Translator

domingo, 2 de janeiro de 2011

CRISTIANO RONALDO: "FAZER FILHO EM MULHER ALHEIA NÃO DÁ MESMO...!!!

Mãe do bebê do Cristiano Ronaldo é estudante britânica e quer o bebê de volta

Desolado menina quer voltar o negócio R $ 10 milhões para dar de presente do bebê

Cristiano Ronaldo (pic: Getty)

A mãe do bebê de Cristiano Ronaldo é hoje revelado como uma estudante desesperada britânica ... que agora a quer de volta bebê.

Até agora, a estrela do futebol sedutor tem mantido em segredo o nome, nacionalidade, idade e até mesmo da mãe depois que ela desistiu de seus direitos para a criança em troca de um pagamento de R $ 10 milhões.

No entanto, o Sunday Mirror pode revelar que ela é uma mulher de 20 anos, que agora lamenta amargamente a sua decisão e telefona ao ex-Manchester United craque Ronaldo regularmente, em lágrimas, implorando por uma chance de conhecer o seu bebê.

E a mãe - que ficou grávida após um "carrinho one-night" com Ronaldo - afirma que ela está mesmo disposta a dar os seus milhões de volta, insistindo que ela mudou de idéia sobre o negócio.

Seis meses depois, sua decisão de entregar a criança em troca de uma fortuna do jogador - o mais caro da história do futebol - deixou-a profundamente deprimida, amigos dizem que a levaram à queda de um curso universitário.

Uma cláusula no contrato que assinou com os advogados de Ronaldo significa que ela não é permitido dizer a ninguém que ela é a mãe - inclusive sua família.

Ela simplesmente desapareceu quando estava grávida - depois, ela teve o bebê, disse ao povo que tinha recebido uma gravidez inesperada.

Quando ela pede para ver seu filho, Ronaldo disse que é para insultar-la dizendo que ele pode considerar seus pedidos ... se ela paga parte do dinheiro.

Uma fonte próxima à mulher disse: "Ela é muitas vezes chamando-o à noite. Ela chorou ao telefone com ele e com ele pede. Ele não deveria nem estar em contacto com ela, mas eles têm uma espécie distorcida de rotina.

"Ela ainda chama depois dos jogos para felicitá-lo sobre como ele tocava, esperando que um dia ela pode recorrer a sua melhor natureza, mas ele simplesmente leva-la em seu e provoca cerca de Cristiano Jr.

"Ela sente que vendeu sua alma. Ela tem esse estilo de vida milionário, mas nunca poderá dizer a seus amigos e familiares a verdade sobre o que aconteceu - e que faz com que ela incrivelmente solitário ".

Um amigo de Ronaldo, 25 anos já se estabeleceu como um dos jogadores mais talentosos de todos os tempos, disse: "Tanto quanto ele está preocupado, era a sua escolha, sua decisão. Ele diz: "Ela tem zero de direitos de meu filho. Ela não vê-lo nunca mais."

"Mas ele continua tendo suas chamadas como, no fundo, ele está preocupado que ela vai tentar lutar com ele para ver o filho e ele quer saber o que ela está pensando.

"Aparentemente, ela assinou o contrato é totalmente à prova d'água. Mas ela tem a força de uma mãe que tenta obter uma criança de volta. - Então tudo pode acontecer "

Amigos dizem que o atacante do Real Madrid conheceu a mulher em uma boate em Londres e que tinham feito sexo uma vez em um hotel.

Ela brincou: "Eu só passei um tempo com ela nua."

Depois que ela estava grávida, ela entrou em contacto com Ronaldo através de seu agente Jorge Mendes e o negócio extraordinário foi goleada fora.

Cristiano Ronaldo jr (pic: Film Magic)

Dolores temível mãe de Ronaldo, 55, e as irmãs Elma e Cátia Liliana concordou em assumir a tarefa de criar o bebê.

Enquanto isso, a mulher, que não está sendo chamado, escondeu-se afastada de todos, mas os seus membros mais próximos da
família.

Significou muito de seus amigos ainda são nenhuns o mais sábio - e ela é incapaz de explicar sua situação.

Depois que o bebê nasceu, os advogados de Ronaldo organizou um teste de DNA para provar que ele era o pai.

Isto ocorreu no verão, enquanto o jogador, que herdou a camisa No7 usado por George Best, Eric Cantona e David Beckham, enquanto no Man Utd, foi jogar para Portugal na Copa do Mundo na África do Sul.

Então, em 03 de julho, Ronaldo surpreendeu o mundo ao anunciar que teve um filho, escrever na sua página do Facebook como a mãe do bebê, queria manter sua identidade secreta. Ele acrescentou: "Meu filho estará sob minha tutela exclusiva."

