Translator

terça-feira, 21 de setembro de 2010

A DESGRAÇADA PARIS HILTON PROIBIDA DE ENTRAR EM TÓQUIO

.

Com alguma hesitação das autoridades japonesas a Paris Hilton foi permitida, pos algumas horas, hospedar-se na "Rest House.

Japão não permitiu a Paris Hilton entrar no país

Publicado em: Hoje - The Sun

À Paris Hilton foi recusada a entrada do Japão na noite passada - depois de admitir posse de cocaína em
tribunal apenas algumas horas antes, num Tribunal dos Estados Unidos.
.
A socialite, de 29 anos, foi interrogada no aeroporto de Narita em Tóquio depois de ali chegar.

A rica herdeira da cadeia de hoteis Hilton foi interrogada por seis horas antes de ser colocada, desalinhada, numa casa de repouso no aeroporto, depois das autoridades se debateram se ou não deixá-la entrar

Poucas horas antes, um tribunal de Las Vegas, a Paris admitiu possuir cocaína e a obstrução de um policia. Ela recebeu uma pena de prisão suspensa de 12 meses.

Seu porta-voz disse: "Paris estava con
tratualmente vinculada à sua viagem de negócios e não quer decepcionar sua marca e muitos fãs asiáticos.

"Ela está tentando fazer a coisa responsável, mas isso está além de seu controle.
.
Ela está muito desapontada."

Paris - foi obrigada a provar ter possuído droga e ao aconselhamento de retirar-se do consumo de cocaína e outras drogas - voou, depois, para Tóquio em jato particular. Decidiu-se depois, de negada a entrada, de regressar aos E.U..

Sua irmã Nicky, 26, e amigos entraram livremente, mas Paris foi detida. Japão não permite a todos aqueles que servem penas de prisão suspensa, a entrada no país e apenas por "razões especiais".

A herdeira e Nicky viajaram ao Japão a promover a sua linha nova de moda em Tóquio hoje, mas o evento foi cancelado.

O incidente de Paris em Las Vegas e a pena suspensa, por envolvimento em droga de Paris foi o terceira neste verão.

O primeiro aconteceu na Copa do Mundo, por suspeita de fumar maconha, mas foi libertado sem acusações.

Ela também foi encontrada na posse de uma pequena quantidade de cannabis na Córsega, em julho último.

SELECÇÃO NACIONAL E OS NOSSOS "BOYS" E AS FAVAS LHE PAGAMOS

.


Em tempo de crise nada mau para o Paulo Bento que estava no desemprego... O Paulo quer chuva, faça sol ou não haja porrinha que fazer encaixa 2.000 euros por dia...
.
O outro macaco pelado e o um "badalhoco" vai se governando à "pála" do Carlos Queiroz do Paulo Bento, das boas escolhas e não há forma de mandarem o "ranhoso" para a "puta que o pariu" (sem ofensa para a sua mãezinha), porque "chula" o nosso dinheirinho há vários anos e a Selecção Nacional não tem ido a lado nenhum. José Martins
.
Seleccionador: FPF confirma substituto de Carlos Queiroz

Paulo Bento vai ganhar 8 mil euros por vitória
Paulo Bento vai ter direito a um prémio extra de oito mil euros por cada vitória alcançada por Portugal nos jogos de apuramento para o Euro’2012.

Este valor irá juntar-se ao salário de 60 mil euros que consta no contrato assinado entre o novo seleccionador nacional e o líder da FPF, Gilberto Madaíl.
.
O CM apurou ainda que caso a Selecção assegure a presença na fase final da prova, que será realizada conjuntamente por Polónia e Ucrânia, Paulo Bento irá encaixar mais um prémio a rondar 300 mil euros.

Mesmo assim, os gastos e mordomias com o ex-treinador do Sporting ficam muito aquém dos montantes pagos ao seu antecessor, Carlos Queiroz, que auferia um salário anual a rondar 1,4 milhões de euros, segundo o site especializado Football Finance. O ex-seleccionador encaixou ainda um prémio de 800 mil euros correspondentes a dez por cento do dinheiro pago pela FIFA à FPF (7,2 milhões de euros).

