Translator

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

PENSAVA EU....ENGANEI-ME! ESTE RAPAZ "MANJA" MELHOR QUE EU!

.
O NOVO CZAR!

Clique na imagem, para ver a foto... e afiar os dentes!!!

MAIS UM ILUSTRE DE MALAS AVIADAS...

Constâncio para vice-presidente do BCE tem bom acolhimento na Europa

12.11.2009 15:07 Maria José Oliveira (Público)

O ministro da Presidência admite que a hipótese de Vítor Constâncio vir a ser nomeado para a vice-presidência "já foi discutida" e obteve um bom acolhimento.

-

P.S. - "Drain brain" em Portugal é um facto... Mais uma previsível, falta, de um dos nossos mais ilustres homens da finança!!! Será tambem "manzónico"?

OS ESPANHOIS À "PUNHETA" - OS PORTUGUESES À DE BACALHAU!

.

Este gajo, espanhol, já é uma das vítimas (aditivo), da masturbação de tanto trabalho que deu às mãos...
Ficou deficiente para o resto da vida.

.
Governo da Extremadura incentiva masturbação
Meter mãos à obra é o que sugere aos teenagers o governo da Extremadura em Espanha. Que é como quem diz, viva a masturbação...
-
Mafalda Anjos (www.expresso.pt)
-
A junta da província espanhola da Extremadura decidiu promover uma campanha para promover a masturbação. Os responsáveis políticos da região decidiram incentivar uma sexualidade saudável entre os adolescentes através do encorajamento da prática sexual solitária. O slogan "O prazer está nas tuas mãos" dá o mote à campanha no valor de 14 mil euros e que passa por cartazes, folhetos, internet e workshops.
.
Como seria de esperar, a polémica está instalada em Espanha. Choveram críticas nos mais variados quadrantes contra o Conselho da Juventude e o Instituto da Mulher, as entidades promotoras desta campanha que aborda temas como a anatomia e fisiologia sexual feminina e masculina, carícias e masturbação.
-
A ministra da Saúde Aída de Riviera, que desconhecia o assunto, tentou defender a campanha argumentando que é sempre importante fazer um "investimento em educação sexual de forma a prevenir gravidezes indesejáveis e dar mais informação aos jovens sobre uma sexualidade responsável". A junta terá, segundo o El Mundo, deixado a formação nas mãos de uma conhecida Sex Shop.
-
Uma vez que esta campanha se dirige a menores e afecta questões de índole moral, muitos pais consideram que há uma intromissão no papel de educador. Num país dominantemente católico, a temática da masturbação põe-se com mais acuidade. É que a Igreja Católica recusa as práticas sexuais mesmo solitárias por razões não reprodutivas.
-
No entanto, a região vizinha da Andaluzia já mostrou interesse em copiar o programa. Quem sabe um dia destes não chega também a Portugal...

BENTO XVI EM PORTUGAL

.
Papa Bento XVI deverá visitar Portugal de 11 a 14 de Maio
Ontem
O programa definitivo da visita de Bento XVI deverá ser conhecido até ao final deste mês.

"Aquilo que eu penso, que poderei antecipar e que não fugirá muito à verdade, é que o Santo Padre deverá chegar no dia 11 e partir no dia 14" de Maio, afirmou Jorge Ortiga, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), numa conferência de imprensa em Fátima.

O prelado acrescentou que está elaborado um esquema da visita de Bento XVI que inclui várias iniciativas, mas salientou que "a última palavra" é do Papa, sendo que, além de Lisboa e Fátima, existe a possibilidade de uma passagem pelo Porto, no seguimento do convite formulado pelo bispo Manuel Clemente.

Bento XVI fará ainda celebrações eucarísticas em vários lugares e poderá manter encontros específicos no âmbito da cultura, da "dimensão sócio-caritativa" da Igreja e com sacerdotes, adiantou Jorge Ortiga, que se referia apenas ao âmbito religioso da visita.

"Não queremos que [a visita] seja um momento passageiro", afirmou, adiantando que o programa em Fátima de Bento XVI será o habitual do Santuário, que passa pela participação nas cerimónias religiosas de 12 e 13 de Maio.
Fonte Jornal de Notícias

DEVEREMOS TER ORGULHO NO NOSSO "TONECAS GUTERRES".

Lista da 'Forbes'
Guterres único português entre os mais poderosos
por Duarte LadeirasOntem
“Os 67 chefes de Estado, criminosos, f
inanceiros e filantropistas que realmente comandam o mundo”. É desta forma que a revista ‘Forbes’ apresenta a lista das pessoas mais poderosas do planeta, entre as quais só há um português: António Guterres. Barack Obama é o mais poderoso; Angela Merkel a primeira mulher na lista.
O ex-primeiro-ministro de Portugal e actual Alto-Comissário das Nações Unidas para os Refugiados ocupa a 64.º posição, três lugares acima do último da listagem, o Presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e abaixo de outros falantes em língua portuguesa que também foram seleccionados: o Presidente brasileiro, Lula da Silva, e o governador do Mato Grosso, que tornou o Brasil no maior produtor mundial de soja, mas que se tornou num herói da ecologia, depois de ter sido olhado como vilão....
(Diário de Notícias)
-
À MARGEM: Mantem-se a tradição: "Ninguém é profeta na sua terra". Deveremos ter orgulho no nosso "Tonecas Guterres" de tão excelentes feitos tem realizado fora da nossa Pátria amada. Lá por não ter realizado obra em Portugal deveremos...e já! Esquecer o seu triste passado que deixou (segundo a voz de outro emigrante, ilustre, Durão Barroso) Portugal de tanga!
José Martins

PRÓ BELMIRO "FACE OCULTA" É MAIS RASCA QUE UMA TELENOVELA

.
Face Oculta? Não ligo nada a isso, ainda é pior que novelas
-


O presidente não executivo da Sonae, Belmiro de Azevedo, desvalorizou hoje, no Porto, o processo judicial Face Oculta, dizendo “não ligo nada a isso, aquilo ainda é pior que as novelas da SIC ou da TVI”.

