Translator

domingo, 3 de outubro de 2010

A CHINA VAI APOIAR FINANCEIRAMENTE A GRÉCIA

.

Últimas Notícias China concede apoio à Grécia disse primeiro-ministro da Cinha Wen
Por Su Qiang (China Daily)


.

Visita do primeiro-ministro chinês Wen Jiabao e o primeiro-ministro grego George Papandreou em frente do templo do Partenon na Acrópole de Atenas, no domingo. [Foto / Agências]



ATENAS - O primeiro-ministro da China Wen Jiabao, disse neste domingo que a China vai trabalhar, estreitamente, com a União Europeia (UE), bem como diretamente com a Grécia, durante a crise económica.
.
Cobertura especial:
Wen visitas quatro nações, atende a Cimeira ASEM 8
Assuntos relacionadas:
Primeiro-ministro Wen discute com o Governo grego para aprofundar a cooperação
O premier chinês em Atenas para visita oficial
Wen apela para o reforço das relações China-UE
Premier Wen: China apoia firmemente a Grécia
.
Compromisso da China em avançar para as relações China-UE "não é um oportunismo, mas uma política estratégica de longo prazo", disse o primeiro-ministro durante um discurso no parlamento grego.

Wen também declarou de forma clara que a China não vai reduzir as suas detenções de obrigações em euros e disse que apoia um euro estável.

"Enviamos missões de promoção comercial e de investimento para a Europa e assinou uma série de acordos comerciais, importantes e contratos de investimento", disse ele, ressaltando que as iniciativas foram exemplos específicos de esforços da China para ajudar a Europa a superar suas dificuldades financeiras.
.
Ao falar sobre as relações bilaterais sino-grego, Wen desenhou sobre muitos nomes famosos e velhos ditados, da China e Grécia, para ilustrar como as duas grandes civilizações, antigas, tinham experimentado ensaios e atribulações em toda sua história, mas nunca tinha sido intimidado nem derrotado.

"Os nomes brilhando de Sócrates, Platão, Aristóteles e Arquimedes deixou uma marca permanente na história da civilização humana", disse o primeiro-ministro, acrescentando que ele tinha sido fascinado e inspirado por histórias sobre a Grécia antiga, desde que ele era criança.
.
Wen referiu-se à crise financeira que atingiu a Grécia e muito difícil sair da crise, principalmente, por causa de sua dependência de transporte e turismo - dois sectores que foram severamente afectados pela crise económica.

Ele disse que foi com agrado que a Grécia estava saindo da sombra de uma crise de dívida externa.

"O mercado financeiro está estabilizando, o défici fiscal a descer rapidamente e obter a confiança dos investidores, no caminho de recuperação são encorajadores", disse ele.

Para ajudar a Grécia a superar a crise da dívida, ele disse que a China está a apoiar as medidas tomadas pela UE e do Fundo Monetário Internacional (FMI) e vai criar iniciativas especiais para apoiar os armadores gregos comprar navios provenientes da China.

Em maio, a Grécia chegou a um acordo de empréstimo com outros países da zona euro e do FMI de 110 biliões de euros.

Ao se reunir com seu homólogo grego, George Papandreou, no sábado, Wen disse que a China vem mantendo títulos do governo grego e vai comprar mais para ajudar o país a recuperar da crise financeira.

A variedade de passos e de apoio tem ajudado a Grécia fazer progressos no défice orçamental do país caíram 32,3 por cento entre janeiro e agosto, ultrapassando a meta do país para 26,5 por cento.

Wen disse ainda que a China vai trabalhar com a Grécia para administrar o terminal de contentores no Pireu, o maior porto da Grécia, e aumentar a sua capacidade a partir, de hoje, de 1.6 a 3.7 milhões de contentores até 2015.

COSCO, gigante, da China de transporte principal, com sucesso, ganhou um projeto de exploração dos contentores para o porto de Pireu, em 2008. Sob os termos do contrato, COSCO irá gerir os cais 2 e 3 das terminais Pireu de contentores para 35 anos.

O volume de contentores transitados no porto entre janeiro e abril aumentou em 43 por cento em comparação com o mesmo período do ano passado, apesar da crise financeira.

Wen notou que os laços sino-gregas, eram um epítome do relacionamento global entre a China ea UE.

"É verdade que há uma competição entre a China e a Europa, mas temos muito mais cooperação do que concorrência", disse ele.

Capital de investimento da Europa, produtos, tecnologia e patentes têm encontrado um grande mercado na China, enquanto os consumidores europeus tenham não só mais escolha, preços mais baixos, graças às exportações da China, Wen disse.

Tecnologia avançada da Europa tem ajudado a China atualizar suas indústrias, observou ele.

A Europa tem sido o parceiro, maior, comercial da China por seis anos consecutivos, enquanto a China subiu para a UE ser a segunda maior.

