Translator

sábado, 24 de dezembro de 2011

RECOMENDAÇÃO AO TURISTA ZÉ CESÁRIO À "PALA" E A CHULAR OS NOSSOS DINHEIRINHOS.

E espera-se que o Zé Cesário que não continue a “chular” (como antes) os nossos dinheirinhos) em viagens e acompanhado de uma gaja que até dizia sua adida de imprensa... Porta-te bem ó Zé porque te conheço de gingeira  e como um “chuleco”. .José Martins

 Governo garante presenças consulares em todo o mundo

publicado 17:43 23 dezembro '11
 
O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, garantiu que os funcionários do Ministério dos Negócios Estrangeiros vão passar a deslocar-se aos locais não cobertos pela rede consular em todo o mundo.
.
A presença consular "traduz-se, na prática, na deslocação de um funcionário do Ministério (dos Negócios Estrangeiros) que, num determinado local dessas cidades, vai atender as pessoas que necessitem de um ato administrativo ou de um ato consular", disse o governante à Agência Lusa mais de um mês após o Governo ter anunciado o encerramento de vários serviços consulares, o que mereceu protestos das respetivas comunidades.
.
"Estas permanências consulares vão realizar-se periodicamente. A periodicidade depende de caso para caso, porque não vai ser igual em todo lado. E vão passar a realizar-se em todo o mundo", afirmou.
.
José Cesário realizou uma viagem à Alemanha e à Holanda, entre quarta e quinta-feira, na qual manteve reuniões com diplomatas, conselhos consultivos de algumas áreas consulares e representantes das comunidades.

LEMBRANÇAS DE MENINO – “A NOTA DA MARECA”


Vão muitos anos e sem ser um”gajo” prodigioso tenho memória, presente, que bem me lembro de muitas passagens, na minha vida, pouco depois de passar os quatro anos de idade.
.
Sabido da febre da emigração europeia para os Estados Unidos, em busca da fortuna os portugueses não escaparem à regra e seguiram, em veleiros e depois em barcos a vapores enlatados como sardinhas gente dos meios rurais de todo o Portugal.
.
Não me vou aprofundar da tese do drama da emigração portuguesa para os sete continentes e apenas contar a história de uma nota, famosa na minha aldeia e se viria estender pelo distrito de Gouveia (Serra da Estrela).
.
Um casal, pertencente a minha família por parte de minha avó materna e de apelido Gomes, no principio do século XX emigraram para os Estados Unidos,
.
Por lá lhe nasceram dois filhos um rapaz e uma rapariga. Ela Emília Gomes (alcunhada pelo povo de minha aldeia a Emília Mareca) e ele um Pereira, natural de uma aldeia vizinha. Não fizeram fortuna, mas foram vivendo decentemente, nasceram-lhe dois filhos, nacionalizados americanos, educando-os e preparados para ganhar a vida.
.
A I Guerra Mundial não lhes teria feito mossa alguma, mas viria a recessão americana nos anos 30. Há pânico no Estados Estados e os emigrantes que conseguiram amealhar uns “cobres” há que colocá-lo a bom recato e a melhor forma é trocá-lo por outra moeda!.
.
O Hitler na década 30, não esqueceu a humilhação da derrota da Guerra de 1914 a 1918 e outra em vista, usurpar a Europa  chamá-la toda a si. A guerra é bem diferente daquela, paródia, do Raul Sonaldo, que servia para a época e os soldados despachados para África lhes levantava a moral e lhe extinguia algum medo.
.
Uma das armas de Hitler é a impressão de notas falsas e colocar seus agentes a distribui-las e vendendo-as ao preço da “uva mijona”. Há que lixar a economia de outros países, sacar-lhe o ouro dos cofres e em seguida agarrá-los, como os coelhos à mão.
.
O Hitler tinha sido enganado pelos judeus que viviam na Alemanha porque lhe prometeram, antes do ínico da II Guerra Mundial que economicamente estariam de seu lado. Nada disso viria acontecer. A Guera iniciou-se (clique Segunda Guerra Mundial - Wikipedia, la enciclopedia libre  ) e os judeus roeram a corda a Hitler, fugiram da Alemanha e Hitler faz-lhe uma persiguição tenaz e dizimima uns milhões em campos de concentração.
.
A Emília Gomes (a Mareca) e o marido o Senhor Pereira, compraram uns milhares de markos, alemães, falsos, a troco de dólares: metidos nas malas e juntas a outra bagagem seguem para Portugal.
.
Dos Estados Unidos, além de umas economias em dólares, há também uma reforma que lhes ía dando para viver, na minha aldeia e um pouco abaixo e ao lado direito de minha casa. 
.
O Senhor Pereira, fumavam que igual a um turco e escarravam, constantemente,  excremento das entranhas dos pulmões. Filho e filha nos Estados Unidos, para os ajudar lhes ia enviando, umas notas de dólares, por carta de correio.
 .
Uma manhã seguia eu a cavalo, entra as cangalhadas, do lombo da burra lá de casa e a pouco mais de 30 metros vejo o Senhor Pereira lá do cimo e do peitoral da varanda de granito atirar notas para a que não era estreita rua.
.
Estamos em 1939 e a II Guerra Mundial estoirou e o Senhor Pereira (a quem eu chamava Senhor Peleila, sabendo que aquela notas eram falsa e mesmo que não fossem nenhum banco lhas cambiaria por outras. 
.
Pequenito que era e com 4 quatro anitos que tinha de idade pedi lá do alto, no lombo da burra entre as cangalhas uma nota.
.
A nota da Mareca, ficou famosa e usava por uns “gajos” já piçudos mostrando-as, nas romarias celebradas por ali à volta às mocoilas, como se fossem uns tipos ricos.
.
Moral da História: Assim mais dia menos dia o Euro poderá vir a ser:  “NOTA DA MARECA”. O dinheiro não tem face!
José Martins

