Translator

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

ILUSIONISMO FANTÁSTICO!

.

video

PAULO GORJÃO: "O MUNDO DIPLOMÁTICO PORTUGUÊS"

.

.
"Em contrapartida, há países nos quais Portugal não tem representação diplomática, mas que são - ou que poderão vir a ser a médio prazo - relevantes para a política externa portuguesa. Entre outros, destacaria Filipinas, Malásia e Vietname no Sudeste Asiático; no Médio Oriente, Barém, Emirados, Kuwait e Qatar; em África, Botswana, Guiné Equatorial e Namíbia. (Paulo Gorjão)"

Antes de ler o conteúdo a seguir clique
http://www.ionline.pt/conteudo/90240-o-reordenamento-da-rede-diplomatica-criterios-e-repercussoes


Opinião - No que me toca, embora não seja diplomata, refiro-me ao conteúdo designado no parágrafo acima e referente à Malásia e Vietname, no Sudeste Asiático em que Paulo Gorjão, Director do Instituto de Relações Internacionais e Segurança (IPRIS), por falta de conhecimento menciona o Vietname e a Malásia e esquece a Birmânia, Laos e o Cambodja no Sudeste Asiático.
.
Deixamos as Filipinas, porque neste país já tivemos duas representações diplomáticas e acabaram por ser encerradas. A última foi há pouco mais de meia dúzia de anos.
.
A Embaixada de Portugal em Banguecoque tem a jurisdição da representação diplomática em sete países no sudeste asiático: Birmânia (Myanmar)Cambodja; Laos, Malásia,Singapura,Tailândia e Vietname. Na cidade-nação Singapura, foi aberta uma embaixada há uns três anos, que é apenas de “fachada”, cuja esta sob a jurisdição diplomática e de todos actos consulares a Banguecoque. Uma floreira que está por ali de rosas de péssimo cheiro.
.
Impensadamente e por falta de conhecimento o ministro Luís Amado. anunciou-a de quando, creio, numa passagem por Singapura, onde não há comunidade portuguesa ou luso descendente que justifique o dispêndio de milhares de euros, para ali fixar um Encarregado de Negócios cujo o seu trabalho não será mais que beber uns copos, polir o fundo da cadeira do seu gabinete. Em suma uma vida cheia de ociosidade e tédio que chega a enfadar.
.
A Malásia faz fronteira com a Tailândia e Kuala-Lumpur, com a distância de uns 1.500 quilómetros, não justifica a abertura de uma embaixada, onde, praticamente, comunidade portuguesa, também, não existe.
.
Temos Malaca historicamente, com valor e até este se vai perdendo, mesmo com a presença de uma dinâmica senhora, colocada ali pelo Instituto Camões, por que lhe falta o apoio, diplomático e cultural da representação de Banguecoque, com vistos de permanência na Malásia de apenas três meses que vai renovando.
.
Ora na Malásia justificava sim a abertura de um consulado, oficial e não honorário com um cônsul enviado do Palácio das Necessidades que estaria sob as ordens de Banguecoque. Justificava outro cônsul no Vietname, dado ao desenvolvimento, crescente, que é notado no país e outro em Singapura e não a “pomposa” fictícia embaixada.
.
Cambodja, Laos e a Birmânia não justifica colocar um cônsul, mas talvez, um cônsul honorário, cujo o estatuto deveria ser entregue, cuidadosamente, a um empresário de prestígio que poderia colocar aquilo que em Portugal ainda há para vender nestes países, onde a acção de Portugal, política, cultura ou comerial tem sido nula.
.
Mas a Embaixada de Portugal em Banguecoque que cobre os 7 países desde há uns anos, tem sido uma “morta” onde os embaixadores acreditados no Reino da Tailândia têm usado o espaço como uma estância de férias e de lazer e seu funcionamento tem seguido “sem rei nem roque”.
.
Não nos vamos, por agora, adiantar em mais pormenores em cima do que afirmamos.
José Martins

TODOS, NÓS, COM AS CALÇAS NAS MÃOS

.
Foi sim senhor...Os portugueses não deram ouvidos às mentiras dos "tretas", não entraram em nenhuma acção e hoje estão: com as calças na mão!

