Translator

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

LIDAR COM A MORTE : MESMO QUE ESTA SEJA DE UMA CADELA - O PATÉTICO DA VIDA.

-
Não é fácil lidar-se com a morte.
Ontem eu, minha mulher e filha Maria, infelizmente, tivemos lidar com ela.
Morreu-nos uma cadela, que viviam connosco e mais outros dois cães, há 12 anos.
Foi baptizada com o nome de Juree.
Os caninos de minha casa, são considerados família e damos-lhe o nome de humanos.
O Maico, um canzarrão de 12 anos “Golden Retrieve” e o Bebé de três.
Tenho, desde há muito, a mania de adoptar e reabilitar os cães de rua.
Em 20 anos asilei dois.
O primeiro apareceu-me, há uns 19 anos, ao portão de minha casa, todo escanzelado e por ali ficou uns dias, abrigado, porque lhe fui colocando comida.
Quando viu que eu lhe merecia confiança entrou e ficou comigo mais de uma dúzia anos.
Baptizei-o com o nome de “Lost” (perdido).
Este animal era da raça “Bangkéu”, mas já o seu sangue, misturado, com o cão tailandês que se pode considerar o animal mais inteligente que apareceu ao cimo da terra.
O cão de raça “Bangkéu”, selvagem e originário da província de Lopo Buri (160 quilómetros de Banguecoque) encontra-se no caminho da extensão, pelo facto do seu sangue se ter caldeado com o cão, doméstico, tailandês.
Um animal de tamanho médio, de uma nobreza impressionante que só mais tarde viria a conhecer este dote de quando uma “cadelita” veio parir uma ninhada, de cinco cachorritos, junto ao pequeno pântano, pegado a minha casa.
Quando lhe dava a ração de comida, ao fim da tarde, comia à pressa, engolia , saía o portão e voltava, outra vez para dentro. Isso intrigava-me.
O Lost (Perdido) enchia o estômago, vomitava a comida para alimentar os cachorritos.
Mais ou menos como os pássaros levam a comida no bico, aos seus filhotes, ao ninho.
Mas a ninhada de cachorros não eram filhos dele, mas a sua nobreza era tal, que os alimentava.
O Lost finou-se, devido à idade e foi para a cova que lhe fiz no jardim de minha casa.
Deixou, como herdeira a Juree que ficou como o pai Lost, sepultada, ontem, a seu lado.
A Juree foi sempre saudável, vacinada para que os mosquitos não a picasse e as carraças não se lhe pegassem à pele.
Morreu nova com 12 anos e de um mal dos rins.
Quando se notaram os sintomas da doença, há duas semanas, foi levada ao veterinário que olhou pela sua saúde.
Medicada, alimentada a soro em casa, a Juree não experimentava melhoras.
Há três dias foi novamente levada ao veterinário e, desenganou mais ou menos minha mulher que a Juree estava perdida para mais uns anos de vida.
Aconselhou-a que fosse levada ao centro de veterenária da Universidade de Chulalongkorn e lá com outros meios científicos poderam salvar a Juree.
O centro de veterenária da Universidade de Chulalongkorn, de Banguecoque, tem formado milhares de jovens, veterinários que depois partem para as diversos pontos da Tailândia onde irão exercer a sua profissão, em clínicas privadas ou ao serviço do Estado do Reino.
Voltando ao estado de saúde da cadela Juree, pouco depois da última consulta no seu veterinário de família, piorou.
Sentado à minha mesa de trabalho, dou com minha mulher e mais minha filha Maria, junto às 10 horas da noite, preparadas para sair.
Perguntei-lhes onde iam aquela hora. Iriam levar a cadela Juree ao centro de veterinária da Universidade de Chulalongkorn.
- A esta hora perguntei?
- Responderam-me: "o centro está aberto 24 horas para acudir aos animais enfermos".
Lá partiram e as duas noites, passaram no centro para as análises e a operarem. Não resistiu e morreu pelo caminho.
Chamou-se, um jovem, vizinho para lhe abrir uma sepultura, no jardim e enterrada com toda a dignidade.
Porém de relevo que um centro de veterinária a expensas do Governo e uma faculdade se mantenha, 24 horas do ponteiro do relógio, aberta para atender os animais, doentes.
Deixo aqui destacado que os animais da raça canina no Reino da Tailândia têm protecção e respeitados, sejam eles vadios ou os que têm dono.
Sua Majestade o Rei da Tailândia é o principal protector destes animais.
Não raras as vezes apareceu em fotografias com a sua cadela de estimação a Tongdaeng, que de animal vadia, passou a ser uma companhia inseparável de Sua Majestade.
José Martins
-
P.S. Gostei de lidar com os cães e menos com alguns homens.

