Translator

segunda-feira, 19 de março de 2012

MULHERES DA VIDA E SEUS FILHOS TAXISTAS

Estaleiros de Viana – Mais um roubo à vista


O Estado português, há muito está a braços com um problema insolúvel. Um poço sem fundo onde caem milhões de euros dos contribuintes. Um caso sem remédio, a que não podem valer nem encomendas, nem promessas. 
Pelo menos é este o discurso oficial que pinta os Estaleiros Navais de Viana do Castelo como um pesadelo de que os contribuintes portuguese se devem livrar a todo o custo, pese embora a inabalável motivação dos trabalhadores daquela grande empresa.
Agora, Aguiar Branco, essa espécie de senhor saído de um folheto da “Remax”... e que por estes dias faz de ministro da Defesa, vem dizer que os Estaleiros vão ser “reprivatizados” na totalidade. Garante ainda que há muitos interessados, nacionais e estrangeiros.
Vai uma aposta, que depois da negociata feita, desata a chover encomendas e lucros fantásticos? Vai uma aposta, que o Estado ainda vai ter que entrar com algum, como faz no BPN, para os beneméritos capitalistas fazerem o grande sacrifício de nos ficar com aquilo? Vai uma aposta, que o miserável sapo se vai transformar num príncipe, assim que receber o beijo do capital privado?
Razão tem quem chama a isto um «crime contra a economia nacional»! Razão tenho eu... que junto a isso uma extensa lista de adjectivos tão “substantivos”, que acho melhor nem os escrever aqui. Vocês sabem!
.
Fonte: Cantigueiro

AS DESGRAÇAS DO ANÍBAL TAMBÉM CONHECIDO PELO SR.SILVA DE BOLIQUEIME

As Presidências abertas aos olhos do “Arrebenta”

Chegado a Lisboa mas sem tempo para fazer novos bonecos aqui deixo um que me foi pedido pelo meu amigo “Arrebenta“, há muitos anos o autor dos melhores  textos da blogosfera. 
Cavaco Silva: Das presidências abertas às presidências completamente fechadas  
Quando Garibaldi teve aquelas pretensões de unificar a Itália, para que Berlusconi, quase século e meio depois,  já a encontrasse unificada, embrutecida e putificada, Sua Santidade Pio IX, um dos papas mais estúpidos, ignorantes e reaccionários, de toda a longa história de crimes da ICAR (hoje declarado “Santo” (!) pelo pedófilo nazi, Ratzinger), declarou-se “prisioneiro” do Vaticano, situação de que, para aqueles que gostam de História, só o Tratado de Latrão, assinado entre a Santa Sé e os Papas-Reis dos Estados Pontifícios, os libertou, entregando, doravante, na situação de monarca absoluto, o Vaticano, S. Pedro, uns jardins e sanitários anexos, onde a Guarda Suíça, durante dia e noite, se entrega a atos contra a natureza, e Castel Gandolfo, uma quinta destinada a repousos e retiros pedófilos, como a Casa de Elvas, onde Carlos Cruz nunca esteve, mas só costumava ir.
Toda a gente sabe que os abismos que separam Itália de Portugal, para lá dos milénios de Civilização, e de Neanderthal nunca ter escolhido o ninho de Leonardo, Rafael e Dante, para a sua postura fora de época, são flagrantes, ao ponto de toda a Europa culta sentir alguma vez, a necessidade de fazer a “Viagem a Itália”, e, só com o cinto já muito apertado, a viagem a Portugal, excepto em caso de absoluta necessidade, ou para ajustes de contas familiares, como os McCann, que não sabiam onde livrar-se da sua Maddie.

Portugal, curiosamente, tornou-se agora muito Italiano, ou, melhor, mesmo muito pontifício, com um “Presidente” que se encontra tecnicamente prisioneiro dos Jardins do Palácio de Belém, com algumas escapadelas para a Quinta da Coelha, ou idas à campa do Cavaco pai, a Boliqueime, terra que até produziu duas aberrações, uma, na política, e outra, na Língua, a Lídia Jorge, que chegou ao estrelato por não saber escrever, mas levar porrada do Capitão de Abril que lhe pacobandeirava a boca da servidão, mas é melhor eu não me esticar muito sobre isso, não vá a Escandinávia nobélizá-la, para mais uma vergonha nossa.

