Translator

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

COMO OS NOSSOS VIZINHOS ESPANHOIS VÊM PORTUGAL



REPORTAJE
Los dos Portugal, cara a cara
FRANCESC RELEA - Lisboa - 11/09/2009
-
A economia sai da crise, mas a maioria dos negócios fechados F. R. - Lisboa - 11/09/2009
-
Necessitando de algumas notícias animadoras os candidatos eleitorais apegam-se a dados recentemente lançados no segundo trimestre de 2009, visando o crescimento económico de 0,3%, em comparação com o trimestre anterior.
-
Tecnicamente, Portugal emergiu de uma recessão. Mas ainda é cedo para avaliar a tímida recuperação económica, que tem a ver com o aumento do consumo privado e das exportações.
-
Portugal tem a mais alta taxa de falência empresarial na Europa, 15%, e ocupa a terceira posição com 14%, como o nascimento de novas empresas, de acordo com um relatório do Eurostat. Somente em Agosto desapareceram 5200 empresas. Má notícia em tempos de crise.
-
As estatísticas da Comissão Europeia mostram também que Portugal tem a mais baixa taxa de sobrevivência de negócios. Um ano depois de ver a luz empresas criadas, quase 25% das foram forçadas a fechar.
-
Em Espanha, a percentagem é de 14%. As pequenas empresas são as principais vítimas. Em 2005, a 130.000-desapareceu na maior parte com menos de 10 trabalhadores, e 196.000 empregos foram perdidos.
-
Analistas afirmam que estes números são tremendos para uma pequena economia como a portuguesa.
-
Segundo estatísticas oficiais, o desemprego está em 9,1% (508.000 trabalhadores).
-
Após o encerramento de muitas fábricas de têxteis e de calçado na primeira fase, agora aos números de trabalhadores desempregados juntam-se-lhes os da produção automóvel.
-
À MARGEM: Não sou um "Velho do Restelo", mas um velho "pragmático", dentro das realidades da vida.
-
Habituei-me a produzir enquanto pude estar na vida. Porém estou cheio das mentiras dos políticos que procuram fugir aos factos da realidade presente do estado económico do nosso país.
-
Para eles, os portugueses que vão colher urtigas e se fiquem a coçar da comichão. Eles não mais procuram que proveitos da política onde se inseriram, porque nunca souberam fazer mais nada na vida do que ludibriar aqueles que os apoiam.
-
Têm razões suficientes, os portugueses, de duvidarem da classe política. Se assim não tivesse sido, eles os políticos, teriam dado a dignidade económica aos Portugueses.
-
Temos, creio, os políticos que merecemos porque somos "papalvos" que nos acreditamos nas palavras e promessas que nos vão impingindo de quando se movimentam nas campanhas eleitorais.
-
Já nos bastam os anos seguidos que temos andado a ser enganados por essa gente que tenho as minhas dúvidas se ainda lhes resta um pouco de vergonha na cara e o número da "porta" da honestidade.
-
Segundo o "Dicionário da Língua Portuguesa Etimológico": Político, «do cidadão; relativo a cidadão; que se compõe de cidadãos; do Estado, relativo ao Estado; público; hábil na administração dos negócios públicos; que convém aos negócios públicos ou a homem público; que tem o favor dos seus concidadãos, popular: capaz de viver em sociedade, sociável»; pelo lat. politicu-, «político, relativo ao governo; dum homem de estado». Séc. XVI«...querendo ele representar nestas peças o governo de um reino em modo político»
-
José Martins

ATÉ AO FINAL DO COMBATE A LUTA CONTINUA E O DESEMPATE...!!!




PS e PSD quase empatados
Jornal de Notícias - ‎3 horas atrás‎
PS e PSD estão praticamente empatados quando faltam pouco mais de duas semanas para as eleições legislativas. Há apenas dois pontos percentuais de diferença: 37% para 35%. O Bloco solidifica o terceiro lugar, com 11%. A so
ndagem da Universidade ...
-
Correio da Manhã
João Miguel Rodrigues Manuela Ferreira Leite cometeu uma gafe ...
Portas perante o fantasma do voto útil
-
Diário de Notícias - Lisboa
Público.pt - RTP - Jornal de Notícias - Diário de Notícias - Lisboa
todos os 223 artigos de notícias »

AS MANUELAS SEMPRE DERAM UMA MÃO NA HORA DA DESPEDIDA...


