Translator

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

DR.MARTINS UM "FERREIRO" A MALHAR EM FERRO FRIO...!!!


.
Este blogue comunga nos desejos do Dr.Martins que não haja Portugal e Espanha envolvidos no Mundial de 2018. Porém o Dr. Martins, continua a malhar em ferro frio, porque ninguém o ouve (a este blogue também) e tenha muito cuidadinho porque esta malta da bola não brinca... Bem lhe pode acontecer (ou pior) o mesmo de limpar o pó da rua com a farpela.
.
.
Os portugueses estão a pagar com lingua de palmo a submissão do Governo a Espanha.
José Sócrates - o pior PM da história de Portugal - disse que a política portuguesa tinha como prioridade Espanha/Espanha/Espanha.
Aqui estamos com a nossa economia na mão dos espanhóis, o Governo incompetente e que afunda cada vez mais Portugal.
É no governo de José Sócrates que foi decidida a candidadtura de Portugal e Espanha à organização do Mundial de Futebol.
Desmerecendo Portugal e, ao mesmo tempo, fazendo aparecer perante todo o Mundo Portugal como um Estado satélite de Espanha.
Esta política, socialista, é preversa.
Portugal não pode associar-se a Espanha para eventos dessa grandeza.
Porque ficamos sempre em posição subalterna.
A Federação Portuguesa de Futebol meteu-se por caminhos que não são só desportivos, porque têm ressonância política.
Acresce que Portugal não pode andar em "futebóis" quando está em causa a nossa sobrevivência política, económica e social.
Portugal não deve embarcar nestas coisas, pois os recursos são escassos, e já chega de "eventos", sobretudo este caso em que a organização tem implicações políticas.
O PSD deve demarcar-se e censurar essa organização e fazê-la abortar.
Portugal vai gastar milhões de euros na organização do Mundial e não pode ser.
O retorno, económico, não é nenhum. Negativas.
As implicações políticas são imensas.
Portugal tem de ter outras atitudes, tem de ser inteligente e apostar na reorganização económica, na aposta no investimento produtivo.
4 comentários
video

O TIMONEIRO MAIS DESGRAÇADO DA JANGADA DE PEDRAS


UM JONATHAN ENXERTADO EM CORNO DE CABRA!

3 Anos de idade Jonathan Realização do 4 º Movimento da Sinfonia de Beethoven 5


O ZÉZITO O NOSSO CARROCEIRO

Lá vem mais precariedade

Sócrates mexe no mercado laboral para atacar a crise
"in DN"

Com o se não bastassem os aumentos de impostos e os cortes salariais, (o que faz de Portugal um dos países onde os cidadãos pagam mais e ganham menos) agora vão ainda aumentar ainda mais a precariedade e reduzir os já poucos direitos de quem trabalha. Este governo, vendido a esta Europa Capitalista, não pára de acabar com os direitos sociais e laborais e pelos vistos não lhe basta a ultima revisão da lei de trabalho que permitiu que o desemprego em Portugal atinja já quase 11%. Para 2011, a juntar às dificuldades porque todos vão passar ainda lhe vai acrescentar mais insegurança no emprego e uma maior prepotencia dos patrões.

HISTÓRIA DA FORMAÇÃO DE UM ANIMAL A QUE LHE FOI DADO O NOME DE HOMEM

.



Assim surgiu a humanidade. (História resumida)

