Translator

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Quinta-feira, 29 de Novembro de 2012.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Conselho Leonino dá voto de confiança a Godinho Lopes
PSD/Lisboa: Pedro Pinto candidato a Sintra
Albufeira: Cai de falésia
Felgueiras: Pendurada em ravina
Reformado abusa de neta de dez anos
Teixeira dos Santos: Não repetir 2012
Rui Barreto: Sanções a deputado

Capa do Público Público

PS acusa Passos de não ter apresentado “uma única ideia” para tirar país da crise
PCP diz que primeiro-ministro quer subverter o Estado democrático e perpetuar o “assalto fiscal”
Estado não protege denunciantes de crimes de corrupção
Sorteio do Totoloto (95/2012)
Procuradora diz que Renato Seabra matou "por raiva"
Lisboa liga as luzes de Natal no sábado
Segunda linha do Barcelona chegou para o Alavés

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

A nossa falta de jeito para o crime
Ministério vai comprar Hospital de S. João da Madeira
Conheça a chave do Totoloto sorteada hoje
Crime de inspetora da PJ terá motivos financeiros
Inspetora da PJ fica em prisão preventiva
PSD Lisboa concorda com extinção da EPUL mas critica reintegração de funcionários
Comerciantes e habitantes de Lisboa podem circular com carros anteriores a 2000

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Urgências de Psiquiatria aumentam na Área Metropolitana do Porto
Santa restaurada ficou com cara de "Barbie"
Passos Coelho não exclui que carga fiscal se prolongue para 2014
PCP diz que Passos quer subverter o Estado democrático e perpetuar "assalto fiscal"
PS acusa primeiro-ministro de não ter apresentado "uma única ideia"
CIA procura recrutar pessoal gay, transexual e bissexual
Militar da GNR salvou homem em casa em chamas

Capa do i i

Marcelo Rebelo de Sousa, personalidade "especial" com "traquinice" quase "infantil"
Facebook bloqueia foto de cotovelos por confundi-la com seios
PCP diz que primeiro-ministro quer subverter o Estado democrático e perpetuar o "assalto fiscal"
Responsáveis BP declaram-se não culpados de homicídio relacionado com maré negra
PSD elogia entrevista "esclarecedora" em que primeiro-ministro aponta cortes na despesa
Ex-deputado que denunciou caso ‘mensalão’ condenado a sete anos de prisão
Inspectora da PJ suspeita de homicídio de idosa em Coimbra em prisão preventiva

Capa do Diário Económico Diário Económico

A RTP tem de deixar de ser notícia
Um acordo para gregos (e portugueses)
Empresas vão pagar metade dos dois subsídios em 12 meses
Greve dos estivadores penaliza exportações mas não estraga Natal
"Espero que todo o Governo acredite neste Orçamento"
BCP reduz estrutura da alta direcção
Salgado elogia entrada de Isabel dos Santos na gestão Zon

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Do mal o menos
Tanto e tão pouco, Grécia...
[489.] Continente: "o Natal é brutal"
Porque não saímos da cepa torta
Mais 37.000 milhões públicos para sanear bancos espanhóis
Os cavaleiros do Apocalipse
PSD elogia entrevista "esclarecedora" em que primeiro-ministro aponta cortes na despesa

Capa do Oje Oje

Banca angolana preparada para parcerias e fusões
BP vende ativos britânicos à Taqa por 848 milhões
UPS estuda remédios para salvar TNT
Guta Moura Guedes: “Há que criar sistemas que estimulem a criação de empresas na área das indústrias criativas"
João Trigo da Roza: "A comunidade de business angels tem dinheiro para investir”
A mudança do mundo e as indústrias criativas!
Streambolico revoluciona na transmissão sem fios (Wi-Fi) e quer crescer 132% ao ano

Capa do Destak Destak

Autoridades chinesas de Shenzhen prendem cidadão que acusou alto quadro de possuir vasto património através de corrupção
11 mortos e cinco desaparecidos em naufrágio de navio de pesca em Dalian
Tribunal da Tailândia adiou julgamento de "camisas vermelhas" entre os quais cinco deputados
As "laranjas da baía" também vieram da China, mas pela mão dos portugueses, no século XVII
Enviado da ONU ao Saara Ocidental garante que negociações entre Marrocos e Frente Polisário não evoluiram
Investigadores japoneses revelam novo caminho para estudo da leucemia
Polícia australiana anuncia desmantelamento de rede que teve acesso a dados de meio milhão de cartões de crédito

