Translator

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

A MINHA GERAÇÃO NÃO FOI RASCA - A RASCA É UM PRODUTO DO 25 ABRIL DE 1974


.
Como noutros artigos já referenciei visito o blogue de Miguel Castelo Branco, ( http://combustoes.blogspot.com/ ) de momento, a viver, na Tailândia e me parece estar-se nas tintas para Portugal que nele não viu a luz do mundo, mas em Moçambique, sob a bandeira das Quinas e ficar para sempre neste Reino, que adora, aliás como eu.
-
O Miguel vive entre dois amores e posso mesmo afirmar com toda a convicção que ama mais o Reino da Tailândia que o ex-Reino de Portugal.
-
Hoje chamou-me à atenção a peça que inseriu que (sem favor algum) lhe bato palmas pela desempoeirada prosa com o genérico:
-
“A minha geração, a que não deu em nada”
Transcrevo aqui, apenas, uma parte da peça:
-
"A nossa geração embriagou-se a fazer malha e despertou tarde de mais – se é que despertou – da sua suma irrelevância, insignificância, errância, improdutividade, descaracterização? Se o fez é porque não saiu das baias que lhe foram indicadas pelas gerações precedentes, que julgaram entrever uma promessazinha de Sol se se fizesse o frete colectivo de se abandonar o Ultramar e de se genuflectir diante da cornucópia virtual da Europa, fossem quais fossem as consequências ou as facturas para os que viessem a seguir. Nessas estreitas baias relinchamos e escoiceamos desde então, e dedicamos alguns sentimentos nobres à vanglória do palito, a única que nos resta, e mesmo essa desproporcionada, que o país deixou de valer um palito".
-
Todas as gerações dão tudo se quem as dirige o faz com inteligência e foi aquilo que não foi encontrado depois de 25 de Abril de 1974.
-
Miguel Castelo Branco de quando se deu esse dia e o princípio da destruição económica e social de Portugal, era um “miúdo” com todas as aspirações, de vida que ficaram pelo caminho, absolutamente, desmoronadas.
-
Ele, nascido em Moçambique (onde eu vivi os melhores anos de minha vida), pertence ao grupo dos “retornados” e, quando ele tinha vivido numa sociedade multirracial, chegou à capital que foi do Grande Império, sofreu a segregação, dos brancos, metropolitanos, que viram nele, como um miúdo vai ao jardim zoológico de Lisboa e encontra um tigre numa jaula.
-
A um miúdo de uns 10 ou 11 anos todas as humilhações lhe entram na carne e ficam impregnadas no corpo até aos fins dos anos de sua vida.
-
Mas o Miguel foi crescendo, viu e passou aquilo que calhou, para singrar (não como pretendia) alguma coisa.
-
Porém teve que enfrentar as “raivinhas”, as intrigas, dos que o rodearam, a “famigerada" corrupção, que voltou um símbolo e uma prática, corrente, de quem assume, a responsabilidade de qualquer coisa que lhe dão o nome de poder em que Portugal ...”o país deixou de valer um palito (acrescento) para escarafunchar os dentes.
-
Pertencemos a um país que o Povo lavou as sua mágoas no mar de águas tenebrosas e poucas (ou quase nenhumas) bonançosas encontrou.
-
Somos, de facto, um Povo tolerante e trabalhador, mas nunca cheguei a entender por que razão na sociedade portuguesa se criaram tantos corruptos, interesseiros e malabaristas depois o 25 de Abril de 1974.
-
Quando me criei não era assim... Já foi há tanto tempo... Já lá vão 74 anos!
José Martins

O QUE DEVEM LER... A ROMÉNIA É PARCEIRO DE PORTUGAL NA UNIÃO EUROPEIA...

.
Não tenho nada contra a Roménia... Mas a crise que há no país é naturalíssimo que vão ter, nas ruas de Portugal, mais tocadores de violino, de acordeon e, miúdos a pedir que por norma acabam, violentos, e assaltam o modesto cidadão português. É a Europa que temos que infelizmente, fomos inseridos e que cada vez estamos mais pobres. José Martins
.

