Translator

quinta-feira, 4 de junho de 2009

OS ENTEADOS DO PALÁCIO DAS NECESSIDADES CLAMAM PELOS SEUS DIREITOS




Como ex-enteado do Palácio das Necessidade, estou solidário com os meus colegas que lutam pelos seus direitos. Sei que estão a malhar em "ferro frio", porque naquele Palácio nasceram filhos de mulheres casadas e outros de solteiras.
-
Em fim é aquilo que vamos tendo no Ministério dos Negócios Estrangeiros em que cada vez mais os "enteados" que servem Portugal no estrangeiro não conseguem um pouco de dignidade.
-
Enquanto o Ministério dos Negócios Estrangeiros continuar a ser um Estado dentro de Portugal, nada há a fazer!
-
Continuará Portugal a ter uma diplomacia, indolente, dorminhoca, de esquemas e de croquete.
-
Bem melhor seria para Portugal fazer das Missões Diplomáticas e Consulados, espalhados pelo mundo, umas "tasquinhas" onde se vendesse o nosso excelente carrascão e uns petisquinhos.
José Martins
-
Trabalhadores dos consulados hoje em greve Destak - 1 hora atrásOs trabalhadores dos consulados estão hoje em greve em protesto pelos atrasos nas actualizações salariais e contra o que consideram uma tentativa do Governo ...
-
Trabalhadores hoje em greve contra afastamento da Função Pública
RTP - 3 horas atrásLisboa, 04 Jun (Lusa) - Os trabalhadores dos consulados estão hoje em greve em protesto pelos atrasos nas actualizações salariais e contra o que consideram ...
-
»LUSA»» »EXPRESSO»
Quinta-Feira, 04 Junho de 2009
Consulados: Greve deverá provocar hoje o encerramento generalizado de serviços consulares – Sindicato
O Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas (STCDE) confirmou a paralisação prevista para hoje dos serviços das embaixadas, consulados portugueses e centros culturais do Instituto Camões por todo o mundo.
-
Trabalhadores manifestam-se na Suíça
Na Suíça, trabalhadores vinculados e contratados, afectos à Embaixada de Portugal em Berna, aos consulados gerais em Genebra e Zurique e ainda aos escritórios consulares em Sion e Lugano e à Missão Permanente de Portugal nas Nações Unidas, em Genebra, subscreveram um abaixo-assinado onde manifestam o “descontentamento” pela “actualização salarial em falta” e pelo estatuto profissional.
-
Endereçado ao MNE, ao Ministério das Finanças e à Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e ainda aos deputados com assento na Assembleia da República e aos conselheiros das comunidades, o abaixo-assinado informa que os subscritores vão manifestar-se mas mesas de eleições e de apoio entre os dias 5 e 7 de Junho, durante o acto eleitoral para as Europeias, com a colocação de uma faixa negra com os dizeres «estamos de luto e em luta pela nossa actualização salarial em falta e pelo nosso estatuto profissional»...
»MP»

UMA ANA VENCIDA - O PROCESSO DOS VÔOS DA CIA ARQUIVADO


Temos muita pena da Ana Gomes... Mas coragem Ana! A Esperança, Ana, é a última coisa a morrer!