Translator

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

As capas dos jornais e as principais notícias de Quinta-feira, 1 de Dezembro de 2011.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

‘Manif’ à porta de Cavaco
D. Duarte: Contra fim do feriado
Sven-Göran Eriksson: Vai treinar o Botafogo
Alex Ferguson: Man. United eliminado
Leal da Costa: Gestores penalizados
Justiça: Mapa judiciário em 2012
Odemira: Adolescente atropelada

Capa do Público Público

Não perca a nova aplicação Ípsilon iPad - Edição de 25 Nov. GRÁTIS
Mais perto da informação. Mais perto de si. Assine o Público
Casos mediáticos despertam portugueses para a corrupção
Agência de rating Egan-Jones reduz nota da dívida francesa
Henrique Calisto é o novo treinador do Paços de Ferreira
Paulo Bento gera desacordo entre Carlos Marta e Fernando Gomes
Militares escrevem a Cavaco para que não promulgue Orçamento

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Histórias de despedidos pós-40 que tiveram futuro
Teerão volta ao jogo preferido
Vice da CGD viu a cara dos seus raptores
Alemão da greve já esteve preso três vezes
Datas podem continuar a ser assinaladas, mesmo em dia de trabalho, diz Artur Santos Silva
Militares marcaram mais protestos para Dezembro
Sindicato dos pilotos mantém greve de oito dias

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Firma da Galp e da Mota-Engil penhorada
Henrique Calisto treina o Paços de Ferreira
Site especializado em traição quer Ronaldinho como garoto-propaganda
Chave vencedora do Totoloto
Alessandra Ambrosio posa nua para livro de fotógrafo italiano
Passagem de limpa-neves nas obras do IP4 gera preocupação
Portal dos CTT vai permitir ver saldo das taxas de portagem

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

"Há riscos na execução do Orçamento"
Wall Street dispara 4% na melhor sessão em dois anos
Percorrer a autoestrada da Beira Interior vai custar 19,30€
Reditus regista prejuízos de 3,9 milhões até Setembro
Só TMN, Vodafone e Optimus ficam na corrida à quarta geração móvel
Accionistas devem ficar isentos de lançar OPA na recapitalização da banca
Pilotos da TAP mantêm greve

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

PCP acusa Passos Coelho de "desprezo" pela vida dos portugueses
Governo está a negociar com a troika solução para financiar as empresas públicas
"O que me preocuparia era se o ministro da Economia não estivesse a fazer reformas importantes"
Passos Coelho: "BCE tem que ter intervenção mais decidida"
João Cravinho: Scut não foram resultado de política irresponsável
Percorrer toda a auto-estrada da Beira Interior vai custar 19,30 euros
PSD elogia "sinceridade" do primeiro-ministro

Capa do Oje Oje

Edição impressa do OJE regressa a 5 de Dezembro
Goldwind investe 500 milhões em fábrica de turbinas eólicas em Portugal
Leilão da 4.ª geração móvel mantém encaixe de 372 milhões
Lisboa fecha em alta a ganhar 3,22% em sintonia com a Europa
Rehn pede implementação rápida das medidas anti-crise
Incubadora do Tâmega espera apoiar 70 tecnológicas em três anos
Condições dos empréstimos da troika "não são gravosas"

Capa do Destak Destak

Sporting de Braga nos 16 avos de final
We Trust quer ser mais do que a banda de um "hit" de Verão
Portugueses gastam cerca de 140 euros por ano em bacalhau, metade no final do ano
Estado encaixa 6 mil ME com transferência dos fundos de pensões
Leitura da sentença de adepto marcada para 12 de Dezembro
Fanfarlo antecipam novo álbum em Lisboa
Novo programa quer menos casos, menos mortes e zero discriminação

