Translator

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2012.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Equipa atabalhoada com Bojinov vilão
Jardel e Bruno César saem ilesos de acidente
Albufeira: Motard parte perna em acidente (COM VÍDEO)
Homem preso com pedofilia
Miguel Costa Gomes: Multa de 24 milhões
Octávio Machado: Medalha de mérito
Vicente Moura: Levar Évora a Londres

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Anonymous desencadeiam "o maior ataque de sempre"
Presidente do Tribunal de Contas acredita em acordo na Madeira
Os segundos intercalares vão continuar a existir, por enquanto
Inter elimina Miguel Veloso da Taça de Itália
Pepe pede desculpa a Messi
Domingos sobre Bojinov: "Eu vi, eu vi..."

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Ator João de Carvalho suspende mandato de vereador
Questão de constituição
Governo continua a não revelar 192 nomeações
Apoio especial para casais desempregados só dura 6 meses
Francisco Leitão é suspeito em terceiro processo-crime
Há colégios a receber do Estado e a cobrar aos alunos
Famosos portugueses vítimas de um crime

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Bruno César e Jardel envolvidos em acidente automóvel
Aluno é o terror da escola aos 12 anos
Canadiana Sarah Burke morre nove dias após acidente de ski
Algas podem ser alternativa ao carvão e petróleo
Com o coração de Guimarães à flor da pele
Turismo com muitase boas expectativas
Há sempre lugar para mais um

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Madeira quer ficar com 100 milhões das receitas de privatizações
BCP chama accionistas para discutir entrada do Estado no banco
Subsídio de desemprego vai chegar a mais jovens mas por menos tempo
Regras para acumular subsídio com salário ficam para mais tarde
Apoio aos ‘recibos verdes’ limitado para já a alguns grupos
Perdão fiscal para os contribuintes começa hoje a ser aplicado
PS

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Privatização da REN chega ao dia D e pode ser um sucesso para o Estado
Falta de chuva faz disparar importação de electricidade
Governo mantém linhas da Carris que grupo de trabalho queria suprimir
Efeitos extraordinários penalizam banca
Prejuízos do ano passado aumentam necessidades de capital dos bancos
Merkel e Passos querem avançar com medidas que promovam o crescimento e o emprego
Insolvências pessoais superam as de empresas

Capa do Oje Oje

IVA de caixa negociado em Bruxelas
Remessas de emigrantes caem 22,8 milhões
Governo antecipa défice de 4% e saldo primário positivo em 2011
Bank of America volta aos ganhos com lucro de 1,99 mil milhões
África e Ásia impulsionam SABMiller
A caminho de Guimarães
Segredos judaicos no berço do descobridor do Brasil

Capa do Destak Destak

Segunda morte de gripe das aves este mês
Bolsa de Tóquio encerrou sessão em alta de 1,47%
5 mortos em queda de helicóptero de turismo
Cinco anos de prisão para antigo professor de música de Saddam por roubo e violência
Governo reconheceu oficialmente a Palestina
A UE sobreviverá e sairá fortalecida da crise -- Michel Barnier
Dissidente político morreu após greve de fome iniciada na prisão

Capa do A Bola A Bola

Cabañas volta a jogar futebol depois de levar tiro na cabeça
De Jong de saída do Manchester City
Guarín entre Juventus e Inter de Milão
Inter de Porto Alegre negoceia com Lucho Gonzalez
Alex Silva próximo do Santos
Camisola alternativa eleita a quinta mais bonita do mundo
Maicon faz a bola entrar na 'gaveta' (com vídeo)

Capa do Record Record

Carriço recupera braçadeira
O pior mês de janeiro na história do Sporting
Wilson Eduardo: «É claro que quero marcar outra vez ao Sporting»
Finalmente Samuel ainda sem ser oficial
Cajuda lança Obradovic
Lateral João Amorim é o primeiro reforço
Esgaio quer mostrar valor

Capa do O Jogo O Jogo

Jorge Casquilha: "Esperava um Sporting diferente"
Domingos desolado com novo empate
Nani aposta em Portugal para vencer Euro 2012
Inter afasta Génova da Taça
Valência bem-encaminhado para os quartos-de-final
Empate compromete aspirações leoninas
Luís Filipe Vieira: "Representação de Portugal em Londres fica mais pobre"

A CHINA A SENHORA DO MUNDO EM 2012 COM O ANO DO DRAÇÃO


CHINA CONQUISTA O MUNDO

In 'Hoje Macau'