O modelo negocial seguido por Madaíl com Paulo Bento coloca a Federação a coberto de dissabores como a que está a experimentar com Queiroz, que reclama uma indemnização de três milhões de euros pela revogação unilateral do contrato por parte da FPF. O vínculo, assinado a seguir ao Euro'2008, expirava um controlo antidoping realizado no estágio na Covilhã.

Paulo Bento, 41 anos, chega à Selecção após ter treinado durante quatro anos o Sporting. Com ele avançam também os adjuntos Leonel Pontes (adjunto), João Aroso (preparador físico) e o treinador de guarda--redes, Ricardo Peres.

Ontem, ao cair da noite, e já à saída da sede da Federação Portuguesa de Futebol, depois de feito o acordo com Madaíl, Paulo Bento saiu visivelmente satisfeito e orgulhoso por estar tudo definido quanto ao seu papel de seleccionador para os próximos dois anos.

"Já sou o seleccionador nacional", admitiu, preferindo deixar mais comentários para a conferência de imprensa de hoje, altura em que será apresentado.

O técnico Paulo Bento confirmou ainda que "todos os detalhes que havia para resolver ficaram resolvidos" e não escondeu a alegria ao exteriorizar o seu estado de espírito. "Sinto muita satisfação e orgulho", confessou o sucessor de Queiroz.


GILBERTO MADAÍL MUITO SATISFEITO COM A ESCOLHA

Tal como Paulo Bento, Gilberto Madaíl preferiu remeter para a conferência de imprensa, que hoje terá lugar na sede da FPF, todos os comentários (12h00), mas mostrou--se confiante no apuramento da selecção nacional para o Europeu de 2012 sob o novo comando. "Estou satisfeito com a escolha", garantiu o líder da FPF, adiantando ainda que a opção por Paulo Bento "reuniu consenso entre a direcção".

Antes de deixar a sede da FPF, Madaíl só respondeu, e de forma telegráfica, a mais uma questão: "Se Paulo Bento é a pessoa certa? Estou convencido de que sim. É mais um problema resolvido."

ESTRADAS DE PORTUGAL: "ALMERINDO Ò AI Ó LINDO,"



Almerindo prevê 57 milhões em portagens este ano
por LusaOntem

O presidente da Estradas de Portugal disse hoje que a empresa prevê arrecadar este ano receitas de 57 milhões de euros com a cobrança de portagens.

Almerindo Marques, que está a ser ouvido na Comissão Parlamentar de Obras Públicas, Transportes e Comunicações, disse que, em 2011, a EP perspectiva obter receitas de 235 milhões de euros com a cobrança de portagens, a maior parte delas já com cobrança nas SCUT ( Autoestradas Sem Custos para o Utilizador).

Para 2011, as estimativas de receitas da EP apontam para 369 milhões de euros.

Almerindo Marques, que respondia ao deputado do PSD Jorge Costa, disse que "o défice de tesouraria da EP depende directamente da gestão que se verificou nas portagens".

O presidente da EP acrescentou que o atraso na introdução de portagens nas SCUT se traduziu numa "perda" para a empresa.

O Governo aprovou, a 9 de Setembro, a resolução que estabelece as regras para a cobrança de portagens em todas as SCUT.

Nas SCUT Norte Litoral, Grande Porto e Costa da Prata a cobrança, que chegou a estar prevista para 1 de Agosto, terá início a 15 de Outubro deste ano.

Nas restantes SCUT - Interior Norte, Beiras Litoral e Alta, Beira Interior e Algarve - a cobrança de portagens terá início a 15 de Abril de 2011.

VATICANO: "SUA SANTIDADE O "CACAU" VOLTOU EM DIABO

.

O negócio estranho do banco do Vaticano ...
Les étranges affaires de la banque du Vatican...

O promotor público de Roma abriu uma investigação contra o presidente do IOR, também conhecido como "Banco do Vaticano" a violação de uma nova lei italiana contra o branqueamento de capitais. Esta não é a primeira vez que esta instituição está abrangido pela lei.
.
Por FRANCE 24 (texto)
.
Uma pequena torre do século XIV, no recinto do Vaticano. Atrás da porta, sempre supervisionados pelos guardas suíços, é um dos bancos mais discreto do mundo. O Instituto de Obras da Religião (IOR), também conhecido como "Banco do Vaticano", enfrenta agora uma tentativa de penetrar no seu alegado "pouco desagradável" segredos.

