Translator

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 7 de Setembro de 2012.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Recorde: Teletransporte a 143 km
Boliqueime: Solitário rouba banco
Anthony Garotinho: Atacado a tiro
Adriano Moreira: Completa 90 anos
Axel Witsel: Vendido após Hulk
A 500 kms da costa: Força Aérea resgata
Usado por Rainha Isabel II: Barco ‘Real’ no Douro

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
"Piratas do Douro" metem barcos na água, para não meterem água nos barcos
Há quanto tempo não se ouvia contar uma boa história em Lisboa?
Incêndios em Arganil: pedidos reforços a Portalegre, Santarém, Lisboa e Coimbra
Foco de pneumonia está a assustar Vila Nova de S. Bento sem que se saiba a origem
Tensão entre Mercosul e UE não afecta relações Portugal-Brasil, diz Paulo Portas
Estado pode contestar produto de alto risco que está a gerar prejuízos de milhões de euros

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Fogo destruiu pequenas explorações agrícolas e animais
Solitário assalta Caixa de Crédito Agrícola
Pormenores
Relação confirma penas de arguidos do caso Passerelle
Três feridos, dois deles bombeiros, em incêndio em Arganil
Jardim diz que situação da Zona Franca é um "mistério"
Ele desafia-a. Ela diz que ele é que tem fugido

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Fluminense vence Santos e assume liderança do Brasileirão
Seis fogos ativos na região Centro
STF considera culpados mais três réus do "mensalão"
Disparos de obuses fazem 10 mortos e dezenas feridos na Síria
Incêndio em Fornos de Algodres tem uma frente ativa e não ameaça aldeias
2013 será um ano negro: mais IRS, menos deduções, mais IMI
BCE facilita vida a Gaspar na dívida mas impõe novas condições

Capa do i i

Incêndio em Arganil. Pedidos reforços a Portalegre, Santarém, Lisboa e Coimbra
Aveiro: cobrança de taxa turística adiada a pedido de associação hoteleira
Tensão entre Mercosul e UE não afecta relações Portugal-Brasil, diz Portas
Fogo incontrolável em Arganil já passou para o concelho de Tábua
Irina Shayk apresenta "Russia's Next Top Model"
PSD. Decisão do BCE é importante, mas regresso aos mercados depende de nós
Paralímpicos 2012. Portugueses "arrasados" por asiáticos nas provas individuais de boccia

Capa do Diário Económico Diário Económico

“Portugal é invisível na Matemática”
Governo avalia novo aumento de IVA em mais bens e serviços
Redução de escalões de IRS até 2016
BCE pode vira facilitar regresso de Portugal aos mercados
Draghi afunda juros nacionais para o valor mais baixo desde 2010
Merkel diz a Madrid para insistir nas reformas
Banca optimista com melhores condições de recurso ao BCE

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

EDP bate Iberdrola e recupera liderança na venda de electricidade a industriais
"Iremos superar claramente meio milhão de clientes este ano"
BCE regressa às compras
CMVM sai da Avenida da Liberdade para poupar
Grupo de trabalho aposta no turismo e indústria para aeroporto de Beja
Informação é a que dá mais dinheiro à RTP. Entretenimento no ser viço público dá prejuízo
Só em três jogos de futebol RTP perdeu seis milhões

Capa do Oje Oje

Amazon apresenta Kindle paperwhite
Zynga lança FarmVille 2 também em português
Euro com forte subida face ao dólar após reunião do BCE
FMI aplaude decisão do BCE de criar no mecanismo de compra de dívida pública
Alemanha assume voto contra novo mecanismo de compra de dívida do BCE
Lisboa fecha a ganhar 2,43% num dia de fortes subidas na Europa
Preços mundiais dos alimentos estabilizam em agosto

Capa do Destak Destak

Dominado fogo no concelho de Vila Verde
Londres2012 - José Macedo tenta presença na final de boccia BC3
Mundial2014 (Qual.) -- Portugal dá o pontapé de saída no Luxemburgo
Parlamento forçou a demissão dos juízes do Tribunal Constitucional
Obama assume "falhas" e pede mais tempo para resolver "desafios"
Dominados fogos nos concelhos de Fornos de Algodres, Alvaiázere e Vila Real
Rihanna vence o prémio MTV de vídeo do ano com "We Found Love"

Capa do A Bola A Bola

Para jogar na Juventus, Bendtner terá de fazer...dieta
Besiktas não inscreve Quaresma
Airton pode ser resgatado ao Flamengo em janeiro
Matri também joga ao ataque fora dos relvados
Pistorious falha medalha nos 100 metros
«Espero que A BOLA TV não tenha comentadores radicais» - João Reis
«Nunca houve problema com Sá Pinto» - Adrien

