Translator

sexta-feira, 16 de abril de 2010

VEM À TERRA ILUSTRE DEFUNTO...!!!

.

O Estado “Social” a que os nossos actuais e recentes políticos nos levaram.
REPASSANDO......
A Lei 2105
Artigos de Opinião 2010-04-06 12:48
Corria o ano de 1960 quando foi publicada no "Diário do Governo" de 6 de Junho a Lei 2105, com a assinatura de Américo Tomaz, Presidente da República, e do Presidente do Conselho de Ministros, Oliveira Salazar.
Conforme nos descreve Pedro Jorge de Castro no seu livro "Salazar e os milionários", publicado pela Quetzal em 2009, essa lei destinou-se a disciplinar e moralizar as remunerações recebidas pelos gestores do Estado, fosse em que tipo de estabelecimentos fosse.
Eram abrangidos os organismos estatais, as empresas concessionárias de serviços públicos onde o Estado tivesse participação accionista, ou ainda aquelas que usufruíssem de financiamentos públicos ou "que explorassem actividades em regime de exclusivo".
Não escapava nada onde houvesse investimento do dinheiro dos contribuintes. E que dizia, em resumo, a Lei 2105? Dizia que ninguém que ocupasse esses lugares de responsabilidade pública podia ganhar mais do que um Ministro.
Claro que muitos empresários andaram logo a espiolhar as falhas e os buraquinhos por onde a 2105 pudesse ser torneada, o que terão de certo modo conseguido devido à redacção do diploma, que permitia aos administradores, segundo transcreve o autor do livro, "receber ainda importâncias até ao limite estabelecido, se aos empregados e trabalhadores da empresa for atribuída participação nos lucros".
A publicação desta lei altamente moralizadora ocorreu no Estado Novo de Salazar, vai dentro de 2 meses fazer 50 anos.
Catorze anos depois desta lei "fascista", em 13 de Setembro de 1974 (e seguindo sempre o que nos explica o livro de Pedro Castro), o Governo de Vasco Gonçalves, recém-saído do 25 de Abril, pegou na ambiguidade da Lei 2105 e, através do Decreto Lei 446/74, limitou os vencimentos dos gestores públicos e semi-públicos ao salário máximo de 1,5 vezes o vencimento de um Secretário de Estado.
Vendo bem, Vasco Gonçalves, Silva Lopes e Rui Vilar, quando assinaram o 446/74, passaram simplesmente os vencimentos dos gestores do Estado do dobro do que ganhava um Ministro para uma vez e meia do que ganhava um Secretário de Estado.
O Decreto- Lei justificava a correcção pelo facto da redacção pouco precisa da 2105 permitir "interpretações abusivas" permitindo "elevados vencimentos e não menos excessivas pensões de reforma".
Ao lermos esta legislação hoje, dá a impressão que se mudou, não de país, mas de planeta, porque isto era no tempo do "fascismo" (Lei 2105) ou do "comunismo" (Dec. Lei 446/74).
Agora, é tudo muito melhor, sobretudo para os reis da fartazana que são os gestores do Estado dos nossos dias. Não admira, porque mudando-se os tempos, mudam-se as vontades, e onde o sector do Estado pesava 17% do PIB no auge da guerra colonial, com todas as suas brutais despesas, pesa agora 50%.
E, como todos sabemos, é preciso gente muito competente e soberanamente bem paga para gerir os nossos dinheirinhos. Tão bem paga é essa gente que o homem que preside aos destinos da TAP, Fernando Pinto, que é o campeão dos salários de empresas públicas em Portugal (se fosse no Brasil, de onde veio, o problema não era nosso) ganha a monstruosidade de 420000 euros por mês, um "pouco" mais que Henrique Granadeiro, o presidente da PT, o qual aufere a módica quantia de 365000 mensais.
Aliás, estes dois são apenas o topo de uma imensa corte de gente que come e dorme à sombra do orçamento e do sacrifício dos contribuintes, como se pode ver pela lista divulgada recentemente por um jornal semanário, onde vêm nomes sonantes da nossa praça, dignos representantes do despautério e da pouca vergonha a que chegou a vida pública portuguesa.
Assim - e seguindo sempre a linha do que foi publicado - conhecem-se 14 gestores públicos que ganham mais de 100000 euros por mês, dos quais 10 vencem mais de 200000.
O ex-governador do Banco de Portugal, Vítor Constâncio, o mesmo que estima à centésima o valor do défice português, embora nunca tenha acertado no seu valor real, ganhava 250000 euros/mês, antes de ir para o exílio dourado de Vice-Presidente do Banco Central Europeu.
Não averiguei quanto irá vencer pela Europa, mas quase aposto que não será tanto como ganhava aqui na santa terra lusitana.
Entretanto, para poupar uns 400 milhões nas deficitárias contas do Estado, o governo não hesita em cortar benefícios fiscais a pessoas que ganham por mês um centésimo, ou mesmo 200 e 300 vezes menos que os homens (porque, curiosamente, são todos homens...) da lista dourada que o "Sol" deu à luz há pouco tempo.
Curioso é também comparar este valores salariais com os que vemos pagar a personalidades mundiais como o Presidente e o Vice-Presidente dos EUA, os Presidentes da França, da Rússia, e...de Portugal.
Acabemos de vez com este desbragamento, este verdadeiro insulto à dignidade de quem trabalha para conseguir atingir a meta de pagar as contas no fim do mês. Não é preciso muito, nem sequer é preciso ir tão longe como o DL 446 de Vasco Gonçalves, Silva Lopes e Rui Vilar: basta ressuscitar a velhinha, mas pelos vistos revolucionária Lei 2105, assinada há 50 anos por Oliveira Salazar
Um abraço
RAM