GENIAL !!!
Para todos aqueles que não se interessam por antropologia, aqui vai uma versão resumida:
Originalmente os humanos começaram a organizar-se em pequenos grupos de caçadores/colectores nómadas.
No verão habitavam as montanhas e alimentavam-se de veados e outros animais; no inverno desciam até à costa e viviam à base de peixe e marisco.
Os dois mais importantes marcos no desenvolvimento primitivo foram a invenção da cerveja e da roda.
A roda foi inventada com o propósito de conduzir o homem até à cerveja.
Estes dois progressos tecnológicos formaram a estrutura para a fundação da civilização moderna e juntos foram o catalisador da divisão dos humanos em dois subgrupos distintos:
1: Socialistas,
e ;
2 Conservadores.
Assim que foi descoberta a cerveja a necessidade de enormes quantidades de grão para a sua produção levou ao surgimento da
agricultura.
Mas nem o vidro nem o alumínio tinham sido ainda descobertos. Por isso os nossos antepassados passavam muito tempo sentados à porta das cervejarias à espera do momento da sua produção.
Esse facto está na origem da formação das aldeias e cidades.
Alguns homens passavam o dia a caçar e a preparar a carne dos animais para a consumirem à noite, no barbecue, enquanto bebiam cerveja.
Este foi o inicio daquilo que é hoje conhecido como movimento Conservador.
Outros homens, mais fracos e menos dotados para a caça, aprenderam a viver à custa dos conservadores aparecendo à noitinha, agachando-se perto do barbecue e oferecendo serviços de costura, de fretes e de barbeiro.
Este foi o inicio do movimento Socialista.
Alguns destes homens Socialistas desenvolveram um gosto efeminado e tornaram-se conhecidos por "maricas".
Entre outros desenvolvimentos dos Socialistas que merecem menção encontram-se a domesticação dos gatos, a invenção da terapia de grupo, os abraços em grupo e em publico e o conceito de Democracia, para
decidir através do voto como deveria ser dividida a carne e a cerveja que os Conservadores providenciavam.
Com o passar dos anos os Conservadores passaram a ter como símbolo o maior e mais poderoso de todos os animais: o elefante.
Os Socialistas ficaram simbolizados pela pega-rabuda, por razões obvias.
Os Socialistas modernos gostam de cerveja misturada com Seven-Up, vinho branco adamado e água francesa engarrafada. Comem peixe quase crú mas preferem a carne bem passada. Suchi, tofu e comida francesa
constituem a imagem de marca destes Socialistas.
Outros aspectos interessantes: a maioria das mulheres dos Socialistas possuem níveis mais elevados de testosterona que os seus maridos e quase todos os trabalhadores sociais, gays, artistas, jornalistas e poetas são Socialistas.
À medida que o seu número aumentava os Socialistas inventaram os impostos progressivos para que cada vez um numero maior de Socialistas pudesse viver à custa de um numero menor de Conservadores.
Os Conservadores preferem cerveja nacional, sobretudo SuperBock ou Cristal. Comem carne mal passada e providenciam a alimentação das suas mulheres e filhos. Os Conservadores são bons caçadores, toureiros, operários de construção, bombeiros, médicos, polícias, engenheiros, administradores, atletas, militares, pilotos e, em geral,
distinguem-se em todos os ofícios produtivos.
Os Conservadores que administram as suas próprias empresas apreciam contratar outros Conservadores que fazem do trabalho a sua forma de vida.
Os Socialistas produzem pouco ou nada. Mas gostam de governar os produtores Conservadores e decidir para quem eles devem produzir. Os Socialistas acreditam que os Europeus são mais desenvolvidos que os Americanos. Esta é a razão pela qual a maioria dos Socialistas permaneceu na Europa enquanto os Conservadores viajaram para a América. Os Socialistas só acabaram por aparecer na América depois de o Far-West estar completamente seguro e estabeleceram-se com negócios da treta, a tentar iludir os incautos.
E por hoje chega de história da humanidade.

FATAL: DECEPÇÃO DEPOIS DA VIOLAÇÃO

FAÇA MUITOS AMIGOS/AS NO 2011 E DAQUELES QUE NÃO O LIXEM...!!!



Contrato de 2010/2011

Depois de uma séria e cautelosa consideração,
quero notificar-te que o nosso"Contrato de amizade"foi renovado para o novo ano de 2011.
Nunca desvalorize ninguém guarde cada pessoa perto do seu coração porque um dia você pode acordar e perceber que perdeu um diamante enquanto estava muito ocupado colecionando pedras.
Mande este abraço para todos os que não quer perder em 2011.
(incluindo a mim se achar bem).
Tente conseguir 12. Não é fácil

SUZUKI E OS DOIS GAJOS MAIS DESGRAÇADOS DE MOMENTO EM PORTUGAL



No primeiro dia de aulas numa escola secundaria nos EUA, a professora apresentou aos alunos um novo colega, Sakiro Suzuki , do Japão..