Capa do A Bola A Bola

José Mourinho é a inspiração de Tite
«Futebolista português é bem visto na Roménia» - Hugo Luz
«Quero deixar marca no Benfica» - Gaitán
Danilo custou 17,8 milhões
Vitória frente ao Zurique garante primeiro lugar
Edgar e Toscano formam a dupla mais valiosa da Liga
Nadal pondera não jogar Taça Davis no próximo ano

Capa do Record Record

Brito promete jogo de igual para igual
Marco Soares: «Voltar a jogar será como começar de novo»
Mário Alves: «Hulk pode resolver um jogo sozinho»
Edson Sitta decidido a regressar ao ativo
José Mota sabe como se ganha em Alvalade
Olympiacos goleia Doxa e aproxima-se do líder
Fim de ano decisivo para André Villas-Boas

Capa do O Jogo O Jogo

Leões vencem AMSAC (3-1)
Leonardo Jardim: "Tivemos felicidade"
Resultados da 5ª Jornada
Escândalo em Old Trafford: Man. United fora da Taça da Liga
Elisabete Jacinto vai lutar pela vitória no Africa Eco Race 2012
Hélder Rodrigues vai receber prémio de Campeão do Mundo
Portugueses tentam mínimos em Eindhoven e Atlanta

A CORJA,PRESENTE E A DATA DA RESTAURAÇÃO DE PORTUGAL




Eles, os da corja, desejam acabar com o feriado de 1 de Dezembro que faz lembrar aos portugueses a efeméride da Restauração de Portugal em 1 de Dezembro de 1640.
.
A corja certamente desconhece o valor do grande dia e de quando um grupo de bons portugueses terminaram com a administração dos castelhanos por 60 anos (1580-1640) cuja esta não foi conquistada mas sim dada de bandeja pelo “pulha” do Cardeal Dom Henrique.
.
A corja não sabe que o dano dessa administração foi trágica para Portugal que ainda hoje não foi curada. A nossa Armada uma das maiores do universo e a que deu ao mundo novos mundos foi-nos destruída pelos castelhanos.
.
A corja (onde enfio o comunista José Saramago) deve saber que de Castela nem bom vento nem melhor casamento!
.
A história, um dia, julgará a CORJA de reles gente.
José Martins


O PAULINHO DAS FEIRAS E DAS BEIJOCAS ÀS VELHAS VOTA EM TODAS AS CONVICÇÕES...PAU PARA TODA A COLHER!

Paulo Portas

por RTP actualizado às 10:02 - 30 novembro '11

CDS-PP vota com "convicção" Orçamento do Estado para 2012

publicado 09:44 30 novembro '11
CDS-PP vota com convicção Orçamento do Estado para 2012
Líder do CDS acredita no Orçamento que hoje será aprovado no Parlamento Manuel de Almeida/Lusa

O voto do CDS-PP no Orçamento do Estado para 2012 é feito com “convicção” perante um documento que mostra ser “difícil”. Quem o afirma é Paulo Portas que falou ainda de um orçamento que “tem de ser cumprido” e do qual nega ter estado ausente enquanto decorreu a sua discussão. Já esta madrugada e depois da reunião da comissão política nacional do CDS, o líder dos centristas saudou ainda o esforço de diálogo demonstrado pela maioria ao longo do debate que hoje chega ao fim com a votação final global do documento no Parlamento.

Paulo Portas voltou esta madrugada a pronunciar-se sobre o Orçamento do Estado para 2012 para considerar que o seu partido irá votar no dia de hoje na Assembleia da República "com convicção" e favoravelmente um documento "difícil", mas que "tem que ser cumprido".

No final da reunião da comissão política nacional do CDS, que decorreu na sede do partido, no largo do Caldas, em Lisboa, Paulo Portas explicou que a votação favorável e com convicção no Orçamento se deve ao facto de “Portugal ter sido levado a uma situação em que foi obrigado a pedir emprestado dinheiro para poder pagar salários e pensões e evitar uma rutura no sistema financeiro".

Para o líder dos centristas a aprovação deste orçamento, “que é difícil, mas tem que ser cumprido", é "um passo muito significativo" para "libertar" Portugal da "situação de dependência externa em que foi colocado".


