Translator

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

INTELIGÊNCIA PRIVADA DE TUGAS DE TRAZER POR CASA

Ataque surge em resposta a incidentes da manifestação de dia 24 


Informação pessoal de agentes

Piratas roubam e divulgam dados da PSP

Dados pessoais e confidenciais de pelo menos 107 elementos da PSP, entre subcomissários, chefes e agentes, foram roubados por um grupo de piratas

Por:João C. Rodrigues

De acordo o grupo LulsZec-Portugal, a publicação da lista é a "resposta aos ataques de mais de 50 ‘agentes provocadores’ infiltrados na manifestação [do dia 24]". O grupo, que também atacou sites das Finanças e Administração Interna, alega que os dados foram "roubados" da base de dados do Sindicato Nacional da Carreira de Chefes (SNCC/PSP). A lista, acessível a todos, divulga postos, patentes, telefones e endereços electrónicos de 107 elementos de três esquadras (14ª, 16ª e 38ª) da zona de Chelas, Lisboa. Manuel Gouveia, presidente do SNCC, garantiu ao CM que "os dados não foram retirados do site do sindicato", mas que o mesmo vai apresentar queixa e já pôs "um técnico a resolver o problema".
Fonte oficial da Direcção Nacional da PSP disse que nada tem a ver com o caso.



As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 29 de Novembro de 2011.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Piratas roubam e divulgam dados da PSP
V.N. Gaia: Dispara sobre o pai
Loures: Bombeiros param greve
Júlio Magalhães: Desmente demissão
Mira Amaral: BPN está por dias
Strauss-Kahn: Empresário misterioso
Algarve: Esmagado por tractor

Capa do Público Público

Não perca a nova aplicação Ípsilon iPad - Edição de 25 Nov. GRÁTIS
Mais perto da informação. Mais perto de si. Assine o Público
Washington limita-se a conselhos e orientações a Bruxelas sobre crise do euro
Agricultores queixam-se de atrasos das ajudas
Fitch coloca dívida dos EUA em perspectiva negativa
PS diz que a sua proposta de aumento das taxas liberatórias permite modelação dos subsídios
Wall Street encerra no verde com animação comercial e optimismo na Europa

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

A vida numa crise cinicamente banal
Entre sonhos e pesadelos
Lisboa é a 41.ª cidade com melhor qualidade de vida
Bebé morre sem transplante que Portugal deixou de fazer
Revolta no PS impede Seguro de votar ao lado do Governo
Há 23 500 sistemas de câmaras a vigiar o País
OCDE diz que em 2012 mais 75 mil ficarão sem emprego

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Futebolista brasileiro é condenado à prisão na Itália
Playboy divulga a capa de Dezembro com a "lolita" Bárbara Evans
Fisco reclama 750 mil euros de IRC a Américo Amorim
Meixão a preço de ouro voa para Espanha e Japão
Embaixador do Brasil considera saudável retorno das comunidades na Europa
Professora entregou aos alunos "pendrive" com filme pornográfico
Vereador da CDU propõe requalificação da escarpa das Fontainhas

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Salários e pensões até 600 euros mantêm subsídios de Natal e férias
Mais-valias, juros de depósitos e dividendos pagam 25% de imposto
Novos cortes valem 130 milhões
Carlos Costa discute com oito bancos resultados de inspecções da troika
Governo e BIC tentam acordo de última hora para vender BPN
Brisa vai controlar 100% da concessão Douro Litoral
Soares da Costa revê em baixa plano estratégico devido à crise

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

As notícias em foco na edição de hoje, dia 29 de Novembro, no Negócios
Qualidade de vida em Lisboa supera a de Madrid e Roma
Dívida das empresas está 80 mil milhões acima do que devia
Dívida das construtoras continua a crescer
Governo fecha venda da participação na Hidroeléctrica de Cahora Bassa
Soares da Costa quer ser mais de 80% internacional em 2015
"Temo o contágio da crise da dívida às seguradoras"