HAITI: A PILHAGEM DOS FAMINTOS

-

O video a seguir bem nos dá conta do que se está a passar em Port-au-Prince

video

Poder-se-à condenar esta pilhagem aos famintos do Haiti? Serão eles diferentes de outras pessoas do Mundo? Claro que não. O ser humano na condição de luta pela sua sobrevivência volta em animal e assimila-se aos da selva.

Todas as desgraças de pilhagens, semelhantes à acontecida no Haiti, podem suceder em qualquer país do Globo se de imediato não forem tomadas precauções em que haja a ordenação da Lei para promover segurança.

Pelo que temos lido, os medicamentos, a comida e a água, têm chegado aos atingidos em termo de conta gotas.

Entretanto o que chegou ao Haiti, para acudir às primeiras necessidades do povo haitiano, encontra-se empilhado nas duas margens da pista do aeroporto.

Segundo informações de jornalistas no terreno, existe o receio de fazer chegar estes artigos aos habitantes de Port-au-Prince amonitados.

Uma semana já passou depois do terramoto e nada, praticamente, ainda foi efectuado para retirar as pessoas, famintas e doentes da miséria.

Porém pessoas importantes dos Estados Unidos (creio) de outros países, apreciam do céu, através das janelas do helocópteros a destruição, completa, de uma cidade. Que raio de mundo é este onde vivemos!

Não estamos livre que misérias igual à do Haiti não nos venha a atingir.

José Martins

A JUSTIÇA PARA O PAULO NÃO LHE CORREU PELO MELHOR...!!!

.



Bom se voltar a trás e ouvir as declarações do Paulo
video

MANUEL ALEGRE PARA PRESIDENTE!

-

.
Estamos perante, politicamente, de mais uma "chachada" à lá portuguesa.
-
Manuel Alegre, um poeta, com ambições, de ser o nosso segundo Camões, anda para aí armado em saltão e pretende... vejam lá, senhoras e senhoras gozar as delícias do cenário lá do cimo do Palácio de Belém olhando o Tejo e a Torre de Belém.
-
Um homem que nunca fez nadinha ou "porrinha" alguma na vida a não ser: blá,blá, blá de escrever uns poemas que ninguém os lê!
-
Puxa penico debaixo da cama para fazer uma mijada. O Manuel Alegre oh pensa que os portugueses são burros ou ele é mesmo um grande burro!
-
Irão mais uma vez os portugueses enfiar uma "barretada" de uns "tipos" que durante (quase) 36 anos não fizeram coisa nenhuma que fazer "merda"? (com vossa licença a frase).
-
Mas, claro está que o Manuel Alegre de quando entrar na campanha eleitoral para sua candidatura, não vai falar na "lenga-lenga" das liberdades democráticas, conquistadas em Abril de 1975; na "Grândola Vila Morena"; dar glória aos Capitães de Abril; aos cravos vermelhos porque essa mercadoria, demagógicamente, expirou...
-
Bem razão tem o Senhor Silva do Restelo afirmar não estar preocupado com a candidatura do poeta Manuel Alegre para a corrida à presidência da república e, atingir a paternidade (o pa-pá) de todos os portugueses.
-
Cá ficamos à espera da campanha eleitoral do Manuel Alegre, para nós e todos os portugueses nos divertirmos com mais um "truque" de um "jeitoso" que mais não topou na política que um lugar no mundo para ir vivendo na melhor e à francesa.
José Martins