O Ano do Dragão tem o seu início no dia 23. É o momento ideal para que o mundo possa meditar em que pé o "fogo" emanado da boca do "gigante" não irá de uma vez por todas atravessar as fronteiras da globalização e controlar todas as economias mundias. 
.
O dragão é forte, inteligente, poderoso e está apostado em mostrar ao mundo que a sua expansão é irreversível. 
.
Cuidado com o dragão, que ele não é para brincadeiras e as fronteiras já estão a arder, perdão, a pedinchar para que o dragão possa dar uma "ajuda"...



tags:
tags | partilhar

O RICARDO ARAÚJO PEREIRA E A VIDA DA MALTA PORTUGUESA

 Ricardo Araújo Pereira - Ponto da situação

Ponto da situação

Passos Coelho bem avisou que iria fazer cortes na despesa. Só não disse que era na nossa. A nossa despesa com alimentação, habitação e transportes está cada vez menor
.
Quinta, 15 de Setembro de 2011 (velho mas actual...)
.
Os portugueses vivem hoje num país nórdico: pagam impostos como no Norte da Europa; têm um nível de vida como no Norte de África. Como são um povo ao qual é difícil agradar, ainda se queixam. Sem razão, evidentemente.
.
A campanha eleitoral foi dominada por uma metáfora, digamos, dietética: o Estado era obeso e precisava de emagrecer. Chegava a ser difícil distinguir o tempo de antena do PSD de um anúncio da Herbalife. 
.
"Perca peso orçamental agora! Pergunte-me como!" O problema é que, ao que parece, um Estado gordo é caro, mas um Estado magro é caríssimo. Aqueles que acusavam o PSD de querer matar o Estado à fome enganaram-se. 
.
O PSD quer engordá-lo antes de o matar, como se faz com o porco. Ninguém compra um bácoro escanzelado, e quem se prepara para comprar o Estado também gosta mais de febra do que de osso.
.
Embora o nutricionismo financeiro seja difícil de compreender, parece-me que deixámos de ter um Estado obeso e passámos a ter um Estado bulímico. Pessoalmente, preferia o gordo. Comia bastante mas era bonacheirão e deixava-me o décimo terceiro mês (o atual décimo segundo mês e meio, ou os décimos terceiros quinze dias) em paz.
.
Enfim, será o preço a pagar por viver num país com 10 milhões de milionários. Talvez o leitor ainda não tenha reparado, mas este é um país de gente rica: cada português tem um banco e uma ilha. É certo que é o mesmo banco e a mesma ilha, mas são nossos. Todos os contribuintes são proprietários do BPN e da Madeira. Tal como sucede com todos os banqueiros proprietários de ilhas, fizemos uma escolha: estes são luxos caros e difíceis de sustentar. Todos os meses, trabalhamos para sustentar o banco e a ilha, e depois gastamos o dinheiro que sobra em coisas supérfluas, como a comida, a renda e a eletricidade.
.
Felizmente, o governo ajuda-nos a gerir o salário com inteligência. Pedro Passos Coelho bem avisou que iria fazer cortes na despesa. Só não disse que era na nossa, mas era previsível. A nossa despesa com alimentação, habitação e transportes está cada vez menor. Afinal, o orçamento gordo era o nosso. Agora está muito mais magro, elegante e saudável. Mais sobra para o banco e para a ilha.
.
Ler mais: http://aeiou.visao.pt/ponto-da-situacao=f622356#ixzz1jyBFcJX4


O MAU LÁPIS E O TRAÇO DO KAOS

A saúde está de partida

Uma associação francesa está em Portugal para recrutar todo o tipo de profissionais das áreas médica e paramédica. O objectivo é preencher vagas em instituições públicas e privadas francesas. Mais de 700 médicos e enfermeiros portugueses já se mostraram interessados em trabalhar em França onde estes profissionais poderão ganhar €3.900 mensais em França. (Um jovem diplomado, em Portugal, pode ganhar €2.000 brutos).
Segundo a Lusa, estão a decorrer, também em Lisboa, outros recrutamentos para profissionais de saúde, neste caso para o Norte da Europa.
Depois de a Jerónimo Martins ter aceite o desafio do Passos Coelho e ter feito emigrar a sua sede fiscal para a Holanda, é agora a vez dos médicos fazerem as malas e partirem. Se a isto juntarmos a quantidade de médicos que têm pedido a reforma antecipada para escapar às medidas de austeridade do governo sobre os pensionistas, quem ouviu o Paulo Macedo afirmar na véspera que espera cumprir com a promessa eleitoral de, no fim da legislatura, todos os portugueses terem um médico de família, tem de ficar desconfiado das palavras do Ministro.
Custa entender esta política de exportar os nossos jovens mais qualificados e em que Portugal investiu milhões de euros. É que mesmo estando Portugal condenado a transformar-se no INATEL da Europa, ainda há serviços qualificados que quem vier a banhos vai exigir. Não vai bastar termos sopeiras e homens do lixo e por este andar nem esses vão ficar por cá.