Capa do Record Record

Elias tem lugar garantido
Trio novato em estreia
Uruguai tenta chegar à liderança
Sem revolução russa
Portugal quer arrancar a todo o gás
João Tomás: «Quatro pontos dão ânimo»
Lucas cedido ao Mirandela

Capa do O Jogo O Jogo

Afinal, Falcao quer o Real
Marcelo bate Alex Sandro
Guarín fora da seleção
Portista Jaspers nos "oitavos"
Portugal perde com Roménia
Ouça o novo carro de Messi
Determinação para evitar dissabores

ACÇÕES DO MANHOSO E MAFIOSO SR: SILVA DE BOLIQEIME

Clique em baixo para ver o video do artista e seus capangas

http://www.youtube.com/watch?v=PU7Aajs3sTQ&feature=related%2a%2a%2a%2a%2a

KAOS:O trambolhão



Défice, desemprego, actividade económica, PIB, dívida externa, défice das empresas públicas, qualidade da saúde e da educação, a pobreza, a recessão e agora até a competitividade, todos os números pioram assim como as nossas condições de vida.
Para ajudar toda a Europa e o Euro andam aos trambolhões. Não é certamente com estes resultados que nos vão convencer que este é o caminho certo, mas o mais triste de tudo isto é que com as suas mentiras e a comunicação social para as repetir e transformar em verdades ainda há muitos que acreditam. Só falta saber até quando?

HUNGRIA NÃO ACEITA CONDIÇÕES DOS AGIOTAS

Clique em baixo para o resto da peça

Hungria não aceita as condições do FMI

KAOS:Virgem , mas nem tanto




A VALENTINA VAI COMPRAR O RESTO DEIXADO PELA ISABEL

AS FILHAS DOS PRESIDENTES E OS MILAGRES ECONÓMICOS...


  Escreve a revista FORBES  
Valentina Guebuza: a princesa milionária

2012_08_31_002

Maputo (Canalmoz) – A revista FORBES, especializada em matérias sobre a riqueza das celebridades mundiais, dedica na edição deste mês de Agosto um trabalho de três páginas sobre a riqueza da filha do Presidente da República, Armando Guebuza, a famosa Valentina da Luz Guebuza.
.
Com o título “VALENTINA DA LUZ GUEBUZA - THE MILLIONAIRE PRINCESS”, ou seja, “Valentina da Luz Guebuza: a princesa milionária”, a revista editada nos Estados Unidos da América fala das empresas da família Guebuza geridas pela jovem Valentina e ao longo do texto compara a filha de Guebuza à filha do presidente de Angola, Isabel dos Santos, também conhecida pela sua riqueza absoluta.
 .
A revista apresenta Valentina Guebuza como uma jovem “empreendedora”, que ganhou a riqueza com o trabalho. O texto é assinado por Emanuel Novais Pereira, introduz a filha do chefe de Estado moçambicano como “uma das maiores actoras da economia crescente de Moçambique”, diz que “Valentina tem “apenas 32 anos”, mas “é gestora da empresa da família (Guebuza) a ‘Focus 21’”, representando por isso “uma nova classe de empreendedores: jovem, profissional e rica”.
.
Segundo a revista FORBES, desde 2006 (quando Guebuza já era chefe de Estado), Valentina começou a dirigir o grupo empresarial da família Guebuza, a ‘FOCUS 21’, que são negócios avaliados em 5 milhões de dólares norte-americanos. O grupo FOCUS tem interesses em diversas áreas, desde comunicação, consultorias, logística, exploração mineira.
.
Em declarações à FORBES, Valentina Guebuza diz que a empresa da família surgiu há duas décadas, mas reconhece que nos últimos anos firmou negócios lucrativos. Cita-se na revista parcerias da empresa da família Guebuza com as ‘Cervejas de Moçambique’ e com a ‘Star Times Internacional’ para a constituição da Star Times Moçambique, que tem Valentina Guebuza como Presidente do Conselho de Administração.
.
Na Reportagem, Valentina Guebuza conta a história de uma infância humilde e de uma jovem que foi trabalhadora da classe baixa.
.
Quanto à infância, diz que jogava futebol e ajudava em trabalhos domésticos em casa como “lavar a loiça”. Diz que enquanto estudava engenharia civil, foi trabalhando num restaurante, e também secretária e no último ano do curso iniciou uma consultoria numa empresa de consultoria em engenharia civil onde ganhou a experiência prática da área.
.
A filha do chefe de Estado não menciona o restaurante onde trabalhou, não diz também em que empresa foi secretária.
.
Ao longo da Reportagem, Valentina foi mencionando a sua “história de sucesso” e do seu reconhecimento internacional em fóruns internacionais como a participação na última reunião G20, e no “Fórum dos Líderes do Amanhã”, eventos que aconteceram quando o pai de Valentina já era chefe de Estado.
.
Por fim, a revista FORBES faz comparação do “empreendedorismo” da filha de Guebuza com o da filha de José Eduardo dos Santos, Isabel dos Santos. (Redacção)