Capa do Oje Oje

Soares da Costa quer 80% do negócio no exterior
OCDE prevê cenário mais negro em 2012
Estado gastou mil milhões em EP
BCE defende alargamento do prazo para Estado alienar nos bancos
Carrefour lidera pedidos de crédito
Sony aposta no segmento de saúde
Federer volta ao pódio no ranking mundial após vencer ATP Finals

Capa do Destak Destak

Portugal recebe grande parte dos 4,5 biliões de euros para investir no Atlântico
Governo garante que compra do BPN pelo BIC será fechada nos próximos dias
Sonhar
Fitch admite que Portugal pode ter de pedir mais dinheiro ao FMI se não tiver acesso aos mercados em 2013
As vantagens de ler revistas antigas
Julgamento de adeptos detidos no dérbi adiado para quarta-feira
Ministro garante que suicídio é “problema de saúde pública” e vai manter-se no Plano Nacional de Saúde 2012-2016

Capa do A Bola A Bola

Ricky à espreita do Europeu
Bradley Wiggins em Portugal
Hulk não tem preço
Calisto é favorito a suceder a Luís Miguel
Prejuízos vão ser determinados pelo LNEC
Muitas baixas para a Liga Europa
Ronaldo com números demolidores

Capa do Record Record

Vasco sem poupanças para a viagem ao Chile
Renascer em Camp Nou
Definições na calha
Cristiano recupera e joga em Gijón
Baba está pronto para voar
Apuramento garantido com a "simples" vitória
Calisto e Van der Gaag na linha de sucessão

Capa do O Jogo O Jogo

Málaga vence Villarreal por 2-1
V.Guimarães bate V.Setúbal (3-0) e exorciza alguns "fantasmas"
Guardiola pretende aumentar nível de jogo do Barça
Roma suspende e multa Osvaldo por agressão a Lamela
Godinho Lopes:"Aconteceram coisas muito graves perto dos balneários"
Bruno Ribeiro: "Temos de levantar e pensar já no próximo jogo com o Feirense"
Rui Vitória: "A intranquilidade tirou algum discernimento, mas as coisas aconteceram"

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades... e para este os tempos foram de mudanças!

Imagens do Dia

Longe vão os tempos em que o então jovem militante do MRPP atacava o imperialismo norte-americano. Hoje, afastado dessas lides, à frente da Comissão Europeia, manteve uma reunião com o presidente dos Estados Unidos, ambos interessados em evitar uma nova recessão europeia que se alastrará forçosamente 

video

 Olhem para o "cágado", oportunista, de quando se fazia da linha comunista.

DO RIO KWAI - KANCHANABURI - TAILÂNDIA COM AMOR

 Sou conservador e volto sempre ao sitio que me agradou e pela primeira vez visitei há 31 anos. 
 .
Já não voltava ao Rio Kwai há um mês e 3 semanas. As cheias que assolaram para além das margens do Rio Chao Prya e acentuadamente partes da grande cidade e capital do Reino da Tailândia, Banguecoque que atingiu, acredito mais de dois milhões de pessoas que as obrigaram a uma vida de miséria de ter que abandonar suas casas em procura de outros lugares. 
.
Bem o mundo e o animal de duas pernas, tronco e cabeça com poucos miolos, chamado homem tem procurado iludir a natureza modificando o sistema climático e provocando catástrofes por todo o universo. Há dois meses foi na Tailândia, antes no Japão e no futuro difícil de adivinhar onde outros seres humanos serão atingidos com devastadas mortes e misérias. 
.
Saí ontem de Banguecoque, em direção ao Rio Kwai e embora a área onde moro não fosse atingida pelas enchentes, fui apanhado de surpresa pouco depois de deixar minha casa e golfado no meio da enchente na estrada que me levaria ao destino. 
.
Conseguir sair daquele inferno de meio metro de altura de água, sem o motor do Honda Civic se ir abaixo, mas não conseguir salvar o sistema eletrónico de ignição que se foi pela penetração de água e outro terá que vir de Banguecoque para regressar daqui a duas semanas. 
.
Cheguei ao Rio Kwai e hospedado, como sempre no Jolly Frog, absolutamente abatido, sem me importar muito com as peças do Honda e procurei retemperar forças no ar-condicionado na choupana C 2 situada na ala principal do jardim e de frente para o rio. 
.
Hoje pelo fim da tarde e já o sol se tinha escondido fui até junto da margem do Rio Kwai para fazer uns "bonecos" e inserir nesta peça que seguem abaixo e legendadas.

