Translator

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

DURÃO BARROSO: " O HUMANISTA"...QUE CRIE UM FUNDO PARA OS CIGANOS QUE O MERECEM...!!!

"Os processos de infracção raramente resultam em condenação"
"Les procédures d'infraction aboutissent rarement à une condamnation"
A Comissão Europeia tenciona abrir um processo por infracção contra a França. A falta de garantias para os cidadãos em caso de deportação e de assistência humanitária retorno seria na mira de Bruxelas.
Por Perrine Mouterde (texto)

Depois de meses de acalorados debates sobre a política de expulsão dos ciganos liderada por Paris, a Comissão Europeia tem o aviso para a Françana quarta-feira. Se optar por não aplicar "plenamente" o direito nacional a directiva de 2004 relativa à livre circulação dos cidadãos da UE no âmbito da União, até 15 processos de infracção de outubro, será instaurado contra ele. No entanto, Bruxelas optou por não contestar Paris para a discriminação.

APOCALIPSE AGORA

.
O apocalipso e o juiso final está aí!
.
Seguiram os portugueses aldrabados desde que um homem, sem ter ponta que fosse de preparação p
ara reger um país e esteve à frente dele por anos.
.
Um regabofe constante de mentiras a enganar o povo, humilde, de uma nação que é Portugal e voltou num barco que tem seguido à deriva num oceano tormentoso.
.
O país voltou num caos onde impera, nos meios governamentais, a corrupção rampante e sem ponta por onde comece a Justiça.
.
Casos são tantos que será impossível podê-los chegar a julgamento, nestes próximos anos e se isso suceder parte dos envolvidos já partiram desta para melhor.
.
Só um povo tolerante e crédulo como português aceitou, abnegadamente e vencido a reles gente o haja governado.
.
Mas agora, eles, mais ou menos “criminosos”, começam a sacudir a água do capote, sem se penitenciarem, mas de joelhos a rezar o acto de contrição, pesarosos, de tanto mal que fizeram ao Povo da Nação Portuguesa.
.
O socialismo deles, que não é democracia alguma, mas o puro oportunismo de meter as “manápulas”, sem escrúpulos nenhuns nos fundos públicos.
.
Não valerá a pena de aqui referir as “tantas” aldrabices que os portugueses se foram acostumando, quotidianmente, que algumas foram efectuadas sob a mais pura hipocresia e cinismo.
.
Tudo tem um termo e o de José Sócrates está aí, juntamente, com a “camarilha” que o rodeia.
José Martins

ANTES DE IR PARA O INFERNO DEVERIA IR PARA A CADEIA!

Não lhe vejo a hora


Normamlmente não desejo mal a ninguém, mas gente como esta não presta mesmo. Estou farto de mentiras e enganos. Estou farto de ver caras preocupadas a falar de invitabilidades e de justiça enquanto nos apertam o cinto enquanto a corrupção é regra para outros. Estou farto desta comunicação social que dá voz e justifica tudo isto. Estou farto desta mentira de democracia de alterne em que tudo dizem ir mudar para que tudo fique sempre na mesma. O inferno é pouco para eles.

ESPANHA: GREVE GERAL - EM VIDEOS

video

video

video

ABAIXO DE CÃO





> A grande maioria de funcionários públicos tem sido tratada abaixo de cão de há uns anos a esta parte. Os funcionários têm sido obrigados a trabalhar abaixo de cão. Deixaram de poder "ladrar" porque as manifs passaram a ser filmadas e quem participa vai para a mobilidade e desta para casa. Os aumentos têm estado na arca congeladora e agora como prenda de Natal foi-lhes concedida uma redução de 5 por cento nos salários...

O CADÁVER E A ADRENALINA


Esta noite que ficará para a história como aquela em que um Governo inimputável, bem adequado a eleitores igualmente inimputáveis por feérico empenho ou alheamento demencial, deu a derradeira injecção de adrenalina a um cadáver frio e irremediável. Paz à sua alminha!

