Translator

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 18 de Setembro de 2012.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Lisboa: Colisão encarcera criança
Barreirense: Basquete suspenso
Benavente: Camião em chamas
Figueira da Foz: Mulher bate com 3,15 g/l
Valença: Despiste fere três jovens
Velas em São Bento contra privatização da RTP
Seguro: PS só volta ao poder com eleições

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Medina Carreira diz que Portas, "o advogado dos manifestantes", devia demitir-se
BE quer que Governo entregue relatório da Ernst & Young aos deputados
Proposta da TSU foi violação “de uma matriz civilizacional”
Vítor Pereira: "A equipa tem de responder colectivamente"
Portugal é como “uma sala sem oxigénio para respirar”, diz Souto de Moura
Melgarejo prolongou contrato até 2018

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Os remédios do poder contra o vírus da revolta
Crianças eram escravas sexuais
Mas eles não ouvem o que dizem?
Portugal exportou para Espanha queijo fresco com "listeria"
Portugal "só pode erguer-se com a promoção do mérito"
Marcantes na construção da personalidade dos alunos
Bons professores de Matemática marcaram rumo

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Portugal exportou para Espanha queijo fresco com "listeria"
Bombeiros abastecem de água cerca de 200 pessoas
Exército síria suspeito de ter testado armas químicas em agosto
Estacionamento no centro do Porto passou a custar o dobro
Descoberta vala comum com mais de 100 cadáveres no Quénia
Mulher roubada e abandonada na rua
Justin Bieber e Selena Gomez compram terreno

Capa do i i

Robert Pattinson e Kristen Stewart de novo juntos
Egipto. Turquia vai emprestar 1,5 mil milhões de euros
Fotos de Kate em topless na capa da “Chi” geram polémica
Assembleia-geral do Montepio adiada pela segunda vez, para 27 de Setembro
PSD. Vice-presidente Pedro Pinto falta a cerimónia em Beja para "guardar algum recato"
Plataforma pela Educação lança apelo para greve de uma semana
Parcerias Público-Privadas. BE quer que governo entregue relatório da Ernst&Young aos deputados

Capa do Diário Económico Diário Económico

Alemanha complica nomeação de Constâncio na supervisão europeia
Empresários consideram eleições antecipadas o pior dos cenários
Parceiros sociais avisam para “tiro no acordo”
PSD furioso mantém coligação em nome do interesse nacional
Alterações à TSU só podem ser feitas até 8 de Outubro
Venda de casas atingiu no ano passado o valor mais baixo de sempre
Fundos Revitalizar atraem 14 gestoras

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Relvas/Licenciatura: Primeiro signatário diz que petição não exige demissão do Governo
Madrid diz que Portugal exportou para Espanha queijo fresco com "listeria"
A primeira página do Negócios da edição de hoje
Os políticos não merecem os portugueses
Agente federal das Finanças
Assembleia-geral do Montepio adiada pela segunda vez
PS/Porto apresenta documento de orientação estratégica para a Área Metropolitana

Capa do Oje Oje

11 anos depois do 11 de setembro
Troika só garante 5.ª tranche com descida da TSU
La Caixa poderá ter de reduzir posição indireta no BPI
Nuno Sobral: “Tecnologia melhora personalização e inovação dos serviços de assistência"
Produção auto cai para menos de metade
Prévoir-Vie protege mulheres
Allianz reformula seguro de Acidentes Pessoais

Capa do Destak Destak

Grupo islâmico reivindicou atentado suicida no Afeganistão como vingança pelo vídeo
NATO restringe operações conjuntas com afegãos -- oficial
Manifestações anti-Japão em Pequim sob fortes medidas de segurança
Petrolífera vai pagar a a empregados de estabelecimentos comerciais afetados por explosão de refinaria
132 presos fugiram de prisão -- Oficial
Empresas municipais "não devem um tostão à banca" -- Rui Rio
Atentado suicida causou pelo menos dez mortos

