Translator

sábado, 6 de março de 2010

COISAS E OUTRAS LOISAS ESTRANHAS NESTE PAÍS

.


E necessario um grande movimento de repudio, basta de silencio.

É preciso que se saiba que

"... se os portugueses comuns (os poucos que têm trabalho) ganham pouco mais de
metade (55%) do que se ganha na zona euro, os nossos gestores recebem, em
média:
- mais 32% do que os americanos;
- mais 22,5% do que os franceses;
- mais 55 % do que os finlandeses;
- mais 56,5% do que os suecos"

(dados de Manuel António Pina, Jornal de Notícias, 24/10/08)

E são estas bestas que chamam a nossa atenção porque "os portugueses gastam acima das suas possibilidades"

MENEZES DEMOLIDOR

.

Luís Filipe Menezes publicou hoje no 'DN' um artifo demolidor e contundente contra António Vitorino, algo de muito inesperado quando tudo indicava que teria existido um acordo entre Marcelo Rebelo de Sousa (PSD) e António Vitorino (PS) para um pacto de regime.


"(...) O que é óbvio é que o gabinete de advogados do seráfico dr. António Vitorino está entre a meia dúzia dos que intermedeiam mais de 90% dos grandes negócios de Estado e monopolizam as generosas assessorias da esmagadora maioria das grandes empresas privadas, bem como das públicas mais relevantes, com as apetitosas golden share à cabeça. Não há nenhum negócio público e parapúblico que não passe por eles. Chame-se Freeport, "Face Oculta", Moderna, aquisição de submarinos e aviões, abate de sobreiros, venda e compra de petróleo ou gás natural, de energias renováveis, etc., etc., etc..(...)

Os intocáveis
As audições de Manuela Moura Guedes e Francisco Pinto Balsemão na Comissão de Ética da Assembleia da República nada acrescentaram à delirante teoria da conspiração, denominada "atentado contra o Estado de direito", que, entre outros, envolve o primeiro-ministro.

Todavia, essas conversas distendidas alertaram o poder político e a opinião pública para a necessidade de reformas básicas e óbvias, que muito poderão ajudar a estabelecer um são convívio entre o poder dos media e o poder político.

Manuela Moura Guedes falou da influência do intocável dr. Vitorino no silenciar da TVI. Falou ainda de um jornalista, heterodoxo e pró-Governo, que sentindo-se mal na TVI transitou com tranquilidade para uma choruda assessoria no Taguspark.

Também o dr. Balsemão, no meio de generalidades ditas com boa pose e ar grandiloquente - que, pasme-se!, faz com que seja idolatrado pela mesma esquerda radical que o vilipendiava e queimava na fogueira, não vão lá muitos anos -, recuperou a tese de que os serviços públicos de comunicação social deviam viver sem acesso à publicidade comercial.

Comecemos por Manuela Moura Guedes. Ter-se-á de facto António Vitorino metido de permeio no affaire TVI? Pouco me importa. O que é óbvio é que o gabinete de advogados do seráfico dr. António Vitorino está entre a meia dúzia dos que intermedeiam mais de 90% dos grandes negócios de Estado e monopolizam as generosas assessorias da esmagadora maioria das grandes empresas privadas, bem como das públicas mais relevantes, com as apetitosas golden share à cabeça. Não há nenhum negócio público e parapúblico que não passe por eles. Chame-se Freeport, "Face Oculta", Moderna, aquisição de submarinos e aviões, abate de sobreiros, venda e compra de petróleo ou gás natural, de energias renováveis, etc., etc., etc..

Estruturalmente bem concebidos, pontificam nestes gabinetes ex-membros do Governo de vários partidos, colaboradores e ex-colaboradores presidenciais, cônjuges de banqueiros e quejandos. Um tentacular polvo, puro e cândido? Claro. Tudo escrupulosamente sério e legal. Que culpa têm esses gabinetes que um dos seus principais membros esteja, à vez, ou na oposição ou no Governo? Onde está a ilegitimidade, se um dos seus advogados é marido, mulher ou concubina(o) do banqueiro que tem a faca e o queijo na mão numa grande transacção internacional? Que maldade está subjacente, se um dos seus membros fizer um part-time em S. Bento ou Belém?

