Translator

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

PRECIOSIDADE HISTÓRICA - PORTO ANTIGO


 


EUROPA DEBILITADA- Por Luke Baker, Paul Taylor e Dina Kyriakidou


No primeiro de uma série de três partes, detalhes Reuters como uma série de divisões causou uma seqüência aparentemente interminável de contratempos a um acordo para um novo resgate grega. artigo Completo

     Confrontos em Atenas como trabalhadores greve contra cortes
     Mapa Interativo: Euro crise da dívida da zona





Riot policemen beat up a protester during a demonstration in Athens' Syntagma (Constitution) square October 5, 2011.  REUTERS/Yannis Behrakis
Confrontos em Atenas como trabalhadores greve contra cortesEuro Zone

Europe's debilitating deja vu

In the first of a three-part series, Reuters details how a host of divisions caused a seemingly unending string of setbacks to a deal for a new Greek bailout.  Full Article

ANTES ME ESQUEÇA E PORQUE ESTAMOS NO MÊS DE OUTUBRO

    Antes me esqueça e porque estamos no mês de Outubro desejarei aqui referir uma viagem que efectuei, ano passado, a Macau a convite, simpatia e expensas do meu amigo e velho residente no ex-território administrado por Portugal, António Cambeta que conheço, pessoalmente, há cerca de 10 anos que me hospedou em sua casa. Porém, estranhamente, perdi o contacto do meu considerado amigo Cambeta, que por mais voltas que haja dado à minha mente não consigo achar a razão. Um amigo (há muita qualidade desta espécie) para mim é como a água, límpida, da corrente de um riacho, que nasceu e desceu pelo despenhadeiro da serra, onde mergulho e bebo. Mas há sempre alguém, do lado, que turva essa água que foi límpida e nela jamais mergulharei, porque não bebo água da corrente do riacho, que foi límpida e depois turvada.
    José Martins

AS PAULADAS POLÍTICAS DO KAOS


Ele anda muita vaca por aí

.
Depois do Sr. Silva ter andado pelos Açores a afirmar que as vacas sorriam ao ver a erva a crescer nos verdes pastos chegou agora a vez do Miguel Relvas, ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares afirmar que «o poder local não é a vaca sagrada da democracia»
.
Para quem se lembra dos tempos salazarentos do Botas e olha hoje para Portugal tem pelo menos uma certeza. Muita coisa foi feita e as populações têm hoje condições de vida de muito melhor qualidade sendo que muita da responsabilidade dessa melhoria passa pelo papel das autarquias. Claro que ao lado dessas melhorias, como foi o saneamento básico, a água, a luz e muitos equipamentos sociais também há as rotundas, os tachos, os pagamentos de favores e as negociatas, sobretudo ao nível concelhio.
-
O acordo com a Troika exige do governo, menos Concelhos e menos freguesias. Sendo o poder autárquico um dos bastiões do do PSD, não surpreende a falta de coragem para reduzir Concelhos  apostando tudo na redução de Freguesias, o elo mais fraco. Há certamente Concelhos que podem ser extintos sem que isso afecte muito o futuro das populações . Contrariamente , o ataque às Freguesias, sobretudo quanto mais isoladas e menores elas forem. 
.
A vida das pessoas não pode ser determinada por conceitos economicistas puros, há também que olhar para o lado humanos dos problemas que podem colocar. A cobardia e os interesses de um partido e de um governo não podem destruir a vida dos cidadãos As Freguesias são o elo mais próximo que existe entre eleitores e eleitos numa falsa democracia como é aquela que vivemos. Está na hora de serem as populações a exigirem a forma e o conteúdo do poder.

JOSÉ CESÁRIO LÁ SEGUE COMO DANTES A "CHULAR" OS CACAUS DO CONTRIBUINTE



 Este professor primário de Vixeu (terra de lá de xima), está a seguir o mesmo carreiro da primeira vez de quando foi Secretário de Estado para as Comunidades Portuguesas no Estrangeiro. 

Este "gajo" (para mim não tem outro nome) lixou centenas de milhares de euros em viagens turísticas que até se dava ao luxo de se fazer acompanhar com uma adida de imprensa da Lusa. 

Este Cesário, em passeio, ultrapassou o secretário Zé Lelo do Porto e conhecido pelo "videirolas". Mas no meio destas visitas ao estrangeiro e os mimos que dirigentes das comunidades, associações e academias do bacalhau oferecem ao Cesário traz muita água no bico e está relacionado com a "fanfarronice" (bem à moda "portuga") de serem listados a candidatos, a receber um pedaço de bronze e uma fita de pendurar ao pescoço e aparecerem, depois, na terra da "coina", como pessoas gradas, de onde partiram, para agarrar os cornos do mundo, com uma saca às costas e na mão um garrafão de cinco litros de vinho. 

