Translator

domingo, 9 de outubro de 2011

INUNDAÇÕES DA TAILÂNDIA:: 10 DE OUTUBRO DE 2011




The Nation - 10 de outubro de 2011 08:02
Preparem-se para evacuar: PM
.
Yingluck disses às agências governamentais: Façam planos, agora, para mover as pessoas para lugares onde a ajuda possa ser entregue facilmente
.

Áreas críticas: Nakhon Sawan, Ayutthaya, Uthai Thani, Chai Nat, Sing buri, Angthong, Nonthaburi, Lop Buri, Pathum Thani e Chachoengsao; ordens do Primero-Ministro para vigiar em Nonthaburi. Pathun Thani as barreiras de água Pathum Thani
.

O primeiro-ministro Yingluck Shinawatra condenou, ontem, as agências governamentais para se preparar  evacuar, como medida, as pessoas, vítimas das inundações e com criticas a agências do Governo de não estar funcionando.
.

"Os locais que já não podem ser protegidas, não percam tempo para protegê-los, mas deslocar   pessoas para lugares seguros", disse aos jornalistas Yingluck em uma reunião no Comando de Operações de Socorro às Inundações.
.

As províncias críticas são Nakhon Sawan, Uthai Thani, Ayutthaya, Chai Nat, Sing Buri, Angthong, Lop Buri, Pathum Thani, Nonthaburi e Chacheongsao.
.

As agências devem manter a integridade das barreiras para suster a inundação em Nonthaburi Thani Prathum e em especial nas duas províncias que ainda estão em posição de ser protegidas, ela disse.
.

Para a evacuação, os funcionários devem levar as pessoas para áreas onde o governo possa entregar suprimentos convenientemente, disse ela.
.

Assistência material pode chegar a apenas os locais acessíveis por caminhões. O governo vai ajustar o sistema de logística para que todas as vítimas receberam alimento suficiente, ela disse.
.

O governo está agora em um modo centralizado, mobilizando todas as agências de recursos humanos, para enfrentar o dilúvio, disse ela. Anteriormente, operaram as  agências, separadamente, para evitar as  inundações, sem plano ou rumo, ela disse.
.

Todas as agências, não importa o que suas funções originais foram, se concentrará em ajudar a combater a inundação, disse ela. O Departamento de Irrigação militar, e as administrações locais devem cooperar estreitamente para lidar com a situação, ela disse.
.

Yingluck, juntamente com muitos comandantes das Forças Armadas, seria necessário um vôo de helicóptero para inspecionar as áreas inundadas em Ayutthaya para ver se mantimentos e "kits" de sobrevivência podem chegar facimente às vítimas, o porta-voz Wim Rungwattanachinda disse.
.

Quase todas as pessoas das áreas inundadas em Ayutthaya estão agora em terreno seguro. Apenas alguns deles por livre vontade ficara em suas residências, disse ele.
.

Yingluck passou a maior parte de seu tempo no centro as inundações no aeroporto Don Mueang. Ela convocou uma reunião com o ministro da Defesa Yuthasak Sasiprapha, comandantes das Forças Armadas e da Ciência e Tecnologia Ministro Plodprasob Surassawadi.
.

Os militares abririam seus acampamentos para as vítimas das enchentes que procuram abrigo, disse ela, acrescentando que a Força Aérea e da Marinha se encarregaria de transportar refugiados inundação.
.

Se algum membro do setor privado têm lugares em terreno alto, disponível, para abrigos, o governo precisa seu apoio uma vez que algumas áreas como Ayutthaya são totalmente ocupada, ela disse.
.

Falando em um discurso transmitido pela televisão, Primiro-Ministro pediu para que as pessoas não entrarem em pânico, e aconselhou-os a prepararem-se bem para as inundação. Algumas áreas da capital - mais notavelmente as partes norte e leste - estão em risco, disse ela.


O governo poderia prever o tempo a partir de agora até quarta-feira, mas ainda não havia informações claras sobre a tempestade que vem ou tufão, disse ela.
.

O governo está agora em estado de alerta em todos os momentos, disse ela.
.

A inundação deste ano deixou mais de 261 pessoas mortas e 30 províncias submersas.
.

O desastre natural tem forçado Yingluck adiar seu plano de efectuar visitas de introdução para a Malásia e Singapura nesta semana.
.

Plodprasob disse Ayutthaya é o local mais inundado e em perigo crítico, uma vez que está situado na confluência de vários rios. Autoridades subestimaram a quantidade de água de escoamento do Norte, disse ela.