Quase 200 mil estudantes chineses estudam, na Europa e mais de 1 milhão de turistas chineses visitam os países europeus a cada ano.

O premier disse que espera que a UE vai reconhecer o "status" da China de economia de mercado o mais rapidamente possível, aliviar as restrições sobre a exportação de produtos de alta tecnologia para a China e rejeitar o protecionismo comercial, a fim de criar um ambiente propício para o crescimento saudável do comércio.

Primeiro-ministro grego Papandreou, disse neste sábado durante sua reunião com o primeiro-ministro Wen que a UE deve reconhecer de facto o "status" da economia chinesa de mercado e que o embargo à venda de armas deve ser levantado.

Observadores chineses disseram que a melhoria no relacionamento entre a China ea UE serão cruciais na resolução de problemas de longa data mencionada por Wen em seu discurso.

"É mais uma questão política do que uma técnica para a UE a reconhecer o "status" da China de economia de mercado", disse Feng Zhongping, director do Instituto de Estudos Europeus da China Institutos de Relações Internacionais Contemporâneas.

Feng disse que a UE, o criador das regras de mercado, inevitavelmente, se preocupa em competir com as exportações da China, especialmente após a China obter o "status" de mercado completo. Feng disse que a velocidade na qual a UE pode reconhecer o "status" da China de mercado completo "também depende de quanto a União Europeia pensa que as suas relações com as questões da China".

Feng estava optimista sobre as relações China-UE, que segundo ele "têm demonstrado um grande impulso nas suas relações comerciais ea cooperação em diversas áreas".

Jin Ling, um especialista em estudos da UE no Instituto Chinês de Estudos Internacionais, disse que os laços sino-europeus estavam firmemente ligados por suas relações económicas e cooperação em áreas como técnicas, as alterações climáticas ea segurança energética.

"Os atritos são o resultado de suas aprofundamento das relações bilaterais", disse Jin.

Wen escolheu a Grécia como a primeira parada em sua viagem a quatro nações, que o levará também a Bélgica, Itália e Turquia.

"A China e a Grécia, que têm muitas coisas em comum em suas culturas e interesses económicos, temos lotes de cooperação pragmática", disse Jin. "A Grécia poderia ter uma votação crucial em algumas questões importantes para o desenvolvimento das relações sino-UE".

Está prevista a saída de Wen de Atenas para Bruxelas na segunda-feira, onde vai participar da oitava Reunião Ásia-Europa a partir de 4 outubro - 5 outubro e 13 China-União Europeia Cimeira de 06 de outubro.

Os jornalistas Cheng e Yang Jing Guangjin contribuíram para esta notícia.


Fonte: China Daily

O FORROBODÓ DOS "BICHOS" DE UM PAÍS CHAMADO PORTUGAL

.


Diário da República nº 28 - I série

Diário da República nº 28 - I série- datado de 10 de Fevereiro de 2010 - RESOLUÇÃO da Assembleia da República nº 11/2010.Poderão aceder através do site

http://WWW.dre.pt

Algumas rubricas do orçamento da Assembleia da Republica
1 - Vencimento de Deputados .................................................12 milhões 349 mil Euros
2 - Ajudas de Custo de Deputados.............................................2 milhões 724 mil Euros
3 - Transportes de Deputados ...................................................3 milhões 869 mil Euros
4 - Deslocações e Estadas .........................................................2 milhões 363 mil Euros
5 - Assistência Técnica (??) .......................................................2 milhões 948 mil Euros
6 - Outros Trabalhos Especializados (??) ...................................3 milhões 593 mil Euros
7 - RESTAURANTE,REFEITÓRIO,CAFETARIA...............................................961 mil Euros
8 - Subvenções aos Grupos Parlamentares................................................970 mil Euros
9 - Equipamento de Informática ................................................2 milhões 110 mil Euros
10- Outros Investimentos (??) ....................................................2 milhões 420 mil Euros
11- Edificios ...............................................................................2 milhões 686 mil Euros
12- Transfer's (??) Diversos (??)................................................13 milhões 506 mil Euros
13- SUBVENÇÃO aos PARTIDOS na A. R. .................................16 milhões 977 mil Euros
14- SUBVENÇÕES CAMPANHAS ELEITORAIS ...........................73 milhões 798 mil Euros
NO TOTAL a DESPESA ORÇAMENTADA para o ANO de 2010, é :¤ 191 405 356,61 (191 Milhões 405 mil 356 Euros e 61 cêntimos) - Ver Folha 372 do acima identificado Diário da República nº 28 - 1ª Série -, de 10 de Fevereiro de 2010.
.
VERGONHOSO....,O POVO É QUE TEM DE PAGAR !!!!!!!!!!!! REENCAMINHEM PARA QUE TODOS SAIBAM ACERCA DOS QUE FALAM EM NOME DO POVO E DOS INTERESSES DO PAÍS

VIVA A REPÚBLICA! ESTIVEMOS NA FESTA A 16 MIL QUILÓMETROS DE DISTÂNCIA...