Passos de Coelho no Jardim do Alberto João

Quem no final vai acabar por se lixar? Os mesmos de sempre, os Madeirenses e os “Contenentais”. São sempre os povos que pagam a incompetência e a hipocrisia dos governantes que com ou sem crise acabam sempre mais gordos e mais ricos. Como muitos deles já têm dito, as crises são fornecem boas oportunidades.

ANDALUZIA: "A TERRA SONHADA POR ELES, OS ÁRABES E TALVEZ SONHEM COM O ALGARVE!!!


A TRADUÇÃO PARA O PORTUGUÊS SEGUE-DEPOIS DA PEÇA EM INGLÊS


E os políticos europeus vão cobardemente e sabujamente de cedência em cedência  até à derrota final...

"Andalusia Spring" Reclaiming "Occupied" Spain for Islam

Hudson New York 10 January 2012
.
By Soeren Kern
.
Controversies over Islam dominated the Christmas and New Year holidays in Spain this year.
.
These conflicts reflect the growing influence of Islam in Spain after mass immigration from Muslim countries. They are a harbinger of things to come, especially as the Muslim population in Spain is predicted to double within the next fifteen years.
.
Demography, not surprisingly, is a major topic of debate in Spain. Spanish newspapers, for example, reported that the first child born in Spain in 2012 was Fatima, whose parents are Muslim. According to one estimate, a whopping 75% of all the babies born in Spain on January 1, 2012 were born to immigrant parents, primarily from Morocco.
.
This trend is not a new: the first babies born in Spain in 2005, 2009 and 2011 were all born to Muslim parents. Since 1990, the Muslim population in Spain has risen from just 100,000 to an estimated 1.3 million in 2011. At the same time, native Spaniards are leaving Spain in droves. The economic crisis in Spain – nearly one in four Spaniards (five million in all) are unemployed – is spurring a mass exodus of native Spaniards, who are looking for work in other countries, such as Britain, Germany and the United States.
.
Demographers estimate that more than 150,000 native Spaniards left Spain in 2011, on top of 128,655 who left in 2010 and 102,432 who left in 2009. A total of 1.7 million Spaniards are now living abroad. With the economic turmoil set to intensify in 2012, emigration from Spain is expected to increase even further.
.
Islamists are also stepping up calls for an "Andalusia Spring" to reclaim "occupied" Spain for Islam, in the same way they believe they have the right to reclaim all of present day Israel, which had once been under the rule of the Ottoman Empire.
.
Andalusia, a region in southern Spain, derives its name from Al-Andalus, the Arabic name given to those parts of Spain, Portugal and France that were occupied by Muslim conquerors (also known as the Moors) from 711 to 1492.
.
Many Muslims believe -- based on the Islamic precept that all territories once occupied by Muslims must forever remain under Muslim domination -- that all territories they lost during the Christian Reconquista of Spain still belong to them, and that they have every right to return and establish their rule there.
.
According to an exposé by the Madrid-based business newspaper Intereconomía, Internet websites and online discussion forums frequented by Islamists and Jihadists have in recent months been brimming with calls for the Islamization of Spain.
.
The newspaper says Islamists are accusing Spain of "erasing" the country's Muslim history and are calling for Spain to be brought under Islamic Sharia law. They are also using Internet discussion forums and chat rooms to promote Muslim historical revisionism and sentimentalism in an effort to recruit followers, especially among the young.
.
WebIslam.com is one such Spanish-language website devoted to the recovery of Al-Andalus. A nostalgic essay entitled, "Al-Andalus is not a Paradise Lost, but a Paradise Present" states: "This is the civilization of Al-Andalus. This civilization is not a lost paradise, but a present paradise, present in all it says and does not say: We Muslims need to stop crying and begin reciting the poems of Abu al Baka Arandi. We must focus on the words: 'We will recover al-Andalus.'"
Other articles use emotional arguments to attract followers. A common theme is that of Muslims who, like many of the five generations of Palestinians whom their Arab brother promise will go back what is now Israel, retain "the keys to their ancestral homes" in Andalusia to which they "hope to return." Ironically, anti-Semitism still seems so deeply implanted and wide-spread among the Spanish, that they have trouble grasping this parallel.
.
WebIslam.com, in addition, promotes the idea that Muslims discovered America before Spanish Christians led by Christopher Columbus. According to one essay, "However much we want to believe that Christians discovered the Americas, it is obvious that Muslims were already there in the 12th, 13th and 14th centuries."
