Translator

sexta-feira, 30 de março de 2012

TAILÂNDIA: DUAS IMAGENS ENTRE DOIS SÉCULOS

DIFERENÇAS ENTRE HOMEM RICO E HOMEM POBRE

 










  Rico de uniforme: Coronel
      Pobre de uniforme: Porteiro
      Rico com uma arma: Praticante de tiro
      Pobre com uma arma: Assaltante
      Rico com uma pasta: Executivo
      Pobre com uma pasta: Paquete
      Rico com motorista: Milionário
      Pobre com motorista: Preso
      Rico de sandálias: Turista
      Pobre de sandálias: Mendigo
      Rico que come muito: Gastrónomo
      Pobre que come muito: Esfomeado
      Rico a jogar bilhar: Elegante
      Pobre a jogar bilhar: Viciado no jogo
      Rico a ler um jornal: Intelectual
      Pobre a ler um jornal: Desempregado
      Rico a coçar-se: Alérgico
      Pobre a coçar-se: Sarnento
      Rico a correr: Desportista
      Pobre a correr: Ladrão
      Rico vestido de branco: Doutor
      Pobre vestido de branco: Empregado de Drogaria
      Rico a pescar: Lazer
      Pobre a pescar: Esfomeado
      Rico a subir um Monte: Montanhista
      Pobre a subir o Monte: De volta a Casa
      Rico num restaurante: Cliente
      Pobre num restaurante: Criado
      Rico bem vestido: Executivo
      Pobre bem vestido: Corrupto
      Rico barrigudo: Bem sucedido
      Pobre barrigudo: Cirrose
      Rico a coçar a cabeça: A pensar
      Pobre a coçar a cabeça: Piolhoso
      Rico parado na rua: Peão
      Pobre parado na rua: Suspeito
      Rico de fato: Empresário
      Pobre de fato: morto
      Rico a conduzir um Mercedes: Proprietário do carro
      Pobre a conduzir um Mercedes: Motorista
      Rico na loja: "Eu compro."
      Pobre na loja: "Estou só a ver."
      Rico a chorar: Sensível
      Pobre a chorar: Piegas
      Rico traído: Adultério
      Pobre traído: Corno
      Rico com dor de barriga: Desarranjo Intestinal
      Pobre com dor de barriga: Caganeira

EMBAIXADOR TADEU SOARES SOBRE O INTERESSE DAS COMPANHIAS CHINESAS NAS EMPRESAS PORTUGUESAS

«Não o fazem com critério de favor»