Voltando ao tema, o Sr. Aníbal, cuja senilidade é uma verdadeira preocupação para os notáveis conselheiros que o cercam, e, sobretudo, a equipa clínica do Doutor Lobo Antunes, que já lhe introduziu um chip no cóccix, para saber, por GPS, com uma aproximação de 1 metro, se Sua Excelência está a conseguir circular regularmente, de sala em sala, sem se borrar pelas pernas (abaixo), apesar daquela casa de banho intermédia, que já teve de ser incrustada no Palácio, não tenha ele uma daquelas aflições que o poderiam levar ao estádio do fraldário presidenciado avançado.
Ora, dado o estado de penúria da Nação, e o avançado estado de degradação do seu Supremo Magistrado, é sabido que o orçamento da Casa Presidencial dificilmente suportaria a construção de retretes de metro a metro, não fosse o Palácio de Belém começar, penosamente, a assemelhar-se à Fundação Amélia das Marmitas.
Decidiram, então, os Doutores que era melhor, mal por mal, pôr a carcaça do Sr. Aníbal a arejar de vez em quando, com o pretexto de a sua Maria, de Centro Esquerda ir inaugurando presépios, ao logo do Portugal dos Pequeninos, sob a tutela do Anísio, ou Anaísio, ou lá como é que o gajo se chama, que, quando não está nisto, anda a apanhar no cu com um ar de compungido, mas isso seria um mero escólio deste texto, e não é para hoje, que o tempo é grave.

O Sr. Cavaco Silva, prisioneiro da sua senilidade, das insustentáveis intervenções públicas, que puseram em causa a magistratura que exerce, ao ponto de os Militares, enquanto garantia da Soberania Nacional, estarem à beira de ter de intervir, e substituir a III pela IV República, pela obscena repetição de um Américo Thomaz, mas incapaz de despertar qualquer humor ou anedota.

Matematicamente, o fenómeno Cavaco Silva, se alguma coisa essas criaturas pardas, que nós pagamos para manterem de pé um cadáver, percebessem de Matemática, já entrou na fase irredutível da Catástrofe da Cúspide, de René Thom, ou, para os apreciadores de Engenharia dos Materiais, de acordo com a Lei de Hook, o Aleijão de Boliqueime já passou da fase elástica para a fase plástica, ou seja, já não é preciso mais nenhum esforço de tensão, para que se deforme e afunde, por si mesmo: basta, agora, sociologicamente falando, que apareça, ou tente aparecer, em público, para imediatamente se desencadearem imprevistas reacções sociais, como iremos assistir, nos tempos breves que nos separam do fim da coisa.

Em Democracia é insustentável que exista um Presidente que está impedido de sair à rua, pelo que o colapso da situação, que, a mim, indefectível inimigo da criatura que gangrenou o Regime e destruiu económica e financeiramente Portugal, já tem uma ampulheta a correr, variando as apostas sobre o tempo, mas sendo todas coincidentes na sua iminência, está a dar particular prazer.

