Translator

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

PORTUGAL UM PAÍS DE REVELAÇÕES OU DE LADRÕES...!!!

Vítor Raposo, à direita, acompanhado do advogado Paulo Sá e Cunha
Fraude: Entregou-se na PJ ao final da manhã e foi libertado à noite

Ex-deputado sócio de Duarte Lima esconde milhões

Vítor Raposo, ex-deputado do PSD, sócio de Duarte Lima no negócio dos terrenos de Oeiras, continua hoje a ser interrogado no processo de fraude fiscal e branqueamento de capitais que levou à prisão preventiva do ex-líder parlamentar.
.
Por:Eduardo Dâmaso/Tânia Laranjo/Catarina Gomes Sousa

O empresário, que chegou ontem da Guiné-Bissau, é sócio maioritário, gerente ou administrador de 36 empresas, que operam em ramos tão distintos como imobiliário, media, decoração e hotelaria. Há ainda outras cinco empresas em que Vítor Raposo faz parte da administração, juntamente com um irmão, César Augusto Igreja Raposo.
.
A sua declaração de rendimentos não espelha, no entanto, a extensa actividade empresarial. Disse em 2009 que ganhou apenas 31 mil euros. Em 2008, declarou valores idênticos, enquanto em 2007 os números apresentados eram de 34 mil euros.
.
Anteontem, Vítor Raposo regressou a Portugal e, acompanhado do seu advogado, Paulo Sá e Cunha, dirigiu-se à Polícia Judiciária, na rua Alexandre Herculano, em Lisboa. O empresário não evitou que os inspectores da Polícia Judiciária o detivessem e o levassem nessa qualidade - de detido - a primeiro interrogatório judicial. Ouvido pelo juiz Carlos Alexandre, foi libertado pelas 20h30 e regressou a casa. Continuará a ser interrogado hoje de manhã.
.
No processo em que agora está a ser interrogado, Vítor Raposo, juntamente com Pedro Lima, era o sócio maioritário do fundo Homeland. Possuíam, cada um, 42,5% das unidades de participação. Era através desse fundo que os dois sócios pretendiam adquirir os terrenos em Oeiras, onde o Instituto Português de Oncologia poderia vir a ser instalado. Duarte Lima terá dado informações privilegiadas à Homeland.
.
TRÊS MILHÕES NO FUNDO DO BAIRRO DO ALEIXO
Vítor Raposo é titular de 60% do Fundo de Investimentos Imobiliários (FEII) - o que corresponde a três milhões e seiscentos mil euros - que foi constituído com vista à demolição do bairro do Aleixo, no Porto. Em documento aprovado em 2009, a câmara estipulava que o FEII seria constituído com o capital de seis milhões, tendo como principais participantes Vítor Raposo (ou uma entidade em que fosse sócio maioritário), a Espart - Espírito Santo Participações Financeiras SA (ou outra entidade do grupo Espírito Santo) e o município. O contrato recebeu o visto do Tribunal de Contas em 10 de Março de 2010 e, durante esse ano, o FEII foi constituído com a designação de Invesurb. Mereceu a aprovação da CMVM.
.
RECURSO CONTRA PRISÃO NO BRASIL RECUSADO
O segundo ‘habeas corpus' interposto no Brasil contra a prisão preventiva de Duarte Lima foi ontem recusado, revelou a SIC. De acordo com o site do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, houve de facto uma decisão, mas a mesma não foi revelada.
.
Recorde-se que o juiz de Saquarema, Ricardo Pinheiro Machado, se pronunciou pela manutenção do pedido de prisão preventiva solicitado pelas autoridades brasileiras no âmbito da acusação contra o ex-deputado pelo homicídio de Rosalina Ribeiro em 2009.

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 22 de Novembro de 2011.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Almada: Mulher encontrada morta em casa
Guimarães: Colhida por carro
Hilário da Conceição: Desmente Eusébio
Godinho Lopes: Apela ao civismo
António Costa: Hospital previsto
Tavira: Morto em casa há um mês
Orgias: Julgamento marcado

Capa do Público Público

Mais perto da informação. Mais perto de si. Assine o Público
Autarquias terão de reduzir 3% dos trabalhadores caso tenham aumentado número desde 2008
PSD e CDS querem aumentar contribuição extraordinária para pensões acima de 5 mil euros
PS quer que talões de multibanco sejam elegíveis para efeitos fiscais
PS quer aumentar em 5% IRS de rendimentos superiores a meio milhão de euros
Hospital Oriental e Terceira Travessia do Tejo previstos em plano de pormenor de Lisboa
O que vai fechar ou ser afectado pela greve geral