JUDEUS NO BRASIL

.

Participação dos judeus na introdução da cana de açúcar no Brasil.

A suposição de que predominavam os judeus entre esses primeiros colonizadores do Brasil é corroborada pelo facto inconteste de que a indústria do açúcar já vinha sendo, desde muitos anos antes, a ocupação preferencial dos judeus das ilhas da Madeira e de São Tomé, de onde provavelmente foi a cana de açúcar transplantada para o Brasil. Assim, pois, nesse período de transicção, de 1515 a 1530, em que o Governo de Portugal fez os primeiros ensaios de controle e ocupação do território brasileiro, parece ter cabido aos judeus uma parcela fundamental no cumprimento dessa tarefa, como primeiros colonizadores do Brasil. http://colecao.judaismo.tryte.com.br/livro10.htm (Enviado por amigo do Brasil Tarciso Couceiro)

video

Interessante video. Olhando os paus usados pelos homens, bem nos dá uma certa razão que os paus, de tradição do jogo e defesa foi levada de Portugal. O jogo do pau, esteve ligado aos portugueses, por séculos, principalmente, aos que viviam nas regiões do interior onde os judeus se refugiaram, nas terras montanhosas da Beira Alta e Trás-os-Montes com a finalidade de se esconderam da Santa Inquisição que os perseguia ferozmente.
José Martins

QUE FIQUEM POR LÁ. PRAGAS JÁ TEMOS MUITAS EM PORTUGAL

.


.
Cinzas de vulcão na Islândia
Cavaco fica em Praga pelo menos até amanhã de manhã
O Presidente da República vai ficar pelo menos até sábado de manhã em Praga, adiando o regresso a Lisboa previsto para o final da tarde de hoje, depois do encerramento do espaço aéreo da República Checa...
Portugal com 426 voos cancelados em dois dias
Islândia/Vulcão: Voos cancelados pela TAP afectaram hoje 9000 passageiros

PRONTO RUI PEDRO ESTÁS PERDOADO...!!!



16 Abril 2010 - 22h23

Declarações de Henrique Granadeiro

"Não há nenhuma condenação" a Rui Pedro Soares (COM VÍDEO)

Questionado pelo CM se a acusação do Ministério Público ao ex-administrador Rui Pedro Soares no caso Taguspark poderá dar origem a um despedimento por justa causa, Henrique Granadeiro apenas referiu que a empresa “respeita o processo judicial”.

“Nesta fase não temos que nos pronunciar. Tanto quanto sei não há nenhuma condenação, mas apenas uma acusação", disse o presidente da Portugal Telecom.

video

SÓCRATES E A SUA PEIXEIRADA NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

.

Sócrates: "Manso é a tua tia, pá" (COM VÍDEO)

Os debates parlamentares entre Francisco Louçã e José Sócrates costumam ser sempre efusivos e dos mais animados na Assembleia da República. Mas esta sexta-feira, a troca de ideias (...)

video

Tailândia Política:'Base no rally cores contra camisas vermelhas´

.