O Rio Kwai, hoje ao principio da noite. Cores do sol posto que se refletem na bonançosa corrente.
A corrente o espelho do vermelhão, descaído do sol posto, as luzes a montante de uma ponte que não é a de nome e popular no mundo "A Ponte em Cima do Rio Kwai" que trouxe para o cinema a tragédia de uma guerra, igual a tantas outras que depois desta na década quarenta do século passado têm sido levadas a cabo, outras, pelo mundo as quais ninguém entende porque são feitas e por quem.
Já noite o silêncio noturno cai no jardim que na parte de tarde por ali os hóspedes do Jolly Frog se estenderam na relva a tomarem banhos de sol.
Mais uma foto do rio, mas noutro ângulo
Um sorriso que bem nos transmite todos os outros que existem na Tailândia
Nunca reparei que no cordão das bandeiras não estava lá pendurada a das quinas... na próxima vez vou trazer uma e colocá-la entre as outras.
Um grupo de raparigas da escola primária festejam, no restaurante, o aniversário de uma das filhas do proprietário do Jolly Frog. Mona de nome, a primeira do lado esquerdo e uma cara jovem, bonita, de mãe alemã e pai tailandês.
Maria de nome, e diminutivo Mi, uma jovem de nacionalidade filipina que alegra os hóspedes do Jolly Frog com canções românticos, em língua inglesa, das 7 à 9 horas da noite.
José Martins

ITÁLIA: "OH PORCA MISÉRIA"

Itália: Monti na corrida para a austeridade como  papel, em vista, do FMI

Primeiro-ministro da Itália, Mario Monti sorri durante uma reunião com o Comissário Europeu do Mercado Interno e Serviços, Michel Barnier, no Palácio Chigi, em Roma 25 de novembro, 2011. REUTERS / Alessandro Bianchi
Por James Mackenzie e Francesca Landini
 
.

ROMA | Sun 27 de novembro de 2011 11:28 GMT
(Reuters) - O primeiro-ministro Mario Monti, face, a uma semana de testes procurando escorar tensas apreensões nas finanças públicas em Itália, esperando uma missão do FMI em Roma, acrescentada à pressão de mercado que leva a uma previsível ajuda externa a Itália e ser necessária e ainda manter um estado de emergência da dívida em grande escala.
.

Monti deve lançar medidas de austeridade em 5 de dezembro, que pode incluir um imposto de habitação remodelada, um aumento no imposto sobre vendas e aumentar a aceleração da idade da reforma. Mas a pressão dos mercados poderia forçá-lo a agir mais rapidamente.
.

Uma fonte com conhecimento do assunto disse que os contactos entre o Fundo Monetário Internacional e Roma se intensificou nos últimos dias como tem crescido a preocupação que a oposição alemã a uma maior intervenção do Banco Central Europeu poderia deixar a Itália sem uma proteção financeira se fosse necessário.
.

A fonte disse que não estava claro que tipo de apoio pode ser oferecido, como um arranjo tradicional de espera ou de uma linha de crédito de precaução, se um mercado de segunda-feira liquidação forçada ação imediata. A equipa de inspecção do FMI deverá visitar Roma nos próximos dias, mas nenhuma data foi anunciada.
.

