Translator

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Sábado, Setembro 12, 2009
Debate: Isto não se faz a uma senhora



Paulo Portas é sem duvida um politico populista e com muito jeito para debates e a Manuela Ferreira Leite, um bacalhau seco sem carisma nem jeito nenhum para falar. Um é rápido a pensar e a contra-atacar, a outra ainda funciona a válvulas e roldanas. Só podia dar massacre e já está condenada a mais uma tareia quando defrontar o Engenheiro. Isto não se faz a uma cinzenta senhora que ainda vive num mundo em que o casamento só serve para a procriação.

JORGE SENA - OS FUSILAMENTOS DE GOYA




Sexta-feira, Setembro 11, 2009
CARTA A MEUS FILHOS SOBRE OS FUZILAMENTOS DE GOYA
Não sei, meus filhos, que mundo será o vosso.
É possível, porque tudo é possível, que ele seja aquele que eu desejo para vós.
Um simples mundo,onde tudo tenha apenas a dificuldade que advém de nada haver que não seja simples e natural.
Um mundo em que tudo seja permitido,conforme o vosso gosto, o vosso anseio, o vosso prazer,o vosso respeito pelos outros, o respeito dos outros por vós.
E é possível que não seja isto, nem seja sequer isto o que vos interesse para viver.
Tudo é possível,ainda quando lutemos, como devemos lutar,por quanto nos pareça a liberdade e a justiça,ou mais que qualquer delas uma fiel dedicação à honra de estar vivo.
(...)
Acreditai que nenhum mundo, que nada nem ninguém vale mais que uma vida ou a alegria de tê-la.

É isto o que mais importa - essa alegria.
Acreditai que a dignidade em que hão-de falar-vos tanto não é senão essa alegria que vem de estar-se vivo e sabendo que nenhuma vez alguém está menos vivo ou sofre ou morre para que um só de vós resista um pouco mais à morte que é de todos e virá.
Que tudo isto sabereis serenamente,sem culpas a ninguém, sem terror, sem ambição, e sobretudo sem desapego ou indiferença,ardentemente espero.
Tanto sangue,tanta dor, tanta angústia, um dia - mesmo que o tédio de um mundo feliz vos persiga - não hão-de ser em vão.
Confesso que muitas vezes, pensando no horror de tantos séculos de opressão e crueldade, hesito por momentos e uma amargura me submerge inconsolável.
Serão ou não em vão?
Mas, mesmo que o não sejam,quem ressuscita esses milhões, quem restituinão só a vida, mas tudo o que lhes foi tirado?
Nenhum Juízo Final, meus filhos, pode dar-lhes aquele instante que não viveram, aquele objeto que não fruíram, aquele gestode amor, que fariam «amanhã».
E, por isso, o mesmo mundo que criemos nos cumpre tê-lo com cuidado, como coisa que não é nossa, que nos é cedida para a guardarmos respeitosamente em memória do sangue que nos corre nas veias, da nossa carne que foi outra, do amor que outros não amaram porque lho roubaram.
Jorge de Sena Lisboa, 25/6/1959

Fonte: Jornal do Pau

BERLUSCONI - ENTREVISTA - E SUAS "PUTAS" CONQUISTADAS

Clicar»»»»»»»»»»» Berlusconi, contra EL PAÍS
-
Aprecie a briga, em video, entre Berlusconi e o correspondente do El País legendado em castelhano.
P.S. Poder, mentira e.... sabujismo político!

O VIDEO DA GRANDE BARRACADA!



