Translator

segunda-feira, 16 de abril de 2012

COISAS DO PORTO... RIA COM A MICAS EM CONVERSA COM UMA VIZINHA

POIS É, O GOVERNO SUGERIU QUE QUEM NÃO ESTIVESSE BEM QUE EMIGRASSE, NÃO FOI?
A Micas, lá do Porto, para a vizinha:  O meu marido aqui não ganhava um corno.
Emigrou...ganhou logo dois!

RTP - PRAÇA DA ALEGRIA E PAROLICES

A gente está farta até à médula da RTPi, da dinossaureana Praça da Alegria e da parolice de outros programas que o Guilherme Costa (Presidente e de tacho farfalhudo da RTP) está a tentar embarrilar-nos como que nós os emigrantes continuarmos uns parolinhos de lá de xima e da terra da coina.

A dançarina Sóninha Araújo que não vale a ponta de nada hoje a assistente da vidente/advinha Cristina Candeias
A bruxa moderna que advinha tudo e mais alguma coisa já segue a enganar "parolos" da RTPi há mais de 10 anos, assim como  os incautos e desesperados da vida.

E OS ESPANHOIS NÃO GOSTARAM QUE SUA MAJESTADE O REI JUAN CARLOS FOSSE CAÇAR ELEFANTES PARA A BOTSUANA...!!!

Espanhóis criticam rei Juan Carlos

Acidente do rei de Espanha numa caçada aos elefantes no Botsuana está a cair mal junto de alguma opinião pública

Imagen del Rey publicada en la web de la empresa Rann Safaris.  
Imagen do Rei publicada na internet pela empresa Rann Safaris.

Matar un elefante en Botsuana, a partir de 30.000 euros
.
O acidente do rei de Espanha numa caçada aos elefantes no Botsuana está a cair mal junto de alguma opinião pública. O líder do movimento da Esquerda Unida diz que se trata de uma falta de respeito para com o povo espanhol.


Brigitte Bardot acusa o rei
.
A ex-atriz francesa Brigitte Bardot disse estar chocada e escandalizada com a notícia de que o rei da Espanha teria organizado um safári com o objetivo de caçar elefantes em Botsuana. “É indecente e indigno de uma pessoa de sua importância. O senhor não vale mais do que os caçadores ilegais que roubam e saqueiam a natureza. Você é a vergonha da Espanha”, escreveu a ex-atriz, conhecida defensora dos animais, em uma carta publicada por sua Fundação. “Espero que esta queda ajude a colocar suas idéias no lugar e que você passe a proteger a biodiversidade, na prática e não somente em colóquios e conversas”, disse Bardot.

E OS ESPANHOIS NÃO GOSTARAM QUE SUA MAJESTADE O REI JUAN CARLOS FOSSE CAÇAR ELEFANTES PARA A BOTSUANA...!!!

Espanhóis criticam rei Juan Carlos

Acidente do rei de Espanha numa caçada aos elefantes no Botsuana está a cair mal junto de alguma opinião pública

Imagen del Rey publicada en la web de la empresa Rann Safaris. Imagen del Rey publicada en la web de la empresa Rann Safaris.

Matar un elefante en Botsuana, a partir de 30.000 euros
.
O acidente do rei de Espanha numa caçada aos elefantes no Botsuana está a cair mal junto de alguma opinião pública. O líder do movimento da Esquerda Unida diz que se trata de uma falta de respeito para com o povo espanhol.


Brigitte Bardot acusa o rei
.
A ex-atriz francesa Brigitte Bardot disse estar chocada e escandalizada com a notícia de que o rei da Espanha teria organizado um safári com o objetivo de caçar elefantes em Botsuana. “É indecente e indigno de uma pessoa de sua importância. O senhor não vale mais do que os caçadores ilegais que roubam e saqueiam a natureza. Você é a vergonha da Espanha”, escreveu a ex-atriz, conhecida defensora dos animais, em uma carta publicada por sua Fundação. “Espero que esta queda ajude a colocar suas idéias no lugar e que você passe a proteger a biodiversidade, na prática e não somente em colóquios e conversas”, disse Bardot.