A POUCA VERGONHA DAS LICENCIATURAS



"Esta história também foi inserida" "Nos Meandros da Diplomacia" Clique  AQUI

Parece-me que em Portugal  as pessoas se medem pela roupagem ou pelo estatuto (licenciatura) mesmo que este seja de carregar pela boca...!!!
Ora eu também sou um licenciado em engenharia, mecânica e por cerca de 9 anos fui dado como tal de quando exerci a profissão de mecânico na Geophisical Service Inc. (subsidiária da Texa Instruments).
.
Servi esta empresa, de pesquisa de petróleo, em vários países onde se contam: Arábia Saudita (por duas vezes) Emiratos Arabes Unidos, Tunísia,Turquia e quando era transferido para um destes países no pedido de residência de minha companhia, às autoridades de emigração era designada a minha profissão como “mechanic engineer”, quando eu não era mais que um mecânico supervisor, além de responsável por uma brigada de manutenção de máquinas e veículos também esfregava o “capado”, muitas vezes,  sob as areias escaldantes dos desertos árabes, onde a ferramenta queimava ao pegar-lhe.
.
Mas como eu havia havia engenheiros a sério de outras especialidades, americanos e de mais nacionalidades, a dar o corpo ao manifesto no deserto.
.
Ganhava bem durantes as 12 horas de trabalho e foi graças a isso e às economias que fui poupando que hoje consigo viver, decentemente, porque depois de servir a diplomacia portuguesa, por 24 anos, na Embaixada de Portugal em Bangkok, no meu melhor, entrar para o funcionalismo público consegui uma reforma de “merda” e de vergonha que teria que seguir a viver da caridade do país onde vivo e onde felizmente ainda há muito arroz para esmolas.
.
Mas aonde eu quero chegar é que quando comecei, em 1978, a frequentar a Missão Diplomática de Portugal no Reino da Tailândia bem poderia firmar-me que eu era um engenheiro mecânico na Arábia Saudita, porque me bastava, apresentar uma cópia daquelas que minha companhia, exibia, às autoridades dos países para onde fui destacado.
.
Em 1982 e de quando conheci, pela primeira vez o Embaixador Melo Gouveia, pouco depois de ser destacado para representar Portugal no Reino da Tailândia bem lhe poderia  ter dito que eu era um engenheiro mecânico ao serviço de uma companhia americana nas terras do petróleo e não  um mecânico de fato de macaco.
.
É que sendo assim o embaixador Melo Gouveia não me tratava por tu aqui, tu ali, tu além e não me teria ordenava, fazer o  primeiro trabalho, na embaixada, o de pintar as paredes, por 27 dias (nunca antes pintadas) do jardim da residência dos embaixadores e oferecia-me aquele tratamento digno de licenciado que era ó sr. Engenheiro José Martins.
.
Anos seguidos, na embaixada, (1984 a trabalhar como eventual/assalariado/funcionário público) usei as palavras (milhares de vezes, diariamente, senhor embaixador, senhor doutor/a, apanhei uma dose do “caralho” de licenciaturas.... que não sei se eram todas reais ou se algumas seriam iguais à doutor Miguel Relvas.
.
Porém há um diplomata, que eu servi, por cerca de 5 anos, que não gostava, mesmo nada, que fosse tratado por doutor mas sim pelo seu nome e foi assim que lidei com ele e uma amizade que depois de 28 anos ainda prevalece!
José Martins.

OS DOUTORES DA "MULA RUÇA"

.

Novos diretores da ARS Norte invocam títulos académicos inexistentes

Novos diretores da ARS Norte invocam títulos académicos inexistentes
 
Paulo Macedo foi acusado de tráfico de influências nas nomeações de novos diretores nos ACES da ARS do Norte.

Rebentou a polémica nos Agrupamentos de Centros de Saúde da Administração Regional de Saúde do Norte. A Federação Nacional dos Médicos acusou esta quarta-feira alguns diretores executivos desses agrupamentos de terem apresentado currícula com títulos académicos falsos.