O diplomata português acreditado em Pequim, em declarações a’O CLARIM, considera ser legítimo o interesse das empresas chinesas que pretendem investir em Portugal. «Não o fazem com critério de favor», salienta Tadeu Soares, acrescentando que a presença lusitana na Ásia devia estar mais valorizada no «nosso» sistema de ensino. Quanto ao papel da RAEM, embora diga que está a ser devidamente aproveitado pelas empresas portuguesas, defende que «a China não é só Macau».
.
O EMBAIXADOR de Portugal na República Popular da China, Tadeu Soares, assegurou a’O CLARIM que as relações diplomáticas entre a China e Portugal estão no bom caminho e são para continuar. «São excelentes em termos políticos. A nível económico correm cada vez melhor. As exportações para a China têm crescido de forma rápida. No ano passado ultrapassaram, pela primeira vez, a barreira de um milhão de dólares americanos», justificou.
.
Embora o principal mercado português seja a Espanha, Tadeu Soares disse estar convicto que as trocas comerciais vão muito mais para além da União Europeia: «É verdade que as relações comerciais desempenham um papel importante com a Espanha, com a Alemanha, com a França e com a Inglaterra. No entanto, também têm aumentado com os países fora da Europa, tais como Angola, Estados Unidos e Brasil, países que desempenham uma importância muito grande, estando a China entre os dez primeiros».
.
O diplomata também mostrou optimismo acerca da deslocação que o presidente da REN (Rede Eléctrica Nacional), Rui Cartaxo, irá fazer à China dentro de semanas. E compreende perfeitamente o interesse das companhias chinesas nas empresas públicas portuguesas. «As empresas chinesas não estão a fazer isso com critério de favor, mas sim porque vale a pena investir em Portugal. É uma prova de confiança na economia portuguesa», disse Tadeu Soares, na passada quarta-feira (28 de Março), à margem da 7ª reunião ordinária do Secretariado Permanente do Fórum entre a China e os 
.
Países de Língua Portuguesa (Fórum Macau).
Em seu entender não se podem misturar dois conceitos essenciais, ou seja, o facto das empresas chinesas pretenderem investir em Portugal, com a questão da China não ser ainda reconhecida como economia de mercado pela União Europeia. «Uma coisa é o conceito relacionado com a atribuição da categoria de economia de mercado à China, o que é uma questão altamente técnica no contexto da Organização Mundial do Comércio. Outra coisa é o papel da China como segunda maior economia mundial, que dispõe de enormes reservas internacionais e as quer investir em locais que considera serem rentáveis, como é o caso de Portugal. É uma situação perfeitamente legítima», frisou.
.
Aliás, não seria normal se Portugal colocasse entraves às pretensões das empresas chinesas, até porque «a China ganhou os concursos em que participou, porque apresentou as melhores propostas para Portugal».
.
Olhar mais além
Tadeu Soares disse estar convicto que o papel de Macau está a ser devidamente aproveitado por Portugal: «Há um número substancial de empresas portuguesas que vêm aqui. Julgo que é preciso fazer muito mais em relação à China». O diplomata defendeu, ainda, que Macau não representa somente a China. «Há muitas pessoas que vêm a Macau e julgam que estiveram na China. Estiveram, sim, embora numa parte muito pequenina da China. Há muito mais a fazer no resto deste imenso país. É aí que as empresas portuguesas têm um importante papel a desempenhar, porque a parte mais fácil é Macau».
.
Papel mais valorizado
Um importante aspecto que tem sido descurado está relacionado com a presença histórica dos portugueses na Ásia. «Em Portugal, quando se fala na Ásia, lembram-se imediatamente de Goa, de Timor, também de Macau, e muito pouco de Malaca. Julgo que a “nossa” presença na Ásia deveria ser mais salientada no sistema de ensino, em Portugal. Temos um bom nome na Ásia. Portugal é bem visto e acolhido nos países asiáticos», referiu Tadeu Soares.
.
A recente visita da princesa tailandesa, Maha Chakri Sirindhorn, a Portugal e a oferta da Sala Thai ao povo português, no âmbito da comemoração do 500º aniversário do estabelecimento das relações diplomáticas entre o antigo Reino do Sião e Portugal foi vista pelo diplomata com grande satisfação. «Existe, de facto, um conhecimento dos tailandeses sobre o papel que Portugal desempenhou na história da Tailândia. É pena que, em Portugal, não se valorize mais a nossa presença na Ásia, como é o caso da Tailândia, da Birmânia e do Ceilão, que está muito esquecido», defendeu o também ex-embaixador de Portugal na Tailândia.
PEDRO DANIEL OLIVEIRA
http://www.oclarim.com.mo/j120330/local4.shtml


A MARGEM

Estranhava que José Tadeu Soares estivesse esquecido pela gente da informação desde que foi acreditado na China como embaixador de Portugal. Porém hoje ao dar uma vista de olhos ao semanário  “O Clarim” de Macau, encontro uma entrevista, conduzida, pelo amigo jornalista Pedro Daniel Oliveira ao embaixador que haja servido 1999 a 2002 (em má hora), no seu primeiro posto na embaixada de Portugal em Banguecoque.
.
Não vou escrever sobre a legitimidade (como ele o disse) dos investimentos da China em Portugal no critério de favor, mas as vendas de Portugal à China que o ano passado ultrapassaram a ridicularia/bagatela de um milhão de dólares, que francamente bem melhor Tadeu Soares não  referir, ao jornalista, esta insignificante, compra da China a Portugal.
.
Vou para o último parágrafo da entrevista.
Quando Tadeu Soares Soares foi acreditado como Embaixador de Portugal no Reino da Tailândia nunca procurou valorizar Portugal, mas envolveu-se em intrigas, irreparáveis com o então Governo, cujas estas foram publicadas na comunicação social e tenho comigo os recortes dos jornais.
.
Chamaram-lhe um “indesejável embaixador de Portugal na Tailândia”. O seu envolvimento foi tal que o ministro dos Estrangeiros, de então, nunca mais o recebeu, pessoalmente, no seu ministério, mas recebido a nível de vice-ministro.
.
Por último de quando fui representante do ICEP e este Instituto resolver encerrar a representação em Banguecoque dirigi-me ao seu gabinete de trabalho e informo-o: senhor embaixador o ICEP vai fechar a representação... respondeu-me com um encolher de ombros e a esse encolher eu respondi-lhe: senhor embaixador fecharam a Secção Cultural agora fecham a Secção Comercial o melhor é encerrarmos a “loja” e irmos todos para casa”.
.
A resposta foi o abanar-me a cabeça para cima e baixo...!!!  Ainda bem que Tadeu Soares está a queimar os últimos cartuxos na diplomacia portuguesa porque nela além de “paneleirices” e esquemas mais nada fez para Portugal.
José Martins 
P.S. P.S. Nos parece que a informação de o aumento de um milhão de dólares de vendas de Portugal à China foi "gafe", segundo o que lemos no jornal Expresso as estatisticas situam-se:  "Pelas contas chinesas, as exportações portuguesas para a China aumentaram 54,11 por cento em 2011, para 1,16 mil milhões de dólares (883 milhões de euros)".
 

UAUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Representatividade na Assembleia da República...(Ainda faltam os gabinetes de advogados !)
Para ver melhor cliqueaqui
  

ÁLVARO O PATÉTICO SUPER-MINISTRO

E a economia pufft


Neo-liberal por principio, incapaz por natureza, chegou ao governo sob a aura de super-ministro num super-ministério a dizer “Chamem-me Álvaro”, sorridente, jovial, convicto. Nem um ano depois já anda fugidio, zangado, agressivo tentando camuflando-se por detrás da arrogância dos fracos. Apontado e desrespeitado por todos, do Sr. António do café aos próprios ministros. Patético.

O FILÓSOFO QUE NOS COLOCOU NA PORCA DA VIDA

Clique em cima das imagens para as ver melhor...mas poderá clicar aqui
que as verá bem melhor

O FILÓSOFO QUE NOS COLOCOU NA PORCA DA VIDA



SABEM QUEM COMPROU ESTA CASA ? ESTÁ ESCRITO NO FINAL

CASINHA DE PRAIA"!!!...



O nome da casa é Villa Castillo-Caribe, e foi arrematada em leilão pela Sotheby?s  pela bagatela de    42.578.200,00 Euros
 
Vamos ver:
 
Descrição: Luxurious Villa Castillo in The
                                                          Caribbean A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe

Descrição: casinha1 A casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Legal, né? Mas esta aí é a vista dos fundos. A porta da frente dá pra rua:
Descrição: Impressive Villa Castillo 004 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
A casa tem 4500 metros quadrados muito bem desenhados. O jardim  é exuberante e você escolhe se quer ver o mar da rede ou das espreguiçadeiras sob a choupana rústica.
Descrição: casinha2 A casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Mas não dá pra negar que da varanda também temos uma bela vista do mar caribenho.
Descrição:
                                                          casinha3 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Mas se o mar não agradar, a piscina, que fica juntinho dele pode ser uma boa escolha:
Descrição: Impressive Villa Castillo 010 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
A piscina é majestosamente adornada com rochas naturais e tem cascatas e jatos de água.

Descrição:
                                                          Impressive
                                                          Villa Castillo
                                                          032 A casa
                                                          mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe

Na lateral da casa temos a quadra de tênis.
Descrição: Impressive Villa Castillo 011 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
E dentro, a academia. Tudo bem simples, claro.
Descrição: Impressive Villa Castillo 033 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Uma vez que entramos na casa, o opulento interior que chega a parecer um shopping começa a nos oprimir.
Descrição: casinha4 A casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Descrição: Impressive Villa Castillo 007 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Descrição: Impressive Villa Castillo 015 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Já a sala de jantar é digna de um rei...
Descrição:
                                                          casinha5 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
A cozinha é espaçosa e bem bonita.
Descrição: Impressive Villa Castillo 016 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Descrição: Impressive Villa Castillo 012 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Aqui vemos o quarto de hóspedes:
Descrição: Impressive Villa Castillo 023 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Que tem anexo uma sala de estar com Tv computador, sofá, etc.
Descrição:
                                                          Impressive
                                                          Villa Castillo
                                                          030 A casa
                                                          mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Também tem o banheiro dos hóspedes.
Descrição: Impressive Villa Castillo 021 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Uma escadaria entalhada em madeira lembra um castelo e leva os hóspedes até o primeiro andar.
Descrição: Impressive Villa Castillo 024 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
No primeiro andar, temos o lavabo...
Descrição: Impressive Villa Castillo 020 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe

Que fica perto da porta do Home Theater cinematográfico em estilo Art Deco. O sistema de som á aquele que faz seu coração parar.