Era o que faltava, cercear a livre afirmação cívica de tais insubstituíveis competências! Para incompatibilidades já chegam as que, profilacticamente, são aplicáveis a esses inúteis, venais, e exorbitantemente bem pagos, titulares de cargos públicos.

Ao contrário, criminosos e de mau carácter, são esses miseráveis pés-descalços que andam por aí pelas empresas públicas a protegerem aqui e acolá o partido a que pertencem. Para não falar desse perigoso submundo de futebol, empreitadas, subsídios e autarquias!

Os outros, os jurisconsultos de colarinho esmeradamente branco, ar condicionado bem controlado e perfume parisiense, esses são impolutos, intocáveis e, coitados!, pagam tantos impostos!

Com uma diferença: estes decidem milhões, os maltrapilhos repartem tostões!!!

Os primeiros têm direito a defender-se na Judite Sousa; os segundos penam em longas prisões preventivas que lavam consciências.

Mas tudo isto poderia ser diferente? Claro que sim.

Bastaria que todo o outsourcing nestas áreas passasse a ser escolhido por concurso público. Que o Estado tivesse um departamento central de consultadoria jurídica, alicerçado num corpo alargado de bons profissionais, em full-time e substantivamente bem pagos. Também a Procuradoria-Geral da República deveria ter um departamento de consulta à administração, em vez do difícil e penoso acesso aos pareceres do seu Conselho Consultivo.

Por sua vez, uma Ordem dos Jornalistas devia elaborar um código deontológico exigente que estabelecesse um período de nojo, de cinco anos, para qualquer transferência entre a actividade profissional nos media e uma qualquer assessoria profissional pública ou privada.

Igualmente, jornalistas no activo só poderiam ascender à propriedade de órgãos de comunicação social após renunciarem à condição de jornalista por igual período de tempo.

A Entidade Reguladora da Comunicação Social e quejandos organismos arcaicos deviam ser extintos. A auto-regulação devia ser a única censura das redacções. O resto ficava para as leis e para os tribunais.

Finalmente, a defesa feita por Balsemão sobre a publicidade nos media. Há dois anos e meio defendi que a RTP e a RDP deviam deixar de angariar publicidade comercial. Por dois motivos: porque a taxa de audiovisual já tinha ultrapassado em receita muito mais do que estava previsto no contrato de viabilidade financeira da empresa e porque dessa forma se estava a dar um novo fôlego, leia-se independência económica e financeira - por isso política, aos principais grupos de comunicação. Fui então abandonado na praça pública, a começar pelo próprio dr. Balsemão. O então director do Público, um dos primeiros atingidos pela crise, desfez-me num editorial violento e sectário, hoje completamente ridículo mas que à época satisfazia o clã de amigos da Marmeleira.

É assim, nem sempre é bom ter razão antes do tempo.

Fica todavia a esperança de que, mesmo para os problemas mais bicudos, existem saídas e soluções. Haja esperança!

Luís Filipe de Menezes, in 'DN'
0 pauladas Hiperligações para esta mensagem

O HUGO - SENHOR JUIZ

.






Quando o magistrado Rui Teixeira é vetado para uma promoção a que tem
direito pela nota meritória da sua avaliação, certamente por ter cometido o
erro??!! De mandar prender suspeitos de pedofilia, pasmem meus senhores ,
pois neste mesmo país, o NOSSO, o acisado pedófilo Hugo Marçal vai poder
frequentar um estágio para Juiz...

Custa acreditar. Mas, o melhor, para quem tem dúvida, é consultar o Diário
da República. Isto é uma vergonha.