Médicos e enfermeiros romenos protestam junto ao hospital
Vinte anos após a queda do Muro na ROMÉNIA
CRISE ECONÓMICA E POLÍTICA
-
Corruptos, sem dinheiro e sem governo
O FMI, o Banco Mundial e a União Europeia deixam a ajuda financeira, pendente, para o país, receosa com a lutas internas pelo poder e falta de direcção
-
RAUL SANCHEZ COSTA - Bucareste -- 05/11/2009 (El País)

Abaixo, um bar, e no primeiro andar, um jardim de infância. Cerca de trinta crianças de Bagaciu, cidade na província de Norte-Mures, na Roménia, estudam em condições deploráveis em um prédio onde existe uma loja de venda de bebidas alcoólicas insalubres. "Estamos preocupados, não podemos permitir que pessoas que bebem álcool rondem a escola e usar a mesma retrete que os alunos", exclama Iustina Halmaciu, um professor da escola Iernut.
-
A Roménia, imersa em uma crise económica sem governo desde meados de Outubro, muitas famílias romenos, enfrentam dificuldades e tentam sobreviver, entre 20 anos, após a queda do regime ditatorial de Nicolae Ceausescu.
-
Em muitas escolas já não chegam os fundos para aquecer as salas das classes. Em Vaslui, no nordeste do país, já não existem recursos financeiros para comprar mais combustível por causa das dívidas. "Nós não recebemos nenhuma ajuda financeira, por isso vamos ter que cortar árvores para fornecimento de aquecimento para a escola", diz o jovem prefeito Coroiesti, Lungu Cristian.
-
Mas os radiadores não mostram sinais de vida em alguns hospitais. Os pacientes que decidem ficar em um hospital são cobertos com vários cobertores para suportar baixas temperaturas, mas o principal problema é a falta de equipamentos e medicamentos.
-
O chefe da secção de cardiologia no hospital de Giurgiu, Mihai Petre, diz que a situação é desastrosa: "Nós nunca experimentou uma tal crise. Temos de enviar pacientes às farmácias para comprar seus próprios medicamentos.
-
Entretanto, a Roménia é a partir de 13 de Outubro, está sem Governo de quando o governo de centro-direita sucumbiu a uma moção de censura com um primeiro-ministro interino, Emil Boc, o outro nomeado ontem pelo presidente, Lucian Croitoru, embora sua nomeação não deve ser rejeitado pelo Parlamento, e um prefeito, informal, independente de Sibiu Klaus Johannis, o favorito da maioria política e que, segundo pesquisas, também o público, mas para que o presidente romeno Traian Basescu, completamente ignorado.
-
Assim, a Roménia é ainda uma incerteza, e aguarda o resultado das eleições presidenciais previstas para 22 de Novembro, o que aumenta a deterioração da situação. "Há claramente uma luta pelo poder que o estado precisa urgentemente de 3.500 milhões de euros", um editorial do diário destaca Ziarul Financiar. Impasse político ameaça de suspender o empréstimo de 20,000 bilhões de euros que o país deve receber até FMI (final do ano, o Fundo Monetário Internacional), a UE e o Banco Mundial, que não tem parceiro para negociar.
-
O FMI já anunciou que a Roménia não receberão mais ajuda até 2010 para desenvolver orçamentos, a ser aprovado pelo novo governo. Para ele a desvanecer-se da ajuda económica do FMI e da UE, a Roménia terá de recorrer a um banco nacional, o que afecta seriamente o sector privado. Vice-President do Partido Liberal Democrático, Theodor Stolojan disse que "os funcionários irão baixar os seus salários e pensões serão congeladas" e acrescenta que "a solução é voltar a atrair investimento estrangeiro.
-
"As crises políticas que prejudiquem a recuperação económica", adverte o ex-ministro das Finanças, Ilie Serbanescu. "O próximo executivo vai nem fácil, e a maioria das empresas na Roménia são de propriedade de investidores estrangeiros, de modo que dependem delas para conseguir a recuperação económica", diz ele. Estima-se que a Roménia terá crescimento zero este ano, em comparação com 7,8% em 2008.
-
Nesta situação de crise é adicionado a principal endemia da Roménia: a corrupção. Somente em países pobres e parcialmente desenvolvido corrupção custou bilhões e dificulta o crescimento económico sustentável.
-
Na Roménia, a politização da função pública, devido à diminuição da pressão da UE e da sucessão de várias campanhas eleitorais levaram a um aumento dos casos de corrupção. "Nós vemos que a lei de contratos públicos, foi alterada cinco vezes em 2009 para atender as necessidades dos diferentes ministérios", reclama o presidente da Transparência Internacional Roménia, Victor Alistar.
-
Durante a última legislatura, os inquéritos parlamentares impediu anti-procuradores contra a corrupção, dando a impressão de que a luta contra este flagelo não passa de mera retórica. Desde a criação do Organismo Nacional Anti-corrupção, dezenas de altos funcionários - "peixe grande", como as citadas em Bruxelas têm processos abertos, mas ainda não houve condenação.
-
A lista é encabeçada pelo ex-primeiro-ministro Adrian Nastase, que, para o público, é o político mais corrupto romeno. De acordo com uma pesquisa encomendada por uma média mais de 80% da população afirma conhecer alguém que tenha sido subornados.
-