.
Bem o Senhor Silva de Belém já tem idade para ter juizo! Franquear o seu palácio para celebrar o século de república, da forma como haja sido, ontem domingo, não deu nada.
.
Primeiro o Povo Português deprimido como segue, dado à asneirada da "canalha" que o tem governado, não está para festas e nas tintas para a celebração da implantação da República.
.
Ora, mal por mal, e mesmo com a crise que atrofia o nosso viver, a festa poderia ter sido igual às organizadas pelo Partido Comunista no vale do Jamor.
.
Assim, assim parecido com um "pic-nique", onde houvesse para a "malta", uns pipos de vinho, sardinha assada, umas valentes fatias de presunto, salpicão e chouriças de carne, transmontano, rojões à maneira do Minho e bolinhos de bacalhau à moda do "chico das iscas".
.
Música a imortal do Quim Barreiros a cheirar o bacalhau da vizinha, a cabritinha e outras pimbalhadas que só o Quim sabe interpretar. Teria assim o casal Silva de Belém uma multidão a festejar a efeméride a comer, a beber e a cantar: "Ó Ai Ó Linda".
.

.
Os comunicadores portaram-se como deveria ser e mau empregado é aquele que não faz o que o patrão manda...!!!
.
O Xico Mendes, confrangido, lá foi cumprindo a missão à sua malandreca maneira. Já lhe perdoámos a "chachada" das perguntas, feitas, à emproada Simone de Oliveira e sempre a falar na sua "Desfolhada", do maricas Ari dos Santos e o autor da sua famosa canção....
Bem a Simone de Oliveira tem o vestido de tecido verde com que foi decorada a cantar a desfolhada, exposto no palácio.
Mas a Simone é do tempo da outra senhora... E recebeu todos os miminhos e festinhas dela...
A Simone com muita modéstia, não gosta que lhe chamem diva etc.etc...
Lá foi vendendo seu peixinho, modestamente e esta bem se pode converter em vaidade.
.

.
A assistência, mesmo muito pouca e fraca, também igualmente a gente que a nossa RTPi, enviou para Belém.
.
Uma celebração desta necessitava de um João Baião a dar ao rabo, como só ele sabe, o Mendes do "Preço Certo", o Tony Carreira, o Marco Paulo, o Roberto Leal, a "machona" Ana Malhoa com seus tatuados e metais, outras raparigas bonitas e "bués" que temos visto actuar.
.
Os artistas que vimos actuar, seriam, destinados para abrilhantar um funeral do que a festa de Belém.
.

.
Foi uma ternura ver a Dona Maria da Graça Mendes Cabeçadas Nunes, filha do presidende Cabeçadas, viveu e brincou nos jardins do Palácio e terminou a entrevista que lhe haja feito o Xico Mendes "Viva a República!"
.
Para nós salvou a república e a festa de Belém a Dona Maria da Graça Mendes Cabeçadas"
José Martins

AO QUE ESTE PAÍS CHEGOU!

.

“Zangam-se as Comadres descobrem-se as Verdades”
Onde já chegámos… (!)

.
Adriano Rafael Moreira propõe ao Governo cortes nos vencimentos e no número de chefes nas empresas públicas
A
média são 60 chefes em cada empresa, mas existe o caso da Refer que tem 158 chefes. Há até chefes que não têm subordinados. A denúncia é feita pelo deputado do PSD Adriano Rafael Moreira, que diz que “é necessário que o Ministério solicite informações sobre estes casos”.
.
O “CARA DE PACÓVIO" SÓ AGORA É QUE ACORDOU ????? ...
.

Pergunta-se a este saloio Deputado do PSD o que fez para diminuir o número de Quadros da CP, quando foi Administrador do Pelouro em TRÊS Administrações da CP presididas por:
-Martins de Brito do PSD,
-António Ramalho do PSD
-Cardoso dos Reis do PS.
.
Pergunta-se, ainda, o que foi fazer para Assessor da Refer, quando saiu de Administrador da CP e antes de ir para Deputado do PSD?
Um caso típico de populismo do Portugal nortenho e rural.
Este saloio do norte cuspiu no prato onde comeu do bom e do melhor, quando por cá passou 6 anos hospedado no hotel Tivoli Oriente, pago pela CP.
IMAGINEM QUANTO A CP PAGOU....6 ANOS!!!!!!!!!!....

E AGORA O QUE É QUE O PASSOS COELHO VAI FAZER
???!!!

ALMEIDA SANTOS: "SORTE DO PAÍS QUE È GOVERNADO POR QUEM TEM........"

.


EMIGRE OU REVOLTE-SE


.


