Translator

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 26 de Outubro de 2012.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Gang faz três carjackings e ataca família
Sequestram em assalto a panificadora
Radares: Auto-estradas vigiadas
Nuno Amado: Salário de 24 mil €
Miguel Macedo: Manifs gravadas
Coutinho Ribeiro: Esclarecer autarcas
Esticão: Dois roubos a mulheres

Capa do Público Público

Tenha acesso a mais informação. Torne-se assinante Público.
Lusófona promete cumprir instruções do Governo sobre atribuição de créditos
Custo médio por aluno divulgado pelo Tribunal de Contas já perdeu validade
Câmara do Porto tenta acabar com ratos que invadiram praça da Baixa
Carlos Castro: Seabra sofria apenas de “distúrbios emocionais”, diz psicólogo
Presidente do BCP diz que foi o banco que pagou a pensão de Jardim Gonçalves
Académica marcou, mas não resistiu ao Atlético Madrid

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Macedo admite autorizar filmagens em manifestação
Hospital assina acordo com caixa de saúde alemã
Leite com chocolate
Publique-se a lenda
Lusófona promete cumprir instruções do Governo
O exemplo de Louçã
Quarteto assalta panfificadora e foge com 12 mil euros

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Fluminense vence Coritiba e fica mais perto do título
Polícia tinha plano para sequestrar, cozinhar e comer mulheres
Brasil e Canadá discutem cooperação espacial e energética
Contas do F.C. Porto aprovadas em Assembleia Geral
Lusófona promete cumprir instruções do Governo sobre atribuição de créditos
Custo por aluno do ensino público inferior ao do particular
Sara Norte livre em maio

Capa do i i

Tom Cruise processa que revista que o acusa de abandonar a filha
Subsídio de fardamento da PSP e GNR vai ser actualizado em 2013, diz Miguel Macedo
Liga Europa. Académica perde por 2-1frente ao Atlético de Madrid. Marítimo empata com o Bordéus
António Costa e Rui Moreira defendem abrandamento da austeridade para relançar a economia
PS critica mudanças no governo "em plena discussão do orçamento"
TAP promete resultados "equilibrados" mesmo com crise e privatização
Dengue. Madeira vai criar comissão de inquérito para analisar medidas de combate

Capa do Diário Económico Diário Económico

FMI diz que já não há formas indolores de baixar o défice
Sobretaxa de 4% no IRS vai vigorar até 2014
Governo vai manter duração do subsídio de desemprego
Função Pública vai ter regras iguais às da Segurança Social
Governo vai estudar impacto da nova lei das rendas
‘Troika’ decide em Novembro o que fazer se Eurostat chumbar concessão da ANA
SEE pode começar a reduzir dívida no médio prazo

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Pagar a dívida é a escolha mais barata
Como não falhar em nada sem pagar tudo
BCP pretende começar a reembolsar o Estado em 2014
Marques Mendes: Se Orçamento for para o Constitucional "corremos o risco de ter um segundo resgate"
A primeira página do Negócios da edição de hoje
Avaliação e propostas do FMI
Vai Portugal conseguir pagar a dívida pública?

Capa do Oje Oje

Ajudas de França à banca acima de 60 mil milhões
P&G surpreende mercado com queda de 6,9%
Daimler revê lucro em baixa para 2012
Associação Portuguesa de Business Angels apoia lançamento da rede de Cabo Verde
Banco Mundial investe 200 milhões de dólares na Costa do Marfim
Angola cria modelo próprio para desenvolver agricultura
Criado fundo para ajudar a negociar contratos petrolíferos em África

Capa do Destak Destak

Um morto e dezenas de feridos em confrontos entre comerciantes e a polícia no Peru
Cessar-fogo faz regressar calma à Síria, depois de noite de intensos confrontos -- OSDH
Furacão "Sandy" enfraquece, depois de ter feito 21 mortos, a maioria dos quais em Cuba
Coreia do Sul adia lançamento de foguetão Naro-1 com satélite a bordo devido a problema
Austrália investiga tabaqueira British American por alegada violação da lei
Miguel Oliveira quinto nos treinos livres do Moto3 do Grande Prémio da Austrália
Espírito da lei da limitação de mandatos é o de não permitir candidaturas a outras autarquias -- Paulo Rangel

Capa do A Bola A Bola

Jogador da Lazio ficou com os dois carros...queimados
James está blindado por 45 milhões
SAD presta esclarecimento sobre direitos televisivos
Eva Longoria... a caminho do hat trick (com fotos)
«O ambiente não é bom, nem pode ser» - Oceano
Relatório e Contas aprovado por unanimidade
Lakers voltaram a perder agora com os vizinhos Clippers