.
Meanwhile, Jamal Bin Ammar al-Ahmar, an "Andalus-Algerian" university professor who teaches at the Ferhat Abbas University in Sétif in northeastern Algeria, has been engaged in a three-year campaign to persuade Spanish King Juan Carlos to identify and condemn those who expelled the Muslims from Al-Andalus in the fifteenth century. Al-Ahmar is also demanding that the tens of thousands of the descendants of those Muslims expelled from Spain in 1492 be allowed to return there.
.
Al-Ahmar began his campaign in December 2008 with a letter addressed to Juan Carlos, which called for a "full legal and historical investigation of the war crimes that were perpetrated on the Muslim population of Andalusia by the French, English, European and papal crusaders, whose victims were our poor miserable people, after the collapse of Islamic rule in Andalusia."
.
The letter speaks of "the injustice inflicted on the Muslim population of Andalusia who are still suffering in the diaspora in exile since 1492."
.
Al-Ahmar wants the Spanish monarch to apologize "on behalf of his ancestors" and to assume "responsibility for the consequences" that this would entail. He says it is necessary "to identify criminals, to convict retroactively, while at the same time to identify and compensate victims for their calamities and restore their titles." This process would culminate with "a decree that allows immigrants return to their homes in Andalusia, and grant them full citizenship rights and restoration of all their properties."
.
In other news, Islamic Sharia law arrived in the Basque Country on Christmas Eve when a Chechen immigrant attacked his 24-year-old son-in-law, a Christian, for marrying his 19-year-old daughter, a Muslim.
.
According to the victim, who goes by the fictitious name Julián Gómez because of the Islamic "death sentence" against him, "My father-in-law wants to kill me so that he can regain his honor because I am a Christian and I married his Muslim daughter. According to him, his daughter should only have married a Chechen Muslim."
.
The daughter says, "this seems like it is a horror movie, but it is not. I have no doubts that my father is capable of killing my husband to get what he wants. And what he wants is to send me to Chechnya. All my father wants is that we know our native language and focus on our Chechen culture and religion. But I am Spanish. I was five years old when I arrived here. This cannot be."
.
Back in Madrid, one of the first public acts of Spain's new conservative Prime Minister Mariano Rajoy was to name a Muslim, for the first time ever, as the government's delegate to Spain's North African enclave of Melilla.
.
The Mediterranean enclaves of Ceuta and Melilla – which together occupy 30 square kilometers and are home to about 120,000 mainly Spanish residents – have been ruled by Spain for more than 500 years. Morocco views the Spanish presence as an "occupation" and claims sovereignty, but Madrid insists it will not relinquish control of either place.
.
In a highly controversial move, Rajoy hopes that by sending Abdelmalik El Barkani to Melilla, he can appease the anger of the Moroccan King, Mohammed VI, who is still fuming over the visit of Spanish King Juan Carlos to the territories in November 2007.
.
Spanish intelligence agencies are worried that the new Islamist government in Morocco may attempt to incite Moroccan immigrants in Spain to organize demonstrations and riots, to force Rajoy to resolve a series of longstanding disputes between the two countries.
.
In early December, some 3,000 Moroccans took to the streets in the industrial city of Terrassa to protest recent cuts in social welfare benefits. The size and spontaneity of the demonstration caught local officials by surprise; they had been expecting no more than 300 demonstrators.
.
Lastly, politicians in Madrid marked the Christmas holidays by inaugurating a major new exhibition to commemorate the 1,300th anniversary of the Arab invasion of Spain. The exhibition, "711: Archaeology and History Between Two Worlds," is being held at the Regional Archaeological Museum in Alcalá de Henares until April 1, 2012.
.
According to Esperanza Aguirre, the president of the Autonomous Community of Madrid, "the exposition is the only one organized in Spain to commemorate a date as relevant as the Muslim invasion, one of the most thrilling moments in the history of Spain."
.
Soeren Kern is Senior Fellow for Transatlantic Relations at the Madrid-based Grupo de Estudios Estratégicos / Strategic Studies Group. Follow him on Facebook.