Portas salienta ainda a forma como decorreu a discussão do orçamento e o diálogo que foi conseguido para que o documento fosse ao encontro de parte das reivindicações do PS.

"Antes não havia maioria absoluta, e portanto o diálogo era necessário, e havia pouco diálogo. Desta vez há uma maioria que é clara, que é estável, que é duradoura, mas o Governo e a maioria tiveram abertura para fazer gestos e tomar decisões e fazer propostas que iam encontro de temas que o principal partido da oposição tinha reclamado como mais importantes", sustentou.

Para o líder do CDS é importante salientar a "ética social na austeridade", contida no documento e que está patente, nomeadamente, no descongelamento das pensões mínimas.

Contra o país de piquetes e greves sistemáticas
Paulo Portas analisou ainda a situação do país e a imagem de Portugal depois de mais um dia de greve geral para expressar a opinião de que deseja um “país que trabalhe” e que seja analisado por isso e não como “o país dos piquetes e das greves sistemáticas”.

É nesse sentido que o líder dos centristas apelou a um "clima interno de diálogo", ao mesmo tempo que defendeu que o aumento das taxas liberatórias necessário para compensar a suavização dos cortes dos subsídios prova que "não havia margem" que permitisse evitar esses cortes.

"Portugal está numa situação muito difícil, é importante que o clima interno tenha diálogo e não crispação. É importante que o país trabalhe e aqueles que procurem trabalho o encontrem e não um país de piquetes e de greves sistemáticas", disse.

Portas sublinhou ainda que "o direito à greve está na Constituição e é um direito que deve ser respeito", mas "o direito à circulação também está na Constituição e deve ser respeitado. As pessoas que querem fazer greve devem ter direito a fazê-la e as pessoas querem trabalhar devem ter o direito de chegar ao trabalho a tempo e horas", esclareceu.

Para o presidente democrata-cristão, "para lá de todas as diferenças democráticas, no momento que Portugal atravessa, é importante que não haja excesso de crispação política, que não haja excesso de crispação social".

Daí que quando confrontado com as críticas do eurodeputado do PSD e antigo candidato à liderança social-democrata Paulo Rangel acerca da designada "diplomacia económica", Portas se tenha limitado a responder que "a crítica é livre".

SERVIÇO PÚBLICO DESTE BLOGUE



   Número de Documento: 13422658
   Lisboa, Portugal 30/11/2011 16:53 (LUSA)
   Temas: Diplomacia, Governo (sistema), emigrantes
   
     *** Serviço áudio disponível em www.lusa.pt ***

Consulados: Sindicato propõe despromoção de nove consulados em alternativa ao fecho de outros cinco postos

