Translator

sexta-feira, 12 de março de 2010


.
Suthep, faz votos para os “camisolas vermelhas” de não bloquear vias públicas e
invadir departamentos estatais.
.

Vice-Primeiro-Ministro Suthep Thaugsuban informou e prometeu dar por terminado o comício se os manifestantes bloquearem vias públicas e invadir departamentos estatais.

Suthep disse, ainda, de que não haveria problema se os manifestantes respeitassem a Lei.

"Mas, se violarem a Lei, como o bloqueio de estradas e invadindo departamentos, do governo, vamos ter de dispersar os manifestantes", disse Suthep.
The Nation
.
Junto às 11 da manhã, de hoje Sábado (13.03.10) os "camisolas vermelhas" de Sarabury (120 klms da capital) dirigem-se para os pontos de comícios em Banguecoque

O dinheirinho, continua a ser muito importante para o "farnel". Sem ele não há comícios e vivas ao Senhor Thaksin Shinawatra...



Manifestação dos camisolas vermelhas em Banguecoque (14 de Março)
.
Afluência dos Camisolas Vermelhas em Banguecoque
Fonte: The Nation - Tradução livre
Publicado em 13 de Março de 2010
.
Milhares de camisolas vermelhas dirigem-se para Banguecoque, de várias províncias, com a finalidade de participar na manifestação de amanhã, Domingo, em massa.
.
Uns rezam pela vitória, enquanto outros procuram fazer os farneis com alimentos e roupas para poder acampar, em Banguecoque, durante vários dias.
.
O reforço de manifestantes das províncias irá desempenhar um papel crucial para o movimento dos camisolas vermelhas, uma vez que a afluência aos seis lugares, agendados em Banguecoque, para a base de ajuntamentos foi, demasidamente, baixa.
.
Apesar da promessa dos líderes, dos vermelhos, mobilizar até um milhão de pessoas, as que de momento apareceram, em Banguecoque, situou-se em menos de 10.000 manifestantes
.
Várias fontes aventam que o número de manifestantes das províncias não vai ser enorme. Em verdade, um deles disse, que o número a ser mobilizado a partir do Nordeste foi de 30 por cento mais baixo do que o esperado.
.
"Muitos dos integrados voltaram para trás porque não estavam a ser compensados conforme lhes foi prometido.
.
Inicialmente, tinha sido estipulado, a promessa, do montante de 2.000 bates (cerca de 44 euros), mais o combustível gratuito, mas quando prontos para marchar com destino a Banguecoque, foram informados que só iriam receber 1.500 bates (cerca 33 euros) e teriam de suportar o combustível por sua conta” disse ontem uma fonte.
.
No entanto, dirigentes do movimento dos camisolas vermelhas, ontem, seguiram ocupados, em todo o país, a supervisionaram a viagem dos manifestantes com destino a Banguecoque.
.
Em Si Sa Ket, Thanet Kruarat, do partido Pheu, permitiu que os camisolas vermelhas enchessem os depósitos de combustível de seus veículos, gratuitamente, no posto do qual é proprietário. Cada um desses veículos foi decorado com um adesivo que designava: "Nós vamos recuperar a democracia".
.
"Vamos reunir pacificamente," os camisolas vermelhas de Si Sa Ket, declarou o líder Dr. Sawai Sodsai e, acrescentou que a sua província, por si só, vai incluir, pelo menos, 3.000 manifestantes.
-
Até agora, mais de 1.000 pessoas, em Maha Sarakham. Em Ubon Ratchathani juntaram-se, mais de 3.000 vindos de Khon Kaen. Do Norte, centenas de veículos, cheios de camisolas vermelhas, passaram em Nakhon Sawan .
.
Os líderes insistiram que o número de manifestantes que se situaria para cima de 100.000 dos que partem, hoje, das províncias em direcção a Banguecoque onde chegariam hoje.
.
Manifestantes do Sul, uma região considerado um reduto democrata, incluiu 200 pessoas de Krabi e 100 da Phatthalung.
.
"Vamos lutar com a Aliança Democrática contra a ditadura até o final para ajudar Thaksin Shinawatra voltar como primeiro-ministro.
.
Um líder acrescentou que seu partido iria cobrir as despesas de viagem aos manifestantes e reembolsados, à partida e não em Banguecoque.
.
Enquanto, isso, os camisolas vermelhas vaiaram Vice-Primeiro-Ministro Suthep Thaugsuban quando este surgiu no distrito de Ayutthaya em Wang Noi para inspecionar o posto de controle policial.
.
As autoridades puseram numerosos postos policiais entre Banguecoque e sete outras províncias.

