Translator

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

LÍBIA - ULTRAGE: "PETRÓLEO,HIPOCRESIA DA UNIÃO EUROPEIA E ESTADOS UNIDOS"

.
Onde está a "merda" dos Estados Unidos e da União Europeia, arautos da defesa dos Direitos Humanos, que assistem impávidos e serenos aos massacres de um "cão raivoso" chamado Kadafi.
Petróleo a quanto obrigas.
Sinto muito e envergonho-me de um "filho da mãe", chamado Durão Barroso, que por desgraça nossa, foi parido em Portugal, que depois de ter contribuído para a desgraça da matança de inocentes no Iraque, esteja agora envolvido em outra hecatombe humana na Líbia.
.


A RAPAZIADA UCRANIANA EM ACÇÃO NA LÍBIA

Quinta-feira, Fevereiro 24, 2011

Mercenários ucranianos combatem na aviação líbia


Ucranianos estão a combater na Força Aérea da Líbia. Terão sido esses pilotos mercenários a conduzir os aviões que bombardearam manifestantes para reprimir protestos.
"Pilotos mercenários ucranianos combatem na Força Aérea da Líbia, escreve hoje o diário "Segodnia", citando militares ucranianos na reserva que realizaram esse trabalho naquele e noutros países africanos.
"Os nossos pilotos, que se despediram da Força Aérea da Ucrânia, podem ser encontrados em toda a parte: Congo, Nigéria, Chade... Eu conversei pessoalmente com pilotos nossos que prestam serviço na Líbia. A maioria combate ilegalmente", declarou ao jornal Vladimir L., comandante do avião de transporte Il-76.

Ucranianos e russos

"Oficialmente, eles são contratados, por exemplo, para empresas de transporte de alimentos e outras mercadorias civis. Na prática, transportam fundamentalmente armas, munições, explosivos", explicou o piloto.
Segundo a mesma fonte, "as tripulações são constituídas fundamentalmente por ucranianos e russos" e o seu "salário, dependendo da intensidade dos voos e do nível de risco, varia entre os 100 dólares por hora de voo e os 10 mil por mês, ou mais".
Artiom, outro piloto mercenário com mais de 20 anos de prática, disse ao Segodnia que há pilotos ucraninos nas fileiras da Força Aérea da Líbia, Moçambique e Angola.
"Um camarada meu, primeiramente, trabalhou em Angola: ensinava os locais a voar nos MIG's, fornecidos ainda pela URSS. Depois, foi para a Líbia, pois lá pagam bem melhor: dez mil dinares (mais de 8 mil euros)... Ele ensina os aviadores líbios a voar nos Mig's". contou.
Segundo Artiom, aviões militares líbios são reparados na Fábrica de Aviões de Odessa, no Sul da Ucrânia. A gerência da fábrica, contatada pelo jornal, respondeu que "isso é segredo de Estado".
O Ministério da Defesa da Ucrânia, por sua vez, desmentiu estas notícias, mas os pilotos afirmam que isso é feito porque não há dados oficiais sobre o número de pilotos ucranianos que trabalham no estrangeiro.
A agência de inteligência norte-americana Stratfor denunciou que ucranianos pilotaram aviões que bombardearam manifestações na Líbia.

DIÁLOGO DE GRUNHOS - NA TASCA DO ZÉ, ALGURES NA LUSOLÂNDIA

Enviado por: Gloria Pereira Bárbara - 25 de Fevereiro de 2011 às 14:12

Assunto: Texto arrasador!!!
DIÁLOGO DE GRUNHOS

(Na tasca do Zé, algures na lusolândia)

Grunho1 – (Enquanto engole uma “bejeca”). Isto está mau! Os filhos da puta vão aprovar o orçamento que é uma grande merda! Puta que os pariu! Deixem lá vir o FMI!

Grunho2 – (Com olhos injectados da cerveja) Os gajos são uns gatunos sem vergonha. Roubam o povo, roubam tudo e, depois, o povo é que paga!

Grunho3 – (Gesticulando com a garrafa quase vazia). Não há meio de haver uma ETA nesta merda, para rebentar com isto tudo!

Grunho4 – (Aparentemente o mais “valente”, pousando a garrafa vazia). E se nós, quando os gajos fizerem campanha eleitoral, quando vierem à nossa terra, lhes fodermos os cornos, à pedrada, à cacetada, sei lá, com o que houver à mão! A malta não deve votar mais!

Grunho1 – (Roendo um amendoim). É preciso é haver quem dê o exemplo. Se avançares, eu sigo-te!

Grunho2 – (Mirando a gaja do lado). Sim! O que é preciso é que alguém avance!