Milhares de manifestantes contra a dissolução do parlamento têm convergido para o quartel do 11 º Regimento de Infantaria base em uma demonstração de apoio moral para o governo e os militares.

Cerca de 5.000 pessoas vestidas com trajes coloridos diferentes se reúnem fora do quartel do 11 º Regimento de Infantaria da Bang Khen, distrito, em uma demonstração de apoio ao governo e os militares. Eles se opõem a uma dissolução antecipada House, como solicitado pela manifestantes anti-governo camisa vermelha. ISSARA BOONYEN

Prometem se reunir na Victory Monument para apoiar o governo a cada dia.

Reunião de sexta-feira contra as exigências da camisa vermelha Frente Unida para a Democracia contra a Ditadura, que tem apelado repetidamente ao governo Abhisit para dissolver a Câmara dos Deputados.

Os manifestantes também apelaram de uma acção legal a serem tomada contra o rali camisas vermelhas no cruzamento da avenida Ratchaprasong para restabelecer a paz e a normalidade do capital.

Muitos dos manifestantes pertencem a uma comunidade de grupos no Facebook e Twitter em listas organizadas no âmbito de um''não'', aos distúrbios, são as cores de bandeira.

Alguns fazem parte da rede chamado''''voluntariado civil para a protecção nacional, liderado por Tul Sittisomwong, o coordenador da rede e um médico professor na Universidade de Chulalongkorn, faculdade de medicina.

O grupo enviou uma mensagem ao primeiro-ministro Abhisit Vejjajiva dizendo que eles se opõem a uma dissolução do Parlamento, cedo e espero que ele continue fazendo seu trabalho.

_ O grupo composto por funcionários públicos, empresários, vendedores, trabalhadores, jornalistas, os alunos e as redes sociais online - também exortou os militares a fazer mais para fazer cumprir rigorosamente a lei contra os acusados de planejarem os choques sangrentos em 10 de abril na intersecção Khok Wua, que levou a 24 mortes e pelo menos 800 feridos.

''O problema que o país enfrenta agora, não podem ser resolvidos apenas pela política.

''Ele voltou em terrorismo e só a estratégia militar e rigorosa aplicação da lei pode combater tais actos,''a afirmação do grupo, disse.

''É dever dos militares como soldados de Sua Majestade o Rei de proteger a soberania e a segurança da nação.''

Detalhes da declaração de duas páginas incluídas também a sua decepção com os comentários chefe do exército Anupong Paojinda, de que a política só poderia resolver a situação política actual.

O comunicado, emitido entre ramos de flores e outras mensagens de apoio para o Sr. Abhisit, foi entregue ao actual porta-voz do governo, Panitan Wattanayagorn e do Centro para a Resolução de Situações de Emergência (CRES), porta-voz do coronel Sansern Kaewkamnerd.

Falando no protesto, oficial do Exército, aposentado, Pathompong Kesornsuk disse que o governo e os militares poderiam ter sido enfraquecidos pelos males que alguns traíram com informações confidenciais que levou aos confrontos em 10 de abril.

No entanto, o primeiro-ministro e altos comandantes militares devem ter o cuidado com os que morreram ou foram feridos durante a violência, disse ele.

Gen Pathompong é um defensor da Aliança do Povo para a Democracia que se opôs o primeiro-ministro deposto Thaksin Shinawatra e trouxe a Somchai Wongsawat ao governo, de joelhos, no final de 2008 através da organização de protestos, incluindo um bloqueio de uma semana do aeroporto de Suvarnabhumi.

Lamduan Muhammad disse:''Estou muito deprimido por causa da violência em 10 de abril.

''Por favor, pare ferir seu colega tais a nação.''

Um vendedor de carne de galinha de 57 anos pediu para não ser identificado disse que seu negócio no mercado dos produtos frescos Mahanak tinha sido ferido durante um mês com os protestos dos camisas vermelhas e desejava que o governo encontrasse um fim para os problemas políticos em breve.