PORTUGAL AMA A GRÉCIA E A IRLANDA

Portugal loves Ireland


Os portugueses são mesmo um povo com um grande coração, não podem ver ninguém com frio que lhe oferecem logo o casaco. A Grécia teve problemas, emprestámos dinheiro que não tinhamos, a Irlanda está com as calças na mão, emprestamos outra vez o que não temos; 1500 milhões. Claro que isso faz subir o défice, faz subir os juros da dívida soberana do país e vai obrigar a mais austeridade. Não pensem que não sou sensivel aos problemas dos Irlandeses, mas quem vai ser solidário com os nossos? Já se viu que isto asssim não tem solução e só tende a agravar-se. Quando é que os PIGS se unem e vão dizer à Merkle que assim não pode ser. Que não faz sentido que o BCE empreste dinheiro à banca para depois ela nos emprestar a nós com juros 4 ou 5 vezes maior. Que não faz sentido que a Alemanha, o paladino da defesa da moeda, nos critique pelo valor do défice num dia para nos vender submarinos para os quais não temos dinheiro para comprar no dia seguinte.

E ASSIM FOI JESUS CRUCIFICADO EM ISRAEL NO "MONTE DAS OLIVEIRAS"


Benfica foi derrotado pelo Hapoel (3-0)

RIO DE JANEIRO: APOCALIPSE NAS RUAS

Reuters

Série de arrastões e incêndios de veículos assusta motoristas e moradores; veja imagens

Operação da PM contra ataques mata 14

Segundo balanço da PM, foram detidos nesta quarta-feira outros 25 suspeitos de
envolvimento nos ataques ocorridos em diferentes pontos do Estado desde o fim de semana.


24/11/2010

21h26 Governador do Rio pede ajuda à Marinha para conter ataques

21h13 Tiroteio na zona norte do Rio impede que crianças deixem escola

20h29 Veja relato de motorista de van incendiada no Rio

20h08 Em dia de ataques, 20 veículos são queimados no Rio; 14 morrem em ações da PM

19h57 Polícia prende suspeito de queimar van e ônibus na zona oeste do Rio

19h51 Transferência de presos do Rio depende de decisão da Justiça Federal no PR

19h01 Adolescente de 14 anos morre com tiro nas costas durante operação da polícia no Rio

19h01 Rio registra novos ataques; número de veículos queimados sobe para 32

18h02 Ações da PM contra ataques no Rio deixam 13 mortos e 25 detidos nesta quarta-feira

17h55 Circulação de ônibus no Rio não será reduzida por ataques, dizem empresas

16h47 Associação de PMs do Rio critica decisão de convocar todo o efetivo

16h37 Bilhete com ameaça é deixado em ônibus incendiado no Rio, diz polícia

16h08 Passageiros de van incendiada no Rio têm queimaduras de segundo grau

15h51 Criminosos furam pneus do Caveirão no Rio; 12 morrem em operações da PM

14h53 Bope entra em quatro comunidades da Penha, no Rio

14h23 Justiça autoriza transferência de presos do Rio para presídio no Paraná

14h17 Polícia prende 5 suspeitos de incendiar carros no Rio; outros 2 são detidos com drogas

13h28 Dez morrem em operações da PM contra ataques no Rio; 19 veículos são queimados

13h17 Agentes da Polícia Rodoviária Federal chegam ao Rio até amanhã para elevar segurança

13h08 Vítimas de ataque na zona oeste do Rio têm ferimentos leves, diz secretaria

12h38 Polícia prende suspeito de incendiar ônibus na zona norte do Rio

12h04 PM faz operações contra ataques no Rio; sete suspeitos morrem

11h46 Ataques são desespero de marginais e UPPs vão avançar, diz Cabral

11h28 Caixas de madeira provocam alarme falso de bomba em duas praças de Ipanema

11h15 Incêndio em van no Rio deixa quatro feridos, segundo bombeiros

11h00 PM fica de prontidão devido a ataques no Rio; policiais de folga são convocados