Meu pobre país, para onde vais!!!...

DIVULGUEM O MAIS POSSÍVEL
Escandaloso: HUGO MARÇAL ... JUÍZ ...!!!
Digam-me que isto é mentira!!!!!
Hugo Marçal... JUÍZ!!!!
Este processo das crianças violadas vai mesmo ficar em "águas de bacalhau".
É incrível a passividade do povo português face a este escândalo da
pedofilia. Tem que se fazer justiça!
Façam fwd do mail !!!!

"Hugo Marçal está em vias de ser admitido a frequentar o curso de auditor
de justiça do Centro de Estudos Judiciários.
O nome do arguido no processo de pedofilia da Casa Pia vem publicado no
Diário da República de ontem, entre centenas de candidatos a frequentar a
escola que forma os juízes portugueses, mas ao contrário dos outros,
Hugo Marçal não vai prestar provas....
Pelo facto de ser doutor em Direito - grau académico que terá obtido em
Espanha - está por lei
«isento da fase escrita e oral» e tem ainda
«preferência sobre os restantes candidatos».
Resultado: o advogado de Elvas está na prática à beira de ser seleccionado
para o curso que formará a próxima geração de magistrados!

O nome de Hugo Manuel S. Marçal surge na página 4961 do Diário da
República - 2.ª série, com o número 802, na lista de candidatos a ingressar no CEJ .

Se concluir o curso com aproveitamento e iniciar uma carreira nos tribunais
- primeiro como auditor de justiça, depois... Como juiz de direito - Marçal
terá também o privilégio de não ser julgado num tribunal de primeira
instância.»

AH, POIS É !!!

É O PAÍS QUE TEMOS !!!
ISTO É ESCANDALOSO E UM ATENTADO À DIGNIDADE DESTE PAÍS, SERÁ QUE O POVO NÃO
VAI SABER E ATUAR EM CONFORMIDADE COM ESTE ESCÂNDALO OU JÁ NÃO TEM DIGNIDADE
E NÃO SE IMPORTA

Por favor espalhem esta obscenidade pois alguma coisa tem que ser feita!!!

NÃO HÁ MESMO NADA A FZER...

.
Repassando tal como recebi...

Vao todos Para o Raio que os Partam...

Atentem no valor que o Bolso dos Portugueses terá de suportar para GARANTIR a existência e funcionamento (???) da “nossa” ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA.

Seguem-se algumas das rubricas Existentes no Orçamento que acaba de ser publicado em Diário da República.

Caso queiram consultar essa peça na íntegra só terão de ir ao site
WWW.dre.pt e acederem ao Diário da República nº 28 - I série- datado de 10 de Fevereiro de 2010 - RESOLUÇÃO da Assembleia da República nº 11/2010.

Então DELICIEM-SE :

1 - Vencimento de Deputados …………………................................. 12 milhões e 349 mil Euros
2- Ajudas de Custo de Deputados....................................................... 2 milhões e 724 mil Euros
3 - Transportes de Deputados .............................................................. 3 milhões e 869 mil Euros
4 - Deslocações e Estadas .................................................................... 2 milhões e 363 mil Euros
5 - Assistência Técnica (?????) .............................................................. 2 milhões e 948 mil Euros (deve ser para apertar alguns parafusos um tanto desapertados!)
6 - Outros Trabalhos Especializados (???????) ...................................... 3 milhões e 593 mil Euros ( quais ?...e pagos a quem ? )
7 - SERVIÇO RESTAURANTE,REFEITÓRIO,CAFETARIA............................. 961 mil Euros ( EIA ! Não chega à casa dos milhões !!! Andam a passar fome… )
8 - Subvenções aos Grupos Parlamentares................................................................ 970 mil Euros
9 - Equipamento de Informática ............................................................ 2 milhões e 110 mil Euros
10 - Outros Investimentos (??????) ....................................................... 2 milhões e 420 mil Euros
11 - Edificios ......................................................................................... 2 milhões e 686 mil Euros
12 – Transferências (???????) Diversas (????)...................................... 13 milhões e 506 mil Euros
13 - SUBVENÇÃO aos PARTIDOS representados
na Assembleia da República………………….......... 16 milhões e 977 mil Euros
14 - SUBVENÇÕES ESTATAIS PARA CAMPANHAS
ELEITORAIS .................................... 73 milhões e 798 mil Euros

Isto são algumas das rubricas do orçamento da ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA !

Em resumo : no total a despesa orçamentada para "aquela casinha", relativamente ao ano 2010 é :

191 405 356, 61 Cêntimos (191 Milhões 405 mil 356 Euros e 61 cêntimos) - Ver Folha 372 do acima identificado Diário da República nº 28 - 1ª Série -, de 10 de Fevereiro de 2010.


Nos termos do disposto no Artigo 148º. da Constituição da República Portuguesa :
"(...) A Assembleia da República tem o MINIMO de cento e oitenta deputados e o MÁXIMO de duzentos e trinta deputados, nos termos da Lei Eleitoral (...) ".
Eles são quantos ????? !...
CLARO CLARO !!!
230 que é o número MÁXIMO !...

E por aqui me fico.

Façam uma "contita" e vejam quanto pagamos por cada um daqueles “senhores” : 832.197,20 EUROS ( 166.840 CONTOS ! )
Por cada uma daquelas eminências !!!


Quanto a mais conclusões sobre a “essência” de algumas das rubricas orçamentais…, e quantas mais despesas relacionadas com aquela “casita” não estão incluídas naquele orçamentozito… fica para vocês!

( não pensem muito !... cuidado com as nauseas )


Não se esqueça de apertar o cinto, para não faltar nada a estes Srs!

VAMOS PASSAR,COMO AS BATATAS DA UNIÃO EUROPEIA, A TRANSGÉNICOS

.



O Luis Pacheco fez um "manguito" à pobreza envergonhada com os caracóis
Não é desconhecido dos portugueses (ainda bem) a portas a crise de desemprego e com ele a fome. Portugal um país com interior desertificado e habitado por velhos nas proximidades de ir desta para melhor, não sei como vai ser resolvido o problema de alimentação de uns 9 milhões de pessoas (não se inclue o milhão que vive mais ou menos).
.
A União Europeia acaba de aprovar a plantação da batata transgénica o que me diz que as populações europeias, não tardam, que apareçam por aí uns cientistas que inventem o europeu, humano, transgénico, modificando-lhe as características que a natureza lhes concedeu. Vão, com isto, em próximo futuro os bebés a ser “paridos” iguais, na altura, na barriga, no peso ficam iguais a batatas transgenificadas.
.
O que quero dizer, por exemplo, que os bisnetos do n
osso maior da União Europeia (ajudou a aprovação da batata transgénica), Durão Barroso já são transgénicos. Serão difícil de os identificar porque são transgénicos iguais e para ser conhecidos levam desde logo à nascença um, ship/piercingo no umbigo.
.
Ficam imunizados ao contágio da gripe dos porcos, para evitar que os americanos quando estão à rasquinha de massas voltem a inventar, outra vez a gripe porcina para alarmar a Europa e lhe compre biliões de dólares de vacinas, que não curam nem evitam gripe nenhuma e mata que se farta.
.
Mas deixando os transgénicidade das batatas da Europa, que por enquanto ainda não vêm resolver o problema da pobreza envergonhada em Portugal, ocorre-me à memória o Luís Pacheco, escritor e mais uma série de coisas que haja sido na vida, entre elas o ser pobre e olhou a miséria, com um sorriso e esteve-se nas tintas para a pobreza envergonhada.
.
O Pacheco, com 8 filhos de três mulheres, resolveu o seu problemas, de em vez de seus miúdos seguirem à porrada nos recreio da escola, mandava-os apanhar caracóis (Portugal é pródigo na cultura tratada e a selvagem) por onde os havia e tinha assim o problema da fome resolvido em casa.
.
Assim em vez de José Sócratres andar por aí a espalhar “merdas” de babelas, que nem para caracóis dá, deveria e já incentivar as populações seguirem para o lado da cultura de caracóis, enquanto a batata transgénica da Europa não chega.
José Martins