O resto dos "portugas", residentes no estrangeiro, não querem saber o Cesário para nada e até estes tratados ao calha nos consulados sob a sua tutela. - 

José Martins

.

A seguir extraído de Notas Verbais

05 Outubro 2011


SECP

E depois de Berna, Zurique e Genebra, na sexta, José Cesário em Paris, para encontro com a respectiva Academia do Bacalhau. No sábado, lá estará no Encontro da CCPF, em reunião com o Maire do XIV Bairro e autarcas de origem portuguesa, e depois, na Gala da Cap Magellan.
.

05 Outubro 2011


José Cesário em Zurique, agora...

O secretário de Estado José Cesário em Zurique na sexta-feira para encontros com os trabalhadores, de manhã (lá chega amanhã à noite depois de se ser ouvido no parlamento), seguindo para Berna e Genebra. Parece que, por infeliz sugestão de quem pode sugerir, queria encontrar-se apenas com os delegados sindicais, mas os trabalhadores não aceitaram e querem encontros com todos, para não haver pressões.

Hotel de 4 estrelas e limousine. Portanto, em Zurique, classe económica, como diria o primeiro-ministro.

1 comentários:


Eulalia Moreno disse...
Sinceramente não percebo a razão pela qual o Secretario de Estado das Comunidades agenda sempre as suas supostas visitas de trabalho às vésperas do final de semana.. acontecem reuniões aos sábados e domingos ou esses dias ficam reservados para os passeios turísticos entre uma chatice e outra?? Em Londres foi assim, em Paris também, em Nova York, idem. Apenas fugiu à regra as recentes visitas a Orleans e Tours, na França, mas aí o problema foi outro: a agenda de trabalho, como é habitual, nem sequer foi passada a Comunicação Social..

O VELHO MÁRIO (REPUBLICANO DE GEMA) DE ACORDO COM O DISCURSO DO SENHOR.SILVA.

 .
Sempre, sempre o velho Mário a meter a colherada. Atrás dele estão imensos "rabos de palha...! O caralho" do velho não se cala!
.
 .
Política
Clique a seguir

DISCURSO DO PR CAVACO SILVA NO 5 DE OUTUBRO


.
À MARGEM: Reinventar o quê?  Quando eu nasci a República era uma rapariga, nova, de mamas à mostra, com 25 anos apenas. Mas por ela já tinha passado muita devassidão.  Ora são passados 76 anos (desde que eu nasci) e 101 da implantação da República e hoje uma velha "cansada" que não produziu nada aos republicanos e aos anti-repúblicanos. 
.

Que reinventem outros regime, sem tomar de referência, uma "gaja" de mamas ao léu, porque não deu e pariu filhos que nenhum conseguiu colocar Portugal no lugar certo. 
.

Ao fim de 76 anos, os da minha idade, os filhos da República estão a ser governandos por tutores. Tretas, tretas do sr. Silva é que são! - José Martins

5de outubro
Clique a seguir
.
PR alerta para a necessidade de reinventar o republicanismo
Discurso de Cavaco

O KAOS E SUAS MACHADADAS POLÍTICAS

 

Vamos todos para a rua. Ela é nossa

«O líder comunista,Jerónimo de Sousa, frisou que governo e grandes interesses querem de forma demagógica “levar as pessoas à passividade”. 
Concordo com ele, mas eu que tenho estado sempre presente nas Manifestações da CGTP, também posso frisar que ali também não há uma genuína vontade de apelar à revolta. O PCP descende de uma linhagem revolucionária, já participou na revolução dos Cravos, mas hoje o seu lado revolucionário deve estar metido numa gaveta semelhante à outra onde o Soares guardou o socialismo. São tão organizados, tão certinhos, tão bem comportados que me irrita. Ainda no passado dia 1, uma vez mais os seguranças da manifestação mostraram a sua hostilidade com quem não desfilava no sitio certo, a mostrar os cartazes certos e a dizer as palavras de ordem dos carros de som. Ouvi um desses senhores referir-se a um grupo  que cantava e empenhava faixas do Movimento Ruptura como “São uns cagalhões”. Até os comentadores da direita referem frequentemente que as manifestações da CGTP, por maiores que sejam, não os preocupam pois sabem que dali não se passará nada mais que um desfile com um comício na ponta.O que os assusta é o povo à solta, o povo a demonstrar a sua indignação fora dos cordões  e do controle.  É por isso que dia o dia 1 não os assustava e não mudou um milímetro as politicas e as opções do governo e o dia 15 de Outubro os sobressalta. Eles dizem temer os tumultos e a violência, como se percebessem que o que fazem é merecedor disso, mas o que eles temem realmente é a consciência e a decisão das pessoas na mudança. Mais ainda, quando sabem que nesse dia milhões vão sair à rua em milhares de cidades por todo o Mundo. Algo vai muito mal neste Mundo, é urgente mudar e esta é a hora.