10h25 Van e ônibus são incendiados no Rio; nº de veículos queimados sobe para 16

10h01 Pelo menos 14 veículos foram incendiados no Rio desde a noite de ontem

08h19 Rio tem nova madrugada de ataques; ônibus é incendiado

03h47 Rio investiga união de facções para ataques

VIOLENTOS CONFRONTOS ENTRE A POLÌCIA E TRAFICANTES DE DROGA

Violents affrontements entre la police et les narcotrafiquants à Rio
Desde o início da semana de confrontos sangrentos entre polícia e traficantes no Rio de Janeiro. Esta escalada de violência põe em dúvida a capacidade da cidade para garantir o bom andamento da Copa do Mundo e Jogos Olímpicos, 2014-2016.
Por Despacho (texto)

AFP - Após três dias de violência nas ruas do Rio, onde os ônibus foram incendiados delegacias e metralhado, doze supostos traficantes de drogas foram mortos em operações policiais nas favelas.

Quarta-feira, dez traficantes foram mortos pela polícia forçou a entrada na favela, enquanto os outros dois foram mortos antes, durante tiroteio entre traficantes e policiais.

Esta escalada de violência desencadeada na madrugada de segunda-feira, mais uma vez põe em dúvida a capacidade do Rio para prender firmemente os dois grandes eventos esportivos do planeta, a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas em 2016.

Na noite de terça para quarta-feira, dezoito veículos com cinco ônibus e micro-ônibus foram queimados e metralharam uma delegacia de polícia. Imagens do ônibus em chamas em várias partes da cidade passou várias vezes na televisão.

Os ataques da noite, descreveu cenas de "guerrilha" pela imprensa, teve lugar nas principais estradas, como a "Linha Vermelha", que levou para o aeroporto internacional, causando pânico em várias partes da cidade mais de seis milhões de pessoas.

O governador do Rio, Sérgio Cabral, lançou "um apelo à calma" ao público.

"Estas ações não são uma ameaça, mas sim um ato desesperado de criminosos", disse o governador da rádio CBN.

Na maioria dos casos os assaltantes interceptaram o veículo, os passageiros estão desembarcando, polvilhe-a com gasolina e atearam fogo. Nos bairros da periferia norte e oeste, muitos estudiosos têm preferido ficar em casa.

As autoridades disseram que a violência foi uma resposta para a criação há dois anos, das unidades de polícia chamado UPP paz destinado a restabelecer a paz e os serviços públicos nos bairros pobres controladas por traficantes.

O objetivo do narcos é "aterrorizar" a população e intimidar os guvernement local, os peritos dizem que a violência.

Secretário de Estado de Segurança, José Mariano Beltrame, disse que de acordo com as agências de inteligência, duas maiores facções de traficantes de drogas fizeram uma trégua para se unirem e tentar desestabilizar a UPP que tem caçado favelas.

Seria o Comando Vermelho e ADA (amigos dos amigos ") que dominam a favela dois maiores do Rio, as da Rocinha (sul) e do Complexo do Alemao (norte).

Sr. Beltrame advertiu que esta noite merda "endurecer" a repressão se a violência continuou.

"Os perdedores serão aqueles que apostam na desestabilização. Isso é o que os bandidos estão tentando fazer com estes ataques (...) Se a violência continuar, vamos dobrar o número de policiais", disse ele.

Quarta-feira, 1.200 policiais foram demitidos e colocou na rua e todas as barracas foram colocadas em alerta.

Em resposta à violência desencadeada domingo, as autoridades se mobilizaram centenas de policiais para investir 22 favelas onde os traficantes. Dois supostos traficantes foram mortos.

Até o momento, treze favelas, localizadas principalmente em áreas residenciais, foram pacificados e mais de 200 mil pessoas foram libertadas da ordem imposta pelos traficantes.

No Rio, quase dois milhões de pessoas (um terço da cidade intramuros) vivem em mais de mil favelas. Em 2014, cem deles será pacificado.


Click here to find out more!

