Translator

domingo, 23 de setembro de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Segunda-feira, 24 de Setembro de 2012.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Custóias: Rixa entre vizinhos
'Casa dos Segredos': Cátia expulsa
Matosinhos: Inundação em casa
Cães atacam e fazem mais duas vítimas
Marcelo R. Sousa: Remodelar Governo
Bento XVI: Papa apela à Paz
Fogo em casa de testemunha contra máfia

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Jorge Jesus: "O que se passou aqui foi uma vergonha"
Benfica empata em Coimbra num jogo com três penáltis
John Terry abandona selecção
O "alfaiate de bicicletas" de Ílhavo já tem encomendas do estrangeiro
Passos tomou decisão antes do Conselho de Estado, garante Marcelo Rebelo de Sousa
Rayo Vallecano-Real Madrid adiado por falta de luz

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Sobretudo não efabulem
Candidatos à profissão têm cada vez menos qualidade
Papel determinante para a melhoria da sociedade
Mais do que competência, capacidade de doação
Continente assegura que todos os 120 trabalhadores vão ser realocados
Instalações do SEF em risco de ruir
Empresários do Algarve dizem não ter sorte

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Galo e Grêmio empatam sem golos
"Os três pontos ficavam-nos bem", reagiu Pedro Emanuel
Jesus revoltado com arbitragem de Carlos Xistra
Vindimas no Douro dão trabalho a desempregados
Deputada italiana arrasa em desfile
Hollande defende mais tempo para a Grécia
Porco herói salva cabra de afogar-se

Capa do i i

Primeiro-ministro francês defende mais tempo para a Grécia
Carlos César destaca "grande qualidade" sistema de saúde dos Açores que implicou grande esforço financeiro
Força Aérea resgata doente de navio ao largo da Nazaré
Coimbra. Campanha da Cáritas angaria três mil bens para apoiar pessoas que recorrem ao Centro de Apoio Social
Segurança "ainda não está" reunida para que inspectores da PJ acedam aos escombros do Retail Park de Portimão
Solidariedade. 200 instituições e 2500 voluntários inscritos no My Social Project
GNR. Mais de 26 mil condutores fiscalizados e quase 900 multados na operação "Anjo da Guarda"

Capa do Diário Económico Diário Económico

Governo garante cirurgias aos portugueses
PSD deve mostrar “reforço de posição” na hora de remodelar
Combustíveis descem hoje três cêntimos por litro
Passos Coelho ressuscita corte de subsídios e enterra TSU
Troika desconhece estudo sobre Taxa Social Única
Banco do Brasil sondou Governo para ficar com 20% da Caixa
“Estou aberto a que me cobrem a mim mais impostos”

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

A primeira página do Negócios da edição de hoje
Tornas de divórcio
Orçamento já vai ser julgado pelo novo Tribunal Constitucional
"Nunca tivemos uma previsão tão negativa como para 2013"
Nova taxa aplica-se às mais-valias realizadas desde Janeiro
Imposto sobre imóveis de luxo vai duplicar
Sinais exteriores de riqueza com malha mais apertada

Capa do Oje Oje

Nuno Amado compra mais 200 mil direitos de ações no aumento de capital
Facebook suspende reconhecimento facial
ASAE defende aumento das coimas
Compra da EMI aprovada
Fiat investe 2.300 milhões de euros no Brasil
Monti defende “governo da globalização”
PSI20 fecha a ganhar com Zon a valorizar mais de 9%

Capa do Destak Destak

Tóquio envia vice-ministro dos Negócios Estrangeiros a Pequim
Técnicos "de luto" explicam risco de encerramentos e lançam petição para alterar política
Salários baixam pela 1.ª vez em termos absolutos em 2012 - Estudo
Tempestade Miriam transforma-se em furacão, mas não representa ameaça
Foxconn suspende produção em fábrica devido a conflito entre funcionários
Prosseguem as buscas por sete montanhistas desaparecidos
Antigo "super-polícia" e ex-braço direito de Bo Xilai condenado a 15 anos de prisão

