Translator

sábado, 17 de setembro de 2011

MADEIRA COM O BURACO E OUTROS,POR AÍ, DESCONHECIDOS

Na Madeira o Natal é quando o Jardim quiser


Depois de esta manhã se ter ficado a saber através do INE e do Banco de Portugal que a Madeira escondeu mais de 1100 milhões de euros em 'novas' despesas entre 2008 e 2010 as Finanças confirmam agora que o exercício deste ano tem "riscos" que ainda vão ser avaliados (actualmente o desvio é de 568 milhões de euros). Os próximos anos também são uma incógnita.»
Afinal a metade do meu 13ª mês que me vai ser retirado já era para o colossal buraco da Madeira e hoje podemos já imaginar para onde irá a outra metade; para o buraco sem fundo em que está transformada a Madeira do Jardim. Para ele o Natal chega cedo.

TANTO CHEFE PARA TÃO-POUCO ÍNDIO!!!


Quantidade funcionarios publicos por municipio
.
A verde com situação mais favoravel; a vermelho pior situação
 .

Clicando no mapa (região pretendida) vê-se a informação correspondente.
Clique

Popularidade Clinton e a opinião dos simpatizantes


Q

Popularidade Clinton pede remorso do comprador
Lionel Bonaventure / AFP / Getty Images
Secretario de Estado, Hillary Clinton chega ao Palácio do Eliseu para uma reunião com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, antes de uma conferência sobre o futuro da Líbia Kadhafi pós-Moamer em 01 de setembro de 2011 em Paris.
.

A mais popular figura política nacional na América de hoje é aquele que foi rejeitado por seu próprio partido há três anos: Secretária de Estado Hillary Clinton . Quase dois terços dos americanos têm uma visão favorável dela e um terço está sofrendo uma forma de remorso de simpatizante, dizendo que os EUA estariam melhor agora, se ela se tornou presidente em 2008, em vez de Barack Obama .
.
A descoberta última de Bloomberg Nacional Poll mostra um nível superior de pensamento positivo sobre uma presidência Hillary Clinton do que quando uma pergunta semelhante foi feita em julho de 2010. Então, um quarto dos norte-americanos realizou tal visão.
.
"Olhando para trás, eu me pergunto se ela teria sido uma forte líder, sabendo os jogos e as políticas e tudo o que acontece", disse Susan Dunlop, 50, uma dona de casa, em New Port Richey, Florida . "Eu não acho que ela teria dobrado o máximo."
.
Clinton, 63, uma ex-primeira dama e senadora por EUA New York , lutou com Obama pela indicação democrata até junho de 2008, no que foi muitas vezes uma primária combativa, que incluiu a questionar sua prontidão presidencial.
.
Enquanto 34 por cento dizem que as coisas seriam melhores sob uma administração Clinton, quase a metade - 47 por cento - dizem que as coisas seriam por certo sobre o mesmo e 13 dizem pior.  "Alguns de seu apelo é que ela não é Barack Obama", disse J. Ann Selzer, presidente da Des Moines , Iowa baseado Selzer & Co. , que conduziu a pesquisa setembro 9-12.

Aprovação do governo Obama

Avaliação de aprovação de Obama está no nível mais baixo de sua Presidência, 45 por cento, a sondagem mostra.  Os republicanos são ligeiramente mais inclinado do que a média nacional para acham que os EUA estariam melhor com Clinton em execução no país, com 39 por cento dizendo isso. A maioria dos democratas - 57 por cento - dizem coisas seria o mesmo.
..
Esfera internacional Clinton de influência oferece algumas das áreas em que Obama só pontuações bem na pesquisa. Na Líbia , 42 por cento aprovam o seu desempenho no trabalho, enquanto 65 por cento como os seus esforços contra o terrorismo, que incluem a captura e abate de Maio de al-Qaeda Osama bin Laden fundador.
.
Uma pluralidade de apoiantes Tea Party - 44 por cento - dizem que os EUA estariam melhor com Hillary Clinton como presidente, apesar de 59 por cento dos inquiridos têm uma impressão desfavorável a ela.  "Ela é uma pessoa mais estável, que obtém resultados", disse Joseph Cherney, 67, um trabalhador, aposentado, republicano automotiva de, Ohio . "O presidente que temos agora não é muito  um presidente, porque ele realmente não faz nada. Ele é pomposo e arrogante. "

