Translator

quinta-feira, 26 de julho de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 27 de Julho de 2012.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Portimão: Urgentes ficam isentos
Faro: Sistema volta a funcionar
Adolescente queimada com ácido em casa
Mouraz Lopes: Mapa judiciário
António Mexia: Poderes da ERSE
Feira: Acidente faz três feridos
Moita: Preso ladrão violento

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
A batalha por Alepo, a capital comercial da Síria
Cinco condenações a penas suspensas no caso da fraude da saúde no Exército
Governo concede 600 mil euros para recuperar habitações afectadas pelo incêndio no Algarve
Adolescente português afogado numa lagoa no Reino Unido
Atletas proibidos de usarem linguagem “vulgar” e de comentar provas online
Aumento de receitas não evita queda das acções do Facebook

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Manta rota
Atleta americano falha apuramento
150 quilos de cocaína apreendidos na Ria Formosa
A lançar dados desde o século XIII
Futebol à espera da lei para resistir à crise
Receita dos jogos legais chega aos 2 mil milhões
Vai nascer nova entidade para fiscalizar o jogo

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Procurador do MP quer afastamento do comando da Polícia Militar de São Paulo
Federação Académica do Porto é viveiro de políticos
Operadoras de telemóveis guardam informações pessoais indevidamente
Maus pagadores do gás e eletricidade vão para "lista negra"
Iluminação da London Eye controlada pelos utilizadores do Twitter
Facebook com perdas após entrada em bolsa
Hulk mostra serviço na vitória do Brasil frente ao Egito

Capa do i i

Janet Jackson agride filha de Michael Jackson, mas não fica sem resposta
Lavagem de dinheiro equivale a 3% do PIB da Colômbia
Vídeo de fã exaltada com a traição de Kristen Stewart a Robert Pattinson circula na internet
Lucro da EDP cai 4% para 582 milhões de euros no primeiro semestre
Trânsito condicionado na Av. Duque de Loulé em Lisboa até terça-feira
Mexia vai acompanhar “directamente” missão da UNESCO na próxima semana na Foz do Tua
BCP perspectiva prejuízo de 516 milhões de euros no semestre, afirmam analistas

Capa do Diário Económico Diário Económico

Jogos Olímpicos geram benefício económico de 26 mil milhões
Canoas e fatos ‘made in’ Portugal também jogam em Londres
“Pensámos na quarta presença para chegar a uma medalha”
A elite inglesa do remo olímpico treinou no interior do Alentejo
60 PME já pediram apoio ao programa Revitalizar
Concessões da Ascendi aceitam cortes de cerca de 490 milhões
Mais de 13 mil na Função Pública já pediram reforma este ano

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

A primeira página do Negócios da edição de hoje
Horta Osório: "Só não falha penáltis quem não joga futebol"
Mario Draghi trava escalada dos juros com promessa de fazer "o que for necessário"
Revisão de Agosto põe prestação do crédito à habitação em mínimo histórico
Financiamento com banco chinês agrava custo da dívida da EDP
"Não esperamos crescimentos alarmantes de crédito malparado"
Analistas: Austeridade e taxas de terminação penalizam receitas da PT

Capa do Oje Oje

Fórum para a Competitividade propõe pacto de regime para além desta legislatura
Irlanda emite mais de 5200 milhões de dívida de longo prazo
Lucro da Novabase cresce 28,6% para 4,5 milhões
Euro sobe e ultrapassa fasquia dos 1,22 dólares
Jaguar Land Rover contrata 1000 no Reino Unido
EDP assegura empréstimo em banco chinês
Lucro da Exxon aumenta com vendas de ativos

Capa do Destak Destak

Ativista Ni Yulan conseguiu redução simbólica da pena de prisão
Pequim denunciou "dumping" em produtos químicos da UE e EUA
China estimula consumo interno para contrariar abrandamento
Pelo menos nove mortos provocados pela tempestade tropical "Vicente"
Antigos atletas foram submetidos a programa de doping estatal -- médica
Romney reafirmou que endurecer as leis sobre posse de armas não é solução - imprensa
16 mortos em confrontos entre o exército e militantes do grupo Abu Sayyaf