Capa do A Bola A Bola

Insúa a perder estatuto
«Temos consciência de que não será fácil» - Alex Sandro
Arsenal: Wenger assume problema na renovação de Walcott
Walter diz que assinava «hoje» pelo Goiás
Golo de Romarinho provoca confusão no Palmeiras-Corinthians (com vídeo)
Golo fantasma no Everton-Newcastle (com vídeo)
Kléber quer entrar na Champions com o pé direito

Capa do Record Record

Cadete aposta no Celtic
Marcar tão pouco só em ano de... glória
Zangados com Xistra
Nélson Oliveira: «Tenho estado bem mas é apenas o início»
Paulo Tavares: «Pronto para jogar a 200 por cento»
Mancini: «Man. City ao nível do Real Madrid»
Mau começo dá final feliz

Capa do O Jogo O Jogo

Abdoulaye e Quiñones reforçam equipa B
Nélson e Agra no primeiro triunfo do Bétis
"Um bom resultado é não perder"
Dani Alves há muito que tinha ido embora
Barreirense extingue equipa sénior
Newcastle empata com bis de Ba
"Necessito estar louco para mostrar o meu melhor nível"

DIVULGUEM ESTA PORRA!

Definição de Político Corrupto

Divulguem exaustivamente.
Isto não pode passar em claro.
Estas PPP são uma verdadeira vergonha e afronta a todo um Povo.
Não se pode continuar a condenar quem rouba uma galinha para dar de comer aos filhos e nada se faz contra todos os atropelos de colarinho branco.
Este estado de coisas tem de acabar.
Não podemos indefinidamente continuar assim.
.
Vejam o video e próximas eleições não votem em badamecos e pessoas duvidosas
http://www.youtube.com/watch_popup?v=tJj0H5C-uhc

CONTINENTAIS EMBRULHEM!





Açores para continentais 
 Clique em baixo
Adalino Cabral, USA
.
P.S. Adalino Cabral é açoriano dos quatro ananazes.

ALEIXO SEMPRE ACTUAL



CLARIVIDÊNCIA DE UM PORTUGUÊS HUMILDE MAS DE GRANDE SABER.

PASSOS & GASPAR DEVIAM LÊ-LO E IREM PARA UM RETIRO MEDITAR.

Sempre actual, este Senhor!

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/73/EstatuaAntonioAleixo.JPG
Estátua de António Aleixo em Loulé
CINCO QUADRAS
DE ANTÓNIO ALEIXO


Acho uma moral ruim
trazer o vulgo enganado:
mandarem fazer assim
e eles fazerem assado.

Sou um dos membros malditos
dessa falsa sociedade
que, baseada nos mitos,
pode roubar à vontade.

Esses por quem não te interessas
produzem quanto consomes:
vivem das tuas promessas
ganhando o pão que tu comes.

Não me deem mais desgostos
porque sei raciocinar...
Só os burros estão dispostos
a sofrer sem protestar!

Esta mascarada enorme
com que o mundo nos aldraba,
dura enquanto o povo dorme,
quando ele acordar, acaba.
António Aleixo

UM BRINDE


KAOS:Chegou a vez de Belé



Depois de todos os que desfilaram no passado dia 15 contra a politica deste governo chegou agora a hora de irmos a Belém lembrar ao Sr. Silva que é bom que do Conselho de Estado saia uma solução porque se dizem que vivemos numa democracia a vontade do povo deve ser respeitada. Se não cumprir com as suas responsabilidades como Presidente da Republica, como já aconteceu antes, não custa nada mete-lo no pacote do governo e manda-los a todos para o lixo ao mesmo tempo. Chegou a hora de a vontade dos cidadãos ser respeitada a bem ou a mal. Damos-lhe a possibilidade de escolher.

