Translator

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

OS CARAMELOS DO KAOS

Os cordeirinhos do parlamento e o cão de guarda

O Engenheiro bem começou a pedir uma maioria absoluta nas eleições, mas agora deve estar bem divertido por não ter conseguido. Com todos os partidos contra, vai aprovar o Programa de governo e orçamento sem dificuldades.Ninguém mostra coragem para lhe dizer não e assumir que as politicas que faz estão a destruir todos os nosso futuro e os direitos que adquirimos. Todos olham para percentagens eleiturais e para jogos politicos. Enquanto a politica for vista como um jogo, ainda por cima jogado por muitos e bom batoteiros e não como a arte de servir um país e um povo isto nunca mais nos conduzirá a tempos melhores.
.
O mártir laranja

Todos lhe rogam que se entregue ao trágico destino de líder do PSD e ele sofre entre o gritar "Não, não, não, não me empurrem que eu aceito" e o sonho de morar no Palácio de Belém, quase se ouvindo o lamento "Padrinho, vai o Cavaco re-candidatar-se? Mas, o pior destes mártires de algibeira é que mesmo depois de crucifixados e mortos, renascem sempre para nos azucrinar.
Da Avença KAOS

A UNIÃO EUROPEIA E AS PROJECTADAS EMBAIXADAS FORA DA EUROPA

.

TRIBUNA: Francisco Aldecoa (El País)
-
A UNIÃO EUROPEIA E O LANÇAMENTO DA SUA DIPLOMACIA
Francisco Aldecoa 02/11/2009

.
....”A imprensa europeia nestes dias chegou a notícia de que a UE está a criar seu próprio corpo diplomático e lançar as suas embaixadas. Até que ponto isso é verdade? Por que agora de repente surgiu? Libertar o Tratado de Lisboa, especialmente porque sim
Colocar os irlandeses sobre o quadro de uma grande notícia que o Tratado prevê.
Até agora, havia um pacto de silêncio expressa entre Estados-Membros e as instituições a fim de não prejudicar a ratificação”....
-
À MARGEM: Não sei quem teria sido o da ideia do esquema para a criação de Missões Diplomáticas, da União Europeia, nos países estrangeiros.
-
Sendo assim vão ser nomeados mais de um cento de embaixadores, secretários de embaixada e outro pessoal administrativo que envolve uns milhares largos de funcionários.
-
Sistema que não vai funcionar porque aonde a União Europeia instalar embaixadas jã lá estão outras de países membros.
-
A União Europeia, de facto, é uma união composta de um clube onde jogam (países) 27 jogadores, mas união,união e negócios, pobreza e riqueza em separado.
-
José Martins

ACERTO DE CONTAS RESOLVIDO A TIROS

,
Shabtai von Kalmanovic


Morreu um grande homem de negócios russo morto a tiros perto do gabinete de Putin.
-
Shabtai von Kalmanovic proprietário do clube de basquetebol feminino Spartak
-
AGÊNCIAS - Moscovo - 02/11/2009
-
Estranhos mataram a tiros um homem de negócios líder russo-israelense a poucos metros da sede do governo russo, que abriga os escritórios do primeiro-ministro Vladimir Putin.
-
Shabtai von Kalmanovic, que também foi presidente do basquetebol feminino do clube Spartak, morreu no local depois de receber pelo menos 20 tiros em seu carro, como relatado pelo procurador da República num comunicado.
-
Os agressores fugiram em um carro e o motorista do Kalmanovic tentou perseguir, mas não podia porque ele também foi ferido.
-
"Estamos vendo a possibilidade de que se trata de um assassinato contratado", disse Anatoly Bagmet, da comissão de investigação do Ministério Público, de acordo com a Itar-Tass. Nós investigamos se o ataque foi ligada às actividades profissionais de Kalmanovic.
-
Nascido na Lituânia Soviética em 1949, mudou-se com sua família para Israel no início dos anos 70, tornando-se uma das mais ricas famílias soviéticas a emigrar para aquele país.
-
No entanto, em 1988, foi acusado pelo governo israelense de espionagem a favor da KGB de 17 anos, por isso foi condenado a 10 anos de prisão, dos quais apenas cumpriu sete devido a problemas de saúde.
-
Retornando à Rússia, tornou-se um dos milionários mais proeminente do país novo, fazendo incursões no mundo dos desportos, principalmente do basquetebol.
-
Foi também conhecido por levar à Rússia algumas das estrelas famosas como Michael Jackson, Liza Minelli e José Carreras.
El País