Grunho3 – (Olhando para os demais clientes indiferentes). Porra! Não há ninguém com coragem para dar cabo destes ladrões?!

Grunho4 – (A meter o rabo entre as pernas, arrependido do seu dito “valentão”, enquanto palita um dente castanho, dizendo com os seus botões: eu tenho família, estes gajos que se amanhem…e, se fizer uns biscates, safo-me e à família…). A conversa está boa mas tenho a família à espera para as sopas. Até logo!

Saem os Grunhos da tasca e refastelam-se em frente da Televisão: Então, ó Maria, esse jantar sai ou não sai, que eu já não aguento este estômago a roer.

No dia das eleições os Grunhos votam no seu clube “partidário” favorito e a vidinha continua: eu?, problemas?, mais do que os que já tenho?, nem pensar!…

(Todos os dias, ao fim da tarde, quando se encontram na tasca do Zé, vão apurando o seu diálogo subversivo mas sem consequências, porque a confraternização e as “bejecas” ajudam a esquecer os problemas e a viver a “vidinha”).

É assim o diálogo dos Grunhos, nesta fossa de ladrões. Os Grunhos da governança são iguais (embora mais refinados na linguagem pública) aos Grunhos que votam…e aqueles sabem bem como estes Grunhos são. Falam, falam, falam e não fazem nada! Uns e outros o que querem é fazer uns biscates: os primeiros com as contas públicas, os segundos sem factura para fugir ao IVA. Mai nada!

E a “vidinha” dos Grunhos, todos diferentes, todos iguais (é a democracia, estúpido!), continua até à falência total…

Posted by victor rosa de freitas
http://www.facebook.com/l/05e53fUhJ5-jPHJwngY047Lo5JQ/vickbest.blogspot.com/2011/02/portugal-e-afinal-um-pantano-feudal.html

AS GUERRAS QUE ENRIQUEM UNS E LIXAM A VIDA A OUTROS...!!!

Petróleo salta mais de US $ 100 na Líbia interrupção de fornecimento

AP - Os corretores disputam o preço do petróleo bruto na New York Mercantile Exchange, quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011 ...

Os preços do petróleo disparou para 103 dólares por barril nesta quinta-feira com o caos na Líbia que interrompeu a oferta de petróleo das nações da OPEP, os comerciantes preocupados com a instabilidade pode se espalhar para outros países ricos em petróleo no Oriente Médio.

No início da tarde na Europa, o petróleo bruto de referência para entrega em abril subiu 2,43 dólar em 100,53 dólares por barril na negociação electrónica no New York Mercantile Exchange . Mais cedo na sessão, subiu tão alto quanto $ 103,41.

O contrato, que subiu cerca de 20 por cento desde a semana passada, subiu 2,68 dólares para liquidar a 98,10 dólares nesta quarta-feira.

Em Londres, o Brent para entrega em abril saltou 3,47 dólares para 114,72 dólares por barril, na ICE Futures de câmbio , após ter atingido 119,79 dólares.

O líder líbio Muamar Kadafi em cima do poder que não caiu, vai agravar ainda mais, o preço do petróleo, se os rebeldes não tomar o controle de grande parte da região leste do país e avançada ao redor de Trípoli, a capital.

A confusão interrompeu as exportações de petróleo da Líbia, que produz cerca de 1,6 milhões de barris de petróleo por dia e tem as maiores reservas de petróleo em África.

"Com as interrupções na Líbia potencialmente absorve metade da capacidade ociosa da Opep, nós acreditamos que os riscos agora associada com o contágio ainda são muito maiores", disse um relatório da Goldman Sachs em Londres. "Além disso poderia criar perturbações graves carências nos mercados petrolíferos globais que exigem racionamento de procura substancial."

A companhia Francesa de petróleo gigante Total disse que começou a enrolar para baixo suas operações, com média de 55.000 barris por dia no ano passado. O maior produtor de petróleo da Líbia, a empresa italiana Eni, e nas operações produzem 244 mil barris de petróleo e gás por dia. Repsol-YPF Espanha e da Áustria companhia de petróleo OMV também suspendeu as operações. É Wintershall Alemanha disse que encerrar as operações que produziu até 100.000 barris de petróleo por dia.

As evacuações de empregados da empresa petrolífera e suas famílias continuam.

"Está se tornando evidente que um grande bloco de saída do país será reduzida em várias companhias internacionais de petróleo evacuar o pessoal do país", disse Ritterbusch and Associates, disse em um relatório. "O mercado de futuros pode ser forçado a preço de uma perda significativa da produção da Líbia para pelo menos algumas semanas."