Sobre o autor

columnist
Escritor: Apiradee Treerutkuarkul
Posição: Reporter

SARKOZY O "NAPOLEÃOZITO" DE FRANÇA

.
Vou reabilitar o trabalho !
As palavras do presidente eleito da França soam como o violino de Paganini.
C
aso faça sentido para você, repasse.
Derrotamos a frivolidade e a hipocrisia dos intelectuais progressistas.
O pensamento único é daquele que sabe tudo e que condena a política enquanto a mesma é praticada.
Não vamos permitir a mercantilização de um mundo onde não há lugar para a cultura: desde 1968 não se podia falar da moral.
Haviam-nos imposto o relativismo.
A idéia de que tudo é igual, o verdadeiro e o falso, o belo e o feio, que o aluno vale tanto quanto o mestre, que não se pode dar notas para não traumatizar o mau estudante.
Fizeram-nos crer que a vítima conta menos que o delinqüente.
Que a autoridade estava morta, que as boas maneiras haviam terminado. Que não havia nada sagrado, nada admirável.
Era o slogan de maio de 68 nas paredes de Sorbone: 'Viver sem obrigações e gozar sem trabalhar'.
Quiseram terminar com a escola de excelência e do civismo. Assassinaram os escrúpulos e a ética.
Uma esquerda hipócrita que permitia indemnizações milionárias aos grandes executivos e o triunfo do predador sobre o empreendedor.
Esta esquerda está na política, nos meios de comunicação, na economia.
Ela tomou o gosto do poder.
A crise da cultura do trabalho é uma crise moral. Vou reabilitar o trabalho.
Deixaram sem poder as forças da ordem e criaram uma farsa: 'abriu-se uma fossa entre a polícia e a juventude'. Os vândalos são bons e a polícia é má.
Como se a sociedade fosse sempre culpada e o delinqüente, inocente.
Defendem os serviços públicos, mas jamais usam o transporte coletivo. Amam tanto a escola pública, e seus filhos estudam em colégios privados. Dizem adorar a periferia e jamais vivem nela.
Assinam petições quando se expulsa um invasor de moradia, mas não aceitam que o mesmo se instale em sua casa.
Essa esquerda que desde maio de 1968 renunciou o mérito e o esforço, que atiça o ódio contra a família, contra a sociedade e contra a República.
Isto não pode ser perpetuado num país como a França e por isso estou aqui.
Não podemos inventar impostos para estimular aquele que cobra do Estado sem trabalhar. Quero criar uma cidadania de deveres.
“Primeiro os deveres, depois os direitos."
Nicolas Sarkozy presidente da França
O texto acima é do discurso de posse do presidente francês Nicolas Sarkozy dando um recado aos que se a costumaram a viver como proxenetas de um discurso esquerdista e que sempre alimentou aos que não sabem pensar por conta própria.
FORMA EXACTA
Até parece que Sarkozy falou para os nossos intelectuais e para a esquerda tupiniquim.
O intelectual brasileiro esquerdista ama Cuba e fala das maravilhas da ilha do Dr. Castro, mas o apartamento para férias está em Paris.
Cuba só em audiovisual. (Não é Sr. Chico Buarque?)
Quando nossos políticos de coragem (se é que existem!) assumirem o tom de Sarkozy, será dada a partida para nossa redenção. ...
E se você não é daqueles aninhados nas benesses do poder, nem tem bolsa; passe a frente!

AVIÃO DA RED BULL DESPENHA-SE NA AUSTRÁLIA

Que as "Alminhas da Ponte" da Ribeira do Porto, proteja a assistência de uma desgraça semelhante.
video

De: http://pauparatodaaobra.blogspot.com

DAS PROFUNDEZAS DO SILENCIOSO SEGREDO

.2000 milhões submarinos

A Comissão Parlamentar para investigar a compra dos submarinos vai ser feita à porta fechada, longe dos ouvidos dos cidadãos e o PS e o PSD uniram-se para impedir que fosse criada uma comissão de inquérito. Eles lá sabem porquê.

