Translator

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Mulheres mudam muito rápido de opinião - o que os homens já sabiam...

.

MACAU: "DE VOLTA À PRAIA GRANDE"

Parte 3º

.
O meu segundo dia em Macau saí de casa do meu anfitrião/cicerone e amigo António Cambeta pelas 8 da manhã. Como já referi o seu magnifico apartamento situa-se em frente à placa que dá início à Rua do Chunambeiro que seu significado, na língua chinesa, é fundição que pertenceu ao artista de fundir bocas de fogo Manuel Bocarro.
.



A placa está, precisamente, aposta na esquina da Casa de Matteo Ricci outro importante vulgo em Macau antigo de que teria, o missionário, um importante papel no relacionamento entre os povos do Ocidente e Oriente. Um clique: http://cambetabangkokmacau.blogspot.com/2010/08/blog-post.html .
Hoje, pela manhã, o amigo Cambeta vai mostrar-me a Porta do Cerco e a ligação, por muitos anos, e o istmo, entre Macau e a China.

.
Porta do Cerco com duas datas 1849 e 1870 que em verdade não me aprofundei do significado. Multidões de gente sobe, diariamente, por escadas rolantes para os serviços alfandegários chineses. O seu destino é a China.
.
O transporte sempre usado foram os autocarros públicos. Mas, (e bem me fez desentorpecer das pernas) eu e o amigo Cambeta subimos e descemos vária ruas íngremes do território, isto porque em Macau a topografia é acidentada e teria ajudado a defesa do território da cobiça dos holandeses e ingleses quando a todo o preço e fogo dos canhões o pretendiam conquistar.
.
A Porta do Cerco, foi mais um monumento de Macau que depois de Portugal entregar a administração do território ficou, embora tenha sido mudado do local, insere no topo a frase, portuguesa, patriota, de outras eras e de quando em Portugal, patriotismo havia e puro “A Pátria Honrai Que a Pátria Vos Contempla”.
.
A “Porta do Cerco” foi uma base, fronteiriça, com um posto militar, português, de fiscalização para evitar a entrada de clandestinos da China e contrabando. Actualmente, a Porta do Cerco, desactivada passagem,de lá e para cá da China, em Macau de uns milhares largos de pessoas. Uns para visitar.

.

.
Praça de São Marcos do hotel/casino Venetian, com o céu artificial que dá a ilusão a quem a visita ser natural.
Visto a Porta do Cerco e recebidas as informações do amigo Cambeta que conhece, perfeitamente, o local, contou-me histórias saborosas de quando na flor da idade chegou ali prestar missões oficiais. Partimos e teríamos que nos juntar a sua esposa Dra. Maria de Lourdes, seu filho Luis, esposa e uma encantadora criança, filha do casal, no Hotel Emperador para almoçarmos, juntos, no restaurante "Tentações".
.
Um "buffet" com todos, onde não falta a culinária de vários países e de Portugal também. Cada cliente come aquilo que seu estômago puder armazenar. O preço, bem se pode considerar uma ridicularia para o excelente serviço. E ainda mais os idosos, onde eu me incluí e o amigo Cambeta, têm um substancial desconto de quase metade do preço do almoço. Pronto digo daqui... Os velhotes em Macau são respeitados e até, os residentes, um desconto especial nos transportes, de arcondicionado, públicos.

.
Na Praça de São Marcos, do Hotel Venetian, há numerosas lojas que vendem artigos de marcas famosas europeias.
.
Depois do almoço há outra viagem a efectuar e agora para os lados da ilha da Taipa e visitar o hotel/casino Venetiam. De tal grandeza que dentro, para os que não o conhecem, interiormente, ou mesmo locais, se perdem entre as salas de jogo, restaurante e sei lá mais que por lá existem. Mas para que não surjam precalços de percurso o visitante pode prevenir-se com um mapa, oferecido na recepção daquele "monstro" de prazeres.
.

.
A moda, a moda de qualidade mora em Macau e em grande estilo no Venetian. Os chineses, alguns, atingiram idoneidade económica, vestem-se de roupa de marca europeia. A fabricada por eles, brinquedos e outras bugigangas vão para a Europa e para África...!!!
.

.
Os chineses, aqueles que eu observei, vestem-se e calçam-se bem, posters a dar conta das novidades do ocidente estão apostos em todos os lados de Macau...
.
O Venetiam, possui um canal, no segundo andar do enorme edifício, onde navegam gôndolas, remadas por venezianos a lembrar a cidade de Veneza em Itália.
.