Lisboa, 30 nov (Lusa) - O sindicato dos trabalhadores consulares propôs ao ministro dos Negócios Estrangeiros a despromoção de nove consulados a vice-consulados em alternativa ao encerramento de cinco postos anunciado pelo governo, disse hoje à Lusa o secretário-geral do STCDE.
O governo anunciou o encerramento dos vice-consulados de Frankfurt e Osnabrück, na Alemanha, e Clermont-Ferrand, Nantes e o escritório consular de Lille, em França.
O sindicato apresentou como alternativa a estes encerramentos a passagem a vice-consulados dos postos na Cidade do Cabo (África do Sul), Hamburgo (Alemanha), Benguela (Angola), Belo Horizonte e Salvador (Brasil), Vancouver (Canadá), Sevilha (Espanha), New Bedford (Estados Unidos da América) e Beira (Moçambique).
A estrutura sindical defende ainda a manutenção de um vice-consulado em Andorra, onde o Governo decidiu encerrar a embaixada, deixando cerca de 13 mil portugueses sem qualquer serviço consular no principado.
Jorge Veludo, secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas (STCDE), explicou à agência Lusa que a escolha dos consulados a despromover se baseou na análise e comparação do número de atos consulares de registo e identificação civil (SIRIC), que no entender do sindicato, são os "mais fidedignos".
"Comparando estes vice-consulados e o escritório de Lille com uma série de consulados e consulados-gerais verifica-se que o número de atos destes postos que o governo quer encerrar é superior", disse Jorge Veludo, adiantando que alguns desses consulados ainda não têm o sistema SIRIC montado, precisamente por serem os que menos atos fazem.
Como exemplo, apontou a comparação entre o vice-consulado de Osnabrück e o consulado-geral em Hamburgo, na Alemanha.
"Osnabrück tem mais de 400 atos até 21 de novembro, altura em que fizemos a comparação, e Hamburgo nem 300 tem", disse.
De acordo com Jorge Veludo, com a despromoção dos nove consulados, seria atingido o mesmo ou maior nível de poupança do que com o encerramento previsto dos cinco postos.
"Os consulados e os consulados-gerais têm um titular da carreira diplomática que tem custos sensíveis sobretudo em estruturas pequenas. A inexistência de um cônsul ou de um vice-cônsul à frente do posto significava uma poupança bastante razoável", afirmou, lembrando que cada diplomata no estrangeiro custa entre 12 e 15 mil euros por mês.
O secretário-geral do STCDE considera ainda que poderão ser conseguidos ganhos com a agilização das estruturas, apontando mais uma vez o caso de Osnabrück, onde "três pessoas têm mais trabalho do que as oito de Hamburgo".
Jorge Veludo acredita que poderão ser ainda conseguidas poupanças com instalações, já que uma estrutura menor poderá funcionar em instalações mais pequenas.
“A nossa proposta não é encerrar, é desgraduar porque para efeito de comunidades portuguesas e para os funcionários é relativamente indiferente se se chama consulado-geral, consulado, vice-consulado ou agência consular. É preciso é que haja uma estrutura consular com competências e com pessoal para atender as necessidades das comunidades" rematou.
CFF
Lusa/Fim

PORTUGAL NA VERDADE EM TEMPO DE CRISE...!!!















 

E AS NOSSAS MAIS EFUSIVAS SAUDAÇÕES A NOTAS VERBAIS NESTE DIA DE AMOR PÁTRIO


Acabar com o feriado do 1.º de dezembro é anti-político, anti-diplomático e anti-salutar.

Letra & Música


Hino da Restauração (1640)

Portugueses celebremos

O dia da Redenção
Em que valentes guerreiros
Nos deram livre a Nação.

A Fé dos Campos de Ourique
Coragem deu e valor
Aos famosos de Quarenta
Que lutaram com ardor.

P'rá frente! P'rá frente!
Repetir saberemos
As proezas portuguesas.

Ávante! Ávante!
É voz que soará triunfal
Vá ávante mocidade de Portugal!
Vá ávante mocidade de Portugal!

MILAGRE DE UM PADRE NOSSO


M i l a g r e !
 
Uma solteirona descobre que uma amiga ficou grávida com apenas uma oração que fez na igreja de uma aldeia próxima..
 
Dias depois, a solteirona foi a essa igreja e disse ao padre:  - "Bom dia, padre."

- "Bom dia, minha filha. Em que posso ajudá-la?"

- "Sabe, padre, eu soube que uma amiga minha veio aqui há umas semanas atrás e ficou grávida só com uma Ave-Maria. É verdade, padre?"

- "Não, minha filha, não foi com uma Ave-Maria... Foi com um padre nosso... mas ele já foi transferido!"

CRISE: EIS OS CULPADOS NA VOZ DO POVO E CONTINUAMOS A LEVAR NA CORNETA!


 

PORRA, PORRA E PORRINHA QUE O MEU PAÍS ESTÁ A FICAR UM TERRITÓRIO DE MEDOS!