Um relatório, sem fontes, em italiano do jornal La Stampa disse que até € 600.000.000.000 poderiam ser disponibilizados a uma taxa de entre 05/04 por cento, para dar espaço e a Itália poder respirar por 18 meses.
.

Essa quantia seria além da capacidade atual do FMI precisaria de novas medidas, como a questão dos novos direitos de saque especiais (DSE) ou a intervenção do BCE, disse.
-

Capacidade do Fundo de empréstimo total é actualmente de cerca de 400000 milhões dólares (258 bilhões de dólares).
.

O FMI não quis comentar sobre qualquer movimentação para prestar apoio financeiro mas  de fontes oficiais em Roma disseram que eles não tinham conhecimento de qualquer pedido de assistência da Itália, que tem mais de 185 bilhões de euros em títulos com vencimento entre dezembro e no final de abril.
.

Custos da Itália de empréstimos voltaram aos níveis perigosos que provocaram o colapso do governo do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, de centro-direita, com rendimentos de 10 títulos ano que terminou na semana passada, mais de 7,3 por cento.
Rendimentos italianas estão agora no terreno que forçou Grécia, Irlanda e Portugal a buscar socorro financeiro internacional e um leilão de terça-feira até 8 biliões de euros em títulos BTP será um teste crucial.
Sexta-feira, a Itália paga um rendimento de vida do euro em alta de 6,5 por cento, para vender novo papel em seis meses, a um nível que analistas dizem que não pode ser mantida por muito tempo sem empurrar a dívida pública para o valor de 120 por cento do produto interno bruto  fora de controle.
.

Itália, a terceira maior economia da zona do euro, seria grande demais para os mecanismos de salvamento existentes e calote em sua dívida euro 1800000000000 causaria uma crise bancária e financeira que provavelmente destruiria a moeda única.
.

Monti traçou as grandes linhas de sua reforma planos no início deste mês, prometendo uma mistura de rigor orçamental e de reformas para estimular o crescimento económico, e furou a promessa de Berlusconi para equilibrar o orçamento até 2013.
.

Mas com sinais crescentes de que a economia cronicamente lenta a Itália poderia estar entrando em recessão, ela está sob pressão para fornecer detalhes concretos rapidamente.
.

PRESSÃO
As medidas apresentadas até agora são globalmente de acordo com as orientações previamente dadas pelo BCE, mas não houve discussões detalhadas com os organismos internacionais sobre os tipos de condições normalmente associadas a programas de assistência do FMI.
.

Bem como afrouxamento medidas de protecção de emprego, privatização dos serviços locais e abertura para profissões mais concorrência, as medidas de orçamento adicional estimado pela imprensa italiana até € 15000000000 pode ser anunciado.
Monti pode levar algum conforto a partir de pesquisas que mostram um amplo apoio popular para seu governo tecnocrata, mas medidas de austeridade ainda morder profundamente e pesquisas também mostram um quadro misto de medidas de austeridade individual.
.

Sobre as pensões, o governo deverá apresentar um aumento já planeado na idade de reforma, com uma reforma mais ampla possível nas próximas semanas.
.

Monti pode reintroduzir o imposto de habitação que foi desfeito por Berlusconi em uma promessa de campanha de última hora antes da eleição de 2008. O movimento custo do Tesouro cerca de 3,5 bilhões de euros por ano.
.

Outras ideias em análise incluem elevar o valor agregado banda fiscais em bares e restaurantes, que é atualmente de 10 por cento.
.

(Reportagem adicional de Gavin Jones e Steve Scherer e Lesley Wroughton em Washington; edição por David Stamp e Alessandra Rizzo)

UMA CAMBADA DE INVEJOSOS...MINISTRO DEVE TRANSPORTAR-SE NUM PÓ-PÓ DECENTE!!!

d.r.
O ministro Mota Soares deixa o Audi à chegada a uma cerimónia oficial na semana passada, no Hospital Amadora-Sintra