LONDRES: "PROTESTO DOS ESTUDANTES PELO AUMENTO DAS PROPINAS"

.

Alunos de uma escola de Londres protegida de uma van da polícia que haviam sido atacados. Disseram os vândalos para se retirar.
.
24 de novembro de 2010 Atualizado às 15:04 GMT

Estudantes enfrentam polícia em protesto do aumento das propinas

Por Sean Coughlan - BBC

Educação correspondente da BBC News

Estudante culpados pela demonstração violenta
Linhas de polícia estão retendo milhares de estudantes que protestavam no centro de Londres, em uma onda de protestos contra as propinas e taxas mais altas e cortes no orçamento da universidade.
Uma van da polícia, abandonado no protesto, em Whitehall, foi atacada.
Houve brigas e barricadas, enquanto a polícia tenta conter os manifestantes.
Houve ocupações em várias universidades, incluindo a Bodleian Library da Universidade de Oxford.

Manifestantes em Londres havia planejado para demonstrar em frente à sede Liberal Democrata - com estudantes acusando os líderes do partido de planejamento para quebrar o seu compromisso assinado de que votaria contra o aumento das propinas.

Os alunos estão fazendo barricadas em universidades, incluindo Royal Holloway, de Plymouth, em Birmingham, London South Bank, UCL, Essex e Bristol UWE.

Marchas, greves e manifestações de protesto também estão ocorrendo nas universidades e faculdades em Manchester, Liverpool, Sheffield, Bristol, Southampton, Oxford, Cambridge, Leeds, Newcastle, Bournemouth, Cardiff, Glasgow e Edimburgo.

Estudantes protestam contra planos do aumento das propinas na Inglaterra, para £ 9.000 por ano, e para retirar o financiamento público para os orçamentos universitários de ensino para muitos assuntos.

Uma passeio de estudantes foi muito maior em Londres do que há duas semanas, que terminou, em um ataque contra a sede dos conservadores que até agora já foi seguido por 68 detenções.

No protesto, manifestantes foram detidos pela polícia em Whitehall, antes da manifestação chegar à Praça do Parlamento.

A multidão tenta entrar - mas a cordões policiais contiveram o protesto.

As manifestações não estão sendo organizados pela União Nacional dos Estudantes - e tem havido incertezas sobre o padrão de protestos.

Há um par de mil alunos já no meio de Whitehall, e a atmosfera é muito mais tensa do que era antes. Objectos estão sendo lançadas e uma van da polícia foi abandonado e pintada com grafite. Alguns alunos estão a subir para se abrigarem em autocarros e fazendo barreiras de segurança em torno dos edifícios do governo.

CRISE NA IRLANDA: DESPEDIMENTO DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS


O primeiro-ministro irlandês, Brian Cowen, na noite passada de um encontro parlamentar na sede do governo em Dublin.- Reuters

A crise do euro
Irlanda vai demitir 24.750 funcionários dentro de um plano de ajuste duro
.
"O Governo admite que as medidas são a pretensão de salvar 15 mil milhões ao longo de quatro anos que irão afectar negativamente a qualidade de vida dos seus cidadãos a curto prazo
Claudia Perez Dublin 24/11/2010

O Governo irlandês anunciou hoje plano de ajuste que pretende economizar 15 mil milhões de euros até 2014, como medidas drásticas de redução de custos que afectam negativamente a sua qualidade de vida a curto prazo para receber o resgate de seus parceiros.
.
Entre as mais duras, redução da equipe de funcionários em 24.750 pessoas, representando 7% do total. Isso excede a previsão, como era esperado para ser 20 mil, embora seja necessário lembrar o notável incremento na contratação pública tem ocorrido nos últimos anos.
.
Com os dados de setembro, havia 361 mil trabalhadores encarregados da administração de um país de 4,5 milhões de habitantes. Com relação à renda, o imposto subirá para 23% até 2014, aumentar os impostos sobre o rendimento, mas não vai tocar nas empresas, bem abaixo do resto dos seus parceiros do euro, 12,5% e criticada por Bruxelas .. ..."