Emigre ou revolte-se
Por Daniel Oliveira
Os advogados da política de terra queimada podem finalmente festejar. O governo deu-lhes ouvidos e prepara-se para rebentar com qualquer possibilidade da economia recuperar nos próximos anos.
.
Os funcionários públicos, escolhidos por tanta gente que nunca hesitou em pendurar-se no Estado como bode expiatório da incompetência quem governou este País durante tantos anos, irão finalmente ser sacrificados para acalmar a fúria desse novo Deus que são os mercados financeiros.
.
Mas basta olhar para a Irlanda para saber que os especuladores, os únicos beneficiados por esta crise, não se irão comover. Até porque sabem o que nos vai acontecer.
.
Mas não serão apenas os funcionários públicos. São os reformados, que verão as suas miseráveis pensões congeladas. Serão todos os consumidores, que verão os preços subir por causa do aumento do IVA.
.
Serão os mais pobres entre os mais pobres, que vão sentir mais um corte no quase simbólico rendimento mínimo, aquele que os remediados maldizem até ao dia em que precisam dele. E, com o que aí vem, tantos irão precisar. Serão todos os contribuintes, que ficarão a pagar o fundo de pensões descapitalizado da PT.
.
E é, acima de tudo, toda a economia. Menos dinheiro disponível, preços mais altos. Mais crise sobre a crise. Empresas que fecharão. O desemprego que inevitavelmente irá aumentar. Menos receitas fiscais, mais despesas sociais. O filme é simples e todos o conhecem: a partir do momento em que aceitámos saltar para este abismo a queda será estrondosa.
.
O mais extraordinário é que tudo isto é feito para garantir o financiamento da nossa economia. Financiamento que a banca nos garante pedindo emprestado o nosso dinheiro, o dinheiro da Europa, a um por cento, para depois nos voltar a emprestar a seis por cento.
.
Apenas porque a União inventou o crime prefeito: impede-se a si própria de ajudar os Estados membros para dar a ganhar a quem se alimenta da nossa desgraça. Todos estes sacrifícios não são para melhorar as nossas vidas. São para alimentar a mesma banca que nos obrigou a enterrarmo-nos para a salvar da sua própria ganância.
.
Almeida Santos disse: sorte do País que é governado por quem tem a coragem de tomar medidas impopulares. Eu respondo: azar do País que é governado por quem nunca tem a coragem de governar pelo povo, com o povo e para o povo. Medidas impopulares têm tomado todos.
.
As difíceis, que tocam no poder que realmente decide os nossos destinos, é que nunca vêm. Mais uma vez vamos pagar a crise que outros causaram. Mais uma vez serão eles a lucrar com ela. Restam-nos duas possibilidades: ou emigramos ou nos revoltamos.

O POETA TRISTE...NÃO HÁ MAL QUE NÃO REBANHE...

.

Este blogue tem estranhado o silêncio do poeta Manuel Alegre. Tem estado tão caladinho... Qual será a sua estratégia depois do seu apoiante ir colher urtigas de pronto. Mas para o poeta Manuel Alegre dá-lhe o mesmo... Claro que sim! As candidaturas têm "pilim" do contribuinte e ganhe ou não ganhe a presidência o que interessa é o ´pilim´para almoçaradas, jantaradas e crescem, sempre, uns trocos.

MAIS DE UM MILHÃO DE PENSIONISTA PASSAR A PAGAR IRS


.
Desgraça à vista! IRS para os reformados, certamente para o próximo ano não vai haver subsídios de Férias e de Natal...
.
Que se preparem os velhos de Portugal para a morte anunciada. E ainda mais... o IVA para 23 por cento e pagamento de remédios que antes eram grátis e aí está, próximamente, um negócio óptimo para os "cangalheiros".
.
Entretanto a festa VIVA A REPÚBLICA está a ser festejada com os 10 milhões que retiraram aos pobres de Portugal.
.
Isto é mesmo mandá-los à MERDA com a MERDA das celebrações da implantação da República!
.
Brincar com o POVO é demasiado perigoso e com fome pode ir para a RUA...!!! - José Martins
.

Mais de um milhão de pensionistas passam a pagar IRS
por LUÍS MANETA, ÉvoraHoje

Ao contrário do que acontecia até agora, um pensionista com um rendimento anual de seis mil euros verá 2112 euros dos seus rendimentos serem sujeitos a IRS já no próximo ano.

As medidas de combate ao défice anunciadas pelo Governo vão afectar directamente os rendimentos de mais de um milhão de pensionistas até agora isentos do pagamento de IRS. As contas foram feitas pelo economista Eugénio Rosa, do Gabinete de Estudos da CGTP. E apontam para um agravamento da factura fiscal para os pensionistas que recebem menos de seis mil euros por ano.

"O rendimento dos reformados não sujeito a imposto irá ser reduzido dos actuais seis mil euros para um valor que poderá ser apenas de 3888 euros, equivalente à dedução por rendimentos do trabalho", diz Eugénio Rosa ao DN, considerando que se trata de uma "dupla penalização" para os pensionistas. "Por um lado, foi congelado qualquer aumento de pensões; por outro, muito mais gente vai ter de começar a pagar IRS."