Os "romeiros" vermelhos das províncias em peregrinação para Banguecoque. Por enquanto nada demonstram, as expectativas, do que os sinos badalaram - www.nationmultimedia.com



HUMOR
OS CAMISOLAS VERMELHAS DE AYUTHAYA, ARTILHADOS COM
BOLAS DE PEIXE PICANTE, PARA RESPONDER ÀS FORÇAS DE ORDEM, DURANTE OS COMÍCIOS, NO PRÓXIMO DOMINGO EM BANGUECOQUE

O paiol de produção de bombas de peixe picante

Membros do bloco vermelho de Ayutthaya do grupo pla ra (peixe fermentado) ontem encheram pequenos sacos de plásticos. O grupo disse que o peixe picante poderia ser usado para repelir''''autoridades se forem atacados durante o comício em Banguecoque, no domingo - Sunthorn PONGPAO Bangkok Post


Fotografias do movimento dos camisolas vermelhas na Tailândia em 12.03.10. Com a devida vênia do www.nationmultimedia.com

Que não haja violência

Publicado em: 12/03/2010 às 12:00 AM - www.bangkokpost.com

Moradores de Banguecoque estão mantendo seus dedos cruzados sobre como protesto em massa as camisas vermelhas "na capital neste fim de semana vai sair. O maciço das forças de segurança mobilizadas pelo governo, bem como as repetidas ameaças de dirigentes da Frente Unida para a Democracia contra a Ditadura (UDD) para um esforço total para derrubar o governo do primeiro-ministro Abhisit, vá contra as repetidas promessas de que o confronto seria mantido calmo.



A partir de ontem cedo, um cobertor de segurança, envolvendo cerca de 50.000 soldados, policiais e outros funcionários do Estado foi acionada para Banguecoque e províncias adjacentes. O porta-voz do Exército Sansern Kaewkamnerd disse ao povo em um programa televisivo especial da noite de quarta-feira que a implantação maciça de pessoal de segurança está destinado a facilitar os manifestantes e ao público em geral, especialmente os motoristas, que pode ser prejudicado por actividades dos manifestantes ". As forças de segurança não será armado. Eles estarão equipados apenas com escudos e cassetetes. Unidades SWAT só será chamado se os manifestantes violentos e transformar armas usar contra funcionários públicos ou membros do público.

Apesar de sua longa garantia que a retaliação armada seria o último recurso no controle de multidões, a mensagem enviada para fora está longe de ser reconfortante. A invocação da Lei de Segurança Interna, a implantação de um grande número de forças de segurança e postos de controle, a criação de um centro de manutenção da paz dentro do 11 º Regimento de Infantaria ea formação de uma nove especiais de emergência homem de gabinete são indícios de que o governo está se preparando para o pior. Comentários Primeiro-Ministro Abhisit de que o objetivo de as camisas vermelhas em seu protesto é "derrubar o tabuleiro de xadrez" confirmar que o governo está esperando nada, mas a paz do rali UDD.

Os líderes UDD prometeram fazer o seu protesto "batalha final" que não vai acabar sem sua vitória. O grupo prometeu trazer um milhão de apoiantes do ex-primeiro-ministro Thaksin Shinawatra, a sitiar a Banguecoque, forçar a saída do governo Abhisit e trazer uma nova eleição. Embora o número de pessoas a camisa vermelha líderes prometem trazer para Banguecoque pode ser exagerada, o tamanho da multidão estimada pelas autoridades do Estado ainda é grande o suficiente para pedir o processo em curso de alto nível de alerta de segurança para a capital e seus arredores .

Com o iminente confronto, ambos os lados têm de compreender que ninguém quer ver isso levar mais recente drama político para outra rodada de violência e derramamento de sangue. O país tem sofrido mais do que suficiente a partir deste conflito prolongado. Povo tailandês deve mostrar ao mundo que são civilizados o suficiente para resolver suas diferenças políticas de maneira civilizada.

Apesar de todos os tailandeses são garantidos por lei no seu direito de reunião pacífica para expressar suas convicções políticas, o uso da força ou a intimidação para derrubar um governo legítimo é algo que não pode ser aceite. É, portanto, necessário que os líderes do protesto através de suas ações provar que o que eles estão a organizar manifestação será pacífica e para a democracia real, não para satisfazer a vontade política de alguns indivíduos ou grupos de pessoas.