Capa do A Bola A Bola

Gastão Elias perde pela segunda vez no Challenger Tour Finals e é eliminado
Conselho Leonino afasta eleições antecipadas
Corinthians interessado em Ricardinho
Nélson Oliveira acredita na vitória em Barcelona e elogia Ola John
Passivo diminuiu 3,3 milhões de euros
«É um privilégio jogar com o 9 de Rivaldo, mas eu sou o... Love Cabungula»
Ibrahimovic falha repetição bicicleta histórica... (com vídeo)

Capa do Record Record

Falta um mosqueteiro para Messi e Cristiano
Carlos Barbosa: «Se calhar estamos a incomodar muito»
Carlos Oliveira: «Aniversário difícil não tira a esperança»
Lateral Éder suscita dúvida
Eduardo Barroso: «Houve um consenso alargado»
Freire: «Foi difícil ter ficado de fora»
Eduardo Barroso: «Direção deve cumprir mandato»

Capa do O Jogo O Jogo

Godinho Lopes sobrevive ao Conselho Leonino
Finalistas da Bola de Ouro revelados hoje
Benítez não ganha mas tem fé no título
Asprilla foi roubado
Villas-Boas diz que empate seria justo
Olympiacos ganha na Taça da Grécia
Rui Patrício é o futebolista do ano

O SENHOR SILVA EM PELOTE

O Rei vai nu

by Kaos
Um amigo "O Companheiro" teve a amabilidade de me enviar algumas imagens e a possibilidade de as colocar aqui.. Aqui lhe agradeço publicamente pela ajuda e sempre que tiver uma oportunidade e me pareça oportuno certamente que as irei usando. Esta é uma delas a que intitulou "O Rei vai nu". E não é que vai mesmo.

O PEDRRRITO E ELA




NÃO HÁ CRISE ENTRE O INCOMPETENTE E O PAULINHO!

Não há drama! Ele o incompetente quer levar o mandato até final....Ele e o Paulinho nada têm a perder e os perdidos somos nós, portugueses, entregues a estes dois "câgados" oportunistas.

Passos Coelho afasta possibilidade de crise política entre PSD e CDS-PP



RTP com Lusa
.
O primeiro-ministro afastou esta noite um cenário de crise política provocado por divergências entre os partidos que suportam o Governo e defendeu que a coligação PSD/CDS-PP tem a obrigação de levar o seu mandato até ao final. Passos Coelho disse ainda que pretende estender o debate sobre a reforma do Estado até ao verão.

OPINIÃO DE BAGÃO FÉLIX: "É FÁCIL SER CORAJOSO...."



Quando se fala em redução da despesa pública há uma concentração da discussão sempre em torno da sustentabilidade do Estado social (como se tudo o resto fosse auto-sustentável…). Porque, afinal, os seus beneficiários são os velhos, os desempregados, os doentes, os pobres, os inválidos, os deficientes… os que não têm voz nem fazem grandiosas manifestações. E porque aqui não há embaraços ou condicionantes como há com parcerias público-privadas, escritórios de advogados, banqueiros, grupos de pressão, estivadores. É fácil ser corajoso com quem não se pode defender.
Bagão Félix, Público

AEROGRAMA - ESCRITO POR QUEM SABE!



Milícia de São Miguel -- Aerograma. Convidamo-lo a reflectir sobre os temas em destaque.
Aerograma -- N.º 11 -- 25.11.2012


Os heróis do cavaquismo
Armindo Castelo Bento


Os jovens enrascados foram educados em escolas onde o senhor Catroga (ministro das finanças) não investiu um tostão dos fundos comunitários, não receberam formação profissional porque os dinheiros do FSE foram investidos no enriquecimento dos amigos do regime de então, andaram em escolas onde os inspectores pedagógicos eram enviados para perseguir os professores que eram mais rigorosos na avaliação, andaram em falsas universidades que se multiplicaram como cogumelos da democracia de sucesso.
Ler mais em:
http://www.moldaraterra.blogspot.pt/2012/11/os-herois-do-cavaquismo.html
 
Passa a palavra
 Pedro Santos Guerreiro, Jornal Negócios


Há momentos de descontinuidade na percepção da realidade. Como a perda de gravidade acima de uma certa altitude ou o silêncio sepulcral quando se passa a velocidade do som. O "enorme aumento de impostos" de ontem parece um desses momentos. O momento em que se pára. O momento em que já nada se percebe. O momento em que as mil perguntas já não atravessam a barreira dos dentes. Pedem-nos tudo, explicam-nos pouco, prometem-nos nada. E nós, vamos à luta?
Ler mais em:
http://www.moldaraterra.blogspot.pt/2012/10/passa-palavra.html

 José Luís Vaz e Gala


Caro Dr. Paulo Portas,
1. Injusto é não obedecermos à lei quando ela não nos convém (Vide Decisão do Tribunal Constitucional sobre os subsídios de férias e de Natal).

