Translator

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

OS BARÕES ASSINALADOS DA MINHA PÁTRIA LUSA E TAMBÉM DO POBRE CAMÕES.APETECE-ME MANDÁ-LOS PARA O C************O


Mais um que ainda vai ter um AVC de tanto trabalhar...
.
António Nogueira Leite vai ser vice-presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos e ganhar mais de 20 mil euros por mês.
.
O académico, que foi conselheiro de Pedro Passos Coelho (quem diria?), vai assumir funções executivas, ocupando o lugar de número dois do próximo presidente executivo do banco público.
.
Actualmente já é:
- administrador executivo da CUF,
- administrador executivo da SEC,
- administrador executivo da José de Mello Saúde,
- administrador executivo da EFACEC Capital,
- administrador executivo da Comitur Imobiliária,
- administrador (não executivo) da Reditus,
- administrador (não executivo) da Brisa,
- administrador (não executivo) da Quimigal
- presidente do Conselho Geral da OPEX,
- membro do Conselho Nacional da CMVM,
- vice-presidente do Conselho Consultivo do Banif Investment Bank,
- membro do Conselho Consultivo da Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações,
- vogal da Direcção do IPRI.
É membro do Conselho Nacional do PSD desde 2010.
Os amigos começam a ocupar os bons lugares e, mesmo quando dizem que querem poupar e reduzir nas despesas, quando aumentam impostos, quando aumentam os transportes, a saúde e anunciam qua ainda agora começaram os sacrifícios, não têm vergonha de aumentar o número de administradores da CGD de sete para onze.
Há que haver lugares para todos e aos Barões não serve qualquer um.
.
Têm de ser lugares de luxo e prestigio que são gente importante.

O MELHOR PRODUTOS QUE TEMOS EM CRISE - A POBREZA DO NOSSO SER

A probreza do nosso ser.

Estou ligado ao vinho do Porto e tentei dá-lo a conhecer no mercado da Tailândia. De quando o Presidente Jorge Sampaio, depois de entregar a administração de Macau em fins de Dezembro de 1999, fez uma curta paragem em Banguecoque, nos jardins da Residência dos Embaixadores de Portugal na Tailândia foi-lhe oferecido um por do sol pelo então embaixador Tadeu Soares.
.
Entre a comitiva do Presidente Sampaio incluia-se o senhor Américo Amorim e meu conhecido. Quando nos cumprimentamos diz-me: "Senhor Martins eu comprei as adegas, no Douro, do vinho do Porto Burmester e precisamos de colocar o nosso vinho na Tailândia".
.
O homem mais rico de Portugal, partiu para Portugal e eu, logo a seguir fiz uma encomenda de 1000 garrafas de vinhos Burmester de vários tipos, para serem vendidos no bazar da caridade da Cruz Vermelha Internacional, organizado pelas esposas dos diplomatas acreditados em Banguecoque.
.
O Porto Burmester foi um sucesso de vendas em dois bazares e era o principio para ser colocado no mercado. Porém não tive apoio de dois embaixadores, Tadeu Soares e Lima Pimentel.
.
Os dois e outros que vieram depois estavam mais interessados nos recortes dos jornais, locais, cozinharem umas "tretas" e enviarem-nas para a Secretaria de Estado dos Estrangeiros.
.
Vícios que imperava na altura que não sei se ainda vivem o aproveitar o farelo e desperdiçar a farinha.
José Martins

Entidades públicas e autarcas alertam para o perigo para o Douro da quebra de produção de vinho do Porto

publicado 19:25 04 agosto '11

Representantes de entidades públicas e autarcas alertaram hoje para a crise e o perigo que ronda o Douro vinhateiro, e que poderão ser agravados com a redução em 25 mil pipas da produção de vinho do Porto nesta vindima.

.
"Talvez estejamos perante o maior perigo a enfrentar, depois da praga da filoxera. Assim, uma das mais marcantes civilizações do vinho e da vinha poderá estar em risco", afirmam numa declaração conjunta Carlos Lage, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), e Ricardo Magalhães, chefe da Estrutura de Missão do Douro.

