Translator

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

EXPANSÃO CHINESA EM ÁFRICA: "PÉROLAS PARA MOÇAMBIQUE"

 

14/08/2011

NÓS DAQUI NÃO QUERÍAMOS DIZER TANTO....


Mas duvidamos, algumas, afirmações de Passos Coelho... A nossa experiência de vida é tão longa e tantas "barretadas" os portugueses têm enfiado, dos políticos, que nos leva a crer que as palavras de corte cheguem à acção menos aquelas de esperança que jamais lá chegarão!
2011-08-15 13:37:59
  Clique na imagem e ouça o video
.
Bloco de Esquerda diz que palavras de Passos Coelho soam a chantagem

Política : Bloco de Esquerda diz que palavras de Passos Coelho "soam a chantagem"

ARTIGO COM CABEÇA CORPO E MEMBROS!

INVESTIR EM PORTUGAL? PORQUÊ? PARA QUÊ?

Ricardo Saramago no blog SEDES pergunta: 


Porquê investir em Portugal?
O Investimento que temos tido ou é público(de rentabilidade negativa), ou forçado pelas alterações regulamentares e pela pressão das fiscalizações (rentabilidade duvidosa), ou ainda destinado a deitar a mão aos subsídios públicos, camarários e comunitários.
A verdade é que quem tIver ideias, projectos e iniciativa, fará melhor em rumar a outras partes onde o ambiente seja mais fértil, a fiscalidade previsível e a administração colaborante.
A maioria das empresas, mais do que projectar investir, luta para não morrer às mãos do fisco, das Asaes, dos caloteiros e da concorrência(muitas vezes desleal). Se pudessem muitos desinvestiriam em vez de investir.Restará por aí algum investimento residual ditado pelas regras de mercado e destinado exclusivamente a obter rendimentos em concorrência? Expliquem-me como é que os modelos econométricos reflectem estas realidades.
E Quelhas da Mota:

Estou plenamente de acordo com Ricardo Saramago e Pedro Pinheiro.
É impressionante o «emaranhado» em que o Estado colocou este país. Des-«emaranhar» isto tudo é um bico-dobra. De facto, a questão nem se deverá colocar ao nível de cativar novos investimentos, mas de evitar que as empresas não descapitalizem como forma prévia de preparar a sua saída do país.
As únicas actividades que parecem interessar são as protegidas pelo Estado, praticando preços de quase-monopólio, para já não referir que o País está cheio de empresas fictícias, que só existem porque se criaram Leis para que pudessem existir, como a empresa do «Magalhães», as empresa de montagens de painéis solares subsidiados, as empresas de certificação – pois, por tudo e por nada têm-se de estar certificado -, as empresas de inspecção automóvel, empresas «associadas à asea» – que prestam serviços especiais para que os padrões da asea se cumpram -, etc. Simultaneamente, criaram-se taxas para tudo e para todos, desde para um furo e, depois, ter autorização para utilizar a água encontrada até uma licença para fazer uma fogueira para queimar os detritos e limpezas dos campos agrícolas. As próprias multas e coimas passaram a «impostos», já que os seus montantes são escandalosos – até os polícias são avaliados pelo volume de multas que trazem para «casa». O peso dos impostos, taxas e coimas, preços monopolistas, custos (obrigatórios) de serviços sem ou de duvidoso interesse nacional, etc. associados à inexistência de Justiça, de Educação, etc. tornam excepcionalmente difícil mudar uma situação que, apesar de tudo, tem os seus «ganhadores». Ou seja, para além daquilo que disseram, o País parece está «armadilhado» por todo o lado, nos mais pequenos «pormenores» daquilo que poderia constituir algum espaço de Liberdade e Iniciativa fora do Estado. Só um incauto investe aqui, a não ser que o seu investimento seja um PIN, e, como tal, subsidiado pelos contribuintes-líquidos portugueses – afinal, para que lhes arranjem aí algum emprego ao salário mínimo.
Sinceramente que gostaria de ver aparecer algum «Nacionalismo» por esta terra.»