A aula começa e a professora:
- Vamos lá testar os vossos conhecimentos de história e política.

Quem disse: 'Dê-me a liberdade ou a morte'?

Silêncio total na sala.

Apenas Suzuki levanta a mão e diz:
- Patrick Henry em 1775 em Filadélfia.

Muito bem, Suzuki.

E quem disse: 'O estado é o povo, e o povo não pode afundar-se.'?

- Abraham Lincoln em 1863 em Washington.

A professora olha os alunos e diz:
Vocês não têm vergonha?
Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história americana do que vocês!

Então, ouve-se uma voz baixinha, lá ao fundo:
- Vai levar no cu ... , japonês filho da puta...!

Quem foi?! grita a professora.

Suzuki levanta a mão e sem esperar responde:
- General McArthur em 7 de Dezembro de 41 em Pearl Harbour e Lee Iacocca em 1982 na Assembléia Geral da Chrysler.

A turma fica silenciosa, apenas se ouve ao fundo da sala:
- Acho que vou vomitar.

A professora grita:
- Quem foi?

Suzuki responde:
- George Bush (pai) ao Primeiro-Ministro Tanaka durante um almoço, em
Tókio, em 1991.

Um dos alunos grita:
- Chupa-me a gaita!

E a professora muito irritada, grita:
- Já chega! Quem foi agora?

Suzuki, sem hesitações:
- Bill Clinton a Mônica Lewinsky, na Sala Oval da Casa Branca, em Washington - 1997.

E outro aluno levanta-se e grita:
- Suzuki é uma merda!

Suzuki responde:
- Valentino Rossi após o Grande Prémio de Motociclismo no Rio de Janeiro em 2002.

A turma fica histérica, a professora desmaia, abre-se a porta e entra o director, que pergunta:
- Que merda é esta?! Nunca vi uma confusão destas!

Suzuki responde:
- José Sócrates para o Ministro da Administração Interna ao ler o relatório sobre a coordenação do combate aos incêncios florestais.

O director fica irado com a indisciplina da turma e exclama:

- Cambada de mariquinhas filhos de uma vaca, vocês têm que ser homens a sério!

Suzuki responde:
- Jorge Jesus depois do Porto-Benfica.

AS MIL E UMA NOITES EM MACAU




Uma noite em Macau ou, melhor as "Mil e Uma Noites".