Capa do A Bola A Bola

Helton recuperou braçadeira de capitão
Viktoria Plzen empatou fora de casa a jogar com dez
Benfica novamente derrotado no Torneio da Luz
Eva Longoria: Depois de Tony Parker, Mark Sanchez
Pongolle (Rostov) não evita vitória do Spartak
Videoton derrotado em casa, perde terreno na luta pelo título
Ninguém marca tanto como o Costa do Sol de Diamantino Miranda

Capa do Record Record

Rebeldia de James
Verdade desportiva une agentes do futebol
Ruben Micael: «Resposta positiva e com bom futebol»
Para além do Marão veio o tal empurrão
Tarantini: «Bruno Paixão não devia apitar»
Simões: «Contra os adeptos camaleões»
José Luis Oltra deixa Salomão fora dos eleitos

Capa do O Jogo O Jogo

Vermoim derrotado na final
Génova foi a Roma bater a Lázio
Jackpot para Snedeker
Rafael Bastos marca... mas Cluj perde
Chave do Joker da semana 39/2012
Totobola: chave do concurso nº 39/2012
Lisandro mantém Lyon em segundo

HAVERÁ MAIS CIGARRA QUE ESTE GAJO?

cigarra

Miguel Macedo diz que Portugal tem mais cigarras do que formigas


Fátima Pinto / Rita Marrafa de Carvalho / Marques de Almeida / Vanessa Brízido
 .
O Ministro da Administração Interna diz que Portugal não deve ser um país de muitas cigarras e de poucas formigas. Declarações de Miguel Macedo ao inaugurar um quartel de bombeiros onde tinha a espera um grupo de manifestantes. As vaias e apupos levaram-no a deixar a inauguração incompleta.
.
P.S. O Macedo, marmelo, nunca vergou a mola e tem vivido à nossa conta em modos de cigarra e do blá,blá político.

MAIS UMA!


 
A imaginação deste povo é um caso sério...  

FABULOSA INTERPRETAÇÃO  do nome PORTUGAL

Descobriu-se agora o significado da palavra P.O.R.T.U.G.A.L.:
 
País Onde Roubar, Tirar, Usurpar, Gamar e Aldrabar, é Legal !!!!
 

KAOS:10804



"Se o Governo mantivesse a sua proposta TSU, significaria que o PS apresentaria uma moção de censura, não havendo uma proposta do Governo, naturalmente eu cumprirei a minha palavra", afirmou António José Seguro.
Ou me engano muito ou este PS ainda acaba por optar pela violência e por mais abstenção no próximo Orçamento de Estado. Muitos mostraram alguma admiração quando se referiu no ano passado a "abstenção violenta" não compreendendo que de facto aquela abstenção foi uma violência enorme, não contra o orçamento ou o governo, mas contra a maioria os portugueses. Talvez fosse bom que pensássemos em outras alternativas para o futuro que não passassem por esta governação de alterne, ou alguém acredita que a democracia é só podemos escolher entre dois males menores por medo de tudo o que seja diferente? Porque não é.

A troika está cá a nosso pedido.