ESPANHA: LÁ COMO CÁ...RELATÓRIO SOBRE LAVAGEM DE DINHEIRO

Branqueamento de capitais por Espanha

Os casos, perseguidos, pela Polícia e da Guarda Civil cresceu 50% ao ano

5% da atividade do crime organizado ligado à corrupção


Operações contra lavagem de dinheiro , atividade ilegal que movimenta bilhões de euros para o imposto opaca em Espanha e ocupa uma parte significativa em alguns casos de corrupção política mais notórios dos últimos tempos, surgiu em 2010, para níveis desconhecida, a julgar pelo número de crimes tais que perseguiu a Guarda Civil e da Polícia Nacional.

A natureza especializada das forças de segurança na busca do dinheiro gerado por atividades criminosas de grupos de crime organizado, com a ajuda fornecida pela Agência Tributária para detectar essas práticas ilegais, levaram a um crescimento espetacular em operações contra essas bandas desde 2005 (97 performances contra as redes de lavagem) para hoje (ver gráficos), que quase dobraram.
.

Operações contra lavagem de dinheiro. / PAÍS
.
No ano passado, 2010, investigações iniciadas pela Polícia e da Guarda Civil chegou a 175, mais do que um aumento de 50% sobre o ano anterior (115), o maior aumento no número de transações já registrado.
.
Alguns dos escândalos de corrupção política que causaram distúrbios mais social nos últimos anos ( caso Gürtel , caso Malaya ...) tinha uma seção especial sobre branqueamento de capitais para as quais tinha perdido o controle do Tesouro, em média, dezenas de milhões de euros em cada um dos dois casos.
.
Investigações policiais chegaram a sensação de que os beneficiários desse dinheiro ilegal no exterior ou investimentos em Espanha foram opacos Espanhol significados políticos que não só tinha levado propina para seus favores para corromper, mas tinham aberto contas na Suíça para esconder o dinheiro.
As 175 operações foram registrados em 2010 contra a lavagem de dinheiro gostaria de acrescentar vários bilhões de euros, cujas origens são diferentes tipos de atividades criminosas.

Propriedade de Investimento

O trabalho das forças de segurança do Estado em 2010 descobriu que pelo menos 119 organizações envolvidas com o crime organizado na Espanha também desenvolveu atividades de lavagem de dinheiro.
.
O procedimento usado por grupos criminosos lavagem dos rendimentos da sua actividade criminal consiste principalmente de investimentos imobiliários, mas também colocar dinheiro em outros setores, como serviços, comunicação, arte automóveis, ou o sector financeiro.
.
Por lavagem de dinheiro, esses grupos criminosos também manipular contabilidade de algumas empresas, a atribuição de lucros ilícitos com as contas de empresas legais, são holdings em paraísos fiscais com o movimento de grandes quantidades ou somas enviadas ao exterior, geralmente através de cabines telefônicas empresas especializadas, por valores abaixo do limite de divisão em que você deve informar as autoridades de cada país.
.
Em 2010, as investigações iniciadas pela Polícia e da Guarda Civil chegou a 175, mais do que um aumento de 50% sobre o ano anterior
Também detectou a Polícia e Guarda Civil investigou 21 grupos criminosos durante o ano passado fez uma fraude ao IVA, ligados principalmente ao tráfego de veículos, ou ilegalmente beneficiado por doações da União Europeia.
.
Investimento por grupos criminosos internacionais são definidas principalmente em Espanha, Colômbia, Marrocos, Romênia e Rússia, dizem especialistas.
Em operações policiais contra a lavagem de dinheiro, a maioria (58%) está ligada a grupos criminosos envolvidos no tráfico de drogas (especialmente a venda de cocaína, mas também de heroína e haxixe).
.
Das organizações investigadas por lavagem de dinheiro, da polícia e da Guarda Civil descobriu que pelo menos 30 deles receberam seus benefícios, como resultado da corrupção política em 2010.
.
Especialistas enfatizam que o momento da lavagem de dinheiro relacionados com a corrupção política significa um percentual menor em relação às operações total detectado em Espanha.

A MÚSICA O BAILE A SALVAÇÃO DA POBREZA DAS GENTES DE PORTUGAL


Quem canta e dança seu mal espanta! Afagai meu triste Povo as vossas lágrimas que a "corja" vos tem feito verter dos olhos a dançar e a cantar. A música, o vira, o malhão, o fado, também serve de pão dos pobres!
.
Clique na imagem e aprecie a alegria de gente de um bairro.
Rádio dedicada à música de baile tem estúdio em café de Matosinhos

Rádio dedicada à música de baile tem estúdio em café ...