COMO FOI QUE OS PORTUGUESES SEGUIRAM ENGANADOS...!!!

.

Andamos nós os portugueses enganados com a conversa de "treta" do Sócrates e do Teixeira...
.
Vídeo: "É um corte brutal"

Pedro Santos Guerreiro comenta na TVI as medidas de austeridade hoje anunciadas pelo Governo, que representam um “corte brutal”. Veja aqui o vídeo.

Pedro Santos Guerreiro comenta na TVI as medidas de austeridade hoje anunciadas pelo Governo, que representam um “corte brutal”. Veja aqui o vídeo.

video

ATÉ QUE EM FIM....VAMOS SER CAMPEÕES DE QUALQUER COISA NA EUROPA...!!!

Aumento de impostos
Portugal passa a ser campeão europeu no IVA


Se o IVA subir para 23%, Portugal será o país da zona Euro com a taxa de imposto mais elevada. A seu lado, apenas tem a Grécia e Finlândia.
Caso o Governo consiga fazer passar o aumento do IVA no Parlamento, Portugal passará a ser o país da Zona euro com a taxa mais elevada deste imposto. A fazer-lhe companhia, com a marca de 23%, terá apenas os gregos, que se viram obrigados a subir a taxa no meio da sua recente aflição orçamental, e a Finlândia, um país nórdico onde a carga tributária é habitualmente mais alta.

No espaço de poucos anos, Portugal passou de um país com um nível de tributação indirecta moderado - no início da década de 2000, a taxa normal de IVA estava nos 17%, ligeiramente abaixo da média dos parceiros da eurolândia - para um dos que mais lançam mão dele.

A “moda” foi inaugurada por Manuela Ferreira Leite, em 2002, e depois, por mais duas vezes, pelos governos socialistas que lhe sucederam - em 2005, de 19% para 21%, e novamente em 2010, onde se agravou não só a taxa normal, mas também a intermédia (restauração) e a mínima (bens de primeira necessidade). Em 2008 (ainda sem considerar a última subida de taxas), Portugal já era um dos países do Euro que exigiam maior esforço aos seus contribuintes através do IVA (ver gráficos).

No binómio justiça fiscal/eficiência, os ministros da última década têm preferido a segunda: afinal, o IVA é um imposto "invisível", que permite ao Estado recolher mais dinheiro, com o mínimo custo social possível.

Estando diluído nos preços, o imposto acaba por não ser directamente percebido pelos consumidores finais. Além disso, tem uma forma de administração simples, permitindo aos cofres públicos começarem a engordar assim que um aumento de imposto é decretado.

De acordo com os estudos que existem, por cada aumento de um ponto percentual do IVA, a receita do imposto aumenta 450 milhões de euros. O que significa que esta nova subida, caso seja viabilizada, representará mais 900 milhões de euros de receita.

GATO PASMADO....UM FENÓMENO!

.

Já vimos muitos gatos...mas pasmados NUNCA!

video

HÁ NECESSIDADE DE TROCAR DE BURRO POR CAVALO



Frase conclusiva da década!!!!!

Para os chineses, 2009 foi o ano do BOI e este ano é o do TIGRE.
Felizes são eles que, a cada ano, trocam de animal.

Nós já estamos 7 anos com o mesmo burro!!!!....