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Mulher encontrada morta em casa com ferimento de bala
Então agora já não gostam da 'troika'?
O terreno do IPO, o terreno do IPO
Vítor Raposo foi detido pela PJ no Aeroporto de Lisboa
Unidades para dar resposta a doença crónica
Jardim vai gastar 8,6 milhões em fogo e luzes de Natal
SMS mobilizou cerca de 80 polícias à porta do MAI

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Câmara tenta segurar 5,8 milhões para recuperar Rosa Mota
Um carro que "anda sozinho e detecta obstáculos" feito em Portugal
Novos testes provam que os neutrinos são mais rápidos que a luz
Proposta de novo hospital em Lisboa é um "escândalo"
Greve geral para "dizer 'basta!' à política autoritária"
Tem que pagar 2174 euros de multas por carro que nunca teve
Irão, Coreia do Norte e Birmânia condenados por violações humanitárias

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Governo recua na compra da Caixa Seguros e Saúde à CGD
Grandes empresas passam no teste da reputação
“Comunicar é a melhor forma de ter lugar na mente dos clientes”
“As empresas não são só sustentáveis quando remuneram o accionista”
RTP fica sem publicidade a partir de 2012
Governo admite tirar a Jardim gestão da dívida da Madeira
Contas exigem medidas além da ‘troika’ e prazos mais alargos

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

As notícias em foco na edição de hoje, dia 22 de Novembro, no Negócios
Em Janeiro vamos pagar mais para falar ao telemóvel
Polónia, Peru e México sustentam crescimento da actividade da Mota-Engil
DB Schenker Portugal testa ligação à Alemanha com "motor" Autoeuropa
Empresas nacionais procuram negócios no México
Governo afasta Luís Patrão do Turismo de Portugal
PS quer aumentar em 3,5 pontos a taxa liberatória sobre juros e dividendos

Capa do Oje Oje

Mota com 60% das encomendas do exterior
Gaspar diz que recessão será pior em 2012
Certificados de Aforro resgatados
EEA Grants atribui 58 milhões a Portugal
Gilead compra Pharmasset por 11 mil milhões
Merkel mantém recusa sobre eurobonds
Assaltos a habitações preocupam seguradoras

Capa do Destak Destak

Barulho por nada
Pressão e depressão
Interrogatório a Vítor Raposo prossegue terça-feira
Rui Patrício eleito futebolista do ano
Hezbollah destrói parcialmente rede da CIA
Conselho de Administração do D. Maria II demite-se
Canal subsistente da RTP não conterá publicidade comercial

Capa do A Bola A Bola

Gottardi blindado até 2014
Paulo Vinícius apaga fogo à esquerda
Rui Vitória reclama solidariedade
Como pode Jesus mudar a história
Capel encantado com o leão
A hora da mudança
João Vieira Pinto e o derby: «Jogo como há muito não se vê»

Capa do Record Record

Joias cobiçadas
Onda de frustração volta a incomodar
Adeus anunciado para Berger e Éder
João Tomás: «Sentimos embaraço e alguma vergonha»
Turbo Kids implacáveis
Nuno Gomes: «Lutamos sempre pelos 3 pontos»
Almeida Antunes: «Sonho com a subida»

Capa do O Jogo O Jogo

Málaga vence Santander
Premier League: Tottenham bate Aston Villa e já é terceiro
Éder Luís partiu o pé esquerdo
José Eduardo Simões: "Pedro Emanuel tem cláusula de rescisão"
Johan Cruyff acusado de racismo sobre Edgar Davids
Frio silencia dragões na chegada à Ucrânia
Rui Patrício futebolista do ano

INUNDAÇÕES NA TAILÂNDIA - UM TEMPLO BUDISTA NA VELHA CAPITÃO DO SIÃO SALVO.

.

Um santuário ilha em meio ao dilúvio em Ayutthaya
Suthiporn Kongsuthipol
The Nation
Ayutthaya 22 de novembro de 2011 10:10
Um santuário ilha em meio ao dilúvio em Ayutthaya
 