DESENVOLVIMENTO DA “BURCA/POLVO" PORTUGUÊS

VERGONHA: "ZERO"




-
O pão-nosso de cada dia nos dais hoje, são notícias dos jornais, da rádio e canais da televisão, em cima de actos de corrupção. Me parece que no meu país certos senhores perderam a vergonha! Ou então, degeneraram ou nasceram sem ela. Não posso imaginar o que pensará o primeiro-ministro deste país quando, na Assembleia da República, for apresentar o programa do Governo para seu segundo mandato.
-
Vejo-me confuso pelo tanto acontecido durante o último Governo que geriu. Primeiro surgiu a licenciatura que nunca conseguiu provar a veracidade; o caso, intrincado, do “Freeport”; os primos o tio; o apartamento de sua mãe e presentemente o caso da “Face Oculta”, onde estão, inseridas, pessoas suspeitas do seu partido e o chefe do seu gabinete.
-
São demasiados casos que me levam a pensar, seriamente, que os portugueses têm sido governados por gente de suspeita idoneidade. Seguem a carreira política como uma forma de se sustentarem, como se alimenta o “gorgulho” na arca do cereal, do lavrador, que lhe destrói a farinha e deixa as cascas.
-
É conhecido que um “pândego” que segue a carreira política e chega ao topo, pode fazer as maiores tropelias, lesar o cidadão que nunca será chamado à responsabilidade, pelos danos, materiais, públicos, haja causado.
-
Me parece que os portugueses são pessoas fácil de “emprenhar” pelos ouvidos e crédulos sobre o que lhes apresentam de quando nas campanhas eleitorais que embutem todas as “petas” que lhes pregam no púlpito da mentira.
-
Nos dias que correm o dinheiro, aliado à subida de posição dentro da administração pública arruma com todos os casos intrincados que nunca chegam à luz do dia e se chegam são tarde e a más horas.
-
Os portugueses (inclui-se a comunicação social) falam, criticam na altura que os casos graves são conhecidos e passados dias tudo está esquecido. As influências, dentro do sistema, são enormes e tudo fazem para conseguir o silêncio. Tudo se compra, neste mercado de vícios e a mentira é uma arma perante o público.
.
O roubo na administração pública voltou corrente. Pilha-se, corrompem-se em todos os departamentos estatais e onde o funcionário, que teria sido sério, entrou no esquema viciosa e passa a “ladrão”.
-
Passam a ser pessoas desavergonhadas, aceitam e imbecibilizam-se a um negociante de sucata e recebem de folar do “padrinho” carros de topo de gama. Bem sabem eles (os que receberam folares do “padrinho”) se o esquema for descoberto, quem malha detrás das grades é o “boçal” e nunca eles, porque têm as costas quentes do “poder” e dos bons advogados que tudo farão para os desculpabilizar
.
-
José Martins

OS VAMPIROS MODERNOS




ESTA VALE A PENA DIVULGAR!!! é uma verdadeira vergonha...
...batendo as asas pela noite calada... vêm em bandos, com pés de veludo...»

-
Os Vampiros do Século XXI: A Caixa Geral de Depósitos (CGD) está a enviar aos seus clientes mais modestos uma circular que deveria fazer corar de vergonha os administradores -principescamente pagos - daquela instituição bancária.
-

A carta da CGD começa, como mandam as boas regras de marketing, por reafirmar o empenho do Banco em oferecer aos seus clientes as melhores condições de preço qualidade em toda a gama de prestação de serviços, incluindo no que respeita a despesas de manutenção nas contas à ordem.
-

As palavras de circunstância não chegam sequer a suscitar qualquer tipo de ilusões, dado que após novo parágrafo sobre racionalização e eficiência da gestão de contas, o estimado/a cliente é confrontado com a informação de que, para continuar a usufruir da isenção da comissão de despesas de manutenção, terá de ter em cada trimestre um saldo médio superior a EUR1000, ter crédito de vencimento ou ter aplicações financeiras associadas à
respectiva conta.