Segundo o economista, se um reformado receber uma pensão ligeiramente superior ao salário mínimo nacional pagará em 2011 mais 168,96 euros de imposto sobre rendimentos. "Ao contrário do que sucede agora, um pensionista com um rendimento anual de seis mil euros verá 2112 euros dos seus rendimentos serem sujeitos a IRS."

Eugénio Rosa recorda que o rendimento isento de imposto "tem vindo a ser reduzido" pelo Governo nos últimos anos: "Em 2005, quando se começou a discutir esta aproximação entre o rendimento dos pensionistas e o dos trabalhadores no activo, a isenção estava nos nove mil euros. A redução para os 3888 euros significa uma penalização para cerca de um milhão de pensionistas." O economista antevê ainda uma "clara perda" de poder de compra para os reformados que recebem mais de 629 euros mensais e cuja pensão, "se for aumentada, sê-lo-á num valor inferior ao da inflação".

Ao aumento de impostos, o presidente da Cáritas Diocesana de Portalegre e Castro Branco, Elicídio Bilé, soma a subida do IVA para os 23% e a redução na comparticipação dos medicamentos, para concluir que os casos de pobreza irão "agravar-se de forma significativa" ao longo do próximo ano. "Estamos a assistir a um corte brutal nos parcos rendimentos de muitos milhares de pessoas. É uma política cega, que nos leva a pensar que estas medidas foram decididas um pouco à pressa, acabando por afectar pessoas que já pouco têm para sobreviver."

Elicídio Bilé diz que nos concelhos do interior a pobreza "afecta essencialmente" as crianças e os idosos, havendo casos de pessoas "sem dinheiro para ir à farmácia e comprar todos os medicamentos de que precisam para sobreviver". À Cáritas - instituição que a nível nacional dá apoio alimentar a cerca de 35 mil famílias - chega um número crescente de pedidos de ajuda. E a perspectiva é de que o número "seja muito maior nos próximos meses e surjam casos de pobreza ainda mais gritantes".

"É confrangedor ver o Governo falar em Estado social e tomar medidas que penalizam quem menos tem", diz o responsável da Cáritas, que está a esgotar a "capacidade de apoio" às famílias carenciadas

EXÉRCITO MUDOU MONUMENTO AOS 'PÁRAS' MORTOS NA BÓSNIA


Estado-Maior autorizou modificação de um monumento criado em memória dos cinco militares pára-quedistas mortos na Bósnia. Hoje, homenageia presença portuguesa.

por MANUEL CARLOS FREIRE

Diário de Noticias de 03/10/210

O monumento aos militares portugueses mortos na Bósnia, todos pára-quedistas, foi modificado para simbolizar, ao invés, a presença de Portugal na cidade de Doboj e, especificamente, a do Exército. Hoje, desconhece-se onde está a placa com os nomes dos cinco soldados que eram homenageados.

Aparentemente, face ao que o DN ouviu de diferentes fontes, estão em causa duas visões sobre o monumento: a de quem o fez, tributo aos soldados mortos, e a de quem, no final da missão, o viu como símbolo da presença das forças nacionais destacadas naquele país.

Sem resposta do Estado-Maior General das Forças Armadas (EMGFA) até ao fecho desta edição, não é possível clarificar de quem partiu a proposta de retirar, do monumento, os nomes dos militares mortos e aí colocar uma placa com a inscrição "Portugal ao serviço da paz na Bósnia Herzegovina 1996-2007" (tendo por baixo a mesma frase em bósnio).

Quanto ao lema dos pára-quedistas, "Que nunca por vencidos se conheçam", foi também substituído pelo do Exército: "Em perigos e guerras esforçados" (ver fotos).

O caso ocorre em 2007, mas só em Junho deste ano se torna conhecido via Facebook, quando um antigo pára-quedista recebe a fotografia do referido monumento e cria uma página nesta rede social, agora com 1100 seguidores e dezenas de comentários. Agora chega à Liga dos Combatentes (LC), através de um artigo do tenente-coronel Miguel Machado ('pára' na reserva) publicado no último número da revista Combatente.

"Estive na Bósnia [a partir de 1996] e fiquei chocado ao saber daquilo. Achei inacreditável e não há memória de se alterar um monumento de homenagem a militares mortos na guerra. Pode-se aumentar, acrescentar, mas transformar?", questiona Miguel Machado, ouvido pelo DN.

Posição semelhante tem o presidente da LC, general Chito Rodriques. "O Exército tem todo o direito de fazer o que quiser" para testemunhar o seu esforço militar na Bósnia, tanto do ponto de vista das unidades que lá estiveram como da população local. Porém, dada a intenção original de homenagear os mortos, neste caso "devia conjugar as duas coisas".