KAOS: "DISCURSO MAL CHEIROSO

  .
O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou em entrevista à revista brasileira “Veja” que a actual situação da economia portuguesa foi gerada por “más decisões internas”, que nada têm a ver com a política europeia. “Os desequilíbrios existentes em Portugal são resultado de más decisões tomadas por nós mesmos. 
.
Usámos mal o dinheiro, seleccionámos mal os projectos de obras públicas, aumentámos os impostos, não abrimos a economia. Os líderes europeus não agravaram os nossos problemas, pelo contrário, ajudaram-nos”.
 
O primeiro-ministro defendeu ainda que a crise deve ser encarada como uma “oportunidade” para corrigir, entre outros erros, os “desvios existentes nos serviços sociais”.
.
Para quem disse que nunca recorreria ao discurso de culpar o passado para desculpar a sua governação não está mal. Já não culpa só o governo do Sócrates, vai até ao próprio Cavaco e as suas politicas quando chovia dinheiro da Europa. 
.
Tem razão, aí há muitas culpas, mas não espere que nos esqueçamos que foi líder da JSD, deputado e sempre defendeu as politicas do seu partido quando este foi governo. Mudam-se os tempos, mudam-se os sapatos para engraxar. 
-
Agora são os da Merkosy e do grande poder financeiro. Mas, mesmo vivendo uma crise que só é culpa dos outros ele vai transformar esse fardo que lhe atiraram para cima numa oportunidade para acabar com as politicas que arruinaram este país. 
.
Não a merda que fizeram a banca e os mercados, não a destruição do sistema produtivo imposto pela Europa, mas as politicas sociais. A culpa é dos mais pobres, dos desempregados, dos pensionistas, dos doentes. Para ele foram estes que esbanjaram o dinheiro do país e o conduziram à bancarrota. Cheira mal quando esta personagem fala.

FIO DE PRUMO - POÇO VASCO DA GAMA

Islândia triplicará seu crescimento em 2012 após a prisão de políticos e banqueiros *


Por cá poderíamos começar por resolver o caso BPN (o único que esteve preso já está em casa) em que estão envolvidos inúmeros políticos, em seguida resolvia-se o caso Freeport para logo a seguir se passar às PPPs (em que estão envolvidos ainda mais políticos) e por aí fora. 
.
Não era preciso matar ninguém bastaria obrigá-los a explicar como é arranjaram tanto dinheiro/património em tão pouco tempo.
???!!!

Sem comentários

 A imprensa nem refere que os dois partidos que levaram a Islândia á bancarrota foram desmantelados. Até ao número dois mil de cartão de militante foram proibidos de exercerem qualquer cargo político ou público. Resultado nas eleições seguintes: desapareceram do mapa.... aqui a justiça é dos criminosos....

Islândia triplicará seu crescimento em 2012 após a prisão de políticos e banqueiros


Islândia conseguiu acabar com um governo corrupto e parasita. Prendeu os responsáveis pela crise financeira, mandando para a prisão. Começou a redigir uma nova Constituição feita por eles e para eles. E hoje, graças à mobilização, será o país mais próspero de um ocidente submetido a uma tenaz crise de dívida.

É a cidadania islandesa, cuja revolta em 2008 foi silenciada na Europa por temor a que muitos percebessem. Mas conseguiram, graças à força de toda uma nação, o que começou sendo crise se converteu em oportunidade. Uma oportunidade que os movimentos altermundistas observaram com atenção e o colocaram como modelo realista a seguir.

Consideramos que a história da Islândia é uma das melhores noticias dos tempos atuais. Sobretudo depois de saber que segundo as previsões da Comissão Europeia, este país do norte atlântico, fechará 2011 com um crescimento de 2,1% e que em 2012, este crescimento será de 1,5%, uma cifra que supera o triplo dos países da zona euro. A tendência ao crescimento aumentará inclusive em 2013, quando está previsto que alcance 2,7%. Os analistas asseveram que a economia islandesa segue mostrando sintomas de desequilíbrio. E que a incerteza segue presente nos mercados. Porém, voltou a gerar emprego e a dívida pública foi diminuindo de forma palpável.