.
Espectaculares frescos, pintados por artistas, decoram tectos do Venetian.
.

.
Magotes de chineses são um constante a chegar ao Venetian e a outros hoteis/casinos de Macau. É a apetência pelo jogo e outros em procura do desconhecido. Macau sempre haja sido a ligação da China com o Ocidente e vai continuar até sempre...!!!
.

.
São numerosos os escritórios de venda de apartamentos, por todo o território. Ouvi por lá falar em especulação. Preços, afixados nas montras, é proibitiva a aquisição pelos residentes, menos endinheirados.
.
Da zona dos casinos, partimos, para a zona residencial da Ilha da Taipa e precisamente na zona onde eu vivi, com minha mulher e filha há 22 anos. Nessa área onde apenas haviam três torres de 22 andares e ocupei um apartamento numa delas, os meus olhos vêm uma cidade, onde o capim e arbustos selvagens cresciam.
.
Torres residenciais a desafiar as alturas. Pequenos estabelecimentos, supermercados, stands de automóveis onde neles estão expostos Mercedes, Audi, Rools Royce e outras marcas de grande prestígio. Há também creches para tomar conta e educar crianças enquanto seus pais trabalham. Está ali um núcleo, absolutamente, urbanizado com ruas limpas e sujeitos, a multas, os que deitem uma "beata" de cigarro, um papel ou uma cuspidela para o solo. Em curtos espaços há recipientes para armazenar os lixos.
.

.
Na imagem do meio eu residi numa dessas torres há 22 anos. Quase não dava por ela. Como a ilha da Taipa cresceu!

.

.
Na imagem do lado esquerdo (ilha da Taipa) ainda existem casas antigas... Até quando? O Venetian visto da Taipa
.
.
Por mais estranho que nos possa parecer as ruas, da nova urbanização, da ilha da Taipa são sinalizadas, com chapas de azulejos, com o nome de cidades portuguesas...!!!
.
.
A imagem do lado esquerdo mostra o restaurante de comida portuguesa "Pinóquio", cujo proprietário é um natural de Macau. Comi há 28 anos no seu primeiro, restaurante, um barracão coberto de folhas de zinco. Dizem-me que o "Pinóquio" (Pina) se desloca, em Macau de Rolls Royce guiado por motorista e ele no banco traseiro. Imagem da Direita o aglomerados
.


.
Antes o restaurante de comida portuguesa era do Ricardo, reformado da polícia, que ficou por Macau com sua mulher chinesa e a filharada que ela lhe deu. Envelheceu e morreu. Não tinha, assim,assim muito jeito para atender os clientes... Diziam que era refilão.Depois vendeu-o ao Santos (lado esquerdo do amigo Cambeta) há 22 anos. O Santos, como se pode ver na foto da direita, nem é adepto de nenhum club da bola... É de todos! E assim vai vendendo os seus pratos de comida e viver com portista, sportinguistas e benfiquistas... Ah grande Santos!
.

.
A rua onde se situa o restaurante do Santos. Foi-se-me a memória o nome. Hoje é uma das ruas mais comerciais da ilha da Taipa. Os chineses chegados terra mãe, China, fazem ali compras de carne de porco seca, bolos de amêndoa e outras mais especialidades, para levar de regresso a casa com eles. Nesta artéria, passei eu dezenas de vezes, pelo pé, quando seguia para o armazem da Companhia de Electricidade de Macau. Era calma e ali comprava uma donuts, pela manhã, para o meu pequeno almoço. Foi bom ter visto aquela rua de felicidade dos que têm por lá lojas e fazerem negócio em barda.
.

.
Velhas casas centenárias, na parte velha da ilha da Taipa que o camartelo as tem poupado. Até quando?
.

.
Ficava-me para trás o casino/hotel Hard Rock. Um espectáculo! Há guitarras, expostas, saxofones, em armários, envidraçado, de "coça barrigas", do fumo da suruma e outras drogas duras de famosos há anos. Lá estão as botas, as calças jeans, os T-shirts e as luvas autografadas... Um cadeirão que deve ter servido a um famoso da geração "rasca", sentou-se o amigo Cambeta.. Mas, calma por aí...de rasca não tem ele nada e posso jurá-lo a pés juntos.
.

.
O relógio da marca Rolex foi sempre uma ambição e estatuto de homens de negócios da Ásia. Os anunciados, posso garantir que são originais. Mas nesta Ásia tambem se fabricam, com o nome Rolex, imensos que até em vez de vendidos à unidade podem ser vendidos ao quilo... São iguais..Só que passados dias começa a oxidar a caixa, saltam fora os ponteiros e a "rodinha" do mostrador de acerto de horas, deixa de funcionar ou sai para fora.