 .
E OS Políticos Europeus Vão cobardemente e sabujamente de cedência los cedência comeu uma derrota final ...
.
"Andaluzia Primavera" Reclaiming "Ocupados" Espanha para o Islã
Hudson New York 10 de janeiro de 2012
Por Soeren Kern
.
Controvérsias sobre o Islã dominou o Natal e o Ano Novo na Espanha este ano.
.
Estes conflitos refletem a crescente influência do Islã na Espanha, após a imigração em massa de países muçulmanos. Eles são um prenúncio do que está por vir, especialmente porque a população muçulmana na Espanha está prevista para dobrar dentro dos próximos 15 anos.
.
Demografia, não surpreendentemente, é um importante tópico de debate na Espanha. Os jornais espanhóis, por exemplo, informaram que a primeira criança nascida em Espanha, em 2012 foi de nome Fátima, cujos pais são muçulmanos.
.
De acordo com uma estimativa, 75% e gritante de todos os bebês nascidos em Espanha em 01 de janeiro de 2012 nasceram de pais imigrantes, principalmente do Marrocos.
Esta tendência não é  nova: o primeiro bebé nascido na Espanha em 2005, 2009 e 2011 foram todas nascidas de pais muçulmanos.
.
Desde 1990, a população muçulmana na Espanha subiu de 100.000 para apenas um 1,3 milhões estimados em 2011. Ao mesmo tempo, os espanhóis nativos estão deixando a Espanha em massa. A crise econômica na Espanha - quase um em cada quatro espanhóis (cinco milhões no total) estão desempregados - é estimular um êxodo em massa de espanhóis nativos, que estão à procura de trabalho em outros países, como Grã-Bretanha, Alemanha e Estados Unidos.
.
Demógrafos estimam que mais de 150 mil espanhóis nativos deixaram a Espanha em 2011, em cima de 128.655 que deixou em 2010 e que deixou 102.432 em 2009. Um total de 1,7 milhões de espanhóis estão agora a viver no exterior.
.
Com a turbulência econômica definida para intensificar em 2012, a emigração a partir de Espanha deverá aumentar ainda mais.
.
Os islamistas estão também a reforçar a chama de uma "Primavera Andaluzia" para recuperar "ocupada" por Espanha e voltar para o Islão, da mesma forma que eles acreditam ter o direito de reclamar todo o atual Israel, que tinha sido uma vez sob o domínio do Império Otomano .
.
Andaluzia, uma região no sul da Espanha, deriva seu nome de Al-Andalus, o nome árabe dado às partes da Espanha, Portugal e França, que foram ocupadas pelos conquistadores muçulmanos (também conhecido como os mouros) 711-1492.
.
Muitos muçulmanos acreditam que - com base no preceito islâmico que todos os territórios antes ocupados pelos muçulmanos devem permanecer para sempre sob o domínio muçulmano - que todos os territórios que perdeu durante a reconquista cristã da Espanha ainda pertencem a eles, e que eles têm todo o direito de retorno e estabelecer o seu domínio lá.
.
De acordo com uma alocução do Madrid de negócios baseadas em jornal Intereconomía, sites Internet e fóruns de discussão on-line frequentados por islamistas e jihadistas têm nos últimos meses foram cheios de chamadas para a islamização da Espanha.
.
O jornal diz que os islamitas estão acusando a Espanha de "apagar" a história muçulmana do país e está chamando para a Espanha para ser trazido sob a lei islâmica Sharia.
.
Eles também estão usando fóruns de discussão na Internet e salas de chat para promover o revisionismo histórico muçulmano e sentimentalismo em um esforço para recrutar seguidores, especialmente entre os jovens.
.
WebIslam.com é um website em espanhol tais dedicado à recuperação de Al-Andalus. Um ensaio nostálgico, intitulado "Al-Andalus não é um paraíso perdido, mas um paraíso Present", afirma. "Esta é a civilização do Al-Andalus Esta civilização não é um paraíso perdido, mas um paraíso presente, presente em tudo o que diz e não dizer: Nós, muçulmanos, precisam parar de chorar e começar a recitar os poemas de Abu Arandi Baka al Temos de nos concentrar nas palavras: ".. Vamos recuperar al-Andalus"
.
Outros artigos usar argumentos emocionais para atrair seguidores. Um tema comum é a de muçulmanos que, como muitas das cinco gerações de palestinos a quem a promessa irmão árabe vai voltar o que hoje é Israel, reter "as chaves de suas casas ancestrais" na Andaluzia a que "a esperança de voltar." Ironicamente, o anti-semitismo ainda parece tão profundamente implantada e difundida entre os espanhóis, que têm dificuldade em compreender esse paralelo.
.
WebIslam.com, além disso, promove a idéia de que os muçulmanos descobriu a América antes de os cristãos espanhóis liderados por Christopher Columbus. De acordo com um ensaio, "Por mais que queremos acreditar que os cristãos descobriu as Américas, é óbvio que os muçulmanos já estavam lá nos séculos 12, 13 e 14."
.