Este pequeno país do periférico ártico recusou resgatar os bancos. Os deixou cair e aplicou a justiça sobre aqueles que tinham provocado certos descalabros e desmandes financeiros. Os matizes da história islandesa dos últimos anos são múltiplos. Apesar de transcender parte dos resultados que todo o movimento social conseguiu, pouco foi falado do esforço que este povo realizou. Do limite que alcançaram com a crise e das múltiplas batalhas que ainda estão por se resolver.

Porém, o que é digno de menção é a história que fala de um povo capaz de começar a escrever seu próprio futuro, sem ficar a mercê do que se decida em despachos distantes da realidade cidadã. E embora continuem existindo buracos para preencher e escuros por iluminar.

A revolta islandesa não causou outras vítimas que os políticos e os homens de finanças costumam divulgar. Não derramou nenhuma gota de sangue. Não houve a tão famosa "Primavera Árabe". Nem sequer teve rastro mediático, pois os meios passaram por cima na ponta dos pés. Mesmo assim, conseguiram seus objetivos de forma limpa e exemplar.

Hoje, seu caso bem pode ser o caminho ilustrativo dos indignados espanhóis, dos movimentos Occupy Wall Street e daqueles que exigirem justiça social e justiça econômica em todo o mundo.

Fonte: Maestroviejo's Blog

E ASSIM O BARRA DA COSTA NÃO É PECO A FALAR!



veja isto URGENTEMENTE ( Vale a Pena) antes que tirem de  cena...
 
Clique a seguir







SUBMARINADA CONTINUA...!!!

O ex-ministro da defesa grego foi detido...e o nosso????

Ex-ministro grego preso após compra de submarinos

O ex-ministro da defesa grego foi detido por suspeitas de corrupção na compra de quatro submarinos em 2000. Foram comprados à Ferrostaal, tal como aconteceu com Portugal.

"Ex-ministro grego detido por corrupção nos submarinos
Sabemos hoje que um ex-ministro da Defesa grego foi preso por suspeita de corrupção na aquisição de submarinos à mesma empresa a quem Portugal adquiriu os nossos, no tempo do Paulo Portas.

Todos são inocentes até prova em contrário. Mas o que é triste é que, num mesmo caso, sobre a mesma coisa, com as mesmas suspeitas, em relação à mesma empresa, temos um país como a Grécia (famosa pela rebaldaria em geral, e na justiça em particular) que arranjou provas sificientes para prender um ex-ministro, enquanto que por aqui ainda estamos em fase de inquérito desde 2006!

O ex-ministro grego da Defesa, Akis Tsochatzpoulos, não resistiu às acusações de corrupção das autoridades alemãs e gregas na compra de submarinos e foi detido na passada quarta-feira, refere um artigo do jornal Público.


Tsochatzpoulos estava à frente do Ministério da Defesa quando a Grécia comprou, em 2000, quatro submarinos à Alemanha, por 2,85 mil milhões de euros. A entidade alemã vendedora foi a Ferrostaal, como aconteceu com Portugal.


A queixa-crime do Ministério Público de Munique, que iniciou investigações à venda de submarinos pela Ferrostaal depois dos pedidos de informação das autoridades portuguesas, inclui o antigo ministro na lista dos beneficiários de 62 milhões de euros pagos em comissões (‘luvas’). Segundo a imprensa alemã, Tsochatzpoulos não conseguiu provar a origem do dinheiro com que comprou uma casa luxuosa num bairro de elite de Atenas.


As investigações do Ministério Público alemão junto da Ferrostaal sobre o pagamento de subornos na venda de submarinos a vários países visaram diversos dirigentes do grupo. Dois dos ex-executivos aceitaram recentemente a proposta de conciliação do tribunal e admitiram ter pago subornos à Grécia e a Portugal.