Descrição:
                                                          Impressive
                                                          Villa Castillo
                                                          017 A casa
                                                          mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe

Se os donos gostarem de receber os amigos, eles podem se divertir na sala de jogos.
Descrição: casinha6 A casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
O dono pode tirar uma soneca na suíte master.
Descrição: casinha8 A casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Que tem um banheiro bacana, com uma banheira que dá vista eterna para o mar azul.
Descrição:
                                                          casinha9 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Muito bacana é o closet, espaçoso e segmentado por áreas, que mais parece uma butique
Descrição:
                                                          Impressive
                                                          Villa Castillo
                                                          022 A casa
                                                          mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
A sala de jogos tem uma porta lateral que leva a uma sala que é um misto de escritório/biblioteca e sala de coleções. Note uma parede de pedra no fundo que parece levar para um outro mundo...
uma vez adentrando a "caverna", que tem um ar de passagem secreta, chegamos numa escada de pedra que conduz ao subterrâneo, onde está a adega e um bar !!!  (pqp esse arquiteto adivinhou como eu ia querer o meu escritório) O lugar é decorado como uma caverna e conta  com uma banheira enorme de hidromassagem com cromoterapia. Através de um painel de vidro, a banheira se conecta com a piscina lá fora.
Descrição:
                                                          casinha10 A
                                                          casa mais
                                                          espetacular do
                                                          Caribe
Nada mal, né ???

 
NOVA CASA DE FILHA DE EDUARDO DOS SANTOS no

Caribe adquirida ao ex bispo macedo IURD

João Carlos Frioleiro
SOCIJOMAR-TRADING
Lubango-Huila
Cell: +244 923 516127
mail: jcfrioleiro@gmail.com
mail: jcfrioleiro@hotmail.com
mail:
socijomar.angola@gmail.com

AINDA ME PEDEM PARA AJUDAR POBRES EM ANGOLA :(((
PORRA
 

O PEDRO, O PEDRO NÃO DESARMA!

OS CRÁPULOS E PULHAS DO NOSSO RINCÃO

ANDRÉ MACEDO, DIÁRIO DE NOTÍCIAS - 30.03,2012


"Com o consumo privado e o investimento a caírem a pique, e com as exportações longe da forma revelada em 2011, não é possível afastar a hipótese de o subsídio de natal do setor privado ser de novo confiscado para compensar o desastre nas receitas. O êxito ou o fracasso de Passos Coelho em 2012 dependerá em grande medida disto. Se falhar não tem desculpa. Não vale a pena dizer que em 2013 será melhor".

Têm tudo e afinal não sabem nada


O relatório do Serviço de Informações de Segurança (SIS) a antecipar os riscos e ameaças dos “grupos antiglobalização” para a greve geral de dia 22 previa violência, caos, ruas bloqueadas e explosões. 
Para os espiões, as forças de segurança deveriam preparar-se para ruas bloqueadas em Lisboa e para o rebentamento de cocktails Molotov. O documento, classificado como “confidencial”, foi distribuído a PJ, GNR, PSP, SE e ministros da Administração Interna e da Justiça e deveria servir de base de planeamento para a PSP – que há um ano se prepara para uma onda de contestação social que previu ser a maior dos últimos 30 anos. 
Poderá isto justificar a desproporcionada carga policial que aconteceu no Chiado (vídeo)? Será que os policias estavam assim tão alarmados e assustados que confundiram ovos com cocktails Molotov?
Espiões, câmaras, escutas, vigilância, infiltrados por tudo o que é movimento social e no fim o grande temporal anunciado não passou de uma bufa. É verdade que já todos sabem que telefones, mails, e redes sociais são vigiados, bem como conhecem os infiltrados que por aí andam, e que a unica comunicação segura é aquela feita presencialmente, mas os movimentos sociais que existem já provaram, apesar da prática de alguma desobediência civil light para conseguirem alguma visibilidade nos órgãos de informação,  ser pacíficos.
Fazem, também eles, parte dos movimentos internacionais que acreditam que é pela ocupação do espaço público, pela presença e pelo protesto pacifico que poderão exigir uma democracia mais participativa e uma mudança neste sistema injusto e canibalizado pelas grandes corporações. Pacifico porque acreditam que só assim todos os que se sintam indignados com o sistema podem sentir-se seguros para ocuparem as ruas e praças conquistando a mudança, não pela força da violência, mas pela força das palavras, das ideias e dos direitos.
O SIS pode fazer os seus relatórios alarmistas, a policia pode tentar provocar o confronto por se sentirem mais à vontade a bater que a pensar e o Ministro pode tentar esconder as suas responsabilidades, que o que realmente ressalta de tudo isto é a sua incapacidade de compreender o que se passa e de encontrar soluções não violentas para calar a indignação. O que ressalta disto é que o poder começa a temer a rua.