Promotore de Roma lançou um inquérito contra Ettore Gotti Tedeschi, presidente do colégio de violação de uma lei contra a lavagem de dinheiro. O IOR não é directamente suspeitas de branqueamento de capitais, mas é suspeito de ter facilitado esse dinheiro ao não mencionar os nomes das partes envolvidas em transações financeiras. Na terça-feira, a promotoria de Roma e apreendeu € 23.000.000 milhões, do banco, no âmbito do presente inquérito.

Um tubarão "em um banco de" todos os líquidos "

Em um comunicado, o Vaticano manifestou "perplexidade" e disse que sua total confiança "no presidente e CEO da IOR. Para os especialistas na história da Santa Sé, este novo desafio para o banco Vaticano tem um deja vu.

O Instituto de Obras da Religião é, na verdade, regularmente citados como os paraísos fiscais do mundo. O banco, ele deve reconhecer, é vulnerável a tais acusações. Não faz um talão de cheques e todas as transacções são em dinheiro de lá. Em suma, é quase impossível detectar a origem do dinheiro que flui através de suas contas.

Em 1960, esta opacidade, o que muito beneficiaram a máfia americana e italiana. Naquela época, uma figura controversa, Michael Sidon começou a trabalhar como assessor do IOR. Apelidado de "O Tubarão", o banqueiro foi condenado por ter tratado o dinheiro de alguns dos maiores da mafia americana. O banco do Vaticano, então, de acordo com o testemunho de arrependimento, amplamente utilizado para lavar dinheiro do tráfico de heroína. Se estas acusações nunca foram verificados, eles ainda estão por trás do filme "O Poderoso Chefão III".

O Banco Ambrosiano anterior

O Instituto de Obras de Religião, em seguida, retornou em um escândalo bancário italiano dos mais espetaculares do pós-guerra. Padre Paul Marcinkus, chefe do IRO 1971-1989, foi considerado cúmplice (em 1982) com o colapso do Banco Ambrosiano da. recordar Poiur, este último tem um custo US $ 3,5 bilhões para o Estado da Itália. O Banco do Vaticano tinha de fato o principal acionista do Banco Ambrosiano, branqueado maciçamente culpado de dinheiro da máfia siciliana. Paul Marcinkus nunca antes visitados os tribunais italianos, jogando o seu estatuto de cidadão diplomática do Vaticano. Até à sua substituição em 1989, a Santa Sé sempre protegido do presidente do IOR, mesmo chamando-o de "vítima" nesse caso.

Após a era Marcinkus, o banco do Vaticano apareceu longe de problemas de negócios. Mas outros acham que ele só tomou mais cuidado. "Seu nome aparece em todos os grandes escândalos financeiros italianos dos últimos vinte anos", acredita Curzio Maltese jornalista do "La Repubblica" publicou uma pesquisa desta instituição em 2008.

A decisão do Departamento em Roma para abrir uma nova investigação parece estar em linha com a teoria do jornalista italiano. "Hoje, o banco do Vaticano administra € 5.000.000.000 depósito. Garante o interesse dos clientes em seus investimentos do que qualquer outros fundos de investimento não pode prometer", conclui Curzio Maltese.

COLÔMBIA: PAPAGAIO BUFO

.
Um papagaio foi 'preso' por avisar, os gangues da droga quando a polícia chegava para lhe deitar a luva.

O papagaio chamado Lorenzo tinha sido treinado para dizer, "corre,corre, o gato vai te pegar" quando avistava os policias aproximarem-se do esconderijo do gangue

Ele foi detido durante uma operação na cidade costeira do Caribe em Barranquilla.

Preso o Lorenzo foi levado pelo comandante Fredy Veloza e informou do ardil de Lorenzo: "Temos um papagaio que, logo que a polícia chega à rua, em Barranquilla, o papagaio alerta as pessoas gritando: 'corram, corram!" Assim, o povo fugiã. "

Apesar da advertência de Lorenzo, os policiais conseguiram deter dois suspeitos, traficantes, de drogas no covil, ele estava vigiando.