Para os que são de memória curta, o gasolineiro filho foi o único primeiro ministro de Portugal que se enfiou dentro de uma viatura blindada, ato de pavor e cobardia, a quem nem Salazar, que muito mais teria, pelas evidências, a temer. A Maria, pelo seu lado, mal o aborto conjugal se tornou primeiro ministro de Portugal, mandou pôr vidro à prova de bala, nas miseráveis salas de aulas que frequentava na Católica, nas raras vezes que lá, nos intervalos das faltas, como se alguém se desse ao trabalho de desperdiçar uma bala, que fosse, com tão patética figura…
Acontece que os tempos mudaram radicalmente. O Portugal do respeitinho ao Sr. Doutor, ao Sr. Engenheiro e ao Sr. Arquitecto, colossalmente estrangulado por um Sistema, que dia após dia, se revela impiedoso com os fracos, e cada vez mais submisso com os fortes; o Portugal da Senhora de Fátima, cobarde por essência, e que prefere violar crianças, espancar mulheres, e esquartejar avós, em vez de se voltar para os carrascos, que estão acima, tem assistido aos sucessivos trambolhões do Sr. Aníbal, um cúmplice de uma das maiores fraudes e assaltos de há memória no Regime, o BPN; que foge de adolescentes, em idade escolar; incapaz de viver com 20 000 € de reforma, e que se dessolidarizou dos problemas reais, de uma população envelhecida e de faca escolaridade, que era a sua base eleitoral de apoio, como o fora, durante décadas, do Vacão de Santa Comba Dão, que nunca se atreveria a humilhar o seu povo, dizendo-lhe que, ao contrário da outra, roesse côdeas, já que o Sr. Aníbal mal tinha dinheiro para meio brioche, desse Senhor Aníbal, cujos poderes constitucionais teriam atempadamente permitido que demitisse o “Engenheiro” Sócrates, quando a sua cáfila estava a dar cabo do que restava da má saúde do país, mas prefere, cobardemente, aparecer a lamentar-se, num prefácio de um livro que nunca ninguém lerá, e que dificilmente ele terá escrito, mas que já lhe serve de epitáfio, pelo grotesco da forma e a prova de insanidade de quem subscreve tal conteúdo, sem, mais grave ainda, se retractar. 
Cavaco Silva vive imerso num delírio de neurocompensadores, para a sua degenerescência neurológica, coisa que já vem de muito atrás, como refere a raposa Soares, que revela que, o então primeiro ministro, Cavaco Silva “tinha visões (!)” (procurem a entrevista, que hoje não me apetece…), e ainda não percebeu que já resvalou para aquele limiar perigoso, onde o povo português, turvo, sonso, e falso, já não o vê como uma figura “acima”, mas alguém que rasteja no patamar dos seres fracos sobre os quais costuma exercer os seus atos de vingança sádica.
.
Cavaco Silva caiu naquela zona crepuscular dos que incendeiam os gatos, apedrejam os vidros dos comboios, e queimam os caixotes do lixo. É natural que, de um povo turvo, se esperem, pois, perigosas reacções turvas, mas os dados já estão irremediavelmente lançados: aparentemente, os conselheiros querem agora fazer um derradeiro esforço, e levar, no seu “Cavacamóvel”, o cadáver político a inaugurar, este sábado, mais um presépio…, perdão, um passeio a Mirandela. 
Com as instabilidades barométricas em curso, pode ser que as secretas, ou um comissário da polícia, mais avisado, se lembre de o fazer recuar, à última hora, como aquando da António Arroio. De qualquer maneira, está irremediavelmente condenado.
.
É dramático, e pungente, quando um povo perde o respeito pelos seus governantes, mas é totalmente lícito, quando os seus governantes também deixaram de os respeitar.
.
Sinceramente, não tenho pena nenhuma do Sr. Aníbal, mas, por favor, se se decidirem livrar dele hoje, por favor, evitem imagens chocantes: no estado em que ele está, basta que puxem, silenciosa, e piedosamente, o autoclismo.

Sim, até pode ser em Mirandela, pois pode, aliás, neste momento, qualquer sítio serve, desde que seja eficaz…

VITOR GASPAR, O PALHAÇO, ALÉM DE IMPOSTOR É ALDRABAS - A GRANDE MENTIRA DO ANO!

Clique na imagem para ir para a video "barracada"

Vítor Gaspar marca regresso aos mercados no final de setembro de 2013


O ministro das Finanças fixou um dia para o regresso de Portugal aos mercados financeiros.

A ORDINEIRICE DO "CARALHO" DA VELHA FEIA COMO O RAIO QUE A PARTA




A revisão constitucional decretada pela dra. Ferreira Leite na TV, substituindo o "todos têm direito à protecção da saúde" preconizado no artº 64º da Constituição por "todos têm direito à protecção da saúde desde que paguem", compreende-se melhor através da eufórica constatação de Isabel Vaz, presidente executiva da Espírito Santo Saúde: "Melhor negócio do que a saúde só mesmo a indústria do armamento".
Manuel António Pina, Jornal de Notícias

AO QUE A "BANDIDAGEM" QUE GOVERNOU O NOSSO PAÍS AO PONTO DESGRAÇADO QUE O LEVOU...!!!



Saúde

 

 Clique a seguir  para ver o video e ouvir  impressionantes palavras

Cada vez mais doentes oncológicos estão a pedir apoio social à Liga Portuguesa contra o Cancro


Sandra Vindeirinho e Joana França Martins\Jornalistas, António José Fernandes\Imagem
.
Só na Zona Norte, os pedidos de ajuda duplicaram desde o início do ano.