Capa do Record Record

Cunha Leal: «Este discurso parece bolorento»
Moutinho: «Queremos o 1.º lugar»
Vidigal no papel de delegado
El Adoua apto para V. Setúbal
Pawel Kieszek comanda uma defesa de betão
Éder de mão-cheia
Fernando Alexandre: «Mais fortes em casa»

Capa do O Jogo O Jogo

Sócios aprovam prejuízo de 10 milhões
"Não posso candidatar-me a FC Porto e Sporting"
Simeone elogia Académica
Jorge Costa estreia-se com derrota
Lance Armstrong apagado do site do Tour
Williams melhor que Azarenka
Benfica SAD confirma jogos na Benfica TV

Um, dos nobres, "crápula" da nossa santa terrinha


Vítor Constâncio – Será que “regula”?...


Não tinha dado pela notícia... mas há coisas que nunca é tarde saber!
Vítor Constâncio, o hiperactivo “ex-gerente” do Banco de Portugal e, nesse cargo, responsável pela regulação da banca nacional, depois do insuperável trabalho ali feito, sobretudo quanto à dita regulação... foi promovido a “sub-gerente” do Banco Central Europeu.
Saiu-se agora com a brilhosa ideia de que o «BCE deveria regular todos os bancos da Zona Euro».
Os muitos “oliveiras e costas” de uma bela mão-cheia desses bancos estão trémulos de excitação, perante a perspectiva de uma tão competente “regulação” das suas negociatas.
Pressentem-se belos negócios para os fabricantes de iates e condomínios de luxo. Adivinham-se chorudos lucros para os lavadores de fortunas. Crescem em muitas gargantas entusiasmados vivas a Constâncio!

DE ACREDITAS ESTÁ O MUNDO E O CEMITÉRIO ARREBENTAR PELAS COSTURAS!



FMI acredita no início da recuperação económica portuguesa em 2013


O crédito canalizado para a exportação leva ao otimismo do FMI.

UNIVERSIDADE LUSÓFONA DOS "EMPURRÕES" MALICIOSOS

Creditações levam Lusófona a ser advertida formalmente



RTP
O Ministério da Educação e Ciência sancionou a Universidade Lusófona por não cumprir as recomendações da Inspeção-geral em 2009 no que toca aos procedimentos de creditação profissional com uma pena de advertência formal. A Universidade terá 60 dias para rever o seu processo de creditação, podendo ser obrigada a declarar nulos graus entretanto atribuídos. O Governo entretanto, já anunciou a intenção de rever a legislação.

EM REPETIÇÃO A HISTÓRIA DO MÁRIO

 

Vivemos no caos, mas ainda não no fim do mundo




O post anterior foi aquele que, no tempo que dura este blog, o que mais me custou a escrever, não só porque me estava a despedir de um companheiro de viagem mas também porque estava magoado e triste.
E, é difícil querer fazer rir ou sorrir os outros quando nós não o conseguimos fazer. Ainda estou e talvez por isso também este me está a custar a escrever por não saber muito bem o que dizer ou o que fazer.
Li os comentários que foram fazendo nos blogs e no facebook e isso fez-me repensar se devo deixar que problemas, que são só meus, me impeçam de continuar e se devo acrescentar a alguma mágoa que ainda sinto a tristeza de deixar este blog, meu companheiro de tantos anos .
Há momentos em que temos de repensar muita coisa porque há muita coisa a mudar. Agradeço a todos a simpatia e a muita força que me deram com as vossas palavras e, embora não garanta que vá continuara a ter a regularidade anterior, cá virei sempre que possível colocar mais um dos meus "bonecos".
Como alguns disseram não podemos dar descanso à canalha que nos anda a destruir as vidas e a roubar o futuro.
Mais uma vez o meu muito obrigado a todos e que nos encontremos muitas vezes em tantas lutas que ainda, (cada vez mais), há para travar.

O BICHO MAU!



Veja-se bem até que ponto o Governo está condicionado por Gaspar. O líder do segundo partido que suporta a coligação tem medo de ser contrariado pelo ministro das Finanças e, por isso, faz uma inacreditável declaração de ignorância para não correr riscos. Convém dizer que Portas sabe o suficiente de economia para ser líder partidário, deputado, ministro e até primeiro-ministro. Não se entende este medo. Ou melhor, entende-se. É o efeito Gaspar. Melhor dito: é o defeito Gaspar. Ele condiciona tudo, condiciona todos, não permite discussão.
André Macedo, Diário de Notícias

O SCALA DE LOURENÇO MARQUES EM 2012

Assim a recebi assim me desfaço da imagem... Chorai, chorai aqueles que tomaram café na sala de visita de Lourenço Marques antes do 25 de Abril de 1974.