PARA OS QUATRO ~"RAPAZES" NÃO PASSA NADA!

País vive o dia mais sangrento dos últimos 15 meses com a morte de pelo menos 67 pessoas

publicado 17:21 15 agosto '11

O Iraque viveu hoje o dia mais sangrento em mais de um ano com uma onda de atentados de que resultaram pelo menos 67 vítimas mortais e mais de 300 feridos em pontos distintos do país.


Na manhã de hoje, registaram-se atentados em dezenas de localidade iraquianas, os quais não foram reivindicados.

Segundo cálculos da agência de notícias France Presse, a partir de informações oficiais, este foi o dia mais sangrento desde 10 de maio de 2010, quando sessenta atentados por todo o país provocaram pelo menos 110 mortos e 500 feridos.

QUE A PROVIDÊNCIA SALVE AS NOSSA LUSAS HEROÌNA DA APETÊNCIA DOS PIRATAS DO CORNO DE ÁFRICA!

 Defesa

por © 2011 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Navio de guerra português vai combater pirataria no Corno de África

publicado 14:02 15 agosto '11

O combate à pirataria no Corno de África é a missão da fragata D. Francisco Almeida que hoje partiu de Lisboa rumo ao Índico para integrar a Força Naval Permanente da NATO e participar na Operação Ocean Shield 2011.Navio de guerra português vai combater pirataria no Corno de África


O navio de guerra, entregue à Marinha em 2010, tem uma guarnição de 185 militares, dos quais 14 mulheres, inclui uma equipa do pelotão de abordagem do Corpo de Fuzileiros e ainda o destacamento do Helicóptero Lynx. A operação decorrerá ente 01 de setembro e 30 de Outubro.

"Esta missão está enquadrada internacionalmente e destina-se ao combate à pirataria e a garantir o livre trânsito de pessoas e bens na zona do Corno de África, que é um eixo fundamental do tráfego marítimo internacional", explicou o comandante da fragata, Salvado Figueiredo.

BONECOS DO "MALANDRO" KAOS


Uma tragicomédia europeia

O Coveiro da vida de um povo


Ficámos a saber que a metade do 13º mês e a antecipação do aumento em 17% na taxa de IVA da electricidade e do gás já para Setembro servem para pagar metade dos 2 mil milhões de desvio orçamental causado pelo negócio do BPN e pela governação do João Jardim. O fundo de pensões dos bancos vão, como receita extraordinária, vai tapar mais um bocado do buraco e ainda nos falta saber como nos vai fazer pagar o que falta. Isto já não é ser Ministro das Finanças, é ser o coveiro de grande parte dos portugueses. Criar pobreza nunca foi a solução para um país democrático, é antes a marca dos ditadores.

ESTA MENINA SE FOSSE "FORNICAR" PARA A RUA DE SANTA CATARINA, NO PORTO, LEVAVA UM SOVA...!!!

.
Seria este o tratamento dela e dele... Enfardadela pela certa!
Wheelie sexy ...  Angela Griffin cena de sexo filmes em um bin
Wheelie sexy ... Angela Griffin cena de sexo filmes em um bin

Uma multidão de 30 pessoas assistiram-me fazer uma cena de sexo em um escaninho do wheelie

EX Corrie estrela Angela Griffin disse de seu horror depois de uma multidão reunida para assistir a seu filme numa cena de sexo ao ar livre.

Trinta pessoas gawped como ela brincou em um escaninho do wheelie .
.
Em nova Sky uma comédia-drama Mount Pleasant, Angela joga Shelley, uma empresária que voa alto e lança o encontro para colocar a centelha de volta em seu relacionamento com o marido Greg (Bower Adrian).

Sexualmente confiante ...  Angela Griffin como Shelley
Sexualmente confiante ... Angela Griffin como Shelley

.
Angela, 35, disse: "Era 11:00 e nós estávamos filmando em uma rua muito  de Manchester com muitos bares e restaurantes Logo tinha uma enorme platéia - e foi uma salva de palmas após a primeira tomada Você tem que.. perdem suas inibições neste trabalho. "
.
Angela usava meias para a cena, mas revelou que ela sempre usava roupas íntimas sexy para o papel, mesmo quando ele NÃO FOI mostrado na câmera.