Enquanto isso, Jamal Bin Ammar al-Ahmar, um "Andalus-argelino" professor universitário que leciona na Universidade Ferhat Abbas, em Sétif, no nordeste da Argélia, tem se empenhado em uma campanha de três anos para convencer os espanhóis Rei Juan Carlos para identificar e condenar aqueles que expulsou os muçulmanos de Al-Andalus, no século XV.
.
Al-Ahmar também está exigindo que as dezenas de milhares de descendentes daqueles muçulmanos expulsos da Espanha em 1492 ser autorizados a voltar para lá.
Al-Ahmar começou sua campanha em dezembro de 2008 com uma carta endereçada a Juan Carlos, que pediu uma "investigação completa legal e histórica dos crimes de guerra que foram perpetrados contra a população muçulmana da Andaluzia pelos cruzados Francês, Inglês, Europeu e papal , cujas vítimas eram nossos pobres miseráveis, após o colapso do governo islâmico na Andaluzia. "
.
A letra fala de "a injustiça infligida a população muçulmana da Andaluzia que ainda estão sofrendo na diáspora no exílio desde 1492."
Al-Ahmar quer que o monarca espanhol a pedir desculpas "em nome de seus antepassados" e assumir "a responsabilidade pelas consequências" que isso acarretaria.
.
Ele diz que é necessário "para identificar criminosos, para condenar a posteriori, enquanto ao mesmo tempo para identificar e compensar as vítimas de suas calamidades e restaurar seus títulos." Este processo culminaria com "um decreto que permite aos imigrantes voltar para suas casas na Andaluzia, e conceder-lhes plenos direitos de cidadania e restauração de todas as suas propriedades."
.
Em outras notícias, a lei islâmica Sharia chegou ao País Basco na véspera de Natal, quando um imigrante chechenos atacaram seu genro-24-year-old, um cristão, para se casar com sua filha de 19 anos, um muçulmano.
.
De acordo com a vítima, que atende pelo nome fictício Julián Gómez, devido à "sentença de morte" islâmica contra ele: "Meu pai-de-lei quer me matar para que ele possa recuperar a honra, porque eu sou cristão e eu nos casamos sua filha muçulmana.
.
Segundo ele, sua filha só deve ter se casado com um muçulmano checheno. "
A filha diz: "isso parece que é um filme de terror, mas não é. Não tenho dúvidas de que meu pai é capaz de matar o meu marido para conseguir o que quer.
.
E o que ele quer é me mandar para a Chechênia. All meu pai quer é que sabemos que a nossa língua nativa e se concentrar em nossa cultura chechena e religião. Mas eu sou espanhol. eu tinha cinco anos quando aqui cheguei.
.
Isso não pode ser. "
De volta a Madrid, um dos primeiros atos públicos de novos conservadores da Espanha o primeiro-ministro Mariano Rajoy foi nomear um muçulmano, para a primeira vez, como delegado do governo de enclave do Norte Africano da Espanha de Melilla.
.
Os enclaves Mediterrâneo de Ceuta e Melilla - que, juntos, ocupam 30 quilômetros quadrados e são o lar de cerca de 120.000 residentes, principalmente Espanhol - tem sido governado por Espanha, para mais de 500 anos. Marrocos vista a presença do espanhol como uma "ocupação" e da soberania reivindicações, mas Madrid insiste que não vai abrir mão do controle de qualquer lugar.
.
Em um movimento altamente controverso, Rajoy espera que através do envio de Abdelmalik El Barkani para Melilla, ele pode apaziguar a ira do rei marroquino, Mohammed VI, que ainda está fumegando sobre a visita do rei espanhol Juan Carlos aos territórios em novembro de 2007.
.
Agências de inteligência espanhol estão preocupados que o novo governo islâmico no Marrocos pode tentar incitar imigrantes marroquinos na Espanha para organizar manifestações e motins, para forçar Rajoy para resolver uma série de disputas de longa data entre os dois países.
.
No início de dezembro, cerca de 3.000 marroquinos foram às ruas na cidade industrial de Terrassa para protestar contra recentes cortes nos benefícios de bem-estar social. O tamanho ea espontaneidade da manifestação pegou de surpresa as autoridades locais, pois eles esperavam há mais de 300 manifestantes.
.
Por último, os políticos em Madrid marcou o feriado de Natal com a inauguração de uma grande exposição nova para comemorar o aniversário º 1300 da invasão árabe da Espanha. A exposição, "711: Arqueologia e História Between Two Worlds", está sendo realizada no Museu Regional de Arqueologia, em Alcalá de Henares, até 01 de abril de 2012.
.
De acordo com Esperanza Aguirre, o presidente da Comunidade Autónoma de Madrid, "a exposição é o único organizado em Espanha, para comemorar uma data tão relevante como a invasão muçulmana, um dos momentos mais emocionantes da história da Espanha".
.
Soeren Kern é Senior Fellow para as relações transatlânticas no Madrid baseada Grupo de Estudos Estratégicos / Grupo de Estudos Estratégicos.
Siga-o no Facebook.