.
Na foto do lado esquerdo, as empregadas domésticas filipinas (dizem-me 100 mil filipinos, dos dois sexos em Macau), ao domingo vão passear até aos casinos para dois dedos de conversa. Os seus ordenados não lhe dão para flores e aventurarem-se nas máquinas caça moedas.Um tecto psicadélico de um restaurante do hotel/casino Hardo Rock.
.
.
O casino/hotel Lisboa. Aqui principiou a carreira de Stanley Ho, o rei do jogo em Macau. O homem está velho... e depois de tanta glória e riqueza, há um ano ou dois deu uma queda na casa de banho que lhe fracturou a cabeça. Esteve, por muito tempo entre a vida e a morte... O dinheiro dos ricos também serve para abreviviar o "badagaio...!!!. Mas assim como ele se encontra que vá colher urtigas o dinheiro porque já não lhe serve para nada.
Continua
José Martins

AS SUAS NOTÍCIAS NO DIA 20.10.10

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Conselho Nacional dá aval a estratégia de Passos
Juiz recusa buscas à casa das torturas
Manoel de Oliveira: Implanta pacemaker
Deco: Arrasa Queiroz
Carlos Garcia: Boicota festa da PJ

Capa do Público Público

Finanças põem a leilão livraria Sá da Costa no Chiado
Bruxelas lança ideia de um imposto europeu para alimentar o orçamento da UE
Farmacêuticas facturaram 5300 milhões em três anos mas só pagaram nove de IRC
Há 630 mil portugueses que têm crédito vencido junto das instituições financeiras
Conselho Nacional do PSD aprova por larga minoria posição do líder

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Eólicas excluídas do Parque Nacional do Gerês
Mandado de captura para ex-responsável do Benfica
Ministro reconhece polícias de elite
Hospitais devem 20 milhões aos bombeiros
Cavaco menos interventivono último ano

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Mulher da Máfia fez assalto em "férias"
De Paços de Ferreira ao Porto a diferença pode ser de 36 minutos
Juízes exigem saber quanto gastam membros do Governo
Câmara do Marco condenada a indemnizar empresário
José Justo acusado de desviar 1,3 milhões

Capa do i i

Emergência pré-hospitalar. Novos técnicos custam o triplo dos enfermeiros
Operação paga pelo SNS devolve rosto a homem do Rossio
PSD dividido. "Terrível Ângelo" rompe com Pedro Passos Coelho
Juízes querem conhecer despesas dos ministros
PSD admite abster-se caso PS aceite pressupostos

Capa do Diário Económico Diário Económico

Fitch considera cenário macro “optimista”
“Não subscreveria este OE mas os tempos não estão para divergências”
"PSD não deve pagar o mínimo da factura dos erros do Governo"
Municípios analisam hoje corte de 136 milhões previsto pelo Governo
IGCP espera juros da dívida pública mais baixos com a aprovação do OE

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Acções asiáticas descem com subida dos juros na China
20 mil portugueses investem em certificados do Tesouro
Mota-Engil interessada nas linhas urbanas da CP
Autoridade da Concorrência ultima aprovação da OPA do Montepio ao Finibanco sem condições
Governo espera atrair 500 milhões de euros com energia das ondas

Capa do Oje Oje

IGCP emite 750 milhões em Bilhetes do Tesouro
Dolce Vita Braga cria 3.300 empregos
União Europeia acorda regulação dos hedge funds
BofA regista prejuízo de 5,2 mil milhões
Apple dispara lucro em 70% com iPhone

Capa do Destak Destak

Ronaldo em grande na vitória do Real Madrid sobre o Milan (2-0)
Bragaparques: Supremo Tribunal diz que "não absolveu nem condenou" Domingos Névoa
Intervenção do FMI em Portugal "não é o fim do mundo"
Famílias têm custos elevados, apoios do Estado ainda insuficientes
Braga supera Partizan (2-0) e carimba primeiro triunfo na Champions

Capa do A Bola A Bola

Liedson espreita titularidade
Sócios ajudam funcionários
Moutinho “trintão” na Liga Europa
É ganhar, mais nada!
Varela deverá manter-se no onze

Capa do Record Record

Continuar a vencer na Europa
Fucile ilibado e de regresso
Aimar na lista para ser um dos capitães
Kardec: «Embalados para França»
Nada como Sófia

Capa do O Jogo O Jogo