HAITI: A LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA

.
video
E.U. chega ao Haiti para impor ordem
Dada a inoperância das Nações Unidas, o povo haitiano está a confiar nos E.U. para fugir ao desastre e da fome
PAUL ORDAZ Envoy (Especial) Port-au-Prince 18/01/2010
Port-au-Prince, o aeroporto, onde foram descarregados aviões com bens de ajuda ainda não foi encontrada a forma, de os medicamentos, alimentos fossem levados ao local onde são necessários.
.
Mas, medicamentos e alimentos quedam-se, sobretudo do lado das pistas, em caixas ou empilhados, e os políticos montados em um helicóptero para ver a cidade, lá do cimo, perante o odor do corpo e as lágrimas das crianças esfoemadas e feridas.
.
Tudo o que foi passado há uma semana está sob o olhar de dezenas de haitianos que esperam todos os dias esperança de lhes minimizar o sofrimento.
-
Na segunda-feira, as dezenas de milhares de pessoas aguardaram com ansiedade o anúncio do iminente desembarque das tropas americanas.
.
A tensão foi crescendo e as pessoas tentaram atravessar a cerca para tomar o caminho das ONU para obterem o auxílio que ainda não foi capaz de distribuir. Houve tumultos, pilhagens que a polícia não foi capaz de suster atirou a matar e feriu vários outros.

A FAMÍLIA CLINTON NAS OPERAÇÕES DE SALVAMENTO E BENEMÉRITAS NO HAITI

.


A família Clinton. A desgraça dos pobres, também é decorada com estas figuras... Bem representam o imperalismo e as guerras americanas perante os olhos do mundo...!!!
-
Bill Clinton chega a Porto Príncipe
Este fim de semana, o presidente René Préval, reuniu-se com Secretário de Estado E.U.A.Hillary Clinton por uma hora em uma tenda com ar condicionado no aeroporto de Port-au-Prince.
-
Ambos falavam de como coordenar os esforços de ajuda e planos para a reconstrução a longo prazo das comunicações, infra-estrutura de transportes e energia elétrica no país.
-
"O E.U. está no Haiti, a convite do seu governo para ajudar. As forças americanas serão aqui hoje, amanhã e é esperado no futuro", disse Clinton, o primeiro oficial sênior E.U. que visitaram Port-au-Prince, após a catástrofe, que tem segunda-feira acompanhou o marido, Bill Clinton, enviado especial da ONU para o Haiti.
-
O ex-presidente deve se reunir com Préval e acompanhar os trabalhos humanitários. Além de seu papel como enviado especial da ONU, ex-presidente, é acompanhada pela filha Chelsea, um de angariação de fundos para as vítimas unidades, juntamente com colegas do ex-presidente George W. Bush.
-
Mas, além dos microfones do aeroporto, nas ruas de esforços do governo haitiano não são visíveis. No sábado, os caminhões começaram a patrulhar a água, rodeado por desfiladeiros desesperada. Há policiais nas ruas, onde saques disparou.
Fonte: Jornal ABC - Madrid

HAITI - HUGO CHAVEZ E MINISTRO FRANCÊS ACUSAM OS ESTADOS UNIDOS


.
video


Um ministro francês acusa os Estados Unidos de ocupar o Haiti em lugar de ajudar
AP / EFE PARIS Atualizado Segunda-feira, 18-01-10 às 20: 23
Nações Unidas tem de investigar e esclarecer o papel dominante que os E.U. está jogando no terremoto do Haiti, disse um ministro do Exterior francês hoje. Nesse sentido, alegou que a utilização dos reforços foi para ajudar o Haiti, e não "ocupado".
-
Na semana passada as forças militares dos E.U. viram-se obrigadas ajudar a aterragem um avião francês quando dava voltas aeroporto, lotado de trafego, em Port-au-Prince. O incidente levou o Ministro da Cooperação francês Alain Joyandet, a fazer uma denúncia. O avião pousou em segurança, eventualmente, no dia seguinte. O ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Bernard Kouchner advertiu os governos e grupos de ajuda de não discutir quando eles tentaram dar a sua ajuda ao Haiti.
-
Um dia depois do terremoto a Força Aérea dos Estados Unidos, ocupou o aeroporto de Port-au-Prince, que operou um total de 600 vôos com pessoal humanitário, com
provisão de necessidades básicas e evacuações.