EM NOME DO PADRE NOSSO QUE ESTAIS NO CÉU, SANTIFICADO SEJA O SEU NOME"

o diabo veste prada

Há quem jure a pés juntos, os seus sapatos são Prada. A marca que, diz-se por Hollywood, é a preferida do diabo. Vive no luxo do Vaticano, entre tesouros de valor incalculável coleccionados pelos ocupantes da cadeira papal ao longo dos séculos. Agora, a Sábado vem dizer que Sua Santidade (SS) encomendou um perfume personalizado a uma perfumista italiana que, até agora, já tinha produzido aromas exclusivos para outras celebridades mais seculares e igualmente endinheiradas, de Madonna a el-rei Juan Carlos.

Infelizmente, estes eflúvios vindos de Roma dão-me vómitos. Deve ser do meu nariz, menos apurado do que o de Sua Santidade (SS).
Fonte: Blogue quatro almas

LUXEMBURGO: "REMODELAÇÃO A DAR EM PROTESTO COM A DEGRADAçÂO DO SERVIÇO CONSULAR"

Lisboa, Portugal 17/03/2012 14:19 (LUSA)
Temas: Clubes e associações, governo, emigrantes


Consulados:
 .
Comunidade no Luxemburgo repudia intenção de colocar cônsul em acumulação...
Lisboa, 17 mar (Lusa) - A Confederação da Comunidade Portuguesa no Luxemburgo (CCPL) repudiou hoje a intenção do governo de substituir o cônsul-geral no país por um diplomata em acumulação de funções, considerando que provocará perturbações de funcionamento e baixa de qualidade.
.
Em comunicado, a CCPL exige ao governo que "trate os portugueses residentes no Luxemburgo da mesma forma que trata os residentes em Portugal", recordando que "nenhuma loja do cidadão em Portugal atende 107.000 utentes", o número de cidadãos inscritos no consulado do Luxemburgo.
.
O comunicado do CCPL surge depois de, na segunda-feira, representantes da comunidade no Luxemburgo terem acusado o governo de querer "desqualificar" o consulado local, transformando-o em secção consular.
.
Na altura, o secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, explicou que o serviço "continua a ser consulado-geral", embora o responsável do posto passe a "acumular as funções de encarregado de negócios da Embaixada e de cônsul-geral".
.
Para o governante, no Luxemburgo um mesmo diplomata "pode desempenhar as duas funções perfeitamente".
.
No comunicado de hoje, o CCPL sublinha que as declarações do secretário de Estado contrastam com as do deputado da emigração e do representado local do partido do governo, que "afirmam em uníssono que este passará a uma simples secção consular".
.
"Quem diz a verdade", questiona a confederação, enquanto repudia "qualquer tentativa de retirar, definitivamente, do Luxemburgo o Cônsul-Geral de Portugal ou a sua substituição por outro diplomata em acumulação de funções", afirmando que tal medida provocará "perturbações de funcionamento e baixa de qualidade no serviços prestados à comunidade portuguesa".
.
Lamenta ainda que, apesar de um aumento "exponencial" dos utentes dos serviços consulares, se registe "uma forte diminuição de efetivos no Consulado". Segundo a CCPL, "os aposentados não são substituídos, e, atualmente, apenas se encontram ao serviço 13 funcionários e contratados locais, que prestam apoio diário a mais de 400 pessoas".
.
Chama por isso a atenção de José Cesário para "a necessidade de um reforço e não de uma redução dos efetivos disponíveis".
.
Apela ainda à "dignificação dos funcionários consulares e dos contratados locais e ao cumprimento das leis laborais vigentes no Luxemburgo" e à manutenção da "imagem de Portugal junto das autoridades luxemburguesas", após notícias de que os contratados locais estão a receber abaixo do salário mínimo no país, o que viola a legislação luxemburguesa.
.
O conselheiro das Comunidades Portuguesas no Luxemburgo Eduardo Dias disse na segunda-feira à Lusa que a questão dos salários dos contratados locais já foi colocada ao ministro do Trabalho e ao primeiro-ministro luxemburgueses e "ambos confirmaram que o consulado está em situação de ilegalidade", tendo o encarregado de negócios da Embaixada, Rui Correia, sido chamado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros do Luxemburgo para prestar esclarecimentos.
.
"Portugal começa a ficar com uma má imagem, de mau pagador e de desrespeito pela legislação do país", disse, acrescentando que o sindicato luxemburguês OGBL está mesmo a preparar um processo em tribunal contra o Estado português.
FPA.
        Lusa/Fim