Bastidores do debate com Louçã
Vídeo de Sócrates passou por muitas mãos (C/ VÍDEO)
Gravação que mostra líder do PS a falar de Moura Guedes a Louçã pode ter sido efectuada por funcionário da RTP, SIC, TVI ou Valentim de Carvalho; José Alberto Carvalho quer encontrar o responsável.
Bastidores do debate entre Sócrates e Louçã (VÍDEO)
Louçã tenta reparar danos de debate com Sócrates
Sócrates conseguiu pôr Louçã à defesa (C/ VIDEO)
Fonte: Diário de Notícias

MONSTROS ATERRADORES DE TEMPOS PERDIDOS

Santana Lopes apresentou o seu programa para a Câmara Municipal de Lisboa, que como sempre se limita a anunciar a construção de mais um túnel em Lisboa. Eu, que chamo a Lisboa a “minha cidade” e que sofro com o trânsito devia ficar muito contente, mas não fico. Não fico porque quando passeio pelas ruas da minha cidade gosto de as ver limpas, gosto de ver jardins cuidados e já tive a experiencia do que é a governação santanista. Lisboa precisa de ser governada por quem goste dela, por quem a veja como uma cidade impar em todo o mundo. Até posso concordar que não há um único candidato que ali esteja com o espírito de missão e de amor à cidade, que todos estejam ali por interesses partidários ou de poder, mas pelo menos que seja alguém que não a arruíne e destruía num só mandato.
Da nossa avença: KAOS

DO DELITO DE OPINIÃO




Por Carlos Barbosa de Oliveira 11.09.09
-
Faz hoje 36 anos que os Estados Unidos deram autorização para assassinar Salvador Allende, o presidente chileno eleito democraticamente, para colocar no poder um execrável, cobarde e sanguinário ditador: Augusto Pinochet.Se no longínquo ano de 1973 os EUA respeitassem os governos eleitos democraticamente, nunca teriam ajudado Pinochet a matar Allende.
-
Para azar dos sul-americanos, os EUA só se preocupam com o governo democrático da Geórgia ( no que são seguidos por babados analistas políticos de fraca memória).
-
Tive a felicidade de trabalhar com um ex-ministro e um ex- secretário de Estado de Allende, que escaparam à implacável polícia política de Pinochet. Pude , por isso, perceber como o 11 de Setembro de 1973 atrasou o crescimento da América Latina em várias décadas.
-
Hoje compreendo, também, que aquele crime hediondo justifica o aparecimento de Chavez, Morales e outros líderes sul-americanos que querem impor uma nova ordem no sub-continente americano.
-
Gostava que todos aqueles que atacam os novos líderes sul-americanos com acusações grosseiras e despidas de qualquer contextualização histórica , percebessem que os países sul-americanos foram até há bem pouco tempo colonizados pelos EUA, que não se coibiram de intervir naquela zona do Globo, para impor ditaduras sanguinárias, sempre que a escolha dos povos tendia para a democracia.
-
Apesar de Uribe e das Honduras, acredito que se acabou o tempo em que a América do Sul era coutada americana. Felizmente o mundo mudou.Para mim, ficará para sempre viva a memória de Salvador Allende. Um mártir assassinado às mãos de uns bárbaros.
-
Em tempo: Hoje assinalam-se, noutro hemisfério, oito anos de outro 11 de Setembro. Bárbaros vindos de um outro continente, fizeram milhares de vítimas em Nova Iorque. Dois momentos para nunca mais esquecer.
tags:

VOU VOTAR “PARTIDO POPULAR MONÁRQUICO”


D. Afonso Henriques
-
Tenho razões de sobras para votar no partido dos Reis de Portugal.
-
Os Reis de Portugal deram-me a identidade nacional e livraram-me de estar hoje sob a sombra da bandeira de Castela.
-
Os Reis de Portugal criaram uma nação independente, descobriram os “velhos mundos” da Ásia, do Oriente e das Índias Orientais. Perderam a nacionalidade devido a um velho caduco e “pulha” o Cardeal Dom Henrique que entregou Portugal a Castela, a troco de meia dúzia de hóstias.
-
Um grupo de homens bons da Pátria recuperaram a Pátria e, desde então fomos vivendo com aquilo que era nosso e mais que nosso.
-
Depois foi implantada a República por um grupo de homens que desde há 99 anos nunca deram nada aos portugueses, mas deram de “borla” aquelas terras que os portugueses quinhentistas descobriram.
-
E se sem me alongar mais: “como nada os homens da República me ofereceram, igualmente os do 25 de Abril de 1974, vou votar no Partido Popular Monárquico e voltar às raízes da minha identidade nacional”.
José Martins