Translator

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

LÍNGUA DE CAMÕES DEPENADA...!!!

-
Timor-Leste tornou-se o quinto Estado membro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) a ratificar o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, anunciou hoje o Ministério da Cultura português.
-
Ler o resto clicar:Publicada por Fábrica dos Blogs em 0:39 0 comentários Hiperligações para esta mensagem
Etiquetas: , , ,
Grafia:José Martins

O MUNDO ESTRANHO ONDE VIVEMOS


Uma mulher polícia, em licença de maternidade, entregava-se à prática da prostituição a 150 libras, esterlinas, à hora.
-
Ruth Carter, de 27 anos, oferecia sexo vestida com o seu uniforme de policia.
-
Um jornalistas do "Sun" descobriu que a mulher polícia deixava o seu bebé, com dois meses, a um vizinho, antes de convidar os "clientes" para sua casa para a prática do sexo.
-
Enfrenta ser expulsa da Polícia de Thames Valley e sujeita a ser presa por má conduta.


-
Ruth Carter apresenta-se numa pose num site da agência de escortes "Carter" e, durante três anos, teve cerca de sete reservas, diárias, encomendadas à agência "Escorts Top Hat", em Bracknell, Berks.
-
Na sua página, inserida na internet apresenta-se em poses provocantes.
-
A evidência foi encontrada de quando um jornalista do "Sun" falou com ela e combinaram encontrarem-se num hotel, de preço barato, nas proximidades de sua casa.
-
Câmaras de filmar, ocultas, registraram, em imagens, a oferta completa de sexo por dinheiro.
-
Entretanto, o jornalista do Sun depois obter as provas, dentro do quarto do hotel pediu-lhe desculpas e saiu.
-
Ontem a Ruth Carter depois de interpelada pela imprensa não comentou o caso.
-
As provas, recolhidas pelo Sun estão a ser disponibilizado à polícia de Thames Valley (Reino Unido). Um porta-voz disse que iria investigar.
-
Em Abril, a polícia, Vikki Thorne, 28, de Washington, Tyne and Wear, admitiu ser uma prostituta.
.
Fonte: "The Sun" - Grafia de José Martins

MANUELA MOURA GUEDES E "DO OUTRO PRIMO DE SÓCRATES".

Bem vamos lá explicar esta coisa, a da Manuela, em miúdos.
-
Como é conhecido os nossos vizinhos castelhanos, são os detentores do maior número de acções do canal de televisão TVI. Ou eu me engano (não devo) os do lado de lá da fronteira estão a meter o bico na política portuguesa.
-
Manuela Moura Guedes com os seu defeitos e com as suas virtudes foi colocada a sumo de limão que a fez "esticar" e entrou na anorexia e sem forças para continuar difundir a liberdade de expressão e trazer à luz casos muito delicados onde o primeiro-ministro José Sócrates é suspeito de envolvimento.
-
Agora José Sócrates vem a público a defender-se que lhe estão a levantar uma calúnia.
-
Tudo que tem vindo à luz e em cima de acusações sempre se considerou vitimizado!
-
Assim acho que a José Sócrates se lhe deve dar o nome de "José Vítima", que bem melhor lhe assenta do que o apelido do filósofo.
-
O Sol veio com a notícia na pista de outro primo de Sócrates.
-
Um anda pela China aprender uma luta asiática, que ninguém sabia do rapaz e só se soube de quando o Expresso mandou lá um jornalista entrevistá-lo.
-
Agora este "do outro primo de Sócrates", certamente, deve andar a aprender a doutrina da espiritualidade, asiática e recolhido em algum templo da Índia, dos Himalais ou no Butan.
-
Os portugueses estão fartos (os que entendem algo e com dois olhos de ver) de vigarismo político do PS....
-
Mas os outros partidos, portugueses, não estão impunes da prática do vigarismo, foram todos copiados a papel químico.
-
O pobre do "mexilhão" que são a ´arraia-miúda` dos portugueses terão que suportá-los e cara alegre!
-
Um país como Portugal com o povo que não está politizado, mas futebolizado e "pobretizado" os politicos (os democráticos por conveniência) fazem dos portugueses bola de trapos.
José Martins

QUE MAL A MANUELA TERIA FEITO A DEUS!


Clique na imagem

Manuela Moura Guedes fora dos ecrãs
A três semanas das eleições, com o país mergulhado na pré-campanha, a administração da Prisa, principal accionista da TVI, decidiu suspender o "Jornal Nacional" de sexta-feira apresentado por Manuela Moura Guedes. Porquê? Para homogeneizar o noticiário durante toda a semana, diz a administração.
Expresso
Grafia José Martins

JOSÉ SÓCRATES CONTINUA A SER CALUINADO...