Uma tempestade de especulação da mídia Ronaldo cercado, cujas conquistas incluem Paris Hilton e estrela de reality Imogen Thomas -, mas o nome da mãe nunca foi revelada.

Desde então o bebê tem crescido, saudável, de seis meses de idade, que Cristiano tem dito a amigos tem olhos azuis brilhantes e um tufo de cabelos castanhos encaracolados.

Mas, apesar de doido por seu filho, ele se recusou terminantemente a mudar uma fralda único, dizendo: ". Vou deixar minha mãe e irmã para criá-lo para os primeiros anos"

O bebê foi visto pela primeira vez em público corretamente em 8 de dezembro na Espanha em um jogo do Real Madrid, quando a mãe de Ronaldo e um parente foram retratados segurando-o no meio da multidão.

Avistamentos anteriores de que a criança havia sido limitada a imagens desfocadas do tot sendo transportados em um assento de carro.

Um amigo disse: "Dolores tem fortes valores católicos e eles concordaram esta era a maneira correta de educar a criança - dentro de um familiar próximo.

"Cristiano é o menino da mamã final, por isso ele nunca ia ser levantar de noite para alimentar seu filho. Mas de alguma forma a mãe da criança conseguiu entrar em contato com ele e é persegui-lo para ver o bebê.

"Ela vai contar a ele sobre a vida do milionário, ela agora está liderando, com visitas a clubes exclusivos de Londres. Seus amigos acham que ela é um ganhador da loteria, e que é exatamente como ela vem se comportando, ganhando £ 100.000 por mês.

"Mas ela é saber que nada vai tomar o lugar de ver seu próprio filho crescer.

"Se continuar falando assim, ela só vai ficar mais e mais dor."

Ronaldo se juntou em 2009, em uma transferência recorde mundial R $ 80 milhões do Man United. Um ano antes, ele venceu o FIFA de Jogador do Ano prêmio.

Enquanto no Brasil, ganhou a Premier League, FA Cup e Liga dos Campeões.