Ela disse: "Shelley é tão sexualmente confiante Ela usa meias, suspensórios e sapatos de salto alto todos os dias..  "Assim que eu colocar a calcinha, eu instantaneamente transformar em Shelley
.
É suspensórios, pull-in calcinhas, push-up bras, as obras Você tem que segurar-se de forma diferente eu usá-lo mesmo que você nunca vê-lo -... É apenas parte do caráter. "
Descrito por insiders como "Cold Feet atenda This Life atende Desperate Housewives", a série começa em 24 de agosto de 21:00.

AINDA NÃO AQUECERAM O FUNDO CADEIRA JÁ SEGUEM "À BATATADA"

Coligação azeda. CDS não soube da escolha de Santana. PSD esvazia MNE

Quase dois meses depois da formação da coligação, começam os primeiros sinais de desentendimento entre os dois parceiros de governo
por Ana Sá Lopes e Liliana Valente, Publicado em 15 de Agosto de 2011  |  Actualizado há 6 horas

.
A tensão já é óbvia na jovem coligação. Braga de Macedo na AICEP e Santana Lopes na Santa Casa "cercam" o CDS
Passos Coelho convidou Santana Lopes para presidir à Santa Casa da Misericórdia sem ter previamente consultado o seu parceiro de coligação. Tanto Paulo Portas como o ministro da Segurança Social, Pedro Mota Soares, foram apanhados de surpresa com a escolha do ex--primeiro-ministro para provedor da Santa Casa, soube o i junto de fontes do partido. E, na quinta-feira passada, quando a informação já circulava a uma velocidade estonteante, os gabinetes do CDS negavam que qualquer convite do género estivesse iminente.
.
Como se pode ler nos estatutos da própria Santa Casa, a tutela da instituição "é exercida pelo membro do Governo que superintende a área da segurança social e abrange, além dos poderes especialmente previstos nos Estatutos, a definição das orientações gerais de gestão, a fiscalização da actividade da Misericórdia de Lisboa e a sua coordenação com os organismos do Estado ou dele dependentes".

O facto de o ministro Pedro Mota Soares não ter sido "tido nem achado" no convite feito a Pedro Santana Lopes evidencia como o PSD está aplicado em pôr o parceiro menor de governo no bolso. Afinal, Paulo Portas está amarrado à necessidade de cumprir o programa da troika e, neste momento, não tem grande margem política para reagir às desautorizações feitas ao seu partido. O facto de ter ficado eleitoralmente abaixo das expectativas (os famosos 14%) enfraqueceu-o nas negociações e, como se está a ver, no governo.
.
Mas além da escolha de Santana Lopes ter sido feita à margem do ministro da tutela, Pedro Passos Coelho decidiu dar um poder imenso ao ex-ministro das Finanças Braga de Macedo, que vai presidir ao novo instituto que resultará da fusão entre a Agência Portuguesa de Investimento (AICEP) e o IAPMEI (Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e Inovação), como foi noticiado na última edição do semanário Sol.
.
Jorge Braga de Macedo já tinha sido nomeado para presidir ao grupo de trabalho que vai elaborar o "programa do governo" para a diplomacia económica. Mas se isto já tinha deixado Paulo Portas furioso, a sua nomeação para a direcção do novo instituto fará de Braga de Macedo uma espécie de MNE paralelo.

.
Tendo em conta que Paulo Portas e Braga de Macedo não se falam, por causa de um velho processo quando Portas era director do semanário "O Independente", a relação tem tudo para ser explosiva. Na origem da desavença está o famoso caso Monte dos Frades, em que o ex--ministro das Finanças era acusado pelo jornal de ter recorrido a um subsídio para jovem agricultor. Braga de Macedo colocou Portas em tribunal e ganhou..