“Não fui a primeira pessoa no mundo a abraçar um polícia”


17.09.2012 - 16:20 Por Andreia Sanches
Essa imagem está a correr nas redes sociais e alguns até consideram que se tornou um símbolo  
Essa imagem está a correr nas redes sociais e alguns até consideram que se tornou um símbolo (José Manuel Ribeiro/Reuters)
.
A rapariga fotografada a abraçar um polícia em frente aos escritórios do FMI durante a manifestação de sábado não tem partido e acredita que o mundo podia viver sem dinheiro. “Queria ter um gesto de amor.”
.
Tem 18 anos, é de Lagos e nunca tinha ido a uma manifestação. Não acredita em partidos, nem no dinheiro — “O dinheiro só gera maus sentimentos, só gera ódios.” Adriana Xavier é o nome da jovem que no sábado saiu à rua naquele que foi o seu primeiro protesto. 
 .
As câmaras dos fotógrafos apanharam-na em frente aos escritórios do Fundo Monetário Internacional (FMI), em Lisboa, num ambiente de tensão. Havia manifestantes a atirar tomates. Um petardo tinha rebentado havia pouco. Adriana aproximou-se de um polícia e abraçou-o.
.
Essa imagem está a correr nas redes sociais e alguns até consideram que se tornou um símbolo. Publicada em vários sites internacionais, mostra a jovem, de cabelos longos, abraçada a um agente do corpo de intervenção de capacete e viseira fechada.
.
José Manuel Ribeiro, fotojornalista da Reuters, estava no local. “Saí da Praça José Fontana [onde começou a manifestação] e tinha decidido que ficaria junto aos escritórios do FMI porque achava que seria ali que podia acontecer alguma coisa mais grave. A certa altura vi um vulto a dirigir-se a um polícia e pensei: ‘É agora!’ Rodeei outro agente e fotografei. 
 .
Não estava à espera que fosse um abraço”, conta. Enviou a imagem. Continuou a trabalhar. E só mais tarde percebeu que tinha sido destacada pela Reuters. “Quando cheguei a casa de madrugada percebi que tinha sido publicada na Nova Zelândia” e no dia seguinte viu-a nas páginas do jornal brasileiro O Globo.
.
“Decidi à última juntar-me à manifestação” contra as medidas de austeridade, conta, por seu lado, Adriana Xavier em entrevista telefónica ao PÚBLICO. “Estava a gostar de ver o povo unido, apesar de eu não ser de gritar. Mas é bonito ver o povo unido por uma causa.”
.
Quando percorria com centenas de milhares de outras pessoas a Avenida da República percebeu “que havia confusão” num certo ponto. “Soube então que estava ao pé do FMI. Aproximei-me porque tinha curiosidade. Estava só ali, a observar a reacção dos polícias porque sei que por detrás deles há muito poder e que eles são marionetas. 
.
Estão ali porque recebem dinheiro para alimentar os filhos. Às vezes vemos os polícias partir para a violência e aproximei-me porque queria perceber o que é que eles eram capazes de fazer. Porque eles também são o povo, também estão a ser prejudicados com as medidas [do Governo].”
.
A certa altura, fixou-se num agente em particular. “Já tinha sido lançada uma bomba de fumo”, diz. “Já tinha olhado para ele, quando ele ainda não tinha a viseira. Tinha um olhar triste. Mas tinha um olhar aberto também. Sou muito sensível nestas coisas”, conta a aluna de Artes Visuais. “Fui ter com ele e perguntei-lhe: ‘Por que é que vocês estão aqui? 
.
Para provocar alguma reacção má?’ Ele disse: ‘É o meu trabalho.’ Depois perguntei: ‘Não gostava de estar deste lado?’ E ele não respondeu. Olhou em frente.”

Adriana voltou a afastar-se, os gritos à sua volta continuavam, depois pensou: “Pensei uma, duas, três vezes. E aproximei-me dele. Acredito que se der amor, recebo amor. 
.
E foi por isso. Queria ter um gesto de amor. Queria ter uma reacção boa naquele momento, não quero ter sentimentos maus. Aproximei-me dele, abracei-o. Ele ficou estático. Depois afastou-se suavemente. Não me afastou, afastou-se.”