O ex-administrador da Ferrostaal Johann-Friedrich Haun e o ex-procurador Hans-Peter Muehlenbeck admitiram que, no caso português, o suborno tinha sido pago ao ex-cônsul honorário em Munique, Jürgen Adolff.


A acusação das autoridades alemãs afirma que pagaram 1,6 milhões de euros ao ex-cônsul, para que este lhes arranjasse contactos dentro do Governo português.


Em Portugal, a investigação ao caso dos submarinos resultou em dois processos,
um referente à compra dos submarinos e outro às respectivas contrapartidas, reporta o jornal.

O primeiro, iniciado em 2006 ao crime de corrupção, participação económica em negócio e branqueamento, ainda se encontra em fase de inquérito.
Portugal continua a aguardar informação pedida à Alemanha. O segundo, iniciado em 2009, acusa 10 ex-gestores alemães e portugueses de falsificação de documentos e burla qualificada e aguarda julgamento, o qual se prevê que arranque em 19 de Setembro."

0 comentários Hiperligações para esta mensagem

FILHOS DE UMAS GRADESSÍSSIMAS PUTAS!

E NÓS A SUPORTAR TUDO ISTO...E OUTRAS COMO ESTA !!!!
E continuam a pedir-nos MAIS SACRIFÍCIOS...que não são partilhados por todos.
Vejam foto  e se não a virem bem cliquem nela

P.S. - As minhas desculpas do escrito acima "PUTAS" ºe que eu, em certos casos, não consigo reconciliar-me com as injustiças e, então, tenho que chamar os bois pelo nome.

NOTÍCIA SURPREENDENTE E BOMBÁSTICA - AUTOMÓVEL A AR-COMPRIMIDO UMA REALIDADE....MAS "TUBARÕES" DO PETRÓLEO IRÃO DEIXAR?

O motor

Será a próxima grande coisa? Tata Motors de Índia acha que sim.
Que vão fazer as empresas petrolíferas fazer para o deter?

É um motor de automóvel que funciona com ar.

Assim é, o ar não gás ou diesel ou eléctricos, mas só o ar que nos rodeia. Dê uma olhada.
Tata Motors da Índia tem programado o carro de ar para rodar nas ruas da Índia por agosto de 2012.
O Air Car, desenvolvido pelo ex -engenheiro de Fórmula Um, Guy N.

Para MDI com sede em Luxemburgo, utiliza ar comprimido para empurrar os pistões de seu motor e fazer que o carro avance.
Um modelo de automóvel
O Air Car, chamado o "Mini CAT" poderia custar ao redor de US$ 8,177.
O CAT Mini, que é um carro simples, urbano ligeiro, com um chassis tubular, um corpo de fibra de vidro que não está colado com costura e acionadas por ar comprimido.

Um microprocessador utiliza-se para controlar todas as funções eléctricas do automóvel.

Uma pequeno rádio transmissor envia instruções às luzes, sinais e qualquer outro dispositivo elétrico no carro. Que não são muitos.
A temperatura do ar limpo expulso pelo tubo de escape está entre 0 a 15 graus baixo zero, o qual o faz apto para seu uso pelo sistema de ar acondicionado interior sem necessidade de gases nem perda de potência.
Não há chaves, só um cartão de acesso que pode ser lido pelo carro desde seu bolso.
O automóvel visto lateralmente
Segundo os desenhadores, o custo é de menos de US$ 1.12 por cada 100 km, que é aproximadamente um décimo do custo de um automóvel que funciona com gás.

O kilometragem é quase o dobro do carro elétrico mais avançado, um fator que o faz uma opção perfeita para os automobilistas de cidade.

O carro atinge uma velocidade máxima de 105 km por hora e teria uma faixa de ao redor de 300 kms entre recargas.

Recarregar o carro será levado a cabo em estações de serviço adaptadas com compresores especiais de ar.

O abastecimento só demora 2 a 3 minutos e custa ao redor de 2.25 US$, e o carro estará pronto para mais 300 quilometros.
Este carro também se pode reabastecer em casa com o compressor de bordo.