Pastas esvaziadas Tudo começou com a nega de Passos Coelho a uma coligação pré-eleitoral. Paulo Portas mostrou--se disponível para uma união antes das eleições, mas o líder do PSD apenas lhe garantiu que o levaria para o governo, com ou sem maioria absoluta.
.
Os ataques em campanha do CDS ao PSD foram duros, mas Passos mandou sempre segundas figuras responder. Do lado do PSD mostrava-se já o que iria ser o som da marcha da coligação: o esvaziamento dos centristas para que a balança da importância na coligação fosse mais desequilibrada.
.
O apelo ao voto útil à direita dos sociais--democratas que ladearam Passos Coelho fez cair as expectativas de Portas de vir a ter um resultado muito superior ao de 2005. Os 11,7% que alcançou no dia 5 de Junho deixaram-no fragilizado para as negociações de constituição do novo governo.

.
Com os acordos que tinha estabelecido com Durão Barroso, e Pedro Santana Lopes na mão, Portas quis ministérios importantes. Passos fez-lhe, à primeira vista, o gosto. Deu-lhe os Negócios Estrangeiros, o superministério da Agricultura e Ambiente e ainda a Solidariedade Social. Mas logo de seguida, retirou-lhes importância e colocou peões do PSD na sombra dos ministros do CDS.
.
A começar pelo mais importante. Paulo Portas fica, mês e meio depois de entrar no governo, sem a diplomacia económica. Depois, Pedro Mota Soares resume--se a ministro da Solidariedade Social, sem o peso do dossiê do Trabalho e das contribuições da Segurança Social. Ao CDS restou apenas, sem grandes mexidas, o superministério que junta a Agricultura - tema querido dos centristas - o Ambiente e o Mar - uma ideia (quase) imposta pelo Presidente da República.

.
.
Apesar de colocar Assunção Cristas, vice--presidente do partido, à frente da pasta, também aqui Portas perdeu uma batalha para Passos Coelho: o líder centrista mostrou-se sempre contra a união do Ambiente e da Agricultura na mesma tutela, o primeiro-ministro não abdicou da redução de ministros e deu mais uma resposta negativa aos centristas.

.
O CDS de Paulo Portas perdeu importância em relação aos governo de coligação de Durão Barroso e Santana Lopes. Além do esvaziamento dos ministérios sob tutela dos centristas, Passos não deu a Portas o cargo de vice-primeiro-ministro. Nem tão pouco o transformou no primeiro ministro de Estado. Em caso de ausência do primeiro-ministro, diz a orgânica do governo, é Vítor Gaspar, ministro de Estado e das Finanças, a assumir o papel de líder do governo. Uma regra que já acontecia no executivo de Sócrates, mas Passos não alterou a norma para satisfazer o parceiro de governo.
.
Como cereja no topo do bolo das intenções do PSD em relação ao CDS, Passos Coelho deixou Paulo Portas de fora do Conselho de Estado. O líder do CDS já tinha feito parte do órgão consultivo do Presidente da República aquando das anteriores coligações PSD/CDS, mas desta vez fica à porta do Palácio de Belém. O líder do PSD preteriu Portas para o lugar e colocou na lista três ex-líderes do PSD, Luís Filipe Menezes, Marques Mendes e Francisco Pinto Balsemão.


As capas dos jornais e as principais notícias de Segunda-feira, 15 de Agosto de 2011.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Seis armas roubadas nos Fuzileiros
Algarve: Jovem inglesa violada
Despiste: Mãe e filho feridos
Fundão: PSP agredido de baixa
Ílhavo: Homem insulta GNR
Santos Silva: Esclarece gestão
Marcelo R. Sousa: Governo não comunica

Capa do Público Público

Passos Coelho promete programa “ambicioso” de corte na despesa
Barcelona anuncia contratação de Fabregas
Djokovic continua a coleccionar títulos
V. Setúbal entra a ganhar e salta para a liderança do campeonato
Feirense regressa à Liga com um ponto, 21 anos depois
Marítimo de contenção também só conseguiu empatar
Real Madrid e Barcelona empatam no Bernabéu

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

ONU com vagas para portugueses
Chefes despedem 23% dos que anunciam ter VIH/sida
"Endurecer a luta, sim, mas sempre de modo pacífico"
2246 crimes praticados por menores já em 2011
Polícias e militares planeiam revolta conjunta na segurança
Dançarina do rancho dá baile no Furadouro
Sapo de Bordalo Pinheiro no pódio da Nazaré