O clientelismo comunista sobrevive
-
Com o termómetro tocar zero graus e até aos nossos ouvidos, um grupo de estudantes de direito, desde a exposição de fotografia 1989-2009: um grito de liberdade, a lembrar um passado incorporado na memória da sociedade romena. "Admiramos a sede de desânimo liberdade dos oprimidos durante o período comunista", disse Ileana Popa, um jovem de 20 anos. "O terror corria nas veias daqueles que tomaram as ruas. As pessoas espalhadas em todas as direcções, mas ninguém estava a salvo", explica ele.
-
O Securitate (polícia secreta), atirando a esmo, causando mais de 10.000 vítimas, mas ninguém ainda foi julgado por crimes cometidos durante a revolta popular que precederam a queda do ditador. "Ceausescu mandou para abater qualquer um que mudou", acrescenta a sua companheira, Carolina Arvinte.
-
As fotografias mostram a supressão de um regime estalinista, mas também a luta anticomunista conceitualmente apresentado como dominós. "Cada imagem, cada momento é precioso como um contributo para o colapso de um sistema totalitário que começamos muito do nosso tempo", diz uma mulher mais velha que prefere permanecer anonimato .
-
Mais impressionante é expressa Ciasu Zaharia, professor de línguas: "O que posso dizer? Eles roubaram minha vida".
-
Nos últimos dias, os meios de comunicação e intelectuais lançou uma mensagem contínua contra o esquecimento. Andrea Varga, autor da amostra e historiador húngaro, disse: "Nós não podemos ser livre a menos que estamos unidos, não podemos perder ou ganhar liberdade sem a ajuda dos outros, é uma solidariedade que, actualmente, não significa quase nada, mas era muito importante há 20 anos.
-
No entanto, os remanescentes da ditadura permanecem nas entranhas de uma sociedade que está longe de escapar da servidão estabelecida por Ceausescu. Apesar do sonho de liberdade proclamada pelos cidadãos há 20 anos, existem grupos de interesse na política, instituições e alguns segmentos da economia. "As redes feita do período comunista, estão intactos", diz Adrian Cioflanca, historiador e membro da comissão presidencial para estudar a ditadura comunista. "O maior problema da sociedade romena é agora clientelismo corrupto", acrescenta Cioflanca.
-
Este sistema provoca atritos entre a classe política ea sociedade. "O desencanto dos jovens para a classe dominante revela indiferença deste para os seus problemas, por isso só penso em sair do país", diz o sociólogo Dumitru Sandu. Mas poucas condenações contra a repressão e os gestos ridículos do Governo continuam a ser insuficientes para aqueles que sofreram a polícia secreta.
-
Basescu, quando tomou posse, o Parlamento Europeu condenou o comunismo e abriu os arquivos para tentar os perseguidores ". Em vez disso, os tribunais não tenham emitido qualquer decisão final e parece que assim permaneça.
Tradução Google e revisão superficial

QUANTO VALE O ARMANDO VARA?