Apoio das mulheres

As mulheres não são mais ou menos provável que acham que os EUA estariam melhor com Hillary Clinton à frente do que o resto da população.  Ela é mais agradável para as mulheres, com 68 por cento segurando uma visão favorável, em comparação com 59 por cento dos homens. Todas as faixas etárias têm opiniões favoráveis ​​de Clinton, embora os 65 anos e mais velhos são mais bajulação, com 68 por cento desse grupo segurando uma visão favorável.
.
Noventa por cento dos democratas, como Clinton, em comparação com 35 por cento dos republicanos e 63 por cento de independentes.  Aqueles que os EUA nordeste são seus maiores apoiadores, com 77 por cento lá segurando uma visão favorável, em comparação com 59 por cento no Sul e Oeste e 64 por cento no Centro-Oeste.  O senador John McCain do Arizona , o candidato republicano em 2008, não goza tão wishful thinking muito entre os americanos sobre o que ele teria feito com uma presidência.

McCain Ranking

Vinte e nove por cento dizem que as coisas seriam melhores, se McCain fosse presidente, enquanto 28 por cento dizem que as coisas seriam por certo sobre o mesmo e 35 dizem que a nação estaria em pior forma.  Números de McCain estão virtualmente inalterado desde a pesquisa Bloomberg julho de 2010.
.
Em uma entrevista em 04 de setembro Fox News , o ex-vice-presidente Dick Cheney elogiou Clinton como ele especulou sobre se os democratas teria sido melhor se ela tivesse sido nomeado. "Tenho a sensação de que ela é um dos membros mais competentes da administração atual, e seria interessante especular sobre como ela pode executar foram ela para ser presidente", disse ele.
.
Clinton foi questionado sobre as declarações de Cheney e se ela tinha algum interesse em desafiar Obama nas primárias, durante uma entrevista no 09 de setembro CNN.  "É abaixo de zero", disse Hillary, ao ser questionado sobre as chances de um desafio para Obama. "Uma das grandes coisas sobre ser secretário de Estado é que eu estou fora da política. Eu não estou interessado em ser atraído de volta para ela por ninguém. "
.
A pesquisa Bloomberg de 997 adultos tem uma margem de erro de mais ou menos 3,1 pontos percentuais do total da amostra.
.
Entrar em contato com o repórter nesta história: John McCormick em Chicago em jmccormick16@bloomberg.net .
Para contactar o editor responsável por essa história: Mark Silva em Washington em msilva34@bloomberg.net .

VERGONHA: " GRANDE ABADA EM BARCELOS!"

E nós sempre bons no jogo do pau, engolimos, em Barcelos, 7 bolas dos castelhanos!

Clique a seguir 

OK Barcelos




DURÃO BARROSO A PASSEAR PELA ÁFRICA DO SUL.. A FAZER O QUÊ?

Mas o que mais surpreende é que o Durão juntou-se a Frederico Clark Prémio Nobel da Paz, numa mesa redonda de quando sobre a cabeça deste português pesa o crime da "matança" de milhares de inocentes, no Iraque, para a qual ele contribuiu juntando a sua assinatura a mais outras três: presidente dos Estados Unidos, Bush, Blair do Reino Unido e Aznar de Espanha. Pura hipocrisia! Como que se a morte de seres humanos no Iraque, inocentes, fosse palavra escrita a giz  num quadro negro e apagá-la com uma esponja.

MAU TEMPO NA ILHA... PORTAS APROVEITA-SE E O ALBERTO DIZ: "PORTAS NÃO PERCEBE DE CONTAS MAS DE SUBMARINOS."

E ASSIM SÓ SOBREVIVEM OS RICOS!

Portugal pode vir a seguir


por António Louçã, RTP actualizado às 13:36 - 17 setembro '11

Multinacional farmacêutica corta fornecimentos à Grécia

publicado 12:24 17 setembro '11
Multinacional farmacêutica corta fornecimentos à Grécia
Manifestação diante do parlamento grego anteontem Ortestis Panagiotou. Epa

A multinacional farmacêutica suíça Roche anunciou hoje que iria suspender o fornecimento de medicamentos à Grécia, porque os hospitais públicos se encontram em atraso nos seus pagamentos. O presidente da Roche afirmou também que outros países em situação comparável são a Espanha, a Itália e Portugal. Entre os medicamentos recusados aos hospitais encontram-se alguns para o tratamento de doenças do foro oncológico.