EÇA DE QUEIROZ: "PORTUGAL NÃO È UM PAÍS, É UM SÍTIO! AINDA POR CIMA, MUITO MAL FREQUENTADO!!!"

"Portugal não é um País, é um sítio! Ainda por cima, muito mal frequentado!!!"
Eça de Queiroz



OTELO - DE NÓS: "NÃO UM GOLPE SEM DOIS...SÓ QUE AGORA ´OS OTÁRIO´SERÃO OUTROS ENGANADOS"



quarta-feira, 18 de Janeiro de 2012 | 20:44
 

Otelo: Desagrado da população pode conduzir a golpe de Estado

.
Otelo Saraiva de Carvalho insistiu hoje que o desagrado popular pode conduzir a um golpe de Estado pelos militares, mas, reconhecendo não haver condições 
 para isso, admite que dependerá dos efeitos da nova lei geral do trabalho.
.
Durante uma cerimónia de homenagem promovida pela autarquia de Castelo de Paiva e pela Associação de Combatentes do Ultramar Português, o militar de Abril manteve o sentido das declarações proferidas em novembro, que motivaram um inquérito do Ministério Público: «Mesmo em democracia, quando são ultrapassados determinados limites, as Forças Armadas têm por dever derrubar o governo, se ele entrou num estado ditatorial, que provoca um sofrimento enorme ao País».
 .
Apesar de não ver reunidas as condições para um golpe de Estado, «pelo menos por enquanto», o coronel acrescentou que «tem que haver consciência nos militares, que, representando o último bastião do Poder em armas, (...) têm a obrigação moral de defender os interesses do povo».
.
Fonte: "Diário Digital . A grafia é da responsabilidade deste blogue

E OS RATOS VÃO PEGAR O SENHOR SILVA DE BOLIQUEIMA....


Cavaco Silva, seu incompetente, veja este video, o fim se aproxima rápidamente - os ratos vão te pegar !!!!!

É claro que esta metáfora indica que os ratinhos indefesos, somos nós os portugueses !!!
.
Mas tenho a certeza que um dia seremos lobos de facas bem afiadas para o ajuste de contas.
.
Goze bem os 300 mil euros que sacou do BPN .............................................

E ASSIM O "GAJINHO" QUE NOS LEVOU AO PONTO ONDE ESTAMOS, PARECE QUE QUER VOLTAR A GOVERNOS....

E ninguém, mandou a democracia colher urtigas e lhe chegou a roupa ao pelo nestas idas e vindas de Lisboa a Paris...

Uma massada
Segundo o Correio da Manhã de hoje, José Sócrates anda por aí. "De visita a Lisboa, José Sócrates que se encontra a viver em paris. almoçou ontem com o seu ex-ministro da Justiça Alberto Costa".
.
Esses dois indivíduos, um deles da maçonaria, foram os responsáveis pelo maior ataque à Justiça que Portugal viveu nas últimas décadas. 
.
Um ataque que começou no discurso de tomada de posse como governante, em 2005 e se prolongou por meia dúzia de anos, ininterrupta e desavergonhadamente.