Não perca o clique a seguir

http://www.youtube.com/watch_popup?v=uI2kO4qTi80&vq=medium

OS MAIS REFINADOS CALOTEIROS DA NOSSA PRAÇA

Devem-me dinheiro
José Sócrates em 2001 prometeu que não ia aumentar os impostos. E aumentou.
Deve-me dinheiro.
António Mexia da EDP comprou uma sinecura para Manuel Pinho em Nova Iorque.
Deve-me o dinheiro da sinecura de Pinho. E dos três milhões de bónus que recebeu. E da taxa da RTP na conta da luz. Deve-me a mim e a Francisco C. que perdeu este mês um dos quatro empregos de uma loja de ferragens na Ajuda onde eu ia e que fechou. E perderam-se quatro empregos. Por causa dos bónus de Mexia. E da sinecura de Pinho. E das taxas da RTP.
Aníbal Cavaco Silva e a família devem-me dinheiro. Pelas acções da SLN que tiveram um lucro pago pelo BPN de 147,5 %. Num ano.
Manuel Dias Loureiro deve-me dinheiro. Porque comprou por milhões coisas que desapareceram na SLN e o BPN pagou depois. E eu pago pelo BPN agora. Logo, eu pago as compras de Dias Loureiro. E pago pelos 147,5 das acções dos Silva.
Cavaco Silva deve-me muito dinheiro. Por ter acabado com a minha frota pesqueira em Peniche e Sesimbra e Lagos e Tavira e Viana do Castelo. Antes, à noite, viam-se milhares de luzes de traineiras. Agora, no escuro, eu como a Pescanova que chega de Vigo. Por isso Cavaco deve-me mais robalos do que Godinho alguma vez deu a Vara. Deve-me por ter vendido a ponte que Salazar me deixou e que eu agora pago à Mota Engil.
António Guterres deve-me dinheiro porque vendeu a EDP. E agora a EDP compra cursos em Nova Iorque para Manuel Pinho. E cobra a electricidade mais cara da Europa. Porque inclui a taxa da RTP para os ordenados e bónus da RTP. E para o bónus de Mexia.
A PT deve-me dinheiro. Porque não paga impostos sobre tudo o que ganha. E eu pago. Eu e a D. Isabel que vive na Cova da Moura e limpa três escritórios pelo mínimo dos ordenados. E paga Impostos sobre tudo o que ganha. E ficou sem abonos de família. E a PT não paga os impostos que deve e tenta comprar a estação de TV que diz mal do Primeiro-ministro.
Rui Pedro Soares da PT deve-me o dinheiro que usou para pagar a Figo o ménage com Sócrates nas eleições. E o que gastou a comprar a TVI.
Mário Lino deve-me pelos lixos e robalos de Godinho. E pelo que pagou pelos estudos de aeroportos onde não se vai voar. E de comboios em que não se vai andar. E pelas pontes que projectou e que nunca ligarão nada.
Teixeira dos Santos deve-me dinheiro porque em 2008 me disse que as contas do Estado estavam sãs. E estavam doentes. Muito. E não há cura para as contas deste Estado.
Os jornalistas que têm casas da Câmara devem-me o dinheiro das rendas. E os arquitectos também. E os médicos e todos aqueles que deviam pagar rendas e prestações e vivem em casas da Câmara, devem-me dinheiro. Os que construíram dez estádios de futebol devem-me o custo de dez estádios de futebol. Os que não trabalham porque não querem e recebem subsídios porque querem, devem-me dinheiro.
Devem-me tanto como os que não pagam renda de casa e deviam pagar. Jornalistas, médicos, economistas, advogados e arquitectos deviam ter vergonha na cara e pagar rendas de casa. Porque o resto do país paga. E eles não pagam. E não têm vergonha de me dever dinheiro.
Nem eles nem Pedro Silva Pereira que deve dinheiro à natureza pela alteração da Zona de Protecção Especial de Alcochete. Porque o Freeport foi feito à custa de robalos e matou flamingos. E agora para pagar o que devem aos flamingos e ao país vão vendendo Portugal aos chineses.
Mas eles não nos dão robalos suficientes apesar de nos termos esquecido de Tien Amen e da Birmânia e do Prémio Nobel e do Google censurado. Apesar de censurarmos, também, a manifestação da Amnistia, não nos dão robalos.
Ensinam-nos a pescar dando-nos dinheiro a conta gotas para ir a uma loja chinesa comprar canas de pesca e isco de plástico e tentar a sorte com tainhas. À borda do Tejo. Mas pesca-se pouca tainha porque o Tejo vem sujo. De Alcochete. Por isso devem-me dinheiro. A mim e aos 600 mil que ficaram desempregados e aos 600 mil que ainda vão ficar sem trabalho. E à D. Isabel que vai a esta hora da noite ou do dia na limpeza de mais um escritório.
Normalmente limpa três. E duas vezes por semana vai ao Banco Alimentar. E se está perto vai a um refeitório das Misericórdias. À Sexta come muito. Porque Sábado e Domingo estão fechados.
E quando está doente vai para o centro de saúde às 4 da manhã. E limpa menos um escritório. E nessa altura ganha menos que o ordenado mínimo. Por isso devem-nos muito dinheiro. E não adianta contratar o Cobrador do Fraque. Eles não têm vergonha nenhuma. Vai ser preciso mais para pagarem. Muito mais. Já.
Mário Crespo

O ZÉZITO É UM SORTUDO....NASCEU NUM PAÍS GENTE TOLERANTE E DO "NÃO FAZ MAL".