Eles também apreenderam armas e un stock de maconha e mais outras duas aves

Lorenzo e os outros pássaros já foram entregues aos funcionários de um jardim zoológico

Barranquilla, no norte da Colômbia, tem sido usada como uma base a partir da qual os cartéis de contrabando de drogas ilícitas para os E.U..

CONSELHOS SÃO MUITO BONS...!!!


O MUNDO CÃO DOS VELHOS DE PORTUGAL


.
Problemas
Aumenta o número de idosos abandonados nos hospitais
por LUÍS MANETAHoje

Doenças provocam dependência nos mais velhos, e familiares dizem não ter condições para os receber. Só no Amadora-Sintra há 43 idosos internados que já tiveram alta

O número de idosos abandonados nos hospitais não pára de aumentar. Só no Amadora-Sintra há 43 idosos - e também cinco crianças - que já tiveram alta clínica mas permanecem internados por "motivos sociais". No Hospital de São João, no Porto, os casos de "protelamento de alta" estão a aumentar desde o segundo trimestre do ano. E até o Hospital de Beja diz existir um "número crescente de famílias que se recusam a aceitar doentes dependentes".

São casos como os de idosos deixados nos serviços de urgência com o cartão de utente sobre o peito, familiares que "desaparecem" e não atendem os insistentes telefonemas feitos pelas assistentes sociais e vidas marcadas pela miséria e pelo abandono que acabam numa cama de hospital.

"Temos cada vez mais casos de famílias que não levam os doentes para casa. O ano passado foram 64 casos. Mas este ano há muitos mais", diz Cristina Nobre, assistente social no Hospital José Joaquim Fernandes, de Beja. "Quando o médico efectua a avaliação clínica e diz que um idoso pode fazer a sua reabilitação em casa, às vezes, com necessidade de algum tipo de apoio domiciliário, há famílias que se recusam a aceitar a decisão. Não levam os doentes e vão protelando a sua permanência no hospital o mais possível."

Para quem fica, o sentimento de abandono é indisfarçável. "Há pessoas que se sentem completamente desamparadas, nunca pensaram que os filhos ou outros familiares as pudessem deixar numa situação destas", refere Cristina Nobre. E acrescenta que existe "uma grande pressão" para o encaminhamento dos doentes para as unidades de convalescença ou de média e longa duração da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI), cuja resposta é insuficiente (ver texto nesta página).

"A população idosa apresenta na sua maioria situações de dependência que acarretam encargos muito significativos para qualquer família", explica fonte da Unidade de Acção Social do Hospital de São João. E revela a existência de uma dificuldade crescente para atender às solicitações de institucionalização em lar e apoio económico para "pagamento de prestadora de cuidados" a pessoas dependentes. Tudo isto, somado às dificuldades de reintegração no meio familiar, origina o aumento do número de doentes que continuam internados apesar de já não necessitarem de cuidados médicos.

Também a coordenadora do Gabinete de Acção Social do Hospital Amadora-Sintra, Adélia Gomes, aponta a "maior demora por parte da [resposta da] Segurança Social" como justificação para o acréscimo de dias de internamento hospitalar "apenas por motivo social".

O problema é que faltam lugares na Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados, carência particularmente sentida em Lisboa, onde se regista o "menor rácio de respostas de todo o País", segundo revela ao DN a coordenadora da rede, Inês Guerreiro.

Com os lares cheios e filas de espera enormes, resta a muitos idosos aguardar no hospital o aparecimento de alguma vaga. "O tempo de entrada numa unidade de média e longa duração chega a ser de quatro a cinco meses e algumas famílias, por não terem condições ou porque não quererem, recusam-se a levar os idosos para casa", desabafa um responsável hospitalar.

Inês Guerreiro reconhece a dificuldade em encontrar respostas no terreno. E que a tendência é para "culpabilizar o outro, seja ele o hospital, a família, a RNCCI ou as instituições de solidariedade social", mas recorda que até há quatro anos os cuidados continuados constituíam uma valência que se encontrava "fora" do Serviço Nacional de Saúde.