AS SUAS NOTÍCIAS DE HOJE 06.03.10

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Abrantes: Colisão fere dois
Populares espancam dois jovens
Emanuel dos Santos: 5500 na reforma
Sismo de 3.9 faz tremer o Algarve
João Rendeiro: Processo prioritário

Capa do Público Público

Administração Obama recua no julgamento civil do autor confesso do 11 de Setembro
Machado e Gil entram a ganhar na Taça Davis
Nova Iorque encerra em alta
Brown reconhece falhas numa guerra feita pelas “razões certas”
Sorteio do Euromilhões (10º/2009)

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Namorados abriram conta logo após Euromilhões
Violador de Telheiras é um engenheiro de 30 anos
"Há desalojados com medo de voltar a casa"
Sócrates e o sonho de Marcelo
Escolas querem ter equipas de psicólogos

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Domingos: "Há algo mais para ganhar"
F. C. Porto: Virar de página
SAD ainda olha para Andujar
Atlético atento a Carriço
PGR defende legislação para bullying

Capa do Diário Económico Diário Económico

Socialistas querem travar recibos verdes nas autarquias
Governo quer baixar a dívida com 32 novas privatizações
PEC conhecido num ambiente de menor pressão
Participações do Estado não vão ser vendidas ao desbarato
“Despesa pública total deve ser congelada até 2013”

Capa do A Bola A Bola

Pongolle dá tudo para ajudar a equipa
Luz é nona na Europa
Qual destes é o dragão verdadeiro?
«Quando estou no cume só oiço o meu coração a bater» – João Garcia
Taça Davis: Frederico Gil coloca Portugal em vantagem (2-0)

Capa do Record Record

Comissão Disciplinar abre inquérito ao Leixões-Benfica
Didier Deschamps: «Um adversário de grande nível»
Teste decisivo marcado para hoje
Carriço iniciou treino no relvado
Uma equipa à medida de Yannick

Capa do O Jogo O Jogo

Castro Santos: "Não fomos inferior ao adversário"
Lito Vidigal: “Vamos continuar a trabalhar para melhorar”
União de Leiria bate Leixões e reentra na luta pela Europa
"Nunca pensei no jogo da meia-final", Moncho López
Araújo lidera e Solberg vence primeira etapa no Rali do México

A PARADA DA PARÓDIA SABATINA

Ele há robalos que valem ouro

robalo de ouro

dança do sistema

Engraçado notar como nesta fase do "campeonato" as posições do PSD sejam tão parecidas com as do BE e as posições estratégicas do CDS com as do PCP. É o que dá aceitar participar no jogo num sistema que está viciado à partida.

jornal nacional

Uns, mafiosos, tudo fazem para calar vozes incomodas, outros ajudam-nos ao não serem credíveis nas acusações. De tanto querem bater acabam por nos deixar sem saber o que é verdade e o que são delírios. Estão bem uns para os outros.

transgenicos

A Comissão Europeia autorizou ontem o cultivo e comercialização de organismos geneticamente modificados na União Europeia. Trata-se da batata amflora e de três novas variedades de milho.Estes Organismos "ferneticamente" desejados estão aí. Não é só o ambiente e a saúde que são colocados em risco é também a vitória de poderosas multi-nacionais que já mostraram que não aceitam que nada nem ninguém se intrometa nos seus lucros fabulosos. Mais um mau sinal do futuro que alguns Senhores do Mundo, os defensores da Nova Ordem, estão a "montar" para nós.

labirinto desemprego

 culpado