Levar-lhe-á de 3 a 4 horas para encher o tanque, mas pode-se fazer enquanto você dorme.
Como não há motor de combustão, a mudança de 1 litro de oleo vegetal só é necessário a cada 50,000 km.

Devido à sua simplicidade, é muito pouca a manutenção que se realiza neste carro.
Este carro de ar quase soa demasiado bom para ser verdade.

Já vamos vê-lo em agosto de 2012.

E videos, a seguir, mais do que muitos para ver o "pó-pó" a ar e vento"

GUINÉ O ESPECTÁCULO DE MOMENTO


Ramos Horta continua  "show-man". Antes que fosse solicitado, para fazedor de paz, ofereceu-se,,,Quem o conhecer que o compre!

Clique para ir para o video

HAVERÁ LUGAR NO MUNDO PARA UM "VERME" IGUAL A ESTE CRIMINOSO?



The 33-year-old anti-Muslim militant flashed a closed-fist salute, before shaking hands with prosecutors and court officials, and told the judge he did not recognise the court.

Para ver mais fotos do assassino clique AQUI 

Assassino em massa Anders Behring Breivik afirma não ser culpado. De 33 anos de idade, admitiu os assassinatos, em tribunal, mas declarou-se inocente das acusações afirmando que agiu em sua própria defesa.
  Fonte: Independent

ORA TOME LÁ SR.SILVA, DO SEU PUPILO, O PRESENTE ENVENENADO!





publicado por Pedro Quartin Graça às 20:39
link do post | comentar | ver comentários (2) | adicionar aos favoritos

Mário Lino sai da Caixa por acumular pensão e salário

 Mais um "gajo" a entrar na reforma, pró-caralho, dourada

Maria Ana Barroso  

1 leitores
Lino foi um dos ministros mais polémicos do governo de José Sócrates. Saiu do executivo PS em 2009.
Lino foi um dos ministros mais polémicos do governo de José Sócrates. Saiu do executivo PS em 2009.
.
O antigo ministro de José Sócrates abandonou os órgãos sociais das seguradoras da Caixa.
.
Mário Lino abandonou o cargo de presidente do conselho fiscal da Fidelidade Mundial e da Império Bonança, seguradoras da CGD actualmente em processo final de fusão. 
.
O Diário Económico sabe que a saída se deve ao facto de o antigo ministro das Obras Públicas de José Sócrates estar a acumular a reforma que recebe com o salário relativo ao cargo que desempenhava no órgão social das companhias do grupo Caixa.
 .
A nomeação de Lino para o conselho fiscal das seguradoras do banco estatal gerou polémica quando foi noticiada, em 2010. 
.
Só que a entrada em vigor, entretanto, das novas regras de acumulação de pensões e salários pôs em causa a continuação de Mário Lino no cargo de presidente do conselho fiscal das seguradoras do grupo estatal. 
.
O fim de mandato das equipas de gestão e fiscalização das seguradoras (Fidelidade e Império têm as mesmas chefias) teve como consequência natural a saída de Lino.
.
Desde a entrada em vigor das novas regras que, quem exerça funções no Estado e receba, em simultâneo, uma pensão, deve pedir a suspensão do pagamento dessa subvenção enquanto estiver nesse cargo. 
.
Lino saíra do governo de Sócrates em 2009, altura em que o executivo de então foi remodelado, tendo entrado António Mendonça para o cargo de ministro das Obras Públicas.

RUI PERES JORGE:"ABRIU A ÉPOCA DO VALE TUDO...."


Abriu a época do vale tudo para cumprir o défice orçamental acordado com a troika. Este ano começou cedo, mas em pleno. Em Abril, o Governo já conta com uma receita extraordinária, um orçamento rectificativo que passa a apostar na consolidação pela receita, uma decisão relâmpago que proíbe as reformas antecipadas e um alegado "lapso" sobre corte de salários e pensões. A hiperactividade das Finanças não é surpreendente: o plano orçamental está próximo do impossível.
Rui Peres Jorge, Jornal de Negócios