-
Ora sucede que muitas contas da CGD,designadamente de pensionistas e reformados, são abertas por imposição legal.
-

É o caso de um reformado por invalidez e quase septuagenário, que sobrevive com uma pensão de EUR243,45 - que para ter direito ao piedoso subsídio diário de EUR 7,57 (sete euros e cinquenta e sete cêntimos!) foi forçado a abrir conta na CGD por determinação expressa da Segurança Social para receber a reforma.
-

Como se compreende, casos como este - e muitos são os portugueses que vivem abaixo ou no limiar da pobreza - não podem, de todo, preencher os requisitos impostos pela CGD e tão pouco dar-se ao luxo de pagar despesas de manutenção de uma conta que foram constrangidos a abrir para acolher a sua miséria.
-
O mais escandaloso é que seja justamente uma instituição bancária que ano após ano apresenta lucros fabulosos e que aposenta os seus administradores, mesmo quando efémeros, com «obscenas» pensões (para citar Bagão Félix), a vir exigir a quem mal consegue sobreviver que contribua para engordar os seus lautos proventos.
-

É sem dúvida uma situação ridícula e vergonhosa, como lhe chama o nosso leitor, mas as palavras sabem a pouco quando se trata de denunciar tamanha indignidade.
-

Esta é a face brutal do capitalismo selvagem que nos servem sob a capa da democracia, em que até a esmola paga taxa.
-

Sem respeito pela dignidade humana e sem qualquer resquício de decência, com o único objectivo de acumular mais e mais lucros, eis os administradores de sucesso.
-

Medita e divulga... Mas divulga mesmo por favor...
Cidadania é fazê-lo, é demonstrar esta pouca vergonha que nos atira para a miserabilidade social.
-

Este tipo de comentário não aparece nos jornais, tv's e
rádios... Porque será???
-

Eu já fiz a minha parte. Faz a tua.
-
P.S. Enviado por um leitor deste blogue.

O POLVO COM INTERROGATÓRIOS PARA QUINTA-FEIRA



Face Oculta: interrogatórios começam quinta-feira
-
Entre os arguidos neste processo contam-se Armando Vara, José Penedos e o seu filho Paulo Penedos, advogado de Manuel Godinho, que está em prisão preventiva.
-
Os interrogatórios do caso Face Oculta começam quinta-feira, disse esta manhã o procurador do Departamento de Investigação e Acção Penal do Baixo Vouga aos jornalistas concentrados à porta do tribunal de Aveiro.
-
Quando as portas do Tribunal de Aveiro abriram, hoje às 9h00, o segurança das instalações comunicou a mensagem do procurador aos jornalistas: "O senhor procurador mandou dizer que os interrogatórios só começam quinta-feira".
-
A operação Face Oculta, realizada na passada quarta-feira pela PJ em vários pontos do país, decorre de uma investigação relacionada com alegados crimes económicos de um grupo empresarial de Ovar que integra a O2-Tratamento e Limpezas Ambientais, a que está ligado o empresário Manuel José Godinho, em prisão preventiva no âmbito do processo.
-
No decurso da operação foram efectuadas cerca de 30 buscas, domiciliárias e a postos de trabalho, e 14 pessoas foram constituídas arguidas, incluindo Armando Vara, vice-presidente do Millennium BCP, José Penedos, presidente da Rede Eléctrica Nacional (REN), e o seu filho Paulo Penedos, advogado da empresa SCI-Sociedade Comercial e Industrial de Metalomecânica SA, de Manuel José Godinho.
In Expresso

ANEDOTA DE PADRES E BISPOS

A barriga do padre crescia cada vez mais.
Descartada a hipótese de cirrose, os médicos concluíram por uma cirurgia exploratória, já que não havia razão para aquilo. A cirurgia mostrou que era mera acumulação de líquidos e o problema foi sanado.
Estudantes resolveram intervir e quando o padre estava a acordar da recuperação pós-cirúrgica colocaram-lhe um bebé nos seus braços.
O padre, espantado, perguntou o que era aquilo e os rapazes disseram que era o que ele tinha na barriga.
Passado o espanto e tomado de ternura, o padre abraçou a criança e não quis mais se separar dela.
Como se tratava de um filho de mãe solteira que morrera durante o parto, os rapazes envidaram todos os esforços para que o padre ficasse com a criança.
Os anos passaram e a criança transformou-se num homem que se formou em
medicina. Um dia o padre, já velhinho e sentindo que estava chegando sua hora de partir, chamou o rapaz e disse:
- Meu filho!
Tenho o maior segredo do mundo para te contar, mas tenho medo que fiques chocado.
O rapaz, que já havia intuído de que se tratava, disse compreensivo:
- Já sei. Adivinhei há muito tempo.
O senhor vai dizer-me que é meu pai.
- Não, eu sou tua mãe! Teu pai é o bispo de Leiria.
-
Enviada por um letor deste blogue.