.
Ao contrário de muitos locais históricos, inundados, templos antigos na província de Ayutthaya província, Wat Phanan Choeng Worawiharn ficou majestosamente livre da inundação, graças à preparação adequada  da gestão interna do templo e conscientização dos perigos com base na experiência amarga de anos anteriores.
.
"Temos vindo a acompanhar a situação desde o início, verificando a direção e o volume de água de inundação desde Agosto", disse o assistente do monge principal Phra Maha Cherdchai Katapunyo.
.
"Como estamos na beira do rio Chao Phraya, na parte externa de uma curva onde os rios Pa Sak se junta ao Chao Phraya, torna-se fácil as correntes atingirem o templo e assim as barreiras  necessitam ser mais fortes", acrescentou.
.
Em 1995 de quando as enchentes e inundação de quatro meses causou mais de BT20 milhões em danos materiais. No templo Wat Phanan Choeng deu aso a aprender-se uma técnica para fazer as suas barreiras de sacos de areia mais fortes - os sacos não são enchidos até ao topo e não devem ser
amarrados, mas apenas dobrado fechado.
.
"Monges experientes e voluntários empilharam os sacos hermeticamente em camadas e, em seguida cobri-los com tela. As paredes são reforçadas por sacos de areia e argila por estacas de madeira", disse Phra Maha Cherdchai.
.
Wat Phanan Choeng passou 6 milhões de bats, custo das barreiras de protecção contra inundação e drenagem de água só este ano.
.
O monge principal Phra Raj Rattana Waraphon, também  chefe monástico provincial, disse permanentes barreiras de concreto serão construídas para lutar contra as inundações, que agora ele espera chegar a cada ano. "Enchentes usadas, para fluxo, em direção ao sul através de campos e planícies, mas estes já se tornaram fábricas e conjuntos habitacionais", explicou.
.
Além da conservação de sítios históricos e artefactos dentro do composto seco, Wat Phanan Choeng tem servido como um grande abrigo para moradores da área, bem como  logística e base de fornecimento para alimentar e ajuda comunidades inundadas e outros templos nas proximidades.  
 .
 "Os monges e noviços entregam suprimentos de emergência por barcos a remos para aqueles que precisam", acrescentou.
.
Montha Kittichai, um fornecedor de alimentos de 68 anos de idade, que suportou a enchente de 1995, disse que os moradores próximos estavam dispostos a viver fora barreiras do templo de 5 metros nas águas de inundação de até 1,5 metros de profundidade por meses.
.
"Estamos dispostos a sacrificar para Wat Phanan Choeng. Mesmo em um momento tão difícil, ainda temos Luang Phor Para [o templo da imagem de Buda principal] como um centro de nossa unidade e moral da comunidade", disse ela.
.
Para Luang Phor - ou Phra Phuttha Trai Rattana Nayok, como é oficialmente conhecida - foi erguido em 1324. A imagem sentado Buda tem 19 metros de altura com uma volta que mede mais de 14 metros de largura.
.
Foi renovado em 1928 depois de ser danificado por um incêndio em 1901.
.

À MARGEM: Estou familiarizado com este magnifico templo budista, em Ayuthaya, situado do lato oposto do Forte Português Pom Phet. 
.
Portugal a jusante e a uns dois quilómetros na margem direita do grande Rio Chao Prya, tem o Campo de São Domingos, cujas escavações tiveram início em 1984, com financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian e colaboração do Fine Arts Department (Belas Artes) da Tailândia. 
.
Foi graças ao empenho do Embaixador Mello Gouveia e o Dr. José Blanco, administrador da Fundação Calouste Gulbenkian, que hoje Portugal está representado na velha Capital do Reino do Sião, onde os portugueses, sendo os primeiros europeus a conhecer (1511) este reino, viveram num largo pedaço de terreno, por 256 anos  a que lhe foi dado o Ban Portuguet. 
.
Estarei no local, muito em breve, para analisar e reportar os danos que as inundações provocaram ao Campo de São Domingos.
José Martins

O ABRIR O BAÚ DA TRISTE MEMÓRIA DE 37 ANOS QUE DEIXOU OS PORTUGUESES NUMA VIDA DE MERDA- VITOR CRESPO CROMO - 1974

.
E todos os países têm e tiveram os cromos que mereceram. Portugal não fugiu à regra de possuir os seus ditosos filhos cromados.

 Fonte: Livro " O Pulsar Revolução - Cronologia da Revolução de 25 de Abril (1973-1976)". Edições Afrontamento - Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra.  

O ABRIR O BAÚ DA TRISTE MEMÓRIA DE 37 ANOS QUE DEIXOU OS PORTUGUESES NUMA VIDA DE MERDA- CARESTIA DA VIDA 1975

Clique na imagem para ler as legendas




ESTA, CANSADA; EUROPA, GAITEIRA E FANFARRONA ESTÁ,COMPLETAMENTE, NA MERDA!


Colapso financeiro da europa está garantido

Ouçam com atenção...
Curar a dívida aumentando a dívida?