DURÃO BARROSO: "A CRISE E COMENTÁRIOS"

.
Durão Barroso: "Não é desejável falar sobre os países que podem estar em risco"

Presidente da Comissão Europeia disse hoje que “não é desejável” debater o potencial contágio da crise de dívida soberana nos países do euro.
Não é desejável começarmos agora a falar sobre os países que podem estar em risco”, disse hoje o Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, no Parlamento Europeu.

Nos mercados cresce a especulação de que, depois da Irlanda, será Portugal a necessitar de ajuda internacional, ao que se pode seguir a Espanha.

Muitos economistas e analistas têm feito declarações nesse sentido, enquanto os responsáveis europeus – exceptuando Ângela Merkel – têm, tentado sem sucesso colocar “água na fervura”.

Barroso acrescentou que a situação “seria muito pior se não tivéssemos o euro” e considerou que “alguns países que não estão no euro têm exactamente os mesmos problemas de dívida soberana, ou piores ainda”.

É por isso que o presidente da Comissão europeia diz que o “euro não é o problema”.

COMENTÁRIOS
csnel 24 Novembro 2010 - 12:40
Merkel, The destroier!

O PISTOLEIRO QUE NÃO GOSTA DE GREVISTAS

.
Apontou arma a outros grevistas
.
Gestor do Intermaché atropela duas sindicalistas que faziam greve
Um administrador do Intermarché da freguesia de Calendário, em Vila Nova de Famalicão, foi detido esta quarta-feira de manhã por atropelamento e ameaça com arma de fogo a sindicalistas que se encontravam junto ao estabelecimento a promover o piquete de greve.
.
Ao que o CM apurou, Alfredo Guimarães, o agressor atropelou com um jipe duas delegadas sindicais que estavam no passeio junto ao supermercado. Depois ao ser perseguido ainda apontou uma pistola a outros grevistas.
.
A PSP foi chamada ao local e deteve o agressor. As duas vítimas sofreram várias escoriações e necessitaram de receber tratamento hospitalar.

A viatura foi apreendida.
Fonte: Correio da Manhã

GREVE GERAL EM PORTUGAL - NA IMPRENSA ESTRANGEIRA

.
Greve Geral - Fonte France24
Actualizado em: 24/11/2010 - Greves - Eventos - Portugal - Sindicatos

A greve geral contra a austeridade é maciçamente seguida Sindicatos convocaram uma greve geral paralisou fortemente o país, incluindo as áreas dos serviços públicos e transportes.
Nenhum avião aterra ou levanta nos aeroportos portugueses e mais de três quartos dos trens são cancelados.
Por Despacho (texto)
.
video video
Nathalie Perez (vídeo) AFP - Vôos cancelados portos paralisados, metros fechados: a greve geral contra a austeridade foi seguido maciçamente quarta-feira de manhã em Portugal, afectando fortemente todos os serviços públicos, mas também as grandes empresas.
.
"O sentido de uma crescente frustração dos portugueses"
Por Helen FRADE, enviado especial em Portugal, 24/11, às 11h
.
O sector dos transportes foi particularmente afetada, nenhum vôo foi agendada na quarta-feira para partidas ou de chegadas nos aeroportos portugueses, de acordo com a ANA, operador de aeroportos portugueses. Mais de três quartos dos trens foram cancelados e 60% sitocarros, de acordo com números fornecidos pelo Departamento de Comboios de Portugal e da Carris.
.
Em Lisboa, há o metro do dia, fluxo e transporte fluvial entre as duas margens do Tejo foi interrompido, confirmou o Metropolitano de Lisboa ea Transtejo.
.
A greve, chamada pelos dois principais sindicatos UGT e CGTP, unidos pela primeira vez desde 1988, também paralisou o sector da educação, com muitas escolas fechadas, e serviço de saúde, a maioria dos hospitais oferecem apenas um serviço mínimo de emergência, de acordo com fontes sindicais.
.
De acordo com os sindicatos, o movimento também foi "maciço" nas grandes empresas, em particular no sector automóvel, com mais de 90% de grevistas da Autoeuropa.
.
Linhas de piquete foram criados antes da meia-noite, principalmente no aeroporto de Lisboa, onde dez dos onze bombeiros pararam de funcionar.
.
Semana passada, um incidente foi relatado à entrada de uma triagem do correio, em Lisboa, entre sindicalistas e policiais. Segundo uma fonte sindical, os elementos do piquete foram empurrado durante uma "carga de polícia" para desalojá-los. "Não havia nenhuma acusação", disse por seu lado um porta-voz da Polícia Nacional.
.
A última greve geral em Portugal remonta a Maio de 2007 e foi organizado na altura pela CGTP só, próximo do Partido Comunista, para protestar contra a política de austeridade conduzida pelo primeiro governo socialista de José Sócrates, para a já correcção dos défices .
.
O Parlamento Português vota próxima sexta-feira o orçamento para 2011 que deve ajudar a reduzir o défice orçamental de 7,3% em 2010 para 4,6% no próximo ano, e prevê uma redução dos salários do setor público, redução das prestações para muitos aumenta sociais e fiscais.
.
Apesar destas medidas sem precedentes destinada a acalmar os mercados financeiros, Portugal poderá ser obrigado, como muitos analistas a solicitar, depois da Grécia e da Irlanda, o FMI e a União Europeia para o financiar .