SÓCRATES AOS PÉS DA CRUZ

.
Sócrates vai a uma igreja e se ajoelha na frente de Jesus crucificado. . .
Jesus: Então que te atormenta meu irmão?
Jes
us: Esta bem. Que tens feito?
Sócrates: Depois de estes meus anos de governo estou deixando o povo arruinado e na miséria...
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Traí o povo que me deu os seus votos!
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Economizei verbas da Saúde, da Educação, da Segurança, etc. etc., as quais foram encher os bolsos de alguns.
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Comprei carros topo de gama para a Assembleia, para os magistrados e tantos outros.
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Protegi as roubalheiras do Vara, do Godinho, do Ren
deiro, do Jardim, do Oliveira Costa e tantos outros.
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Permiti que alarves como o Mexia, Pedro Soares, Zeinal, Coelho, e mais uma mão cheia deles fossem agraciados com chorudos prémios com verbas tiradas do bolso do contribuinte.
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Pus à cabeça dos Ministérios autênticos alarves que só fizeram burricadas na Educação, na Saúde, na Segurança, etc..
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Mancomunei-me com Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, com o Procurador Geral da República e outros tantos biltres da sua igualha, para que dessem cobertura às minhas manigâncias.
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Me
ti-me naquela alhada dos exames feitos ao Domingo, nas casas lá na Parvónia, no Freeport, na Maddie, nas sucatas, no TGV, na nova ponte, e em outras tantas que não vale a pena enumerar...
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Dei apoio ao Hugo Chavez, o maior bandido da América Latina.
Jesus: Dê graças ao Pai!
Sócrates: Mas, Jesus, estou realmente arrependido e a única coisa que Vós tendes para me dizer é: "Dê graças ao Pai"?
Jesus: Sim, agradece ao Pai por eu estar aqui pregado na cruz, porque senão desceria dela para te encher de porrada, seu ignorante, analfabeto, traidor, ladrão sem vergonha, mentiroso, golpista, corrupto, aproveitador.... Vai trabalhar, vigarista!!!!!
.
Felizes dos oprimidos que será deles o reino dos céus . . .
. . . e é mais fácil um qualquer camelo passar pelo cu de uma agulha do que o camelo do Sócrates ter salvação.
.
Nota: Quem receber esta corrente tem obrigação ética e cívica de retransmiti-la pelo menos a 1 amigos.
Se esta corrente não continuar tudo continuará na mesma.....

RESPONDAM OS SÁBIOS AO JOAQUIM LETRIA...

.

Alguém sabe responder????
Contra-mão

Por Joaquim Letria, 4 de Maio de 2010

SÓCRATES PARECE aqueles velhinhos que se metem pelas auto estradas em
contra-mão, com o Teixeira dos Santos no lugar do morto, a gritarem que os
outros é que vêm ao contrário.
.
De rabo entre as pernas, fartinhos de saberem que estavam errados, não conseguem agora disfarçar o mal que nos fizeram. Ainda estão a despedirem-se, agradecidos, do Constâncio, e já deram a mão a Passos Coelho, que lhes jura que conhece uma saída perto e sem portagem.
.
Estamos bem entregues!
.
Vão-nos servindo a sopa do Sidónio, à custa dos milhões que ainda recebem da Europa, andam pelo mundo fora sem vergonha, de mão estendida, a mendigar e a rapar tachos, tratados pelos credores como caloteiros perigosos e mentirosos de má-fé.
.
Quando Guterres chegou ao Governo, a dívida pouco passava dos 10% do PIB. 15 anos de Guterres, Barroso, Sócrates e de muitos negócios duvidosos puseram-nos a dever 120% do PIB.
.
Esta tropa fandanga deu com os burrinhos na água, não serve para nada e o Estado do próprio regime se encarrega de o demonstrar.
.
Falharam todas as apostas essenciais. Todos os dias se mostram incapazes. Mas com o Guterres nos refugiados, o Sampaio nos tuberculosos e na Fundação Figo, o Constâncio no Banco Central e o Barroso em Bruxelas, a gente foge para onde?!

OS "CORNOS" DE PORTUGAL

.

Quarta-feira, Setembro 29, 2010

TRISTES CORNOS OS DOS PORTUGUESES

O facto é que há quem diga que Manuel Pinho está a dar aulas na Universidade de Columbia sobre energias renováveis por um período de quatro anos e que não é a universidade que lhe paga: é a EDP (fala-se em três milhões de euros). A confirmar-se, esta é mais uma história que ainda ninguém quis contar e em que só o ex-ministro pode (já pôde) manifestar-se muito satisfeito. Espera-se que não seja bem assim e que aquele site não seja uma pista.