OS PÕR DO SOL JUNTO À MARGEM DO RIO KWAI - TAILÂNDIA

Durante o dia sol abrasador cuja temperatura, à sombra, vai um pouco acima dos 40 graus. Chega o fim do dia o pôr do sol oferece o espectáculo, da natureza, magnífico com o vermelhão do sol posto projectado na corrente, bonançosa do Rio Kwai, em direcção ao Golfo do Sião. Uns dias por aqui, como cliente há mais de 4 anos da estância balneária Jolly Frog a 295 bates a diária (cerca de 7 euros) em quarto com ar condicionado.  
.
As imagens a seguir foram captadas há cerca de meia hora.
-

Era gente desta natureza que o País precisava de ter como governante.

Parece que já lá não está mas .... tenta.


Eis a triste realidade do nosso país.
Se não quer perder tempo a ler o texto em baixo, vá directamente para o filme (15minutos). Lá perceberá tudo, e chegará inexoravelmente à conclusão que jamais seremos um país evoluído. Calcule-se que este Fiscalista/Advogado, com 250€ entalava uma data de gatunos.
Veja o filme!
Descrição: tiagocaidoguerreiro.jpg
O fiscalista Tiago Caiado Guerreiro, a quem nos anos mais próximos não deverá ser permitido voltar a pôr os pés numa televisão, explicou no programa «Opinião Pública» da SIC Notícias como, em Portugal, as leis são feitas exatamente para não ser possível apanhar as pessoas em situação de corrupção...
«Temos normas que tornam totalmente impossível apanhar um corrupto em Portugal.
As normas são feitas exactamente para não ser possível apanhar as pessoas em situação de corrupção e não se conseguir provar em tribunal.
Estes casos todos, que estão em tribunal, não vão dar em nada, porque a norma, mesmo que eles fossem filmados no acto de corrupção, seria difícil provar em tribunal com as normas que temos, quanto mais com advogados competentes (do lado dos corruptos).
Por outro lado, temos o Ministério Público que está organizado, (e que sem culpa disso), para não conseguir investigar a corrupção.
Também a polícia judiciária não tem meios para investigar a corrupção.
Se juntarmos a isto, tribunais pouco treinados e normas que não funcionam, então isto é o paraíso dos corruptos.
Aliás, todos nós conhecemos casos, ao longo do país todo, de fortunas inexplicáveis que continuam inexplicáveis e que apareceram de repente, após o exercício de cargos políticos ou em ligação com o Poder.
… Agora, um conjunto enorme de medidas em vez de normas claras e transparentes sobre o que é que é a corrupção, e isto não é difícil de fazer, bastando para tal copiar o que existe, por exemplo, nos cinco países menos corruptos do mundo, são normas que são muito transparentes, são normas que, ao contrário do que aqui está previsto, não se aplicam a toda a população portuguesa.
Aplicam-se só a detentores de cargos políticos, por isso são muito mais focadas naqueles que têm o risco de praticar a corrupção e permite, por isso, um enfoque muito mais fácil da polícia judiciária, do ministério público, dos tribunais e dos outros órgãos de fiscalização.
… Todos nós sabemos que muita gente sai dos cargos públicos, políticos, e depois vai para a frente de grandes empresas e alguns deles criam grandes fortunas, quer dizer, tudo coisas que são inexplicáveis e inaceitáveis em sociedades civilizadas, excepto neste país, onde se pode bater sempre no contribuinte mas tratamos maravilhosamente bem os corruptos…
Eu espero que isto não seja mais uma vez o que tem sido feito, que sempre que eles alteram as normas de corrupção, tornam-nas mais incompreensíveis e mais impossíveis de aplicar pelos tribunais e pela investigação.
… Nós não temos um combate à corrupção.
Temos normas de branqueamento, que é uma coisa diferente.
Temos normas que permitem aos corruptos saírem de um julgamento todos praticamente ilibados...
Há casos que eu acho terríveis: as parcerias público-privadas e o BPN são de certeza casos de polícia, são dois casos paradigmáticos em Portugal.
Descrição: Image1.jpg
Para veres o vídeo, um clique na imagem acima

INACREDITÁVEL ACONTECER ISTO EM PORTUGAL!