EMBRULHA MARCELO E AMARRA A ENCOMENDA COM UM LACINHO DE SEDA


"Marcelo Rebelo de Sousa é um  certo Portugal , que admite que um canal de televisão tenha um membro do Conselho de Estado - e com pretensões a ser Presidente da República - com intervenção semanal, fazendo ataques políticos aqui e ali, como se fosse o suprassumo do Templo!"
Do advogado Jose Maria Martins em seu blogue

ELEIÇÕES DA MADEIRA - OPINIÃO – TENHO DITO

 .

"O PSD atingiu a maioria absoluta pelo que governará nos próximos quatro anos sem qualquer ligação".  E assim chamem o que queiram ao Alberto o povo da Madeira é o que mais ordena como ou sem buracos financeiros.
 O Luis Amado, outro grande "buraco" na diplomacia portuguesa, alargou mais o buraco para enterrar mais o partido do seu amigalhaço José Sócrates, foragido, algures em França. O Partido Socialista foi o grande derrotado da noite eleitoral. Maximiano Prova-se que o Partido Socialista desgastado caiu no buraco da madeira
O CDS mais do que quadruplica o seu grupo parlamentar - passando de dois para nove deputados - e torna-se a segunda força política da região, com 17,63 por cento dos votos. Agora entendo porque o Paulo Portas esteve tão afincadamente nas eleições regionais da Madeira... Este Portas não dá coice sem acertar nas canelas
 Outro grande vencedor foi o Partido trabalhista de José Manuel Coelho. O deputado que se tornou conhecido como representante do Partido da Nova Democracia mudou de campo, apresentou-se como candidato pelo Partido Trabalhista e viu a sua força política eleger três deputados e firmar-se na quarta posição à frente mesmo da CDU que se viu relegada para o quinto posto. Ainda ei-de ver este “bicho” no lugar do Alberto! Este não fará buraquitos, buracões mas tocas para coelhos. Fazer da Madeira uma coelheira.

De realçar ainda que o Bloco de Esquerda não conseguiu eleger nenhum deputado ao parlamento regional sendo mesmo a única força que não conseguiu tal desiderato e viu-se relegada para força menos representativa na Madeira. Já por várias vezes escrevi que o Xiquinho Louçã deveria de mudar de profissão... Pois na política tem sido uma total desgraça.

Tenho dito

ORA TOMEM LÁ BANANA DOCE O ALBERTO RENOVOU A MAIORIA!

O Alberto continua na grande... Não há blá,blá que consigo eliminar o "bicho da madeira"! Parabéns Alberto a rafeirada ladra e a tua caravana passa sempre! Não há buraco que te enterre!

Maioria renovada

por Eduardo caetano, RTP actualizado às 21:48 - 09 outubro '11

Alberto João Jardim teve o pior resultado de sempre

publicado 21:42 09 outubro '11
Alberto João Jardim teve o pior resultado de sempre
A grande questão agora é a de saber se será Alberto João Jardim a conduzir o governo que implementará o resgate imposto pelo governo central Homem de Gouveia, Lusa

Alberto João Jardim conseguiu renovar a maioria absoluta mas obteve o pior resultado eleitoral dos tempos da democracia. O Partido Socialista surge como o grande derrotado da noite eleitoral.

Alberto João Jardim conseguiu obter uma maioria absoluta no Parlamento regional apesar das criticas unânimes que lhe foram feitas a nível regional e a nível nacional pelas forças políticas da oposição e até por membros que lhe são politicamente próximo no continente. Obteve mais um deputado do que necessitava para ter o número de deputados suficientes que lhe garantem a possibilidade de o PSD Madeira conseguir governar sem ter de pensar em eventuais alianças à direita.
                  RESULTADOS
Abstenção: 109.140 (42,55%)
Votos em branco: 1.087 (0,74%)
VotosNulos: 2.813 (1,91%)

Partido     percentagem     votos   deputados
PPD/PSD        48,56          71.555      25
CDS-PP          17,63          25.974        9
PS                  11,50          16.945        6
PTP                  6,86          10.112        3
PCP-PEV          3,76            5.546        1
PND                 3,27            4.825        1
PAN                  2,13           3.135        1
MPT                  1,93           2.839        1
B.E.                  1,70           2.512        0

 

"O PSD atingiu a maioria absoluta pelo que governará nos próximos quatro anos sem qualquer ligação", realçou Jardim na sua comunicação pública ao início da noite depois de adquirida a maioria absoluta.

O Partido Socialista foi o grande derrotado da noite eleitoral. Maximiano Rodrigues não conseguiu nenhum dos objectivos a que o partido se propôs. Não retirou a maioria absoluta a Alberto João Jardim, Não conseguiu capitalizar eventuais descréditos do governo regional em relação ao buraco financeiro descoberto nas contas do governo do PSD, e viu-se mesmo ultrapassado pela direita pelo Partido Popular.