A RIQUEZA NA CHINA...O PAÍS DOS MILIONÁRIOS DA NOITE PARA O DIA



Como a China crescem em números, de ricos assim como seus protetores
(Chinadaily.com.cn)

Seguranças privados pode tornar-se "o sinal mais visível da explosão de riqueza privada na China", disse um artigo no Washington Post em 19 de setembro.
.
Eles funcionam como "drivers ou babás, ou mistura em círculo um empresário olhando como um secretário, um porta-mala ou um bajulador."
Ao contrário de suas contrapartes nos Estados Unidos ", eles geralmente não são altos e imponentes, de fato, muitas são as mulheres, sobre a teoria de que mulheres na comitiva atraia menos atenção."
.
Outra diferença é que eles nunca estão armados, já que "cidadãos na China são amplamente proibidos de possuir armas de fogo." Pelo contrário, "guarda-costas chineses são especialistas de artes marciais, treinado para desarmar ou subjugar um atacante com poucos golpes rápidos, jabs e costeletas de mão."
.
A "indústria da protecção pessoal de germinação é um reflexo do crescimento dramático da prosperidade que criou uma nova classe de ricos chineses", que podem ocorrer com "seqüestros, contrato hits sendo ordenados por sócios descontentes e aumentar a atos de violência". De acordo com Ni Shoubin, professor do Instituto de Comércio Exterior de Xangai, "A expansão da indústria de segurança reflete a preocupação dos ricos sobre a segurança de suas famílias ea si mesmos."
.
Seguranças privados agora "fazem tudo para proteger celebridades, ricos e empresários para ajudar na segurança de grandes eventos, tais como o Shanghai World Expo".
.
No entanto, embora "o rápido crescimento levou o governo chinês para começar a tentar dominar a indústria", "as empresas de segurança privada têm operado em uma" zona cinzenta "legal", sem diretrizes, regulamentos ou normas. Muitos estão fly-by -noite, vestidos que podem manchar toda a indústria. "
.
Embora "a China ainda é um país relativamente seguro, o seu crime violento está a aumentar." Um relatório da Academia chinesa de Ciências Sociais, este ano, "encontrei um dramático aumento na criminalidade violenta".
.
Por isso, muitos "novos ricos da China elite decidiram manter um perfil mais baixo." "Alguns estão dispensando a habitual mostra de luxo. E cada vez mais, eles estão se voltando para as empresas de segurança privada de proteção."

COINCIDÊNCIAS CHATÍSSIMAS...!!!

Europa

Polícia finlandesa procura vigarista muito parecido a Durão Barroso

Ontem às 23:59

A polícia finlandesa está à procura de um vigarista que foi identificado como tendo uma cara muito parecida à Durão Barroso e que enganou uma pessoa numa cidade a 70 quilómetros de Helsínquia.

A polícia finlandesa anda atrás de um criminoso de pequeno calibre que foi identificado como sendo muito parecido ao presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, noticiou a imprensa deste país nórdico.

A 11 de Setembro, um sósia do antigo primeiro-ministro português abeirou-se de um transeunte numa cidade a 70 quilómetros a nordeste de Helsínquia e convenceu um finlandês a comprar fatos e outra roupa de luxo que tinham sobrado de uma passagem de moda ali perto.

O vigarista, que começou por pedir 400 euros por esta roupa, conseguiu depois convencer esta pessoa a dirigir à máquina de multibanco mais próxima para fecharem este negócio por metade desta soma.

Ainda de acordo com a imprensa finlandesa, depois de ter os 200 euros na mão, o vigarista fugiu num Mercedes deixando para trás quatro casacos de pele falsa, quatro camisas baratas, duas gravatas e dois cintos.

Interrogado sobre a aparência da pessoa que o enganou, este transeunte disse que o vigarista tinha uma cara muito parecida à de Durão Barroso.

A PARIS HILTON NUNCA MAIS TEM JUIZO...MAL EMPREGADA RAPARIGA

Busted ... Paris in court with lawyer Chesnoff
Slideshows
Busted ... Paris em audiência com o advogado Chesnoff
GETTY
Wrong side of the law ... Paris Hilton
Slideshows
Lado errado da lei ... Paris Hilton
Splash



A socialite, 29 anos, foi deixado fora de uma pena suspensa de um ano.