Clique a seguir ouça e leia as legendas em português.

HÁ SEMPRE QUEM USE ALGUÉM PARA TAPAR CERTOS BURACOS E ARREPENDIDO O VITOR DA AMIZADE COM DUARTE LIMA...!!!

HÁ MUITAS FORMAS DE ESTAR INSERIDO NO MUNDO...O JOÃO SABE BEM DISSO...!!! VIDA HÁ SUA UMA JOÃO!

Clique em cima da imagem para ler o texto


VÁ LÁ IMAGINE-SE O DIAS LOUREIRO A NAVEGAR NUM BUQUE,IGUAL, NA COSTA DE CABO-VERDE...!!!

  F É R I A S

   
"O dinheiro não traz felicidade,
mas provoca uma sensação
tão parecida que é necessário
um especialista
para verificar a diferença..."
WOODY ALLEN

FELIZMENTE AINDA NÃO HÁ CRISE DE SORRISOS...!!! VINGUE-SE A ESCARNECER OS POLÍTICOS!



Clique a seguir


Em Outubro, depois de anunciadas mais medidas de austeridade, a contestação saiu à rua na Marcha dos Indignados. Palavras de ordem renovadas, com um humor apurado, refinado e por vezes mordaz, eram visíveis nos cartazes. Uma tendência que passou para as redes sociais, em particular no Facebook onde dizeres como «Lamento que o Governo tenha vivido acima das minhas possibilidades» correram páginas e páginas de perfis.
Na semana em que a contestação volta às ruas, com a Greve Geral, a TSF recupera parte destes dizeres que provam que, apesar da crise

SE EU VISSE ESTES SACANAS A PASSAR, JUNTO A MIM, DE DESCAPOTÁVEL CHAMAVA-LHES, EM VOZ ALTA, FILHOS DA PUTA!





por João Carvalho | 21.11.11

Se não são transportes públicos, são transportes para-públicos. Apenas acontece que há públicos incapazes de conter os tiques mais ostensivos do novo-riquismo de mau gosto (eticamente mal-educado e financeiramente desastroso) que os norteia. Quer isto dizer que os transportes existem, mas há públicos e públicos. Alguns até andam de transporte dentro de casa, como a foto ilustra...



PartilharEmail

COMPUTADORES DE ALTA TECNOLOGIA, APPLE, SERVIRÃO, NO FUTURO NA EDUCAÇÃO DE JOVENS TAILANDESES

A Apple aproxima-se do Ministério da Educação da Tailândia
     Publicado em: 21/11/2011 às 03:48
     Notícias on-line: Economia – Bangkok Post
.
A companhia gigante Apple tem manifestado interesse em fazer um acordo para fornecer seus computadores, tablete, para o Ministério da Educação para uso nas escolas tailandesas.
 


 
iPad 2 (Photo EPA)

.
Uma delegação
da Apple Inc avistou-se  com ministro tailandês da Educação Woravat Au-apinyakul, hoje, segunda-feira e propôs que o seu produto, tablete, poderiam vir a beneficiar os estudantes, no projeto de educação, de seu ministério.
.
O ministro
disse que a Apple e seu ministério formariam um grupo de trabalho para testar os produtos da Apple que poderiam servir ao projeto de educação. Se o teste for positivo, o ministério estaria interessado, apesar dos preços elevados. Se não, o ministério iria escolher um sistema operativo Android, o Sr. Woravat disse.
.
"
O que é necessário hoje é a tecnologia que pode ser realmente aplicada. Nós não estamos comprando equipamentos porque todos eles são os mesmos ... O Ministério da Educação vai tomar uma decisão importante, se vai comprar apenas dispositivos com sistemas", o ministro da Educação disse.
.
Chinapat
Phumrat, secretário-geral da Comissão de Educação Básica, afirmou que a Apple argumentou que tinha as melhores soluções educacionais.
.
Em resposta, o
Ministério da Educação disse que os estudantes tailandeses iriam estudar não só para adquirir conhecimento, mas também para ter emprego e renda no futuro.
.
Portanto, estudantes tailandeses precisariam computadores tablete que lhes permitam desenvolver aplicações para os mercados mundiais, disse ele.

A distribuição
de computadores tablete para os alunos foi uma das promessas eleitorais da campanha do governo tailandês  do Partido Pheu .

O ABRIR O BAÚ DA TRISTE MEMÓRIA DE 37 ANOS QUE DEIXOU OS PORTUGUESES NUMA VIDA DE MERDA- MANUEL ALEGRE PS




E COM ISTO O ALBERTO SE CAGA E PEIDA PARA OS "ARFACINHAS" - O ALBERTO É O MAIOR!