2. Injusto é obedecermos escrupulosamente à lei quando ela é eticamente intolerável (Vide a decisão do Ministro Relvas sobre a sua licenciatura).

Ler mais em:
http://www.moldaraterra.blogspot.pt/2012/11/carta-de-um-militante-do-cds-pp-paulo.html

 Os «crimes» de Isabel Jonet
Heduíno Gomes

 

 Ao contrário de muitos católicos de poltrona, Isabel Jonet faz uma coisa útil: dá de comer a muita gente que tem fome. Quanto a mim, se alguma coisa lhe há a apontar, é meter na lista dos necessitados alguns que o não são de facto. O seu conceito de pobreza é demasiado lato segundo o meu gosto, demasiado generoso para o homo sapiens sapiens.

Ler mais em:
http://www.moldaraterra.blogspot.pt/2012/11/os-crimesde-isabel-jonet.html

O liberalismo na educação
 Inês Teotónio Pereira

 

O liberalismo na educação é, antes de mais, uma fantasia. Não existe. Ninguém no seu juízo perfeito é um liberal convicto na educação dos seus filhos. Na educação, só se é liberal por desleixo e/ou comodismo.

Ler mais em:
http://www.moldaraterra.blogspot.pt/2012/11/o-liberalismo-na-educacao.html


 

 A plataforma do Partido Democrata nos Estados Unidos, a que pertence o presidente Barack Obama, adoptou formalmente no dia 4 de Setembro uma plataforma política que apoia o aborto, as uniões homossexuais e os anticoncepcionais.
Ler mais em:
http://www.moldaraterra.blogspot.pt/2012/11/plataforma-do-partido-democrata-nos-eua.html

Declaração de amor à língua portuguesa
Teolinda Gersão
 

 Vou chumbar a Língua Portuguesa, quase toda a turma vai chumbar, mas a gente está tão farta que já nem se importa. As aulas de português são um massacre. A professora? Coitada, até é simpática, o que a mandam ensinar é que não se aguenta.
Ler mais em:
http://www.moldaraterra.blogspot.pt/2012/11/declaracao-de-amor-lingua-portuguesa.html




Bento XVI desafiou os católicos a enfrentarem o avanço da desertificação espiritual que se espalhou pelo mundo, nas últimas décadas, e reafirmou a actualidade do trabalho realizado no Concílio Vaticano II (1962-1965), inaugurado há 50 anos.
Qual seria o valor de uma vida, de um mundo sem Deus, já se podia perceber no tempo do Concílio a partir de algumas páginas trágicas da história, mas agora, infelizmente, vemo-lo todos os dias à nossa volta: é o vazio que se espalhou”, alertou o Papa, na homilia da Missa a que presidiu na Praça de São Pedro, para a inauguração do Ano da Fé, por ele proclamado no 50.º aniversário do Vaticano II.
Ler mais em:
http://www.moldaraterra.blogspot.pt/2012/10/bento-xvi-desertificacao-espiritual.html


Coloque entre os seus FAVORITOS
 
http://moldaraterra.blogspot.com/
http://uniaodasfamiliasportuguesas.blogspot.com/ 
http://www.cnaf-familia.org/   
http://forumrprp.blogspot.com/ 
http://maislusitania.blogspot.com/

PAGAS,TUGA E NÃO BUFAS....

E se bufares (ordens do Miguel Macedo), levas pela medida grossa

O QUE OS AMERICANOS PENSAM DE PORTUGAL



Por Mauricio Lima

Clique a seguir para a galeria de fotos



Photographs Portuguese Join Chorus of Discontent
Protests and work stoppages have become much more common, as daily life for many Portuguese families has become a struggle to stay afloat.
  • Related Article
  •  
  • Tradução livre

  • Junta-se o coro português na Europa do descontentamento

    Mauricio Lima para The New York Times
     
    Até alguns meses atrás, Portugal era visto como um modelo no papel da crise de moagem da zona do euro, adotando cortes de gastos profundos e aumento de impostos para reduzir o seu déficit sem o clamor, protestos e greves que as políticas de austeridade que partiram em outros países do sul da Europa.
    .
    Credores internacionais elogiaram o Governo Português de como ele organizou uma operação de salvamento do país de 78 biliões no ano passado, após acordos.
     
