se oitenta ou noventa por cento dos cidadãos não votarem nestas eleições? O medo que mostraram dos referendos para a Constituição Europeia e a chantagem tremenda que estão a fazer sobre o povo Irlandês por a ter chumbado, no único caso em que não puderam evitar que se fizesse, mostra que não é a democracia nem a vontade dos cidadãos aquilo que mais os move. Depois direi aqui qual será a minha opção de voto.
Publicada por Kaos em
12:31 21 Pastagens Link
Da nossa avença:KAOS

AS MORDAÇAS DO PSD




“O PS, pela terceira vez, tenta pôr uma mordaça em opiniões diferentes: foi a mordaça do candidato Vital Moreira, a mordaça do ministro Santos Silva e a mordaça do ministro Mário Lino. Curiosamente os três têm um passado de cultura democrática ligado ao comunismo e ao trostkismo, consoante os casos, que fala por si.Paulo Rangel responde assim ao ministro Mário Lino que hoje o acusou de ter uma visão salazarenta dos investimentos públicos.De cada vez que a Manuela Ferreira Leite abre a boca, (normalmente não entra mosca), já todos sabemos que perde votos. Agora é a vez do Paulo Rangel mostrar que também ele fazia melhor em estar calado. Um partido que pouco mais tem feito que criticar o governo não pode acusar de o quererem amordaçar de cada vez que esse governo o critica a ele. Não lhe fica bem e é assustador pensar que se ele chegasse ao poder muito provavelmente acabaria por ter uma relação ainda mais difícil com a critica que aquele que têm os Socretinos. Também o bolorento Salazar considerava que a critica só podia ser resolvida com mordaças e esta resposta do líder parlamentar do PSD é triste. Tão triste como a figura que o seu partido anda a fazer.Com gente desta, a que nos governa e a que nos quer convencer que são alternativas estamos bem tramados. Está na hora de mudar, não só na cor do partido do governo, mas sim também nas políticas. Há que devolver este país aos cidadãos e acabar com a pouca vergonha desta politica de compadrios, em que os ricos cada vez ficam mais ricos e todos nós cada vez mais pobres. Há que recusar as políticas europeias que nos condenam a obedecer a um liberalismo que nos conduziu a esta crise e ao desespero das filas de desempregados. Há que mudar, mas mudar realmente de opções para este país.
Publicada por Kaos em
00:01 2 Pastagens Link
Da nossa avença:KAOS

O SANTINHO CASAMENTEIRO DO BLOCO DA ESQUERDA




O próximo governo poderá não ser de maioria absoluta. O cenário foi ontem reconhecido, implicitamente, pelo Presidente da República, que deixou um apelo: "As forças políticas devem ter presente que sobre elas recai a grande responsabilidade de encontrar soluções de governo, e que essa responsabilidade é particularmente acentuada nos tempos difíceis que o País atravessa." No discurso na sessão solene comemorativa do 25 de Abril, no Parlamento, Cavaco Silva aconselhou "consensos entre os partidos estruturantes da nossa Democracia [Bloco Central]" em torno de temas como o emprego, a segurança e o combate à corrupção. E frisou: "Os portugueses estão cansados de querelas político-partidárias que nada resolvem." O Sr. Silva parece que continua com a sua velha ideia de fazer um governo do Bloco Central. Criar uma maioria absoluta, garantida por várias legislaturas, e que possa realizar a vontade da Manelinha de colocar a democracia em banho-maria durante esse tempo. Assim poderiam fazer tudo o que desejassem, alterar a Constituição e acabar de aplicar o liberalismo capitalista neste país. O Salazar também começou a sua nefasta obra falando da necessidade de acabar com as querelas político-partidárias. Ainda me lembro bem de qual foi o resultado.
Publicada por Kaos em
12:31 9 Pastagens Link
Da nossa avença:KAOS