Na América Latina, os presidentes da Venezuela, Hugo Chávez, e Nicarágua, Daniel Ortega, têm argumentado que os E.U. está a explorar a tragédia do Haiti para "ocupar" o país militarmente.
-
Os Estados Unidos tentaram abafar as críticas que recebeu não só da França, mas também de outros países. Assim, o Departamento de Estado dos E.U. emitiram um comunicado, conjunto, com o Governo do Haiti, garantindo, considerados "essenciais", os seus esforços no pedido de ajuda.
-
O comunicado também recorda a conversa que Obama e o presidente haitiano 15 de Janeiro passado em que se comprometeram a coordenar a assistência entre as partes presentes no país do Caribe, o Governo do Haiti, da ONU, E.U., parceiros internacionais e organizações humanitárias.
-
Quase uma semana após o terremoto, os E.U., que implementou o maior esforço humanitário em sua história recente, superando a cifra de 14.000 soldados no Haiti. Washington tem já 5.800 soldados no terreno e hoje, é esperado outro contigente de 7.500 soldados. A estes são adicionados 1.000 membros da 82. ª Divisão Aerotransportada do Exército Corps.

ISABEL DOS SANTOS: UMA SENHORA PODEROSA...!!!

-
A mulher mais poderosa de Portugal é angolana
.
Portugal tem muitas mulheres importantes, algumas são ricas, poucas são poderosas. Uma é as três coisas
. Tem 36 anos e não é portuguesa. É a angolana Isabel dos Santos.
-
Dizem que detesta ser tratada como "a filha de José Eduardo dos Santos". Pela maneira como está a afirmar-se em Portugal, um dia trataremos o Presidente de Angola como "o pai de Isabel dos Santos". É a nova accionista da Zon. E de muitas outras empresas. Uma atrás da outra, todas lhe estendem tapetes. Tapetes verdes, da cor do dinheiro.

A mulher mais rica de Portugal, segundo a "Exame", é Maria do Carmo Moniz Galvão Espírito Santo Silva, com uma fortuna de 731 milhões de euros. Não tem metade do poder de Isabel dos Santos. E tem apenas uma fracção do seu dinheiro: só na Galp, BPI, Zon e BESA, a empresária angolana tem quase dois mil milhões de euros. Fora o resto.

A lista dos dez mais ricos de Portugal está aliás cheia de pessoas que fazem negócios com a família dos Santos. Américo Amorim é sócio de Isabel na Galp e no Banco BIC. Belmiro de Azevedo, segundo foi noticiado, quer ser parceiro de distribuição em Angola. O Grupo Espírito Santo tem interesses imobiliários, nos diamantes, na banca. Salvador Caetano tem concessões. O Coronel Luís Silva acaba de fechar negócio para vender acções da Zon a Isabel dos Santos. Zon onde João Pereira Coutinho e Joe Berardo são accionistas.

Da lista dos mais ricos, só a família Mello e Soares dos Santos estão "fora" da geografia. O "dinheiro dos angolanos" pesa sobre muitas consciências. Soares dos Santos foi o único a assumir publicamente o desdém pelos níveis de corrupção de Angola.

Isabel dos Santos é accionista da Zon e sócia da PT. É accionista do BPI e sócia do BES. É accionista da Galp e a Sonangol é parceira da EDP. A empresária garante que não tem relações com as actividades do seu pai e da estatal Sonangol. Identificando todos os interesses em causa, as relações de sociedades portuguesas alargam-se ainda à Caixa, Totta, BPN e Mota-Engil. Dá um índice bolsista.

O que faz com que tantas empresas portuguesas implorem para fazer negócios com Isabel dos Santos? E que Isabel "jogue" em equipas rivais, concorrentes confessos em Portugal, sem um pestanejo? Só uma coisa consegue tanto unanimismo: o dinheiro. A liquidez angolana, que desapareceu de Portugal. A contrapartida de acesso ao crescente mercado angolano. Os portugueses não abrem os braços a Isabel dos Santos, abrem-lhe as carteiras - estão vazias.