João Carvalho, in Delito de Opinião

ESPANHA: GREVE GERAL - COM PANCADARIA

.

Na ilha de Tenerife

video

ESPANHA: GREVE GERAL - COM DISTÙRBIOS

.


Os confrontos no centro de Barcelona
.
Dois grupos de manifestantes tomam a Plaza de Catalunya e Plaça Universitat
.
Joan Carles .- José María Álvarez Gallego e defender o trabalho dos piquetes ea taxa de "sucesso" huelga. "Quinze presos pelos distúrbios
.
CLARA Blancher / Pellicer LLUÍS / Cristina Delgado / Jesus Garcia - Barcelona - 29/09/2010 - El País

O centro de Barcelona é o assunto de uma batalha campal envolvendo grupos de manifestantes. Várias centenas de agentes da polícia autónoma ter protegido Plaza Catalunya e Plaça Universitat, após os distúrbios em diferentes partes da cidade.
.
A polícia cercou a casa do Banesto, na Praça de Catalunya, ocupados desde semana passada por causa do anti-greve. A polícia de choque invadiu o prédio. Por vezes a polícia dispararam bolas de borracha sob o olhar atônito de dezenas de turistas. A poucos metros, em La Rambla, foi correndo os manifestantes. O dia cessou, por agora, com 23 presos, na Catalunha. Nove deles, nos incidentes na Praça de Catalunya.

A taxa de desemprego é de quase 100% para as indústrias da área metropolitana de Barcelona, de acordo com sindicatos. O Governo é conciliador e os sindicatos são convidados a regularizar a situação.
.
Monitoramento maioria da indústria e baixa participação em educação e saúde
A polícia regional confirmou que o anti-manifestantes pertencem a grupos e, portanto, não são os organizadores piquetes sindicais da greve, UGT e CCOO.
.
"Eles agem à margem do protesto e com a vantagem de gerar violência", fontes da polícia sugerem. Este fim de semana passado, decidiu antecipar a anti-protesto e ocuparam a antiga sede da Banesto.

Enquanto isso, um grupo de jovens que se mudou da Praça da Universidade para a Ronda de Sant Antoni já atuou em um confronto com a polícia catalã, que tentou impedir sua passagem.

Durante os distúrbios, um veículo da polícia municipal foi queimado, o incidente em que quatro pessoas foram presas. Alguns manifestantes jogaram garrafas e outros objectos em carrinhas da polícia e cristais têm quebrado algumas janelas.
.
Embora tenha havido durante mais de 50 anos que têm sido confrontados com os agentes, uma testemunha ocular disse estimava estarem concentradas cerca de 500 pessoas e falar sobre o Mossad têm respondido às provocações com uma "carga policial leve."
.
O mesmo grupo, carregando bandeiras da CGT, forneceu outra mobilização às 17 horas de hoje no Jardinets de Gracia. Várias ruas ao redor estavam ainda cortadas por contentores a formar uma barricada.

O número de detidos na Catalunha soma 23 pessoas por ataques a polícia catalã e conduta desordeira. O ministro do Trabalho Catalão, Mar Serna, explicou nenhum dos presos era parte dos piquetes informativos e, em alguns casos, é anti-juventude. Quatro das detenções tiveram lugar em Barcelona, Mataró e seis em três de Cornell e dois em Girona. Serna insistiu, no entanto, que o protesto está sendo desenvolvido para "normal".

Estes dados são ainda provisórios, e correspondem à agitação anterior que se desenvolveram no início da tarde, como resultado de duas concentrações de manifestantes no centro.

Enquanto isso, cerca de mil pessoas se reuniram na Praça de Catalunya, alguns com bandeiras da CGT. Alguns jovens têm jogado fora vários recipientes e causou alguns danos em mobiliários, relatórios de Jesus Garcia.