"Instabilidade continuada no Médio Oriente e África do Norte provavelmente vai manter este movimento de alta vivo na primavera", disse Ritterbusch. "Isso ainda se sente como um mercado que está longe de atingir um alto".

A velocidade e a escala dos protestos no mundo árabe este ano - que derrubou- governantes ao longo da Tunísia e do Egipto e protestos anti-governo despertou no Iêmen, Bahrein, Argélia, Marrocos e Jordânia - os comerciantes preocupados com a convulsão poderia se espalhar para o petróleo gigantes da Arábia Saudita e Irão .

"Além da Líbia, há uma série de países cuja estabilidade é absolutamente essencial ao abastecimento do Ocidente", disse Cameron Hanover, em um relatório. "Obviamente, que começa com a Arábia Saudita, mas o Iraque, Emirados Árabes Unidos, Kuwait, Qatar e até estão na lista."

"Com a agitação em torno deles, há alguma razão muito forte para crer que a Emirates ou Kuwait, ou mesmo o reino (Arábia Saudita) em si pode permanecer oásis neste turbilhão, engolindo tempestades de areia."

Analistas estimam que a turbulência na Líbia tem US $ 15 para o preço do petróleo e os preços provavelmente vai cair rapidamente de volta para baixo Kadafi deve demitir-se e lutar parar.

"A Líbia deve ser tanto o primeiro como o último dos grandes produtores de ver qualquer perturbação significativa produção de petróleo, permitindo que o prémio de risco de cair", disse o Capital Economics, que espera Brent a cair para 85 dólares até ao final do ano.

O ministro do petróleo da Arábia Saudita disse anteriormente que a capacidade ociosa de seu país seria suficiente para cobrir os déficits da Líbia.

"Petróleo saudita não é um substituto perfeito para o petróleo da Líbia, enquanto o último é de baixo teor de enxofre e, portanto, considerados de maior qualidade", disseram analistas do Commerzbank em Frankfurt. "É quase impossível estimar quanto o preço pode subir. No entanto, a maior sobe, maior o potencial para cair depois."

Em outra troca de Nymex nos contratos de março, óleo para aquecimento subiu 5,96 centavos de dólar para 2,9645 dólares por galão de gasolina e ganha 7,73 centavos de dólar para 2,7922 dólares por galão. Os futuros do gás natural caíram 5,2 centavos em $ 3,848 por mil pés cúbicos.

Alex Kennedy em Cingapura contribuíram para este relatório.

NOTAS VERBAIS: " PESARES DE ANTÓNIO BRAGA PELA SORTE DOS "TUGAS" NA LÍBIA...!!!"


Como se não bastassem as cartas fora do baralho de há dias, agora é António Braga que tem que pôr ordem na casa... Mas o chefe da missão perdeu a noção?

Santo Deus Comum das Civilizações! O que não se evitou em Argel - seria um naipe completo.

0 comentários

Secretaria de Estado das Comunidades
Polémica com retirada de portugueses da Líbia
por Lusa
Ontem
A Secretaria de Estado das Comunidades criticou as declarações do embaixador de Portugal na Líbia sobre a operação para retirar os portugueses de Benghazi, por considerar que podem pôr em risco a segurança dos cidadãos.
.

"Não é com anúncios prematuros de uma operação, que podem perturbar o sucesso da mesma, que se acautela a segurança dos cidadãos, como se pretende", disse fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades, António Braga.
.

A mesma fonte disse que o gabinete de António Braga "não confirma" as informações dadas pelo embaixador, asegurando, contudo, que o Governo continua a trabalhar para retirar os portugueses que estão em Benghazi. "Está em curso a procura de uma solução para retirar os portugueses de Benghazi", afirmou.
.

Em declarações à Agência Lusa, o embaixador de Portugal em Tripoli, Rui Lopes Aleixo, disse que o navio que vai buscar os cidadãos portugueses deve chegar hoje pelas 13.00 locais (11.00 em Lisboa) ao porto de Benghazi. "Se o embarque for rápido e não houver dificuldades no processo administrativo temos uma certa esperança que ainda saia hoje", disse o diplomata, acrescentando que se isso não acontecer, irá sair "o mais tardar amanhã (sexta-feira) de manhã".

O TEXTO NÃO É DESTE BLOGUE...SE HÁ BRUXAS QUE VENHAM E MUDEM A "MERDA" DO MUNDO QUE TEMOS...!!!

Será mesmo como este texto sugere?Profecia dos Maias para 2012 ou exemplo da Interformação ? Inventei a palavra no sentido de « informação pela internet », ou propagação livre de ideias através da Net. Os tais factores são interdependentes e como tal não devem ser multiplicados como sugerido, mas…Aí está ela... anda no ar e vai descer à terra... já cheira...a Revolução???