A aluna que só não concluiu este ano o 12.º ano por causa da disciplina de Geometria Descritiva acha que não fez nada de especial: “Não fui a primeira pessoa no mundo a abraçar um polícia. Já tinha visto outras imagens assim.
.
” Diz que se limitou a querer passar uma mensagem de amor. “Aquela imagem é o que eu sou. Acredito que em breve vai haver uma mudança. Espiritual.”

José Manuel Ribeiro não estava à espera de receber tantos comentários por causa da fotografia que fez — uma fotografia que tem qualquer coisa de “A bela e o monstro”, com “o polícia com aquela luva grossa a agarrar naquele bracinho”. 
.
Mas garante que não é raro que isso aconteça — fixa-se uma imagem de um momento sem saber minimamente o impacto que ela vai ter quando chegar aos jornais, à Internet. 
.
Há, no entanto, excepções, e ele próprio lembra-se de uma: “Lembro-me de uma fotografia de Hugo Correia [também da Reuters], de uma jornalista da France Press a ser batida por um polícia no Chiado, na greve geral, em Março. 
.
Olhei para aquela fotografia, que mostra exactamente o contrário desta imagem, e pensei na altura: ‘Isto vai dar voltas!” 
.
Mesmo assim, deu “ainda mais voltas” do que estava à espera.Notícia corrigida às 16h38."dezenas de milhares" passou a "centenas de milhares".
.
Notícia actualizada às 18h48.Acrescenta declarações do fotojornalista José Manuel Ribeiro.

"O que me preocupa não é o grito dos maus`. É o silêncio dos bons."




Muito triste, muito triste, mas é bom saber...
Até custa a acreditar!!!...
Programa de luta contra a fome.
Nada é o que parece.
Ora vê:
.
Decorreu este fim de semana mais uma ação, louvável, do programa da luta contra a fome, mas....façam o vosso juízo!
  .
Recolha em hipermercados, segundo os telejornais,  2.644 toneladas !
Ou seja 2.644.000 Kilos.
.
Se cada pessoa adquiriu no hipermercado 1 produto para doar e se esse produto custou, digamos, € 0.50 (cinquenta cêntimos), repara que: 2.644.000 kg x 0,50 € dá 1.322.000 € (1 milhão, tresentos e vinte e dois mil euros), total do que as pessoas pagaram nas caixas dos hipermercados.
.
Quanto ganham???: o estado 304.000 €(23% iva) o hipermercado 396.600 € (margem de lucro de cerca de 30%). Nunca tinhas reparado, tal como eu, quem mais engorda com estas campanhas...
Devo dizer que não deixo de louvar a ação da recolha e o meu respeito pelos milhares de voluntários.

MAIS....

É triste, mas é bom saber... 
  