DÊEM-LHE MAIS DINHEIRO


> O homem não tem vergonha. É mesmo o rei da Madeira a rir-se do continente. Vem aqui fingir-se de cordeiro, dá uma de charme ao Passos Coelho e outra de humilde ao Cavaco Silva e pira-se de borla na executiva da TAP. 
.
Chega ao Funchal e anuncia logo que os milhões não vão faltar. Os capangas batem palmas e recebem mais benesses. A empresa de um amigo leva já uma concessão directa para as iluminações de Natal. 
.
O homem dá-se ao luxo de fazer o que quer, anulou um concurso público e adjudicou directamente por três milhões de euros os fogachos pirotécnicos para o Natal na Madeira. A canção continua a cumprir-se: a Madeira é um Jardim.
tags:
por joão e. severino
link do post | comentar | adicionar aos favorito

AS "BURRICADAS" DO MINISTRO PAULO PORTAS



Lisboa, 19 nov (Lusa) -- Cerca de 600 portugueses e luso-descendentes concentraram-se esta tarde em Andorra em protesto contra o encerramento da embaixada de Portugal no principado, indicou à Lusa fonte da Plataforma contra o Encerramento da Embaixada.
.
"Ainda há esperança de manter uma pequena estrutura consular e pedimos o apoio e a união dos 13 mil portugueses em Andorra para conseguir esse objetivo", disse à Lusa Mónica Amorim Severino, membro da Plataforma e secretária da Casa de Portugal no principado.
.
O protesto mereceu ainda a solidariedade de "todos os candidatos às eleições locais em Andorra, que fizeram questão de se juntar à comunidade portuguesa e manifestar o seu apoio", indicou à Lusa, por seu lado, José Manuel Silva, conselheiro do Conselho da Comunidade Portuguesa (CCP) em Andorra e presidente da Plataforma.
.
Durante o protesto foi lido um "manifesto", no qual a comunidade recordou a visita recente do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva a Andorra, evento que "encheu de orgulho" os portugueses residentes no principado.
 .
"Esses sentimentos foram traídos por uma decisão injusta, tomada à distância, desconhecedora de uma comunidade viva, que se sente parte integrante de Andorra, mas sempre portuguesa", afirma o manifesto, transmitido à Lusa por Mónica Severino.
.
"Fechar a secção consular é uma decisão ridícula e injusta", afirma ainda o documento. "O Governo alega que encerra a embaixada e o consulado em Andorra por razões económicas, se o fecham por questões económicas, qual é o nosso preço? Qual é o preço dos cidadãos?", interroga a secretária da Casa de Portugal.
"As nossas poupanças vão todas para Portugal, temos lá as nossas segundas casas, pagamos lá os nossos impostos. Somos, aliás, criticados frequentemente pelos políticos em Andorra de levar para Portugal o dinheiro que aqui ganhamos. É assim que Portugal nos agradece?", questiona a representante da Plataforma.
.
Portugal vai encerrar sete embaixadas, incluindo a de Andorra, quatro vice-consulados e um escritório consular, anunciou na quarta-feira o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, no parlamento.
.
Paulo Portas declarou que os serviços da Embaixada de Andorra passam a ser assegurados pela Embaixada em Madrid e pelo Consulado de Barcelona.
O ministro dos Negócios Estrangeiros andorrano, Gilbert Saboya, lamentou, na quarta-feira, que o Governo português "tenha chegado à situação de ter que tomar a decisão" de fechar a Embaixada em Andorra e espera que se mantenha uma "estrutura mínima consular" no Principado.
.
Esta foi a segunda concentração de protesto em Andorra, depois de em meados de outubro o embaixador de Portugal no Principado, Mário Damas Nunes, ter dito que a missão diplomática fecharia as portas até ao final do ano, informação que foi confirmada por Portas.
.
A 18 de outubro, cerca de duas centenas de portugueses concentraram-se pela primeira vez junto à Embaixada de Portugal para contestar o seu encerramento, uma participação que não satisfez a Plataforma, que hoje pretendia atrair mais gente ao protesto.
.
Desta vez, o protesto reuniu cerca de 600 pessoas. Ainda assim, um número considerado "pequeno" pelos próprios organizadores. "As pessoas pensam que já não é possível. É lamentável que, de 13 mil pessoas, tenham vindo apenas umas 600. Mas há aqui uma grande recessão sentimental, já não é só económica", afirmou Mónica Amorim Severino.
APL/(CSR)
                 Lusa/Fim