Esta foi a primeira vez que estas entidades tomaram uma posição pública sobre o assunto, que justificam pelo som "estridente" da "campainha de alarme" que soou no Douro.

O NOSSO MAIS "PALHAÇO" A MANDAR AS SUAS BOCAS DE APELOS


Um tipo que fugiu, para a União Europeia, deixando Portugal mais tanga do que a  encontrada de quando eleito primeiro-ministro, está a mandar-se a apelos para um aumento de fundos de resgate do Euro.
.
Ora os países, ricos, da União Europeia, necessitavam de um palhaço para presidente e o Durão Barroso (um inútil) era o mesmo calhar para ocupar o lugar que já vai no segundo termo.
.
Daqui: Desapareça palhaço, de merda, da arena  circense da União Europeia. Desapareça e "andorra" palhaço!

O chefe da Comissão Europeia apela para maiores fundos de resgate


Presidente da Comissão Européia José Manuel Barroso apelou quinta-feira para um aumento no tamanho do fundo de resgate da zona do euro, alertando os líderes nacionais que seu tamanho atual não é suficiente para acalmar os temores do mercado sobre a Espanha e Itália.
Por FRANCE 24 (vídeo) fio notícias (texto)

AP - Montagem preocupações que Itália e Espanha não será capaz de pagar suas dívidas pummeled ações e na quinta-feira euro e pressão empilhados sobre a zona euro 17 países para rever a sua estratégia de crise. E, apesar de indícios de que o Banco Central Europeu ter reiniciado seu programa de compra de títulos após um hiato de quatro meses em uma tentativa de acalmar os mercados, as pressões financeiras sobre a Itália e Espanha permaneceram aguda.
.
Presidente da Comissão Européia José Manuel Durão Barroso admitiu isso, exortando os líderes da zona do euro para fazer mais alterações ao seu fundo de resgate - incluindo aumentar o seu tamanho - para garantir que ele pode efetivamente conter a crise da dívida que abalou a união monetária para 21 meses.
.
Apelo Barroso e recuperação aparente do BCE veio apenas duas semanas depois que os líderes da zona do euro atingiu o que marca um acordo "histórico" sobre a estratégia da união monetária da crise, incluindo um pacote de socorro segunda grande para a Grécia e de longo alcance novos poderes para o seu fundo de resgate. No entanto, o acordo não-tronco pânico crescente nos mercados financeiros sobre a capacidade da zona do euro a terceira e quarta maiores economias para pagar suas dívidas.
.
Embora os rendimentos ou as taxas de juros, sobre os títulos italiano e espanhol foram abaixo os registros chegaram no início da semana - possivelmente ligados a compras pelo BCE - os mercados dos dois países em ações estavam, como todos os outros na Europa e os EUA, com firmeza na vermelho, enquanto o euro caiu 1,5 por cento contra o dólar.
.
Em uma carta aos líderes da zona do euro datado 03 de agosto, mas tornado público quinta-feira, Barroso disse que a principal razão por trás desgraças dos dois países de mercado era "a comunicação indisciplinado e da complexidade e incompletude do pacote de 21 de julho."
.
Que, escreveu ele, tem levado a "um crescente ceticismo entre os investidores sobre a capacidade sistêmica da área do euro para responder à crise em evolução." O presidente da comissão pediu "uma reavaliação rápida de todos os elementos relacionados com a" fundo da zona do euro de resgate, conhecido como o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira, para que ele possa efetivamente usar seus novos poderes. Uma porta-voz de Barroso confirmou que os elementos incluídos tamanho do fundo.