Melhor e mais precisamente porque o "filósofo de Paris" fez com ela um "acordozito", que nos deixou enterrados para além dos "tomates" (uma vez que ele e a pandilha PS, já nos tinham enterrado até ao pescoço) !!
.
E como esta rapaziada é muito democrata, o "filósofo de Paris", fez tudo isto sem nos dar "cavaco", talvez porque este estava em Belém!
.
Depois desta leitura, certamente, estraguei-vos este fim de Domingo já triste face à chuva que cai.
.
Mas é muito importante que TODOS os portugueses estejam bem informados para que não se metam nos aventureirismos das "Grandes Massas Populares" amorfas e encrencadas na direcção de quem berra mais !!
.
Assim, agradeço aos meus amigos que leiam e passem!
.
Qualquer pessoa de bem que contrai uma dívida tem por obrigação de pagá-la e de criar as condições - quer na aplicação do empréstimo quer no seu modo de vida - para que esse pagamento se efectue nos prazos acordados. 
.
Se o credor for sempre o mesmo ou se tiver conhecimento que os hábitos de dissipação do devedor são recorrentes, é compreensível que exija  fiscalizar a maneira como é aplicado o seu empréstimo e que oriente o desleixado devedor, que já deu provas dos mais perniciosos hábitos e da mais refinada incompetência (pelo menos três vezes, nos últimos 37 anos !!) na melhor maneira de encontrar as soluções adequadas para resolver a dívida e não voltar a cair no mesmo buraco !!!
.
O Estado português, nos últimos trinta e tal anos, entendeu que estes princípios não se lhe aplicavam. Foi o único país europeu que por três vezes estendeu a mão ao FMI, para não cair em bancarrota. 
.
Por duas vezes terá honestamente cumprido as suas obrigações com o FMI. Mas, ignorando o mais elementar bom senso, (apesar dos milhões que nos foram oferecidos pela Europa, das já dissipadas 400 toneladas de ouro da “pesada herança” e das alienações do outrora valioso património do Estado) o Estado entendeu que o bom, o óptimo, seria aumentar sem critério o funcionalismo público, aumentar em número e regalias todos os cargos políticos, expandir de forma inútil e insensata as instituições políticas, inventar lugares com ordenados principescos para satisfazer as cliques partidárias, fazer investimentos inúteis com derrapagens nunca esclarecidas, viagens sumptuárias, festas delirantes, subsidiar tudo e todos, uns para não trabalhar, outros por não terem trabalho, outros por não quererem trabalhar e outros porque estão com gripe.
.
É para mim estranho que se façam declarações e tomem atitudes contra a "troika" como se ela fosse responsável pelo despesismo e pela incompetência dos sucessivos governos que nos conduziram, já por três vezes, à bancarrota e à falência. 
.
É para mim incompreensível que se acusem os credores que permitiram, a juros aceitáveis, que se pagassem salários e pensões para que todos pudéssemos comer e não os gangues que, impunemente, nos levaram à bancarrota. 
.
Claro que seria óptimo que a "troika" não estivesse em Portugal. Mas não nos invadiram, nem entraram clandestinamente.
.
Entraram a pedido dos próprios "irresponsáveis" pela nossa desgraça. Não são portanto eles os arautos da nossa desgraça e começo a ficar confundido quando vejo gente desmemoriada a culparem os "justos" e a ilibarem os "pecadores"!!!
.  
A aí que não será descabido que  a "troyka" venha fiscalizar a aplicação do seu dinheiro (com o qual ainda temos pão para a boca!!) porque os (des)governos portugueses já mostraram ser incapazes de gerir o que quer que seja e não têm a coragem de tomar, por ganância e eleitoralismo, as medidas adequadas à situação actual e que nos ajudariam a sair, o menos dolorosamente possível, desta desalentadora crise.
.
Compreendo a indignação e o desalento da rua, mas não entendo a pontaria nem os objectivos.
.
Ainda não vi cartazes a exigir o numero máximo de 75 deputados em S. Bento, nem o fim das Fundações Mário Soares e das de doutros parasitas, nem o encerramento de 1400 dos 1500 Institutos, que servem de coio aos "boys" da escumalha partidária, sem sentido de Estado e de respeito pela Nação.
.
Não se vê quem apresente alternativas válidas e credíveis, ou se as têm, não conduzem à poupança necessária que permita que os nossos credores as aceitem. 
.
Todos dizem que o caminho não é este, o que pode até ser razoável, mas não são capazes de apontar soluções credíveis e consensuais.
.
Após a inábil declaração do 1º Ministro, parece-me que os responsáveis ficaram mais atordoados do que o próprio país e as reuniões que se deveriam ter iniciado na hora, foram inexplicavelmente adiadas, entre silêncios convenientes e explicações atabalhoadas, mais uma vez com danos para o país e o aproveitamento, sempre “patriótico e desinteressado”, dos partidos.
.
Nas verdadeiras democracias, sensatas e evoluídas, numa emergência, seja uma guerra, uma catástrofe ou a eminência de bancarrota, cumpriria ao Presidente da República, ao Governo e à Assembleia da República, encontrarem, com urgência, os necessários e rápidos consensos para evitar o poder da rua e uma rebelião, sempre insensata, perigosa e imprevisível.
.
Mas não. Estão todos mais preocupados com a sua imagem, com as vantagens e desvantagens para o seu partido, com as “suas” Fundações, com as suas regalias, com os seus negócios, etc.
.
Não foi a troika que nos empobreceu ou nos causou danos. Não foi a troika que nos roubou a soberania. 
.
Entregamo-la – felizmente - porque não nos sabemos governar. O haver ainda dinheiro para pagar salários e pensões devemo-lo à troika e por isso lhe deveríamos estar reconhecidos.
.
Infelizmente foi preciso vir gente de fora para acabar com o regabofe e para nos dizerem como devemos arrumar a casa. 
.
Sem eles continuariamos a pagar o rendimento mínimo de inserção e outros mecanismos de convite à calonice e ao boicote ao trabalho e à produtividade ! 
.
(Vejam o crime que se tem passado nestes ultimos 37 anos com os nossos portos marítimos, por onde saiem 70 das nossas exportações, só para sustentar estivadores operadores de grua, barões/pilotos e administradores com ordenados e condições "chorudas" !!! 
.
Aqui está um dos cancros da competitividade das empresas exportadoras, mas ninguèm faz nada porque há que garantir o "poiso" para mais uns "boys"!)
.
Só espero que a "troyka" não se vá embora tão cedo para que se possam corrigir alguns dos danos que a ganância de uns e a incompetência doutros nos causaram.
.
Estou certo que mal ela se for embora, recomeçaremos um novo ciclo de regabofe e fantasia, com mais ostentação e desperdício, em (10) estádios, em "Escolas de Festa" (com derrapagens de 50% nos custos !!!
.
Mas tudo bem, ninguèm vai preso !!) em hospitais que já fecharam e noutras "merdas", importantes para "anesteciar" e ."embalar" este povo imberbe !!!
.
Desculpem lá mas tinha de desabafar isto.
Um abraço a todos
(Autor desconhecido)

