Translator

terça-feira, 27 de novembro de 2012

"...NÃO TEM NINGUÉM DECENTE EM QUEM VOTAR"


Ora aqui está um corte na despesa do Estado ao nosso alcance.
Até porque muitos de nós,talvez a maioria, não tem ninguém decente em quem votar.