.
Mas ficando a zona do euro a concordar com as novas medidas não será fácil. "Não parece claro como a reabertura do debate apenas duas semanas após a cúpula é suposto para ajudar a acalmar os mercados", disse um funcionário do governo alemão. "O importante agora é implementar rapidamente os acordos de cúpula.
.
Isso é o que todo mundo tem que concentrar-se e não na reabertura perguntas que já foram respondidos em 21 de julho. "O funcionário estava falando sob condição de anonimato devido à sensibilidade do debate crise. Em 21 de julho, os líderes da zona do euro decidiu equipar o seu fundo de resgate com novos poderes preventivos, tais como a capacidade de comprar títulos do governo em dificuldades para suportar os seus preços ou extensão de linhas de crédito de curto prazo para países antes que eles estão em full-blown crise modo.
.
Que foi um reconhecimento de que pacotes de resgate como o que deu à Grécia, Irlanda e Portugal, que mantêm os países fora do mercado há vários anos, seria muito caro para a Itália e Espanha. No entanto, analistas disseram que a EFSF não será capaz de utilizar adequadamente esses novos poderes com seu tamanho atual.
.
Da € 440.000.000.000 (629000000000 $) no fundo, 43700000000 € tem se comprometido com os resgates se a Irlanda e Portugal e os custos da Grécia ajudando terá suas reservas para menos de € 300.000.000.000 _ não o suficiente para antecipar-se crises em Itália e Espanha, advertem analistas. A intervenção em grande escala nos mercados secundário de títulos poderia facilmente sugar muito do que, considerando que o Banco Central Europeu passou quase € 80000000000 em gotas de amortecimento em títulos da Irlanda, Português e grego antes de esses países muito menores tiveram que ser socorridos.
.
Barroso também pediu aos líderes para acelerar a implementação das mudanças previamente acordado para o fundo, que têm de ser ratificado pelos governos nacionais e nos parlamentos muitos casos, que estão atualmente em férias de verão.
No momento, especialistas de países da zona euro, bem como o BCE ea Comissão ainda estão debruçados sobre as decisões tomadas pelos líderes, e carta de Durão Barroso indicou que alguns estados já podem estar puxando para trás a partir de seus compromissos.
.
«Estas mudanças também devem evitar a introdução de restrições excessivas tanto em termos de condições adicionais ou de garantia de empréstimos EFSF", escreveu Barroso. Seu porta-voz se recusou a dizer quais os países estavam fazendo exigências ou dar detalhes sobre as condicionalidades solicitado.
.
A 21 de julho negócio foi vago sobre as condições em que o EFSF seriam autorizados a intervir no mercado de títulos, dizendo apenas que viria com BCE análise e aprovação de todos os países da zona euro. O atraso na implementação das mudanças para o fundo deixou a zona do euro sem ferramentas preventivas, assim como a crise da dívida de 21 meses ferveu novamente.
.
A ansiedade mais recentes sobre a Itália e Espanha vem depois dos bancos e outros investidores privados em títulos gregos foram convidados a tomar algumas perdas como parte do resgate segunda do país _ um movimento que a zona do euro tinha descartado para a maioria da crise e que os analistas advertem pode bem estar nas cartas para outros países europeus fraco.
.
Também coincide com um maior temor de que a economia dos EUA, em particular, podem estar enfraquecendo, dando um novo golpe para a recuperação da Europa.
 