A inquietação veio logo após os secretários gerais dos sindicatos CCOO de Catalunya, UGT da Catalunha e USOC, Joan Carles Gallego, Jose Maria Alvarez e Gil, respectivamente, eles foram para as linhas de piquete.
.
Sua mensagem foi contundente: a greve teve um acompanhamento "mais de 80% dos trabalhadores", para que o desemprego pode ser classificado como "sucesso". Alvarez se concentrou grande parte de seu discurso para defender o trabalho de piequetes, que, segundo ele, "têm trabalhado para abranger os direitos dos trabalhadores".
.
A defesa dos piquetes, criticou a entidade patronal das empresas, tem sido feroz. Gil foi chamado para combater "a tendência neoliberal que diz que os sindicatos estão fora do lugar

video

HISTÓRICO: MUSEU DO CINEMA

.

Clique em baixo

CHINA: O YUAN EM ALTA PERANTE O DÓLAR AMERICANO



.
Yuan da China atinge novo recorde frente ao dólar EUA quarta-feira
(Xinhua)
Actualização: 2010/09/29 15:44 Comentários(0) ImprimirMail Large Medium Small

PEQUIM - A taxa de paridade central do yuan subiu 115 pontos base, ou 0,17 por cento, quarta-feira um novo recorde em 6,6936 por dólar dos EUA, de acordo com os dados divulgados pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros da China Exchange Trading System.

Taxa de paridade central de quarta-feira bateu o recorde anterior de 6,6997 em 21 de setembro.

O yuan pegou sua força contra o dólar dos EUA e visto uma maior volatilidade nos pregões desde que o Banco do Povo da China (BPC), o banco central, anunciou em 19 de junho deste ano para aumentar a flexibilidade da taxa de câmbio.

Com base na paridade central de quarta-feira, a moeda chinesa se valorizou em relação ao dólar dos EUA em 1,96 por cento da taxa de 6,8275 por dólar dos EUA que foi definido um dia antes do compromisso do banco central para aumentar a flexibilidade.

No mercado de divisas da China no local, o yuan pode subir ou descer 0,5 por cento da taxa de paridade central durante a negociação em cada dia.

O BPC lançada taxas do yuan paridade central em relação a uma cesta de moedas - o dólar dos EUA, o euro, o iene japonês, o dólar de Hong Kong, a libra esterlina eo Ringgit da Malásia.

A taxa de paridade do yuan contra o euro foi criado pelo banco central em 9,0919 quarta-feira, mais de 9,0113 terça-feira.

A taxa de yuan contra os ¥ 100 foi de 7,97 Quarta-feira, em comparação com 7,9524 terça-feira.

A moeda chinesa subiu 222 pontos base face à libra britânica, com a taxa de paridade central a ser estabelecidas a partir de terça-feira 10,5839 10,6061.

A paridade central da RMB em relação ao dólar dos EUA é baseada em uma média ponderada de inquiridos preços de todos os criadores de mercado antes da abertura do mercado em cada dia útil.

A paridade central da RMB contra os outros cinco moedas é baseado na taxa central da RMB em relação ao dólar dos EUA do mesmo dia útil, bem como as taxas de câmbio dos cinco moedas contra o dólar dos EUA, às 9 horas do mesmo dia útil em o mercado de câmbio internacional.

AS SUAS NOTÍCIAS NO DIA 29.9,10

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Mata madrasta com 4 facadas
Menino morre atropelado pelo tio
Fidel Castro: “Império bárbaro”
Isabel Alçada: Ouvida no Parlamento
Benavente: Falsificava perfumes

Capa do Público Público

Clientes do BPN em greve de fome por falta de reembolso de papel comercial
GNR critica aquisição de carros antimotim
Governo ultima linhas gerais do OE onde se incluem novas medidas de austeridade
Terapia proposta pela OCDE não altera posição do PSD contra aumento de impostos
Défice público atingiu 9,6 por cento na primeira metade de 2010

