Translator

sexta-feira, 13 de abril de 2012

EX-PRIMEIRO MINISTRO DA TAILÂNDIA PROMETE ESTAR DE VOLTA PARA O SEU ANIVERSÁRIO

The Nation April 14, 2012 1:00 am

Thaksin vows to be back for birthday
Pheu Thai Party

The Nation - 14 de abril de 2012 1:00 am
.

Thaksin promete estar de volta para o seu aniversário
.
Partido Pheu Tailandês informou  que  ex PM Thaksin Shinawatra disse a seus apoiantes, camisa vermelha, ontem que ele iria voltar para a Tailândia nos próximos três ou quatro meses.
.
Thaksin Shinawatra, no seu auto-exílio no exterior, não especificou a data exata, mas ele tinha dito anteriormente que estava a preparar seu retorno como "um presente de aniversário" a seus apoiantes. Seu aniversário é em 26 de Julho próximo.
.
"Songkran deste ano é um bom sinal de que vamos ser felizes juntos novamente. Certamente que vou voltar nos próximos três ou quatro meses", disse Thaksin. "Todos os tailandeses serão felizes. De agora em diante, não haverá camisas amarelas e vermelhas.
.
Povo tailandês vai fazer as diferenças. Eu não posso ajudar as pessoas que não querem a conciliação", disse ele, em uma provável referência aos opositores do governo "se apressou" a movimento de reconciliação .
.
Thaksin Shinawatra  dirigiu-se a um grupo de camisas vermelhas, principalmente do Nordeste da Tailândia em um hotel na província do sul do Laos em Champasak.
.
Thaksin também reivindicou o crédito para a seleção de sua irmã Yingluck Shinawatra como uma forte candidata-ministerial. "Embora eu esteja no exterior, ajudei meus apoiantes a nomear um primeiro-ministro. Eu escolhi a minha irmã, mais nova, como candidato a PM porque eu pensei que ela poderia fazer o trabalho", disse ele.
.
"Acredito que  primeiro-ministro Yingluck irá completar seu mandato de [quatro anos] O mandato", disse Thaksin, que observadores, políticos, acreditam que está puxando as cordas por trás de seu governo.
.
Ele também disse que o governo estava implementando vários projectos para ajudar a sustentar os preços dos produtos agrícolas, ajudar as pessoas pobres e agricultores com suas dívidas, e construir auto-estradas e vias ferroviárias de alta velocidade.
.
No início ontem em Vientiane, Thaksin elogiou Yingluck para evitar seus erros, abstendo-se de combater os ataques políticos. Ele disse que era a estratégia certa para ela enquanto servir como chefe do governo.
.
"Não é melhor para contra-atacar. Ela está  saindo-se melhor do que eu. Eu não me posso comparar com ela a esse respeito. O PM é paciente, e ela não faz qualquer balcão. Ela está apenas fazendo seu trabalho. Essa é a coisa certa fazer. que fiz tudo errado e ela não deve copiar-me ", disse ele.
.
Thaksin também elogiou o presidente do Conselho Privado Geral Prem Tinsulanonda, que é considerado por muitos dos apoiantes de Thaksin como seu arqui-rival. "Na verdade, Pa Prem é uma figura sénior eu respeito e admiro", disse o estadista mais velho de 91-year-old.
.
Thaksin apelou aos tailandeese a união para a melhoria do país.
.
"Songkran deve servir como um bom começo para a Thais todo o país para se amarem uns aos outros. Vamos fazer isso pelo  nosso Rei, para o nosso país para ficar mais forte, e para cada um de nós para ser feliz", disse Thaksin.
.
O embaixador da Tailândia para Laos, Witthawat Sriwihok, disse que Thaksin poderia viajar  no Laos  dado as suas boas relações, pessoais, com muitos oficiais de alto escalão no governo do Laos.

DO COLEGA "MEDITAÇÃO NA PASTELARIA"


Corrente "Passos Coelho ama-te" — envia a 10 pessoas e verás que pelos 9 vão mandar-te à merda*


Abaixo a lista dos incréus a quem envio a corrente. Lêde e multiplicai!

João Lisboa (Provas de Contacto)
Luís Januário (A Natureza do Mal)
Morgada de V. (5 Dias)
José Simões (Der Terrorist)
Sérgio Lavos (Arrastão)
Luís Rainha (Vias de Facto)
Luís M. Jorge (Vida Breve)
(????) (ShavenPudenda)

* Corrente iniciada com retumbante êxito no caradelivro por Leonilde Santos

AS MIL E UMA RAZÕES PARA COMPRAR PORTUGUÊS

 Clique no video e encontre a razão de comprar português




KAOS: "...quem planta ventos colhe tempestades...."