-Porque é que os madeirenses receberam 2 milhões de Euros da solidariedade nacional, quando o que foi doado era de 2 milhões e 880 mil?
Querem saber para onde foi esta "pequena" parcela de 880.000 € ?
A campanha a favor das vítimas do temporal na Madeira através de chamadas telefónicas é um insulto à boa-fé da gente generosa e um assalto à mão-armada.
Pelas televisões a promoção reza assim: Preço da chamada 0,60 + IVA.
São 0,72 no total. 
 .
O que por má-fé não se diz é que o donativo que deverá chegar (?)  ao beneficiário madeirense é de apenas 0,50.  Assim oferecemos € 0,50 a quem carece,  ma cobram-nos € 0,72,  mais € 0,22 ou seja 30 %.
Quem ficou com esta diferença?
1º - a PT com € 0,10 (17 %) isto é a diferença dos 50 para os 60.
2º - o Estado € 0,12 (20 %) referente ao IVA sobre 0,60.
Numa campanha de solidariedade, a aplicação de uma margem de lucro pela PT e da incidência do IVA pelo Estado são o retrato da baixa moral a que tudo isto chegou.
.
A RTP anunciou com imensa satisfação que o montante doado já atingiu os 2.000.000 de euros.  Esqueceu-se de dizer que os generosos pagaram mais 44 % ou seja mais 880.000 euros divididos  entre a PT (400.000 para a ajuda dos salários dos administradores)  e o Estado (480.000 para ajuda ao reequilíbrio das contas públicas e aos trafulhas que por lá andam).
.
A PT cobra comissão de quase  20 % num acto de solidariedade!!!
O Estado faz incidir IVA sobre um produto da mais pura generosidade!!!
.
ISTO É UMA TOTAL FALTA DE VERGONHA, SOB A CAPA DA SOLIDARIEDADE. É BOM QUE O POVO SAIBA QUE ATÉ NA CONFIANÇA SOMOS ROUBADOS.
.  
ISTO É UM TRISTE ESBULHO À BOLSA E AO ESPÍRITO DE SOLIDARIEDADE  DO POVO PORTUGUÊS!!!
.
Pelo menos. DENUNCIA!
.
"O que me preocupa não é o grito dos maus`. É o silêncio dos bons." 

PARLAMENTO EUROPEU - COVIL DE LOBOS

DIVULGUEM

Estranhamente Passos Coelho foi o ÚNICO dirigente europeu que ficou ao lado de Angela Merkel na defesa da continuidade da política de austeridade...

AS DESGRAÇAS DO PAULINHO À VISTA

Quem será que no futuro se acreditará e votará no Paulinho


O SERMÃO DO PADRE MÁRTIO DA LIXA



Padre Mário da Lixa afirma: Ladrão digo eu!

Clique em baixo... Fantástico!


ACHO QUE SIM VAMOS PARAR O PAIS NÃO É FAZER GREVE MAS SIM FICAR EM CASA UM DOIS TRES….E MAIS  DIAS ATÉ  QUE …………………..A MUDANÇA SE REALIZE

UM FILMEZINHO DO RELVAS

Agora em filme... e este agora no poleiro ja esta tudo bem... nem fala o Aldrabão

 

Santa Paulo Porcas hipócrita



Paulo Portas confirmou que soube antecipadamente da alteração na Taxa Social Única, que defendeu «outros caminhos», mas que não bloqueou a medida porque isso seria o «caos».
Coitadinho do Paulinho das Feiras, os sacrifícios que ele faz por todos nós. Mas não vale a pena que caos mesmo é para onde este governo nos conduz com a sua politica assassina. Pior não poderíamos ficar.

OPINIÃO DE FERREIRA FERNANDES




Precisamos de um memorando de entendimento sobre o entendimento. Não sei se a TSU isto ou aquilo, mas eu não apresentaria, hoje e aqui, uma medida que, basicamente, tira aos empregados e dá às empresas sem me armar de uma mão cheia de argumentos curtos e claros. Isto é, eu não o faria sem ter uma política. Por exemplo, não afogaria numa entrevista de 76 minutos, como fez o primeiro-ministro, a cenoura de prováveis baixas nos transportes. Não sei se a TSU pode consegui-lo, sei é que Passos Coelho não fez esforço para me convencer (nem mentir-me bem tentou ou soube). Preocuparem-se em convencer-me é o mínimo que peço.
Ferreira Fernandes, Público

UM AMIGO COM PENA DO PEDRO




Olá Pedro,
Provavelmente já não nos vemos há coisa de uns 28 anos, quando ambos militávamos na JSD. Eu segui publicidade e tu política, mas pelos vistos nenhum de nós acertou na profissão.
Jovens como éramos tinhamos muito pouca noção daquilo que queríamos para o mundo. Sabíamos apenas que uns copos e umas miúdas moldariam a noite e a Terra continuaria a rodar.  Depois o partido mudou, lembras-te? 