10 Setembro 2009 - 21h42
Frente-a-frente: Ferreira Leite/Paulo Portas
Legislativas: Ferreira Leite propõe Moura Guedes na RTP (ACTUALIZADA)
Paulo Portas, líder do CDS-PP, foi quem iniciou o debate transmitido pela RTP1 e conduzido por Judite de Sousa.
Porém, Ferreira Leite surpreendeu quando propôs a ida de Manuela Moura Guedes para a estação pública, numa reacção ao polémico caso TVI.
A resposta da líder do PSD veio na sequência de uma comparação entre o episódio da jornalista e de Marcelo Rebelo de Sousa, cuja saída da estação de Queluz esteve igualmente envolvida em alguma polémica.
Na mesma questão, o líder do CDS foi claro na sua posição, ao afirmar que a liberdade está sempre em causa quando um primeiro-ministro compromete o trabalho de uma jornalista e de um director-geral.
(Correio da Manhã)
-
À MARGEM: Está visto! As Manuelas sempre se ajudaram umas às outras. Se a Manuela Ferreira Leite ganhar as legislativas já se prevê uma "guerra" na RTP.
-
Além do Presidente Guilherme Costa que deve desde já tratar da sua saúde, outros que seguem por lá a "polir" os fundos das cadeiras, consultem os médicos de família para lhes medicar a ansiedade e a 1ncerteza do próximo futuro que se avizinha.
-
Aquela casa (RTP), está cheia de mediocridade e de gente que se atropela uma à outra, necessita de uma limpeza radical.
-
Prevê-se toda aquela gente a protestar em frente às instalações com a palavra de ordem: "Daqui não saimos daqui ninguém nos tira"!
Pudera!
José Martins

TIMOR - "CHACHADA" POLÍTICA

Sexta-feira, 11 de Setembro de 2009

Por ANTÓNIO VERÍSSIMO
Reinado não era desertor.
COMO PODE UM DESERTOR ESTAR ÀS ORDENS DO COMANDANTE SUPREMO DAS FORÇAS ARMADAS?

TEMA ACTUAL - PORQUE MORREM OS JOVENS?




Mais de 2,6 milhões de jovens entre 10 e 24 anos morrem todos os anos no mundo, um quarto em acidentes de viação, suicídios e violência - EFE - Londres - 11/09/2009
-
Os acidentes de trânsito, suicídios e actos violentos representou quase um quarto de todas as mortes entre os jovens de 10 e 24 anos, notificados em cada ano no mundo, de acordo com um estudo em grande escala internacional publicado na revista médica “The Lancet”.
-
Embora a adolescência é comummente associada a um período de prosperidade, vitalidade, força e, finalmente, uma boa saúde, os especialistas alertam que a cada ano mais de 2,6 milhões de jovens morrem durante as suas duas primeiras décadas de vida e de sugerir, além disso, que a grande maioria (97%) das mortes ocorrem em países em desenvolvimento.
-
É a primeira vez que a comunidade científica traz para a mesa e investiga as causas de uma questão tão sensível como a morte de jovens, que actualmente representam 30% da população do mundo.
-
O estudo, elaborado pelas universidades da Austrália em Melbourne e Brisbane, no “University College de Londres” (Reino Unido), Universidade de Genebra (Suíça) e apoiada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) mostra que uma em cada quatro mortes nessa faixa etária é devido a factores externos, doenças, e que poderiam ser evitados com informação e políticas eficazes de educação.
-
"Queremos mostrar que a mortalidade infantil existe, o que irá aumentar ainda mais nos próximos anos e que este é um problema que deve ser colocado na agenda pública, porque as suas causas podem ser combatidas", disse um dos autores do estudo, o professor George Patton, enquanto a apresentação do relatório em Londres.
-
O relatório explica que as regiões mais industrializadas (Europa, E.U.A., Canadá, Japão e Austrália) registou apenas 3% das mortes de adolescentes, enquanto subsaariana da África e Sudeste da Ásia juntaram-se dois terços das mortes neste grupo idade. Estas declarações são baseadas nos dados do Relatório sobre a propagação de doenças no mundo desenvolvido pela OMS em 2004, que foi a base para a investigação.
-
Os peritos constataram que as causas de morte diferem, significativamente, entre os países desenvolvidos ou com alto poder aquisitivo e desenvolvimento ou de baixo poder aquisitivo médio.
-
No primeiro grupo, tais, que inclui Espanha, 10% das mortes devido a acidentes de trânsito, 6,3% são suicídios, 6% estão relacionados com a violência e pouco menos de 5 % de incidência são causas puramente médicas, como infecções respiratórias, tuberculose, SIDA ou meningite.
-
Por sexo, as causas de mortalidade em homens concordam com a classificação geral, mas no caso das mulheres, as infecções respiratórias, SIDA e tuberculose também ocupam um lugar de destaque na lista.
-
Em termos de países de baixo ou médio denominado poder de compra, entre os quais incluem a África, América do Sul, América Central, Europa Oriental, Oriente Médio e parte da Ásia, 15% das mortes ocorrem na infância, devido a doenças transmitidas pela mãe, juntamente com a propagação da SIDA e tuberculose.
-
Os autores em lugar de especial ênfase na prevenção da SIDA não é suficiente nestes países e defendem uma mudança de estratégia mais ampla para a política de prevenção, porque, alegam, há "muitas outras doenças que causam mais mortes do que a SIDA e que não atraem a atenção da comunidade internacional ".
-
Eles também destacam a situação que existe na América Latina, onde a violência é a causa mais comum de mortes de jovens, especialmente entre os meninos. Especificamente, 97% das mortes violentas tem sua origem na utilização de armas de fogo, assim que o relatório recomenda que o controle das autoridades da região mais ao longo do armamento, na sua opinião, deve ser acompanhado por políticas eficaz contra o tráfico de drogas, segregação e desemprego.·
-
Director-Adjunto do Departamento de Saúde da Família da OMS, “Daisy Mafubelu”, disse que os dados revelam que eles precisam de "um considerável aumento do investimento para melhorar o acesso à informação e ajudar os jovens a abandonar os seus comportamentos são especialmente perigosas para a saúde.
-
Fonte: "El País" - Tradução Google (ligeiramente revisada e pontuada)

