Translator

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

DA NOSSA AVENÇA KAOS



Porque será que quem está na oposição é sempre contra e quer sempre renegociações das grandes obras publicas quando chegar ao governo. Afinal não são contra os projectos, são é contra o negócio das adjudicações não ser feito por eles. Fazer a obra só custa dinheiro e dá problemas a um governo, mas negociá-la dá poder, fazem-se amigos importantes e até há quem enriqueça. Claro que quem queria fazer a obra, quando volta a ser oposição só encontra problemas na sua realização e passa a ser contra gastar dinheiro, que não há, em projectos megalómanos. Surpreendente, como o poder e o dinheiro mudam as opiniões das pessoas.

Sem surpresa, embora todos os possíveis candidatos, e são muitos, com óptimos desempenho e longos narizes o Prémio Pinóquio para esta legislatura vai direitinho para o dito Engenheiro Sócrates. Um prémio unanimemente reconhecido como merecido, mesmo para quem se expressa em Inglês técnico ou compra fatos Armani no outlet do Freeport.

TENHO DÓ DESTA GENTE...!!!

Mete-me muito dó esta gente!
Não conheço o homem, pessoalmente, político e de sucessos (disseram por aí) em negócios.
Foi grande e usou a influência política para atingir a raia da fama!
Acabou mal e hoje já ninguém o conhece.
Que bom foi viver com o fruto do trabalho das mãos e o suor do rosto.
Compaixão senhores para esta gente...
Terminaram mal, porque escolheram o mal da vida.
José Martins