"Dignidade dos vivos, sim senhor. Mas honra aos mortos! No mínimo, têm de ser as duas coisas", enfatiza Chito Rodrigues, adiantando ao DN já ter marcado uma reunião com Miguel Machado para analisar quais as possibilidades de recuperar o espírito original do monumento.

As Forças Armadas - tanto o Exército como a Força Aérea e os Fuzileiros da Marinha, EMGFA - estiveram em diferentes locais da Bósnia entre 1996 e 2007, quando o 1.º batalhão da Brigada de Intervenção se tornou a última unidade a deixar aquele país balcânico.

Confrontado com a necessidade de dar destino ao monumento (transferir para Portugal, ou deixar no quartel de Doboj, com risco de ser vandalizado), o comandante do batalhão pediu instruções ao EMGFA, chefiado pelo general Valença Pinto (Exército).

No livro então publicado pelo batalhão, a cerimónia prestou "homenagem aos cinco militares que morreram ao serviço da paz" na Bósnia e Herzegovina.

PORTUGAL: O ESTADO DA NAÇÃO

ELEIÇÕES NO BRASIL NA HORA


.
Clique a seguir e saiba as horas no Brasil http://www.timeticker.com/

  • 3 de outubro de 2010 Atualizada às 08h42m

BRASIL - AÍ ESTA A VIVER A DINASTIA LULA DA SILVA


02/10/2010 - 11h58

Presidência já prepara festa, mas Dilma nega clima de 'oba-oba'

MÁRCIO FALCÃO
DE BRASÍLIA


Atualizado às 12h21.

A menos de 48 horas das eleições, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal recebeu pedido de reforço policial para festa que comemoraria a vitória da candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT).

Faça sua cola para votação
Acompanhe a Folha Poder no Twitter
Conheça nossa página no Facebook

O documento chegou na noite de sexta-feira, via fax, com timbre do GSI (Gabinete de Segurança Institucional) da Presidência da República. Requeria reforço para a Esplanada dos Ministérios a partir das 19h de domingo, duas horas após o fim da votação.

Paulo Whitaker/Reuters
Dilma em carreata com Lula e Mercadante em São Bernardo
Dilma em carreata com Lula e Mercadante em São Bernardo

Motivo alegado: a provável presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva no local. A Secretaria de Segurança do DF deve disponibizar 1.000 homens para o policiamento da Esplanada. São esperadas 10.000 pessoas.

Nesta manhã, em carreata ao lado do presidente, em São Bernardo do Campo, Dilma rechaçou clima de 'oba-oba' antes da hora. "Ninguém está preparando festa nenhuma. Temos muito respeito pelo processo eleitoral", disse.

Os 52% dos votos válidos cravados no último Datafolha garantiriam à petista vitória no primeiro turno.

'ATENÇÃO MAIOR'

Segundo o secretário de Segurança Pública do DF, João Monteiro Neto, apesar do pedido, não haverá nenhuma operação especial para a região.

"Todo policiamento já está planejado, principalmente, nessa área que se aglomera muita gente por causa da eleição. Não é em função do presidente, mas certamente, se o presidente aparecer por lá, vai despertar uma atenção maior de quem estiver trabalhando na área, caso ele apareça como foi aventado pelo GSI", afirmou.

O GSI informou que vai verificar a autoria do fax e só deve se manifestar sobre o caso nesta segunda-feira.

Dilma vota amanhã em Porto Alegre, ao lado do candidato ao governo do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT). O presidente Lula vota em São Bernardo do Campo (SP). Lula e Dilma devem acompanhar juntos a apuração dos votos em Brasília.

Em 2006, quando conquistou a reeleição com vitória em segundo turno, Lula comemorou em São Paulo.


+ Notícias sobre eleições


+ Notícias em Poder

A VERGONHA DOS GENERAIS COM UM PAÍS EM CRISE.

.

A VERGONHA DOS GENERAIS COM UM PAÍS EM CRISE.

Haja alguém que queira por mão nisto!!!
.
Mourato Nunes, oficial superior do Exército que esteve à frente da GNR durante cinco anos, tendo saído em Maio de 2008, não vê "qual é o problema" e acha que o caso devia ser "motivo de orgulho para a GNR" DN: "o militar em causa foi autorizado a este exercício de funções em regime de mobilidade interna" pelo período de um ano.Indignação
.
Afinal o Sr. General para se movimentar em Portugal necessita de condutor pago pela GNR!Por isso é que os Dignos Generais gostam de vir terminar a sua carreira à GNR, para eles é a Quinta onde se colhem bons frutos, mesmo depois de a deixar.
.
E as viúvas dos nossos dignos militares mortos em serviço ou por causa deste? E, os nossos homens incapacitados por motivo de serviço? E, os filhos que ficaram sem o sustento e o pilar da sua sustentabilidade? E aos Homens e Mulheres que durante anos e cada vez são precisos mais, serviram a Guarda Nacional Republicana!
.