Os accionistas e órgãos institucionais do BCP defendem que Armando Vara tem condições para se manter no lugar de vice-presidente da instituição apesar de ter sido constituído arguido no âmbito da "Operação Face Oculta", alegando que a lei bancária apenas permite que o Banco de Portugal determine a saída de funções de gestores bancários na sequência de uma condenação judicial. Porque raio fez o BCP tanta questão em manter o Armando Vara na Vice-presidência do Banco? Já foi polémica a sua passagem da caixa Geral de Depósitos , onde a sua presença já era polémica, para o BCP , não se lhe reconhecem competências específicas para o lugar e a ultima coisa que o BCP devia querer, depois das guerras, negociatas e roubalheiras em que o banco esteve metido recentemente, é ter mais gente acusada de corrupção na sua administração. O Armando Vara lá acabou por suspender o mandato para facilitar a vida aos seus patrões, mas fica a ideia de que a sua mais valia para o banco continua a existir. Qual é eaas mais valia é que gostávamos de saber?
Avença: KAOS

QUE SE QUEDE POR LÁ E SÚBDITO DE S.M. A RAINHA



Vale e Azevedo deverá tentar adiar de novo a extradição
por Lusa
Ontem

João Vale e Azevedo deverá quinta-feira invocar a falta de uma decisão final sobre o cúmulo jurídico das penas que lhe foram aplicadas em Portugal para pedir um novo adiamento do processo de extradição.

Foi este o argumento que o ex-presidente do Benfica usou na audiência anterior, a 30 de Junho, no Supremo Tribunal de Justiça britânico, e ao qual o juiz acedeu.

Tanto o advogado de Vale e Azevedo em Portugal, José António Barreiros, como o Ministério Público português recorreram contra o resultado do cúmulo jurídico que a 25 de Maio determinou 11 anos e meio de prisão pelas diversas condenações já sofridas por Vale e Azevedo.

Mas o Supremo Tribunal de Justiça português ainda não tomou qualquer decisão.

A audiência quinta-feira no tribunal de instância superior britânico está classificada como sendo de "instruções", pelo que não será ainda conhecida a conclusão do processo.

A sessão, que está marcada para a manhã, servirá para actualizar a informação sobre o processo e delinear o caminho a seguir.

O ex-advogado português é objecto de um pedido de extradição para cumprir uma sentença de sete anos e seis meses de prisão pelos crimes de falsificação e burla qualificada no "caso Dantas da Cunha".

Um mandado de detenção europeu foi emitido a 11 de Junho de 2008, ao qual o juiz Nicholas Evans deu provimento a 27 de Novembro do ano passado no Tribunal de Magistrados de Westminster.

Todavia, os advogados de Vale e Azevedo apresentaram um recurso junto do Supremo Tribunal de Justiça britânico uma semana depois, a 03 de Dezembro.

Vale e Azevedo permanece em Londres sob termo de identidade e residência, com o passaporte retido e impedido de viajar para o estrangeiro.
.
In Diário de Notícias

"UM POVO IMBECILIZADO E RESIGNADO....




"Um povo imbecilizado e resignado,
humilde e macambúzio,
fatalista e sonâmbulo,
burro de carga,
besta de nora,
aguentando pauladas,
sacos de vergonhas,
feixes de misérias,
sem uma rebelião,
um mostrar de dentes,
a energia dum coice,
pois que nem já com as orelhas
é capaz de sacudir as moscas;
um povo em catalepsia ambulante,
não se lembrando nem donde vem,
nem onde está,
nem para onde vai;
um povo, enfim,
que eu adoro,
porque sofre e é bom,
e guarda ainda na noite da sua inconsciência
como que um lampejo misterioso
da alma nacional,
reflexo de astro em silêncio escuro
de lagoa morta (...)
.
Uma burguesia,
cívica e politicamente corrupta ate à medula,
não descriminando já o bem do mal,
sem palavras,
sem vergonha,
sem carácter,
havendo homens
que, honrados (?) na vida íntima,
descambam na vida pública
em pantomineiros e sevandijas,
capazes de toda a veniaga e toda a infâmia,
da mentira à falsificação,
da violência ao roubo,
donde provém que na política portuguesa sucedam,
entre a indiferença geral,
escândalos monstruosos,
absolutamente inverosímeis no Limoeiro (...)
.
Um poder legislativo,
esfregão de cozinha do executivo;
este criado de quarto do moderador;
e este, finalmente, tornado absoluto
pela abdicação unânime do país,
e exercido ao acaso da herança,
pelo primeiro que sai dum ventre
- como da roda duma lotaria.
-
A justiça ao arbítrio da Política,
torcendo-lhe a vara
ao ponto de fazer dela saca-rolhas;
Dois partidos (...),
sem ideias,
sem planos,
sem convicções,
incapazes (...)
vivendo ambos do mesmo utilitarismo
céptico e pervertido, análogos nas palavras,
idênticos nos actos,
iguais um ao outro
como duas metades do mesmo zero,
e não se amalgamando e fundindo, apesar disso,
pela razão que alguém deu no parlamento,
de não caberem todos duma vez na mesma sala de jantar (...)"