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Monárquicos e 'nacionalistas' na mira do TC
Medo, choro, ameaças e INEM no tribunal
Mais infectados com o VIH têm tratamento
Investigadores reunidos nos Estados Unidos
Grupo do martelo detido após vários roubos

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Crise trava doações para sida e atrasa acesso ao tratamento
Burla na Net com bilhetes para concertos dos U2
Líder do partido trabalhista admite apoiar cortes do governo
Quis incendiar casa com a família dentro
"Comer, orar e amar" estreia em Portugal

Capa do i i

Gangue de Coimbrões. Roubos a carrinhas de tabaco renderam 66 mil euros
"Não vai haver uma cura universal para o cancro, isso nunca vai acontecer"
Cavaco pressiona abstenção do PSD no orçamento 2011. Passos recusa ceder
Ensino de Português no estrangeiro custa 51 milhões de euros
Alegre pede a Cavaco que assuma a candidatura para "evitar confusão de funções"

Capa do Diário Económico Diário Económico

BCP dispara 5% e leva PSI 20 acima de 7.500 pontos
FMI teme "recuperação sem emprego"
Yuan bate recorde face ao dolar
PT discute dividendo extra com principais accionistas
Medvedev demite ‘Rei de Moscovo’

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Galp em consórcio para o pré-sal angolano
Bolsa abre em alta com BCP a subir 5%
OCDE defende aplicação "imediatamente" todas as medidas do PEC
OCDE: Economia portuguesa precisa de "muita moderação salarial"
As notícias em foco na edição de hoje, dia 29 de Setembro, no Negócios

Capa do Oje Oje

Yuan bate recorde face ao dólar norte-americano
Wall Street encerra em alta
Dívida sobe com gastos do Estado
Novo modelo arranca até 3.º trimestre de 2011
Preço da habitação desce 0,9%

Capa do Destak Destak

Angola rejeita violações de direitos humanos no Congo
J.K. Rowling convidada do talk show de Oprah
Cena de banho sensual na Fonte do Rossio
Contra o branqueamento do 5 de Outubro
Dia 29 Setembro 2010

Capa do A Bola A Bola

Governo e Ligas estudam regulação para as apostas
Benfica, a glória e os euros
Hildebrand a olhar para a estreia
«Espero que ganhem, mas cuidado com Raúl!»
Leicester de Paulo Sousa volta a perder

Capa do Record Record

Coentrão recusou subir cláusula de rescisão
Liedson mantém lugar cativo no ataque
David Luiz é o próximo com revisão salarial
Luisão também vai passar a receber mais
Operação iminente

Capa do O Jogo O Jogo

Luiz Nunes, Hélder Cabral e Éder nos convocados
Jorge Jesus: "Estamos a caminhar para os níveis normais"
Chelsea: Kalou e Benayoun falham Marselha
Webber 1º nos treinos livres do GP Singapura
Tiago regressa aos treinos no At. Madrid

MIGUEL SOUSA TAVARES NO SEU MELHOR

.