Sim a todos estes o que se lhes dá? Nada, pois a estes não se lhe é reconhecido conveniência para o interesse público, esse interesse só existiu enquanto o Homem foi cobrador de impostos, fonte de receita, foi cozinheiro, foi sapateiro, foi correeiro, foi mecânico, foi carpinteiro, foi electricista, foi marceneiro, foi um pouco de tudo e terminou não sendo nada, em comparação com as regalias de alguns que apenas por aqui passaram 5 anos e têm o que se sabe, fora o que não se sabe.
.
E ainda se diz; “qual é o problema, ainda deviam era ter orgulho”O problema é que presunção e água benta cada um toma a que quer, Sr. General.Orgulho sente quem serve esta Força de Segurança mais de 30 anos. Assim vale a pena, ser tropa em Portugal é que não é só motorista, o mesmo também aufere, fora a reforma mais 1500 euros mensais de despesas de representação e a sua filha um rico emprego, será que este País está em crise?

GNR paga motorista particular a ex-comandante geral

Oficiais e associações estão indignados e querem explicações do actual chefe máximo da GNR, Nelson Santos, que autorizou.
.
O anterior Comandante-geral da GNR, tenente-general Mourato Nunes, tem um militar pago por esta força de segurança ao seu serviço como motorista particular. Mourato Nunes, oficial superior do Exército que esteve à frente da GNR durante cinco anos, tendo saído em Maio de 2008, não vê "qual é o problema" e acha que o caso devia ser "motivo de orgulho para a GNR" (ver caixa).
.
Em Janeiro deste ano, Mourato tomou posse como director--geral do Instituto Geográfico Português (IGP) e foi nesta qualidade que requereu ao actual comandante-geral, General Nelson Santos, que lhe cedesse um militar para seu condutor.
.
De acordo com um despacho de Nelson Santos, ao que o DN teve acesso, datado de Fevereiro de 2010, "foi autorizado o exercício de funções, em regime de mobilidade interna, do cabo José António Mendes Matos Alves, no IGP (...) com data reportada a Janeiro de 2010, mantendo-se a responsabilidade da Guarda pelo pagamento do militar".
.
O despacho enquadra legalmente a situação na Lei 12/A, que estabelece os regimes de vinculação dos funcionários públicos, segundo a qual estas autorizações podem ser concedidas por "conveniência para o interesse público", que deve estar "devidamente fundamentado", mas as associações da GNR desconhecem e duvidam que possa haver qualquer justificação para esta cedência.
.
Os oficiais, pela voz do seu dirigente associativo, sublinham que "os efectivos já são escassos e um militar da guarda deve estar afecto prioritariamente à actividade operacional ou em seu apoio". Para o major José Dias, "só se justificaria a colocação de um militar nestas funções por razões de segurança, se se verificasse alguma ameaça". No entanto, lembra, "nesse caso competiria ao Corpo de Segurança Pessoal da PSP, que tem a exclusividade da segurança pessoal, destacar um elemento, e não à GNR". Este oficial defende ainda que, quando os militares são requisitados, "deve ser o organismo que os requisita a pagar e não a Guarda".
.
Os dirigentes das duas maiores associações profissionais desta força estão indignados. "Numa instituição carente de pessoal e tratando-se de um agente de autoridade, com estatuto de polícia criminal, uma situação destas só se justifica à luz de interesse público, e desconhecemos qual possa ser neste caso", afiança José Manajeiro, da Associação de Profissionais da Guarda. "É com grande preocupação que vamos tendo conhecimento desta e de outras requisições, pois prejudica o trabalho dos homens que estão ao serviço nos postos, pois quantos mais estiverem destacados neste tipo de serviço, menos há para a segurança dos cidadãos", acrescenta:
.
O dirigente da Associação Socioprofissional Independente da Guarda, José Alho, ironiza: "assim vai este País... que permite que um general na reserva tenha um motorista à conta do erário público"
.
O porta-voz oficial do comando-geral da GNR é lacónico no esclarecimento enviado ao DN: "o militar em causa foi autorizado a este exercício de funções em regime de mobilidade interna" pelo período de um ano.
Indignação.

Batam palmas ao Miguel Portas!!!


Vergonhoso... Escandaloso...

Não percam o clique e ouvir Miguel Portas

http://www.youtube.com/watch_popup?v=m2B7RWJY--A

Sabiam disto Não pois eu também não...

POR QUE RAZÃO ISTO NÃO PASSOU CÁ NAS TELEVISÕES....
PORQUE SERÀ ?


PORTUGAL: "GOVERNADO POR BANDIDOS!"

.