O PODER DOS PODERES




Em Portugal vivemos naquilo a que se chama uma Democracia Ocidental. Temos direito a votar e a escolher entre dois sósias apresentados pelos poderes. Para muitos o pior de todos os sistemas à excepção de todos os outros. Esta, aquela que temos, pode ser uma democracia, mas é certamente uma democracia gerida por cartéis que possuem o monopólio dos poderes. O poder financeiro que criou e controla o 4º poder, o da informação, o da televisões, que por seu lado nos “convence” que é normal só podermos escolhermos o poder politico nas alternativas que nos impõem, poder politico esse que comanda o poder da força e cada vez mais controla o poder da justiça. É por isso que o poder financeiro acaba a controlar o poder legislativo, a fazer as leis ao seu gosto e ao seu serviço. A democracia devia ser muito mais que isso, devia possibilitarmos verdadeiras escolhas, sem condicionalismos, uma democracia implacável contra a corrupção e as trafulhices, uma democracia sem nódoas que a conspurquem. Os poderes ao serviço de uma democracia que seja verdadeiramente a escolha livre dos cidadãos, uma democracia em que o governo seriamos todos nós. Uma democracia em que todos tenham direitos iguais e iguais oportunidades.
Publicada por Kaos em
00:01 6 Pastagens Link
Da nossa avença:Kaos

MUDAR É URGENTE




Na ressaca do 25 de Abril, mas na realidade de um Portugal em queda livre, a urgência de mudar para travar um fim que se aproxima rapidamente, há que mudar a forma como gerem este país e a passividade com que assistimos a tudo isto. Não há inevitabilidades, nem destinos traçados. Não nos resta só esperar bovinamente que nos conduzam ao cadafalso. Temos de mudar o sistema, a nossa forma de vida. Voltar a viver para as pessoas e não para o consumo, para o “ter”. Vamos voltar a ser pessoas numa sociedade mais solidária e mais empenhada em ser feliz. Vamos dar uma nova oportunidade à alegria de viver.
Publicada por Kaos em
12:31 9 Pastagens Link
Da nossa avença:KAOS

O BAILINHO DE LISBOA

AMORES DE OUTROS TEMPOS QUE CONTINUAM VIVOS!


Ele vem aí de novo para nos assombrar. Eu que moro aqui mesmo ao lado de Lisboa, que é aí que trabalho, a que chamo a minha cidade, nada posso fazer para o impedir porque não é aí que voto. Peço por isso aos "Alfacinhas"; Não o deixem ganhar.
Publicada por Kaos em
00:01 7 Pastagens Link
Da nossa aveça:KAOS

MAIS UM MANDATOZITO... PORREIRO PÁ!

Claro com a crise que grassa... Quem estará interessado perder o tacho? Para já mais um empurrãozinho da "velha senhora". Os inocentes que morreram no Iraque a memória que vá colher malvas! Porreiro ó Zé Manuel!

GRIPE SUINA - NOTÍCIAS NA HORA


VIDEO - AGENCIA ATLAS - 29-04-2009
O Governo do México confirma 159 mortes possivelmente relacionadas com a gripe suina. 152 dos casos aconteceram em várias partes do país, enquanto 7 na capital. As autoridades mexicanas endureceram as medidas sanitárias e ordenaram o encerramento dos locais de entretenimento.

QUE SE LEVANTEM OS HOMENS BONS!

Palavras violentas proferidas pelo Bispo D.Januário Torgal Ferreira.
-
O Bispo está dentro da realidade do factos e daquilo que se vai passado no Portugal de momento.
-
A vergonha dos governantes deixou de existir!
-
Os que lhe seguem , hierarquicamente, copiam a sua conduta, talvez pior ainda.
-
Mas que sociedade surgiu em Portugal desde o 25 de de Abril se 1974!
-
Rouba o grande, rouba o médio e o pequeno, envergonhadamente, também rouba!
-
Hoje Portugal voltou uma selva onde cada um com umas miolas de Poder esmaga com a bota "brochada" o pequeno.
-
Fá-lo por maldade de fazer mal!
-
Mas que Portugal nós temos....
-
Ninguém se entende e onde a mentira dos governantes prevalece.
-
Portugal está à beira do colapso e depois tudo terá que começar, mais uma vez, do princípio, como de outras já começou.
-
Mas o que o Homem do Povo pode pensar em cima de quem tem governado Portugal?
-
Continuar a viver sob a mentira, os casos de corrupção anunciados; a miséria cada vez mais do Povo?
-
Se se levantem-se os Homens Bons e atirem com a canalha que nos tem governado pela janelas fora dos gabinetes, para a calçada da rua, porque outro lugar eles não merecem.
-
Mandem colher "urtigas" a democracia, porque essa palavra é o capote com que se agazalham, para encobrir as falcatruas e os roubos próprios de salteadores de atalhos!
José Martins