Segunda-feira passada, a meio da tarde, faço a A-6, em direcção a Espanha e na companhia de uma amiga estrangeira; quarta-feira de manhã, refaço o mesmo percurso, em sentido inverso, rumo a Lisboa.
.
Tanto para lá como para cá, é uma auto-estrada luxuosa e fantasma. Em contrapartida, numa breve incursão pela estrada nacional, entre Arraiolos e Borba, vamos encontrar um trânsito cerrado, composto esmagadoramente por camiões de mercadorias espanhóis.
.
Vinda de um país onde as auto-estradas estão sempre cheias, ela está espantada com o que vê:
- É sempre assim, esta auto-estrada?
- Assim, como?
- Deserta, magnífica, sem trânsito?
- É, é sempre assim.
- Todos os dias?
- Todos, menos ao domingo, que sempre tem mais gente.
- Mas, se não há trânsito, porque a fizeram?
- Porque havia dinheiro para gastar dos Fundos Europeus, e porque diziam que o desenvolvimento era isto.
- E têm mais auto-estradas destas?
- Várias e ainda temos outras em construção: só de Lisboa para o Porto, vamos ficar com três.
Entre S. Paulo e o Rio de Janeiro, por exemplo, não há nenhuma: só uns quilómetros à saída de S. Paulo e outros à chegada ao Rio.
Nós vamos ter três entre o Porto e Lisboa: é a aposta no automóvel, na poupança de energia, nos acordos de Quioto, etc. - respondi, rindo-me.
- E, já agora, porque é que a auto-estrada está deserta e a estrada nacional está cheia de camiões?
- Porque assim não pagam portagem.
- E porque são quase todos espanhóis?
- Vêm trazer-nos comida.
- Mas vocês não têm agricultura?
- Não: a Europa paga-nos para não ter. E os nossos agricultores dizem que produzir não é rentável.
- Mas para os espanhóis é?
- Pelos vistos...
Ela ficou a pensar um pouco e voltou à carga:
- Mas porque não investem antes no comboio?
- Investimos, mas não resultou.
- Não resultou, como?
- Houve aí uns expertos que gastaram uma fortuna a modernizar a linha Lisboa-Porto, com comboios pendulares e tudo, mas não resultou.
- Mas porquê?
- Olha, é assim: a maior parte do tempo, o comboio não 'pendula'; e, quando 'pendula', enjoa de morte.
Não há sinal de telemóvel nem Internet, não há restaurante, há apenas um bar infecto e, de facto, o único sinal de 'modernidade' foi proibirem de fumar em qualquer espaço do comboio.
Por isso, as pessoas preferem ir de carro e a companhia ferroviária do Estado perde centenas de milhões todos os anos.
- E gastaram nisso uma fortuna?
- Gastámos. E a única coisa que se conseguiu foi tirar 25 minutos às três horas e meia que demorava a viagem há cinquenta anos...
- Estás a brincar comigo!
- Não, estou a falar a sério!
- E o que fizeram a esses incompetentes?
- Nada. Ou melhor, agora vão dar-lhes uma nova oportunidade, que é encherem o país de TGV: Porto-Lisboa, Porto-Vigo, Madrid-Lisboa... e ainda há umas ameaças de fazerem outro no Algarve e outro no Centro.
- Mas que tamanho tem Portugal, de cima a baixo?
- Do ponto mais a norte ao ponto mais a sul, 561 km.
Ela ficou a olhar para mim, sem saber se era para acreditar ou não.
- Mas, ao menos, o TGV vai directo de Lisboa ao Porto?
- Não, pára em várias estações: de cima para baixo e se a memória não me falha, pára em Aveiro, para os compensar por não arrancarmos já com o TGV deles para Salamanca; depois, pára em Coimbra para não ofender o prof. Vital Moreira, que é muito importante lá; a seguir, pára numa aldeia chamada Ota, para os compensar por não terem feito lá o novo aeroporto de Lisboa; depois, pára em Alcochete, a sul de Lisboa, onde ficará o futuro aeroporto; e, finalmente, pára em Lisboa, em duas estações.
- Como: então o TGV vem do Norte, ultrapassa Lisboa pelo sul, e depois volta para trás e entra em Lisboa?
- Isso mesmo.
- E como entra em Lisboa?
- Por uma nova ponte que vão fazer.
- Uma ponte ferroviária?
- E rodoviária também: vai trazer mais uns vinte ou trinta mil carros todos os dias para Lisboa.
- Mas isso é o caos, Lisboa já está congestionada de carros!
