Translator

terça-feira, 15 de junho de 2010

DECO ARRASA QUEIROZ MAS NÃO TEM LUGAR EM RISCO

.




Desabafo

Médio não gostou de ser substituído e no final do jogo criticou opções tácticas do seleccionador. Deve continuar no onze.

Deco não se calou após o encontro de Portugal com a Costa do Marfim (0-0) e criticou duramente o seleccionador Carlos Queiroz. Substituído a meio do segundo tempo, o médio saiu directamente para os balneários, com cara de poucos amigos e nem cumprimentou o treinador. Quando falou aos jornalistas não calou a revolta e demonstrou insatisfação para com as opções do técnico português.

Uma atitude que certamente ninguém estaria à espera, até pelo ambiente que o grupo aparenta sempre que Carlos Queiroz decide abrir o treino ao público. O próprio futebolista, ainda na Covilhã, durante o estágio antes da partida para a África do Sul, demonstrou que o grupo estava unido, mesmo depois de ter anunciado publicamente que esta será a derradeira prova que participará pela selecção nacional.

Resta agora esperar pela atitude que Carlos Queiroz tomará, embora, segundo o DN apurou, o lugar de Deco no onze não esteja em causa. Apesar das duras críticas que lançou ao seleccionador no final da partida e já depois de sair dos balneários rumo ao autocarro que levou toda a comitiva rumo ao aeroporto de Port Elizabeth - a selecção nacional viajou ainda ontem para Magaliesburg.

"A maneira de abordar o jogo depois do intervalo não foi a correcta. Aliás, fui colocado mais no lado direito e toda a gente sabe que não sou extremo, nem nunca fui um extremo. As alterações também não foram as melhores, mas o treinador é que decide", salientou o jogador luso-brasileiro.

Esta temporada no Chelsea também não correu da melhor forma ao internacional português. Esteve muito tempo ausente dos relvados, sobretudo devido a lesão, e era com expectativa que se aguardava a sua actuação neste primeiro encontro do campeonato do mundo. Nas declarações à imprensa o jogador confirmou que denotou alguma ansiedade, mas mostrou-se pronto para continuar a ajudar.

"Estivemos todos muito ansiosos. Uma vitória neste jogo deixava as coisas mais facilitadas, mas ainda dependemos de nós. Vamos agora preparar o jogo da Coreia [dia 21], que temos de ganhar. Está tudo em aberto e vamos trabalhar para passar em frente", referiu.

Aborrecido Após sair do campo Deco cumprimentou Tiago, que o substituiu, e foi para o balneário passando rapidamente pelo seleccionador Carlos Queiroz. O jogador do Chelsea não escondeu o desagrado por ter saído do relvado antes do final do jogo

Fonte DN

Sem comentários:

Enviar um comentário