Mas Paris foi avisado de que ela vai cumprir o mandato completo se for presapor qualquer coisa mais do que uma ofensa menor tráfego nos próximos 12 meses.

Paris Hilton arrives in county court with her attorney David Chesnoff to plead guilty to reduced charges in her Las Vegas cocaine arrest Monday, Sept. 20, 2010, in Las Vegas.
Despedida em Las Vegas ... Paris

Ela foi realizada em Las Vegas no mês passado após policiais pensaram que poderiam maconha cheiro de fumaça flutuando do carro de seu namorado WAITS CY.

Pouco menos de um grama de cocaína caiu de sua bolsa quando ela foi interrogado.


Paris tentou esquivar-se da acusação, alegando que ela havia emprestado o saco a amigo e era muito barato ter sido ela própria.

Mas no tribunal de Las Vegas, ontem, seu advogado, David Chesnoff disse que ela mentiu.

Ela recebeu uma multa de R $ 1.300 e 200 horas de serviço comunitário e ordenou a completar um curso de abuso de substâncias.

Foi prisão de Paris Hilton terceira droga este ano. Ela foi realizada na Copa do Mundo na África do Sul por suspeita de fumar maconha, mas depois liberados.

Ela foi encontrada na posse de cannabis na Córsega em julho, mas deixou fora.

Em 2007, ela passou 23 dias em uma prisão de Los Angeles por violar sua condicional em um caso de condução embriagada.

O juiz Joe Bonaventure lhe disse ontem: "O objetivo aqui é para mudar sua conduta.

"O centro de detenção do condado de Clark não é o Waldorf Astoria".

Advogado Chesnoff disse depois: "Estou orgulhoso de como ela lidou com isso. Acho que ela está na estrada para o sucesso e desejo-lhe pessoalmente o melhor."

p.samson @ o-sun.co.uk


BOATOS EM CIMA DE TERRORISMO EM FRANÇA NOTICIA A IMPRENSA

França: Mulher suicida alvejou a Gare du Nord


Imprensa francesa, 21 de setembro.


Polícia francesa procura, suicida, potencial, feminina. Ela planeava fazer-se explodir, quinta-feira, no centro de Paris na Gare du Nord. Todos os meios de comunicação, franceses dão importante destaque esta manhã de ameaça terrorista em França.

Por Hipólito Santo Estanislau

Manchetes da imprensa francesa, esta manhã, relatam informações sobre a hipótese de terrorismo. "France Soir em uma promessa de "Revelações sobre a ameaça terrorista" que paira sobre a França.

Terça-feira, passada, nos Champs-Elysées, a Torre Eiffel e a estação de Saint Michel foram evacuados depois de disparados tiros por anônimo.
.
Desde sexta-feira ficámos a saber que uma mulher, terrorista, suicida, que tentaria fazer-se explodir no centro de Paris e de momento procurada. France Soir disse: "Um homem-bomba tinha como alvo a Gare du Nord", de acordo com "fontes intrusivos concordantes France Soir ".
.
E uma fonte de dentro da inteligência também contou France Soir: "Não se sabe quando e onde irá ocorrer o ataque mas ele vai ter lugar"
.
Le Figaro explica que há muitos sinais, neste momento, para especificar a ameaça: em junho e início de setembro. Equipamentos para fabricação de bombas foi descoberto em Aulnay-sous-Bois e Sevran.
.
Na noite de terça-feira, houve três telefonemas anônimos. A "dica" sobre uma mulher-bomba dos serviços secretos argelinos vieram para completar o quadro desolador 24 horas depois. E "no mês passado, informações da área de Paquistão-Afeganistão sugerir projetos de greves na França".
.
O Jornal Cruz com um título: Terrorismo: Por que a França está em causa.
Pode haver um aproveitamento político do que o medo do terrorismo? "Eu não vejo o Estado proceder à evacuação da Torre Eiffel e do Champ de Mars, e da estação RER Saint-Michel, como ocorreu na semana passada, para ganhar pontos nas urnas. ", disse Jean-Francois Daguzan, a Fundação de Pesquisas Estratégicas publica o Libertação.