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Mundial Sub-20: Portugal defronta a França nas "meias"
Moradores fechados na própria rua
Subsídios de férias pagam condomínio
Sequestro e violação de turistas inglesas investigados pela PJ
Gasolina baixa quatro cêntimos e gasóleo três
Supertaça: Real Madrid e Barcelona empatam (2-2)
Primeiro-ministro pede "concertação e diálogo" aos parceiros sociais

Capa do i i

Coligação azeda. CDS não soube da escolha de Santana. PSD esvazia MNE
Depois do mar de chamas. Os homens da PJ não têm medo de pôr as mãos no fogo
Cristo-Rei, Palácio da Pena ou Mosteiro dos Jerónimos. Qual é o melhor monumento para casar?
Cada escola terá o seu método de avaliação interna de professores
Passos: "O governo tem cortado na despesa todos os dias"
Madeira. Esquerda ataca João Jardim com dívida e políticas de juventude
Passos: "O governo tem cortado na despesa todos os dias"

Capa do Diário Económico Diário Económico

FC Porto estreia-se com triunfo em Guimarães
"Caminho da conflitualidade não é o que desejamos para Portugal"
"Anterior Governo deve pedir desculpa às Forças Armadas"
Chávez regressa a Caracas após quimioterapia em Havana
PS quer esclarecimentos de Passos Coelho sobre cortes na despesa
Alemanha já não exclui 'eurobonds' como último recurso
Há pouco espírito de aventura em Portugal

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Galp baixa gasolina em quatro cêntimos e gasóleo em três
"Governo tem cortado despesa todos os dias" e esforço "não tem paralelo nos últimos 50 anos"
Santos Silva: "Deixemos as Forças Armadas de fora da disputa política"
Aguiar Branco: Anterior Governo deve pedido de desculpas às Forças Armadas
Bloco exige garantias que integração dos fundos de pensões "não é um novo BPN"
Fernando Ruas critica demoras nos pagamentos do Estado
Zona Euro: Ministro das Finanças alemão contra ajudas ilimitadas a países em crise

Capa do Oje Oje

PSI 20 fecha a subir 3,02%, com a Galp acima de 6%
Governo da Birmânia pede a Aung San Suu Kyi para registar partido
Infra-estruturas são a grande aposta da presidência angolana da SADC
Índice de confiança dos consumidores nos EUA no nível mais baixo desde 1980
Portugal deverá receber 11,5 mil milhões de euros após passar 1.º teste
Federer eliminado por Tsonga
Rui Vicente Ferreira lidera Empordef

Capa do Destak Destak

Falcao vê com bons olhos hipótese Atlético de Madrid
Governo está "de joelhos perante os interesses dos mercados financeiros" - PCP
Passos pede "concertação e diálogo" aos parceiros sociais
«Governo tem cortado despesa todos os dias»
Fernando Ruas critica demoras nos pagamentos do Estado
FC Porto estreia-se com triunfo em Guimarães
Naval recebe companhia de mais 7 equipas

Capa do A Bola A Bola

Carlão já está em Portugal para assinar pelos vimaranenses
Selecção joga hoje na Finlândia
Douglão contratado para a defesa
Contem com Izmailov e Jeffrén
Aimar nas mãos de Jesus
Real Madrid: «Há coisas que não mudaram» - Karanka
Volta a Portugal: Lisboa para consagrar Ricardo Mestre

Capa do Record Record

STOKE-CHELSEA, 0-0
Pérez e Rosell almoçam juntos
Pedro Sousa no quadro principal em San Sebastien
MotoGP: Stoner vence GP da República Checa
Miguel Oliveira termina em 23º
O Record no seu iPhone
Marco Soares de regresso

Capa do O Jogo O Jogo

Ligue 1: Lille perde 1-0 em casa frente ao Montpellier
Quartos de Final: França vence Nigéria por 3-2 e vai encontrar Portugal nas "meias"
Torneio de Montreal: Djokovic conquista nono título da época
Supertaça de Espanha: Real Madrid domina, mas cede empate 2-2 ante FC Barcelona
Anderson Santana: “Temos de melhorar muito a finalização, é nisso que pecamos”
FC Barcelona anuncia contratação de Fabregas
Falcao vê com bons olhos hipótese Atlético de Madrid