Guerra Junqueiro, in "Pátria", escrito em 1896

MÃE...SÓ HÁ UMA! - HISTÓRIA LINDA.


Numa dessas escolas pluri-étnicas, a professora mandou os alunos escreverem uma redacção que terminasse com a frase 'Mãe... só há uma'.
-
No dia seguinte ela chama os alunos um a um para lerem as suas redacções.
-
O primeiro, Martim, filho de boas famílias lê o seu texto :
'No outro dia eu estava doente, espirrando, tossindo, febril, não conseguia comer nada, não podia brincar, nem vir à escola. Aí, de noite, a minha mãe esfregou Vick Vaporub no meu peito, deu-me um leite bem quentinho com um comprimido, tapou-me com o meu edredon, eu dormi e no dia seguinte acordei bom.'
'Mãe... só há uma.'
A classe toda aplaudiu, a professora elogiou, e deu-lhe um muito bom.
-
O segundo, Guilherme, típico representante da classe média, foi o aluno seguinte:
'No dia em que tivemos o último teste eu não sabia nada, não conseguia decorar nada, e comecei a chorar, a pensar que ia ter negativa.
Aí a mãe sentou-se ao meu lado com o livro, explicou-me a matéria fez-me perguntas e já consegui dormir descansado.
Quando acordei senti que sabia tudo! Vim à escola, fiz a prova e tirei Muito Bom.'
'Mãe...... só há uma'.
A classe, emocionada, aplaudiu o Gui. A professora deu-lhe também um Muito Bom.
.
Chegou a vez do aluno representante das minorias étnicas, Makongo Ngombo:
'Ontem quando chiguei nos meus barraco, minha mãe estava nos cama com um homem qui nem conheço, diferrente do da semana passada. Quando me ouviu, gritou para mim lá dos quarto:
'Makongo, seu preto filho di PUTA vai lá nos
geladeira e traz duas cerveja.'
Aí eu abri a geladeira, olhei lá dentro e gritei pra ela:
'Mãe...... só há uma!'

Enviado por um leitor deste blogue
P.S. A publicação, entenda-se, não tem qualquer sentido pejorativo ou xenófobo, justamente pelo humor que a mesma encerra,

O "FORROBODÓ" CONTINUA...!!!

.



MAIS UMA MARAVILHA DEMOCRÁTICA DESTE PAIS DE "POBRES COITADINHOS"
-
TRANSMITAM p.f.
Eu acabo de cumprir a minha parte!
Com o 9º ano, 50 anos de idade e reforma de mais de € 3.000 euros... só pode ser xuxa...

-
GRANDE ESCÂNDALO
-
O Sr. Presidente da República não deve conhecer esta.