Silencio e realidade

.
«Tenho que dizer muito claramente que lamento profundamente que tenha sido tornada pública uma carta que fornece informação a quem não devia, isso indica debilidades que podem ser aproveitadas, pondo em causa a segurança», sublinhou a ministra, garantindo que o Ministério da Justiça irá «apurar responsabilidades» nessa matéria. 
.
Paula Teixeira da Cruz falava aos jornalistas a propósito da divulgação de uma carta enviada ao director-geral dos serviços prisionais pelos chefes do corpo da guarda prisional em que se alerta para um cenário de ruptura nas cadeias, nomeadamente sobrelotação, torres de vigia desactivadas em cadeias, por falta de pessoal e carrinhas avariadas.
.
A Ministra parece preferir que a verdade seja calada e que ninguém saiba o estado em que se encontram os estabelecimentos prisionais utilizando o argumento da segurança. Quer-nos fazer acreditar que quem vive nas prisões, sejam eles presos ou guardas, não sabem as condições em que vivem nem aquilo que se passa por lá, quando na verdade o que pretende é esconder a realidade em que o sistema que tutela se encontra. 
.
Se existem funcionários das Finanças que já não podem sair para fazer avaliações ou penhoras por não haver dinheiro para a gasolina ou os policias que não fazem as rondas por os carros estarem avariados não podemos estranhar que neste recanto obscuro e que todos procuramos esquecer que existe que são as prisões também não haja dinheiro para nada. 
.
Quem só sabe fazer cortes e impor austeridade era bom que não se esquecesse que quem planta ventos colhe tempestades e elas, mais cedo ou mais tarde são vistas e sentidas por todos por mais que a tentes esconder ou silenciar.

O ASSUMIDO

PROXENETISMO ACENTUADO - DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS

Não me apeteceu fazer um título mais criativo. Hoje saiu o Orçamento da Assembleia da República para 2012 (OE2012AR). Ao que parece a regra do corte dos subsídios não se aplica (p. 4659):
Estarei com ciúme social ou apenas mesmo com inveja?
Adenda das 21.20: A secretaria da AR já mandou dizer que a coisa já estava aprovada antes do  mundo ter acabado. Ems e confirmando, o mundo também acaba em São Bento.

E EM PORTUGAL NINGUÉM ENTRA NA GRELHA?

Submarinos: Ex-ministro grego preso por corrupção

Ex-ministro grego da Defesa, Akis Tsochatzpoulos, é acusado de ter recebido um suborno para viabilizar a compra de quatro submarinos à Ferrostaal, em 2000. Dois ex-executivos desta empresa admitiram ter pago subornos à Grécia e a Portugal durante o governo de Durão Barroso e Paulo Portas.

.
Akis Tsochatzpoulos terá alegadamente recebido um suborno para viabilizar o negócio da compra, por parte da Grécia, de quatro submarinos à Ferrostaal, por 2,85 mil milhões de euros. 
.
O juiz de instrução e o promotor encarregado do caso terão decretado a prisão preventiva do ex-ministro grego da Defesa, do PASOK, por acreditarem que este poderia fugir do país.
 .
Dois ex-gestores da Ferrostaal, Johann-Friedrich Haun e Muehlenbeck admitiram, durante o julgamento que decorreu na Alemanha, que pagaram subornos na Grécia e em Portugal para conseguir que ambos os países se decidissem pela compra de submarinos ao German Submarine Consortium (GSC), que além da Ferrostaal integrava os estaleiros Howaldswerke, de Kiel, e a metalúrgica Thyssenkrupp, de Essen. 
.
Ao todo, a empresa alemã terá pago "luvas" no valor de 62 milhões de euros entre 2000 e 2003 nestes dois países para ganhar vantagem sobre a concorrência num negócio.
 .
No julgamento, os dois ex-gestores aceitaram declarar-se culpados, em troca da garantia de condenação a dois anos de prisão, mas com penas suspensas. Johann-Friedrich Haun terá de pagar uma coima de 36 mil euros e Hans-Peter Muehlenbeck pagará 18 mil euros. 
.
A Ferrostaal, também arguida no processo por crime de obtenção de vantagem económica através dos seus dois funcionários, foi condenada ao pagamento de uma coima de 140 milhões de euros.
.
O ex-cônsul honorário de Portugal em Munique recebeu 1,6 milhões de euros para convencer o governo de Barroso e Portas. Num documento divulgado pelo Diário de Notícias no início de 2011, Juergen Adolff, que foi exonerado do cargo quando surgiu a acusação da justiça alemã, descrevia, inclusive, aos gestores da Ferrostaal os encontros que manteve com Paulo Portas, Durão Barroso e o seu assessor Mário David. Os três desmentiram esses contactos.