O REGABOFE: "CADA CAVADELA UMA MINHOCA"



.
MAS PORQUE SERÁ QUE ESTA ESCUMALHA VIGARISTA NÃO É OBRIGADO A DEVOLVER O QUE RECEBEU EN EXCESSO?
.
NÃO É ISSO QUE FAZEM AO CIDADÃO COMUM ?  ENCAMINHEM !...ENCAMINHEM!.... SEMPRE HA DE DÁR EM ALGUMA COISA

“Arrependo-me muitas vezes de ter falado, nunca de me ter calado."
  Públio Siro - Roma Antiga
.
Este "piqueno"        Presidente dos
CTT recebia   só dois ordenados 
.
UMA VERGONHA!!!
.
Presidente dos CTT recebia dois ordenados
 .
COMPRENDE-SE POR QUE É PORTUGAL ESTÁ NAS LONAS OU PRECISA-SE DE MAIS EXPLICAÇÕES ?????
.
O Presidente do Conselho de Administração dos CTT, Estanislau Mata da Costa - que se demitiu no final do mês passado, sem ter terminado o mandato - recebeu, durante cerca de dois anos, dois vencimentos em simultâneo: um pelo cargo nesta empresa, de cerca de 15 mil euros, e outro correspondente às suas anteriores funções na PT, de 23 mil euros. E isto apesar de ter suspendido o vínculo laboral com a PT.
.
A descoberta foi feita pela Inspecção-Geral de Finanças (IGF), na sequência de uma auditoria realizada após denúncias da comissão de trabalhadores dos CTT sobre actos de alegada má gestão na empresa.
.
Segundo soube o SOL, o Conselho de Administração da empresa terá recebido o relatório preliminar desta auditoria no dia 29. A demissão de Mata da Costa foi anunciada no dia seguinte e justificada pelo próprio com «razões exclusivamente do foro pessoal e familiar».
.
A IGF classifica esta acumulação de vencimentos por parte de Mata da Costa - num valor mensal de cerca de 40 mil euros (ao todo, um milhão e 575,6 mil euros recebidos entre Junho de 2005 e Agosto de 2007) - como «eticamente reprovável, ainda que possível do ponto de vista legal».
.
Ainda assim, a IGF decidiu encaminhar o caso para a Procuradoria-Geral da República, por ter «dúvidas quanto à legalidade» da situação. Segundo o relatório preliminar da IGF, a que o SOL teve acesso, Mata da Costa, que era quadro da PT, foi nomeado para presidir aos CTT em Junho de 2005.
.
Mas, em vez de se desligar desta empresa, fez um acordo de «suspensão do contrato de trabalho, embora estranhamente sem perda de remuneração.
.