Os seis deputados eleitos representam uma perda de influência no Parlamento Regional.

O grande vencedor da noite é o Partido Popular de José Mahnuel Rodrigues. O CDS mais do que quadruplica o seu grupo parlamentar - passando de dois para nove deputados - e torna-se a segunda força política da região, com 17,63 por cento dos votos.

Nas últimas eleições firmou-se como a quarta força política na região e vê-se agora alcandorada ao segundo lugar.

Outro grande vencedor foi o Partido trabalhista de José Manuel Coelho. O deputado que se tornou conhecido como representante do Partido da Nova Democracia mudou de campo, apresentou-se como candidato pelo Partido Trabalhista e viu a sua força política eleger três deputados e firmar-se na quarta posição à frente mesmo da CDU que se viu relegada para o quinto posto.

De realçar ainda que o Bloco de Esquerda não conseguiu eleger nenhum deputado ao parlamento regional sendo mesmo a única força que não conseguiu tal desiderato e viu-se relegada para força menos representativa na Madeira.

MEUS CAROS "PATRÍCIOS" ESPERAI PELA VOLTA

" Se há tipos sem vergonha nesta país o sr. Silva é um deles... Ele o Silva é um dos principais culpados daquilo que está acontecer em Portugal. Um Silva sem estilo e mais um oportunista político, entre outros, deste pobre país"- José Martins

Recessão agravada condiciona Orçamento de Estado

publicado 10:39 09 outubro '11
Recessão agravada condiciona Orçamento de Estado
Os números da recessão prevista não param de subir, ensombrando comemorações e orçamento Mário Cruz, Lusa

Vêm aí, em 17 deste mês, com o Orçamento de Estado (OE) para 2012, mais cortes nos serviços públicos e mais impostos do que estava previsto. A juntar à recessão de 2,2 por cento em 2011, o Governo contava com uma, já um tanto desacelerada, de 1,8 por cento em 2012. Projeções mais recentes indicam que a economia voltará provavelmente a encolher 2,2 por cento no próximo ano. E as consequências anunciadas são, mais uma vez, pesadas.

O ÁLVARO O SUPER-PATETA

O Super-Álvaro

.
Tinha mesmo de ser. No post anterior quando escrevi que andava à procura de uma imagem entre o Super e o pateta fez-se luz. Eu aflito sem encontrar uma boneco e só então tinha junto as duas palavras que são o nome de uma personagem. O Super-Pateta.
.
Devia agora escrever aquilo que queria ter escrito mas são quase 5 da manhã e os olhos já não ajudam de tanto se quererem fechar. Resumindo, Era o comboio de alta velocidade que já não vai haver para haver um de velocidade alta, que vai fechar mais de 250 km de linha de comboios, que o seu bom coração também é super e que nos próximos dois meses já não deverá haver mais aumentos nos transportes (ficamo-nos só pelo aumento de 25% de Setembro), que vai cobrar portagem nas Scuts, criar uma rede de combustível low-cost e que deseja que os carros a gás possam estacionar em parques cobertos. De economia parece que se esqueceu de falar.

EU NO LUGAR DO RELVAS DIRIA: "EM DEMOCRACIA HÁ MAIS VACAS MAGRAS QUE GORDAS"

"Não há vacas sagradas na democracia portuguesa" - Miguel Relvas

publicado 19:54 08 outubro '11

O ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, disse hoje, em Coimbra, a propósito da reforma administrativa, que "não há vacas sagradas na democracia portuguesa" e que "há reformas que têm de ser feitas".

A projetada reforma administrativa, que implicará, designadamente, a extinção de freguesias e a fusão de municípios, "é uma boa reforma, que tem sido adiada, mas que nós temos de ser capazes de a fazer", sublinhou o governante. 

Instado pelos jornalistas, hoje, em Coimbra, a pronunciar-se sobre as declarações do Presidente da República (PR), na sexta-feira, em Oiã (Oliveira do Bairro), Miguel Relvas garantiu, no entanto, que "a vontade do governo é dialogar" e que "o governo tem ouvido os autarcas e os outros partidos" sobre esta matéria.
.

Cavaco Silva defendeu a necessidade de a reforma administrativa do país ser "objeto de um debate aprofundado, de forma a conseguir o máximo de consenso entre as forças políticas".
.

A opinião do Chefe de Estado "é sempre ouvida com muito atenção" e "será também seguida" em relação a este assunto, acrescentou Miguel Relvas, considerando que Cavaco Silva não tem motivos para estar preocupado.
.

O ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares falava aos jornalistas hoje, ao meio da tarde, à entrada do Instituto da Juventude em Coimbra, onde decorria uma assembleia distrital de militantes do PSD, cujo encerramento ia presidir (a abertura foi presidida por Paulo Júlio, secretário de Estado da Administração Local e Reforma Administrativa).
.

Na sua intervenção, Miguel Relvas iria dizer aos militantes do PSD ali reunidos, segundo adiantou aos jornalistas, que "cem dias após a tomada de posse do governo", há "uma estratégia para Portugal, uma estratégia bem clara", que permitiu que o país "passasse a ser novamente respeitado na Europa".
.

As dificuldades são "muito sérias", mas, sublinhou o governante, "temos políticas e estratégias" que vão "permitir ultrapassar a situação que Portugal vive". 

 

O MUNDO POBRE A LUTAR CONTRA OS "GALIFÕES" QUE OSTENTAM A RIQUEZA OBTIDA PELA PRÁTICA DO GAMANÇO



Os protestos de Nova Iorque começam a aumentar de tom. À terceira semana, a súbita atenção mediática está a ser acompanhada por um crescente interesse público no movimento que se auto-denomina de «Ocupar Wall Street». (Sol)
-
Queridos amigos,




Milhares de norte-americanos tomaram conta de Wall Street -- se juntando a um movimento global de Madri a Jerusalém para recuperar a democracia dos interesses corruptos. Se milhões de nós apoiá-los, vamos impulsionar seus ânimos e mostrar aos meios de comunicação e líderes que este não é um movimento extremista. Clique abaixo para assinar a petição - cada assinatura será mostrada ao vivo em um gigante contador no meio da ocupação de Wall Street:

Milhares de norte-americanos ocuparam sem violência a Wall Street - um epicentro do poder financeiro global e da corrupção.
.
Eles são os últimos raios de luz em um novo movimento pela justiça social que está se espalhando rapidamente pelo mundo: de Madrid a Jerusalém e a 146 outras cidades, com outras aderindo a cada instante. Mas eles precisam de nossa ajuda para triunfarem.
.
Como são as famílias de trabalhadores que estão pagando a conta de uma crise financeira causada por elites corruptas, os manifestantes estão exigindo uma verdadeira democracia, justiça social e combate à corrupção. Mas eles estão sob forte pressão das autoridades e alguns meios de comunicação estão retratando-os como grupos extremistas. Se milhões de nós de todo o mundo os apoiarem, vamos aumentar a sua determinação e mostrar a mídia e aos líderes que os protestos fazem parte de um movimento massivo pela mudança.
.
Este ano pode ser o nosso 1968 desse século, mas para ter sucesso ele deve ser um movimento de todos os cidadãos, de todas classes sociais. Clique para participar da campanha para a democracia real - um contador gigante será erguido no centro da ocupação em Nova York mostrando ao vivo cada um de nós que assinarmos a petição e retransmitido ao vivo na página da petição:


A onda mundial de protestos é o capítulo mais recente na história deste ano do poder global do povo. No Egito, as pessoas tomaram a praça Tahrir e derrubaram seu ditador. Na Índia, o jejum de um homem trouxe milhões às ruas e o governo teve que ceder - vencendo uma ação real para acabar com a corrupção. Durante meses, os cidadãos gregos protestam sem descanso contra os injustos cortes nos gastos públicos. Na Espanha, milhares de "indignados" desafiaram a proibição de manifestações pré-eleitoral e montaram um acampamento de protesto na praça do Sol para manifestar contra a corrupção política e a manipulação do governo da crise econômica. E neste verão em Israel as pessoas construíram "cidades de tendas" para protestar contra o aumento dos custos de habitação e por justiça social.