0 Pastagens Link

TAILÂNDIA: NEGOCIAÇÕES PODEM RESOLVER A CRISE DO TURISMO

.
Negociação a chave para resolver o impasse
• Publicado em: 16/04/2010 às 08:51
• Notícia: Breakingnews
A
Federação das Associações de Turismo da Tailândia (fetta) vê a negociação como o caminho para acabar com o confronto entre o governo e os manifestantes camisas vermelhas
-
A federação se reunirá na próxima quarta-feira (22 do corrente) para elaborar a sua posição e irá propor aos camisas vermelhas que entrem em negociações com o Governo, disse Apichart Sankary, membro executivo da fetta.
.
Ele disse que o sector privado estava extremamente preocupado com o conflito na sociedade tailandesa, especialmente o envolvimento, aparente, das partes não identificadas no confronto sangrento em 10 de abril.
.
"Estamos preocupados sobre como a nossa sociedade possa avançar quando muitos soldados e pessoas morreram. A situação pode deteriorar-se, como tem acontecido na Birmânia,''disse.
.
Na sua opinião, a dissolução do Parlamento ou a renúncia do primeiro-ministro não iria resolver o conflito. "O sector empresarial não quer ver mais violência ou terrorismo na sociedade,'', acrescentou.
.
Prakit Chinamornpong, o presidente da Associação Tailandesa de Hoteis, disse que actualmente não há novas reservas para a época baixa do turismo a partir de Maio a Setembro. Os visitantes dos mercados asiáticos, como China, Hong Kong, Singapura e Taiwan, normalmente ajudam a manter a ocupação na baixa temporada em 50-60%.
.
Ele diz que mais promoções podem ser necessários, semelhante, às do ano passado, quando os hotéis e operadores turísticos reduzirem os preços em 30% para incentivar os tailandeses para viajar a nível nacional para compensar os poucos visitantes estrangeiros.

Fonte: www.bangkokpost.com

QUANDO A COMICHÃO CHEGA À PIRIQUITA...

O melhor é coçá-la

video

A CAIXA DE CHARUTOS PARA O SENHOR SILVA DE BELÉM VEM DE PRAGA

.
Mas para que o Senhor Silva de Belém deve estar nervoso? Bonito palácio para viver...Melhor salário e mais outras mordomias não há razão de nervos. O senhor Silva de Belém foi também um enorme "buraco" na política portuguesa... Vejam lá até dizia que não tinha (depois do interregno) ambições políticas! Quem devem estar nervosos são os portugueses que cada vez mais estão no caminho da pobreza. José Martins

Visita oficial de Cavaco Silva
Václav Klaus surpreendido pela falta de nervosismo de Portugal
16.04.2010 - 12:24 Por Maria José Oliveira, em Praga
Na abertura do fórum económico que juntou empresários checos e portugueses, Václav Klaus manifestou a sua admiração por Portugal não estar “nervoso” perante um défice público tão alto.
Cavaco Silva realiza uma visita de Estado à República Checa (David W Cerny/Reuters)

Um dia depois de afirmado ser “inimaginável que alguns países europeus possam admitir determinados défices” e de ter apontado a responsabilidade dos governantes face ao desequilíbrio das contas públicas, o Presidente da República Checa voltou hoje a surpreender Cavaco Silva, que está em Praga numa visita de Estado.

Diante de mais de uma centena de empresários checos e portugueses, reunidos num seminário para estabelecer contactos, Klaus foi implacável: “Fico muito surpreendido por Portugal não estar nervoso por ter um défice de oito por cento”, disse, num tom irónico.

Cavaco Silva esboçou um breve sorriso. E Klaus continuou: “É uma história interessante. Espero que não estejam aqui jornalistas.” A assistência, maioritariamente composta por empresários checos, riu-se. Mas o ambiente entre os homens de negócios portugueses ficou pesado.

Klaus tentou, então, amenizar as críticas, apontando acreditar que a economia vai recuperar – “e não serão os governos a fazer essa recuperação, mas sim vocês”, afirmou, dirigindo-se aos empresários.

O Presidente da República português falou logo a seguir, mas optou por ignorar as provocações de Klaus. Leu o seu discurso sem qualquer aparte, sublinhando as oportunidades de parcerias comerciais entre a República Checa e Portugal.

Contudo, a intervenção de Klaus já tinha deixado uma marca indelével no seminário, que, aparentemente, não foi contrariada pelas palavras de alento de Cavaco Silva.
Público

O RUI PEDRO UM "RAPAZ" FAMOSO NA NOSSA PRAÇA DE ESQUEMAS


Esquema

Reuniões secretas para controlar a TVI

por CARLOS RODRIGUES LIMA - Diário de Notícias

"Pessoas exteriores à PT e à Tagus" pediram um parecer a Júdice. Rui Moreira, da Associação Comercial do Porto, nega ligação.