Capa do A Bola A Bola

Milan guarda camisola 22 para Kaká
Neymar responde a selecionador egípcio: «Jogo para ajudar a equipa»
«PSG vai ser concorrente de peso nas competições europeias» - Ancelotti
West Ham disposto a bater recorde de transferências por Andy Carrol
Mascherano renova com o Barcelona e cláusula de rescisão passa para 100 milhões
Final ibérica esta tarde no Estádio da Luz
«Para o futebol feminino é fantástico» - Mónica Jorge

Capa do Record Record

Mantorras grato pela despedida
Matías já está em Itália
Diamantes inseparáveis
Portugal defronta Alemanha em torneio austríaco
Blancos aderem à festa com a surpresa Coentrão
Vaslui e Otelul Galati querem Leonel Olímpio
Carlos Pereira: «Tenho a convicção que vamos lá ganhar»

Capa do O Jogo O Jogo

Salvador confirma saída de Ewerton
Sporting agarra Viola por quatro anos
Esperam-se mais de 30 mil com Saint-Étienne
Luís Filipe Vieira já cumpre suspensão
Sobrevivente do massacre de Munique junta-se a minuto de silêncio em Nova Iorque
Tiago Targino e Abdi apresentados
Marítimo vence União da Madeira em jogo-treino

A "CAMBADA" ESTÁ A VENDER-NOS O POUCO QUE TEMOS!


Economia


Governo vende pavilhão ao consórcio de Luís Montez


RTP com Lusa
O Governo aprovou em Conselho de Ministros a venda das ações representativas da totalidade da capacidade social da Atlântico -- Pavilhão Multiusos de Lisboa, em conjunto com o Pavilhão Atlântico, ao agrupamento Arena Atlântico de Luís Montez.

Isto cheira a "cambalachada" e mais um esquema, dos habituais, dos sucessivos Governos sejam do PS ou PSD. A cambada nada perde e quem se lixa (o lixar está na moda) é o Zé Povinho. 
.
Ora o Pavilhão Atlântico custou-nos os olhos da cara e inserido na megalómana EXPO98, um buraco silencioso, na altura, na economia portuguesa. Havia "caganeira" e copiar a exposição universal de Sevilha em 1992.
.
Na construção da EXPO98 houve corrupção a dar-lhe com um pau, mas os poucos lamirés que a imprensa deu, foram, desde à nascença calados. 
.
Da União Europeia chegava, aos cofres do Estado, cacau em "barda" e uma alegria nos gastos à vontadinha do corpo. 
.
Depois de tanta merda, encoberta, o PM António Guterres raspou-se (os ratos também se fogem do porão do navio enquanto este se afunda) e arranjou um tachão nas Nações Unidas para tomar conta dos refugiados da instituição. 
.
A cambada vende-nos tudo! A cambada nada tem a perder,porque só perde quem tem!
José Martins

RELVAS, RELVICES,RELVADAS E VIGARICES


RELVAS, RELVICES,RELVADAS E O CALENDÁRIO 2012-2013




O CÁGADO DURÃO "MERDOSO" QUER RESULTADOS, SOBRE A MASSA FALIDA DA GRÉCIA



Durão Barroso pede à Grécia “resultados, resultados, resultados”


legenda da imagem
Simela Pantzartzi, EPA

A Grécia continuará na Zona Euro, na condição de oferecer “resultados resultados, resultados” aos seus credores, disse na capital grega o presidente da Comissão Europeia. Durão Barroso que hoje se reuniu em Atenas com o primeiro-ministro grego, Antonis Samaras, confirmou também que as propostas para uma nova união bancária na Europa serão feitas já em setembro.

O merdoso, sem vergonha na cara era assim (com "caca" na cueca), contra a burguesia e agora um burguês do catano!