José Sócrates: "Estamos a viver uma campanha de calúnias"
Ontem
-
foto Isabel de Oliveira
Manuela Moura Guedes voltaria amanhã com o Jornal Nacional
-
O primeiro-ministro, José Sócrates, negou hoje, esta quinta-feira, que ele próprio, o Governo e o PS tenham interferido na decisão da administração da TVI de suspender a emissão do Jornal Nacional de 6ª feira.
"Essa decisão é da exclusiva responsabilidade da administração da empresa [Media Capital, proprietária da TVI]. Nem eu, nem o Partido Socialista, nem o Governo tiveram nada a ver com essa decisão", alegou José Sócrates, em declarações aos jornalistas em Coimbra, repudiando as acusações "absolutamente injustas e infundadas" dos partidos da Oposição de "pretensa influência" do Executivo e do PS "nessa decisão".
O primeiro-ministro entende que a Media Capital "tem o dever de apresentar as razões" do fim do serviço noticioso Jornal Nacional de Sexta.
"Não quero que o meu partido seja prejudicado por uma decisão da empresa", justificou, acrescentando que espera que o PS "não seja penalizado nas urnas" nas eleições legislativas de 27 de Setembro.
José Sócrates negou ter qualquer relação com os accionistas da Media Capital e que procurou alguma vez evitar o Jornal Nacional de Sexta.
"Não tenho medo do Jornal de sexta, não o procurei evitar", assinalou.

Jornal de Notícia
-
Cancelamento do Jornal Nacional de 6.ª-feira
Manuela Moura Guedes: Investigação sobre caso Freeport ia sexta-feira para o ar
por LusaOntem

Manuela Moura Guedes disse à Lusa que a TVI tem preparada uma investigação sobre o caso Freeport com documentação "que contradiz as informações que têm sido publicadas".
A sub-directora de informação da TVI adiantou que tem preparada um trabalho sobre o caso Freeport, que deveria ir sexta-feira para o ar, mas escusou-se a adiantar o conteúdo da informação.
Manuela Moura Guedes referiu ainda que não sabe se e quando a investigação em questão será exibida.
O cancelamento do Jornal de Sexta, apresentado por Moura Guedes, foi hoje anunciado pela administração da Media Capital, proprietária da estação, e levou à demissão da direcção de informação e chefia de redacção da TVI.
A jornalista disse à Lusa estar "muito triste" com o cancelamento "pela liberdade de informação".
"Estou muito triste, não tanto por mim, mas pela liberdade de informação", afirmou.
Tags:
TV & Media, media
Diário Notícias

TODOS OS DITADORES CAIRAM NA "MERDA".



Encerramento da Democracia em PORTUGAL
A partir de hoje acabaram-se as formatações.

-
Passarão a ser assim.
Portugal chora pelo encerramento da democracia ditada pelo Arrogante Sócrates. -
Encerrou um noticiário dado na TVI por Manuela Moura Guedes, onde se diziam algumas verdades.

Já em tempos acabara com a contra informação na RTP 1
Eu próprio vestirei de preto.
Meus poemas serão de revolta
Este requiem é destinado à morte de um ditador
Com raiva encerro esta mensagem
Pedro Valdoy - Coimbra

-
Publicado portugalclub@portugalclub.org

BORRADOS DE MEDO!

Enceleirados de "merda" os mentores de José Sócrates.
Até é mesmo de estarem...
O receio de perderem o "tacho" com a caída do patrão.
-
Gestor do PSD ameaçado por gabinete de Sócrates
O conhecido advogado Jorge Bleck acusa pessoas próximas do primeiro-ministro,
José Sócrates, de ameaçarem Alexandre Relvas, presidente do Instituto Francisco Sá Carneiro, dizendo-lhe que "convinha ser moderado" nas suas intervenções.
A denúncia foi feita pelo advogado ao ‘Jornal de Negócios’, onde Bleck afirma que “houve da parte do gabinete do primeiro-ministro abordagens junto de pessoas próximas do dr. Alexandre Relvas para que medisse com cuidado aquilo que iria dizer como presidente do Instituto.”
Confrontado com estas acusações, fonte ligada ao gabinete garante que se trata de "ficção política que não faz o mínimo sentido" e que se está a querer "atirar areia para os olhos das pessoas" a menos de um mês da eleições Legislativas.