AS BELAS PERFEITAS E IMPERFEITAS



Clique em cima da rapariga e a crise, neste aspecto, passa ao largo!

QUATRO ALMAS E SUAS IRREVERÊNCIAS

PSP preocupada com ... notícias

Por Manuel António Pina

Jornais, TVs e Net noticiaram por estes dias o espancamento por agentes da PSP, documentado com imagens que correram mundo, de pessoas que exerciam o seu direito à greve e à manifestação e de jornalistas que exerciam o seu direito de informar.

Muitas de tais notícias tão só repetiam as de há quatro meses, quando da greve geral de 24 de Novembro, dando conta, com numerosos testemunhos (e de novo imagens, malditos telemóveis!), de que a violência terá então tido origem na acção de agentes provocadores infiltrados pela PSP entre os manifestantes, actuação proibida por lei e confirmada ao "i" por um agente do Corpo de Intervenção que, prudentemente, pediu o anonimato.

O Relatório de Actividades da PSP, ontem conhecido e ainda subscrito pelo famoso director-geral que avisou o país de que "nós não andamos com bastões, nem com pistolas, nem com algemas, nem com escudos e etc. para mostrar que temos aquele equipamento...", preconiza agora a análise das notícias dos media e a adopção de "estratégias de combate às menos positivas". Não constando que o Relatório se mostre preocupado com a formação dos agentes da PSP em matéria de direitos humanos e de cidadania, quanto mais não seja para evitar "notícias menos positivas", é de recear que a PSP pense levar a cabo tal combate com "bastões", "pistolas", "algemas", "escudos" e, sobretudo (tenhamos medo, muito medo), com "etc.". Só o ministro Miguel Macedo o sabe...

bem-vindos ao estado policial

Por Nuno Ramos de Almeida

A última vez que as fontes dos serviços de informação e observatórios de segurança e quejandos fizeram previsões sobre Lisboa a ferro e fogo foi antes da cimeira da Nato marcada para Novembro de 2010. Na altura, as vozes avisadas da inteligência lusa previam a vinda de milhares de elementos do black bloc a Portugal pondo em causa a segurança nacional e quem sabe a própria existência da pátria. Feita a cimeira, o principal resultado de tão avisado esforço foi a prisão de dois ciganos junto à fronteira. Parece que um deles tinha uma navalha e que tiveram a pouca sorte de estar vestidos de preto. Toda a nação pôde respirar de alívio devido ao labor de tão heróicos defensores.

O recente relatório do SIS, divulgado pelo “Diário de Notícias, que previa uma escalada de violência na greve geral, com confrontos com piquetes, cocktails molotov e ataques a instituições e bancos vem levantar duas questões curiosas.

A primeira é por que raio de razão o contribuinte nacional paga para a existência de serviços de informações tão imaginativos que fazem de cada relatório uma espécie de filme de ficção de série B de Hollywood, para passados uns dias se verificar sempre que a montanhas pariu um rato. E a segunda questão, talvez a mais importante, é se paulatinamente todos acabaremos por considerar aceitáveis práticas típicas de um Estado policial. Com pezinhos de lã, governos e polícias de turno estão a impor a ideia de que é normal a infiltração em organizações políticas, a vigilância de militantes de esquerda, o recurso a provocadores em manifestações e a agressão a jornalistas para garantir o afastamento de testemunhas incómodas nas próximas cargas policiais.
Um dia destes acordamos sem democracia e nem demos por isso.

oh passos volta p'ra trás, trás-me tudo o que eu perdi, tem pena e dá-me a vida, a vida que eu já vivi