O casamento entre angolanos e portugueses tem as prioridades do das famílias feudais: o interesse está primeiro, o amor virá depois, se vier. E o interesse é recíproco: os angolanos são entronizados em Portugal e na Europa; os portugueses são-no em Angola e em África. Não há equívocos, há dinheiro.

Os últimos dois grandes negócios de Isabel dos Santos em Portugal, no BPI em 2008 e na Zon em 2009, tiveram uma curiosidade cabalística: ambos foram fechados na terceira semana de Dezembro, ambos de 10%, ambos por 164 milhões. Na Zon, pagou um prémio de 26% sobre a cotação. Comprou caro? Comprou mais barato que os accionistas que estão na empresa. Comprou bem.

Isabel e José Eduardo construíram um poder tão ramificado em empresas portuguesas que só o Estado e Grupo Espírito Santo os ultrapassarão. Tanta concentração de poder é mais ameaçadora do que uma nacionalidade. Em Portugal, Isabel e José Eduardo não são Santos da casa mas fazem milagres.

NOTÍCIAS DE INTERESSE

HAITI - IMAGENS

Tudo aos pobres lhes chega... Inclusivamente as iras da natureza...

MORTE ESTRANHA DE UMA FAMÍLIA TAILANDESA (???) EM MADRID

Legumes, Taoísmo e morte: o estranho caso da família Lee


Diminuir o tamanho do textoAumentar tamanho do texto



O silêncio da morte, a leste, por José Cabrera


Eles falam que a polícia descobriu os corpos: "Que as pessoas eram deixados para morrer '


Acredita na nossa Facebook sobre este terrível acontecimento


O cardápio vegetariano da família Lee


O "caminho escuro do Tao"


William Daniel ELM MADRID


Atualizado Segunda-feira, 18-01-10 às 13: 24


É agora quatro dias desde a descoberta do terrível três corpos dentro de uma casa em San Martin de Valdeiglesiass e que a investigação progride crescente preocupação sobre um evento que reúne pesquisadores de cabeça. Há suspeitas de muitos e ainda poucas certezas.

Era quinta-feira passada, quando a polícia descobriu no interior da residência da família Lee, na rua 35 Órbigo Benavides, San Martin de Valdeiglesias, os corpos de três membros, pai e dois filhos Tailandês (????) mesma família, com quem vivia, em aparente normalidade, os outros quatro. A mãe e três filhos do casal não tinha tomado qualquer medida de higiene para os três cadáveres estavam dentro da casa.

A descoberta surpreendente logo transcendeu a mídia começou a perceber os detalhes de uma investigação que se limita a rejeitar altamente preocupante. A autópsia indicou como hipótese mais provável para explicar a morte de intoxicação alimentar. Mas Que tipo de intoxicação é aguda o suficiente para ser fatal Parava três pessoas?. Nos últimos dias, alguns relatórios levantam a possibilidade de que as três vítimas foram envenenados

"Isso era nauseabundo"Essas perguntas foram logo começou a reagir muito grandes. A família Lee aparentemente foi muito religioso e especula-se que com base em suas crenças, suspeito da ciência ocidental e rejeitado por esta visita a um médico. Para ilustrar este Forna supostamente radical compreender sua religião, surgiu a suspeita de que Lee poderia estar sob a influência de um curandeiro que tinha uma lavagem cerebral deles. Os investigadores trabalham com essa possibilidade. Religiões orientais surgem aparelho ainda mais exóticas tornam este fato trágico.


Os investigadores que trabalham com a hipótese de que um curandeiro tradicional tinha uma lavagem cerebral para casar com Lee



Ele também transcende o depoimento de um funcionário que atendeu a família Lee, em uma de suas últimas visitas ao supermercado. Segundo ela, tal era o cheiro que emanava dos Lees que depois irão sentir indisposto. Um cheiro semelhante foi quem recebeu os agentes da Polícia Local de San Martin de Valdeiglesias, Diego e Angel Carrillo quando se tem permissão para acessar a tribunal casa funerária de Lima. "Foi revoltante. ABC relatou.