O QUE O GASPAR SABE JÁ A MIM ESQUECEU HÁ MUITO... O EURO VAI ENTRAR EM COLAPSO E MAIS MISÉRIA,NO FUTURO, ESPERAM OS PORTUGUESES!

E você acredita no Gaspar? Quem é quem o Gaspar? Me parece muito conhecido entre sua familía,,, De Gaspares na Política e enterrados no cemitério está o mundo cheio.

Vítor Gaspar desvalorizou eventual saída do euro

EU Breaking Up PREPARAÇÃO PARA A SEPARAÇÃO DO EURO - O QUE 
ACONTECE EM SEGUIDA?
 
Pressão está se formando na economia global. Quem vai piscar?
 
UE Breaking Up

Simplesmente registe-se já e receba nossa newsletter investimento diário gratuito - Correntes de moeda corrente - e nós vamos imediatamente e-mail que este Relatório Especial ... absolutamente LIVRE!

A maioria das pessoas estão novamente se tornando histericamente preocupada com o dólar dos EUA ainda acreditamos que eles podem estar se concentrando muita atenção neste lado da lagoa.

As chances de um rompimento do euro aumentaram tremendamente, mas o consenso parece pronto para escovar isso de lado, apesar do fato de que os riscos continuam a existir graves ..

Como você pode se preparar?

Temos abundância de detalhes dentro deste relatório: Preparando para uma cisão no Sistema Monetário Europeu

Este relatório LIVRE - além de um adendo mais recente - vai mostrar exatamente como entender as principais ameaças ... assim você terá uma compreensão muito melhor de os riscos para o euro.

Examinamos a estrutura desta moeda fiduciário "artificial" e por outra recessão na economia global poderia significar apagar as luzes para o euro.

     Motor da economia europeia é restringente e tem o potencial de repercutir em todo o continente

     Que pode ser o país da zona euro-primeiro a "dizer adeus" à moeda comum?

     O que acontece a seguir para a UEM?

Vamos deixá-lo com uma citação de um dos nossos economistas favoritos - Milton Friedman:

"Parece-me que a Europa, especialmente com a adição de mais países, está se tornando cada vez mais suscetíveis a choques assimétricos. Mais cedo ou mais tarde, quando a economia global enfrenta um obstáculo real, contradições internas da Europa vai rasgá-la. "
Obter o Relatório!
Para saber mais clique em baixo

    O MEU VERDADEIRO CONTO DE NATAL - 24.12.2011

    Ano de 1989 apareceu-me uma avezinha em Banguecoque e pediu-me auxílio para o orientar.  Pouco sabia dele e muito menos dos meandros politiqueiros.
    .

