Translator

quarta-feira, 22 de junho de 2011

QUEM SERÁ O ANTÓNIO C.? "O DE LISBOA NÃO É CERTAMENTE..."

 

E quem será o António C.?

Sobre a matéria descrita na revista Sábado, matéria que anda pelo Administrativo, naturalmente que se compreende que, por isso mesmo - por andar pelo Administrativo - quem está em causa não sej identificado, embora toda a Casa saiba ou julga que sabe.
A revista dá-lhe o nome de António C., o que sendo adequado e até justo para quem está em causa e que nesse quadro tem direitos que devem ser respeitados, acaba por ser injusto para todos os Antónios e mais injusto ainda para os que, além de Antónios, tenham algum C., instalando-se a suspeição para um eventual António Ceuta, algum António Cantanhede ou o ignoto António Christophe. E que culpa tem disto um António Clodomiro ou mesmo um António Caurineiro? Nenhuma.
Tanta quanto um pacífico António Clodovil, um zeloso António Cava-Terra. Será o António Cavilador? Não! Esse não, não é embaixador, deve ser o António Chicolapé, mas esse também não - não esteve numa embaixada da Europa do Leste. Há dias em que nem o Santo António se pode gabar de ser popular.

Sem comentários:

Enviar um comentário