Translator

quarta-feira, 23 de maio de 2012

O GAJO QUE NOS "GOZA" À MANEIRA!



Isaltino foi cliente de banqueiros que lavavam dinheiro

Em 2004, a Polícia Judiciária interceptou uma chamada telefónica entre o autarca de Oeiras e Nicolas Figueiredo, um dos banqueiros presos preventivamente pelo juiz Carlos Alexandre. Este é um dos principais...

As capas dos jornais e as principais notícias de Quinta-feira, 24 de Maio de 2012.

.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Lagos: Atacam chefe das Finanças
Barcelos: Meninas atropeladas
Bancários custam 1,5 milhões/dia
Paulo Campos: Investigado por censura
Marco A. Costa: Governante doente
Paulo Macedo: 5,3 milhões são isentos
Santarém: Tractorista ferido

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Sorteio do Totoloto
Amnistia critica Conselho de Segurança da ONU por “falha de liderança”
Benfica sagra-se campeão nacional em casa do FC Porto
Fabiano assina por quatro épocas com o FC Porto
Vinte anos depois de Falcone, a mesma luta
FESAP dá luz verde a acordo com Governo na função pública

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

O brasileiro e o seu Pessoa
Campolide: um bairro de costas para a crise
Alcântara: "Marcha unida, família unida"
Campolide: um bairro de costas para a crise
Alcântara: "Marcha unida, família unida"
Presidente do BESI diz que nuna foi cliente da Akoya
Força aérea resgata britânico de navio de cruzeiro

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Selo "prova" que Belém existia sete a oito séculos antes de Cristo
Morreu na moto que ia vender
13 mil crianças vivem em famílias violentas
Equipa de 40 pessoas vai fazer transplante a Gustavo
"MIB - Homens de negro 3" chega hoje aos cinemas
D'Bandada vai invadir o Porto com bandas e artistas portugueses
F. C. Porto-Benfica: jogo do título manchado pela violência

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Passos diz que execução orçamental “não surpreende”
Portugal e UE devem cumprir metas “sem hesitações”
Estado acumula pagamentos em atraso aos fornecedores
Espanha disposta a pagar o que for necessário para aguentar Bankia
Autarcas asseguram receita extraordinária do IMI
Cobrança abusiva de juros pode levar bancos a tribunal
Atrasos podem custar 450 euros só em comissões

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Van Rompuy: Líderes querem que Grécia fique na Zona Euro
Portugal defendeu em Bruxelas que eurobonds não são resposta para situação actual
A primeira página do Negócios da edição de hoje
A importância dos números
De regresso a casa
[463.] Vodafone, TMN
Aprovação da Lei das rendas sofre novo atraso no Parlamento

Capa do Oje Oje

Sonae surpreende com lucro
EDP cresce com capacidade hídrica e eólica
Parlamento Europeu dá "luz verde" a taxa sobre transações financeiras
BAE ganha contrato na Arábia Saudita
SAP paga 3,3 mil milhões pela Ariba
Casais desempregados em máximos
Ricardo Sousa: "Há uma clara oportunidade de investimento na compra para arrendamento"

Capa do Destak Destak

Dois mortos e seis feridos em tiroteio na capital
Município de Tóquio revelou querer comprar parte de arquipélago disputado com a China
Milhares de estudantes em protesto contra políticos e imprensa
Suu Kyi visita Tailândia na sua primeira viagem ao estrangeiro em 24 anos
Moeda europeia volta a cair para o valor mais baixo da última década
Coreia do Sul e Austrália preparam primeiro exercício naval conjunto
Populares em protesto em Barinitas devido à insegurança

Capa do A Bola A Bola

Milan decide não ficar com Maxi Lopez
Guardiola aconselhou Raúl a ir para o Catar
«Europeu é a oportunidade da minha vida» - Balotelli
Libertadores: Tanque Silva (ex-Beira-Mar) apura Boca Juniors para as meias-finais
Matías Fernández é para ficar
Matic espera jogar mais
Benfica conquista terceiro título em quatro anos

Capa do Record Record

Godinho Lopes: «Falhei esse objetivo»
Jackson Martínez em discussão
Lucho espera pela chegada de tropas
O plano B de Bento
Custódio na polémica
André Cunha: «O meu desejo era ficar e nunca escondi isso»
Gottardi assina com alvinegros por 4 épocas

Capa do O Jogo O Jogo

Dínamo de Bucareste vence a Taça
Benfica é campeão
Nordsjaelland é campeão pela primeira vez
Portugal vence Eslováquia
Fabiano até 2016
Aimar promete "respeitar o contrato"
Rodrigo chamado aos Sub-21 de Espanha

VISITA DE CAVACO SILVA À INDONÉSIA




Não me irei alongar, quanto à visita de Cavaco Silva à Indonésia nem, tão-pouco à "nova página" de relacionamento bilateral entre Portugal e a Indonésia que Cavaco Silva revelou aos jornalistas. 
Acrescentou que seria "um erro político e económico" se Portugal ignorasse uma das economia mais dinâmicas da Àsia.  
Em suma Cavaco Silva fez um passeio turístico ao Sudeste Asiático e, como ele oficialmente visitou Timor, aproveitou o convite que lhe teria sido feito, por o então seu ex-homólogo Ramos Horta. 
 