    .
    Por lá, em Lisboa movimentam-se, junto ao senhor Silva (que agora ocupa o Palácio de Belém) o Oliveira Costa, o Dias Loureiro, o Duarte Lima, a senhora ministra da Saúde Leonor Beleza e o Miguel Beleza, ministro das Finanças (gosto muito, verdade, do Miguel).  
    .
    O rapaz do capuchinho vermelho escuro e sem o conhecer, gordo, magro, barbudo ou de cara pelada, chegou-me às mãos como que caído do céu aos trambolhões. 
    .
    Como poderia eu conhecer o "maganão" se eu não vivia em Portugal e não, praticamente, conhecia gajo ou gaja envolvida na política e até, eu, julgava que os políticos eram gente de bem?  
    .
    Da política portuguesa apenas sabia: "O MÁRIO SOARES É FIXE!!!"
    .

    .
    Ora o rapaz, acima de bigodinho, alguém em Lisboa lhe tivera dito que eu José Martins era um "gajo" porreiro que o poderia ajudar na "Cidade dos Anjos". 
    .
    Ora, ora o rapaz de bigodinho (acima na imagem) vinha com ideias danadas para canalizar investidores asiáticos para Portugal. 
    .
    Ah boa ideia disse-lhe então... Fiquei eu José Martins, pecador me confesso, para lhe tratar da parte logistica lhe procurando um escritório para se instalar e, claro, seria para levar muitos investidores do Sudeste Asiático para arrear grossos cabedais na ex- capital do império
    .

    .
    Em Junho de 1990, depois de andar fugido, ao jornalista Paulo Portas e à falecida Ana Osório, do jornal Independente, corrido ceca e meca, apareceu o rapaz de capuchino, acima, barbudo, para o asilar e abriguei num apartamento cujo este a minha santa mulherzinha é proprietária por cerca de dois anos e tal.
    .
    Portas fervilhava, mentia no Independente em cima do paradeiro do rapaz do capuchinho.... 
    .
    Eu gozava à brava com o Paulo Portas a quem o rapaz do capuchinho o apelidada de Paulinho/Pauleta, era esta a vingança  ao Portas, porque este apelidou-o de Zé-Zé.
    .
    Este conto teria muitos pontos verdadeiros a acrescentar... 
    .
    Ficarão para depois... 
    .
    Acabei há pouco de consoar e necessito de uma boa digestão o que não sucederá se continuar o conto do vilão.
    José Martins
    .

    O MEU VERDADEIRO CONTO DE NATAL - 24.12.2011

    Ano de 1989 apareceu-me uma avezinha em Banguecoque e pediu-me auxílio para o orientar.  Pouco sabia dele e muito menos dos meandros politiqueiro.
    .
    Por lá em Lisboa movimentam-se, junto ao senhor Silva (que agora ocupa o Palácio de Belém) o Oliveira Costa, o Dias Loureiro, o Duarte Lima, a senhora ministra da Saúde Leonor Beleza e o Miguel Beleza, ministro das Finanças (gosto muito, verdade, do Miguel).  
    .
    O rapaz do capuchinho vermelho escuro e sem o conhecer, gordo, magro, barbudo ou de cara pelada, chegou-me às mãos como que caído do céu aos trambolhões. 
    .
    Como poderia eu conhecer o "maganão" se eu não vivia em Portugal e não, praticamente, conhecia gajo ou gaja envolvida na política e até, eu, julgava que os políticos eram gente de bem?  
    .
    Da política portuguesa apenas sabia: "O MÁRIO SOARES É FIXE!!!"
    .
    Ora o rapaz, acima de bigodinho, alguém em Lisboa lhe tivera dito que eu José Martins era um "gajo" porreiro que o poderia ajudar na "Cidade dos Anjos". 
    .
    Ora, ora o rapaz de bigodinho (acima na imagem) vinha com ideias danadas para canalizar investidores asiáticos para Portugal. 
    .
    Ah boa ideia disse-lhe então... Fiquei eu José Martins, pecador me confesso, para lhe tratar da parte logistica lhe procurando um escritório para se instalar e, claro, seria para levar muitos investidores do Sudeste Asiático para arrear grossos cabedais na capital do império
    .
    .
    Em Junho de 1990, depois de andar fugido, ao jornalista Paulo Portas e a falecida Ana Osório, do jornal Independente, corrido ceca e meca, apareceu o rapaz de capuchino, acima, barbudo, para o asilar e abriguei num apartamento cujo este a minha santa mulherzinha é proprietária por cerca de dois anos e tal.
    .
    Portas fervilhava, mentia no Independente em cima do paradeiro do rapaz do capuchinho.... 
    .
    Eu gozava à brava com o Paulo Portas a quem o rapaz do capuchino o apelidade de Paulinho/Pauleta, era esta a vingança  ao Paulo Portas, porque este apelidou-o de Zé-Zé.
    .
    Este conto teria muitos pontos verdadeiros a acrescentar... 
    .
    Ficarão para depois... 
    .
    Acabei há pouco de consoar e necessito de uma boa digestão o que não sucederá se continuar o conto do vilão.
    José Martins
    .