Passou a ser liberal e pouco social. Saí de imediato porque era o sentido social democrata que me movia e não o liberal. Porém, não é para recordar laivos de juventude que hoje escrevo. Faço-o porque tenho medo. É verdade, medo.
Por norma sou um "cagufas" com as doenças, mas actualmente verifiquei que estas alastram para fora do corpo atingindo massas imensas como se de armas químicas se tratasse. Mesmo assim, não é isso que temo.
Tenho ouvido as tuas comunicações ao país através da Tv e (sabes que sou um apaixonado por história) não tenho gostado do que ouço e vejo.
Preocupa-me, que queres !
É que falas das gerações futuras com muita frequência e da formação do "homem novo" num país arrumado, estruturado, limpo, feliz. Mete medo Pedro.
Em 1911 Lenine e Estaline falavam do Homem Novo, dos amanhãs que cantariam. Lembraste dos Gulags, da miséria sovética? Não cantaram! Em 1933 o prof Salazar também argumentava a favor do novo homem, do Estado Novo, do rigor.
Foram 48 anos de rigor e mais de 14.000 mortos a defender rigorosamente terras distantes que curiosamente hoje nos pedes para rever e pisar. Em 1936, um rapaz austríaco lembrou-se também do Homem Novo, ariano, espartano, puro.
Purificou para sempre mais de 54 milhões de pessoas e não foi bonito. Fico por isso assustado quanto te ouço falar de um futuro mais sorridente, das novas gerações.
Mas não só. Acima de tudo quedo perplexo quando irracionalmente à destruição do tecido social deste país. Não é pelo país, é mesmo pelas pessoas. São seres humanos com expectativas criadas pelo seu trabalho e não pelo jogo político ou financeiro.
Sabes, entendi até um certo ponto que os governos anteriores deram cabo disto e os seus responsáveis deverão ser criminalizados para além do voto. Por isso respeitei as tuas promessas eleitorais embora não te tenha dado o meu voto...nenhum o merecia ou merecerá.
Mas após tantas contradições e arrogâncias quase tenho medo de ti. Melhor, não será medo, mas pena. Não te queria junto de Estaline, Lenine, Salazar, Hitler e outros tantos que desrespeitaram o seu semelhante. Até acredito que te vás safar disto porque afinal todos o fazem e a culpa morre sempre viúva.
Porém, um Homem (novo ou velho) mede-se sempre pela atitude que expressa e a tua é vazia, insensível, cobarde e irascível pois para além de acreditar que acreditas (passe o pleonasmo) nas irracionalidades que apregoas sei também que tas mandam dizer...e isso é o ponto mais baixo a que um Homem pode chegar.
Mais baixo mesmo do que aqueles que todos os dias obrigas a arrastar pelas ruas da amargura e miséria. Afinal não tenho medo Pedro.
Tenho pena...de ti.
José Carlos

As capas dos jornais e as principais notícias de Segunda-feira, 17 de Setembro de 2012.

Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Criança atropelada por carro
Jean-Claude Trichet: Todos têm de actuar
Mariano Rajoy: Dívida espanhola
Porto: Atropelamento mortal
Arganil: Funeral vai ser amanhã
Guimarães: GNR vigia cintos
EN125: Colisão entre ligeiros

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Diplomatas e médicos entre os mais afectados com corte nos suplementos
Crise económica alimenta defesa de uma Catalunha independente
Sá Pinto: "Equipa está motivada, com vontade de continuar e de crescer"
Vigília marcada para sexta-feira junto à Presidência da República
Alimentação artificial das praias com areia é uma forma de combater a erosão costeira
Sporting marca primeiro golo mas não chega à primeira vitória

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Fazer mestrado na Católica ajuda a conseguir emprego
Explicar-se bem é o melhor remédio
Mitos e realidades da classe no nosso país
Uma profissão de maioria feminina
Passou a noite esmagado debaixo do trator
Vígilia sexta-feira junto à Presidência da República
GNR detém duas pressoas e apreende droga em residências