Será que alguém lha pode enviar?
Espalhem esta mensagem para as pessoas saberem a verdade.
Apesar de ter apenas 50 anos de idade e de gozar de plena saúde, o socialista Vasco Franco, número dois do PS na Câmara de Lisboa durante as presidências de Jorge Sampaio e de João Soares, está já reformado.
A pensão mensal que lhe foi atribuída ascende a € 3.035 euros (608 contos), um valor bastante acima do seu vencimento como vereador.
.
A generosidade estatal decorre da categoria com que foi aposentado - técnico superior de 1ª classe, segundo o «Diário da República» -apesar de as suas habilitações literárias se ficarem pelo antigo Curso Geral do Comércio, equivalente ao actual 9º ano de escolaridade.
-
A contagem do tempo de serviço de Vasco Franco é outro privilégio raro, num país que pondera elevar a idade de reforma para os 68 anos, para evitar a ruptura da Segurança Social.
-
O dirigente socialista entrou para os quadros do Ministério da Administração Interna em 1972, e dos 30 anos passados só ali cumpriu sete de dedicação exclusiva; três foram para o serviço militar e os restantes 20 na vereação da Câmara de Lisboa, doze dos quais a tempo inteiro.
-
Vasco Franco diz que é tudo legal e que a lei o autoriza a contar a dobrar 10 dos 12 anos como vereador a tempo inteiro.
Triplicar o salário - Já depois de ter entregue o pedido de reforma, Vasco Franco foi convidado para administrador da Sanest, com um ordenado líquido de € 4.000 euros mensais (800 contos).
-
Trata-se de uma sociedade de capitais públicos, comparticipada pelas Câmaras da Amadora, Cascais, Oeiras e Sintra e pela empresa Águas de Portugal, que gere o sistema de saneamento da Costa do Estoril.
-
O convite partiu do reeleito presidente da Câmara da Amadora, Joaquim Raposo, cuja mulher é secretária de Vasco Franco na Câmara de Lisboa. O contrato, iniciado em Abril, vigora por um período de 18 meses.
-
A acumulação de vencimentos foi autorizada pelo Governo PS mas, nos termos do acordo, o salário de administrador é reduzido em 50% - para € 2.000 euros - a partir de Julho, mês em que se inicia a reforma, disse ao Expresso Vasco Franco.
-
Não se ficam, no entanto, por aqui os contributos da fazenda pública para o bolo salarial do dirigente socialista reformado. A somar aos mais de € 5.000 euros da reforma e do lugar de administrador, Vasco Franco recebe ainda mais € 900 euros de outra reforma, por ter sido ferido em combate em Moçambique já depois do 25 de Abril (?????), e cerca de € 250 euros em senhas de presença pela actuação como vereador sem pelouro.
-
Contas feitas, o novo reformado Vasco Franco do PS, triplicou o salário que auferia no activo, ganhando agora mais de 1200 contos limpos. Além de carro, motorista, secretária, assessores e telemóvel.
EU JÁ CUMPRI O MEU DEVER ...E TU?

A NOSSA MISSÃO É INFORMAR - AÍ VAI PARA VOSSO CONHECIMENTO

.

A flor Burundanga
Nota: Depois de consultar a internet, afirmações, dão como falso o abaixo transcrito e recebido por e-mail. Informam ainda que o mesmo texto tem circulado em vários países. Para se certificarem consultem o "Google" e chega, apenas, teclar, no rectângulo, "Burundanga" que irão encontrar vários websites que tratam da matéria e alguns cientificamente.
José Martins
-
ALERTA MUITO IMPORTANTE
Vale a pena estar atento ...
O último sábado procurava um telefone público e encontrei apenas um em frente ao estacionamento de Soriana (Pr Espanha).
-
Estacionei um alguns metros mais atrás e desci do carro. Quando estava a falar chegou um homem sem uma perna e com muletas. Perguntou-me se podia ajudá-lo marcar um número um, e deu-me o cartão de crédito para uma chamada e um papel onde estava anotado o telefone.
-
Com muito prazer para ajudar, peguei no papel e comecei a marcar o número. Então em poucos segundos comecei a sentir-me, desmaiava que sentia. Acontecia algo de normal, corri para o carro e fechei-me enjoado. Tonto, tentei ligar o carro e afastei-me um pouco, Estacionando aí ...
-
Depois, não lembro mais nada. Mais tarde despertei enjoado, estourava uma cabeça-me ... consegui chegar até minha casa, seguindo de imediato para o hospital. Após os exames ao sangue, confirmou-se o que suspeitava. Era uma droga que está de moda: a "Burundanga escopolamina ou". "Tiveste sorte - disse-me o médico.
-
Não foi uma entoxicação, mas apenas uma droga Reacção à ... Não quero imaginar o teria acontecido se os teus dedos tivessem absorvido toda uma droga ou mais ficasses lá 30 segundos ..."
-
Com uma dose mais forte, uma pessoa pode ficar até oito dias "desligada deste mundo. Nunca tinha pensado que aquilo se podia passar comigo! E foi tudo tão rápido ... Escrevo não para os assustar, mas para os alertar. Não se deixem surpreender!
-
Oxalá não aconteça nada com você!
O Médico do Hospital (Dr. Raul Quezada) comentou que eram já vários os casos como este e falou dos mortos encontrados sem órgãos. Encontraram-se restos dessa droga nos dedos dos mortos. Estão a Traficar os órgãos !!!!!!!!
Tenham cuidado e enviem os a todos familiares, amigos, vizinhos .... Podem salvar uma vida!
-
A escolopamina ou Burundanga, usada em medicina também, provém da América do Sul e é a droga mais usada pelos Criminosos (Geralmente em número de 3)
Vítimas que escolhem como suas. Actua em 2 minutos, faz parar uma actividade do cérebro e os com ela Criminosos roubam a vontade às Vítimas fazendo-lhes o mal que pretendem: roubos, abusos, etc ELA NÃO SE LEMBRARÁ
DE NADA!
-
Em doses maiores pode fazer uma vítima entrar em coma e até levar à morte.
Pode ser apresentada em rebuçados, doces, papel, num livro que se abre ...
um pano, uma que vez aberto, deixa escapar uma droga em forma de gás .... Cuidado com pessoas que vem falar connosco, como se conhecessem nos ... especialmente nas estações ... Não deixe de entrar estranhos em casa!
-
Reenvie e alerta toda a gente dos seus contactos.
Ana Paula Fradinho
Instituto da Droga e da Toxicodependência, IP
Departamento de Planeamento e Administração Geral
Núcleo de Gestão de Recursos Humanos
Pç de Alvalade, n. º 7 - 8. ª piso
1700-036 Lisboa
É 21 111 91 05 7 21 111 27 95
ana.fradinho@idt.min-saude.pt
http://www.idt.pt/
-