O empresário e presidente não executivo da Sonae, que participou na cerimónia de entrega de diplomas a 73 alunos do curso de MBA executivo da Escola de Gestão do Porto, de cujo Conselho Geral é o presidente, disse não saber “nada” sobre este processo, que envolve empresas públicas e Armando Vara, vice-presidente do BCP.

“Eu assumi para mim próprio que aquilo são ‘fait-divers’, não me interessa nada, não me diz nada”, insistiu o empresário.

Questionado sobre se não está apreensivo com a corrupção, Belmiro de Azevedo respondeu que o fenómeno preocupa-o, “como doença da sociedade mas não sou eu que tem poderes para resolver esse problema”.

“Gosto mais de dedicar-me a educar criancinhas, agora também tenho uma escolinha (Colégio Efanor, em Matosinhos), à escola de negócios, empreendedores e é disso que quero falar”, conclui.
-
À MARGEM: A mim também não me diz nada! Para que haveria de dizer? Se isto vai terminar em nada!

A SUAS NOTÍCIAS DE HOJE 13.11.09

COM ESTAS BELEZAS, NEM NO CÉU COM ELAS...!

.
video

Umas reais bárbaras e de uma incorrecção incrível! Chamem-lhe o sexo fraco... Uma gaita!

VOU PASSAR-ME PARA ITÁLIA

-

.
Vou mesmo mudar-me para Itália!
Razões: "Os italianos são fixes; elas as "bela donas" mais giras e alegres"...
Quero lá eu saber que o Berlusconi siga na melhor!!!
Que bom proveito lhe faça... Mas abram o video abaixo e analisem se a minha opção é ou não "porreira".
Não percam o clique no endereço a seguir.
.

NÃO HÁ RAPAZES MAUS...NUNCA EXISTIRAM...!!!




Saberíamos nós os portugueses que o rapazinho da fotografia, que quando fosse grande nos governaria?
Tanta humildade, montes de inocência se lhe notam...
Pois é muito se engana quem CUIDA!
Este rapaz, filho de gente humilde, pilhou peras e abrunhos nos quintais dos vizinhos; cravou uns "trocos" e uns cigarros aos amigos e, com umas traiçõezitas à mistura (além de "crava"), entrou na política a colar cartazes nas paredes de partidos políticos.
Poliu e beijou os sapatos aos "dinossauros" e...catrapuz, puz,puz aí esta ele na "maior"!
Quem é ele?
Advinhem...
Eu sei mas não digo!

JAIME GAMA CAMBIA O ESQUEMA DA "BARBUDA"

Gama muda regras das viagens dos deputados

10:43 São José Almeida

Jaime Gama há meses que queria fazê-lo. Mas só agora conseguiu alterar o regulamento das viagens dos deputados que representam o Parlamento português em organismos internacionais.

Público

POUCO SUCESSO NA INVESTIGAÇÃO DO CRIME FINANCEIRO...

Teresa Almeida, do DIAP
-
"Lidar com o crime financeiro e de corrupção não é, geralmente, uma investigação de sucesso"
"Lidar com o crime financeiro e de corrupção não é, geralmente, uma investigação de sucesso", afirma em entrevista à revista "Visão", Teresa Almeida, coordenadora, especializada em crime económico, da nona secção do DIAP (Departamento Central de Investigação e Acção Penal).

Jornal de Negócios Online
negocios@negocios.pt


"Lidar com o crime financeiro e de corrupção não é, geralmente, uma investigação de sucesso", afirma em entrevista à revista "Visão", Teresa Almeida, coordenadora, especializada em crime económico, da nona secção do DIAP (Departamento Central de Investigação e Acção Penal).

Teresa Almeida lembra, no entanto, que esse é um problema mundial. "Contam-se pelos dedos as investigações lá fora que chegaram a julgamento". E pergunta pelo desfecho dos casos mediáticos: em Espanha o caso Marbella e na Alemanha o Caso Siemens.

A explicação? "O sistema financeiro foi-se autogerando e auto-armadilhando para que seja muito fácil esconder o dinheiro e muito difícil encontrá-lo".

A magistrada garante que é raro o caso em investigação, na área do crime económico, que não envolvam "offshores". E aqui pode complicar. "Terei de perguntar, nalguns casos, a cada um dos paraísos fiscais se tem alguma sociedade cujo beneficiário último é esse indivíduo... e pode nem ser ele o beneficiário último. E esse beneficiário último pode ser outra sociedade, sediado noutra 'offshor' e assim sucessivamente".

Teresa Almeida diz mesmo que quem tem a preocupação de oculta ilícitos "não tem casas ou iates em seu nome... e têm contas em 'offshores' onde é difícil chegar". A dificuldade no crime económico é que, a maior parte das vezes, "não há prova directa, nem arma do crime. Ninguém paga um favor com um cheque".

Mas a magistrada aponta já casos em Portugal em que o tempo de investigação conseguiu ser mais reduzido. O inquérito no Caso Bragaparques demorou cerca de um ano. O processo de corrupção na Marinha também demorou pouco. O BCP demorou um ano e meio.

"E nunca tivemos uma única absolvição em julgamento", lembra Teresa Almeida, que, no entanto, adverte para o facto de no caso do BCP os factos chegaram ao conhecimento do Ministério Público "muitos anos depois do início dos factos se iniciarem". Além disso, "estes crimes aproveitam um sistema financeiro montado para nos prejudicar a nós e favorecer o criminoso".