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Golpe de mar vira bote de bombeiros
Mónica e Cebola dão o nó
Mãe sonâmbula é estrela no Youtube
37 concelhos sem escolas secundárias
Cáritas recebe mais de 350 novos pedidos de ajuda por dia
Confusão e detenções no final do jogo entre o Arouca e o Sporting B
Sporting leva com golo à beira do fim e continua sem vencer na Liga

Capa do i i

Cavaco Silva ouve Conselho de Estado e fala ao país na sexta
França. Navio com pavilhão português apresado em Marselha
Arganil. Funeral de bombeira que morreu no sábado realiza-se na terça-feira
Gabinete do primeiro-ministro diz que reduziu número de viaturas
Vela. Cascais City Race – Vitória final para Musandam Oman Sail
Papa Bento XVI termina visita ao Líbano com apelo à fraternidade
Embaixador em Roma. "Estou preocupado com o que se passa em Portugal"

Capa do Diário Económico Diário Económico

Portas abre crise na coligação
500 mil vozes contra cortes nos salários
Eurogrupo já não quer saber do consenso político em Portugal
Agências de ‘rating’ não penalizam mais um ano para cumprir o défice
Descida da TSU não evita destruição de mais 54 mil empregos em 2013
Desempregados inscritos batem novo recorde em Agosto
A Escolha

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Perdoem o meu optimismo
O rendimento fixo continua a oferecer possibilidades de retorno aos investidores selectivos
Marcha à REN
A primeira página do Negócios da edição de hoje
Católica Lisbon em quarto lugar mundial na empregabilidade dos alunos de mestrado
Marcelo Rebelo de Sousa: "Quem entalou o PSD e o primeiro-ministro foi Paulo Portas"
A manifestação de quem não se manifesta

Capa do Oje Oje

Empresários e gestores portugueses vão associar-se em Cabo Verde
Previsões do Governo apontam queda do consumo, investimento e emprego 2013
Confiança do consumidor americano atinge nível mais alto em quatro meses
SARA defende sistema integrado para reduzir custos do transporte ferroviário
Lisboa fecha a ganhar tal como toda a Europa
Venda da Tobis dada por encerrada
Combustíveis descem na próxima semana

Capa do Destak Destak

Artur Lima acredita que CDS-PP pode ganhar as regionais de outubro
Governo de Timor-Leste condena onda de violência
Conselho Económico e Social começa hoje a preparar parecer sobre o documento
Chefe do Pentágono reuniu com MNE japonês sobre disputas territoriais com a China
FESAP anuncia hoje aumentos salariais a reivindicar ao Governo para 2013
Mais de mil manifestantes em violentos protestos anti-EUA no Afeganistão
Dois fogos ativos, o mais significativo em Macedo de Cavaleiros

Capa do A Bola A Bola

Marítimo autorizado pela UEFA a jogar nos Barreiros
Guarda-redes defende livre de Miccoli... com a sola da chuteira!
Poppy, uma pétala loira (ou ruiva) seduzida pelo basebol
«James é o novo “El Pibe”» - Valderrama
Suazo (ex-Benfica) pode acabar carreira no Málaga
Luisão à espera de decisão da FIFA
Palmeiras perde com o Corinthians (0-2) e adeptos tentam agredir presidente

Capa do Record Record

Leões efetuam pior arranque no século 21
FIFA delibera hoje caso Luisão
Defour segura o meio-campo
Chuta Barbosa
Danilo Dias: «Resultado motiva-nos para 5.ª feira»
Mourinho regista pior arranque da carreira
Flávio recuperado

Capa do O Jogo O Jogo

Marselha não larga o poleiro
João Guilherme resolve
Elias: "Acontecem coisas contra o Sporting"
"Encostámos o Sporting às boxes"
"Merecíamos a vitória"
Sporting volta a marcar passo
Inter ganha com Guarín e Álvaro Pereira