    Mas o apertar o cinto, ajudou a empurrar Portugal para a mais profunda e longa recessão da Europa – e os Portugueses já entraram para as fileiras dos descontentes da Europa, até mesmo a coordenação de uma greve geral com os trabalhadores na vizinha Espanha no início deste mês.
    .
    Os tempos difíceis também criaram tensões dentro da coalizão de governo de centro-direita do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho.
    .
    Ainda assim, o governo conseguiu aprovar um orçamento de austeridade rígida nova com aumentos de impostos íngremes na terça-feira, mesmo quando os manifestantes demonstraram descontentamento fora do edifício do Parlamento.
    .
    Tais protestos e paralisações tornaram-se muito mais comuns em relação ao ano passado, como a vida diária de muitas famílias portuguesas tornou-se uma luta para se manter à tona.
    .
    Pagamento está sendo cortado aos funcionários do governo e do setor privado da mesma forma, a taxa de desemprego aumentou para quase 16 por cento, os aposentados enfrentam custos mais elevados de saúde e estudantes vão pagar mais pela taxa de matrícula, sem qualquer garantia de que seus graus vai levar a empregos.  
    .
    Na verdade, muitos graduados estão a fazer as malas para emigrar vez.
     

"...Pedro Passos Coelho incita à cólera e estimula o conflito,..."




"O sr. Selassié, cujos patronímicos lembram os do antigo imperador da Etiópia, deu uma entrevista a jornalistas solícitos e zelosos, como se fosse o procônsul destoutro império.
.
Se calhar é, e nós não queremos acreditar. Há, neste triste assunto, a absurda qualificação atribuída a um funcionário europeu, e a subserviência exasperante de quem devia respeitar, seriamente, as funções de jornalista, escalonando as prioridades de noticiário.
.
Mas as coisas, neste país, estão como estão. A expressão da mediocridade coincide dramaticamente com as características de quem a promove. E o servilismo tomou carta de alforria. É um espectáculo deplorável assistir-se ao cortejo de subserviências quando os escriturários da troika vão ao Parlamento ou aos ministérios.
.
Somos tratados com displicente condescendência. Afinal, numa interpretação lisa e, acaso, aceitável, somos os pedintes e eles os curadores dessa nossa triste condição.
.
A ela temos de nos sujeitar. Selassié produz afirmações tão extraordinárias quanto ignaras acerca do que somos, de quem somos e de como havemos de ser.
.
O pessoal do Governo demonstra uma felicidade esfuziante com o convívio, e até Paulo Portas o admite, embora pouco à vontade.
.
Aliás, não se percebe muito bem até onde o presidente do CDS vai suportar, com frustrados sorrisos, os permanentes vexames a que o submetem.
.
As declarações do sr. Selassié, que, na normalidade de situações políticas, nem sequer devia ser ouvido, só não são injuriosas porque imbecis. Já a senhora Merkel, num despudor acarinhado pelo reverente Passos Coelho, afirmara o íntimo e estremecido desejo de ver os portugueses muito felizes.
.
Os comentadores do óbvio, emocionados, calaram fundo este auspício.
.
O povo, a nação, o próprio conceito de pátria estão subalternizados pelo comportamento desprezível de uma casta de emblema republicano na lapela, que passa ao lado das indignações, dos protestos, da miséria e da fome dos outros.
.
A frase famosa de Passos Coelho, "custe o que custar", para justificar os desmandos da sua política, configura uma ideia de confronto, absolutamente detestável.
.
A violência do discurso do poder e a prática governamental reenviam, na ordem da democracia política, para algo que excede o funcionamento processual.
.
Parece que Pedro Passos Coelho incita à cólera e estimula o conflito, acaso para "fundamentar" e "legitimar" ulteriores acções repressivas.
.
A indiferença da sua conduta não se harmoniza nem combina com o ideário democrático, sobre o qual tripudia com desprezo e arrogância. Este homem não nos serve, não serve o País, nada tem a ver com algo que nos diga respeito, é incompetente e sobranceiro.
.
Quando estrangeiros como Angela Merkel e Abebe Selassié dizem o que dizem, com a aquiescência de um Governo mudo, há qualquer coisa de podre na sociedade.
.
Por decisão pessoal, o autor do texto não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico."
Baptista-Bastos