O DOCE CALVÁRIO DE MATA DA COSTA 


Este senhor declarou que os seus rendimentos em 2007 tinham sido:
Trabalho dependente – 475.889,40 €
Outros rendimentos – 18.523,00 €
Acções
PT - 28.913
EDP – 191
ZON – 4.212
REN – 490
GALP – 950
Títulos e contas a prazo Totta Banking - 607.000,00 €
BES Private – 359.000,00 €
Totta Investimento – 25.000,00 €
PPR Garantido – 5.913,00 €
PPR Império – 5.881,00 €
Fundo cliente COSE 10 PPR 5 estrelas – 65.000,00 €
FP Viva – 37.600,00 €
PPR Fidelidade Mundial – 2.990,00 €
Depósito a prazo CGD – 5.060,00 €
Certificados de aforro – 9.225
Unidades - Automóveis
Mercedes E-220 CDI
Porsche 911 Carrera 4S
BMW 530D
BMW 523i
Imobiliário
Dois prédios urbanos em S. Pedro de Penaferrim (Sintra)
Um prédio urbano em Colares (Sintra)

.
Por favor dar conhecimento aos Portugueses porque os media andam distraídos(!!?)
.
CADA
CAVADELA CADA MINHOCA, CONTINUEM E VAMOS TER MUITAS
SURPRESAS!!!!!

O DITADO: "GASTEM-SE OS ANEIS E FIQUEM OS DEDOS"

Quase 10% do crescimento das exportações deve-se às vendas de ouro


EconomiaQuase dez por cento do crescimento das exportações, este ano, deve-se à venda de ouro. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, até final de julho, Portugal exportou quase 27 mil milhões de euros em mercadorias. Representa isto uma subida de 8,9 por cento, relativamente ao mesmo período do ano passado. A mercadoria que realmente contribuiu para o crescimento das exportações portuguesas foi o ouro. De Portugal saíram 456 milhões de euros do metal precioso, o que significa, em comparação com o mesmo período de 2011, um crescimento superior a 75 por cento.
.
À MARGEM: Seguiu António Oliveira Salaza amealhar ouro e a "gajada", depois do 25 de Abril de 1974, foram vendendo o metal precioso e não tarda haver mais ouro e ficamos com os "tarecos" ao dependuro. O escudo no tempo de Salazar era uma moeda, forte, tinha prestigio e cotação em todos os mercados cambiais. A peseta ficava muito cá para trás. Portugal, depois do 25 de Abril de 1974 não teve catastrófes naturais e se está à beira da bancarrota foi pela má governação onde cada um com poder roubou  descaradamente e os que pilharam mais, de que muito, colocaram-no em paraísos fiscais. 
José Martins

A "BARBUDA" DE CÁ E A RECTIDÃO, POLÍTICA, NA FRANÇA.



Qualquer semelhança com este Caixote do Lixo à beira-mar plantado...

       Pois é...
Abaixo, O texto com letras azuis, resume o que fez François Hollande (não palavras, mas actos) em 56 dias de governo e no cargo de Presidente. Tais factos têem sido escondidos pela imprensa portuguesa, por orientação do ministro da propaganda, J. Relvas, e com a cumplicidade do próprio P. Passos, que a tudo isto, não faz qualquer referência.
.
Assim, evita que os portugueses façam comparações entre o que foi prometido pelos socialistas franceses, e aquilo que efectivamente estão a fazer.
.
Nada, absolutamente nada parecido com o que este regime passista não faz, apesar da exaustiva promessa eleitoral em que iria abater as "gorduras", entre outras mentiras.
.
Os dados que aqui constam são oficiais, e foram traduzidos do Le Monde :

- Suprimiu 100% dos carros oficiais e mandou que fossem leiloados; os rendimentos destinam-se ao Fundo da Previdência e a ser distribuidos pelas regiões com maior número de centros urbanos, e com os subúrbios mais ruinosos.