Segundo o presidente da Roche, Severin Schwan, explicou ao Wall Street Journal, os hospitais públicos gregos têm facturas pendentes com três e quatro anos. Segundo Schwan, "a certa altura chega-se ao ponto em que o negócio já não é sustentável". A Roche, acrescentou, irá agora aumentar os seus fornecimentos às farmácias gregas, para compensar a falta nos hospitais.

O pacote de austeridade aprovado no final de junho não terá vindo melhorar as perspectivas de amortização da dívida dos hospitais gregos, ao impor para este ano cortes de 310 milhões de euros no sector da Saúde. Até 2015, o Governo grego ficou também obrigado a cortar mais 1.430 milhões de euros nesse sector.

O presidente da multinacional suíça referiu, por outro lado, a possibilidade de uma suspensão de fornecimentos a outros países - em especial a Espanha, mas também a Itália e Portugal. Também estes, sublinhou, são países que têm pagamentos atrasados.

TOMAI ESTE CONSELHO Ó VELHOTES...GASTAR DINHEIRO EM GINÁSIOS PARA QUÊ?


Colocai-vos numa esquina, velhotes. apreciar umas boas mamas! Mas cuidado, algumas são postiças ou cheias a silicone... Nada de cair em tentações, pode a dona das mamas seguir acompanhada... Os olhos também alimentam a alma...!!!
 
Grande Julio Machado Vaz



          E anda aí tanta gente a gastar dinheiro em ginásios.....
   

CAMBODJA E TAILÂNDIA ESTREITAM LAÇOS DE AMIZADE

Líder do Camboja acolhe Thaksin Shinawatra, poucos dias depois de conversações com sua irmã, o primeiro-ministro tailandês.
.
Última modificação: 17 de setembro de 2011 07:59 
Yingluck Shinawatra, primeiro-ministro da Tailândia, à direita, reuniu-se com Hun Sen primeiro-ministro do Camboja, na passada quinta-feira cuja finalidade foi o estreitamento dos laços de amizade [AFP]

Líder do Camboja acolheu o exilado ex-primeiro-ministro tailandês, Thaksin Shinawatra, para conversações, em Phnom Penh, capital do Camboja, enquanto os governos, dos dois países, se movem para estreitar relações.

.
Hun Sen e Thaksin Shinawatra, que têm sido aliados, se abraçaram e tratando-se como "irmãos" quando se encontraram hoje, sábado, de manhã no  gabinete do primeiro-ministro, cambodjano, informou  agência de notícias Associated Press.

.
A reunião aconteceu apenas dois dias após Hun Sen manteve conversações com Yingluck Shinawatra, primeiro-ministro da Tailândia, que também é irmã de Thaksin Shinawatra, sobre o comércio questões de cooperação, de fronteira e a libertação de dois presos tailandeses.

.
Thaksin, chegou a Phnom Penh, na noite de sexta-feira e deverá permanecer até 24 de setembro e também, programada, para proferir uma palestra sobre desenvolvimento econômico.

.
Hun Sen, disse na segunda-feira que o propósito da visita de Thaksin não foi para discutir a disputa da fronteira ao redor do templo Preah Vihear, mas sobre o reivindicar reservas de petróleo e offshore no Golfo da Tailândia e em agenda a possibilidade da  libertação, antecipada. de dois de nacionalistas, tailandeses, ativistas servindo penas de prisão no Camboja por espionagem.

.
A relação, calorosa, entre os dois homens contrasta com laços agrestes entre os dois países desde que Thaksin foi deposto em um golpe militar em Setembro de 2006.

.
Houveram vários confrontos recentes fronteira  sobre o território disputado entre Camboja e Tailândia, e o abraço Hun Sen e Thaksin foi a certificação das excelentes relações do ex-líder tailandês,  que dizem ser  fugido à Justica por acusação de corrupção.

.
Yingluck Shinawatra tornou-se primeiro-ministro em agosto, passado, depois de liderar um partido pró-Thaksin à vitória em uma eleição geral e ela deve ajudar a impulsionar os laços entre os dois países.

.
Durante sua visita a Phnom Penhon na quinta-feira, Yingluck Shinawatra e Hun Sen concordaram que as tropas ao longo da fronteira em disputa devem  reúnir-se regularmente para aliviar as tensões e retirar-se de uma área do templo como o ordenado por um tribunal internacional, em julho.

.
Yingluck também espera tentar reabilitar Thaksin pela obtenção de um indulto ou anistia para que  possa voltar para casa sem cumprir pena na prisão.