Clique e veja mais uma vez o video 

Durão Barroso e o ensino burguês - YouTube










MIGUEL RELVAS O "GABIRU" EM DESPESAS DO TELEFONE MÓVEL

Relvas: veja os gastos do telemóvel de Tomar

Miguel Relvas teve, durante 10 anos, e enquanto presidente da assembleia municipal de Tomar, telemóvel e chamadas pagas pela Câmara. Sem limites... VEJA AQUI AS CONTAS

Clique em baixo e veja o descalabro do gabiru 

TOCA QUE TOCA ENCHER MAIS O RABO AO PATRÃO DO PINGO DOCE


E TUDO O VENTO ESTÁ A LEVAR DESTE POBRE PAÍS...




 Número de Documento: 14711501

 Lisboa, Portugal 25/07/2012 20:06 (LUSA)
 Temas: Política, Diplomacia, Parlamento, emigrantes
Comunidades: Oposição critica encerramento do vice-consulado de Osnabruck
Lisboa, 25 jul (lusa) - A oposição criticou hoje no parlamento a decisão governamental de encerrar o vice-consulado de Portugal em Osnabruck (Alemanha), enquanto CDS e PS lembraram a necessidade de contenção de gastos.
.
A troca de argumentos foi feita no debate de uma petição contra o encerramento do vice-consulado, promovida por emigrantes e com mais de 5 mil subscritores.
.
No texto que entregaram em janeiro na Assembleia da República, os peticionários manifestam a sua firme oposição ao encerramento e destacaram o "papel fundamental" que o posto consular desempenhou ao longo de 35 anos, abrangendo uma área de 61.000 quilómetros quadrados, junto de mais de 23 mil emigrantes residentes na região.
.
Os peticionários consideram que o encerramento é "um violento e inadmíssivel atentado à democracia" e à defesa "do uso e da promoção da difusão internacional da língua e da cultura portuguesas" e lembram que o vice-consulado "não foi o causador do atual estado deficitário em que o país se encontra".
.
Estes considerandos foram retomados por vários partidos da oposição (PCP, Bloco de Esquerda e PS) no debate parlamentar de hoje.
.
O deputado comunista João Ramos referiu que os que contestam o encerramento de postos consulares "têm razões mais que suficientes para estarem descontentes com a atividade do Governo".
.
O mesmo deputado disse que o seu partido apresentou um projeto de resolução recomendando a suspensão do encerramento de postos consulares na França e na Alemanha, diploma que foi rejeitado pelo PSD e CDS.
.
Pedro Filipe Soares, do Bloco de Esquerda, criticou igualmente a reforma consular anunciada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e apontou que "de encerramento em encerramento há uma rede consular que serve cada vez menos aqueles que devia servir".
.
O socialista Paulo Pisco afirmou que "este Governo tem cometido muitos erros, mas a decisão de encerrar postos consulares na Europa, que funcionavam bem e que seriam essenciais numa altura em que aumentam os fluxos migratórios, é incompreensível".
.
Para o deputado socialista, "nenhum dos critérios que o Governo definiu para o encerramento se aplicava aos que foram encerrados, nem os custos, nem o número de atos consulares praticados, nem o número de portugueses que serviam".
Paulo Pisco acusou o secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, de "obsessão persecutória" ao encerrar o posto de Osnabruck. "Acabou por fazer o que não conseguiu no final 2002", afirmou.
.
O CDS, pela voz de José Lino Rodrigues, considerou que os argumentos dos peticionários são legítimos, mas demarcou-se deles, alegando que a reforma consular obrigou a fazer escolhas com o objetivo de "servir melhor".
.
"A situação calamitosa das contas públicas determinou que o Ministério dos Negócios Estrangeiros fizesse uma revisão da sua estrutura diplomática e consular", explicou.
.
Carlos Gonçalves, do PSD, afirmou que as "redes consulares e diplomáticas não são estáticas" e lembrou que o atual Governo decidiu encerrar vários serviços consulares e diplomáticos devido à necessidade de reduzir a despesa do Ministério dos Negócios Estrangeiros.
.
Mas o esforço de contenção de despesa "foi suportado sobretudo com o encerramento de embaixadas e o regresso a Lisboa de funcionários em comissão de serviço", justificou.


EO.
       Lusa/fim