JERÓNIMO E A VELHA SENHORA - GUERRA DE COZINHA

Sexta-feira, Setembro 11, 2009
Debates: Jerónimo Vs Ferreira Leite


Para quem devia ter visões radicalmente opostas sobre as politicas, as soluções económicas e as visões da sociedade, foi um debate morno demais. De um lado um discurso bolorento e soluções para crise que nada mais são que o aprofundamento das causas dessa mesma crise, do outro um comunismo tão preocupado em pescar num eleitorado “menos revolucionário” que cheguei a imaginar se estaria a assistir ao nascimento do comunismo social democrático. Combater o capitalismo liberal dentro do próprio sistema e utilizando os mecanismos desse mesmo capitalismo e não fazendo a ruptura com a União Europeia e as suas directivas pode até ser “politicamente realista”, mas é claramente insuficiente. Também o Louça faz um discurso demasiado bem arrumado na teoria do capitalismo. A nossa esquerda necessitava de radicalizar mais a ideologia e apresentar soluções que pudessem ser a base de uma outra economia e de uma nova perspectiva de viver em sociedade. Mas, esteve bem o Jerónimo na defesa das suas ideias enquanto a Manelinha parece estar a sofrer não de “asfixia democrática”, mas mais de “asfixia debacrática”. Ela bem pode tentar mudar a imagem e decorar o discurso que a natureza da velha Ferreira Leite, transbordam, sai-lhe pelos poros
Da nossa avença: KAOS

AS ELEIÇÕES QUE COISA TÃO VIBRANTE E ENTUSIASMANTE!!!!




Depois de lerem o P.S. cliquem a seguir e sigam a peça do Miguel Sousa Tavares.
Que eleições tão vibrantes!!!
-
P.S. - E as coisas estavam neste pé, quando os administradores da Prisa resolveram dar uma ajuda à campanha do PSD, suspendendo ou eliminando o 'Jornal de Sexta', da TVI. Dificilmente seria concebível pior serviço prestado a José Sócrates, como por aí vai dizer-se. Aliás, o acto em si e o seu judicioso timing são de tal forma absurdos, que até já ouvi a versão de que é a Prisa a -vingar-se de Zapatero, via Sócrates. Mas já teremos chegado a esse ponto de união ibérica?
-
Miguel Sousa Tavares
Que campanha entusiasmante! « Miguel Sousa Tavares « Opinião « Página Inicial
Que campanha entusiasmante!


DOIS HOMENS BONS DESTE PAÍS!