Tradução automática pela Google com parca revisão

adrian.butler @ sundaymirror.co.uk

HORÓSCOPO - SEM HIPOCRESIAS - A VERDADE ASTROLÓGICA

Se sofre de falta de visão clique nas imagens

OS MENINOS; FALHADOS,DA DÉCADA 60

.
« A diferença entre poder e dever. Será que alguma vez falou verdade? »Falharam a vida, meninos*
.
Nas fotografias que gostam de mostrar têm o cabelo revolto e um ar de quem tem a certeza de tudo. São a chamada geração de 60, definição imprecisa mas prática por essa imprecisão que permite englobar nela muitos daqueles que foram jovens um pouco antes ou depois dessa década ícone para a geração que não só nos tem governado como também construiu o mundo imaginário onde vivemos.
.
Esse mundo onde público era sinónimo de justiça e gratuitidade rimava com solidariedade. Esse mundo onde governar bem equivalia a fazer cada vez mais promessas de redistribuição e onde o Estado passou a ser entendido como o grande doador.
.
Esse mundo onde não haveria mais guerras porque tudo se resolveria pelo diálogo, esse mundo onde a corrupção era um problema dos outros, sobretudo daqueles que os tinham antecedido, porque eles eram puros.
.
A cada dia que passa, a cada pirueta sobre o empobrecimento de que não se deve falar porque parece mal e é populista abordar tal assunto, sobre os jornalistas que eram combativos e perseguidos quando escreviam sobre os conluios do poder doutros tempos e que agora passaram a ignorantes quando não a canalhas caso escrevam sobre as negociatas do poder de agora, sobre a emigração que outrora confirmava sermos um país sem esperança e que agora não interessa nada, sobre os tribunais cuja independência foi uma reivindicação até que eles temeram sentar-se no banco dos réus… pois a cada dia desses apetece-me mandá-los ler esse fabuloso final d”Os Maias donde foi retirado e adaptado o título desta crónica.
.
Aliás, talvez sejam a última geração por largas décadas que em Portugal tem gosto literário que lhe permite ler Eça, pois as gerações seguintes, tendo frequentado aquilo a que a geração de 60 chamou escola inclusiva, multicultural,progressiva… etc. … etc., terão grandes dificuldades em ler algo que não lhes seja apresentado como muito fácil, muito giro e muito moderno. O que é sinónimo de não ler nada que valha a pena.
.
Na verdade talvez não seja necessário recorrer a Eça. Talvez baste imaginar aqueles questionários que, tal como acontece com o da Pública, perguntam aos escolhidos com que idade tomaram consciência de que tinham falhado na vida. Contudo creio que a geração de 60 nunca admitirá que falhou.
.
Está-lhes na génese culpar os outros por tudo o que acontece: primeiro culparam os pais porque tinham perpetuado um modelo de família que achavam caduco e baseado na mentira. E quando eles mesmos amaram, odiaram, traíram e fizeram compromissos, como acontece a todo o Sapiens sapiens desde que o mundo é mundo, culparam o pai e sobretudo a mãe porque muitos anos antes não lhes tinham dito as palavras que eles achavam certas.
.
Depois culparam o sistema das guerras e o capitalismo da pobreza. Enfim, no quotidiano, fosse ele o sexo ou a economia, havia sempre uma culpa que tudo explicava. Quanto ao mundo, havia essa culpa original do homem branco que estava sempre por trás dos massacres e das fomes. E ela, a tal geração de 60, assumiu-se como a apontadora de culpas.
.
Quando chegou a sua vez de serem poder viveram da culpa anos a fio, o que em Portugal nem sequer era difícil dado o carácter ditatorial do Estado Novo. Se lhes fosse possível teriam mantido Salazar empalhado para fazer dele um eterno bode expiatório. Na impossibilidade de tal acontecer levaram anos a descobrir salazares atrás de políticos ou propostas que não se acomodassem à sua forma de ver o mundo.
.
Talvez o primeiro momento em que a geração de 60 finalmente se sentiu adulta em Portugal tenha ocorrido quando constatou que a culpabilização do Estado Novo já não chegava para explicar o presente. Esse presente em que não há dinheiro para pagar as reformas que eles tinham garantido e que só por maldade não eram maiores e constantemente actualizadas.
.
Esse presente em que os portugueses sustentam dois serviços de saúde, o dos seguros, à cautela, e o do Serviço Nacional de Saúde, o tal que tinha de ser universal e gratuito porque foi assim que esta geração o imaginou, primeiro no arrebatamento das greves académicas e depois na solenidade das reuniões maçónicas e que como bem se sabia não só não é gratuito como arranja agora estratagemas para excluir aqueles que já não chegaram a tempo.
.
Esse presente em que a legislação sobre o emprego transformou os mais jovens em eternos tarefeiros a recibo verde. Esse presente em que ter bons resultados quer dizer que arranjámos quem compre um bocadinho da nossa dívida.
.
Quando a realidade se lhes impôs buscaram novos culpados que acrescentaram aos antigos: os culpados tanto podiam ser os grandes capitalistas como, no dia seguinte, os empresários de vão de escada. Os mercados cegos ou os investidores sem gosto pelo risco. A ânsia do lucro ou o atavismo da mediocridade do q.b. A defesa da competitividade ou o egoísmo a sobrepor-se ao igualitarismo.
.
A falta de Europa ou o excesso dela. As decisões da senhora Merkel ou as indecisões da senhora Merkel. Os bancos que se endividaram para emprestar dinheiro a quem não podia pagar tais créditos sem avaliar os riscos dessas operações e os bancos que não querem correr o risco de nos emprestar dinheiro.
.
Os pessimistas que influenciam negativamente as agências de rating sobre Portugal e as agências de rating que não se deixam influenciar pelos optimistas.
Todos os dias, semanas, meses e anos nos apontaram novos culpados. Aos culpados de sempre somaram ameaças globais – como as alterações de clima, a gripe A ou a escassez dos alimentos – e promoveram cruzadas que procuraram fazer de cada um de nós um convertido aos seus novos dogmas e que tanto abarcam aquilo a que chamam questões de género como o sal que se põe no pão.
.
No fim, acabámos cansados. Estourados de apontar tanta culpa alheia e perplexos perante o caos que entretanto se instalara à nossa volta. Tudo o que nos prometeram está agora em causa. E como é óbvio já o sabiam há muito tempo.
A geração de 60 será em Portugal uma das primeiras em décadas e décadas a ser sucedida por outras que viverão pior.
.
O ano que agora acaba é aquele em que se tornou óbvio que falharam a vida, meninos. O que nos espera de agora em diante é constatar que para lá desse falhanço também lixaram a vida daqueles que vieram depois.

*PÚBLICO

O ZÉZITO EM TERRAS DE SANTA CRUZ

.

.
Encontro em Brasília com nova Presidente do Brasil
Sócrates reafirma que Brasil é prioridade para Portugal
02.01.2011 - 16:44 Por Lusa

O primeiro-ministro José Sócrates disse à nova Presidente brasileira que a relação com o Brasil é uma prioridade da política externa portuguesa. No final, negou ter abordado com Dilma Rousseff a questão da compra de títulos da dívida pública de Portugal.