AS SUAS NOTÍCIAS NO DIA 04.10.10

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã


Capa do Público Público

U2 monumentais em Coimbra
Sorteio do Totoloto (40º/2010)
Olhanense bate V. Setúbal e segue entre os primeiros
José Sócrates garante que corte nos salários são só para a função pública
Regresso à Lisboa revolucionária em forma de aula

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Jovens roubam atum para financiar compra de droga
Família de jovem questiona investigação da Judiciária
Duarte Lima quer ter acesso a todo o processo
PSD volta a 'salvar' portagens na semana do buzinão
A Alameda acolhe amanhã o Grande Baile da República

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Segunda plateia improvisada para escutar Bono e companheiros
Aplausos e gritos para U2
Aprender a meditar perto de casa
Falsos empregos no Facebook para extorquir dinheiro
Duarte Lima só responde se souber tudo o que está no inquérito

Capa do i i

José Manuel Pureza. "Um governo assim já se demitiu"
Violência doméstica. Pena suspensa para 38 anos de agressões
Acumulação de pensões. Cavaco fora das medidas de austeridade
PSD não aprova orientações para Orçamento de 2011
Gaia: realojadas oito famílias provenientes da serra do Pilar

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

"Não me passa pela cabeça que o OE não seja aprovado"
"TGV é um projecto inovador que não poderemos dispensar"
Sócrates afasta injustiça social nas reformas altas e abono de família
"É cedo" para falar sobre aumento do salário mínimo
Consumidores estão a gastar mais e sustentam bolsas americanas

Capa do A Bola A Bola

«Deco tem carácter duvidoso» - Carlos Queiroz
Varela chega à centena
«Não estou num bom momento» - Liedson
Fluminense empata com último e perde Deco
Valência soma e segue na liderança

Capa do Record Record

Aimar regressa ao comando da PlayStation
Coentrão todo-o-terreno
Gaitán: «Foi um pouco difícil voltar a jogar a médio»
São esperados 50 mil
Atacar a meta-volante para arrasar o pelotão

Capa do O Jogo O Jogo

Luiz Nunes, Hélder Cabral e Éder nos convocados
Jorge Jesus: "Estamos a caminhar para os níveis normais"
Chelsea: Kalou e Benayoun falham Marselha
Webber 1º nos treinos livres do GP Singapura
Tiago regressa aos treinos no At. Madrid

DOIS ZÉS DO TELHADO COM ESTILOS DIFERENTES...!!!

.

.
Responsabilidades do fundo de pensões da PT - 2 591 milhões de euros valor actual - 1 844 milhões de euros diferença - 747 milhões de euros. Ou dito de outra forma - se este negócio for avante, os contribuintes vão desembolsar 747 milhões de euros para que os accionistas não tenham de receber menos em dividendos.
.
Ou dito ainda de outra forma - os contribuintes vão ajudar a encher os bolsos da família espírito santo e de outros accionistas da pt.
.
Qual a vantagem - o pinóquio compõe as contas deste ano (o que lhe permite mais umas manobras de propaganda a dizer nós cumprimos o objectivo anunciado do défice orçamental) e remete para o futuro os problemas.
.
De uma forma inexplicável, a população portuguesa ou pelo menos 1/3 dela continua a votar neste bandido, incomensuravelmente mais pulhas do que um vulgar salteador de estrada, estilo Zé do Telhado.
.
Comunicado Lisboa 29 de Setembro de 2010

Portugal Telecom informa sobre conversações com o Estado Português relativas à eventual transferência das responsabilidades com planos de pensões regulamentares e respectivos Fundos de Pensões
.
A Portugal Telecom informa que se encontra em conversações com o Estado Português relativamente à eventual transferência para o Estado quer dos Planos de Pensões Regulamentares que abrangem parte dos actuais trabalhadores e ex-trabalhadores da Portugal Telecom, quer dos Fundos de Pensões constituídos para fazer face a estas responsabilidades.
.
Quaisquer insuficiências de financiamento das responsabilidades, apuradas à data de transferência, serão financiadas integralmente pela PT no momento da transferência.
.
A Portugal Telecom informa não ter ainda concluído qualquer acordo, pelo que uma eventual transferência está condicionada ao acordo quanto aos respectivos termos e condições e à aprovação pelos seus órgãos competentes.
.
A valorização das responsabilidades e activos a transferir para a esfera do Estado será determinada através de uma avaliação por um especialista independente, ainda por realizar.
.
Em 31 de Dezembro de 2009, o valor actual das responsabilidades passadas, apurado no último estudo actuarial, com os referidos Planos de Pensões Regulamentares ascendia a 2.591 milhões de euros, incluindo o Plano de Pensões do Pessoal da Portugal Telecom/CGA e o Plano de Pensões Regulamentares da Companhia Portuguesa Rádio Marconi e Plano de Pensões Marconi.
.
Na mesma data, o valor de mercado dos Fundos de Pensões constituídos pela PT Comunicações para financiamento das referidas responsabilidades ascendia a 1.844 milhões de euros.