Ainda ninguém o abordou para lhe perguntar como é que ganha a vida. Ninguém parece interessado em saber se afinal anda em Filosofia " a estudar", ou noutro curso qualquer. 
.
Ainda ninguém sentiu necessidade de o confrontar com a realidade que todos entendem: como é que alguém que vende cabritos justifica a ausência de cabras. Ontem parece que almoçou massada. Uma maçada.
.A propósito desta gente que nos desgovernou, hoje o Correio da Manhã revela que outro mação, José Magalhães, da mesma roda, andou a remodelar o gabinete que ocupava no ministério da Justiça, como se fosse a sua casa. 
.
Milhares de euros à custa de todos nós, sem o mínimo pingo de vergonha. 
.
Numa altura de gravíssima crise económica anunciada, gastou milhares e ainda tem a desfaçatez de escrever no Facebook que foi uma pechincha ( "um custo minúsculo") de 62 mil euros.
.
Como a casa era do Estado e não dele ou da mulher, como a que foi demolida na Arrábida por imposição do Ministério Público , o gasto é sempre minúsculo. 
.
Provavelmente, a tal casa demolida que valia apenas um pouco mais, também foi uma despesa minúscula...


OS GRANDES FILHOS DE PUTA CÁ DO NOSSO JARDIM PLANTADO À BEIRA MAR

Estes até vendiam a mãe


.
A participação de capitais angolanos em empresas portuguesas de comunicação social é normal e decorre de Portugal ter uma economia aberta, disse hoje em Luanda Miguel Relvas, ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares português.
.
Venderam a EDP ao democrata  Partido Comunista Chinês e agora vão pojar-se aos pé do honesto e democrata José Eduardo dos Santos para lhes venderem o Canal um da nossa televisão pública. Valores como a liberdade, justiça, direitos humanos, corrupção são palavras proscritas nos negócios do governo mais liberal e capitalista que existiu em Portugal.
.
Como bem diz o Ministro somos uma economia aberta o que quer dizer que tudo está à venda, das nossas empresas à própria soberania do país . 
.
Mas não é só por cá, muitos outros países europeus estão a ser atirados para a bancarrota para poderem ser comprados pelos “mercados” em época de saldos. 
.
O que se está a passar é um assalto, um roubo consentido pelos nossos impotentes e incompetentes governantes. 
.
Se ainda somos um país, se ainda temos uma história, uma cultura e uma identidade tudo isso não pode ser assim desbaratado e destruído por hipócritas vendilhões do templo. Há coisas que não se vendem nem têm preço.

QUE ESTRANHO....SERIA ATACADO O BLOGUE DE ANTUNES FERREIRA?

Clique e depois veja... Sumiu-se um blogue de excelência
- *Cá vamos nós* *Antunes Ferreira* Estamos a aquecer os motores e vamos para a pole position. Daqui a uma dia estaremos a voar para Frankfurt onde dormiremo...
1 day ago

A SENTENÇA DO BAR DO ALCIDES: "ISALTINO DE MORAIS JÁ GRELHADO"

Isaltino de Morais: PRISÃO JÁ!






Portugal e os Portugueses EXIGEM a IMEDIATA PRISÃO do Sr. Isaltino de Morais!

Afinal a quem APROVEITA esta "MERDA" DE JUSTIÇA EM PORTUGAL?
* Aos POLÍTICOS CORRUPTOS!

* Aos POLÍTICOS VIGARISTAS!

* Aos POLÍTICOS LADRÕES!

* Aos POLÍTICOS TRAFICANTES DE INFLUÊNCIAS!


ACABE-SE POIS IMEDIATAMENTE COM ESTA SITUAÇÃO!!!

*ACUSAMOS A MAGISTRATURA NO SEU GERAL!


* ACUSAMOS A PROCURADORIA-GERAL DA REPÚBLICA!


*
ACUSAMOS O SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA!

*
ACUSAMOS O CONSELHO SUPERIOR DE MAGISTRATURA!

*ACUSAMOS A MINISTRA DA JUSTIÇA!


*ACUSAMOS O GOVERNO PORTUGUÊS!

*ACUSAMOS O PRESIDENTE DA REPÚBLICA PORTUGUESA!
0 comentários