O mais recente desenvolvimento é que a equipa de investigação da Guarda Civil realizou registros extensivos na casa da família, que estava cheio de comida, especialmente vegetais. Acontece que Pikun Lee, que era o nome do pai, com sua Ford Transit alimentos distribuídos entre as lojas asiáticas na área. "Os pesquisadores temem que qualquer um dos produtos que causou este terrível acontecimento acaba no circuito comercial? Uma questão nova e terrível para um caso cheio deles
.

-

P.S. Dá-me a impressão que são naturais da Taiwan e não da Tailândia

Fonte: Jornal http://www.abc.es/ - Tradução automática por Google sem revisão

A INVENÇÃO DA GRIPE DOS PORCOS...

«A tranquibérnia
Por Henrique Custódio, jornalista
Curiosamente, até ao momento apenas o Correio da Manhã noticiou o escândalo:

A campanha mundial contra a «pandemia da gripe A» já rendeu cinco mil milhões de euros aos grandes laboratórios farmacêuticos, com o pormenor de a «pandemia» não ter existido, pelo linear facto de... ter sido inventada.

A acusação surge do próprio presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, o alemão Wolfgang Wodarg, ao afirmar que a campanha da «falsa pandemia da gripe, criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e outros institutos em benefício da indústria farmacêutica, é o maior escândalo do século em Medicina».

Este médico alemão é também responsável pela proposta a ser debatida com carácter de urgência no Conselho da Europa no próximo dia 25, alegando o exagero da OMS sobre os perigos da gripe A.
«O Conselho da Europa», acrescentou Wodarg, «vai organizar um debate sobre a influência da indústria farmacêutica na OMS e, posteriormente, serão informados dos resultados 47 parlamentos da Europa».

Os pormenores da tranquibérnia são avassaladores.

António Vaz Carneiro, Professor da Faculdade de Medicina de Lisboa, afirmou ao CM que os organismos científicos internacionais «reagiram de uma forma política, numa situação lamentável».
E pormenoriza: «A OMS avançou com a possibilidade, muito reduzida, de haver 71 milhões de mortos no Mundo [vítimas da gripe A].
A verdade é que até hoje morreram 12 mil no Mundo.
Valor muito abaixo da gripe sazonal, que só em Portugal mata dois mil por ano».

E esta monumental «previsão» da OMS, de que o Inverno faria 71 milhões de mortos no mundo com a gripe A, ainda por cima foi apresentada como uma «possibilidade reduzida», deixando no ar o terror de uma mortandade dantesca.
O que abriu caminho, obviamente, a que a generalidade dos países desenvolvidos (os únicos com dinheiro para gastar) se lançassem numa corrida à vacinação em massa.

As consequências são conhecidas, embora não haja, curiosamente, alarde do caso na comunicação social: as populações começaram a esquivar-se à toma da vacina ao verem os corpos clínicos e de enfermagem a dela também se furtarem; o Inverno, que traria uma mortandade de peste medieval, afinal parece que só «matou» o vírus da gripe A e, de repente, a Alemanha viu-se a braços com 25 milhões de vacinas excedentárias, a França com 50 milhões, a Espanha com 24 milhões, a Holanda com 19 milhões e a Suíça com 4,5 milhões (falando só de alguns casos), o que ao módico preço de 7,5 euros por dose dá uma batelada de milhões de euros deitados à rua, ou, melhor dizendo, lançados nas contas das grandes empresas farmacêuticas, cujos lucros também já estão devidamente contabilizados:

Até ao final deste 1.º trimestre de 2010, a Novartis vai embolsar 428 milhões de euros, a Sanofi 786 milhões, a Roche 1200 milhões e a GSK (norte-americana) uns módicos 2642 milhões.

Tudo graças a uma «pandemia» impingida ao Mundo a contra-relógio por entidades tão responsáveis como a Organização Mundial de Saúde e o Centro de Controlo de Doenças dos EUA e que são, nas palavras do Prof. Vaz Carneiro, «os grandes responsáveis por criarem um pânico infundado» com a gripe A. Aliás, tal como já haviam feito «com as vacas loucas e a gripe das aves»...