- Enviou um documento (apenas doze linhas) para todos os órgãos estatais que dependem do governo central, comunicando a abolição do "carro da empresa" provocativa e desafiadora, quase insultando os altos funcionários, com frases como "se um executivo que ganha 650.000€/ano, não se pode dar ao luxo de comprar um bom carro com o seu rendimento do trabalho, significa que é muito ambicioso, é estúpido, ou desonesto. A nação não precisa de nenhuma dessas três figuras ". Fora os Peugeot e os Citroen. 345 milhões de euros foram salvos imediatamente, e transferidos para criar em 15 ago 2012 175 institutos de pesquisa científica avançada de alta tecnologia, tirando do desemprego, 2560 desempregados jovens cientistas "para aumentar a competitividade e produtividade da nação."

- Aboliu o conceito de paraíso fiscal (definido "socialmente imoral") e emitiu um decreto presidencial que cria uma taxa de emergência de aumento de 75% em impostos para todas as famílias que ganhem mais de 5 milhões de euros/ano líquidos. Com esse dinheiro, e mantendo assim o pacto fiscal, sem afetar um euro do orçamento, contratou 59.870 diplomados desempregados, dos quais 6.900 a partir de 1 de julho de 2012, e depois outros 12.500 em 01 de setembro, como professores na educação pública.

- Privou a Igreja de subsídios estatais no valor de 2,3 milhões de euros que financiavam escolas privadas exclusivas e com esse dinheiro, pôs em marcha um plano para a construção de 4.500 creches e 3.700 escolas primárias, a partir dum plano de recuperação para o investimento em infra-estruturas nacional.

- Estabeleceu um "bónus-cultura" presidencial, mecanismo que permite a qualquer pessoa, pagar zero impostos se se estabelecer como uma cooperativa e abrir uma livraria independente, contratando pelo menos, dois licenciados desempregados a partir da lista de desempregados, a fim de economizar dinheiro dos gastos públicos e contribuir para uma contribuição mínima para o emprego e o relançamento de novas posições sociais.

- Aboliu todo e qualquer subsídio do governo para revistas, fundações e editoras, substituindo-os por comissões de "empreendedores estatais" que financiam acções de actividades culturais com base na apresentação de planos de negócios relativos a estratégias de marketing avançados.

- Lançou um processo muito complexo que dá aos bancos uma escolha (sem impostos): Quem proporcione empréstimos bonificados às empresas francesas que produzem bens, recebe benefícios fiscais, e quem oferece instrumentos financeiros, paga uma taxa adicional: é pegar ou largar.

- Reduziu em 25%, o salário de todos os funcionários do governo, 32% de todos os deputados e 40% de todos os altos funcionários públicos que ganham mais de 800.000€ por ano. Com esse montante (cerca de 4 mil milhões) criou um fundo que dá garantias de bem-estar para "mães solteiras" em difíceis condições financeiras, e que garantam um salário mensal por um período de cinco anos, até que a criança vá à escola primária, e três anos se a criança é mais velha. Tudo isso sem alterar o equilíbrio do orçamento.

Resultado: SURPRESA... !!!

O spread com títulos alemães caiu, por magia.
A inflação não aumentou.
A competitividade da produtividade nacional aumentou no mês de Junho, pela primeira vez nos últimos três anos.

Portanto, as promessas eleitorais estão a ser cumpridas na íntegra, passo a passo. E é assim que tem de ser, mas só possível com gente de carácter e que honra a sua palavra dada aos eleitores (o povo), antes do dia das eleições.

KAOS:Enterre-se esta gente de vez


Parece que o Coveiro Cavaco Silva  não tem vontade nenhuma de enterrar de vês os mortos-vivos que deambulam pelos corredores dos Ministérios deste governo. Isso não seria muito grave não fosse o caso destes zombies acabarem por destruir a vida de tanta gente neste país. Este governo está morto, já mostrou não ter nem capacidade nem qualidades para gerir o pais que sairá às ruas em cada medida de injustiça gritante que queiram implementar. Enterre-se de vez este governo e acabe-se com isto.

UM FILMEZINHO DAS NOSSAS DESGRAÇAS...!!!