AS CAVALADAS DO JULIAN ASSANGE E OS DINHEIRINHOS É QUE CONTAM!

.

O novo Ashram minimalista

Domingo, 2 de Janeiro de 2011

Boavental Sousa Santos, o paranólogo


"Acaba de receber uma bolsa de 2,4 milhões de euros do European Research Council para ajudar a Europa a ver o mundo." (daqui)
Um parasita encartado, portanto, a receber óbolos milionários a troco de fazer coisa nenhuma.
O personagem, arrotando moedas, acha que os mercados cometem crimes contra a humanidade e alonga-se em pérolas como estas:
"Porque é que o Saddam Hussein morreu?
Saddam, que foi agente dos EUA, que fez guerra contra o Irão a mando dos EUA, a quem quiseram passar tecnologia nuclear, começou a cometer um erro: começou a ver a debilidade do dólar e a querer pôr grande parte das suas reservas de petróleo em euros."
&
"Mas o WikiLeaks tem algumas debilidades. Uma que é conhecida é que Israel foi poupado. Toda a gente esperava que, havendo uma libertação de documentos, Israel fosse o país mais embaraçado. Suspeita-se hoje que havia um acordo entre o Julian Assange e o primeiro-ministro israelita. Por vontade de Julian Assange?
Porque a Mossad é uma agência de serviços secretos que não olha a meios para destruir os seus inimigos? Nunca saberemos."
.
Nunca saberemos, ó Boaventura? Porquê esse súbito assomo de modéstia?
Viraste céptico, camarada?
Então não é a Mossad que faz tudo acontecer no mundo?
Não sabes que foi ela que lançou uns tubarões no Mar Vermelho para embaraçar o turismo egípcio?
Esse teu cepticismo torna-te suspeito, ó camarada!
Às tantas os 2,4 milhões de euros são financiamento de Telavive…
Não sabes?
Ora, ora, não sejas modesto, tu mesmo me enviaste esta fotografia do colectivo do Wikileaks:

HUMANIDADE PARA COM OS BURROS!

Os burros são seres vivos e merecem respeito e umas boleias oferecidas pelo dono

Os burros e o humanos necessitam de descanso

AS SUAS NOTÍCIAS NO DIA 02.01.11

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

CM actualiza preço
Militares da GNR agredidos em desacatos
Evo Morales: Volta atrás na gasolina
Georgius Papandreou: Fronteira com muro
Sagres: Dois golfinhos mortos

Capa do Público Público

Toda a informação do Público na palma da sua mão.
Sorteio do Totoloto (1º/2011)
Principais frases da mensagem de Ano Novo
Presidente da República faz discurso menos acutilante do que em 2010
Villas-Boas sem Falcao, Álvaro Pereira e Otamendi frente ao Nacional

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

"Com estas medidas de austeridade Portugal não vai pagar a dívida"
Viseu e Beja criaram fundos de emergência
Um concelho com 8600 habitantes
Tomás é um dos bebés do ano
Sonae disponível para vender

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Jorge Jesus poupa Luisão e Cardozo
Primeiro bebé do ano nasceu em Coimbra
Matou senhorio por causa de furto
Pais incapazes de travarem percurso delinquente da filha
Fogo destruiu armazém em Barrô

Capa do i i

Guardas-nocturnos. Uma profissão roubada à Cidade Invicta
Ano Novo: "Muitas resoluções falham porque são totalmente irrealistas"
SEF detém dois estrangeiros procurados em Espanha
Portugal. Que país será este em 2020?
DIAP investiga 50 mil milhões de euros em fundos comunitários

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Governo vê com "bons olhos" parceria da Galp com a Petrobras
Cavaco quer sacrifícios repartidos "por todos, sem excepções ou privilégios"
Caixa deixa de ter posição qualificada na EDP
BCP faz mais-valia de 65 milhões com venda da Eureko
Estado reforça capital da CGD em 550 milhões

Capa do A Bola A Bola

Luz verde para Marcos Ramos
«Com Mourinho o Real Madrid vai regressar aos títulos» – Hugo Sánchez
«Vitórias são vício que não engorda» – Lamy
«Era meia dúzia a mandar no futebol de Portugal» – Laurentino Dias
Villas Boas é o rei das multas

Capa do Record Record

Pereirinha no Kavala
Contactos com o Celtic por Caneira e Samaras
Postiga e Pedro Mendes vão mexer com o onze
Couceiro ainda ausente
Janeiro para relançar época

Capa do O Jogo O Jogo

Rooney vai parar várias semanas
Benfica contrata norte-americano Mike Williams
Artur está de volta
Cohene, Coelho e Maykon chamados por Rui Vitória
Dia de festa e aquecimento no Dakar