 

País

por © 2011 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Vice-presidente da CGD sequestrado e roubado em Lisboa

publicado 10:26 30 novembro '11

O vice-presidente da Caixa Geral de Depósitos e do BPN, Norberto Rosa, de 56 anos, foi sequestrado e roubado na terça-feira à noite em Lisboa, disse o próprio à agência Lusa.

Norberto Rosa explicou que foi assaltado para lhe retirarem os cartões de multibanco, sublinhando que não foi alvo de qualquer tipo de violência.
"Eu estou bem, não houve violência. Pediram-me os códigos dos cartões e eu dei. Ainda não sei o valor levantado mas devem ter feito o máximo permitido", disse o vice-presidente da CGD à Lusa, acrescentando que foram utilizados três cartões em duas caixas de multibanco.

O DIÁRIO DE UMA CINQUENTONA... VIDA MERDA QUE A SENHORA LEVA!


Mulheres... nunca estão satisfeitas, haja paciência, compreensão e, muita boa vontade, para tentar entendê-las... (rsrsrsrsrsrsrs)
DIA 1 
Celebramos hoje o 25º Aniversário de Casamento. Tentamos reviver a nossa lua-de-mel, mas ele não conseguiu...

DIA 2 
Hoje ele contou-me o seu grande segredo: Está impotente! Grande novidade... Ele, realmente pensa que eu ainda não sabia...
DIA 3 
Este casamento vai mal... Uma mulher tem seus direitos e suas necessidades...
DIA 4 
Estou entusiasmada... Li no jornal, que há uma nova droga no mercado, que pode resolver nosso problema. Chama-se Viagra.  Ele vai substituir o Prozac pelo Viagra, na esperança que levante algo mais do que só o entusiasmo... 

DIA 5 
Uma bênção dos céus!  

DIA 6 
A vida é maravilhosa! 
DIA 7 
Tenho de confessar: O Viagra tem sido muito bom! Nunca fui tão feliz!  
DIA 8 
Acho que ele exagerou na dose do Viagra neste fim de semana... Já  começo a ficar um pouco assada e dolorida nas partes baixas... 
DIA 9 
Não tenho tempo para escrever... Ele pode apanhar-me a qualquer hora... 
DIA 10 
O.k., admito, estou escondida! É que não há mulher que aguente  tanto!!! O que hei de fazer? Estou toda moída e esfolada... 
DIA 11
JÁ NÃO AGUENTO MAIS!!! É o mesmo que ir para a cama com uma  furadeira Black & Decker! Acordei, esta manhã, vestida com 2 calças  jeans e colada à cama!
DIA 12 
Quem me dera que ele fosse maricas...  Deixei de me maquilhar, tomar banho, escovar os dentes... Mas, mesmo assim, ele vem atrás de mim.  Até bocejar se transformou em perigo iminente!  
DIA 13 
Cada vez que fecho os olhos, lá vem mais um ataque... Vivo com um  míssil Scud colado ao rabo...! Já mal consigo andar... 
DIA 14 
Já fiz de tudo para ele me deixar em paz, mas não adianta... Até já me vesti como uma freira, mas ainda foi pior... Ele adorou....Socooooorro!!! 
DIA 15 
Vou acabar por matá-lo... São umas dores infernais quando me sento...  O cão e o gato fogem dele e os amigos nem se atrevem a aparecer cá em casa... 
DIA 16 
Hoje, sugeri-lhe que largasse o Viagra e voltasse a tomar o Prozac... ele quase me encheu de "trolha"!!! 
DIA 17 
Coloquei Prozac na caixa do Viagra, mas parece que não fez efeito... Lá vem ele outra vez, de gaita dura, a querer apanhar me a jeito!!! 
DIA 18 
GRAÇAS A DEUS!!!! O Prozac começou finalmente a fazer efeito!   O meu marido agora passa o dia inteiro sentado à frente da TV, com o controle remoto na mão, à espera de que eu lhe faça tudo... 


COMIDINHA, CERVEJINHA, FUTEBOL, FILMES, NOVELAS... 

Ah! que vida calma e maravilhosa....