A eventual entrada da Taguspark (TP) na TVI foi pensada e discutida por "pessoas exteriores" ao próprio parque tecnológico e à Portugal Telecom, uma dos seus accionistas. Esta revelação foi feita pelo antigo administrador Rui Pedro Soares nas declarações que prestou no processo em que é arguido por corrupção passiva no caso sobre o contrato de Figo com a TP e o apoio do futebolista a José Sócrates nas legislativas de 2009.

Da análise aos vários depoimentos fica claro que a questão foi pensada em 2008, chegando a ocorrer "três reuniões" com as tais "pessoas exteriores". Mas foi, formalmente, abandonada em finais desse ano. Porém, em 2009, Rui Pedro Soares - sem o conhecimento, segundo os próprios, de Zeinal Bava e Henrique Granadeiro - terá retomado o projecto.

Confrontado com um documento apreendido intitulado "Algumas ideias para a negociação no assunto Tagus", que apontava alguns caminhos jurídicos para a entrada do parque tecnológico na Media Capital (a dona da TVI) - um parecer do advogado José Miguel Júdice -, Rui Pedro Soares começou por dizer que já em 2008 recebera um documento idêntico.

Acrescentando depois tratar-se de um documento "realizado a pedido de um conjunto de pessoas que conversaram sobre o assunto e que incluíam o presidente da TP, Américo Thomati", o próprio Rui Pedro Soares, "e outras pessoas exteriores à TP e à PT, tal como o presidente da Associação Comercial do Porto". Contactado pelo DN, Rui Moreira disse que o ex-administrador da PT é dirigente da ACP, negando que alguma vez tivesse participado em reuniões ou conversas sobre o assunto em causa. Rui Pedro Soares sublinhou que, apesar da discussão, não partilhou da ideia.

Uma fonte que esteve por dentro destas movimentações (e que solicitou o anonimato) revelou que ao advogado José Miguel Júdice foi pedido um parecer sobre a hipótese de a TP entrar na Media Capital sem que tal obrigasse a um aval do Governo.

A mesma fonte, porém, não esclareceu se o objectivo era contornar o tal aval ou a operação realizar-se de forma a não comprometer o Governo. O que acabou por acontecer com a notícia do interesse da PT na TVI. Aliás, numa escuta telefónica do processo "Face Oculta", Rui Pedro Soares - que ontem não atendeu as chamadas do DN - comentou que José Miguel Júdice "inventou uma solução de antologia".

Questionado sobre o tal parecer, Américo Thomati, presidente da TP, afirmou conhecê-lo, mas, para si, a "questão morreu em Outubro de 2008".

Por sua vez, Zeinal Bava e Henrique Granadeiro (presidente executivo e chairman da PT, respectivamente) garantiram ao Ministério Público (MP) desconhecer em absoluto tal documento. O chairman até se mostrou incomodado com o facto de um estudo sobre notoriedade de figuras pública incluir a tendência partidária da amostra

O GRANDE ESCAPE EM BANGUECOQUE COM VIDEO

Pois é isso... Os valentes também se borram de medo quando a Justiça os quer agarrar para prestar contas...

video

O ORGULHO DOS BENFIQUISTAS


RAIDE DA POLÍCIA AO HOTEL ABORTADO

.

ACTUALIZADO - líder dos camisas vermelhas, Arisman Pongruengrong desce do quarto onde estava hospedado para evitar a prisão, com a ajuda de uma corda a partir do terceiro andar, quando as forças de segurança estava a levar a cabo a busca a um hotel de Banguecoque, na manhã de hoje (sexta-feira) para prender os líderes dos camisas vermelhas. (Foto por Nakachol Kosol)

O GRANDE ESCAPE EM BANGUECOQUE


O GRANDE ESCAPE, DO HOTEL ONDE UM LÍDER CAMISAS VERMELHAS ESTAVA HOSPEDADO

ENTRADAS DE LEÃO E SAÍDAS DE AGENTE SECRETO 007 BORRADO DE MEDO

Arisamun Pongruengrong scaled down a rope from balcony of his room on the third floor to a back of a pickup full of red shirts protesters.

Arisamun Pongruengrong, um dos líderes camisas vermelhas, foge do 3º andar, descendo agarrado a um corda, na altura que a polícia lhe iria deitar a mão. Na foto, na varanda das traseiras do hotel, onde estava hospedado, como outros líderes é ajudado por um seu corregelionário. No solo uma camioneta esperava por ele para o resgatar e colocar a salvo.