É o nosso apelo fervoroso que a paz eo bom senso prevaleça neste fim de semana. A violência não vai resolver qualquer conflito. O ditado que vencedores são aqueles que escrevem a história já não trabalha em uma sociedade aberta observado pela mídia local e internacional. Quem empregar meios violentos para alcançar objetivos políticos serão condenados. Eles serão lembrados por todos como os responsáveis por qualquer derramamento de sangue causado por este protesto.
Tradução Google sem revisão do texto em português

UNS TROCOS "PRÓ" PASSEIO E "PRÁ" MERENDA

Olha, Olha, o que está acontecendo em Nakhon Panom como camisolas vermelhas, locais (pró farnel), estão se preparando para sair para Banguecoque a aderir em massa a comícios no domingo - www.nationmultimedia.com - ligue o som.

Clique na imagem para a ver no tamanho

AS SUAS NOTÍCIAS DE HOJE 12.03.10

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Criança leva pistola para a sala de aula
‘Face oculta’: Suspeitas na EDP
Faro: Carro arde em plena rua
Pires de Lima: Mandatário de Fragoso
Scut: Marcha lenta na A41 e A42

Capa do Público Público

Professor vítima de bullying preferiu morrer a voltar ao 9º B
Sistema de declaração electrónica de IRS bloqueou
PS aceita proposta do PCP para tributar mais os lucros das empresas
Economia portuguesa corre risco de recessão técnica
Professor vítima de bullying preferiu morrer a voltar ao 9º B

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Governador civil nega suspeitas
"Pode haver candidatos até 19 de Março"
'Money for the boys' marca debate do Orçamento

Funcionários ameaçam bloquear Parlamento
PS voltaria a vencer folgado em eleições legislativas

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

José Mota entre autarcas de seis câmaras investigados pela PJ
Etarra que fugiu de Óbidos detido em Lisboa
Costinha: "André Villas-Boas? Não comento"
Accionistas mantêm venda à Ongoing
Liderança no PSD começa com luta pelos telejornais

Capa do i i

"O PSD não deve ter como objectivo deitar abaixo o Governo"
"Tentei convencer o Marcelo, mas vi logo que não havia hipótese"
Governo escolheu Magalhães. Só depois negociou com as operadoras
Cavaco. candidato sim, mas só em outubro

"Espero que fique claro que ninguém está acima da Lei"

Capa do Diário Económico Diário Económico

PT vai contratar seis mil colaboradores até ao final do ano
Etarra que fugiu de Óbidos detido em Lisboa quando tentava fugir do país
Barroso visita hoje a Madeira para assegurar apoios
Cavaco começa hoje Roteiro para a Juventude
Belmiro de Azevedo: “Estamos a andar em marcha atrás”

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Estudo conclui que JP Morgan e Citigroup contribuíram para a falência do Lehman
Rejeitadas propostas do PCP para eliminar e do CDS para reduzir PEC
Acer e JP Sá Couto apresentaram propostas para fornecerem "novos" Magalhães
As notícias em foco na edição de hoje, dia 12 de Março, no Negócios

Especulação de aumento de liquidez no Japão impulsiona Ásia

Capa do Oje Oje

Mota quer 120 milhões em Cabo Verde
Risco de recessão técnica ameaça metas do PEC
Portugal pode superar 31% de renováveis
Impresa regressa aos lucros e cash-flow operacional sobe 72%
Encomendas na TD atingem os 2.100 milhões

Capa do Destak Destak

Rir faz bem ao rim
O clamor das virgens
Famílias acabam 2009 mais ricas do que no início
Seja voluntário na limpeza de Portugal
Marinho Pinto: exame de acesso ao estágio é medida necessária contra "falsos licenciados"

Capa do 24 Horas
24 Horas


Capa do A Bola A Bola

Fucile a sobreviver ao caos
Por favor, não incomodar
Drogba eleito jogador africano de 2009
Indian Wells: Frederico Gil também eliminado na primeira ronda
Deschamps: «Não merecíamos perder»

Capa do Record Record

Pedro Mendes: «Fomos uma equipa unida e solidária»
Carlos Queiroz em observação
Já há reforços
Sexta-feira, dia 12 de março
Javi García: «Resultado ingrato»

Capa do O Jogo O Jogo

Ben Arfa: "A eliminatória está longe de estar resolvida"
Ramires diz que Marselha foi "adversário mais forte desta época"
Maxi Pereira: "Não merecíamos aquele golo amargo"
5.ª Taça do Mundo: Selecção russa domina primeiro dia da competição
Tiger Woods deve regressar em Abril para o Masters de Augusta