POIS QUE VENHA O SENHOR (SABE TUDO) PROFESSOR MARCELO

Política

Marcelo abre a porta a candidatura a Belém

Por Filipa Martins, Jornal i. Publicado em 24 de Novembro de 2010 Actualizado há 13 horas

.
"Se houver condições para uma candidatura minha não digo que não", disse no Luxemburgo
No caso da Presidência da República, não é preciso que Jesus Cristo desça à terra para que o comentador Marcelo Rebelo de Sousa pondere uma candidatura a Belém daqui a cinco anos. "Se houver condições para uma candidatura minha à Presidência da República não digo que não", afirmou o antigo presidente do PSD, num encontro com jornalistas de língua portuguesa, realizado no Luxemburgo, na passada semana. A frase, citada pelo "Bomdia" - um órgão de comunicação local -, foi proferida no âmbito de uma conferência no Instituto Camões a convite da Associação Amigos do 25 de Abril
.
Marcelo anunciou o dia em que Cavaco iria apresentar a sua recandidatura
.
Questionado sobre quem se perfilaria como candidato dentro de cinco anos, Marcelo Rebelo de Sousa terá apontado o seu próprio nome como possível, mas também o de Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia, o da ministra da Saúde de Cavaco Silva, Leonor Beleza, e o do ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes.
.
Já em território nacional, e em declarações ao i, o professor volta a não fechar a porta a uma candidatura a Belém, mas é mais moderado: "Não digo não... mas também não digo sim". "Não vale a pena especular, faltam cinco anos", respondeu Marcelo Rebelo de Sousa, confirmando ainda a enumeração dos outros nomes como putativos candidatos à Presidência da República. "Expliquei, quando me questionaram, que a crise actual veio provar que as coisas mudam muito depressa, logo é prematuro falar das próximas presidenciais", referiu.
.
Marcelo Rebelo de Sousa esclareceu ainda, em declarações ao "Bomdia", que não se candidatou "a líder do PSD porque Passos Coelho tinha apoios de todos os lados, incluindo o de Sócrates, que não via mal - nessa altura - em fazer um bloco central com ele. Entretanto as coisas mudaram". Ao i, o comentador reforçou a ideia de que "Sócrates sonhava fazer um bloco central com o actual líder do PSD e, por isso, ambicionava que Passos Coelho vencesse as directas. Achava que era uma pessoa mais ajustável do que Paulo Rangel, por exemplo". "A realidade mostrou que não tinha razão", concluiu.
.
O comentador tem dado como certa a vitória de Cavaco Silva, apoiado pelo CDS-PP e pelo PSD, nas eleições presidenciais que se realizam no próximo ano. A convicção fez com que o candidato presidencial apoiado pelo PS e pelo Bloco de Esquerda tenha acusado Marcelo Rebelo de Sousa de confundir as funções de "porta- -voz" da campanha de Cavaco Silva com as de "comentador". As declarações de Manuel Alegre surgiram durante uma acção de campanha depois de o comentador ter referido, neste domingo na TVI, que Alegre "não tem campanha" e está "sozinho".