Esquerda para a direita: Fernando Gomes e Silva Lopes
ISTO MEUS AMIGOS NÃO É UMA VERGONHA, É UM ESCÂNDALO!!!
Meus amigos(as), vamos unir esforços e angariar fundos para ajudar o COITADO.SILVA LOPES, 77 ANOS, NOMEADO ADMINISTRADOR DA EDP RENOVÁVEIS.
A pouca vergonha continua.
Ao que isto chegou.SILVA LOPES, com 77 (setenta e sete) anos de idade, ex-Administrador do Montepio Geral, onde saiu há pouco tempo com uma indemnização de mais de 400.000 euros, acrescidos de várias reformas que tem, uma das quais do Banco de Portugal como ex-governador, logo que saiu do Montepio foi nomeado Administrador da EDP RENOVAVEIS, empresa do Grupo EDP.
Com mais este tacho dourado, lá vai sacar mais umas centenas de milhar de euros num emprego dado pela escumalha politica do governo, que continua a distribuir milhões pela cambada afecta aos partidos do centrão.
Entretanto o Zé vai empobrecendo cada vez mais, num pais com 20% de pobres, onde o desemprego caminha para niveis assustadores, onde os salários da maioria dos portugueses estão cada vez mais ao nivel da subsistência.
Silva Lopes foi o tal que afirmou ser necessário o congelamento de salários e o não aumento do salário mínimo nacional, por causa da competividade da economia portuguesa.
Claro que para este senhor, o congelamento dos salários deve ser uma atitude a tomar, (desde que não congelem o dele, claro).
Quanto a FERNANDO GOMES, mais um comissário político do PS, recebeu em 2008, como administrador da GALP, mais de 4 milhões de euros de remunerações.
Acresce a isto um PPR de 90.000 euros anuais, para quando o " comissário PS " for para a reforma.
Claro que isto não vai acontecer pois, tal como Silva Lopes, este senhor vai andar de tacho em tacho, tal como esta cambada de ex-politicos que perante a crise " assobia para o ar ", sempre com os bolsos cheios com os milhões de euros que vão recebendo anualmente.
Estes senhores não têm vergonha na cara?
Reenvia aos teus contactos, divulguemos mais esta afronta...
Enviado por amigo deste blogue.

SEM VERGONHA MAS COM MUITA AMBIÇÁO


Durão barroso anda em campanha junto dos grupos políticos do Parlamento Europeu para tentar garantir a sua reeleição para Presidente da Comissão Europeia. Basta ouvi-lo falar para se ver claramente que ele adora o lugar que ocupa, as mordomias, as sabujices e a cagança. Na televisão viu-se um “Cherne” crispado com os “Verdes” e afirmando que há 16 ou 17 anos que luta contra o colonialismo. Se ele o diz, quem sou eu para o contradizer, mas defendo que devia ser julgado, não para saber se merece mais 5 anos de presidência, mas por 5 anos de cumplicidade com o Bush, o Blair e o Aznar na criminosa invasão e no genocídio que praticaram no Iraque.

Da nossa avença:KAOS

DIEGO MARADONA EM QUEDA LIVRE




Copa do Mundo de 2010 - PARAGUAI 1 - ARGENTINA 0
-
Maradona enfrenta o abismo
-
A selecção da Argentina treinada por Diego Maradona sofreu uma derrota, esta manhã (hora de Portugal), contra o Paraguai, em Assunção (1-0) com um jogo que não deu sinais de recuperação em relação ao jogo anterior, que resultou noutra derrota, esgotante, com a selecção do Brasil (1-3), no Sábado passado, em Rosario.

SE LEMBRA MAIS UMA VEZ

Para facilitar a vossa vida e para que não sigam em palpos de aranha à procura seguem, abaixo, os endereços correctos, dos canais de televisão, mais em voga, de Portugal.

HUGO CHAVEZ FOI ÀS COMPRAS A MOSCOVO


AFP / Getty)
O líder venezuelano Hugo Chavez informou estar pronto para comprar pelo menos 100 tanques T72 e T90

(AFP / Getty) O Presidente venezuelano Hugo Chavez informou estar pronto para comprar pelo menos 100 tanques T72 e T90 à Rússia
-
Hugo Chavez voa, hoje, para Moscovo e segundo suas declarações estaria disposto a comprar armas a Moscovo incluindo helicópteros, submarinos, tanques e mísseis.·
-
Numa altura de incremento de tensões entre o governo de Chavez e da vizinha Colômbia, o líder venezuelano informou estar pronto para adquirir pelo menos 100 tanques T72 e T90, a um custo de até US $ 500 milhões (£ 300 milhões), o que dobraria o “stock” de tanques do exército venezuelano
-
Existem os riscos de Moscovo antagonizar a administração de Obama em vender armas para Chavez e, analisados, como juda ao desencadeamento de um conflito, em futuro, próximo na América Latina entre os E.U. e sua ex-rival superpotência.
-
Após a Colômbia conceder o acesso dos Estados Unidos a sete de suas bases, militares, em Julho, Chavez acusou Washington de planejar uma invasão, brevementem, á Venezuela e retirou o seu embaixador de Bogotá, a capital colombiana.
-
Chavez está a dialogar hoje com o presidente Medvedev e Vladimir Putin, o primeiro-ministro russo, depois de visitar Belarus ontem.
-
Sergei Prikhodko, o assessor de imprensa da presidência russa, informou que os acordos, entre a Rússia e a Venezuela em cima de cooperação "militar e de cooperação tecnológica", estavam sendo preparadas e que ele não descartou que empréstimos poderiam ser concedidos para pagar os fornecimentos de equipamento militar russo para Caracas ".
-
Fonte: http://www.timesonline.co.uk/ (Tradução livre)