Guerra da Madeira: Submarinos no horizonte

Perante as criticas de Paulo Portas, que o comparou ao Sócrates, não ao Grego mas o outro, o que ajudou a que hoje nos estejamos a  sentir gregos, João Jardim apelidou-o de “Moço de recados” e retaliou que a dívida que criou uma dívida quase igual à da Madeira só com a compra dos submarinos.
Gosto quando vejo os políticos, sobretudo aqueles com quem menos concordo, dizerem coisas com as quais concordo. João Jardim é um ditadorzeco de uma Republica das Bananas, que suporta uma série de vampiros que se vão enchendo dos dinheiros públicos e gasta o que não tem e não é dele e o Paulo Portas não é o anjinho que quer aparentar com grandes telhados de vidro, com submarinos, a Universidade Moderna sem esquecer o Caso Portucale e o famoso cheque do Jacinto Leite Capelo Rego. Zanguem-se comadres, que gostamos de ouvir as verdades.

O KAOS E SUAS MACHADADAS POLÍTICAS

 

Vamos todos para a rua. Ela é nossa

«O líder comunista,Jerónimo de Sousa, frisou que governo e grandes interesses querem de forma demagógica “levar as pessoas à passividade”. 
Concordo com ele, mas eu que tenho estado sempre presente nas Manifestações da CGTP, também posso frisar que ali também não há uma genuína vontade de apelar à revolta. O PCP descende de uma linhagem revolucionária, já participou na revolução dos Cravos, mas hoje o seu lado revolucionário deve estar metido numa gaveta semelhante à outra onde o Soares guardou o socialismo. São tão organizados, tão certinhos, tão bem comportados que me irrita. Ainda no passado dia 1, uma vez mais os seguranças da manifestação mostraram a sua hostilidade com quem não desfilava no sitio certo, a mostrar os cartazes certos e a dizer as palavras de ordem dos carros de som. Ouvi um desses senhores referir-se a um grupo  que cantava e empenhava faixas do Movimento Ruptura como “São uns cagalhões”. Até os comentadores da direita referem frequentemente que as manifestações da CGTP, por maiores que sejam, não os preocupam pois sabem que dali não se passará nada mais que um desfile com um comício na ponta.O que os assusta é o povo à solta, o povo a demonstrar a sua indignação fora dos cordões  e do controle.  É por isso que dia o dia 1 não os assustava e não mudou um milímetro as politicas e as opções do governo e o dia 15 de Outubro os sobressalta. Eles dizem temer os tumultos e a violência, como se percebessem que o que fazem é merecedor disso, mas o que eles temem realmente é a consciência e a decisão das pessoas na mudança. Mais ainda, quando sabem que nesse dia milhões vão sair à rua em milhares de cidades por todo o Mundo. Algo vai muito mal neste Mundo, é urgente mudar e esta é a hora.

Guerra da Madeira: Submarinos no horizonte

Perante as criticas de Paulo Portas, que o comparou ao Sócrates, não ao Grego mas o outro, o que ajudou a que hoje nos estejamos a  sentir gregos, João Jardim apelidou-o de “Moço de recados” e retaliou que a dívida que criou uma dívida quase igual à da Madeira só com a compra dos submarinos.
Gosto quando vejo os políticos, sobretudo aqueles com quem menos concordo, dizerem coisas com as quais concordo. João Jardim é um ditadorzeco de uma Republica das Bananas, que suporta uma série de vampiros que se vão enchendo dos dinheiros públicos e gasta o que não tem e não é dele e o Paulo Portas não é o anjinho que quer aparentar com grandes telhados de vidro, com submarinos, a Universidade Moderna sem esquecer o Caso Portucale e o famoso cheque do Jacinto Leite Capelo Rego. Zanguem-se comadres, que gostamos de ouvir as verdades.

SE A "BICHONA" CASTELO-BRANCO É O REI DA JET-SET, ENTÃO ESTA CLASSE É TODA DE BILHA ESCAQUEIRADA...!!!

Caso de violência doméstica com orgias envolvendo o rei do jet-set vai para julgamento

04.10.2011 - 23:23- Público 4-10.2011

O juiz de instrução do tribunal de Vila Nova de Famalicão decidiu nesta terçca-feira pronunciar o empresário acusado de obrigar a mulher a participar em sessões de sexo em grupo, imputando-lhe a prática do crime de violência doméstica e ainda outros dois por detenção ilegal de arma. Para além dos vídeos, fotografias e outros documentos juntos ao processo, o juiz teve em conta o depoimento da ofendida e ainda um pungente desabafo da filha do casal na altura em que as autoridades recolheram as suas declarações. A criança, então com 10 anos, pediu que o pai fosse preso e mantido na cadeia, para que não pudesse fazer mal à mãe ou matá-la.