,
E como é que este IMPOSTOR não é preso ???!!!

Diploma do 1ºMinistro dos portugueses que votaram nele (tão foleirões e matrecos como ele), vale a pena ver e, por favor, divulguem e arquivem: este assunto deve ser lembrado a todas as gerações vindouras como uma das partes vergonhosas da História de Portugal, para que erros destes nunca mais se repitam...a BEM da PÁTRIA LUSITANA !!!

Sei que os portugueses são muito distraídos e dão pouca importância aos pormenores. Dão mais importância a qualquer matraquilho do futebol do que a assuntos sérios.

Mas é bom que guardem este ficheiro nos vossos documentos, para se lembrarem daqui a uns anos deste triste acontecimento que vai fazer parte da nossa história.

Sabem, sou uma pessoa relativamente atenta. E tenho algum treino visual para reparar nos pormenores. Ontem, ao anunciarem a existência de um segundo certificado de José Sócrates, abri o respectivo PDF, entretanto disponibilizado pelo Jornal "PÚBLICO".

Não me detive nas classificações. Verifiquei que o documento estava datado ( 96/08/26), assinado pelo chefe da secretaria e.... como sempre, os meus olhos detiveram-se em dois pormenores sem importância: no papel timbrado da Universidade Independente, no rodapé, entre outras informações, constam o endereço (físico e electrónico) e os números de telefone e de fax ( 351 21 836 19 00 e 351 21 836 19 22 351 21 836 19 22 ). Só que,... em 1996, os números de telefone não apresentavam os indicativos 21, 22, 290, mas sim, 01, 02, 090... etc, como aliás, pude confirmar (a alteração só foi feita em 31 de Outubro de 1999).

Um pouco mais à frente, consta ainda, um código postal composto por sete algarismos (1800-255), o que é deveras estranho, uma vez que só em 1998 começa a ser utilizada esta nova forma de indicação.



Conclusão: o certificado parece ter sido emitido, não em 26/08/1996, mas em data posterior a 31 de Outubro de 1999.O problema ("o maior dos problemas") reside no facto de o Gabinete do primeiro-ministro já ter esclarecido, que a data válida era mesmo a do certificado que se encontra na Câmara da Covilhã." Esta ultrapassou largamente as minhas expectativas...de tão elementar que é!!!..."

"Portugal é hoje um paraíso criminal ondealguns inocentes imbecis se levantam para irtrabalhar,recebendo por isso dinheiro que depois lhes é roubado pelos criminosos e ajuda a pagar ordenado aos iluminados que bolsam certas leis."