Estes assuntos nacionais estão ligados por uma narrativa global de determinação para acabar com a conivência das elites e de políticos corruptos - que em muitos países ajudaram a causar uma prejudicial crise financeira e agora eles querem que as famílias de trabalhadores paguem a conta. O movimento de massas que está respondendo a isso pode não só garantir que o ônus da recessão não caia sobre os mais vulneráveis, mas também pode ajudar a melhorar o equilíbrio de poder entre democracia e corrupção. Clique para apoiar o movimento:
Em cada revolta, do Cairo a Nova York, o pedido por um governo responsável que sirva o povo é claro e nossa comunidade global tem apoiado esse poder do povo em todo o mundo, onde quer que tenha surgido. O tempo em que os políticos ficavam nas mãos dos poucos corruptos está terminando e, em seu lugar, estamos construindo democracias reais, de, por e para as pessoas.
Com esperança,
Emma, ​​Maria Paz, Alice, Ricken, Morgan, Brianna, Shibayan e o resto da equipe Avaaz
Mais informações:
Protestos nos EUA entram no 18º dia e se alastram (O Estado de S. Paulo)
http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,protestos-nos-eua-entram-no-18-dia-e-se-alastram,781126,0.htm
A ocupação de Wall Street e a luta simbólica (O Globo)
http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2011/10/05/a-ocupacao-de-wall-street-a-luta-simbolica-409477.asp
Contra medidas de austeridade, Grécia faz greve no setor público (G1)
http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/10/grecia-tem-dia-de-greve-no-setor-publico.html
Protestos contra corrupção reúnem milhares no Kuait (Folha de S. Paulo)
http://www1.folha.uol.com.br/mundo/986423-protestos-contra-corrupcao-reunem-milhares-no-kuait.shtml
Ocupa Wall St - recursos on-line para a ocupação (em inglês)
http://occupywallst.org/ 

Clique em baixo e participe
http://www.avaaz.org/po/the_world_vs_wall_st/?tta

E LÁ SEGUE ELE NÃO SE SABE POR ONDE E PROTEGIDO POR AMIGO/OS


António Guterres, Horácio Carvalho e José Sócrates na inauguração da central de compostagem da Cova da Beira, em 6 de Julho de 2001







As capas dos jornais e as principais notícias de Domingo, 9 de Outubro de 2011.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

INEM salva recém-nascida
Dois idosos atacados por assaltantes
António Costa: Fusão benéfica
Santos Pereira: Capital de risco
Espinho: Enxame ataca bombeiros
Rio Maior: GNR apreende jogo
Relvas: Contas da RTP no OE

Capa do Público Público

A garra dos Pumas não chega para estes All Blacks
Um dos bicampeões vai ficar pelo caminho
Marítimo entra a ganhar na Taça da Liga, Académica empata
Duelo FC Porto-Benfica na final de basquetebol do Troféu António Pratas
Sorteio do Totoloto (71/2011)
António Costa quer projectar Lisboa com o fado, Santo António e Pessoa
Voleibol: Benfica lidera classificação com duas vitórias

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

As evidências de Cavaco
Secretário de Estado diz que "não percebe o receio" em torno da reavaliação da coleção Berardo
Colecção Berardo reavaliada para cortar nos seguros
Directores de escolas querem luz leiloada
Elite da PSP faz braço-de-ferro com a direcção
Não dar conta do mal que fazemos
Museus deixam de ser grátis aos domingos

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Pai e filho roubavam gasóleo para emigrar
Enfermeiros arguidos na morte de mãe e filha durante o parto
Museus vão deixar de ser gratuitos aos domingos
Grávida morre em acidente e bebé é salvo por cesariana
Mais de 1978 incêndios em Outubro
Estrelas do Pop homenagearam Michael Jackson
Comerciante português raptado na Venezuela foi libertado

Capa do i i

Passos Coelho e Portas vão ter de se entender sobre diplomacia económica
Tribunal absolve Livraria Barata de pagar coima à ASAE
Madeira. Campanha arrancou, ninguém imagina saída de Jardim
Carlos Moreno: "O buraco na Madeira é normal em todo o Estado"
Porque é que a um animal feroz sucede sempre um manso?
José Niza. O pai da senha da revolução
Marcelo. "António Barreto é uma hipótese possível para candidato a Belém"

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Ministro das Finanças alemão diz que reestruturação da dívida grega pode ser insuficiente
Governo quer actuar rapidamente no financiamento da economia
Miguel Relvas: "Não há vacas sagradas na democracia portuguesa"
Governo está a ultimar programa de promoção de empreendedorismo e inovação
António Costa diz que fusão nos transportes pode ser benéfica
Miguel Relvas rejeita criação de novo banco para absorver dívidas do Estado
Ministro anuncia reestruturação do capital de risco público na próxima semana

Capa do A Bola A Bola

Soudani pronto para a titularidade
Adriano percebeu que queria ser guarda-redes em 1994
Asa para Sapunaru
Vem aí a semana de... Jeffrén
Saviola a fazer de Kaká no Milan
Prova de fogo para Vinícius
Rumo ao título, sem reparos

Capa do Record Record

Carlos Marta avança apoiado por associações
Luís Miguel com margem para recuperação audaz
Incólume à pressão persegue a bonança
Bendtner: «Seria muito bom voltar a marcar»
Das ilhas chega mais um ciclone
Adrien: «Faltou atitude»
Baiano segue pisadas da rota dos milhões

Capa do O Jogo O Jogo