    QUANDO A CABEÇA DOS GOVERNANTES NÃO TEM JUIZO O "POVILÉU" É QUE AS PAGA!

    Mas "caganda" vôo picado do Pedro Reis do AICEP....
    Porra!!! Afinal a Diplomacia Económica funciona mesmo!!!
    P.S. - O velho António de Oliveira Salazar bem dizia: "cuidado com o perigo amarelo...!!!
    .
    Três Gargantas compra participação Portuguesa
    Atualização: 2011/12/24 07:44
    .

    Por Diao Ying (China Daily)

    Três Gargantas compra participação Português
     
    A Barragem das Três Gargantas nesta foto tirada em 08 de novembro. Operador da barragem, China Three Gorges Corp, comprou uma participação de 21 por cento do governo em Portugal é o maior produtor de energia. [Foto / China Daily]
    .
    PEQUIM - China Three Gorges Corp,  a maior hidroelétrica, comprou uma participação de 21 por cento da EDP do governo em Portugal é o maior produtor de energia.
    .
    É a primeira vez que uma grande empresa chinesa tem procurou participar a privatização do sul de países europeus em meio da crise do continente da dívida soberana.
    .
    China Três Gargantas (Three Gorges) é operador da maior barragem do mundo, vai gastar € 2690000000 (3510 milhões dólares americanos) para comprar a participação de 21,35 por cento da Energias de Portugal SA (EDP), de acordo com um comunicado no site da empresa chinesa nesta sexta-feira.
    .
    O acordo faz parte do plano do governo Português de austeridade. Portugal concordou em vender suas ações em empresas estatais depois de um resgate pela União Europeia e do Fundo Monetário Internacional. Venda de acções da EDP é o seu primeiro projeto de acordo com o acordo e o maior negócio no programa de austeridade.
    .
    O acordo, o primeiro de seu tipo para maior da China grupo de energia limpa, vai ajudar os planos do gerador de energia de expansão no exterior.
    .
    Agora, a empresa gigante, chinesa, tem projetos na Ásia e África, além de negócios em outros continentes subdesenvolvidos. Financiamento da empresa Português irá ajudá-lo a tocar para os setores de energia limpa na Europa e América Latina.
    .
    "A China Três Gargantes irá cooperar com a EDP no setor de energia limpa internacional", disse Cao Guangjing, presidente da empresa, em comunicado. "Através do alto ponto de partida da EDP, a empresa vai entrar nos mercados da Europa, América e Brasil", disse ele.
    .
    EDP ​​é o maior produtor de energia na União Europeia, e suas contas de receita anual de 9 por cento do PIB de Portugal. Ela tinha ativos totais de € 40490000000 no final de 2010, e fez um lucro líquido de € 1230000000 ano passado. É o principal gerador de energia no Brasil, tornando-o um alvo atraente para a China Três Gargantas para desenvolver seus negócios na América Latina.
    .
    O processo de licitação tem sido competitivo, disse a empresa. Licitantes rivais incluídos EON AG, o maior utilitário da Alemanha, e Centrais Elétricas Brasileiras SA, a maior empresa estatal no Brasil. China Tres Gargantas fez a maior oferta entre os licitantes, cerca de 5 por cento maior do que seus concorrentes mais próximos, de acordo com a declaração.
    ,
    Mais promoções podem seguir como enfraquecidas economias europeias procuram compradores para ajudar a resolver os dilemas da sua dívida. Theodoros Georgakelos, o embaixador grego para a China, afirmou que o programa de privatização de seu país oferece oportunidades de investidores em setores como turismo, energia limpa, biotecnologia e minas de minério.
    .
    Li Rongrong, o ex-presidente da estatal da China Assets Supervisão e da Comissão de Administração, disse que a economia fraca Europeia fornece oportunidades de investimento para empresas de manufatura mecânica na China.