Clique aqui para saber mais!

ITÁLIA E ESPANHA SOB A PRESSÂO DOS MERCADOS FINANCEIROS

.


Nova febre na Itália e Espanha. O custo do crédito para 10 anos atingiu níveis recordes nesta terça-feira, enquanto a Comissão Europeia expressou confiança, e não em socorro presente.
.
Par Lise Pressac (vídeo) Depeche (texte)

AFP - Itália e Espanha estão novamente sob a pressão dos mercados terça-feira, como outros países frágeis na área do euro, e seus governos se mobilizam para deter o pânico, mesmo que Bruxelas tem descartou qualquer discussão de um resgate para esses países.
.
Diante desta nova febre, o ministro italiano da Economia e Finanças, Giulio Tremonti organizou em Roma uma reunião do Comitê para a salvaguarda da estabilidade financeira, que inclui o Banco da Itália, ea autoridade do mercado regulador de seguros.
.
A Comissão lamentou, após a reunião que a Itália e o tema de "tensões decorrentes das incertezas internacionais, apesar da redução gradual do défice".
"O sistema bancário e financeiro é forte graças ao reforço das condições já fez patrimônio e liquidez dos bancos", disse o comitê, que decidiu "manter a situação sob observação constante."
.
Tremonti foi para atender à noite, com o Comissário Europeu de Desenvolvimento Econômico e Olli Rehn se reunirá no Luxemburgo, na quarta-feira com  ministros das finanças líder da área do euro, Jean-Claude Juncker.
.
Até agora ficou quieto, o primeiro-ministro Silvio Berlusconi falará do seu lado, perante o Parlamento e pode anunciar medidas nesta ocasião para reavivar uma economia lenta, enquanto os parceiros sociais lançaram um apelo conjunto a um pacto "para o crescimento ".
.
Em Madrid, o primeiro-ministro espanhol Jose Luis Rodriguez Zapatero decidiu adiar sua partida de férias para acompanhar a situação.
.
"É uma debandada (...) O mercado ainda não está assegurado" pelo Acordo Europeu de 21 de Julho em um novo plano de ajuda à Grécia significava deter o contágio da crise da dívida, diz Cyril REGNAT, Natixis fiança bancária estrategista.
.
Sinal da confiança dos investidores, os rendimentos de títulos e 10 anos em Itália e Espanha atingiram níveis recordes terça-feira.
.
Por volta de 1530 GMT, que ficou em 6,121% e 6,264%, aproximando perigosamente os 7% a partir do qual o financiamento da dívida torna-se difícil de sustentar. Más notícias, enquanto Madrid quinta-feira planos de emitir entre 2,5 e 3,5 bilhões de euros de obrigações. "Com o financiamento a estes níveis é bastante caro e pode, eventualmente, criar problemas", disse Angel Molina, do Tranças de corretagem.
.
Como resultado dessas tensões, a Bolsa de Valores de Milão fechou terça-feira em uma nova queda de 2,53% e Madri caiu 2,18%, se preocupa com a economia dos EUA também o mercado com chumbo.
.
Tentando tranquilizar a Comissão Europeia disse que nenhum plano de resgate foi "sobre a mesa" para ajudar a Itália, Espanha e Chipre, também sob pressão do mercado, e tem declarou "confiante" sobre a implementação de medidas de austeridade em Roma e Madrid.
.
Itália pode ter adotado uma situação de emergência meados de julho uma severa austeridade, ele sempre se preocupa investidores por causa de sua enorme dívida (cerca de 1.900.000 milhões ou 120% do PIB), crescimento lento ea incerteza sobre o futuro do governo.
.
Silvio Berlusconi é, na verdade cada vez mais enfraquecido, enquanto Giulio Tremonti, com quem as relações Cavaliere muito tensa, está contaminado pelo envolvimento de seu braço direito antigo em um escândalo de corrupção. A Oposição de Esquerda voltou a chamada na terça-feira para chamar Cavaliere Zapatero mantendo eleições antecipadas.
.
Madrid, por sua vez aumentou a reforma de seu setor bancário, mercado de trabalho e pensões, mas os mercados continuam a duvidar de sua capacidade de reduzir o déficit por causa de seu fraco controle sobre as finanças das regiões.
.
"Eu não vejo como você poderia ter uma mudança de situação, porque se houver anúncios, será melhor ser em setembro. As próximas semanas vão ser muito, muito tempo", Mr, portanto, fornece REGNAT.

Clique aqui para saber mais!

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 5 de Agosto de 2011.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

40 mil de mãos no ar com Snoop Dogg
Algarve: Duas colisões na EN125
Lagoa: Fogo junto à Docapesca
Uma Janelle aberta para o mundo
Encontram cadáver em casa de férias
Carlos Gomes Júnior: Moção de confiança
Canelas: Carro e casa roubados

Capa do Público Público

Ministro deverá tomar decisão sobre hospital militar em "meados de Setembro"
Quatro concelhos em Portugal continental com risco máximo de incêndio
Mini-crash de ontem prolongou-se nas bolsas do Extremo Oriente
Ex-director do SIED exige divulgação de relatório
Internamento de Renato Seabra em Portugal é hipótese
O maior laboratório de física de partículas também tem lugar para a arte
Sarkozy contacta Trichet, Merkel e Zapatero com bolsas a cair