Cavaco Silva, em tempo de vacas magras, não olha as despesas e, com ele, para compor o "ramo" foi acompanhado (não sei quantos) empresários portugueses.
Há muitos anos que Portugal perdeu o comboio do comércio entre Portugal e a Indonésia e isso acontece, pouco depois do 25 de Abril de 1974 e de quando (os timorenses que não se acomodavam), a Indonésia invadiu Timor-Leste, acontecendo o corte de relações diplomáticas  só reativadas em 1999 e  quando a Indonésia entrega Timor-Leste a Portugal que seguiria, depois, o processo da Independência. 
A balança comercial entre Portugal e a Indonésia é de uma diferença abismal enquanto o nosso país vende 11 milhões de euros a Indonésia, este país vende a Portugal 87 milhões de euros, ou sejam 8 vezes mais. 
As relações entre Portugal e a Indonésia são seculares e vêm, pouco depois de Afonso de Albuquerque conquistar (1511) Malaca. Com o correr do tempo esse relacionamento, cultural, foi-se perdendo, como aliás outros espalhados pela Costa do Índico, Ásia e Extremo-Oriente.
Acredito que poucos portugueses conhecem a história de Portugal na Indonésia, porém, um jovem diplomata de nome António Pinto da França, fez um trabalho de investigação de mérito, após ter sido destacado para a Jacarta, capital da Indonésia, como Encarregado de Negócios em Janeiro de 1965 e ali se vai permanecer até  1 de Outubro de 1969. 
O diplomata tinha de idade, na altura, apenas 30 anos.  De realçar que um jovem, aspirante a embaixador tenha levado tão importante investigação que viria a ter o apoio, para a publicação, de uma obra rara, da Fundação Calouste Gulbbenkian.
José Martins

NÃO HÁ NADA A FAZER....JÁ LÁ VÃO 140 ANOS EM QUE VIVÍAMOS NA PELINTRAGEM!

Clique no recorte para o ler


ANA DRAGO,PASSOU-SE DOS CARRETOS E COM RAZÃO...!!!



Grande Ana Drago!... Passou-se com razão...
Cuidado com os puristas impolutos que nos querem fazer acreditar que o mal do País está na abundância em que o povo vive!...
A propósito, será verdade que o rendimento dos políticos aumentou de 2011 para 2012?

VISITA DE CAVACO SILVA À INDONÉSIA



22.05.2012 - 11h42 Luciano Alvarez e Miguel Madeira (fotos), em Jacarta

"O Presidente indonésio fez mesmo questão de sublinhar que os seus cidadãos são grandes adeptos do futebol e que seguem com interesse a modalidade praticada em Portugal. "Sabemos que o futebol português é muito bom, há muitos fãs na Indonésia", disse. 


À MARGEM: Lembro aqui que o futebol chegou à Europa, da Indonésia, pela mão dos portugueses! Fomos os maiores na Europa e no Mundo!
José Martins

KAOS:Pão ou bombas?


O primeiro-ministro Passos Coelho na conclusão da Cimeira da Nato (Organização do Tratado do Atlântico Norte) em Chicago, Illinois, afirmou hoje que Portugal vai comparticipar no esforço financeiro da Nato para assegurar a operacionalidade das Forças Armadas do Afeganistão para além de 2014.
Em Portugal diz que temos de empobrecer, que não há dinheiro para a  educação, cultura, segurança-social, para nada, mas lá fora oferece comparticipar no esforço financeiro para manter uma guerra em nome dos interesses económicos das grandes potências.
      Não há dinheiro para a saúde mas há para a morte.

O SENHOR SILVA UM MENDIGO PELAS TERRAS DA ÍNDIA ORIENTAL




Cavaco tenta convencer empresários indonésios com o fim da crise


Cavaco tenta convencer empresários indonésios com o fim da crise
legenda da imagem
Paulo Carriço/Lusa

Portugal vai superar a crise. Esta é a convicção do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, e que já hoje foi transmitida aos empresários indonésios como forma de incentivo ao investimento no nosso país. Na visita que está a efetuar à Indonésia, o chefe de Estado deixou ainda a imagem de um Portugal com “elevado grau de coesão política e social” à volta do programa de ajuda externa.

.

À MARGEM: Começo a duvidar da sanidade mental do senhor Silva de Boliqueime. 

Sabemos que o casal Silva está a queimar os últimos "cartuchos" e aproveitaram os 10 anos de independência de Timor-Leste para viajarem até ao Sudeste Asiático. 

Em Timor-Leste o senhor Silva envergonhou os portugueses ao pedir a esmola ao Governo do ex-território ultramarino (pobre e ainda com a casa por arrumar) para investir em títulos do Estado Português e agora procede, igualmente, aos empresários indonésios para o investirem em Portugal para por termo ao fim da crise. 

Conhecemos e bem os "lobies" das visitas oficiais, anteriores, do sr. Silva. Em 1987 e de quando apostávamos no sr. Silva como o homem certo para levantar Portugal, fez uma escala técnica em Banguecoque e na comitiva estavam inseridos uns empresários portugueses e entre eles um "monhé" (retornado de Moçambique) que se propunha a fazer grandes investimentos na China e na Ásia, nunca tais investimentos surgiram na Tailândia e foi apenas fogo de vista. 

Pelo andar da carruagem e a mendicidade do sr.Silva, dá-me a previsão, que não tardará, que viaje por outros países (inclusivamente africanos) e encarecidamente pedir investimentos a torto e a direito para levantar a economia portuguesa e vender o resto de Portugal.  

Apetece-me mandar à "bardamerda" o sr. Silva de Boliqueime.  José Martins

 

POR PARIS SENHORAS E SENHORES A ESTUDAR A FILOSOFIA DO GAMANÇO!