Há cerca de 3 ou 4 meses começaram a dar-se alterações profundas, e de nível global, em 10 dos principais factores que sustentam a sociedade actual. Num processo rápido e radical, que resultará em algo novo, diferente e porventura traumático, com resultados visíveis dentro de 6 a 12 meses... E que irá mudar as nossas sociedades e a nossa forma de vida nos próximos 15 ou 25 anos!

... tal como ocorreu noutros períodos da história recente: no status político-industrial saído da Europa do pós-guerra, nas alterações induzidas pelo Vietname/ Woodstock/ Maio de 68 (além e aquém Atlântico), ou na crise do petróleo de 73.
Façamos um rápido balanço da mudança, e do que está a acontecer aos "10 factores":

1º- A Crise Financeira Mundial : desde há 8 meses que o Sistema Financeiro Mundial está à beira do colapso (leia-se "bancarrota") e só se tem aguentado porque os 4 grandes Bancos Centrais mundiais - a FED, o BCE, o Banco do Japão e o Tesouro Britânico - têm injectado (eufemismo que quer dizer: "emprestado virtualmente à taxa zero") montantes astronómicos e inimagináveis no Sistema Bancário Mundial, sem o qual este já teria ruído como um castelo de cartas. Ainda ninguém sabe o que virá, ou como irá acabar esta história !...

2º- A Crise do Petróleo : Desde há 6 meses que o petróleo entrou na espiral de preços. Não há a mínima ideia/teoria de como irá terminar. Duas coisas são porém claras: primeiro, o petróleo jamais voltará aos níveis de 2007 (ou seja, a alta de preço é adquirida e definitiva, devido à visão estratégica da China e da Índia que o compram e amealham!) e começarão rapidamente a fazer sentir-se os efeitos dos custos de energia, de transportes, de serviços. Por exemplo, quem utiliza frequentemente o avião, assistiu há 2 semanas a uma subida no preço dos bilhetes de... 50% (leu bem: cinquenta por cento). É escusado referir as enormes implicações sociais deste factor: basta lembrar que por exemplo toda a indústria de férias e turismo de massas para as classes médias (que, por exemplo, em Portugal ou Espanha representa 15% do PIB) irá virtualmente desaparecer em 12 meses! Acabaram as viagens de avião baratas (...e as férias massivas!), a inflação controlada, etc...

3º- A Contracção da Mobilidade : fortemente afectados pelos preços do petróleo, os transportes de mercadorias irão sofrer contracção profunda e as trocas físicas comerciais (que sempre implicam transporte) irão sofrer fortíssima retracção, com as óbvias consequências nas indústrias a montante e na interpenetração económica mundial.

4º- A Imigração : a Europa absorveu nos últimos 4 anos cerca de 40 milhões de imigrantes, que buscam melhores condições de vida e formação, num movimento incessante e anacrónico (os imigrantes são precisos para fazer os trabalhos não rentáveis, mas mudam radicalmente a composição social de países-chave como a Alemanha, a Espanha, a Inglaterra ou a Itália). Este movimento irá previsivelmente manter-se nos próximos 5 ou 6 anos! A Europa terá em breve mais de 85 milhões de imigrantes que lutarão pelo poder e melhor estatuto sócio-económico (até agora, vivemos nós em ascensão e com direitos à custa das matérias-primas e da pobreza deles)!

5º- A Destruição da Classe Média : quem tem oportunidade de circular um pouco pela Europa apercebe-se que o movimento de destruição das classes médias (que julgávamos estar apenas a acontecer em Portugal e à custa deste governo) está de facto a "varrer" o Velho Continente! Em Espanha, na Holanda, na Inglaterra ou mesmo em França os problemas das classes médias são comuns e (descontados alguns matizes e diferente gradação) as pessoas estão endividadas, a perder rendimentos, a perder força social e capacidade de intervenção.

6º- A Europa Morreu : embora ainda estejam projectar o cerimonial do enterro, todos os Euro-Políticos perceberam que a Europa moribunda já não tem projecto, já não tem razão de ser, que já não tem liderança e que já não consegue definir quaisquer objectivos num "caldo" de 27 países com poucos ou nenhuns traços comuns!... Já nenhum Cidadão Europeu acredita na "Europa", nem dela espera coisa importante para a sua vida ou o seu futuro! O "Requiem" pela Europa e dos "seus valores" foi chão que deu uvas: deu-se há dias na Irlanda!