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Reinado de D. Luís continua no Baleal
Guitarra e pargo no prato encantam
Pobres vão receber remédios grátis em final de prazo
Ex-advogado de Lima é agora 'chefe' da polícia
'Profs' com horário zero tiram lugar a contratados
"Passos é bonito e gosto do corte de cabelo do das finanças"
Duarte Lima pediu fotos do cadáver de Rosalina

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

As "Medvedev's Girls"
Sueco tinha reactor nuclear na cozinha
Ex-director exige urgente conhecimento integral de relatório
Sarkozy contacta Trichet, Merkel e Zapatero com bolsas a cair
Vinho do Porto vive pior crise de sempre
Governo copia modelo social de V.N. Gaia
Polícia venezuelana espancou e deteve jornalista

Capa do i i

Técnicos do INEM querem demissão do deputado que ligou para o 112
CP. Linha de Cascais em risco de fechar
Jerónimo Martins alimenta e apoia 1100 funcionários durante 2012
O mês horribilis de Sócrates. Ficar sem pai e irmão em 15 dias
Dois milhões recorrem a serviços médicos que não são fiscalizadas
Túnel do Marquês. TC diz que faltou rigor na gestão financeira e transparência nas decisões
Bloco quer referendo à privatização das águas

Capa do Diário Económico Diário Económico

Passos pede "procedimento interno” sobre fugas de informação
Quatro concelhos em Portugal continental com risco máximo de incêndio
Dirigentes superiores do Estado caem todos até final de 2013
Plano social de emergência prevê crédito para desempregados
Crédito já não cai do céu na Irlanda
Banca nacional tem os piores resultados da última década
China Power disposta a comprar 20% da EDP

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Liikanen diz que incerteza na economia global aumentou
Resultados da Allianz penalizados por exposição à dívida grega
Revista de imprensa diária
Sarkozy reúne-se com Merkel e depois com Zapatero
EDP vende posições em unidades brasileiras por 85 milhões de euros
Ásia cai mais de 4% e prolonga queda dos índices mundiais
As notícias em foco na edição de hoje, dia 5 de Agosto, no Negócios

Capa do Oje Oje

Lucros recorrentes da REN sobem 14,1% no 1.º semestre
Inflação do Brasil terá redução "significativa" no 4.º trimestre, diz banco central
PSI 20 fecha a perder 3,26%
Grupo português investe na reconstrução de 3 hotéis na Ucrânia
Europa continuará em "expansão moderada", afirma Trichet
Governo cria Instituto Português do Desporto e Juventude
PM de Itália anuncia pacto de crescimento para até final de Setembro

Capa do Destak Destak

Snoop Dogg conquistou primeiro dia a Sudoeste
Guimarães vence Midtjylland e assegura "play off"
Produtora portuguesa nomeada para os Emmys do Canadá
Lucro da AdP aumentou 284%
Nacional garante "play off"
SIED: Fiscalização concluiu que houve fuga de informação
Cem mortos a bordo de embarcação com clandestinos

Capa do A Bola A Bola

Amanhã é o último jogo particular
«Foi uma bofetada com luva branca» - Correio da Manhã
«Saída de Cardozo não é consensual» - DN
Éder Sciola falha jogo com Benfica
«FC Porto chama ignorante a Hermínio Loureiro» - JN
Fundo pode colocar Pizzi na montra espanhola
Bundesliga arranca; Dortmund a abater

Capa do Record Record

Panaitolikos insiste em Hélder Barbosa
Professores sem colocação
Dady pode sair para Espanha
PORTUGAL-CAMARÕES, 1-0
Olear motor na China com quarteto especial
Insolvências batem recorde
Treinar o planeta em português

Capa do O Jogo O Jogo

Trani: Rui Machado na terceira ronda
Manuel Machado realça triunfo que nunca considerou fácil
HTC-Higroad anuncia extinção
Hearts: Paulo Sérgio estreia-se com goleada
Vieirinha marca pelo PAOK na passagem ao “play-off”
Olhanense goleia Ayamonte e conquista Troféu António Concepcion Reboura
Vitória de Guimarães vence Midtjylland e assegura "play off"