.
Thaksin fugiu da Tailândia em 2008 antes de ser condenado a dois anos de prisão sob a acusação de corrupção. O bilionário ex-líder mantém uma casa em Dubai e freqüentemente viaja na Ásia e África em viagens de negócios.

Fonte:
Agências

As capas dos jornais e as principais notícias de Sábado, 17 de Setembro de 2011.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Loulé: Bombeiros atacam fogo
L. Balio: Motard ferido em choque
Murça: Acidente fere dois
Morte em voo de 80 metros
Paula Teixeira da Cruz: Contrato nulo
Manuela Arcuri: Disse não a Berlusconi
Cristiano Ronaldo: Ganhar o Euro

Capa do Público Público

Trinta minutos de tango, cinquenta de gestão
Os mais novos são favoritos contra os mais velhos
Segundo jogo, segunda prova de fogo para os campeões do mundo
Mesmo debilitados, os Pumas vão jogar ao ataque
Research in Motion perdeu 20% em bolsa
Wall Street soma quinta sessão no verde
Blake conseguiu o segundo tempo mais rápido de sempre nos 200m

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Pedro Mota Soares elogia coragem do Governo
O caso da Madeira
Direitos dos animais?
Afinal somos a Grécia!
'Moda' de saltar de varandas de hotéis fere um português
Empresário fez de PJ para denunciar corrupção
Vindimas entre a tradição e a modernidade

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Algumas empresas municipais "são sedes partidárias disfarçadas", diz Paulo Morais
Avião despenha-se em festival aéreo nos EUA
Fotojornalista João Silva regressou ao trabalho para o "New York Times"
O máximo que Jardim arrisca é multa de 25 mil euros
Câmara Pereira chantageado por dois polícias com fotos de sexo
Ex-funcionários do Finibanco acusam Montepio de coacção
Conselho de Segurança aprova missão para Líbia

Capa do i i

Há alternativas nas taxas, com luxos e regalias à cabeça
PSD e CDS nem querem ouvir falar de uma eventual saída do euro
Coordenação de áreas de sida e cancro à espera de plano de saúde
Optometristas. Regulamentação da profissão arrasta-se
Falhas. Planos dos alunos deficientes ficaram esquecidos
PS no governo. Já há quem admita contingências agravadas que possam exigi-lo
Lembra-se do Orlando? A juíza prometeu ser branda se ele passasse no exame de condução. Será que...?

Capa do Diário Económico Diário Económico

Wall Street vive melhor semana em dois meses
Combinação vencedora do Euromilhões
Embora combalido, o mercado de acções ganhou com as recentes medidas
Governo admite isentar alguns produtos alimentares de aumento do IVA
Continente vai estar "entretido a falar mentiras" da Madeira
INE: Omissão das dívidas pode "diminuir a credibilidade do País"
"Há muito interesse francês no processo das privatizações”

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Fotogaleria: Assembleia da República em dia de debate quinzenal
Fotogaleria: Ministros europeus adiam decisão sobre a Grécia e "ignoram" Geithner
S&P 500 marca maior série de ganhos desde Julho
PSA de Mangualde prolonga paragem por mais dois dias devido a falta de parafusos
Participação dos bancos franceses na ajuda à Grécia atinge 90%
Europa rejeita ideias do Tesouro dos EUA para contrariar a crise
INE preocupado com possível diminuição da "credibilidade internacional" de Portugal

Capa do A Bola A Bola

José Couto está de volta
A hora de Saviola
«Os que maltratam Cardozo são os mesmos que festejam os golos dele»
Os 100 dias felizes de Leonardo Jardim
«Sem nada a provar» - Alípio Matos
Insúa, um argentino a tocar nas nuvens
Hulk e James, são eles e mais nove...

Capa do Record Record

James: «Quero manter-me a este nível»
O meu querido pé direito
O Canhoto Maravilha que encanta sir Alex
Confiança em jogo
Capitão passou a soldado raso
Reforços em ebulição
Queixas apresentadas a Vítor Pereira na Liga

Capa do O Jogo O Jogo

Gil Vicente e Olhanense empatam a um golo
Europeus: Equipas portuguesas na fase de repescagem
Ricardo Costa fora dos eleitos de Unai Emery para a partida ante o Sp Gijon
Liga portuguesa organiza primeiro Congresso Internacional de Futebol Profissional
Málaga: Eliseu e Duda convocados para a deslocação a Maiorca
Challenger Szczecin: Rui Machado nas meias-finais
Comissão de Disciplina da UEFA não irá castigar CR7