AS SUAS NOTÍCIAS NO DIA 24.11.10

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

500 polícias fintam greve com baixas
Cavaco Silva: Felicita TVI por Emmy
Maradona apanhou boné de Federer
Portimonense: Atletas suspensos
Lula da Silva: Portugal estratégico

Capa do Público Público

Toda a informação do Público na palma da sua mão.
Viana do Castelo sem ligações ferroviárias ao Porto e a Valença
Greve cancela 57 ligações de comboio em todo o país
Portugal e Espanha sob forte pressão dos mercados
Mineiros desaparecidos na Nova Zelândia estarão todos mortos

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Situação de Portugal e da Irlanda "são incomparáveis"
Orçamento de austeridade "era mais do que previsível"
Passos Coelho não faz greve, mas compreende angústia dos portugueses
Comboios previstos a circular sem qualquer supressão
Prédio em risco pode causar efeito dominó no quarteirão

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Precários também estão abrangidos pelo pré-aviso d greve
Fita-cola esconde origem de blindados
Saiu do carro para urinar e morreu atropelado
Gatos prometidos para adopção acabaram mortos
Efeito dominó temido na Avenida 5 de Outubro

Capa do i i

Marcelo abre a porta a candidatura a Belém
Equipamentos em standby gastam 11% do consumo médio por habitação
Cortes salariais. PS e PSD admitem excepções nas empresas públicas
Crianças com deficiência em risco de ficar sem apoio nas escolas
Descoberta no VIH/sida. Um comprimido por dia reduz risco de infecção

Capa do Diário Económico Diário Económico

Orçamento de austeridade "era mais do que previsível"
CP com 77% de comboios suprimidos nas primeiras seis horas do dia
Carris com 40% dos serviços programados às 06h15
STANDARD AND POOR'S CORTA 'RATING' DA IRLANDA
Recolha de lixo em território nacional praticamente paralisada

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Ásia anula parte das quedas com investidores a regressarem ao mercado
Euro recupera de mínimos de dois meses mas permanece abaixo de 1,34 dólares
As notícias em foco na edição de hoje, dia 24 de Novembro, no Negócios
Ajuda a Portugal e Espanha somaria mais de 450 mil milhões de euros
Optimize diz que PPR continuam a ser um "paraíso fiscal"

Capa do Oje Oje

BPI reduz em 1500 milhões recurso a BCE
Resgate de Portugal custa 51 mil milhões
ESFG lucra menos 15,5% até Setembro
Lucro da Tranquilidade cresce 47%
Eni e PDVSA em acordo de 13 mil milhões

Capa do Destak Destak

Real arrasa Ajax em Amesterdão (0-4) com bis de Cristiano
O tudo e o nada
Cavaco Silva felicita TVI e Media Capital pelo Emmy atribuído à telenovela "Meu Amor"
Facebook tem quase um quarto das pageviews na Internet
Évora fica sem recolha de lixo no arranque da paralisação

Capa do A Bola A Bola

«Por mim vou já!» - José Luis Fernández
Paragem está à vista
Kardec na lista do Hoffenheim
Benfica procura terceiro apuramento
Explosão de André Santos deve sentar Maniche

Capa do Record Record

Resultados 2010/11
No papel de pronto-socorro
Evaldo posto à prova
Vermouth: «Benfica seria um sonho para mim»
Classificações 2010/11

Capa do O Jogo O Jogo

Benfica vence Lugano Basket
Lima: “Falaram muito sobre nós e muitos não acreditavam”
Mourinho: “Conseguindo ganhar o grupo e ficamos em vantagem no sorteio”
Soderling bate Ferrer
Wenger: “Não percebo como, com cinco árbitros, um penalty passa em claro”