7º- A China ao assalto! Contou-me um profissional do sector: a construção naval ao nível mundial comunicou aos interessados a incapacidade em satisfazer entregas de barcos nos próximos 2 anos, porque TODOS os estaleiros navais do Mundo têm TODA a sua capacidade de construção ocupada por encomendas de navios.... da China. O gigante asiático vai agora "atacar" o coração da Indústria europeia e americana (até aqui foi just a joke...). Foram apresentados há dias no mais importante Salão Automóvel mundial os novos carros chineses. Desenhados por notáveis gabinetes europeus e americanos, Giuggiaro e Pininfarina incluídos, os novos carros chineses são soberbos, réplicas perfeitas de BMWs e de Mercedes (eu já os vi!) e vão chegar à Europa entre os 8.000 e os 19.000 euros! E quando falamos de Indústria Automóvel ou Aeroespacial europeia...helás! Estamos a falar de centenas de milhar de postos de trabalhos e do maior motor económico, financeiro e tecnológico da nossa sociedade. À beira desta ameaça, a crise do têxtil foi uma brincadeira de crianças! (Os chineses estão estrategicamente em todos os cantos do mundo a escoar todo o tipo de produtos da China, que está a qualificá-los cada vez mais).

8º- A Crise do Edifício Social : As sociedades ocidentais terminaram com o paradigma da sociedade baseada na célula familiar! As pessoas já não se casam, as famílias tradicionais desfazem-se a um ritmo alucinante, as novas gerações não querem laços de projecto comum, os jovens não querem compromissos, dificultando a criação de um espírito de estratégias e actuação comum...


9º- O Ressurgir da Rússia/Índia : para os menos atentos: a Rússia e a Índia estão a evoluir tecnológica, social e economicamente a uma velocidade estonteante! Com fortes lideranças e ambições estratégicas, em 5 anos ultrapassarão a Alemanha!

10º- A Revolução Tecnológica : nos últimos meses o salto dado pela revolução tecnológica (incluindo a biotecnologia, a energia, as comunicações, a nano tecnologia e a integração tecnológica) suplantou tudo o previsto e processou-se a um ritmo 9 vezes superior à média dos últimos 5 anos!
Eis pois, a Revolução!
Tal como numa conta de multiplicar, estes dez factores estão ligados por um sinal de "vezes" e, no fim, têm um sinal de "igual". Mas o resultado é ainda desconhecido e... imprevisível. Uma coisa é certa: as nossas vidas vão mudar radicalmente nos próximos 12 meses e as mudanças marcar-nos-ão (permanecerão) nos próximos 10 ou 20 anos, forçando-nos a ter carreiras profissionais instáveis, com muito menos promoções e apoios financeiros, a ter estilos de vida mais modestos, recreativos e ecológicos.
Espera-nos o Novo! Como em todas as Revoluções!
Um conselho final: é importante estar aberto e dentro do Novo, visionando e desfrutando das suas potencialidades! Da Revolução! Ir em frente! Sem medo!
Afinal, depois de cada Revolução, o Mundo sempre mudou para melhor!...


UM GLORIOSO APANHAR BANHOS DE SOL!


LUIS AMADO: " O MEDITERRÂNICO" (TEXTO PIFADO NAS NOTAS VERBAIS)

Adivinha mediterrânica...


Qual é, qual é o embaixador português numa capital do Norte de África que há pouco afirmava que a revolta ali era uma invenção e que os problemas eram mera questão de ordem pública? Qual é, qual é?

Marrocos, dia sim, dia não

Depois do ex-MNE de Marrocos ter dito das boas em dia sim, o atual MNE marroquino diz das suas em dia não... O primeiro, o ex, sabe que os portugueses não estão todos a leste e fala do que a gente entende e sabe; já o segundo, a atual, pensa que vem dar lições e que com tais lições (Argélia, Sara, monarquia...) a gente embarca. Oh senhor ministro, regresse a Rabat e olhe à volta!

LUIS AMADO E MAIS MARROCOS

.

Sic

Não, não é Sic-notícias, é Sic-MNE:

"O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, recebe na próxima quarta-feira, 23 de Fevereiro, às 12:00 horas, no Palácio das Necessidades, o Ministro dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação do Reino de Marrocos, Taïb Fassi-Fihri. Esta visita insere-se no quadro do diálogo político regular e das estreitas relações de cooperação entre Portugal e Marrocos. Permitirá, neste contexto, analisar os progressos efectuados em diversos domínios de cooperação bilateral, à luz dos compromissos assumidos na Cimeira de Marraquexe, realizada em Junho passado. Na agenda constam igualmente temas de interesse comum relacionados com a participação de Portugal no Conselho de Segurança das Nações Unidas e com a actual conjuntura regional e internacional.