As capas dos jornais e as principais notícias de Quarta-feira, 5 de Outubro de 2011.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Mata mulher em plena rua e suicida-se
Porto: Raparigas atropeladas
Paulo Portas: Defende Sérvia
Berlusconi: Dívida cortada
Tristane Banon: Caso DSK em livro
Abandono: Mãe não pode ver bebé
Viseu: Veículo colhe peão

Capa do Público Público

Soares Franco desiste de ser candidato à Federação de Futebol
Estudantes colocados nas duas fases são mais do que em 2010
Caso de violência doméstica com orgias envolvendo o rei do jet-set vai para julgamento
Contra tudo e contra todos, Lièvremont mantém (quase) tudo na mesma
Agência europeia dá luz verde a missões para estudar o Sol e a expansão do Universo
Zoltán Jókay vence prémio de fotografia “Emergentes DST”
Bolsa de Nova Iorque fecha positiva com recuperação na última hora

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Secretário de Estado admite extinção de 1.500 freguesias
O telefone do dr. Macedo
Jardim, o nosso gato desbocado
Portugal já aplica castração química em pedófilos
Pai da bebé que mãe abandonou ainda não sabe de nada
Cavaco vai usar 5 de Outubro para apelar à paz social
15 ministros não sabem que verbas enviaram para a Madeira

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Rússia e China vetam resolução condenação de violência na Síria
Euromilhões sem totalistas
O saber é um bem económico
Quase 18 mil professores aposentados desde 2007
Comer a baixo custo com motorista à porta
Órfão de pais, filho de um país
Soares Franco anuncia retirada de candidatura às eleições na Federação

Capa do i i

Passos Coelho e Portas vão ter de se entender sobre diplomacia económica
Tribunal absolve Livraria Barata de pagar coima à ASAE
Madeira. Campanha arrancou, ninguém imagina saída de Jardim
Carlos Moreno: "O buraco na Madeira é normal em todo o Estado"
Porque é que a um animal feroz sucede sempre um manso?
José Niza. O pai da senha da revolução
Marcelo. "António Barreto é uma hipótese possível para candidato a Belém"

Capa do Diário Económico Diário Económico

Moody's corta 'rating' de Itália pela primeira vez em 20 anos
Cavaco preside hoje às comemorações do 101º aniversário da República
Portugal volta hoje aos mercados para colocar entre 500 e 750 milhões
Wall Street acelera com plano de resgate aos bancos
Combinação vencedora do Euromilhões
Fitch mantém 'rating' de seis bancos portugueses mas baixa nota de viabilidade
iPhone 4S vai ser sete vezes mais rápido que o iPhone 4

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Wall Street sobe mais de 4% na última hora de negociação
Cotrim de Figueiredo sai da TVI
BCP eleva operação de troca de dívida para 850 milhões de euros
Sondagem aponta para vitória de Jardim com maioria absoluta
Fitch mantém "rating" de seis bancos portugueses mas baixa nota de "viabilidade" (act2)
Saúde poupa 27 milhões com revisão dos preços das análises clínicas
Deputados do PSD de Setúbal defendem manutenção do IVA do vinho a 13%

Capa do Oje Oje

S&P mantém rating português mas aponta contracção de 0,5% até 2014
Euro regressa aos ganhos face ao dólar
Bernanke admite medidas adicionais nos EUA
Inauguração das fábricas da Embraer em Évora mantém-se para 2012
Governo garante que mobilidade especial só será usada no limite
Mota-Engil avança com obra rodoviária em Moçambique no valor de 107,9 milhões
Trichet evita limitar compra de dívida pelo BCE

Capa do Destak Destak

Fitch revê em baixa a nota de seis bancos portugueses
Reitor da Universidade de Lisboa reclama "liberdade" para instituições gerirem receitas próprias
Afinal a Apple não lançou o iPhone 5, mas o iPhone 4S
Louçã acusa Passos Coelho de conivência com "falcatrua eleitoral"
Juiz diz-se irritado com lentidão da Procuradoria
Miss Universo convidada para ser embaixadora da Convenção contra Desertificação da ONU
Fashion Week transformou Paris na capital da moda

Capa do A Bola A Bola

Jogadores em dificuldade por não receberem
«Saviola disse não a Maradona» - Diário de Notícias
Juan Carlos vendido a um fundo
Insúa com alto rendimento a baixo custo
Direito e Agronomia discutem hoje Supertaça
Ricardo Carvalho disponível para regressar à Selecção
James na pele de goleador

Capa do Record Record

Lokomotiv a todo o vapor
Orçamento decide vencedor
Agra: «Volto mais forte e não vou ter receio»
Zé Pedro avança com penhora
Mercados no vermelho
Transmissões liberalizadas na Inglaterra
Novas regras geram tensão

Capa do O Jogo O Jogo