.
A justiça portuguesa nunca foi, contudo, atrás do rasto do dinheiro recebido por Adolff e o processo aberto no caso dos submarinos diz apenas respeito ao negócio das contrapartidas, que envolve empresários portugueses. Boa parte dessas contrapartidas incluídas na venda dos submarinos nunca foram concretizadas, o que o transforma num negócio ainda mais ruinoso para Portugal.
.
Fonte: Esquerda.net

O DRAMA DA EMIGRAÇÃO PORTUGUESA...!!!

Filipe Pinto/Pedro Miguel Gomes/Marcelo Sá Carvalho
A vaga de emigração para Londres está a deixar muitos portugueses numa situação complicada. A RTP descobriu vários sem-abrigo entre os 200 mil emigrantes que vivem em Londres.

KAOS:As novas ditaduras na Europa do Sec.XXI

José Durão Barroso, antigo primeiro-ministro de Portugal e actual presidente da Comissão Europeia alertou os sindicatos e movimentos populares na Europa que, se não aceitarem os pacotes de austeridade, se podem instalar ditaduras militares em Espanha, Grécia e Portugal.
Quero acreditar que o “Cherne” nos está a avisar e não a ameaçar. Quero mas tenho dificuldade porque o que nos pede é que aceitemos abdicar dos nossos direitos e da nossa liberdade para evitarmos que nos tirem esses direitos e essas liberdades e a razão para termos de fazer esta escolha vem da politica económica e neo-liberal que ele próprio defende.
O que nos está a dizer é que aceitemos bovinamente a pobreza, o fim dos direitos laborais e sociais ou então nos põem a bota cardada em cima.
Se isto não é uma declaração de guerra e o desrespeito total pela já minimalista democracia que temos então não sei o que será.
Sinais não faltam, desde a nova lei que em Espanha pretende criminalizar e até associar ao terrorismo quem faça desobediência civil pacifica ou em Portugal quando se procura diabolizar e provocar os movimentos sociais que se recusam empacotar-se na “contestação bem comportada” e inócua dos partidos mais è esquerda da nossa Democracia Par(a)lamentar.
Já vivi no tempo de uma bota, a salazarenta, e não tenho vontade nenhuma de viver debaixo de outra pelo que não me vou calar nem deixar de lutar por todos os meios à minha disposição pelo fim deste sistema e destas politicas.
De tudo isto há pelo menos uma coisa positiva, é a demonstração de que os movimentos sociais, pacíficos, apartidários e que defendem uma nova forma de democracia mais verdadeira os começa a assustar.
Como sempre o poder ameaçado responde com violência, mas não há força bruta que alguma vez vença a força da razão. Pode oprimi-la, mas um dia, mais cedo ou mais tarde, vence sempre.

Investigação. As despesas dos anteriores governantes

por Augusto Küttner de Magalhães

Leitor deposita todas as esperanças em Morgado
Difícil será haver alguém que não acredite na frontalidade, isenção e lisura de procedimentos da diretora do DIAP de Lisboa, 
Maria José Morgado [foto].
Cabe-lhe agora investigar despesas efetuadas por 14 ministros do anterior Governo.
.
O que está em causa se for verdade é muito grave, e não é politiquice, dado que o exemplo tem de vir de cima para ser conseguível que nós - todos - cá de baixo façamos o que nos estipulam dever fazer.
.
E, ao que se percebe, tratar-se-á de alguns membros do anterior Governo - que terão recebido despesas de representação por inteiro no período de exercício de funções - terém utilizado cartões de crédito e telefones de uso pessoal pagos pelo OE, sem regulamentação legal ou violando o enquadramento legal.
.
Estes indícios de ilegalidades foram revelados pela Associação Sindical dos Juízes, logo, assume-se como verdadeiros e fundamentados, dado que o inverso seria no mínimo tenebroso.
.
E havendo conclusões afirmativas, terão os 14 membros que ser rapidamente julgados e exemplarmente punidos, para passarmos a ser todos iguais, e a lei valer para todos, bem como os sacrifícios.