COINCIDÊNCIAS QUE FAZEM PENSAR....

COINCIDÊNCIAS QUE FAZEM PENSAR.....



Notícia de ontem do site da RTP:
*40% dos portugueses com perturbações mentais*
Sondagem da semana passada divulgada na comunicação social:
*PS recolhe 40% da preferência de voto dos Portugueses*

E ainda há quem não acredite em sondagens...

AS SUAS NOTÍCIAS NO DIA 16.04.10

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Explicar escutas
Retirada das tropas
Bairro da Bela Vista
Dexaval-O: Remédio esgotado
Solitário armado ataca loja de ouro

Capa do Público Público

Grécia a um passo de pedir activação da ajuda financeira da zona euro e do FMI
Augusto Santos Silva defende trabalho da Comissão das Contrapartidas militares
Preços dos combustíveis já aumentaram mais de sete por cento desde o início do ano
Nova Iorque fecha em alta
Barack Obama quer astronautas a viajar até Marte em meados da década de 2030

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Professores saem à rua na segunda-feira
Matou ex-companheira na presença do filho dela
Juiz propôs ao Governo alargar modelo arbitral
Guarnição do 'Tridente' passa no exame final
Grupo traficava automóveis

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Nuvem de cinzas trava milhares de voos
Ortopedia fica e Urgência reforçada com internistas
Filas no Porto para troca de voos
Esperadas novas eleições e novo cenário
Crianças regressam a escola requalificada

Capa do i i

Enfermeiros juntam-se aos médicos na defesa do fecho do SAP de Valença
Miguel Macedo. Este é o homem que Sócrates vai ter hoje de enfrentar
PGR recusa impedir destruição de escutas pedida por Paulo Penedos
Negócio Taguspark/TVI. Granadeiro e Bava tiram o tapete a Rui Pedro Soares
Metade do pessoal do Estado vai gozar as férias papais

Capa do Diário Económico Diário Económico

Portugal continua fora da rota da nuvem de cinzas
Parpública vota contra proposta para os salários na EDP
Empréstimo do Benfica sujeito a rateio
Águas Luso investe sete milhões para deixar o país em forma
Económicos reforçam crescimento em ano de fraca recuperação

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Receios quanto ao ritmo de crescimento dos EUA e subida do dólar penalizam petróleo
Bolsas asiáticas corrigem de máximos de 20 meses
Ecofin discute hoje nova taxa sobre o sector bancário
Vulcão provoca o cancelamento de mais 84 voos nos aeroportos portugueses


As notícias em foco na edição de hoje, dia 16 de Abril, no Negócios

Capa do Oje Oje

Wall Street encerra em alta pela sexta sessão consecutiva
Altri regressa aos lucros em 2010
Alta Velocidade arranca em Portugal
Grécia reúne-se com Bruxelas, BCE e FMI e pode accionar plano de ajuda
“As lideranças empresariais desempenham um papel determinante para o sucesso nos mercados”

Capa do Destak Destak

Samanta Castilho dá a cara por Açaí Slim
O exército dos ex
"Não é uma boa época, porque queremos ganhar sempre tudo", Pinto da Costa
Mestiços são os mais bonitos
A importância de dormir

Capa do 24 Horas

24 Horas


Capa do A Bola A Bola

Treinador em discussão
«Abel Braga está disponível...» – Scolari
«Estamos optimistas mas ainda não somos campeões» – Filipe Vieira
«Fui decidido a atacar o ouro» – Diogo Carvalho


Bremen: Hugo Almeida sonha com a Liga dos Campeões

Capa do Record Record

Saviola continua na corda bamba
Fábio da Silva feliz em Manchester
City segue Carriço
Hugo Viana de fora
Besiktas renova interesse em Quaresma

Capa do O Jogo O Jogo

Neno: "Fico satisfeito com o Benfica campeão e o Guimarães na UEFA"
Luís Sénica alerta para qualidade do Vilanova
Torneio Internacional do Porto (sub-19): Portugal goleia Geórgia
Benfica repudia e sente-se injustiçado por decisão do Conselho de Justiça
Hugo Almeida acredita no acesso à 'Champions'