As capas dos jornais e as principais notícias de Segunda-feira, 19 de Março de 2012.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Maioria das cidades brasileiras não se sustenta sozinha
Pescador morre no Tejo
Lisboa: Atropelado na 24 de Julho
Marcelo R. Sousa: Mexia tem muito peso
Álvaro S. Pereira: Alerta para dívidas
Fabrice Muamba: Estado crítico
Loures: Agressões na sede do PS

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Autor do site TugaLeaks constituído arguido
Álvaro Santos Pereira anuncia nova lei do licenciamento “até final deste mês”
Bruxelas quer replicar sucesso do queijo Comté em toda a Europa
Juncker reconhece falhas no primeiro plano de resgate da Grécia
Gratificar os padrinhos civis seria mercantilizar o amor?
Roger Federer é o número um do ranking de 2012

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Perguição de patrulha da GNR atinge acidentalmente taxi
Destas normas Bruxelas não manda
Golfinhos "voltam" ao Tejo
Pilares da ponte pintados com animais
jovem morto por taxista
Fábio cigano apanhado em operação stop
Táxi com turista atingido por GNR

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Ex-chefe das informações militares da Guiné-Bissau assassinado a tiro
Dez cabeças decapitadas encontradas em mercado mexicano
Trabalhadores dos Estaleiros de Viana chamados a Lisboa
Libertadas turistas brasileiras raptadas no Sinai
Olhanense recupera de desvantagem de dois golos e empata em Guimarães
38ª subida no preço da gasolina
Hospital de Viseu e Ipatimup salvam vida a família inteira

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Combustíveis sobem dois cêntimos para novos máximos
Juízes jubilados declinam desafio da ministra para ajudar nas reformas
Governo tem de negociar apoios de 1.134 milhões à EDP ainda este ano
Custos extra da electricidade oscilam entre 25% e 40%
Mercado passa a ditar os preços da luz e gás a partir de 2013
Queiroz Pereira vai investir 296 milhões nos cimentos no Brasil
Cimpor ibérica já exporta mais de 50 milhões de euros

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Tem tecnologia? Então é mais barato investir em Angola
Grandes redes imobiliárias preparam "ataque" para dominar mercado a Norte
Estado pode rasgar qualquer contrato administrativo? Pode. E deve? Depende dos casos
Revisão de rendas na energia vai envolver a REN
"Empresas públicas têm privilégio no crédito"
ES Saúde admite parceria para comprar Caixa Saúde
Família Espírito Santo chamada a injectar até 224 milhões no grupo

Capa do Oje Oje

“Há escassez de crédito”, admite Ricardo Salgado
FEEF prepara emissão de títulos de dívida até 30 anos
Portela negoceia entrada de três companhias no terminal 2
Produção auto recua 4,1% em dois meses
Porto Editora adquire Assírio & Alvim
Juros nos cartões podem chegar aos 36,5%
iPhone 5

Capa do Destak Destak

Banco Mundial alerta para necessidade de reformas urgentes
Forças de segurança e grupos armados envolveram-se em confrontos em Damasco
Bolsa de Tóquio fechou sessão em alta
Dois enfermeiros acusados de homicídio por terem praticado eutanásia em pacientes
Ásia lidera importações de armas a nível mundial -- Estudo
Lu Olo está otimista com resultados
Iene atingiu mínimo em quatro meses e meio face ao euro

Capa do A Bola A Bola

Villarreal tem quatro nomes na lista para treinador
«Nunca pensámos que tínhamos o campeonato ganho» - Casillas
«Estava a precisar destes golos» - Torres
Lucas vence duelo com Neymar (com vídeo)
Cinco do plantel já marcaram ao dragão
«Seria estranho se o Real Madrid não fosse campeão» - Pellegrini
Man. United oferece 28 milhões por Leandro Damião

Capa do Record Record

O segredo passa por Witsel
Democracia do golo ataca todos os sectores
Líder critica jogadores e segura Quim Machado
Está em aberto hipótese de playoff
Pellegrini defendeu o recorde
Diego: «Este empate é uma vitória para nós»
Nuno Assis: «Empate não estava nas nossas previsões»

Capa do O Jogo O Jogo

Rui Vitória: "Amanhã cá estaremos para trabalhar"
Jorge Rosário: "Reação extraordinária"
Classificação da Liga ZON Sagres
Real Madrid empata com Málaga
Guimarães deixa-se apanhar pelo Olhanense
Federer ganha torneio de Indian Wells
Portugal conquista sete medalhas