PARA RELAXAR...AÍ VOS VAI UMA MUSIQUINHA


E ASSIM QUEREM LEVAR OS BANCOS À BANCARROTA

.
"Bank Run 2010" pretende denunciar o criminoso e corrupto sistema financeiro

Por Daniel Tencer
.
Sábado, 27 de novembro, 2010 - 08:21 pm
.
No que pode ser a reação mais subversiva, mas a indignação mundial com a crise financeira, uma estrela do futebol europeu inspirou uma internacional "corrida bancária" de protesto com o objetivo de colapso do sistema financeiro global.
.
Os organizadores do "Bank Run 2010" escolheu 07 de dezembro como o dia em que os manifestantes pretendem retirar seu dinheiro dos bancos, que têm esperança de provocar uma corrida aos bancos, que pode entrar em colapso das instituições financeiras.
.
Mas os críticos do movimento dizem que é inútil: Se o protesto for bem-sucedida, dizem, ela só vai resultar em uma outra ajuda do contribuinte nos bancos.
.
Mas isso não impediu que os organizadores do protesto de um sonho de uma revolução sem derramamento de sangue que põe termo ao sistema financeiro ocidental, que muitos dizem, foi transformado em um "casino" beneficiam apenas as próprias instituições financeiras.
.
"Nós não somos anarquistas, nem ligado ao partido político ou sindical qualquer", Yann Safarti, um actor francês e um dos fundadores do Banco Run 2010 protesto, disse ao Guardian. "Não estamos nem uma organização. Nós apenas pensamos que este era uma outra maneira de protestar".
.
"Nós não procuramos fazer mal a ninguém em particular," a corrida ao banco 2,010 site afirma: "É isso, penal e mortal sistema corrupto que se opõem ao melhor de nossa capacidade e determinação, e dentro dos limites da lei."
.
O movimento foi inspirado em uma entrevista concedida à TV francesa por Eric Cantona, um jogador de futebol aposentado que jogou por equipes numerosas na França e no Reino Unido antes de encerrar sua carreira com uma temporada no Manchester United.
.
Em uma entrevista com Presse Ocean, Cantona argumentou contra os protestos sobre os cortes do Governo que aleijou França esta queda, dizendo que de pouco serve. Em vez disso, ele sugeriu que as pessoas retiram o seu dinheiro dos bancos ao mesmo tempo, forçando os bancos a fechar suas portas por falta de fundos de reserva.
.
"Nós não pegamos em armas para matar pessoas para iniciar a revolução. A revolução é realmente fácil de fazer estes dias. Qual é o sistema? O sistema é construído sobre o poder dos bancos. Por isso, devem ser destruídas através dos bancos , disse ele.
.
"Três milhões de euros, 10 milhões de pessoas, e o colapso dos bancos", continuou ele. "Não é complicado, em vez de ir na rua e dirigir quilômetros de carro, basta ir ao banco em seu país e retirar seu dinheiro, e se há muita gente a retirada do dinheiro o colapso do sistema sem armas, sem sangue. , ou qualquer coisa assim. "
.
O grupo já teria alegado que 14.000 pessoas já se comprometeram a participar no protesto. Numerosos grupos do Facebook foram criados para promover o evento e os organizadores dizem que o protesto se espalhou para 24 países, incluindo os Estados Unidos.
.
Mas os críticos do protesto dizem que é fadada ao fracasso, em parte porque os caixas e máquinas de banco vão funcionar fora do dinheiro muito antes de os bancos foram obrigados a fechar, e em parte porque, mesmo se a corrida aos bancos foi bem-sucedida, os bancos acabam sendo resgatados novamente pelos governos, os contribuintes significado acabaria pagando a conta.

Andrew Clark no Guardian escreve:

"A campanha Cantona provavelmente flop. Vamos esperar que sim, porque não é muito sábio. Existem muitas razões para estar irritado com a maneira pela qual os bancos são executados: eles assumiram riscos imprudentes na corrida para a crise financeira, desenvolvendo cada vez mais opaco de derivativos, e pagaram-se os altos executivos até demais. O povo da Irlanda entrou em marcha atrás para protestar contra uma crise econômica provocou, em grande medida, pelos bancos festa em uma farra de propriedade insustentável.
.
Mas a destruição dessas instituições em uma só penada não iria servir ninguém. É impossível para que todos possam retirar suas economias no mesmo dia, porque agências bancárias e caixas eletrônicos rapidamente ficam sem dinheiro e fechar. Mesmo que essa campanha tivesse êxito, seria simplesmente alerta governos para gastar mais bilhões resgate dos bancos, forçando-os a implementar medidas de austeridade ainda mais apertado. Se não, então alguém que não tivesse atendido o apelo Cantona de retirar as suas poupanças iria perder todo seu dinheiro.

O seguinte vídeo foi transmitido pela Presse Ocean.


video

A NOSSA EUROPA DE MOMENTO E...O ORGULHO DE SERMOS EUROPEUS!

.
Clique em cima da Europa para a ler

AS SUAS NOTÍCIAS NO DIA 29.11.10