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 13 de Abril de 2012.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Coreia do Sul dá como falhado lançamento de foguetão
Portimão: Salários em atraso
Famalicão: Encontrada morta
Arouca: Casal burla idosos
Mudanças nas escolas
Joaquim Evangelista: Salários em atraso
Manuel Alegre: Troika não é Bíblia

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Governo português acompanha situação na Guiné com preocupação
PS em "contactos permanentes" com PAIGC apela à "reposição da legalidade"
Maryland proíbe patrões de pedirem acesso ao Facebook
Tarifas da energia podem sofrer “um ajustamento” no segundo semestre, admite presidente da ERSE
Acusado pela morte de Trayvon Martin arrisca prisão perpétua
Câmara de Odivelas paga 57 milhões de euros por escola e pavilhão em regime de PPP

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Palavra da Salvação
Mais um altíssimo elogio a Portugal
Costa espera que seja prematuro falar de fecho da MAC
60 suspeitos de fogo posto no distrito de Vila Real
Explosão de cilindro em habitação provoca danos materiais
Número máximo de alunos por turma sobe para 30
Costa reuniu-se com diretor da MAC

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Portugueses relatam assalto militar à casa do primeiro-ministro da Guiné-Bissau
Foguetão da Coreira do Norte deixa mundo em alerta
F. C. Porto tem a melhor defesa da Liga
Número de desempregados inscritos aumenta 19,8%
Sexting é a nova epidemia de cyberbullying entre os jovens
Linha do Douro perde comboio do Marco
Assassino em série executado nos EUA

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Banco Rural Europa não descarta aquisições em Portugal
Meios discutem documento de análise às audiências
TMN “chama” por Portugal com nova assinatura
Inquérito às PPP alargado a todos os contratos ferroviários e de estradas
Bancos vão reforçar capital com desconto inferior ao do BES
“BES tem conseguido assegurar a sua independência”
Acções do banco de Ricardo Salgado em mínimos

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Despedimentos por mútuo acordo triplicam em Março
Guiné-Bissau: Embaixada de Portugal e outras representações diplomáticas cercadas por militares
A primeira página do Negócios da edição de hoje
CEO do PSI-20 com aumentos inferiores à inflação
Desconto de 66% no BES será bitola para BCP e BPI
Administração da Cimpor dividida na classificação da OPA
Camargo não esclarece como será paga dívida de 2 mil milhões

Capa do Oje Oje

Inflação desce para 3,1%
ETE e Transdev querem fluviais
Unidade da TAP no Brasil reduz prejuízo em 8%
China e Omã com luz verde na REN
ESFG aumenta capital em 400 milhões
Banco Rural Europa procura médias empresas
Fortunato Frederico: “Um líder tem de motivar os colaboradores, vivendo no seu meio”

Capa do Destak Destak

Greve dos pilotos da Iberia deverá afetar 4 voos entre Lisboa e Madrid na sexta-feira
Governador do BdP hoje no Parlamento para explicar execução do acordo na banca
BESOR, do Grupo BES, aumenta lucros em 93% para 3,12 ME
XIX Congresso Regional do PSD começa hoje em Ponta Delgada
Companhia aérea Qantas estreia biocombustível num dos seus aviões
Ministros dos Negócios Estrangeiros pedem "resposta adequada" da ONU face ao lançamento norte-coreano
Maioria das bolsas em terreno positivo

Capa do A Bola A Bola

Juventus multada por cânticos racistas
Tottenham: «Sinto que temos melhor equipa que o Chelsea» - Bale
PSG: Leonardo nega regresso a Milão
Roberto volta a comprometer (com vídeo)
Pereirinha e Onyewu readquirem ritmo
Unai Emery apontado ao Olympiakos
Mozer apoia continuidade de Jesus

Capa do Record Record

Insúa já é um dos ativos mais valiosos dos leões
Laterais do Córdoba observados
Judiciária investiga a venda de Bebé
O verdadeiro camisola 10
GP China: Hamilton a todo o gás nos primeiros treinos livres
Super Ronaldo
Chicago Bulls carimbam 1.º lugar no Este

Capa do O Jogo O Jogo

Postiga e Rúben Micael afundam-se
Maus resultados levaram a saída de Lito Vidigal
Duda e Eliseu falham terceiro lugar
Vendidos mais de 20 mil bilhetes
Futre ficará feliz se o Real Madrid for campeão
Gastão Elias segue para os quartos de final
Torneio do Porto: as declarações