- Pois é.
- E, então?
- Então, nada. São os especialistas que decidiram assim.
Ela ficou pensativa outra vez. Manifestamente, o assunto estava a fasciná-la.
- E, desculpa lá, esse TGV para Madrid vai ter passageiros? Se a auto-estrada está deserta...
- Não, não vai ter.
- Não vai? Então, vai ser uma ruína!
- Não, é preciso distinguir: para as empresas que o vão construir e para os bancos que o vão capitalizar, vai ser um negócio fantástico!
A exploração é que vai ser uma ruína - aliás, já admitida pelo Governo - porque, de facto, nem os especialistas conseguem encontrar passageiros que cheguem para o justificar.
- E quem paga os prejuízos da exploração: as empresas construtoras?
- Naaaão! Quem paga são os contribuintes! Aqui a regra é essa!
- E vocês não despedem o Governo?
- Talvez, mas não serve de muito: quem assinou os acordos para o TGV com Espanha foi a oposição, quando era governo...
- Que país o vosso!
Mas qual é o argumento dos governos para fazerem um TGV que já sabem que vai perder dinheiro?
- Dizem que não podemos ficar fora da Rede Europeia de Alta Velocidade.
- O que é isso? Ir em TGV de Lisboa a Helsínquia?
- A Helsínquia, não, porque os países escandinavos não têm TGV.
- Como? Então, os países mais evoluídos da Europa não têm TGV e vocês têm de ter?
- É, dizem que assim entramos mais depressa na modernidade.
Fizemos mais uns quilómetros de deserto rodoviário de luxo, até que ela pareceu lembrar-se de qualquer coisa que tinha ficado para trás:
- E esse novo aeroporto de que falaste, é o quê?
- O novo aeroporto internacional de Lisboa, do lado de lá do rio e a uns 50 quilómetros de Lisboa.
- Mas vocês vão fechar este aeroporto que é um luxo, quase no centro da cidade, e fazer um novo?
- É isso mesmo. Dizem que este está saturado.
- Não me pareceu nada...
- Porque não está: cada vez tem menos voos e só este ano a TAP vai cancelar cerca de 20.000. O que está a crescer são os voos das low-cost, que, aliás, estão a liquidar a TAP.
- Mas, então, porque não fazem como se faz em todo o lado, que é deixar as companhias de linha no aeroporto principal e chutar as low-cost para um pequeno aeroporto de periferia? Não têm nenhum disponível?
- Temos vários. Mas os especialistas dizem que o novo aeroporto vai ser um hub ibérico, fazendo a trasfega de todos os voos da América do Sul para a Europa: um sucesso garantido.
- E tu acreditas nisso?
- Eu acredito em tudo e não acredito em nada. Olha ali ao fundo: sabes o que é aquilo?
- Um lago enorme! Extraordinário!
- Não: é a barragem de Alqueva, a maior da Europa.
- Ena! Deve produzir energia para meio país!
- Praticamente zero.
- A sério? Mas, ao menos, não vos faltará água para beber!
- A água não é potável: já vem contaminada de Espanha.
- Já não sei se estás a gozar comigo ou não, mas, se não serve para beber, serve para regar - ou nem isso?
- Servir, serve, mas vai demorar vinte ou mais anos até instalarem o perímetro de rega, porque, como te disse, aqui acredita-se que a agricultura não tem futuro: antes, porque não havia água; agora, porque há água a mais.
- Estás a dizer-me que fizeram a maior barragem da Europa e não serve para nada?
- Vai servir para regar campos de golfe e urbanizações turísticas, que é o que nós fazemos mais e melhor.
Apesar do sol de frente, impiedoso, ela tirou os óculos escuros e virou-se para me olhar bem de frente:
- Desculpa lá a última pergunta: vocês são doidos ou são ricos?
- Antes, éramos só doidos e fizemos algumas coisas notáveis por esse mundo fora; depois, disseram-nos que afinal éramos ricos e desatámos a fazer todas as asneiras possíveis cá dentro; em breve, voltaremos a ser pobres e enlouqueceremos de vez.
Ela voltou a colocar os óculos de sol e a recostar-se para trás no assento. E suspirou:
- Bem, uma coisa posso dizer: há poucos países tão agradáveis para viajar como Portugal! Olha-me só para esta auto-estrada sem ninguém!