A "TENÇÃO" DO MULTIBANCO

.
Taxas Multibanco. Não Obrigado



O Parlamento Europeu aprovou a 27 de Abril de 2007 a Directiva sobre Serviços de Pagamentos, que entrou em vigor ontem, dia 1 de Novembro de 2009, a cobrança de taxas sobre pagamentos electrónicos. Obrigado Europa por mais esta ajudinha que nos dão. Só vejo uma solução, não comprar, NUNCA, em lojas que desejem cobrar uma taxa sobre o pagamento multibanco. Se a coisa se generalizar, se a banca começar a cobrar uma taxa, por cada levantamento no MB, esquecer o comodismo e a facilidade que ele nos dá, e passarmos todos a ir levantar dinheiro ao balcão do banco. A banca despediu milhares de trabalhadores com a introdução das caixas multibanco. Se tentarem, vamos apinhar-lhes os balcões e obrigá-los a recuar.
Avença KAOS

UM RONALDO SEM TENTO NA "BOLINHA"

Marisa já protagonizou sessões fotográficas ousadas, em que revelou toda a sua beleza

Ronaldo conquista modelo espanhola
22-10-2009

A lista de conquistas amorosas de Cristiano Ronaldo não pára de aumentar. Segundo notícias difundidas em Espanha, o craque do Real Madrid vive um romance com a actriz, apresentadora e modelo espanhola Marisa Gómez-Sandoval.

Eleita Miss Zamora em 2002, a jovem – que tem 1,73 metros e as medidas 90-62-90 – ficou famosa em Espanha depois de participar no concurso de televisão ‘Mujeres y Hombres y Viceversa’ (da Telecinco). A sua beleza não passou despercebida e Marisa foi convidada para protagonizar uma ousada sessão fotográfica para a ‘FHM’.

'Se um homem me agradar, eu tomo a iniciativa.' Este é um dos lemas de Marisa, a que Ronaldo, de 24 anos, não conseguiu resistir.

Marisa trabalha actualmente num programa de televisão emitido de madrugada (semelhante aos portugueses ‘Quando o Telefone Toca’, da SIC, e ‘Sempre a Somar’, TVI) gravado em Budapeste, Hungria, o que não permite que o casal passe muito tempo junto

P.S. Já tempo do Ronaldo arranjar uma "gaja" em condições! Bem é que depois umas dizem que é um bé-bé chorão; e ainda mais outras que o "pirtigo" do mangual é pequeno...

Correio da Manhã

A GRANDE PIELA!

Eles também são mortais e sujeitos à sua "pielazita". Ao menos que fosse a "pomada" em de vez de Vodka de "Porto Três Velhotes"



O Presidente da Rússia depois de um almoço da Cimeira G8
Pifado ao Jornal Pau Para Toda a Obra

VAIDADES DE DUAS RODAS

O Vaidoso comprou uma "lambreta" nova e foi fazer ciúmes ao amigo...!!! Abra o video e divirta-se

video