Na verdade, a grande pandemia que o Mundo enfrenta é mesmo o sistema capitalista que, obscenamente, até já doenças inventa para multiplicar os lucros. »

AS SUAS NOTÍCIAS DE HOJE 18.01.10

Capa do Correio da ManhãCorreio da Manhã

Ídolos: Solange salva pelo 'Resgate'
Hugo Chávez: Híperes nacionais
Cai ao Tejo após ataque
Ali Agca: Solto vai para a tropa
Marcelo R. Sousa: Desafio a Cavaco

Capa do PúblicoPúblico

Rave poupou 900 milhões no projecto TGV
Bolsa de Tóquio encerrou com o índice Nikkei a cair 1,15 por cento
Reviosta de imprensa: destaques de "O Jogo"
Reviosta de imprensa: destaques de "A Bola"
Sorteio do Joker (3/2010)

Capa do Diário de NotíciasDiário de Notícias

Especialistas arrasam 'spot' para 'gays'
Mortes caem 36 por cento em 12 anos com tratamentos
Testes de sida alargados aos centros de saúde
19 cães e dois gatos mortos em incêndio
AOFA quer anular cortes nas pensões de ex-combatentes

Capa do Jornal de NotíciasJornal de Notícias

Turquia: Libertado homem que tentou matar Papa em 1981
Globos de Ouro: Lista dos vencedores nas principais categorias
Japão: Bolsa de Tóquio encerra com Nikkei a cair 127,02 pontos (1,15 por cento)
Haiti/Sismo: "Vós não estais sós", diz Ban Ki-monn aos haitianos
Ucrânia/Eleições: Ianukovitch e Timochenko passam à segunda volta - Comissão Eleitoral

Capa do ii

Português descobre primeiro dinossauro da Bulgária
Pressão gay sobre Cavaco
Jorge Coelho e Luís Parreirão constituídos arguidos por causa de financiamento em Santarém
Falências disparam 50% em Portugal
Santana Lopes já tem assinaturas necessárias para congresso extraordinário do PSD

Capa do Diário EconómicoDiário Económico

“Não estão sós”, garante Ban Ki-monn
Petróleo não prova ganhos há oito sessões
Ajuda humanitária portuguesa já está no Haiti
Avatar conquista prémio de melhor filme dramático
Viagens para Caraíbas fazem sucesso na BTL

Capa do Jornal NegóciosJornal Negócios

Vídeo: Comprar ou arrendar casa?
Ministros das Finanças europeus debatem hoje quem será o próximo vice-presidente do BCE
Acções asiáticas descem com JPMorgan e confiança dos norte-americanos
Aumento dos preços ameaça países, depois de um ano de quedas
Brasil espera receber 16 milhões de turistas no Mundial e nas Olímpiadas

Capa do OjeOje

Bolsa de Tóquio encerra com Nikkei a cair 1,15%
Agenda de 18 de Janeiro
Lançada primeira corretora de carbono nacional
CMVM obriga Camargo a contra-OPA
Dívida pública alvo de forte especulação

Capa do DestakDestak

Portugal vence Luxemburgo e garante presença no "play-off"
Sondagens dão vitória a Victor Ianukovitch na primeira volta
Insegurança e violência dificultam missão humanitária
Sem misericórdia
Na frente, de pulso firme

Capa do 24 Horas24 Horas


Capa do A BolaA Bola

Ruben Micael assina até 2014
Rodriguez é o próximo alvo do dragão
Darrell, o fã n.º 1 dos Clippers (com vídeos)
Corinthians desilude no arranque do centenário
Jogo Contra a Pobreza: Ronaldo confirma ausência

Capa do RecordRecord

Chuva volta a interromper as partidas
Karlovic deixa Stepanek pelo caminho
Singulares
Ruben Micael dragão
Murray: »Espero ir mais longe este ano»

Capa do O JogoO Jogo

Valência: Treinador considera que ainda "há coisas a melhorar"
Maxi Pereira: “Não podemos descansar”
Saviola: "Foi uma vitória importante, num campo muito difícil"
Van der Gaag: “A segunda parte foi uma batalha”
Karaté: Nuno Dias conquista bronze em